quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Governo de Israel e Google vão pôr Manuscritos do Mar Morto online

Os Manuscritos do Mar Morto, um dos mais importantes, misteriosos e protegidos tesouros arqueológicos do mundo, estão próximos de entrar no Google. O gigante da internet e o governo de Israel anunciaram nesta terça-feira um esforço conjunto para dar pela primeira vez a pesquisadores e aos internautas em geral um banco de dados digital com as relíquias.
Os manuscritos são uma coleção de documentos de dois mil anos em hebraico, aramaico e grego que revela a vida do povo judaico nos tempos bíblicos e na origem do cristianismo. Há anos especialistas questionam a dificuldade de acesso aos papéis.
Quando as imagens forem publicadas, daqui a alguns meses, qualquer um poderá examinar de graça cópias exatas dos manuscritos originais assim como traduções em inglês do texto. Funcionários do governo dizem que a coleção terá seções mais legíveis graças a novas tecnologias de infravermelho.
- Estamos unindo o passado e o futuro para que todos possamos compartilhá-los – disse Pnina Shor, funcionária da Agência de Antiguidades de Israel.
Os Manuscritos do Mar Morto foram descobertos no fim dos anos 40 em cavernas no deserto da Judéia e são considerados uma das maiores relíquias encontradas no último século. Após a descoberta inicial, milhares de outros fragmentos foram encontrados em 11 cavernas próximas. Cerca de 30 mil pedaços foram fotografados. Juntos, eles foram mais de 900 manuscritos.
Por décadas, o acesso a 500 manuscritos era limitado a pequenos grupos de pesquisadores com autorização de Israel para montar o quebra-cabeças, traduzir e publicá-los. Isso mudou nos anos 90, quando a maior parte do texto foi publicado em forma de livro. Mas mesmo hoje o acesso é restrito ao Museu de Israel, em Jerusalém, onde os originais são preservados em uma sala escura, com temperatura controlada.
Shor disse que os pesquisadores devem receber permissão para ver os manuscritos do governo, que recebe um pedido por mês. A maioria dos pedidos é aceita, mas como apenas duas pessoas podem entrar na sala por vez, há conflitos de agenda. Os pesquisadores têm direito a três horas com o fragmento pedido, que é visto por trás de um vidro. Com os manuscritos online, o acesso será muito facilitado.
Os textos hoje estão disponíveis em um livro de fotografias de 39 volumes, que muitos criticam por ser caro e pesado. Shor explica que a versão online foi feito com câmeras infravermelhas da Nasa, que deixam as imagens mais claras que os textos originais e recupera até mesmo trechos que desbotaram com o tempo. A parceria faz parte da iniciativa do Google de catalogar artefatos históricos online.
- Existem artefatos em caixas, em porões de museus e nos questionamos quanto disso está disponível na internet. A resposta é não muito e não o bastante – afirma Yossi Matias, do Google-Israel.
O Google já trabalho para publicar online livros antigos de universidades europeias e imagens de descobertas arqueológicas no Iraque. Esse projeto é diferente, diz Matias, pois o acesso aos manuscritos pode levar a novas interpretações dos textos muitos discutidos e populares. Segundo Shor, uma exibição de três meses de fragmentos dos manuscritos nos EUA atrai cerca de 250 mil pessoas.
Parte dessa fascinação vem do mistério envolvendo os manuscritos. Ninguém sabe quem copiou esses textos antigos ou como eles chegaram naquelas cavernas. Eles incluem partes da bíblia hebraica e tratados sobre a vida em comunidades e guerras apocalípticas.
As origens dos manuscritos geram muitos debates entre pesquisadores. Alguns acreditam que os essenos, uma seita monástica ligada ao início do cristianismo, teriam escondido os textos durante a revolta judaica em 1 d.C. Outros afirmam que eles foram escritos em Jerusalem e levadas para as cavernas em Qumran por refugiados judeus que fugiam dos romanos.
- No momento em que tudo isso estiver online, não haverá mais a necessidade de expor os manuscritos. Qualquer um em seu escritório ou sofá poderá clicar e estudar qualquer fragmento – diz Shor.

Canibais aceitam a Cristo e abandonam antigos rituais



Existe um grupo de pessoas que vive no leste da Ásia do Sudeste, cujo nome significa “povo do vale do sol”. Os Ketning são conhecidos por praticar canibalismo, exercício de magia negra, participação em assassinatos por vingança, venerando antepassados e participando de animismo.
No entanto, existem mais de 15 mil Ketning têm uma notável história de transformação, pelo Evangelho, com a ajuda da empresa de sementes.
Os primeiros esforços entre os evangélicos começaram Ketengban em meados dos anos 70. O povo recebeu o primeiro Novo Testamento em 1983. Hoje, cerca de 75% são cristãos, porque a Palavra de Deus tornou-se acessível a eles. Agora, não existem práticas animistas, sincretismo em sua comunidade.
Mas, tornou-se cada vez mais evidente que esses novos cristãos precisam do Antigo Testamento para compreender o contexto do Novo Testamento e se aprofundar no estudo da Palavra de Deus.
Em 2008, os pastores começaram a pedir ajuda na tradução de trechos mais importantes do Velho Testamento. A parceria com ministérios estabeleceu novas instalações para este trabalho.
Como resultado, a equipe completou as partes finais de diversos livros do Velho Testamento, e espera concluir todo o projeto em 2013. Eles também fizeram grandes avanços no culto e terminou recentemente a tradução dos hinos no idioma Ketning

Cantora evangélica morre quando se apresentava em culto

A cantora gospel Milaine Marcelino Nascimento morreu no domingo (31/10) à noite vítima de parada cardiorrespiratória fulminante durante um culto na Igreja Evangélica Avivamento Bíblico em Sarandi (a 12 quilômetros de Maringá). Ela estava cantando no momento em que passou mal e caiu desacordada no palco.
Em Maringá há 10 anos, a cantora de 29 anos frequentava assiduamente a Igreja Assembleia de Deus do Jardim Alvorada e não tinha histórico de problemas de saúde.
“Ela era uma jovem muito amável, carismática, todos aqui na igreja gostavam muito dela”, contou o pastor Osmir Coutinho.
Nos dois últimos anos Milaine percorreu vários Estados divulgando o CD de música gospel gravado em 2008. Atendendo a convites ela se apresentou no Nordeste, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e até mesmo nos países vizinhos Argentina e Paraguai.
Milaine foi velada na Igreja Assembleia de Deus, na Rua Pastor Anísio Francisco da Silva, 732, no Jardim Alvorada. O sepultamento ocorreu no Cemitério Municipal de Londrina.
Fonte: O Verbo

POSTADO POR PASTOR ROBERTO TORRECILHAS

SERÁ QUE APRENDEMOS ALGO NESSAS ELEIÇÕES ?
espero que sim .

SERA QUE ESTÃO PREVENDO ALGO ?

CCJ do Senado aprova fim da sucessão presidencial pelo vice


A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que retira do vice-presidente da República a condição de sucessor ao cargo de presidente no caso de vacância do cargo. Com a aprovação da CCJ, o vice ocuparia o cargo de presidente interino até que sejam convocadas novas eleições. A proposta será encaminhada para o plenário e, se aprovada, para a Câmara dos Deputados. As informações são da Agência Senado.
De acordo com a PEC, caso a vacância por morte ou renúncia ocorra nos dois últimos anos do mandato presidencial, o novo ocupante do cargo será eleito pelos deputados e senadores 30 dias depois da abertura da vaga. Se a vacância presidencial acontecer nos primeiros dois anos do mandato, será realizada uma nova eleição direta, com voto popular, em 90 dias.
O texto aprovado pela CCJ é um substitutivo que o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), presidente da comissão, apresentou ao projeto do senador Arthur Virgílio (PSDB-AM), que tratava também dos suplentes de senadores.

Mudando Nosso Caráter ////postado por Pastor Roberto Torrecilhas

Salmo. 1:1 BEM-AVENTURADO o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Bem Aventurado: significa “Ser feliz”,  alegre, satisfeito. (Mateus. 5:3-12).
Teremos que seguir seus conselhos; antes, ter prazer e se deleitar na Lei do Senhor, nos preceitos, instruído nos ensinamentos de Deus.
Meditar - significa: refletir sobre a Palavra, planejar ou pretender na mente. Entregar-se à prática em confiança nela.
Josué. 1: 8- Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.
Imaginar no sentido principal da Palavra, concordar com submissão, em ouvir os ensinamentos e colocar em nosso dia a dia. Estudar praticando em nossa mente, gastar tempo pensando nela.
A prática produz perfeição e sucesso em nossas vidas. A mente tem que ser instruída e sujeita a fazer o bem, para que o diabo não te engane com suas mentiras.
Efésios. 2: 3.- Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também.
Advertência de não sermos governados pela nossa natureza sensual, nem obedecer os impulsos da nossa carne (pensamento). Vamos renovar nossos pensamentos, a forma de pensar e de refletir. Ser transformado naquilo que Deus planejou para sermos Bem -Aventurados: Felizes, Alegres.
A renovação da mente não tem nada a ver com a salvação que é baseada unicamente no sangue de Cristo, a sua morte e ressurreição.
Muitos, nascidos de novo, seguindo uma forma religiosa, vivem sofrendo e infelizes sem ter uma vida de vitória, nesta vida terrena, por falta  de conhecimento e sabedoria, entendimento da Palavra de Deus.
A Palavra nos instrui a ter uma vida plena, construtiva, confiante em Deus. Nossos pensamentos afetam nossas atitudes e nossa disposição. Os ensinamentos é para nosso bem nesta vida passageira, ensina-nos  a sermos alegres e felizes.
Quando nossos pensamentos são errados, somos infelizes e tornamos outros infelizes também, principalmente nossos amados.
Satanás nos leva a pensar em problemas que já fazem parte do passado, trazendo recordação traumáticas para nos ferirmos novamente.
Você notou que nossa mente muda? Às vezes, estamos calmo, muitas vezes aflitos, ansiosos e preocupados?  É neste momento que nossos pensamentos voam em direção errada. Você é que toma a decisão a  respeito dela (mente) porque não há segurança em si mesmo. Temos que confiar somente em Deus Pai.
Nossa mente é crítica, julgadora, desconfiada e pode ser considerada anormal para um ser Cristão. No entanto, para muitos parecem normais, embora não são. A forma de pensar errado causa problemas espirituais, “abrem na mente”- portas aos demônios, mas quando aprendemos controlar nossos pensamentos errados, nossa mente nasce de novo. Temos que aceitar a disciplina na Palavra, e viver
em novidade de vida em Cristo.
Romanos. 12:2 E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.
Deus abençoe a todos.

A Igreja Evangélica está preparada para lidar com Homossexualismo? ///// /postado por pastor Roberto Torrecilhas

Na última quinta-feira, discorri no culto de doutrina da igreja sobre a “questão homossexual”. Parece-nos que em alguns lugares isso ainda é um tabu. De qualquer forma, o que não se pode é tentar fugir da realidade e de uma necessidade clara. Será que a igreja está preparada para lidar com a questão homossexual? Seria relevante abordar tal assunto num culto de doutrina?
Para respondermos a estas indagações vejamos alguns pontos:
1. Muitas famílias na igreja possuem em seu seio um homossexual (homem ou mulher)
2. Muitos irmãos trabalham com homossexuais
3. Nossos filhos estudam com homossexuais e professores homossexuais lhes ensinam
4. Há pais crentes que proíbem seus filhos de fazer qualquer trabalho escolar, inclusive de sentar ao lado na escola de colegas com tendências homossexuais
5. Pais crentes desinformados tratam mal os filhos com tendências ou condição homossexual
6. Parece que alguns enxergam o homossexualismo como um pecado maior que os outros, o que não é verdade
7. Há casos de crentes que nem evangelizam os homossexuais, talvez com medo de pegar a “doença”
8. Outros, ao se depararem com homossexuais, quando não falam, pensam o seguinte: “Sangue de Jesus tem poder!”
9. Quando um homossexual vai visitar a igreja, há crentes que fazem questão de sentar distante
10. Quando um homossexual se converte, poucos são os capacitados para discipulá-lo
11. Principalmente crianças, adolescentes e jovens cristãos são ridicularizados na igreja por seus colegas, quando estes percebem qualquer comportamento homossexual
12. Existe nas igrejas homossexuais que estão lutando para viver segundo a palavra de Deus e não cair em pecado. Quem está dando assistência espiritual aos tais?
13. Para muitos crentes, o problema do homossexualismo se resume em duas palavras: “safadeza” ou “demônio”
14. A igreja anda desinformada quanto aos projetos que circulam nas câmaras municipais, assembléias legislativas, câmara e senado federal, que de maneira arbitrária tentam impor leis que relativizem a moral e silenciem a igreja.
Esta lista poderia ser maior, mas resolvi parar por aqui.
Será que o descrito acima não é verdade, ou não faz parte do nosso dia-a-dia? Será que não é o suficiente para uma tomada de consciência acerca da necessidade de abordar tal assunto na igreja?
Não estamos tratando aqui de uma apologia ao homossexualismo, pois não fazemos apologia ao pecado, tratamos sim, da necessidade de orientar a igreja para não ter uma atitude hostil e discriminatória, contrária ao que Jesus ensinou e viveu nos evangelhos. Ele ensinou que é possível amar o pecador sem compactuar com o pecado. Como já sabemos, amor só se prova na prática!
fonte: Altair Germano.

Silas Malafaia lamenta vitória de Dilma Rousseff /// postado por pastor Roberto Torrecihas

Silas Malafaia lamenta vitória de Dilma Rousseff
"Todos sabem que votei em Serra. Mas quem ganhou foi a Dilma”, lamentou o pastor Silas Malafaia em mensagem no seu twitter.

O pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia, lamentou nesta segunda-feira, dia 1º, em seu twitter a vitória da petista Dilma Rousseff, à presidência da república.

Malafaia defendeu Serra após deixar de apoiar Marina Silva.

Pelo twitter o assembleiano ao saber do resultado disse que tem a consciência limpa por ter contribuido para que ambos os candidatos à presidência se posicionassem a favor dos princípios cristãos. "Todos sabem que votei em Serra. Mas quem ganhou foi a Dilma. Como cristãos, só temos uma coisa a fazer: orar por ela (1 Tm2)".

"Segundo o documento q Dilma assinou, a PL 122 foi pro espaço e a legalização do aborto não será aprovada. Isso graças ao exercício da cidadania do povo de Deus. Tem a hora de agir, que é votar, e a hora de orar, que é agora q o candidato já foi eleito", lamentou.

Malafaia durante a campanha ganhou destaque ao mudar seu voto de Marina Silva para José Serra, após a mesma, segundo ele, ter defendido um plebiscito para temas como aborto e maconha.

Silas Malafaia protagonizou junto com o bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, um “bate-boca” via Internet. Em vídeo, Malafaia fez duras críticas a Edir Macedo após este ter publicado em seu blog um texto onde também criticava Malafaia por sua posição em relação aos candidatos a Presidência.

Fonte: Creio

Notícias » Brasil » Brasil Mulher é suspeita de matar pais a facadas por seguro de R$ 1 milhão ///// postado por Pastor Roberto Torrecilhas

Uma mulher é suspeita de assassinar, junto de seu marido, os pais em Alphaville, na Grande São Paulo no dia 2 de outubro. O empresário Wilson Tafner morreu com 10 facadas na cama e a advogada Tereza Cobra recebeu 16 facadas no corredor de casa. Um laudo sobre as mortes deve ficar pronto na próxima semana. As informações são do SPTV.
A filha, Roberta, se casou há um ano e trabalhava em um escritório de advocacia com a mãe, mas foi demitida depois de um suposto desvio de dinheiro. Ela passou a pedir 30% das empresas do pai e teria planejado o assassinato para assumir os negócios e receber um seguro de vida de R$ 1 milhão. O casal assassinado havia se mudado para uma casa ao lado da que deram à filha. No caminho, a perícia encontrou vestígios de sangue.

Tutora espancada por suspeita de abusos recebe alta em SP


Cícero Affonso
Direto de Presidente Prudente
A tutora espancada por um grupo de mães de alunos na manhã desta quarta-feira em Presidente Prudente (565 km a oeste de SP) foi liberada durante a tarde do Hospital Regional de Base, onde permaneceu internada após sofrer escoriações por todo o corpo. Ela foi agredida na Escola Carlos Castilho Cabral, localizada no bairro Jardim Regina, suspeita de ter abusado sexualmente de uma menina de 6 anos que se locomove através de uma cadeira de rodas.
A mulher foi medicada, passou por uma bateria de exames e liberada após seis horas de internação. Assustada, ela deixou o hospital sem dar declarações. A secretária municipal de Educação de Presidente Prudente, Ondina Barbosa Gerbasi, declarou que o incidente ocorreu no estacionamento, e não dentro da escola.
"As agressões foram muito fortes e, se a moça não fosse socorrida, poderia ter sido pior. Ela escapou de morrer. As pessoas estavam furiosas e armadas com paus e pedras. Felizmente, ela foi socorrida a tempo. Apesar de estar bastante machucada, os primeiros exames registraram apenas escoriações. Não houve nenhuma fratura. A secretaria vai tratar do caso com a devida atenção que merece e dentro dos critérios legais. Vamos acompanhar a apuração dos fatos através da Polícia Civil", disse Ondina.
O caso
De acordo com os pais da criança, os abusos estariam ocorrendo desde julho deste ano, época em que a criança passou a apresentar diferença de comportamento. "Ela sempre foi muito falante e alegre, apesar da hidrocefalia e má formação da coluna cervical. Mas passou a falar bem menos, evitava olhar nos nossos olhos e a cada dia aparentava maior tristeza. Depois de muita insistência ela decidiu falar, mas com muito medo, pois disse que é ameaçada pela suspeita, que já falou que se o segredo fosse revelado a mataria. O que ela nos contou não se vê nem em filmes do gênero", disse Anderson Aparecido Vicente, um montador de móveis de 30 anos e pai da garota.
A menina teria contado aos pais que os abusos aconteciam todos os dias nos momentos em que a tutora trocava a criança, e sempre sob ameaças. Tutora é a pessoa que acompanha o aluno com algum tipo de necessidade especial e que está incluída na classe regular de ensino.

Falso pastor suspeito de 40 estupros se entrega pela 2ª vez ////// postado por Pastor Roberto Torrecilhas

Um homem que se passava por pastor evangélio e suspeito de cometer 40 estupros se entregou nesta quarta-feira na 37ª DP (Ilha do Governador), no Rio de Janeiro, pela segunda vez. Segundo a delegacia, o acusado se apresentou voluntariamente à Polícia dias antes do segundo turno das eleições, mas, em virtude da lei eleitoral, ele foi liberado.
Segundo a polícia, ele afirma ser inocente. O suspeito foi identificado após o celular de uma das vítimas ser usado pela mulher do falso pastor. Segundo as investigações, o suspeito só atacaria de madrugada, em comunidades carentes, após constatar que não havia homem algum na residência escolhida. Em todos os crimes ele usava capuz. Ele foi reconhecido pela maioria das vítimas por causa de uma cicatriz nas costas.
Ele foi transferido para a Polinter do Grajaú. De acordo com o artigo 236 do Código Eleitoral, nenhum eleitor pode ser preso no período compreendido entre cinco dias antes do pleito e 48 horas após o encerramento da eleição, exceto quando a prisão for em flagrante ou em virtude de sentença criminal condenatória.

Igreja denuncia execução de moradores de rua em Alagoas

Na capital de Alagoas, praticamente 1 em cada 10 moradores de rua, de uma população estimada entre 300 e 400 pessoas, foi morto em 2010 - o 31.º assassinato foi registrado no último fim de semana São três casos em média por mês, ante dois casos em todo o ano passado, e até o governo acredita na ação de um esquadrão da morte, com a possível participação de policiais.

Até agora, ninguém foi preso e o Brasil pode ser denunciado à Organização das Nações Unidas (ONU).
 
 O alerta é do governo federal, mais especificamente da Secretaria Nacional de Direitos Humanos da Presidência da República, que já pediu ao Ministério da Justiça a entrada no caso da Polícia Federal. No fim de semana, a Arquidiocese de Maceió tornou púbica carta em que cobra providências das autoridades e pede auxílio aos católicos e pessoas de boa vontade para que "contribuam, com suas atitudes, para criar um clima de verdadeira fraternidade e de efetiva justiça". "Exortamos todos a defender a vida", disse, comovido, o arcebispo d. Antônio Muniz.
 
Segundo o promotor de justiça Alfredo Gaspar de Mendonça, do Grupo de Combate às Organizações Criminosas (Gcoc), a morte ontem do homem chamado Timbalada está relacionada ao assassinato de outro morador de rua, o Cotó, que foi executado a tiros em circunstâncias parecidas na semana passada. "Ele foi ouvido e disse que estava ameaçado de morte, mas dispensou a proteção oferecida pela instituição. Preferiu continuar nas ruas", lamentou o promotor. "Nós sabíamos que alguma coisa ia acontecer com ele. Terminou tombando."
 
 "O modo como morreram essas pessoas chama a atenção por si só. Bastava o primeiro caso para que uma solução fosse apresentada pelas autoridades, mas é evidente que há alguma carência para as investigações serem concluídas", observou o coordenador do Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento da Política Nacional da População em Situação de Rua, Ivair Augusto dos Santos. O governo informou que esperava o fim do período eleitoral para realizar prisões - e se recusa a dar números oficiais. A reportagem conseguiu confirmar 23 casos, antes de a Igreja divulgar há três dias uma lista com 30 casos.
 
O diretor-geral da Policia Civil de Alagoas, delegado Marcílio Barenco, revelou hoje que já tem os nomes de alguns matadores de moradores de rua na , mas aguarda passar o período eleitoral para iniciar as prisões. Barenco disse ainda que o relatório da instituição sobre o caso foi entregue ao representante da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, na semana passada, mas não sabe como as informações chegaram à imprensa.

Ele não sabe também como os números de moradores de rua e outras informações contidas no relatório chegaram ao conhecimento da Igreja Católica, que divulgou nota recentemente pedindo providências para as mortes de 30 moradores de rua no Estado.
 
"Nós estamos investigando como essas informações vazaram para a imprensa e a Igreja Católica", afirmou Barenco, admitindo também que o documento pode ter vazado a partir da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, já que o relatório foi entregue em mãos ao coordenador do Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento da Política Nacional da População em Situação de Rua, Ivair Augusto dos Santos.

 Até aquele momento, a imprensa noticiava as mortes de 22 moradores de rua, no início desta semana esse número subiu para 30, com a divulgação dos dados de relatório da Polícia Civil de Alagoas. "Desses 30 casos registrados no relatório, um deles não se trata de morador de rua. A vítima trabalhava na rua, mas tinha moradia fixa", garantiu Barenco.
 
Para ele, o ex-presidiário conhecido por Timbalada, que foi assassinado ontem à tarde, no bairro de Ponta Verde, também não era morador de rua. "Ele trabalhava como flanelinha, mas tinha família e residia na periferia. A gente não pode classificar de morador de rua, todo esse pessoal que trabalha na rua e eventualmente não volta para casa e termina dormindo debaixo das marquises", comentou o delegado.
 
Para Marcílio Barenco, além do trabalho repressivo da polícia, para combater os assassinatos, o poder público, principalmente a Prefeitura Municipal de Maceió, precisa ser mais eficiente no atendimento social às pessoas que moram nas ruas da cidade e vivem em constante situação de risco. "É preciso que seja feito o trabalho preventivo, no campo social, para evitar que essas pessoas continuem jogadas à própria sorte, sofrendo as consequências das drogas, do alcoolismo, da pobreza extrema e da delinquência", acrescentou o delegado.

Fonte: AE

Cantora Milaine Nascimento morre durante apresentação em culto, no PR / postado por Pastor Roberto Torrecilhas


A cantora gospel Milaine Marcelino Nascimento morreu no domingo (31) à noite vítima de parada cardiorrespiratória fulminante durante um culto na Igreja Evangélica Avivamento Bíblico em Sarandi (a 12 quilômetros de Maringá). Ela estava cantando no momento em que passou mal e caiu desacordada no palco.
Em Maringá há 10 anos, a cantora de 29 anos frequentava assiduamente a Igreja Assembleia de Deus do Jardim Alvorada e não tinha histórico de problemas de saúde. "Ela era uma jovem muito amável, carismática, todos aqui na igreja gostavam muito dela", contou o pastor Osmir Coutinho.
Nos dois últimos anos Milaine percorreu vários Estados divulgando o CD de música gospel gravado em 2008. Atendendo a convites ela se apresentou no Nordeste, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e até mesmo nos países vizinhos Argentina e Paraguai.
Milaine está sendo velada na Igreja Assembleia de Deus, na Rua Pastor Anísio Francisco da Silva, 732, no Jardim Alvorada. O sepultamento será no Cemitério Municipal de Londrina às 16 horas.
Por Rosângela Gris
Fonte: ODiário

Radicais hindus atacaram cristã grávida no funeral de sua filha / postado por Pastor Roberto Torrecilhas

 
Culto em uma igreja na Índia  
ÍNDIA (26º) - Radicais hindus agrediram severamente uma cristã grávida no funeral de sua filha em Orissa, Índia. Os radicais, que recusam que cristãos sejam enterrados na vila, atacaram no funeral com facões e bastões.

Até a publicação desta reportagem, Sonadei, a mulher grávida atacada, estava sangrando seriamente sem recebido ajuda médica já que não há nenhum hospital em Bendaguda, a vila onde o ataque ocorreu.

O pastor Vijay Kumar, que também foi atacado no funeral, disse a ICC que as vítimas estavam aterrorizadas e se esconderam em uma casa com o corpo em decomposição do bebê, temendo o que poderia acontecer a eles naquela noite. Ele pede por oração.

O coordenador regional da ICC para o sul da Ásia, Jonathan Racho, declarou: “Nossos corações estão partidos por ouvir a necessidade de Sonadei e dos outros cristãos atacados. É muito triste que ela tenha sofrido este ataque no dia que estava enlutada pela morte de sua filha bebê. Este ataque horrível e desumano realizado pelos radicais hindus não pode ficar impune. Pressionamos a polícia indiana para que fosse imediatamente ao local proteger os cristãos e prender os criminosos.”

A ICC tem auxiliado assistência financeira para ajudar Sonadei com suas despesas médicas.

Pedidos de oração:

•    Ore para que Sonadei e sua criança que ainda não nasceu sobrevivam e tenham o atendimento médico de que precisam.
•    Ore pelos outros cristãos que agora estão escondidos.
•    Ore pelas autoridades, para que haja justiça.
•    Ore pelos agressores, para que conheçam e reconheçam a Cristo como Senhor e Salvador.

Tradução: Missão Portas Abertas

Al-Qaeda anuncia fim de ultimato e considera cristãos "alvos legítimos" / postado por Pastor Roberto Torrecilhas

IRAQUE (17º) - A Al-Qaeda no Iraque anunciou nesta quarta-feira que os cristãos são "alvos legítimos", depois do fim do ultimato à igreja copta do Egito para libertar duas mulheres, informou o Centro Americano de Vigilância de Sites Islamitas (SITE).

Ao reivindicar o ataque contra uma igreja de Bagdá no domingo, o Estado Islâmico do Iraque (ISI) deu prazo de 48 horas à Igreja copta do Egito para libertar duas cristãs convertidas ao islã que segundo a organização estão "encarceradas em mosteiros" deste país.

"O ultimato expirou (...) Portanto, todos os centros, organizações, instituições, dirigentes e fiéis cristãos são alvos legítimos para os mujahedines, onde puderem ser alcançados", afirma um comunicado.

No ataque de domingo contra a catedral siríaca católica de Bagdá, 46 fiéis morreram e 60 foram feridos. Sete integrantes das forças de segurança também faleceram na invasão para acabar com a tomada de reféns.

por . Portas Abertas.

Al-Qaeda no Iraque ameaça matar cristãos onde estiverem / postado por Pastor Roberto Torrecilhas

Dois dias após exigir à Igreja copta informações sobre o paradeiro de várias supostas muçulmanas convertidas, um conglomerado de grupos terroristas liderado pela Al-Qaeda no Iraque ameaçou matar os cristãos onde estiverem.
Em comunicado divulgado nesta quarta-feira em um site utilizado habitualmente por grupos radicais, o Estado Islâmico do Iraque ressalta que "acabou o prazo dado à Igreja cristã no Egito muçulmano para que esclareça a situação de nossas irmãs retidas e para que as coloque em liberdade".
"Por isso, o Ministério da Guerra do Estado Islâmico do Iraque anuncia que todos os centros, organizações e organismos cristãos, com seus dirigentes e seguidores, são alvos legítimos para os mujahedin (combatentes) onde puderem ser alcançados", assegura a nota.
Na noite de 31 de outubro para 1 de novembro, pelo menos 58 pessoas - a maioria mulheres e crianças - morreram na igreja de Sayida An Nayá (Nossa Senhora do Socorro, em árabe), em Bagdá, em um ataque armado e na posterior operação para libertar os reféns presos por cinco terroristas no interior do templo.
Durante o atentado, os sequestradores divulgaram uma mensagem na qual deram um prazo de 48 horas para que fossem liberadas suas "irmãs na religião, detidas nas prisões dos mosteiros e nas igrejas da infidelidade no Egito".
O grupo terrorista se referia, entre outras, a Camilia Shehata, uma cristã que segundo vários grupos muçulmanos se converteu ao islã e que a Igreja copta mantém presa em um mosteiro.

Essa versão foi desmentida pela Igreja egípcia e pela própria Camilia em um vídeo postado na internet, cuja veracidade, no entanto, foi questionada pelos grupos muçulmanos.
Após o ultimato, fontes policiais asseguraram que tinham reforçado as medidas de segurança nas igrejas do Iraque, onde os coptas representam cerca de 10% da população.
A mensagem desta quarta-feira também exige que o Vaticano se desvincule da Igreja copta.
"Que saibam estes infiéis e a sua liderança, o Vaticano, que a espada da morte não se erguerá dos pescoços dos seus seguidores até que (o Vaticano) anuncie que não tem nada a ver com o que fazem os cachorros da Igreja egípcia", diz a nota.



Fonte: AFP / Terra

CIA assume culpa por ataque a avião missionário / postado por Pastor Roberto Torrecilhas

 Nove anos depois da força aérea peruana confundir um vôo missionário com uma corrida de drogas, a Agência Central de Inteligência assumiu a responsabilidade do ataque de um avião missionário que matou Verônica Bowers e sua filha, Caridade.


Bowers tinha tomado um vôo para pegar um visto no Brasil para a Caridade. Seu filho, Cory, então com seis, também estava vôo quando o avião militar abriu fogo sobre eles, em abril de 2001.
O filho de Bower, Cory, e o piloto, Kevin Donaldson, sobreviveram ao acidente do avião na Amazônia.
O lançamento do relatório mostra que os agentes da CIA interpretaram mal o avião missionário como um avião de contrabando de drogas e ordenou aos militares peruanos derrubá-lo. Em seguida, a investigação mostra violações no procedimento de rotina por aqueles envolvidos com a missão secreta anti-narcóticos e um padrão de encobrir seus erros, afinal enganaram o Congresso durante uma investigação pouco depois do incidente.
Como resultado, o governo dos EUA suspendeu a prática do aconselhamento aos governos estrangeiros em derrubar aviões sobre o Peru e a Colômbia. Eles então abandonaram o programa.O governo dos EUA pagou indenização de U$ 8 milhões para a família Bowers e o piloto.
O diretor da CIA, Leon Panetta, disse que 16 funcionários atuais e aposentados da agência receberam punições administrativas sobre o incidente.

Jim e Roni Bowers começaram a servir no Peru em 1995, como missionários no barco com a Associação de Batistas para Evangelismo Mundial, a ABWE.
Seu trabalho era pregar o evangelho de forma criativa a 50 vilarejos remotos do Peru, acessível apenas através do rio Amazonas. Durante seis anos, viajavam em sua casa flutuante para cidades ao longo de um trecho de 150 quilômetros de água para a pregação, evangelização, ensino e discipulado.

O trabalho foi interrompido, mas ABWE ainda está ativo na Igreja de plantio, na educação teológica, no trabalho de campo e evangelismo no rio. Uma equipe de 15 estão ativos ao longo da zonas urbanas e rurais do Peru.

Enquanto isso, Jim Bowers está reconstruindo sua vida. Vários anos depois, ele autorizou um livro sobre o incidente e se casou em dezembro de 2003. A nova família Bowers vive em Raleigh, Carolina do Norte, onde eles estão plantando uma igreja hispânica.



Fonte: MNN / Redação CPADNews

Como cristãos, só podemos orar por ela", diz Malafaia sobre Dilma / postado por Pastor Roberto Torrecilhas

Apoiador do candidato José Serra já no primeiro turno, o pastor Silas Malafaia reconheceu a derrota de seu candidato nas urnas e afirmou que, diante da eleição da petista Dilma Rousseff, "como cristãos, só temos uma coisa a fazer: orar por ela". Postando frases em seu twiiter, o líder comentou o fato, citando uma passagem da primeira carta do apóstolo Paulo a Timóteo como referência para suas palavras.



"Bom dia! Todos sabem que votei em Serra. Mas quem ganhou foi a Dilma. Como cristãos, só temos uma coisa a fazer: orar por ela (1 Tm2). Tem a hora de agir, que é votar, e a hora de orar, que é agora q o candidato já foi eleito", postou.



O líder lembrou que se sentia orgulhoso por sua participação nas eleições, independente do candidato vitorioso. Segundo Malafaia, ter contribuído para que ambos os candidatos se posicionassem quanto a questões como o aborto e homossexualismo - que afetam diretamente princípios cristãos.



"Tenho a satisfação de ter contribuído p/ q ambos os candidatos à presidência se posicionassem a favor d nossos princípios cristãos. Segundo o documento q Dilma assinou, a PL 122 foi pro espaço e a legalização do aborto não será aprovada", celebrou.



Fonte: Guia-me

Como Identificar um Falso Apóstolo / lobos com vestes de cordeiro / Postado por Pastor Roberto Torrecilhas

Antes de mais nada creio nos ministérios citados nas Escrituras Sagradas. Creio que Deus tem levantado no dia de hoje pessoas aptas a desenvolver o ministério apostólico, profético, pastoral, evangelístico e o ministério de ensino. Creio ainda que muitos homens de Deus desenvolve ministério apostólico sem usar o título de apóstolo (e outros usam), ambos estão de acordo com a Palavra. O que critico hoje é a prepotência e orgulho típicos do coração humano, de são claramente percebidos na vida de alguns coitados que se auto-entitulam apóstolos, nestes casos por mera vaidade.
Certamente você conhece pessoas sérias que desenvolve tais ministérios, mas também conhece farsantes e hipócritas que tem envergonhado o evangelho de Cristo. Bom, gostaria de dar algumas dicas de como identificar um falso apóstolo:
  1. O falso apóstolo é mentiroso: ele gosta de contar vantagens, e experiências pessoais que na maioria das vezes não aconteceram. Ele exagera, inventa. Ele é um mentiroso desde o princípio, mas agora consegue atingir um público maior para suas mentiras, por causa do seu título apostólico. É impressionante como os cristãos acreditam em fábulas.
  2. O falso apóstolo é numerólatra: ele não consegue ser fiel aos números reais. Se ele tem uma igreja com 50 membros, diz que tem 5 mil. Se ele tem um carro, diz que tem cinco. Se ele tem dois ou três pastores que o seguem, ele diz que tem trezentos. A numero”latria” é pecado, e geralmente quem usa este método é porque se considera covarde, indigno de assumir a realidade de Deus para sua vida.
  3. O falso apóstolo é prepotente e orgulhoso: geralmente ele se acha melhor e mais esperto do que os outros. Ele nunca quer aprender, e entende que somente o próprio Deus poderia ensiná-lo algo. Ele jamais erra, e sempre encontra justificativa para seus erros. Fala com arrogância, tem olhar altivo. Ele intimida com o olhar, e não tem coragem de pedir perdão. Geralmente usa as roupas mais caras, para impressionar.
  4. O falso apóstolo é estrela: ele é aplaudido, idolatrado, celebrado. Ele fica em posição de destaque. Sempre terá defensores fiéis, porém pessoas sérias logo percebem a farsa que ele é.
  5. O falso apóstolo é um criminoso falsificador: ele inventa documentações, cria diplomas e certificados falsos, forja papéis para respaldar seu ministério.
  6. O falso apóstolo é como fogo de palha: ele é bom de papo e sabe manejar bem a Palavra, porém suas ministrações são quentes e sem profundidade. Quem assiste uma preleção do falso apóstolo pode até se entusiasmar, porém quando o tempo passa, sentem-se vazios e famintos de um sólido alimento espiritual.
  7. O falso apóstolo é manipulador: As pessoas que estão debaixo dele o temem, e fazem o que ele manda sem pensar nas consequências. Ele sabe manipulá-las, e elas ficam acorrentadas. Geralmente você encontrará sempre várias pessoas que tem o testemunho de “ex-manipuladas” por ele. Basta procurar, e estas pessoas poderão contar suas experiências negativas e assustadores. Geralmente ele coloca culpa no diabo, e considera estas pessoas endemoniadas e maledicentes (mas na verdade são apenas vítimas do engano).
  8. O falso apóstolo visa lucros financeiros: Se a igreja não puder pagar uma fortuna para ele pregar, esqueça, não poderá contar com ele. Ele exige hotel, alimentos especiais. Não abre mão por nada. Se a igreja quiser uma anistia, uma ajuda, por não ter condições, ele não abre mão. Além disso ele é especialista em “colher ofertas”, e quando chega na igreja, motiva o povo a dar tudo o que tem, mas quando vai embora levando bolsas de dinheiro, o povo sente um forte remorso de ter dado credito às suas palavras.
  9. O falso apóstolo parece “bom demais pra ser verdade”: ele parece tão perfeito, tão santo, que pensamos que não somos nada, e queremos ser como ele. Mas na verdade é só fachada, e quem “comer um quilo de sal com ele” saberá quem ele é de verdade.
Bom, eu poderia ficar aqui enumerando centenas de característica de um falso apóstolo, porém quero dar uma dica aos meus amigos pastores e irmãos, para que um destes farsantes não entre pelas portas de sua igreja.
Antes de convidar um pastor, bispo, apóstolo…. para sua igreja, garanta que:
a) Sua formação teológica é verdadeira, e respaldada dentro dos tramites legais.
b) Igrejas foram abençoadas profundamente através dele (entre em contato com igrejas)
c) Ele é humilde, e está disposto a ajudar de alguma forma, na medida do possível.
d) Ele visa o Reino de Deus.
e) Ele tem uma esposa e família abençoada.
f) Ele tem um ministério do tamanho de suas palavras (sem exageros)
g) Ele não deixou rastros obscuros em sua caminhada.
É, acho que já te dei o fio da meada. Creio que este artigo vai dar “pano pra manga”. Estou pronto para as retaliações, pois a glória está sendo dada para Jesus de Nazaré, e AI DAQUELE QUE TOCAR no ungido de Deus. A unção faz a diferença.
Ah, se você ver algum “apóstolo” tentando nos atacar por esta matéria, já sabe o que pensar… rrsrss..
Fique na Graça e Paz de Jesus Cristo,
Ricardo Ribeiro, pastor.

Biblismo é Idolátria / postado por Pastor Roberto Torrecilhas

biblia 250x201 Biblismo é IdolátriaNos dias de hoje encontramos muitas correntes de interpretação da Bíblia, mas como saber se de fato é coerente com a sã doutrina? O primeiro passo ‘devemos ler as Sagradas Escrituras no mesmo espírito em que ela foi escrita’. E saber que a Bíblia não é um ditado, não ‘caiu’ pronta do céu, e por isso todo assunto abordado tem um contexto.
Na Bíblia, o escritor sagrado não está preocupado com a historiografia dos fatos, mas com a teologia dos textos. Também é perigoso ter a Bíblia como instrumento do passado e estudarmos como algo arqueológico.
O cristão tem que entender que não somos a religião do livro, mas da Palavra. O livro esgota em si mesmo, mas a Palavra interage e se relaciona com o leitor. Nem mesmo a Bíblia consegue esgotar tudo o que é a Palavra de Deus – Deus sempre tem algo a nos revelar, ainda que seja pela Palavra, esta depende de nós para interpretá-la (Cf. Sl 119,130; Pv 6,23; 2Pe 11,19).
Quando o salmista diz ‘lâmpada para os meus pés é a Tua Palavra’ em nenhum momento ele se referia a Bíblia, mas a Torá – o Pentateuco para nós (Cf. Sl 119,105; Dt 17,19; Is 34,16; Jo 5,39, 1Rs 8,56; Dt 4,10; 2Cr 17,9). O salmista chega a chamar a palavra de ‘lei’ (Cf. Sl 119,72.97; Ne 8,13; Is 2,3, Sl 19,7; Rm 7,12.14; 1Cr 22,12; Pv 28,7). Já os primeiros cristãos, na era de Paulo, viveram sem dois importantes livros, Evangelho de João e Apocalipse, que só vieram a ficar prontos por volta do ano cem.
João 14,23 ‘(…) se alguém me amar guardará a minha palavra (…)’ quando o evangelista diz isso ele não está se referindo a escrito algum, mas a todo testemunho dado pelo Senhor Jesus. Afinal, Jesus nunca precisou alegar autoridade, pois seus atos legitimavam as Suas palavras (Cf. Cl 3,16).
É preciso ler a Bíblia com um espírito genuinamente cristão, pois se trata de escritos ‘inspirados’, mas não ditados (Cf. 2Tm 3,16). Antes de ser Palavra de Deus, é palavra de homem, pois nela são contadas as diversas e maravilhosas experiências de Deus, vividas por muitas pessoas (Cf. 2Pe 1,21). E é por isso que não se esgota jamais. O cristianismo é uma proposta que precisa de acolhida (Cf. Rm 10,8). A nossa fé é uma herança que não pode ser herdada, mas vivida. Não vem pronta, é necessário um real compromisso (Cf. Sl 119,1; Hb 4,12). É necessário uma vida de experiência com e de Deus.
Seja abençoado em nome de Jesus. Amém.
por Daniel Ramos articulista do Gospel Prime

Emirados Árabes Unidos: A Igreja Perseguida necessita de orações / postado por Pastor Roberto Torrecilhas

Burj Al Arab mais conhecido como o hotel 7 estrelas em Dubai. 
250x187 Emirados Árabes Unidos: A Igreja Perseguida necessita de 
orações
Os Emirados Árabes Unidos (EAU) é uma federação formada por sete Estados. Eles se encontram na Península Arábica, e são banhados tanto pelo Golfo Pérsico como pelo Golfo de Omã.
Quase toda a extensão dos Emirados está no deserto de Rub al-Khali. Na zona costeira está localizada a maior parte das jazidas de petróleo.
Os sete Estados que formam os Emirados são: Abu Dhabi, Dubai, Ajman, Fujairah, Ras al-Khaimah, Sharjah e Umm al-Qaiwain.
O Reino Unido, durante o século XIX, mantinha vários tratados com xeques árabes no Golfo, a fim de proteger suas rotas comerciais com a Índia. Muitos desses xeques habitavam onde os EAU se encontram hoje.
Havia pouco interesse na área até que as jazidas de petróleo foram descobertas em Abu Dhabi em 1958.
Dez anos mais tarde, a Grã-Bretanha retira suas tropas da região. Os xeques se unem e em 1971 os EAU se tornam um Estado independente.
No que diz respeito à administração, cada um dos sete emirados possui seu próprio governador e ritmo. Ele tem poderes sobre a exploração do gás e petróleo de seu emirado e também sobre a receita que geram.

A perseguição

A Constituição provê liberdade religiosa e o governo, de modo geral, respeita esse direito. No entanto, há algumas restrições.
O islamismo é a religião oficial dos sete emirados. Há dois sistemas legais: o da sharia (lei islâmica) para as varas criminal e familiar; e o secular para a vara civil.
As igrejas não têm permissão para exibir uma cruz ou colocar sinos fora de sua propriedade. Entretanto, o governo não interfere no terreno que a igreja ocupa.
As congregações aceitam convertidos de todas as religiões, exceto do islamismo. Isso porque a lei não reconhece e nem permite conversão de muçulmanos a outra crença.
De acordo com a sharia, homens muçulmanos podem se casar com cristãs ou judias. Entretanto, mulheres muçulmanas não podem se casar com não-muçulmanos, a menos que estes se convertam.
Como o islamismo não valida o casamento entre um não-muçulmano e uma muçulmana, as duas partes podem estar sujeitas a detenção, julgamento e prisão sob o delito de fornicação. Entretanto, não há relatos de tais penas sendo aplicadas.
A importação de materiais religiosos não-islâmicos é proibida. As autoridades alfandegárias, porém, mostram-se mais tolerantes à importação de itens cristãos do que com o de outras religiões.
É proibida qualquer atividade religiosa que possa interferir no islamismo, como a distribuição de folhetos evangelísticos perto de uma mesquita ou em outros lugares públicos designados.
O único provedor de internet do país, o Etisalat, ocasionalmente bloqueia sites que contêm informação religiosa: dados sobre a fé baha”i, críticas negativas sobre o islamismo e testemunho de muçulmanos que se converteram ao cristianismo.

Motivos de oração

1. Há alguns missionários no país. Ore pela atuação deles e por sua integração à sociedade.
2. Deixar o islamismo significa correr risco de vida. Algumas pessoas tocadas pelo evangelho hesitam em abandonar o islamismo, pois isso significa perder a segurança da família, o status social e o círculo de amizades. Peça a Deus para que essas pessoas sintam-se irresistivelmente atraídas a Cristo e à paz que só ele pode dar.
3. A população local é quase inacessível. O petróleo trouxe muita riqueza aos árabes dos Emirados. Sua posição social distancia-os dos estrangeiros que trabalham no país. Suplique ao Senhor para abrir meios de o evangelho chegar a esses corações que também precisam de salvação.
Fonte: Portas Abertas

Órgão do governo dos EUA pede a Obama que exija libertação de pastor no Irã / postado por Pastor Roberto Torrecilhas

Barack Obama 250x239 Órgão do governo dos EUA pede a Obama que 
exija libertação de pastor no Irã
O órgão do governo dos EUA encarregado de monitorar a liberdade religiosa no mundo está pedindo ao governo Obama exigir que o Irã, liberte um pastor cristão que está enfrentado uma possível execução por apostasia.
O governo Obama deveria pressionar o Irã a libertar Youcef Nadarkhani, que foi preso há mais de um ano, declarou a Comissão dos EUA sobre Liberdade Religiosa Internacional em um comunicado sexta-feira. A comissão não partidária notou que as experiências passadas com o Irã têm demonstrado que a pressão da comunidade internacional pode influenciar o destino dos prisioneiros.
“Este caso é mais uma prova que não há transparência nem justiça no chamado sistema jurídico do Irã para as minorias religiosas,” comentou o presidente da USCIRF, Leonard Leo. “O tempo é a essencial aqui. A vida deste homem está em jogo. Pedimos ao nosso governo e a comunidade internacional que pressionem por sua libertação e a garantia de que o Irã não tome nenhuma providência extrema, neste caso ou em outros como este.”
Nadarkhani, o líder de uma comunidade protestante em Rasht, no Irã, foi preso em 13 de outubro de 2009, depois de opor-se à prática de forçar os alunos da escola cristã – incluindo seus próprios filhos – a ler o Alcorão. Ele argumentou que a Constituição iraniana dá aos pais o direito de educar os filhos em sua própria fé.
O pastor do nordeste do Irã e, mais tarde, sua mulher, Fatemeh Passandideh, foram acusados de apostasia. Enquanto Passandideh foi libertada no início de outubro, depois de passar quatro meses na prisão. Segundo fontes do Irã e do governo dos EUA, Nadarkhani foi verbalmente informado de que recebeu a pena de morte por apostasia. O pastor iraniano, no entanto, ainda não recebeu um veredito final sobre a sua execução.
De acordo com o Present Truth Ministries, que apoia a Igreja perseguida, a execução de Nadarkhani foi adiada. O Present Truth Ministries relatou no sábado passado que Nadarkhani estava inicialmente programado para ser executado em 24 de outubro.
“Ele está atualmente sob a pena de morte, mas eles estão atrasando o cumprimento da sentença, a fim de colocar mais pressão para que ele se afaste de Cristo,” relatou Jason DeMars da Present Truth Ministries.
“Uma vez que o veredito escrito for proferido, haverá 20 dias para recorrer ao Supremo Tribunal Federal,” acrescentou DeMars no site de seu ministério.
Acredita-se que Nadarkhani têm sido pressionado ao longo do ano passado, a renegar sua fé e retornar ao Islamismo.
Segundo a Missão Voz dos Mártires (VDM), se uma sentença de morte foi oficialmente proferida e Nadarkhani for executado, a sua seria a primeira execução judicial de um Cristão no Irã, em duas décadas.
Durante o ano passado, a ofensiva do governo contra as minorias religiosas se intensificou. Várias Igrejas no Irã foram fechadas e vários convertidos de origem muçulmana, foram presos e detidos. No Irã, é ilegal para os muçulmanos a conversão ao Cristianismo, entretanto, os Cristãos têm permissão de se converterem ao Islamismo.
Os grupos de direitos humanos têm sugerido que a ofensiva contra os não-muçulmanos, as minorias religiosas provavelmente está relacionada às disputadas eleições de junho 2009. Após as eleições do ano passado, as forças do governo têm reprimido vários grupos civis.
“Esse padrão de prisão e perseguição de minorias religiosas, juntamente com o aumento da retórica inflamada do presidente Ahmadinejad e outros líderes não é visto desde os primeiros anos da revolução iraniana,” afirmou Leo.
A USCIRF (Comissão Internacional dos Estados Unidos sobre Liberdade Religiosa) instou o governo Obama a continuar se manifestando, como a Secretária de Estado dos EUA Hillary Clinton fez, em agosto, em favor das minorias religiosas iranianas.
Fonte: The Christian Post

Pastor iraniano é notificado que será executado por “apostasia” / postado por Pastor Roberto Torrecilhas

Presidente do Irã Mahmoud Ahmadinejad 250x166 Pastor iraniano é 
notificado que será executado por apostasiaA International Christian Concern pede oração urgente pelo pastor preso Youcef Nadarkhani que recebeu a notificação de que será executado sob a acusação de “apostasia” – a conversão do islamismo para o cristianismo – e aguarda agora o veredicto final do tribunal.
O pastor Youcef Nadarkhani, líder da igreja em Rasht, no Irã, foi preso em 13 de outubro de 2009 por questionar a prática de educação islâmica de estudantes cristãos – incluindo seus próprios filhos – que obriga a leitura do Alcorão na escola.
Sua execução, inicialmente prevista para 24 de outubro, foi adiada para uma data desconhecida pelas forças de segurança na esperança de que Youcef renunciasse a Cristo e voltasse ao islamismo.
Uma vez que o veredicto final do tribunal é entregue, o pastor Youcef terá 20 dias para recorrer ao Supremo Tribunal Federal.
A esposa do pastor Youcef, Fatemeh Passandideh, foi presa em 08 de junho e sentenciada à prisão perpétua. No entanto, depois de uma apelação, ela foi liberada após uma audiência de 11 de outubro.
Embora sua esposa tenha sido absolvida, é improvável que o seja concedido o mesmo ao marido pois a sua atividade cristã era mais proeminente e sua acusação mais grave.
Em uma carta à comunidade cristã internacional, o pastor Youcef tomou coragem e consolou os cristãos ao redor do mundo: “O que temos hoje, é uma, mas não insuportável situação difícil, porque Ele não nos prova mais do que a nossa fé pode suportar… Devemos considerar essas situações e as prisões como uma oportunidade para testemunhar o Seu nome.”

Pedidos de oração:

Ore para que o pastor Youcef Nadarkhani encontre coragem e confiança no Senhor. Ore também para que se for vontade de Deus, ele seja liberado e se não, que ele exemplifique a Cristo e dê glória a Deus em seu chamado para sofrer pelo nome de nosso Salvador.
Ore pela esposa do pastor e seus dois filhos para que Deus sustente-os durante este período de grande provação. E que eles permaneçam firmes na fé e perseverem em face da tirania e da perda.
Ore pelos cristãos iranianos para que não sejam intimidados ou se cansem, mas compartilhem o Evangelho com coragem e procurarem orientação do Senhor e a graça diariamente.
Fonte: Portas AbertasGospel Prime

Jesus era HIV positivo”, afirma pastor sul-africano em seu sermão / postado por Pastor Roberto Torrecilhas

Jesus era HIV positivo afirma pastor sul africano 250x140 Jesus 
era HIV positivo, afirma pastor sul africano em seu sermão“Hoje vou começar um sermão em três partes com o tema: Jesus era HIV positivo”, disse recentemente o pastor sul-africano Xola Skosana, em um culto dominical.
Essas palavras inicialmente surpreenderam sua congregação no bairro Khayelitsha, na Cidade do Cabo, deixando todos em silêncio. Depois, geraram todo tipo de comentário nas igrejas do país. Alguns cristãos ficaram ofendidos, afirmando que o pastor retratou Jesus como alguém sexualmente promíscuo.
O vírus HIV é transmitido principalmente através de relações sexuais, mas também pode se propagar através de agulhas compartilhadas, sangue contaminado, gravidez e amamentação. No entanto, como disse o pastor Skosana (foto) aos que estavam reunidos no modesto salão da escola Luhlaza usado para os cultos semanais: em muitas partes da Bíblia Jesus se colocou no lugar dos miseráveis, dos doentes e dos marginalizados.
“Sempre que você abre as escrituras, vê Jesus se colocando na pele de pessoas que experimentam quebrantamento. Isaías 53, por exemplo, pinta claramente um retrato de Jesus tomando sobre si as enfermidades e os males da humanidade”, disse ele à BBC. Skosana também é rápido em salientar que está usando essa metáfora para destacar o perigo da pandemia do HIV/Aids, que ainda carrega um estigma em favelas da África do Sul.
“Claro, não há nenhuma evidência científica de que Jesus tinha o vírus HI em sua corrente sanguínea”, diz o pastor, cujo ministério não-denominacional Hope for Life [Esperança para a Vida] é parte de um crescente movimento carismático na África do Sul.
“O melhor presente que podemos dar às pessoas que são HIV positivas é ajudar a fazer AIDS deixar de ser estigmatizada e criar um ambiente onde eles sabem que Deus não está contra eles, que não se envergonha deles.”

Zombando de Cristo

Mas o pastor Mike Bele, que dirige a Igreja Batista Nomzamo, no bairro vizinho de Gugulethu, disse que a maioria do clero em Khayelitsha e outros bairros da Cidade do Cabo se opõem fortemente a essa associação de Jesus com o HIV.
“O tema envolvendo meu Jesus ser HIV-positivo é grave“, diz ele. “Acredito que nenhum líder ungido e com bom entendimento das escrituras e o papel de Cristo em nossas vidas, iria deliberadamente arrastar o nome de Cristo na lama.”
Para o pastor Bele, retratar Jesus como alguém HIV positivo faz com ele se torna parte do problema, não da solução. ”O pastor precisa explicar o que aconteceu para ele trazer Cristo ao nosso nível, pois Cristo é supremo e é Deus”, diz ele. ”Há uma preocupação de que os não-crentes zombem de Cristo e tentem generalizar Cristo, colocando-o em oposição à força poderosa que acreditamos que ele seja.”
O pastor Skosana, que está no ministério há 24 anos e perdeu duas irmãs para a Aids, argumenta que os líderes religiosos têm um papel muito maior no combate à propagação da pandemia na África do Sul. Afinal, cerca de 5.7 milhões de pessoas vivem com o vírus – mais do que em qualquer outro país.
Ele concluiu a última parte de seu sermão de três semanas fazendo o teste de HIV em frente à congregação. Depois, 100 fiéis seguiram o seu exemplo.
“A mensagem à igreja é que não é suficiente darmos comida às pessoas em particular, dar-lhes só mantimentos, devemos criar um ambiente que os fortaleça, porque a maioria das pessoas HIV positivas não morrerão necessariamente de doenças relacionada à Aids, mas por estarem de coração partido, rejeitados”, disse.
As favelas sul-Africano são os locais mais afetados pela pandemia de HIV

Medo e ignorância

Em meio à polêmica, o reverendo Siyabulela Gidi, diretor do Conselho Sul-Africano de Igrejas, saiu em apoio ao pastor Skosana, dizendo que seu ponto de vista está teologicamente correto.
“O que pastor Skosana está dizendo é que Cristo, se viesse ao mundo nos dias de hoje, estaria ao lado das pessoas que são HIV positivas – pessoas que estão sendo deixadas de lado pela própria igreja que agora o ataca”, afirma o sacerdote anglicano. ”Felizmente o pastor Skosana gerou diálogo sobre o assunto no país, no mundo, é para isso que a teologia existe”.
Fora dos círculos religiosos, o pastor Skosana também recebeu apoio de ativistas do combate à Aids. “O sermão do pastor tira o estigma de que HIV é um pecado e um castigo de Deus”, diz Vuyiseka Dubula, secretário-geral do poderoso grupo de combate à Aids Treatment Action Campaign.
“Associar Jesus com o HIV é algo poderoso, principalmente para aqueles que vão à igreja Agora as pessoas estão começando a pensar:. ‘Se Jesus podia ser HIV positivo, quem sou eu para não tê-lo, mesmo se frequento a igreja?’”
Jan Glazewski, professor de direito marítimo e ambiental na Universidade da Cidade do Cabo, HIV positivo há 25 anos, escreveu uma carta para o jornal Cape Times, onde identificou-se com a idéia de que Deus estava do lado dos pobres e marginalizados. ”A metáfora do pastor dá força a todos nós”, disse ele. “Quando ligou Jesus ao HIV, seu sermão provocou protestos, bem como expressões de raiva. Isso acontece por causa do medo e da ignorância.”
É essa luta contra o medo e a ignorância que o pastor Skosana está determinado a continuar. “Quanto mais falamos sobre isso em nossos púlpitos e mais pedimos às pessoas para fazer o teste voluntariamente na igreja, melhor. Uma das coisas mais poderosas que podemos fazer como igreja, agora, é dizer que Jesus foi e é HIV positivo.”
Fonte: BBC / Gospel Prime
Via: Pavablog
Tradução: Jarbas Aragão