Postagens

Mostrando postagens de Novembro 27, 2015

Cristãos vão até as últimas consequências pelo nome de Cristo

Imagem
A perseguição religiosa não é uma teoria que gera estatística ou idealiza um cristianismo de sofrimento, baseando-se no passado da religião. Ela é real, está gerando notícias e os fatos devem ser analisados cuidadosamente. A Conferência Global que reuniu líderes cristãos de todas as denominações, na Albânia, foi um choque de realidade para muitos políticos, e também para os próprios cristãos que não estão sintonizados com os últimos acontecimentos, ocorridos no mundo todo. O professor de história contemporânea da Universidade de Roma, Dr. Andrea Riccardi, foi o que mais discursou sobre a história dos cristãos perseguidos ao longo dos séculos, alertando para um novo tempo de martírios e ainda mais violência. Ele citou nomes de mártires do passado e dos tempos atuais. "Annalena Tonelli, uma voluntária italiana na Somália, foi morta em 2003. Apesar das ameaças, ela não fugiu, antes deixou seu testemunho de uma vida generosa e pacífica naquele país. Outro exemplo é a irmã Dorothy Stan…

Pastor é morto na frente de casa em Juiz de Fora (MG)

Imagem
Um pastor da igreja evangélica Tabernáculo do Espírito Santo foi morto com tiros na cabeça à queima-roupa no portão de sua casa, no início da tarde desta quarta-feira (25), no Bairro São Judas Tadeu, Zona Norte de Juiz de Fora (MG).  Ainda na noite de quarta, a Polícia Militar chegou a dois suspeitos da ação, que seriam levados para a delegacia de Santa Terezinha. Também teriam sido apreendidas uma motocicleta e uma arma. O crime ousado, registrado em uma via movimentada e a poucos metros de uma escola, chocou a população, que afirma que João Carlos de Brito, 54 anos, não tinha desafetos. O assassinato foi o segundo registrado na cidade em um intervalo de três horas. Pela manhã, outro homem havia sido morto, na Vila Ideal, Zona Sudeste. No episódio de São Judas Tadeu, segundo informações da Polícia Militar, o pastor, que era também sargento reformado do Exército, foi executado por um criminoso que o aguardava do lado de fora de sua residência, localizada na Rua Monsenhor Francisco de Pa…

TRIUNFANDO SOBRE OS TRAUMAS DA INFÂNCIA

Imagem
INTRODUÇÃO: Texto Bíblico: I Crônicas 4:9-10 1.Podemos viver uma vida normal ou uma vida extraordinária: Muitos vivem apenas 10, 20 ou 30% do que poderiam viver. 2.Podemos viver as bênçãos de Deus ou apenas saber que elas existem: Muitos não sabem como viver as bênçãos de Deus em sua vida. 3.Podemos mudar nossa história ou apenas deixá-la acontecer: Uma história sem acontecimentos marcantes não inspiram ninguém à vida extraordinária.
I.QUEM ERA JABEZ (I Crônicas 4:9): Entre os mais de 500 nomes que cercam o breve relato de Jabez encontra-se um precioso tesouro escondido. O texto sagrado tem lições magníficas com uma redação tão resumida. 1.A história de Jabez é uma das biografias mais curtas da Bíblia: A história deste jovem interrompeu bruscamente uma extensa lista de nomes num capítulo que parece tedioso por ser uma longa lista genealógica. 2.Jabez recebeu um nome pejorativo: O nome de Jabez significa “Ele causa dores”, um nome que todo garoto odiaria. Além disso, ele sofria com as dores. 3…

A Oração de Jabez

Os 9 capítulos iniciais do livro de I Crônicas contêm uma lista com mais de 500 nomes. É genealogia pura. Mas a dádiva do versículo 10 de 1 Crônicas 4 revela-nos que algo parecia estar fora do contexto! Dentro da lista de genealogias, os versos 9 e 10, e principalmente este, fogem inteiramente da lógica seqüencial. Com certeza Deus nos quer falar que Jabez fez algo que mereceu um destaque especial. E o que a Palavra mostra que Jabez fez? Ele simplesmente orou e sua oração foi tão especial que mereceu uma quebra na seqüência expositiva, pois havia alguma coisa especial nesse homem que foi capaz de levar o autor a interromper sua exposição e dizer: "Este rapaz Jabez está muito acima do resto". E o que ele orou?
Oxalá que me abençoes.
Ao clamarmos pela bênção de Deus, estamos pedindo aquilo que não poderíamos conseguir com nosso próprio esforço. Que urgência e entrega pessoal neste apelo! Pai, por favor abençoa-me, sim, abençoa-me, Senhor, e muito! P…