segunda-feira, 1 de abril de 2013

Marco Feliciano explica polêmica frase sobre satanás

 
Marco Feliciano explica polêmica frase sobre satanásO vídeo com a pregação realizada na sexta-feira (29) pelo pastor Marco Feliciano caiu na internet gerando mais uma onda de ataques ao deputado federal que está sendo acusado de racismo e homofobia.
Dessa vez ele declarou que tais ataques foram gerados “porque pela primeira vez na história deste Brasil um pastor cheio de Espírito Santo conquistou espaço que até ontem era dominado por Satanás”.
Os deputados que faziam parte da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, existente há 16 anos, se revoltaram contra o parlamentar evangélico, e até mesmo a vice-presidente da comissão, a deputada Antônia Lúcia (PSC-AC) ameaçou se desligar do cargo depois de tal declaração.
No Twitter a palavra “satanás” ficou entre os assuntos mais comentados nesta segunda-feira (1º), quando os veículos de informação divulgavam as matérias sobre a nova polêmica envolvendo Feliciano.
Foi pelo microblog que o deputado se manifestou para tentar explicar que ele não chamou os demais deputados de satanás. “Quando cito Satanás estar em locais de trabalho, falo sobre Adversários. Satanás ou Satã (do hebraico שָטָן) significa adversário/acusador”, escreveu.
Feliciano também conseguiu convencer a deputado Antônia Lúcia a permanecer na comissão e explicou sua pregação ao líder do PSC, o deputado André Moura.
Violação de culto é crime
Também pelo Twitter o pastor Marco Feliciano criticou a manifestação que aconteceu do lado de fora do Ginásio da Barrinha, onde aconteceu o culto da Sexta-Feira da Paixão, na cidade de Passos, em Minas.
Enquanto mais de 2 mil pessoas ouviam a ministração de Feliciano, um grupo fazia protesto gritando palavras de ordem contrária a permanência do parlamentar evangélico na CDHM.
De acordo com ele esse grupo levou tambor e fez muito barulho para impedir a realização do evento. “Gritavam palavrões, batiam tambor, assustaram as crianças”, disse o deputado.
A imprensa não noticiou nada sobre a atitude dos manifestantes que faziam gestos obscenos na frente de crianças. “2 mil pessoas tiveram seu direito de liberdade de culto violado. Mas o q interessa é q falei sobre satanás que significa Adversário”.

GOSPEL PRIME

MERCADORES DA FÉ


“Assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vos falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. E muitos seguirão suas praticas libertinas, e, por causa deles, será infamado o caminho da verdade; também, movidos  por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias; para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarada, e a sua destruição não dorme.”



(I Pd. 2:1-3)


Deus não para, mesmo enquanto você dorme e até neste momento Ele está trabalhando a seu favor.
Em contrapartida, seu inimigo também não descansa, está sempre à espreita procurando alguém ou um momento propício para como o leão agarrar sua presa.
É obra do Espírito Santo convencer o homem do “pecado”, da “justiça” e do “juízo”. (Jo 16:8), e parece ser obra de alguns “homens espirituais” convencer o homem  de que Deus está unicamente à disposição deles para encaminhá-los para uma vida de sucesso financeiro neste mundo.
 
Pedro, pelo Espírito Santo de Deus, previu que nos últimos dias haveria uma manifestação maior dos falsos profetas.
Pregadores que viriam ao longo do tempo distorcendo  a palavra da verdade,  e fazendo dos seus ouvintes: “comércio”
Você não pode negar que agora, mais do que em qualquer época passada, religião virou negócio, e homens que se consideram chamados por  Deus para pregarem a palavra dele têm virado “Mercadores da fé”
 
Este problema não é de hoje, se encontra presente na linha do tempo, desde o tempo que antecede à vida de Pedro.
Ele mesmo disse: “Assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vos falsos mestres”. Ou seja, sempre houve e sempre haverá! – A teologia da Prosperidade é o carro chefe do rol de mensagens do falso profeta.
Xarope Semancol para os mercadores da fé (seis vezes ao dia!)



 
De fato o problema só não é mais velho que o tempo. O profeta Jeremias que antecedeu em muito a Pedro, teve uma experiência com pregadores da prosperidade em seu ministério.
Enquanto ele se esforçava para convencer o povo de Israel e os reis do perigo iminente que viria sobre a nação (Jr 14.12; 21.7; 24.10; 27.8; 29.17; 32.24; 34.17; 38.2; 42.17; 44.13); o profeta Hananias no mesmo ambiente e para o mesmo público, profetizava “bênçãos”“prosperidade”,  "Saúde" e “paz”. (Jer.28:9).
 
Vale a pena destacar o óbvio. Tanto o verdadeiro quanto o falso profeta, tanto Jeremias quanto Hananias usavam a seguinte expressão como introdução de suas mensagens: “Assim diz o Senhor...” – Hoje, não é diferente!
 
Para enganar tanto, de fato o falso precisa imitar o verdadeiro.
Por isto, a necessidade dos cristãos serem mais perceptivos ao ouvirem e verem os mensageiros que se manifestam; sejam na mídia televisiva, jornalística, virtual ou local; a fim de reconhecerem se são ou não verdadeiros profetas enviados por Deus. Afinal, “a árvore é conhecida pelos seus frutos”. (Mt 7:15 - 20).
Sei que não é fácil fazer isto,  e é exatamente por isto, que “muitos seguirão suas práticas libertinas”, não obstante, é necessário!
 
Pedro destaca alguns sinais que poderão ser notados nos mercadores da fé. Vejamos:
A distorção da verdade: “assim também haverá entre vos falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou.”
 
Os mercadores da fé são “líderes espirituais” que ensinam  “dissimuladamente, heresias destruidoras”.
Doutrinas fundamentadas na bíblia totalmente fora do contexto e propósito das quais e para as quais elas foram registradas.
Uma vez distorcida de sua finalidade real a mensagem ouvida trará sobre o ouvinte “destruição”.
O aposto da verdade é a mentira. Uma preocupação que o falso profeta não tem, é o de tornar o ouvinte cônscio de seus pecados.
Assim, a ausência de uma mensagem clara e objetiva com relação ao arrependimento, será um outro marco presente na palavras dos mercadores da fé.
 
Pedro revela que os mercadores da fé demagogicamente lançarão mão de palavras fictícias.
A criatividade dos mercadores da fé é revelada pela capacidade natural de elaborar ensinos virtuais, irreais ou inexistentes e ajustá-los aos textos bíblicos, seguidos de lisonjas , bajulação e promessas mediante as quais as pessoas naturalmente apreciam.
 
Isto fazem, nada mais nada menos, por causa da própria incapacidade e anuência da pessoa.
Paulo escrevendo a Timóteo exorta que : “Prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda a longanimidade e doutrina. Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina, pelo contrario, cercar-se-ão de mestres segundo as  suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos.” (I Tm 4:2,3).
 
Alguém disse que “se há fofoqueiros, é porque tem quem ouve fofocas.” E é verdade. O mesmo é válido com relação aos falsos mestres. O mercado religioso tem como principal  combustível a superficialidade da vida cristã que se preocupa mais com “ a aparência de piedade, negando entretanto, a fé” (I Tm 3:5).
 
É o fato de apreciar o evangelho de Cristo somente do ponto de vista daquilo que agrada ouvir e não daquilo que precisa ser ouvido é que dá lugar para a crescente manifestação de pregações e  pregadores cuja mensagem vem adocicada com o açúcar da “prosperidade” física e financeira
Nesta linha, surgem não somente novos pregadores, como velhos pregadores que se ajustam à onda do momento, “movidos pela cobiça”. Desejo de se tornarem famosos e ricos!
 
Assim era Hananias, um falso profeta que politicamente  recorreu à demagogia lisonjeira que amaciava o ego dos seus ouvintes. Falar o que os outros gostam de ouvir é fácil, o difícil é dizer o que elas precisam escutar.
 
Deixo-lhe um conselho e uma pista:
Conselho: Não se desvie do mensageiro que toca em suas feridas, Jeremias não foi o primeiro profeta impopular da história de Israel, e nem o último.
Alguém disse que noventa e nove por cento das mensagens bíblicas tem como pano de fundo, um desafio ao ouvinte de que ele precisa “Preparar  o caminho do Senhor e endireitar suas veredas” (Mt 3b)
Pista: Assim, todo verdadeiro profeta, por uma questão de compromisso com Deus, quase sempre diz o que não agrada. Mas sempre diz a verdade, doa a quem doer! Coisa que os mercadores da fé não têm a coragem de fazer!
A propósito, se existe algo em sua vida que precisa mudar, arrependa-se agora. A bíblia diz que "se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar e purificar de toda injustiça" (I Joao 1:9).
Espero que depois desta, você possa endireitar os seus caminhos!
Tenha um bom dia, no amor de Cristo!

VIA GRITOS DE ALERTA / INF. PIBGRAN

Marco Feliciano enfrenta nova rodada de pressões para sair

O deputado federal e pastor Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minosiras (CDHM) da Câmara, enfrenta nesta segunda-feira (1º) uma nova rodada de pressões para renunciar ao posto. O presidente da Câmara de Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), prometeu na semana passada reunir os líderes partidários em uma reunião com Feliciano para pedir que ele deixe o cargo. O argumento é que desde a chegada de Feliciano à presidência do colegiado, a comissão não consegue funcionar, já que os trabalhos são frequentemente interrompidos por manifestações contrárias ao parlamentar.
Porém, em diversas entrevistas, Feliciano já deixou claro que não sairá. O partido do congressista defende sua permanência, apesar dos seguidos protesto. A bancada justificou a permanência de Feliciano com base em um histórico da aliança com o PT, que agora pressiona pela saída do pastor do cargo. Os dirigentes do PSC argumentaram que já apoiaram o PT em diversas eleições, incluindo a presidente Dilma Rousseff, em 2010.
 
VERDADE GOSPEL

Em São Paulo, ladrões fazem arrastões até em igreja evangélica

 

Bandidos fizeram arrastão em um restaurante e em uma igreja evangélica neste domingo (31), em São Paulo.
Numa igreja evangélica na Zona Oeste, 20 pessoas estavam assistindo ao culto quando três assaltantes invadiram na Zona Oeste de São Paulo, na noite deste domingo. Eles recolheram dinheiro, cartões e celulares dos evangélicos. A Polícia Militar (PM) foi chamada e os ladrões foram presos dentro do templo.
De acordo com a PM, os assaltantes renderam um guarda civil que estava na frente da igreja, na Av. Engenheiro Heitor Antônio Eiras Garcia. O objetivo dos assaltantes era levar o dinheiro do dízimo. Eles só não conseguiram porque, na hora do assalto, uma funcionária da igreja se trancou na sala onde fica o cofre.
Quando a polícia chegou, os ladrões ainda estavam dentro da templo. Os três foram presos e a arma do guarda civil foi recuperada. Ainda de acordo com a PM, os suspeitos também vão responder por um assalto sofrido pelo pastor da igreja, ocorrido no início de março. O pastor identificou os suspeitos.
Já na região central, o alvo dos bandidos foi um restaurante, na região da Consolação. Era 21h30m quando quatro homens armados assaltantes entraram em um restaurante da Rua Itacolomi, na Consolação, por volta das 21h30 deste domingo. Eles passaram pelas mesas e pegaram bolsas e carteiras dos clientes. Os assaltantes também levaram R$ 76 do caixa e fugiram em um carro.
A polícia pedirá imagens das câmeras de segurança do restaurante para tentar identificar os assaltantes.
 
Fonte: O Globo

MINISTRANDO A PALAVRA DE DEUS NA IGREJA PODER DA FÉ - CONGRESSO DE MULHERES

http://www.youtube.com/watch?v=Xld3u4dFR1c

Israel se torna o centro com a maior população judaica mundial

 
Israel se torna o centro com a maior população judaica mundialIsrael tornou-se o lar da maior população judaica do mundo, ultrapassando os Estados Unidos pela primeira vez. A marca de seis milhões de judeus no país possui um significado histórico, pois este foi o número de judeus mortos no Holocausto.
Estatísticas do último censo revelam que a população total de Israel chegou a oito milhões, com um razoável aumento na comunidade judaica impulsionado pelo retorno dos membros da diáspora. Em comparação, nos EUA vivem hoje 5.5 milhões de judeus, sendo que dois milhões estão concentrados na região de Nova York. Além disso, meio milhão vivem na França e cerca de 290.000 no Reino Unido.
Os números do censo, divulgados sexta-feira (29), revelam que 1.6 milhões de árabes residem em Israel. Os cristãos oficialmente são 350.000 e uma pequena parcela se declarou sem religião.
Antes do Holocausto, a população judaica global era estimada em 18 milhões, enquanto hoje é de aproximadamente 13.8 milhões. O professor Sergio Della Pergola, da Universidade Hebraica de Jerusalém, disse: “Israel, de fato, experimentou no ano passado um crescimento no número de judeus, mas a população judaica do mundo continua em declínio”.
O historiador israelense Tom Segev comemorou: “Seis milhões é um número absolutamente simbólico, mas a maioria dos judeus ainda vive fora de Israel. Mas, dentro de cinco, sete ou 10 anos, você pode ser capaz de dizer que a maioria dos judeus do mundo mora em Israel e será correto dizer que, pela primeira vez em 2.000 anos, os judeus estão de fato em Israel”.
Uma parte significativa da população judaica de Israel vive na região de Tel Aviv. Um relatório recente no jornal Haaretz sugere que 80% da população de Israel irá viver na capital do país até 2025.
Para os estudiosos da Bíblia, este fato histórico é um cumprimento das profecias do Antigo Testamento, depois do restabelecimento do Estado de Israel (Isaías 66:7-8) e da volta dos judeus para lá, a própria terra verá um milagre de recuperação (Isaías 35). Como isso, o povo Judeu será reunido na Terra Santa vindos dos “quatro cantos da terra” no final dos tempos (Isaías 11:10-12). Com informações Daily Mail.  GP

Pastor diz que igreja está aberta para Naldo, se ele quiser

Jaime Soares, pastor da Assembleia de Deus de Bonsucesso, igreja da Zona Norte do Rio que era frequentada por Naldo Benny desde antes da...