terça-feira, 13 de agosto de 2019

Pesquisa indica que 87% das pessoas acham conta de luz cara no país

Pesquisa indica que 87% das pessoas acham conta de luz cara no país
Um levantamento feito pela Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel) em parceria com o Ibope, mostrou que 79% dos entrevistados gostaria de ter um mercado livre para escolher a sua fornecedora de energia. O percentual é 10% maior do que o obtido na avaliação de 2018. Segundo a Pesquisa de Opinião Pública 2019 sobre o que pensa e quer o brasileiro do setor elétrico, lançada hoje (12) na capital paulista, 68% dos entrevistados trocariam hoje a sua fornecedora de energia.
Os dados revelam que 87% das pessoas consideram sua conta de energia cara, número que subiu 4% em relação ao ano passado. Aqueles que consideram excessivos os impostos cobrados em sua conta de luz são 65% e 64% disseram fazer esforço para economizar energia para não atrapalhar o orçamento familiar. Para 57% da população o custo da energia cairia caso houvesse abertura do mercado.
De acordo com a Abraceel, o objetivo da pesquisa foi o de saber a opinião dos cidadãos sobre a possibilidade de escolher seu fornecedor e até mesmo de produzir sua própria energia. Foram ouvidas 2.002 pessoas, entre os dias 23 e 27 de maio, de 16 a 55 anos, em todas as regiões do Brasil.  
“Os resultados apontam um crescimento constante no interesse do brasileiro em ter liberdade de escolha. O Brasil não pode caminhar na contramão do mundo. Países desenvolvidos abriram seus mercados de energia e desfrutam de uma economia e de um crescimento de produção que o nosso mercado também merece”, disse o presidente da Abraceel, Reginaldo Medeiros. 
Segundo Reinaldo Medeiros, o mercado livre no Brasil já existe, embora restrito a grandes consumidores, que alcançaram uma economia em torno de R$ 185 bilhões nos últimos 16 anos.

Jesus é desconhecido pela maioria das pessoas na Europa, diz movimento de oração


Jesus é desconhecido pela maioria das pessoas na Europa, diz movimento de oração
Em fevereiro, o IFES e outras organizações parceiras na Europa iniciaram o "Revive Europe", uma iniciativa para "orar e jejuar pelo menos uma vez por semana" por todos os países da Europa.
Quarenta países europeus serão cobertos em oração até dezembro de 2019, quando o congresso "Revive Europe" para pessoas entre 18 e 30 anos será celebrado em Karlsruhe, na Alemanha.
Os vídeos de um minuto feitos por estudantes de mais de 25 países foram compartilhados nas principais redes sociais, como Facebook, Instagram, YouTube e Twitter.
O grupo fez um balanço do movimento de oração e jejum até o momento, quando mais da metade dos países já foram visitados e receberam oração. Foram detectadas questões profundas na Europa, identificadas por estudantes cristãos que participam do Revive Europa.
Entre as preocupações partilhadas pelos estudantes europeus estão:
 - “Reconhecimento, dinheiro e sexo são os ídolos” para a maioria dos jovens.
- “A figura de Jesus Cristo não nos é familiar” mostrando que as pessoas não o conhecem.
- “A xenofobia é generalizada e o 'ateísmo' é elogiado” parte dos europeus.
- “Muitos estudantes idolatram seus livros, idolatram o sistema acadêmico”.
- “A maioria dos jovens não tem esperança no futuro e deseja sair do país”.
- “Há um aumento na doença mental; mais pessoas do que nunca estão lutando contra a ansiedade e a depressão”.
Ainda há questões envolvendo a sociedade como um todo, apresentadas pelos estudantes. Eles disseram que “apesar de estarmos altamente conectados, as pessoas se sentem cada vez mais isoladas e solitárias”.
Os estudantes também disseram que “nos tornamos concorrentes uns dos outros, em uma corrida sem fim pelo desenvolvimento pessoal e sucesso”.
A política também foi colocada entre as questões. Eles responderam que “a sociedade está cheia de divisões e desapontamento com a liderança do país” e que “a incerteza e a falta de esperança cresceram rapidamente à medida que a corrupção se aprofunda nas raízes de nossa sociedade”.
Pessoalmente, dizem que “muitos cristãos sentem muita pressão para esconder sua fé na vida pública” porque “a religião tornou-se um assunto muito particular, e é difícil falar sobre isso com os outros”.
Pedidos de oração
Alguns os pedidos de oração relacionados à fé dos estudantes cristãos foram compartilhados nos primeiros seis meses da Revive Europa:
 - “Ore para que nós compartilhemos o evangelho com amigos e colegas; que somos autênticos cristãos, reais, e agir como falamos e acreditamos”.
- "Ore para que Deus nos dê o coração para amá-lo mais e buscar apenas o que ele quer".
- “Ore para que as pessoas encontrem sua segurança em Deus e corram o risco de perder tudo para ganhar a vida eterna”.
- “Ore para que os cristãos sejam fiéis em sua missão de tornar Jesus conhecido no trabalho, escola, universidade ou onde quer que estejam”.
- "Ore para que os cristãos ousem mostrar que as coisas podem ser feitas de maneira diferente".
- “Ore para que seu povo faça do discipulado e evangelismo uma prioridade”.
- “Ore para que a igreja jovem seja uma voz forte em nossa sociedade e que mais crentes amadureçam e se tornem líderes nas igrejas locais”.
- “Ore para que cristãos e igrejas se levantem com uma nova ousadia e coragem, sabendo que temos algo grande para compartilhar com nossa nação”.
- “Ore para que as pessoas aqui entendam que há um significado maior para a vida que pode ser encontrado em um relacionamento com Jesus Cristo”.
- “Ore para que nossas igrejas sejam lugares de comunidade genuína, marcados por hospitalidade e generosidade.
- “Por favor, ore para que a alegria do Senhor possa sobrepujar nossa nação”.
- “Ore para que os cristãos sejam urgentes em compartilhar o evangelho”.
- “Ore pela unidade e abra o coração pela colaboração. Ore para que Deus cure nossas ruas e nossa terra”.
- "Ore para que a mensagem de esperança que temos em Cristo rompa as muralhas do materialismo e do individualismo em nosso país".
- "Por favor, ore para que nossos corações sejam mais uma vez apreendidos pela graça e amor de Deus".
Entre os países que já receberam oração estão: Itália, Bélgica, Chipre, Áustria, Noruega, França, Lituânia, Portugal, Sérvia, Espanha, Bulgária, Montenegro, Eslováquia, Suécia, Alemanha, Grã-Bretanha, Letônia, Bósnia e Herzegovina, Holanda, Suíça, Dinamarca, Albânia, Eslovênia, República Tcheca, Irlanda, Hungria, Islândia.

quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Pastor é preso acusado de estuprar meninas que tinha acolhido na Baixada Fluminense

Pastor foi preso nesta segunda-feira por agentes da Delegacia de Seropédica
Um pastor evangélico foi preso, na manhã desta segunda-feira, acusado de ter estuprado duas crianças que estavam sendo acolhidas em sua casa, em Seropédica, na Baixada Fluminense. De acordo com a Polícia Civil, as vítimas, duas meninas de 8 e 9 anos, foram deixadas sob a tutela do homem, porque os pais não tinham condições financeiras para cuidar delas.
A investigação apontou que, sob o pretexto de oferecer proteção e comida, o pastor ficou com as meninas em casa e aproveitou a situação para abusar sexualmente das crianças. O homem foi preso por agentes da Delegacia de Seropédica.

Justiça autoriza Palocci a cumprir pena em regime aberto

Justiça autoriza Palocci a cumprir pena em regime aberto
A Justiça Federal em Curitiba autorizou hoje (5) o ex-ministro Antonio Palocci a progredir ao regime aberto da condenação a nove anos de prisão em um dos processos da Operação Lava Jato. 
Desde novembro do ano passado, Palocci cumpre a condenação em regime semiaberto com monitoramento por tornozeleira eletrônica. De acordo com a decisão do juiz federal Danilo Pereira Júnior, o ex-ministro já cumpriu os requisitos temporais para progressão da pena, conforme previsto na legislação penal. 
Pelas condições do regime, Palocci deverá permanecer em casa todas as noites. Ele também está proibido de sair de sua cidade sem autorização da Justiça. 
Palocci teve direito aos benefícios após a Justiça homologar um acordo de delação premiada com a Polícia Federal (PF).
O ex-ministro foi condenado em 2017 por participação em esquema de corrupção no qual beneficiou a Odebrecht em contratos com a Petrobras envolvendo a construção de embarcações. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), o ex-ministro também geriu propinas para o PT, com repasses para outras pessoas, inclusive em contas no exterior.

SEGUNDO MINISTRA DAMARES BRASIL OCUPA 5° COLOCAÇÃO MUNDIAL EM SUICÍDIOS .

Ministra Damares Alves concede entrevista à jornalista Roseann Kennedy, no programa Impressões, da TV Brasil.
A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou que o Brasil “está diante do caos da epidemia de suicídio”. Para ela, o país pode ficar impressionado quando tiver números atualizados sobre o problema. “É possível que a gente se assuste. Que a gente esteja entre os cinco primeiros no mundo em suicídio e automutilação”, afirmou. 
Damares Alves ressaltou que há um fenômeno dessas ocorrências entre crianças. “Nós temos registro de crianças de seis anos no Brasil que se suicidaram. A menina mais jovem que conversou comigo, que estava se automutilando e querendo se matar, tinha sete anos”, revelou. Os casos também são cada vez mais comuns entre os jovens. 
Em entrevista à jornalista Roseann Kennedy, no programa Impressões, que vai ao ar nesta terça-feira (6) às 23h, na TV Brasil, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), a ministra fez um apelo: “Todos eles que estão se  autoflagelando e tentando o suicídio falam que estão com dor na alma. E a gente não pode subestimar isso. Não subestime e, por favor, não recrimine. Não use essa frase ‘é frescura, quer aparecer’. Não é! Essa geração está em profundo sofrimento. Nós vamos ter que entender, saber o que está causando esse sofrimento. Essa geração não sabe lidar com conflitos”. 
Damares disse ainda que acredita que enfrentar esse tema é um desafio da humanidade e que o Brasil já amarga números absurdos.
A ministra lembrou que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o país já é o oitavo no mundo, mas que o relatório é de um período em que havia subnotificação. Com a nova legislação, sancionada este ano no país, será obrigatório informar suicídio, tentativa e o resultado de investigação criminal que comprove que a pessoa optou pela própria morte. A automutilação também terá de ser registrada.
Damares afirmou o ministério focou nas orientações estabelecidas pela OMS para falar sobre o assunto, para não haver risco de efeito contágio.
“Vamos ter que fazer uma revisão de valores, ir para a escola, conversar com os pais, trazer todo mundo para esse debate. Temos que ter muito cuidado e delicadeza para falar. Obedecer protocolos. Nós precisamos começar a falar com os líderes religiosos que a oração é importante, a fé nesse processo é importante, mas a gente também está diante de uma questão de saúde mental”, alertou. 
Segundo a ministra, já há uma parceria com a Associação Brasileira de Psiquiatria para os profissionais de saúde fazerem tutoriais para o ministério e a pasta treinar jornalistas, blogueiros, professores, conselheiros tutelares e líderes religiosos. 
FONTE EBC

Policial militar adota cadelinha resgatada em condições de hipotermia

Policial militar adota cadelinha resgatada em condições de hipotermia
Pol
Animal foi encontrado dentro de um saco às margens de rodovia
“É preciso se sensibilizar”, disse o cabo da Polícia Militar Fernando Henrique Vello Rossaneli, que adotou uma cadelinha resgatada por ele e sua equipe em condições desumanas no domingo (4). O animal foi encontrado às margens da rodovia Euclides Figueiredo, na cidade de Tupi Paulista – interior do Estado.
Resultado de imagem para icial militar adota cadelinha resgatada em condições de hipotermia
Na ocasião, o PM e seus colegas de farda, cabo Paulo Barberino e os soldados Maílson Meneguini e Rodrigo de Souza, do 25° Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I), foram acionados por um popular para realizar o resgate de um cão que estava em condições precárias no meio de um canavial.
Chegando no endereço, a equipe encontrou a cadelinha dentro de um saco com a cabeça para fora, em estado de hipotermia. “Ela estava assustada e precisávamos acalmá-la. Por conta do frio, o cabo Barberino pegou a sua blusa e a cobriu para amenizar a situação”, lembrou Rossaneli.
O Corpo de Bombeiros e uma protetora de animais foram chamados e realizaram o acolhimento e transporte do animal até a clínica veterinária local. Nesse processo, o cabo Rossaneli se sensibilizou e decidiu adotar a cadelinha. “O resgate no canavial foi apenas o começo. Era preciso dar um lar e boas condições para ela. Entrei em contato com minha esposa e decidimos realizar a adoção”, contou o PM.
Rossaneli fez um apelo às pessoas que não querem mais o seu animal de estimação e também agradeceu aos que realizam atitudes como a dele, que é adotar. “Muitos animais vivem em condições precárias e, por vezes, sofrem maus-tratos. Caso o animal não te faça mais feliz, busque uma forma de adoção responsável para que ele possa ter um lar e não venha sofrer em condições desumanas”, orientou. “A adoção é importante para que a vida de cada um continue”, finalizou o cabo.

sábado, 3 de agosto de 2019

ONÇA É ATROPELADA A 100 METROS DO BAIRRO DO FLORIANÓPOLIS EM JAGUARIÚNA .

ONÇA É ATROPELADA A 100 METROS DO BAIRRO DO FLORIANÓPOLIS EM JAGUARIÚNA .

Uma onça parda enorme foi atropelada e morta na SP 95 a 150 metros da rotatória para o bairro do Florianópolis .
É um macho adulto , medindo mais de um metro .
O mais triste é ver o descaso das autoridades em relação a esse acontecimento , onde nem o corpo do animal foi recolhido pelos órgãos responsáveis .
Em pleno ano 2019 tem pessoas que ainda não aprenderam respeitar a natureza.
Informou JDB

Pesquisa indica que 87% das pessoas acham conta de luz cara no país

Um levantamento feito pela  Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel)  em parceria com o Ibope, mostrou que ...