quarta-feira, 20 de março de 2019

A PROVA CABAL DA MAÇONARIA NA IGREJA SÃO OS MILHÕES QUE ARRECADAM.



Esses textos foram extraídos do site do RR Soares, líder da Igreja Internacional da Graça. As respostas são feitas de forma incompleta e com um discreto apoio a maçonaria.

O que o Senhor acha sobre os Illuminatis?
Resposta:
Os chamados iluminatti são uma categoria de pessoas que alcançaram graus elevadíssimos na Maçonaria, bem além do grau 33. Portanto, o que respondi sobre a maçonaria nesta coluna serve para todos os maçons, inclusive os iluminatti.
Comentário:
Ora, se existe algo tão elevado dentro da maçonaria isso significa que os illuminatis são controlados por outras forças espirituais. E essa força se chama A Ordem Mundial de Baha’u’llah.
Fonte: Ongrace
Agora vamos ver o apoio de RR Soares aos maçons que estão na outra coluna que ele disse.
1) Olá, missionário. Quero saber o que o senhor acha a respeito da “Maçonaria”. Cristãos podem fazer parte dessa sociedade? Dizem que ela aperfeiçoa as pessoas e, por isso, é boa.
Resposta:
Quanto a um cristão fazer parte da Maçonaria, vai depender da consciência, pois cada um responde por si diante do Senhor Deus (Rm
14.12).
Comentário:
A função do cristianismo é pregar o evangelho e não simplesmente virar as costas para uma pessoa que vive no erro procurando ajuda:
“E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.” (Marcos 16 : 15)
Fonte: Ongrace
2) Conheço cristãos que têm envolvimento com a maçonaria. Por que isso
ocorre? Será cilada do inimigo ou porque eles não são convertidos?
Resposta:
Bem, eu não fui colocado como juiz das pessoas, e, por isso, não me sinto com liberdade para julgar aqueles que não vêem nada de mais em ser maçom…
Comentário:
O julgamento aqui foi feito de forma errada. Não devemos julgar quem vai para o inferno ou não, mas isso não significa que não devemos reconhecer uma seita.
“Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas?”
(I Coríntios 6 : 2)
Fonte: Ongrace
3) A Maçonaria é obra do Diabo? Fale a respeito.
Resposta:
Como todos os livros evangélicos sobre o assunto condenam a Maçonaria
como armadilha do diabo para enganar os homens, se isso não for verdade, cabe aos cristãos maçons escreverem também, provando o equívoco dos outros autores.
Comentário:
Nessa resposta Erre Erre foi longe demais, ele simplesmente exorta a maçonaria para provar que estão certos. Reconhecer se uma determinada seita pertence à HaSatan é uma prática cristã.
Yeshua ao deparar com os ocultistas do seu tempo falava isso abertamente.
O missionário jamais teria a coragem de falar algo parecido com o versículo abaixo:
“Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.”
(João 8 : 44)
Fonte: Ongrace
As igrejas evangélicas foram fundadas pela Maçonaria e totamente está contaminada.
Hoje, só as pequenas igrejas não fazem parte da Maçonaria. E é exatamente por isso que elas continuam pequenas.
É a Maçonaria que faz uma igreja crescer e arrecadar milhões. Porque conta com dízimos altos de empresários Maçons.
Não se iluda.
Muitos desses grandes líderes, para não perderem seus ricos patrocinadores, se sujeitam a respostas como essas.
https://www.facebook.com/morahwilma.ribeiro.5/posts/2455902937827463?comment_id=2456266034457820&comment_tracking=%7B%22tn%22%3A%22R%22%7D




VISITE HOLAMBRA

Visite Holambra

sexta-feira, 8 de março de 2019

ENTENDA MAIS SOBRE LO-DEBAR “Lo-Debar, nunca mais” (II Samuel 9: 1-13) nos links



A GRAÇA DE DEUS E MEFIBOSETE


“Disse Davi: Resta ainda, porventura, alguém da casa de Saul, para que use eu de bondade para com ele, por amor de Jônatas? Havia um servo na casa de Saul cujo nome era Ziba; chamaram-no que viesse a Davi. Perguntou-lhe o rei: És tu Ziba? Respondeu: Eu mesmo, teu servo. Disse-lhe o rei: Não há ainda alguém da casa de Saul para que use eu da bondade de Deus para com ele? Então, Ziba respondeu ao rei: Ainda há um filho de Jônatas, aleijado de ambos os pés.” II Sm 9:1-3


Alguém já disse que graça de Deus é presente dado sem que mereçamos.


A graça portuguesa vem do latim Gratus, agradável, amável.


Dentro da teologia cristã, a “graça” vem indicar o favor divino; gratuitamente oferecido, com base na missão de Cristo, recebida através da confiança humana na palavra de Cristo.


O vocábulo: No grego é ‘charis’. A palavra traduzida por “graça” envolve muitos sentidos. Significa: Graciosidade, atrativos, favor, cuidados ou ajuda graciosa, boa vontade, dom gracioso.


Esse texto é um relato de graça e favor imerecido, do Rei Davi para com Mefibosete, filho de Jônatas, homem mui amado de Davi, que tempos atrás havia feito uma aliança com Jônatas de fidelidade e bênção.


É uma história semelhante a que Deus o Rei dos reis (Davi), por causa de seu amor ao filho (Jônatas), abençoa os homens (Mefibosete), apesar de seus pecados.


UM CORAÇÃO TRANSBORDANTE DE GRAÇA


Davi, um vencedor, todas as batalhas foram por ele ganhas, ficou muito rico e abastado.


Uma pergunta graciosa. “ Resta ainda, porventura, alguém da casa de Saul., para que use eu de bondade para com ele, por amor de Jônatas” II Samuel 9:1


Davi havia feito uma aliança de amor e fidelidade perpétua com Jônatas e sua posteridade. I Sm 20:13-17


O termo amor, usado por Davi, vem do hebraico “hesed”, que significa: Misericórdia, bondade, amor permanente, firme, imutável.


Um servo depreciador: Ziba. “ Disse-lhe o rei: Não há ainda alguém da casa de Saul para que use eu de bondade de Deus para com ele? Então Ziba respondeu ao rei: Ainda há um filho de Jônatas, aleijado de ambos os pés.” (II Samuel 9:3)


Davi não estava perguntando as propriedades físicas do indivíduo; se perneta, aleijado, bom, se era rico, pobre, ou merecedor da graça; o que ele queria era oferecer, presentear Mefibosete.


Um aleijado em Lo-debar. Em hebraico significa: um lugar árido; em português, o nome pode significar: terra onde não há pasto. É como se o servo de dissesse que o filho de Jônatas estava vivendo no sítio de completa aridez; aonde não havia colheitas, despovoado, um deserto.


Buscando o aleijado. (II Samuel 9:5) “… mandou o rei Davi trazê-lo de Lo-debar…”


Mefibosete recebeu o convite e aceitou ir a até o Rei. ( Mt 22:1-14)


Palavras consoladoras de Davi para com Mefibosete, um servo desconfiado. “Não temas, porque usarei de bondade para contigo por amor de Jônatas, teu pai…” II Samuel 9:7


Auto-depreciação. “ … Quem é teu servo, para teres olhado para um cão morto tal como eu? II Samuel 9:8


- ‘ Eu, um zé mané; eu vivo na miséria, ninguém liga pra mim; eu não sirvo pra nada, eu sou pobre. Quem sou eu?!? Pobre só serve para sofrer.


Uma dádiva imerecida. De fato, Mefibosete não tinha feito nada que ganhasse este presente. Mas, houve uma promessa entre Davi e Jônatas. Aquele dia era dia de graça, e Mefibosete por ser filho de Jônatas, era o receptor da graça de Davi. “… Por amor de Jônatas..”


O que ele ganhou: Terrenos, casas, servos, riquezas, e o direito de comer na mesa do rei, junto com seus filhos. II Samuel 9:10,11 ( Sl 113:7-9)


AS COMPARAÇÕES DA GRAÇA DE DEUS EM NOSSAS VIDAS


Mefibosete, antes tinha a companhia do Pai. Mefibosete lembra Adão e sua descendência, um dia ele era perfeito, porém caiu em pecado e ficou marcado para toda a vida. Rm. 5:12


Deus (Davi) por amor de Jesus (Jônatas), estendeu a sua graça aos homens ( Mefibosete) através da cruz; seu amor foi manifesto. ( Jo 3:16)


Mefibosete, aleijado, nada fez e nada merecia. “ Pela graça sois salvo, mediante a fé e isso não vem de vós, é dom de Deus, não de obras, para que ninguém se glorie.” Ef 2:8


Devemos humildemente receber a graça de Deus através de Jesus Cristo, nosso Salvador.


O rei removeu o aleijado de sua miserável existência, de um lugar árido e desolado para um lugar de comunhão, riqueza e honra.


O Deus nosso pai, faz o mesmo por nós, Ele nos liberta de nosso ‘Lo-debar’ pessoal de miséria e depravação e nos leva para um lugar de bênção, de honra e riqueza; a comunhão com Ele, comendo as iguarias do rei, e sentando ao lado de seus filhos: os príncipes de Deus.


O ato de coxear, era a marca, a lembrança constante de que Mefibosete, nada valia, e que a graça de Deus, é que foi abundante na sua vida.


“ Porque onde abundou o pecado, superabundou a graça.” Rm 5:15-17


Mefibosete sentou-se à mesa, junto com outros filhos do rei: Salomão, Absalão…;


Somos convidados a sentarmos juntamente com os filhos de Deus, os heróis: Paulo, Pedro, Tiago, Barnabé, Priscila, Febe, Maria, Lucas, Mártires, reformadores, evangelistas…”.


A vida de Mefibosete, é semelhante a nossa, Deus tem oferecido a humanidade a sua graça, o seu amor e sua misericórdia.


Mefibosete, foi convidado para receber essa graça, aceitou e sentou-se ao lado de príncipes, filhos do rei.


Jônatas um tipo de Jesus, e Mefibosete, somos nós, com nossas marcas e imperfeições, mas, Deus tem tido misericórdias de nós. Ele nos salvou pela sua infinita graça. “… Pela graça sois salvo…”


Alguns têm rejeitado a graça de Deus. “ Então disse Davi: usarei de bondade para com Hanum, filho de Naas. Como seu Pai usou de misericórdia para comigo…” II Sm 10:2


Os servos enviados como consoladores, saíram envergonhados daquela cidade, por que, o rei e seus súditos, não aceitaram a graça de Davi. Por causa dessa rejeição, sofreram as conseqüências de sua ingratidão.


A graça de Deus tem sido oferecida a todos os homens sem distinção de raça, cor ou nível social, como disse Jesus: “Quem tiver sede venha a mim e beba, quem crer em mim como diz as Escrituras do seu interior fluirão rios de águas vivas”. João 7:37,38


Hoje, é um bom dia para receber a graça de Deus sobre tua vida. Receba e passe a comer a comida de príncipe na mesa do Rei da Glória.
“Lo-Debar, nunca mais” (II Samuel 9: 1-13)


          I. A história.


          - Depois da morte de Saul e seus três filhos (Jônatas, Abinadabe e Malquisua), Davi assume o trono da nação Israelita.


          - Depois de 20 anos de reinado, Davi manifesta o desejo de favorecer algum descendente de Saul.


          - Alguém diz que existe em Israel um homem chamado Ziba, que foi serviçal de Saul e, possivelmente, teria alguma informação sobre possíveis descendentes de Saul.


          - Ziba diz que Melfibozete, um dos filhos de Jônatas, estava vivo e morava na cidade de Lo-Debar, na casa de um homem chamado Maquir.


          - Melfibozete era aleijado, por ter sofrido uma queda quando os Gibeonitas invadiram sua casa.


          - Na ocasião, quando fugia dos inimigos, a empregada deixou Melfibozete cair.


          - Com a morte do avô Saul e de seus pais, Melfibozete foi morar com seus tios e primos, e depois disso não se teve mais noticias dele.


          - Quando soube que Melfibozete estava morando em Lo-Debar, Davi indignou-se. Mas, porque?


          As características de Lo-Debar:


          - Cidade em pasto; de terra sequíssima; nem capim crescia ali; a água utilizada vinha de uma cidade que distava cerca de 37 Km, que vinha por condutores, que devido seu aquecimento, provocava ânsia nos seus consumidores.


          - As pessoas de Lo-Debar viviam em extrema situação de penúria e miséria.


          II. A realidade de Melfibozete:


          - Melfibozete tinha entre 25 e 30 anos de idade;


          - Todos os dias lamentava sua situação;


          - Ele tinha lembranças do conforto do palácio; dos cuidados que recebia;


          - Todos os dias chorava o seu infortúnio;


          - Todos os dias ele se lembrava da história terrível da sua família;


          - Todas as noites Melfibozete era assombrado pelo seu histórico de vida;


          - Lo-Debar era a sua realidade;


          - Uma terra árida, seca, miserável;


          - Estar entre os desafortunados era a sua realidade;


          - Por algumas vezes ele dizia para seus vizinhos: “Já fui neto de um rei; fiz parte da família real”.


-        Quem sabe Melfibozete pensava consigo mesmo:


 “Alguém se lembra de mim?”. Morrerei em Lo-Debar? Meu destino será mesmo este?


“O que fizeram com as terras que eram da minha família”.


III. A vida de Melfibozete começa a mudar:


- Davi manda buscar Melfibozete em Lo-Debar;


- Ele manda preparar dois carros de guerra, utilizados para transporte do próprio rei;


- Cada carro era puxado por dois cavalos;


- Cada carro conduzia três homens: O condutor, o escudeiro e um guerreiro.


IV. A chegada dos carros reais em Lo-Debar:


- Com a chegada dos carros a cidade parou;


          - As pessoas vinham atrás curiosas, desejando saber o que estava acontecendo;


- O que os soldados do rei faziam ali? Exterminar os miseráveis? Prender algum criminoso?


          - Os soldados chegam à casa de Maquir e perguntam por Melfibozete;


          - Melfibozete vem até com certa dificuldade, e pergunta sobre o que estava acontecendo.


          - Os soldados dizem que o rei Davi deu ordens para que eles viessem a Lo-Debar para levá-lo dali.


          - Segundo os soldados, Melfibozete não moraria mais em Lo-Debar. Devia ser levado para Jerusalém, para assentar-se na mesa do rei Davi.


          - Melfibozete tem dificuldade para assimilar aqueles acontecimentos. Uma alegria toma conta do seu coração. Ele fica mudo. Seus olhos brilham. Ele é colocado em um dos carros.


          - As pessoas de Lo-Debar estão atônitas. Elas também não acreditam no que está acontecendo.


          - Melfibozete já está saindo da cidade, quando numa reação quase que involuntária, levanta a mão direita, acena para tudo aquilo que está ficando em Lo-Debar, e gritando movido de grande alegria diz;


          “Lo-Debar, estou indo embora. Estou deixando a miséria, a terra árida, seca, improdutiva”.


          “Estou deixando a incerteza, a insegurança, o medo, a falta de perspectiva”.


          “Estou deixando o choro, a lamentação, a frustração”.


          “Adeus Lo-Debar” Jerusalém, aí vou eu!


          V. O encontro de Mefibosete com Davi e o favorecimento.


          Contextualizando:

          I. Lo-Debar é o lugar onde alguns estão morando.


          - Lo-Debar aponta para o desânimo; para a cidade do desespero; para a ponte entre a vida e a morte; para a caverna da miséria; da falta de perspectiva; para a vida como fonte seca; para um barco a deriva; para uma noite sem lua; para um verão sem calor.


          II. Mefibosete é a figura de alguns aqui presentes.


          - Mefibosete aponta para aqueles que olham para o seu passado, questionam o seu presente e já sentenciaram seu futuro.


          - São aqueles que perguntam: Quem eu fui, quem eu sou? Onde estive, onde estou?


          - São aqueles que lamentam seu histórico de vida e vivem a margem de sucessivas desgraças e não conseguem ser felizes.

      
          III. Davi aponta para Deus, que não se esqueceu de você e dá ordem para que te tirem de Lo-Debar.


          IV. Os soldados apontam para o Espírito Santo. Hoje ele vai à tua Lo-Debar para tirá-lo de lá.


          Ele vai à tua Lo-Debar particular para tira-lo de lá e transporta-lo para Jerusalém.


          Jerusalém é a posição em Cristo.


          “Quem agora está em Cristo nova criatura é, as coisas velhas já passaram, tudo se fez novo”
          Acene para Lo-Debar e diga: “Lo-Debar, nunca mais. Jerusalém aí vou eu!.


CURSO  .FORMAÇÃO DE OBREIRO.
ACESSE O LINK .


CURSO DE TEOLOGIA BÁSICA NA IGREJA GRAÇA E PAZ .
O Ministério Graça e Paz vai estar iniciando a nova turma do curso de teologia básica no mes de Abril.
Com vagas limitadas , o curso tem como objetivo ,
O Curso de Teologia vai te levar a: assumir uma posição de liderança com impeto imediato; Capacita-lo para o Evangelismo; Compreender e Interpretar a Bíblia com muito mais profundidade.
Ter mais conhecimento bíblico e teológico para ministrar a Palavra de Deus.
Ser um genuino líder em sua área de atuação
Então corra , pois as vagas são limitadas.
Inscrições pelo zap
19 9 8292 7812
Todas quintas feiras .
A partir da primeira quinta de Abril.
Será transmitido ao vivo pelo face
https://www.facebook.com/geracaogracaepazonline/


Leu , gostou ?  Nos alegre com seu comentário . Compartilhe nos links abaixo.



CURSO DE TEOLOGIA DE GRAÇA . TODAS QUINTAS FEIRAS AS 19.30 HS

Resultado de imagem para CURSO DE TEOLOGIACURSO DE TEOLOGIA BÁSICA NA IGREJA GRAÇA E PAZ .

O Ministério Graça e Paz vai estar iniciando a nova turma do curso de teologia básica no mes de Abril.

Com vagas limitadas , o curso tem como objetivo ,

O Curso de Teologia vai te levar a: assumir uma posição de liderança com impeto imediato; Capacita-lo para o Evangelismo; Compreender e Interpretar a Bíblia com muito mais profundidade.
Ter mais conhecimento bíblico e teológico para ministrar a Palavra de Deus.
Ser um genuino líder em sua área de atuação

Então corra , pois as vagas são limitadas.

Inscrições pelo zap
19 9 8292 7812

Todas quintas feiras .
A partir da primeira quinta de Abril.
Será transmitido ao vivo pelo face
https://www.facebook.com/geracaogracaepazonline/

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Emissão de certificado internacional de vacinação passa a ser digital

Nenhuma descrição de foto disponível.

O anúncio foi feito durante evento em comemoração aos 20 anos da Anvisa. O Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia já pode ser emitido pela internet
Crédito: Anvisa Anvisa
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participou nesta terça-feira (29) da comemoração dos 20 anos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Também estiveram presentes no evento o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, e o diretor-presidente da Anvisa, William Dib, entre outras autoridades. Para marcar a data, o Governo Federal lançou oficialmente o serviço digital para emissão do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CVIP). A novidade representa celeridade dos processos e redução de custos para o Estado e, principalmente, para os cidadãos, podendo chegar a R$ 120 milhões/ano.
“Queremos tornar a Anvisa cada vez mais sólida, para que continue se impondo como uma das melhores agências graduadas. Atualmente, muitas técnicas da Anvisa são usadas como referência mundial. Mas é possível avançarmos ainda mais e atender cada vez melhor toda a população brasileira, colocando-a como primeiro beneficiada”, afirmou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.
A Anvisa, órgão vinculado ao Ministério da Saúde, foi criada em 26 de janeiro de 1999 e é responsável pela regulação e consolidação de melhores práticas sanitárias de setores produtivos, como indústria farmacêutica e de alimento, produtos de saúde, entre outros. São setores que representam cerca de 20% do Produto Interno Brasileiro (PIB).
Nas últimas duas décadas, a ANVISA vem acompanhando a evolução dos mercados, dos produtos, dos ambientes e da tecnologia. Entre os principais avanços está o fortalecimento do mercado de medicamentos genéricos, a implantação de padrões de qualidade em locais de atendimento a pacientes, além do monitoramento e controle de eventos adversos, como infecções e resistência microbiana, por meio da formação de redes nacionais de vigilância.
Além de destacar os avanços conquistados nesses 20 anos, também foram debatidos os principais desafios futuros e as ações que podem ser adotadas. Uma das prioridades da Anvisa é estabelecer novos marcos regulatórios – que são regras para o funcionamento do setor. A instituição discute também o fortalecimento do pós-registro dos bens e produtos, para trazer mais segurança à população, uma vez que o uso pode identificar problemas que se apresentam mesmo após a aprovação em testes de segurança, eficácia e efetividade da fase de registro.
CERTIFICADO INTERNACIONAL DE VACINAÇÃO
A partir de agora ficou mais fácil o cidadão obter o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP). Com a transformação digital do serviço, a solicitação, o acompanhamento e o recebimento do certificado têm trâmite totalmente digital no prazo de até 5 dias úteis. A digitalização foi feita em parceria entre a Anvisa e a Secretaria de Governo Digital (SGD) do Ministério da Economia, que estimam uma redução de custos de cerca de R$ 120 milhões/ano para o Estado e para o cidadão.
O Brasil é o primeiro país a ofertar a emissão online do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia de forma gratuita e descentralizada. O documento, que comprova a situação vacinal de cada cidadão, é exigido por mais de 100 países atualmente, em especial pela vacinação contra a febre amarela. Anualmente, são realizadas cerca de 730 mil solicitações do certificado, que até então só era emitido com a presença física do interessado nos pontos de emissão.
A partir de agora, o cidadão pode imprimir o cartão de qualquer lugar do mundo e assinar no local indicado, sem necessidade de se descolar a um ponto de atendimento da Anvisa. O serviço já está disponível no portal https://www.servicos.gov.br/.
Com informações do Ministério da Economia
Da Agência Saúde
VIA JDB

OUÇA LINDOS LOUVORES . CLIQUE NO LINK ABAIXO

CLIQUE NESSE LINK

https://s03.maxcast.com.br:814LOUVORES 4/live

A PROVA CABAL DA MAÇONARIA NA IGREJA SÃO OS MILHÕES QUE ARRECADAM.

Esses textos foram extraídos do site do RR Soares, líder da Igreja Internacional da Graça. As respostas são feitas de forma incompleta ...