quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Pastor americano quer queimar exemplares do Alcorão para marcar 11 de Setembro


Uma pequena igreja cristã carismática de Gainesville, na Flórida (EUA), tem conseguido provocar a ira de milhões de pessoas mundo afora. No sábado, o Centro Dove World Outreach foi alvo de um protesto na Indonésia. Ontem, no Afeganistão. O motivo: seu líder, Terry Jones, promete queimar exemplares do Alcorão, livro sagrado do Islã, para marcar o nono aniversário dos atentados de 11 de Setembro no próximo sábado.

Na manifestação, centenas de afegãos reunidos em frente a uma mesquita na capital, Cabul, gritavam “morte aos Estados Unidos”, depois de fervorosos discursos com críticas aos americanos e pedidos de retirada das tropas estrangeiras do país. Alguns manifestantes lançaram pedras à passagem de veículos militares dos EUA.

A embaixada americana em Cabul afirmou por meio de um comunicado que “o governo dos Estados Unidos condena esses tipos de atos de desrespeito contra a religião islâmica” e “está profundamente preocupado com as tentativas deliberadas de ofender membros de grupos religiosos e étnicos”. Apesar das declarações, afegãos culpam o país e o governo de Barack Obama pela ação.

– Sabemos que não é somente a decisão de uma igreja, mas do presidente e de todo os EUA – afirmou o estudante Abdul Shakoor, 18 anos.

As autoridades de Gainesville negaram o pedido para realização do ato na cidade. Os líderes da igreja, porém, disseram que mesmo assim seguirão com o plano no sábado, que foi chamado pelo centro de “Dia Internacional para Queimar o Alcorão” e promovido em uma página do site de relacionamentos Facebook. Não é a primeira vez que a igreja causa polêmica. O pastor Jones é autor de um livro chamado Islam is of the Devil (Islã é do Demônio, em tradução livre), palavras que também aparecem em camisetas que vende.

Autoridades americanas levam a sério ameaças

As polícias local e estadual e o FBI (polícia federal americana) dizem estar levando a sério a potencial ameaça à segurança nacional causada pela iniciativa do Dove World. Um grupo islâmico sediado na Grã-Bretanha citou a queima do Alcorão em um vídeo conclamando os muçulmanos a “levantar-se e agir”. Segundo a empresa Flashpoint Global Partners, que monitora sites radicais, um terrorista suicida ameaçou atacar a igreja com um carro-bomba e outros falaram em incendiar o local. Recentemente, Jones afirmou ao The New York Times que tem recebido ameaças de morte regularmente desde que anunciou a realização do ato.

Ontem, o general americano David Petraeus, comandante das tropas no Afeganistão, declarou que a ação da igreja pode, inclusive, colocar não só a vida dos militares do país em risco, mas também todo o trabalho dos EUA em território afegão. Conforme ele, as imagens seriam usadas pelos militantes do Talibã para inflar os sentimentos antiamericanos.

Os muçulmanos, porém, não são os únicos a demonstrar indignação. O banco no qual a igreja tem uma hipoteca de US$ 140 mil pediu o pagamento imediato da dívida. Além disso, Jones teve o seguro de sua propriedade cancelado. Nada que, aparentemente, desmobilize o pastor.

– O Islã é uma religião muito opressiva, e o Alcorão é, definitivamente, um livro perigoso. Queremos mandar uma clara mensagem aos radicais islâmicos – disse ele ao jornal Houston Chronicle.

Pastor chinês foi morto com sua esposa



Um pastor chinês e sua esposa foram mortos no dia 31 de agosto, na igreja de Penglai, na China, onde a igreja Batista do Sul atua na obra missionária desde 1900. Pastor Qin Jia Ye e de sua esposa Hong Em, ambos com 80 anos, foram mortos no escritório da igreja com golpes de machado.

O suspeito é um ex-membro da igreja, de 40 anos e foi detido uma hora depois do incidente.

Morte violenta do casal foi um choque para muitos, tanto na China como nos Estados Unidos. "Estamos muito tristes com este acontecimento trágico, mas sabemos que um dos servos fiéis do Senhor está com Ele para sempre no céu", relata Bryant Wright, Johnson Ferry pastor sênior e atual presidente da Convenção Batista do Sul.

A igreja ficou fechada por 49 anos após os comunistas chegaram ao poder no final da II Guerra Mundial, mas reabriu em 1988 com apenas 20 pessoas. Antes da morte do pastor Qin a igreja tinha 3,6 mil membros.

Wanda S. Lee, diretora-executiva da União Feminina Missionária, visitaram a igreja durante uma viagem à China, 1997. Apesar das inúmeras responsabilidades igreja, Qin e sua esposa, recepcionaram o grupo. "Estamos profundamente tristes com a notícia. É uma grande perda para a comunidade cristã".

Lançada Revista Cristã “Vida em Fé” em Ponta Porã


Com periodicidade mensal, revista surge para divulgação das atividades das igrejas

Foi lançada na manhã de ontem em reunião realizada no auditório da ACEPP (Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã), a revista Cristã “Vida em Fé”, veículo de comunicação que surge com o foco central na divulgação das atividades das diferentes denominações pentecostais e não pentecostais em atividade no município de Ponta Porã.

A solenidade contou com a presença de destacadas personalidades, dentre as quais o presidente do Conselho de Pastores de Ponta Porã, pastor Fábio Magalhães, do presidente da Associação Comercial e Empresarial, Evaldo Pavão Senger, do presidente do Clube de Imprensa de Ponta Porã, Giovani César, Alex Fábio, gestor do Sebrae em Ponta Porã, artista plástica Maria Bonita Rodrigues Georges, empresários, pastores das mais diferentes denominações evangélicas, além de convidados.

A revista “Vida em Fé” tem a assinatura editorial do jornalista Carlos Monfort, sendo impressa pela Empresa Jornalística Jornal Regional Ltda. A equipe é formada ainda por Daniel Feil, Diagramador e Letícia Maria da Silva e Ana Patrícia Centurião revisoras e colaboradoras do veículo de comunicação. O jornalista Carlos Monfort, sócio-diretor e editor do Jornal Regional, fez apresentação da revista, lembrando que “Vida em Fé” surge com o propósito de divulgar as ações sociais e filantrópicas das diferentes denominações religiosas em Ponta Porã e em toda a região de fronteira, dando enfoque central para as atividades desenvolvidas pela comunidade evangélica.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã, Evaldo Pavão Senger falou sobre o lançamento da revista e parabenizou seus idealizadores. China falou sobre a polêmica surgida com o pedido formulado pela entidade e envidada à Câmara Municipal de Ponta Porã para tornar facultativo o Dia 19 de Março, Dia de São José, Padroeiro da cidade.

“Sou católico mas acredito que como temos várias tendências religiosas devemos respeitar a todas. O dia de São José deve ser referendado pelos católicos, que guardam esse Santo dia. No comércio, abre quem quer e daí pedimos para que seja um dia facultativo”, explicou.

O radialista Giovani César, presidente do Clube de Imprensa de Ponta Porã deu as boas vindas à revista salientando que “o surgimento deste meio de comunicação enaltece o trabalho desenvolvido pelas igrejas de um modo geral, sendo um importante instrumento de difusão das suas atividades”, destacou.

A bacharel em Direito, Noemia Canuto falou da oportunidade única em ver publicada o relato do drama familiar vivido com o nascimento do neto, o pequeno Davi, cuja história está contada em depoimento no primeiro número da revista. “A revista surge como meio de propagação da Palavra de Deus até os lugares mais distantes, onde alguém pode ser tocado pela Mão Divina e ser abençoado”, enfatizou.

O pastor Edegar Nunes, da Igreja Palavra de Vida falou sobre o lançamento da revista e fez um breve relato da sua trajetória de vida. “Eu fui tocado pela Palavra através de uma pequena revista, a publicada pela Adhonep. Meu irmão me deu uma de presente e ainda me disse palavras de ânimo. Daí, ao ler um depoimento, pedi para que também pudesse ser abençoado pela Palavra e hoje estou disseminando a Fé em Cristo Jesus”, destacou. O pastor Gerson da Silva, da Igreja Renovo também falou sobre a importância do surgimento da revista em Ponta Porã. “Quero parabenizar pela idealização deste material, sinceramente um verdadeiro instrumento de evangelização”, destacou.

O presidente do Conselho de Pastores de Ponta Porã, pastor Fábio Magalhães destacou a relevância da revista e colocou o Conselho como forma de instrumentalizar as ações e divulgação das atividades das igrejas, conclamando as igrejas para apoiarem a iniciativa. O pastor Valdenir Gonçalves, da Igreja Internacional da Graça de Deus também fez uso da palavra, destacando a importância da revista para Ponta Porã. “A nossa cidade está sendo abençoada”, destacou.

Católicos em guerra contra Ana Paula Valadão


Em um evento na Bahia, a cantora evangélica Ana Paula Valadão, do Ministério Diante do Trono, falou sobre a queda da Igreja Católica no Brasil. ela: “aonde a idolatria chegou, aonde os cultos aos deuses chegaram, aonde entrou toda influência da mariolatria em nosso Brasil, desde as primeiras missas efetuadas em solo brasileiro, aonde entram os primeiros escravos da África, trazendo seus deuses, trazendo o culto aos deuses falsos africanos … o Senhor fará soar novos tambores nessa Nação”.

Enquanto os tambores tocavam ela dizia: “Diz a Palavra (de Deus) que ao som dos tambores Deus destruirá o rei da Síria”. “É a ruína dos falsos deuses, é a ruína do povo idólatra”.

Em um dado momento ela disse:

“Eu profetizo, no nome do Senhor Jesus, a queda de escamas da idolatria nos olhos de homens, mulheres jovens velhos. A Igreja Católica Apostólica Romana no Brasil será invadida por uma onda de conversão, libertação e avivamento e quebrará toda a corrente de gerações. Haverá entre os padres, entre os seminaristas o espírito de ousadia para tomarem posição diante do Senhor Jesus e publicamente confessarão que só Ele é digno de toda a oração e adoração, culto, honra e glória”.

Por alguns minutos o estádio inteiro começa a gritar “Jesus, Jesus, Jesus”.

Tal declaração despertou a indignação de católicos em várias partes do Brasil, os quais estão se manifestando por meio da internet.

No microblog twitter, alguém escreveu:

“Deus me mostra Ana Paula Valadão de joelho em frente ao Santo Sacrário de uma Igreja Católica de BH (Belo Horizonte) e depois pregando na Canção Nova (emissora de TV da Igreja Católica).

Uma outra pessoa assim comentou em um blog católico:

“Salve Maria Imaculada!

Sirva de exemplo aos carismático para que jamais ousem a trazer em seus lábios qualquer canção protestante, a começar pelo barulho que se chamam de “músicas” dessa seita da Lagoinha, cujo líder é o lobo Saul Valadão, onde sua filha Ana Paula Valadão lidera um chamado “ministério” que profetiza blasfemias. Essa mulher arrasta multidões com suas músicas protestantóides e se aproxima de uma tal loucura, que é necessário estômago para conseguir ouvir uma porcaria dessa. Que a Santíssima Virgem esmague a cabeça de satanás, e justiça divina coloque nossos inimigos de joelhos para que se humilhem diante da grandeza de Deus e do esplendor da verdade católica”.

Oremos por Ana Paula Valadão e toda sua família, para que a mão poderosa no Nosso Deus continue estendida sobre eles.

PT ameaça Pr. Paschoal Piragine Jr

Em dez dias, quase 400 mil pessoas já assistiram ao vídeo da mensagem do Pr. Paschoal Piragine Jr expondo os perigos de se votar no PT. Veja o vídeo aqui:

http://www.youtube.com/watch?v=ILwU5GhY9MI

Tudo o que ele faz é dizer o óbvio: O PT é um partido comprometido com o aborto e o homossesxualismo. Quem duvidar disso, olhe para Lula, que passou seus oito infames anos de governo lutando para impor o aborto e o homossexualismo no Brasil.
Revoltados e desesperados com o direito de livre expressão do Pr. Piragine, líderes do PT no Paraná, segundo reportagem da Rádio CBN do Paraná, querem processar o pastor. A reportagem completa em áudio está aqui:

http://www.cbncuritiba.com.br/arquivo/download/1995-PastorPT-Marcio.wma

Acho que os cristãos no Brasil estão acovardados. Em nosso nariz, Lula e seu bando no governo defendem descaradamente o aborto e o homossexualismo, e nenhum líder católico ou evangélico os ameaça de processo. Pelo direito democrático, todos temos direito de processá-los, pois tanto Lula quanto seu bando estão desrespeitando a maioria esmagadora da população brasileira, que não tem nenhuma obsessão de ver o aborto e a sodomia legalizados. Se há obsessão nesse sentido, é só entre os socialistas.

Convido a todos os que lerem esta mensagem a apoiarem o direito de livre expressão do Pr. Paschoal Piragine e a processarem Lula e seu bando pelo infame programa federal “Brasil Sem Homofobia” e outras iniciativas do governo que desrespeitam o povo brasileiro.

É hora de agir!

Distribua amplamente esta mensagem aos seus amigos.

BISPOS DE SÃO PAULO PEDEM AMPLA DIVULGAÇÃO DE APELO

A SITUAÇÃO DA DEFESA DA VIDA

sdv@pesquisasedocumentos.com

DIFUNDA ESTA MENSAGEM.

EXPLIQUE A SEUS CONTATOS QUE A
DIVULGAÇÃO DO CONHECIMENTO É
NECESSÁRIA PARA A DEFESA DA VIDA.

===========================================

BISPOS DE SÃO PAULO PEDEM AMPLA
DIVULGAÇÃO DO APELO AOS BRASILEIROS

===========================================

APRESENTAÇÃO E RESUMO

A Presidência e a Comissão Representativa dos Bispos do Regional
Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB),
que representa as 47 dioceses católicas do Estado de São Paulo,
emitiram nota em que

"RECOMENDAM A AMPLA DIFUSÃO DO APELO A
TODOS OS BRASILEIROS E BRASILEIRAS,
ELABORADO PELA COMISSÃO EM DEFESA DA
VIDA DO REGIONAL SUL 1".

O APELO A TODOS OS BRASILEIROS E
BRASILEIRAS, originalmente elaborado durante o 2º
Encontro das Comissões Diocesanas em Defesa da Vida
(CDDV's) do Regional no dia 3 de julho, denuncia O
ENVOLVIMENTO E O COMPROMISSO DO ATUAL
GOVERNO E DO PARTIDO DOS
TRABALHADORES, TANTO A NÍVEL NACIONAL
COMO INTERNACIONAL, COM A COMPLETA
LEGALIZAÇÃO DO ABORTO NO BRASIL.

A nota recomendando a ampla difusão do documento é assinada pelos
bispos Dom Nelson Westrupp, Dom Benedito Beni dos Santos e Dom
Airton José dos Santos, respectivamente presidente,
vice-presidente e secretário do Regional Sul 1 da CNBB. A
nota surgiu por ocasião de uma votação realizada durante a última
reunião ordinária do Regional, na qual estavam presentes diversos
bispos de todos o Estado de São Paulo.

A nota, juntamente com o texto do APELO A TODOS OS
BRASILEIROS E BRASILEIRAS, é apresentada em
destaque na página de abertura do site do Regional Sul 1 da CNBB
[http://www.cnbbsul1.org.br] e também no seguinte endereço:

http://www.cnbbsul1.org.br/index.php?link=news/read.php&id=5742

O texto assinado pelos bispos afirma que

"A PRESIDÊNCIA E A COMISSÃO
REPRESENTATIVA DOS BISPOS DO REGIONAL
SUL 1 DA CNBB, EM SUA REUNIÃO
ORDINÁRIA, TENDO JÁ DADO ORIENTAÇÕES E
CRITÉRIOS CLAROS PARA “VOTAR BEM”,
ACOLHEM E RECOMENDAM A AMPLA DIFUSÃO DO
“APELO A TODOS OS BRASILEIROS E
BRASILEIRAS” ELABORADO PELA COMISSÃO
EM DEFESA DA VIDA DO REGIONAL SUL 1".

http://www.cnbbsul1.org.br/index.php?link=news/read.php&id=5742

Junto com o documento, as Comissões em Defesa da Vida das
Dioceses do Regional também oferecem um longo dossiê que faz o
retrospecto sobre as estratégias utilizadas para implementar a cultura
de morte no Brasil. O material chama-se
"CONTEXTUALIZAÇÃO DA DEFESA DA VIDA NO
BRASIL: COMO FOI PLANEJADA A
INTRODUÇÃO DA CULTURA DA MORTE NO
PAÍS".

http://www.cnbbsul1.org.br/arquivos/defesavidabrasil.pdf

O Apelo já havia sido divulgado na semana passada pelo site da
Diocese de Assis, cujo bispo, Dom José Benedito Simão, é
também presidente da Comissão em Defesa da Vida do Regional Sul
1 da CNBB, organismo que congrega todas as Comissões em Defesa
da Vida das diversas dioceses paulistas.

http://www.diocesedeassis.org/index.php?option=com_content&view=article&id=169:apelo-a-todos-os-brasileiros

Desde a última segunda feira, dia 30 de agosto de 2010, o
Apelo começou a ser divulgado também pela Rede Canção Nova de
Televisão.

http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=277603

Para melhor impressão e ampla distribuição junto ao público, o
APELO A TODOS OS BRASILEIROS E
BRASILEIRAS pode ser obtido na internet em arquivo PDF

http://www.pesquisasedocumentos.com.br/apeloregionalsul1.pdf

O Apelo está sendo distruibuído, nas últimas semanas, nas ruas,
nos faróis, nas escolas, nas faculdades, nas portas dos órgãos de
imprensa, onde e para onde quer que conduza a criatividade daqueles que
lutam pela preservação da vida e pelos mais elementares princípios da
verdadeira liberdade humana.

SE VOCÊ ADMINISTRA UM SITE CATÓLICO OU
EVANGÉLICO, COPIE E PUBLIQUE EM SEU
SITE O APELO AOS BRASILEIROS E
BRASILEIROS.

SE VOCÊ É PASTOR DE ALGUMA IGREJA OU
PARÓQUIA, IMPRIMA O DOCUMENTO E
DISTRIBUA ENTRE OS SEUS FIÉIS.

Para aqueles que ainda têm dúvidas sobre o envolvimento internacional
do atual governo com a completa legalização do aborto no Brasil, a
Comissão redatora do Apelo convida a que verifiquem as provas do que
está sendo exposto no texto do documento consultando o dossiê "A
CONTEXTUALIZAÇÃO DA DEFESA DA VIDA NO
BRASIL", disponível neste endereço:

http://www.cnbbsul1.org.br/arquivos/defesavidabrasil.pdf

PROMOVA A AMPLA DIFUSÃO DESTE
DOCUMENTO. NO LUGAR ONDE VOCÊ ESTÁ,
SOMENTE VOCÊ PODE CHEGAR.

O ATUAL GOVERNO CONFIA NA CUMPLICIDADE
DOS QUE NÃO DIVULGAM A VERDADE, NÃO
IMPORTA SE AMPLAMENTE DOCUMENTADA.

A DIVULGAÇÃO DO CONHECIMENTO É
NECESSÁRIA PARA A DEFESA DA VIDA.

===========================================

NOTA DA COMISSÃO EPISCOPAL
REPRESENTATIVA DO CONSELHO EPISCOPAL
REGIONAL SUL 1 - CNBB

===========================================

A Presidência e a Comissão Representativa dos Bispos do Regional
Sul 1 da CNBB, em sua reunião ordinária, tendo já dado
orientações e critérios claros para "VOTAR BEM", acolhem e
recomendam a ampla difusão do "APELO A TODOS OS
BRASILEIROS E BRASILEIRAS" elaborado pela
Comissão em Defesa da Vida do Regional Sul 1 que pode ser
encontrado no seguinte endereço eletrônico

http://www.cnbbsul1.org.br/index.php?link=news/read.php&id=5742

São Paulo, 26 de Agosto de 2010.

Dom Nelson Westrupp, SCJ, Presidente do CONSER-SUL 1

Dom Benedito Beni dos Santos, Vice-presidente do
CONSER-SUL 1

Dom Airton José dos Santos, Secretário Geral do CONSER
SUL 1

===========================================

APELO A TODOS OS BRASILEIROS E
BRASILEIRAS

===========================================

http://www.cnbbsul1.org.br/index.php?link=news/read.php&id=5742.

NÓS, PARTICIPANTES DO 2º ENCONTRO DAS
COMISSÕES DIOCESANAS EM DEFESA DA VIDA
(CDDVS), ORGANIZADO PELA COMISSÃO EM
DEFESA DA VIDA DO REGIONAL SUL 1 DA CNBB
e realizado em S. André no dia 03 de julho de 2010,

- considerando que, em abril de 2005, no IIº Relatório do
Brasil sobre o Tratado de Direitos Civis e Políticos, apresentado
ao Comitê de Direitos Humanos da ONU (nº 45) O ATUAL
GOVERNO COMPROMETEU-SE A LEGALIZAR O
ABORTO,

- considerando que, em agosto de 2005, o atual governo entregou
ao Comitê da ONU para a Eliminação de todas as Formas de
Descriminalização contra a Mulher (CEDAW) documento no qual
reconhece o aborto como DIREITO HUMANO DA MULHER,

- considerando que, em setembro de 2005, através da Secretaria
Especial de Polítíca das Mulheres, o atual governo apresentou ao
Congresso um substitutivo do PL 1135/91, como resultado do
trabalho da Comissão Tripartite, no qual é proposta a
DESCRIMINALIZAÇÃO DO ABORTO ATÉ O NONO
MÊS DE GRAVIDEZ E POR QUALQUER MOTIVO,
pois com a eliminação de todos os artigos do Código Penal, que o
criminalizam, o aborto, em todos os casos, deixaria de ser crime,

- considerando que, em setembro de 2006, no plano de governo do
2º mandato do atual Presidente, ele reafirma, embora com linguagem
velada, o compromisso de legalizar o aborto,

- considerando que, em setembro de 2007, no seu IIIº
CONGRESO, O PT ASSUMIU A
DESCRIMINALIZAÇÃO DO ABORTO E O
ATENDIMENTO DE TODOS OS CASOS NO
SERVIÇO PÚBLICO COMO PROGRAMA DE
PARTIDO, sendo o primeiro partido no Brasil a assumir este
programa,

- considerando que, em setembro de 2009, o PT puniu os dois
deputados Luiz Bassuma e Henrique Afonso por serem contrários à
legalização do aborto,

- considerando como, com todas estas decisões a favor do aborto, o
PT e o atual governo tornaram-se ativos colaboradores do
IMPERIALISMO DEMOGRÁFICO que está sendo imposto
em nível mundial por Fundações Internacionais, as quais, sob o
falacioso pretexto da defesa dos direitos reprodutivos e sexuais da
mulher, e usando o falso rótulo de "aborto - problema de saúde
pública", estão implantando o controle demográfico mundial como
MODERNA ESTRATÉGIA DO CAPITALISMO
INTERNACIONAL,

- considerando que, em fevereiro de 2010, o IVº
CONGRESSO NACIONAL DO PT MANIFESTOU
APOIO INCONDICIONAL AO 3º PLANO
NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS (PNDH3),
decreto nª 7.037/09 de 21 de dezembro de 2009, assinado
pelo atual Presidente e pela ministra da Casa Civil, no qual se
reafirmou a descriminalização do aborto, dando assim continuidade e
levando às últimas consequências esta política antinatalista de
controle populacional, desumana, antisocial e contrária ao verdadeiro
progresso do nosso País,

- considerando que este mesmo Congresso aclamou a própria
MINISTRA DA CASA CIVIL COMO CANDIDATA
OFICIAL DO PARTIDO DOS TRABALHADORES
PARA A PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA,

- considerando enfim que, em junho de 2010, para impedir a
investigação das origens do financiamento por parte de organizações
internacionais para a legalização e a promoção do aborto no
Brasil, O PT E AS LIDERANÇAS PARTIDÁRIAS
DA BASE ALIADA BOICOTARAM A CRIAÇÃO DA
CPI DO ABORTO que investigaria o assunto,

RECOMENDAMOS ENCARECIDAMENTE A TODOS
OS CIDADÃOS E CIDADÃS BRASILEIROS E
BRASILEIRAS, em consonância com o art. 5º da
Constituição Federal, que defende a inviolabilidade da vida humana
e, conforme o Pacto de S. José da Costa Rica, desde a
concepção, independentemente de sua convicções ideológicas ou
religiosas, QUE, NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES,
DEEM SEU VOTO SOMENTE A CANDIDATOS OU
CANDIDATAS E PARTIDOS CONTRÁRIOS À
DESCRIMINALIZACÃO DO ABORTO.

Convidamos, outrossim, a todos para lerem o documento "VOTAR
BEM" aprovado pela 73ª Assembléia dos Bispos do Regional Sul
1 da CNBB, reunidos em Aparecida no dia 29 de junho de 2010
e verificarem as provas do que acima foi exposto no texto "A
CONTEXTUALIZAÇÃO DA DEFESA DA VIDA NO
BRASIL"
[http://www.cnbbsul1.org.br/arquivos/defesavidabrasil.pdf],
elaborado pelas Comissões em Defesa da Vida das Dioceses de
Guarulhos e Taubaté, ligadas à Comissão em Defesa da Vida do
Regional Sul 1 da CNBB, ambos disponíveis no site desse mesmo
Regional.

COMISSÃO EM DEFESA DA VIDA DO REGIONAL
SUL 1 DA CNBB

Vote contra a iniquidade

Mensagem do Pr. Paschoal Piragine, presidente da Primeira Igreja Batista de Curitiba


http://www.youtube.com/watch?v=ILwU5GhY9MI