sexta-feira, 11 de abril de 2014

Político indiano diz que vítimas de estupro deveriam ser enforcadas


Diversos casos de estupro no país chocaram o mundo

"A violação é castigada com a forca no Islã. Mas aqui não acontece nada com as mulheres, somente com os homens. A mulher também é culpada", disse Azmi, presidente do Partido Samajwadi (SP) no Estado de Maharastra, ao jornal local Mid Day. Azmi argumentou que a solução para evitar os estupros é que, se "uma mulher casada ou solteira vai (fazer sexo) com um homem, com ou sem consentimento dele, deve ser enforcada. Ambos devem ser enforcados", continuou.


As declarações de Azmi, senador entre 2002 e 2008, aconteceram um dia após outro episódio, quando o chefe de seu partido Mulayam Singh Yadav dizer que a forca é um castigo "injusto" para os estupradores. "Os meninos cometem erros, mas isso não significa que tenham que ser enforcados", declarou Yadav, apesar de não se opor à pena de morte como castigo para outros delitos.
Os pais de uma garota estuprada e assassinada em um ônibus na cidade de Nova Deli em dezembro de 2012 -- um crime que provocou protestos e um debate sem precedentes sobre a violência contra a mulher na Índia -- criticaram o político. "Seu argumento é que as mulheres não têm honra. Apelo ao público para que não vote em um líder desse tipo. Apelo às mulheres para que não votem nele", disse o pai da moça.
"Todos os dias, mulheres são violadas e são erros? Ele fala de acabar com a pena de morte para os violadores, mas os pais, como nós, consideram que nem a morte é suficiente para os violares. Eles merecem pior", acrescentou a mãe. 
O caso levou o governo a endurecer as leis contra agressores sexuais e a estabelecer a pena de morte em caso de que a vítima faleça ou que os violadores reincidam no crime. Quatro dos estupradores da jovem foram condenados à morte e, no início de abril, três foram condenados à forca por um estupro reincidente em Bombaim.

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/34797/politico+indiano+diz+que+vitimas+de+estupro+deveriam+ser+enforcadas+.shtml

HELIO BICUDO MOSTRA AS VERDADES SOBRE OS PETRALHAS . VEJA O VÍDEO E COMPARTILHE COM TODOS

 https://www.youtube.com/watch?v=8lPlO9j8J9Y
Nesta entrevista, o Dr. Hélio Bicudo falou sobre a preocupação do POVO Brasileiro, que só se preocupa em viver a sua vida olhando para a própria barriga, pre...

IDEALIZADORES DO SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL E POLIGRAF CRIAM PLATAFORMA INTEGRADA DE MÍDIA PARA O SEGMENTO EVANGÉLICO




"Hoje foi dado um grande passo para agregar valor ao segmento cristão” (Marcelo Rebello)


Era um sonho antigo do Grupo MR1 poder oferecer a todos uma plataforma integrada de mídia e marketing, onde o anunciante pudesse ter sua marca em evidência em várias frentes simultâneas, em um único pacote e com um trabalho focado, sério e com credibilidade. A plataforma denominada "PANORAMA CRISTÃO" compreende Revista, Portal, Web TV, E-Commerce e Distribuidora de Produtos, que atrelada ao trabalho de assessoria de imprensa, jornalismo, propaganda e marketing vai possibilitar às empresas cristãs um alto índice de resultados comerciais e de branding. É uma iniciativa pioneira, uma grande vitrine, onde mídia e venda de produtos e serviços se complementam. A Revista Panorama Cristãovai ter critérios rígidos de controle de conteúdo, capas não serão vendidas, a periodicidade garantida e um padrão gráfico excelente com conteúdo jornalístico de primeira linha, com matérias dinâmicas, bem apuradas e contextualizadas tanto socialmente quanto teologicamente. Ao anunciante, os pacotes de mídia individuais ou coletivos possibilitarão um maior relacionamento com todo o setor. Aos leitores, a certeza de um veículo sério, focado, independente e com cunho jornalístico. No portal, atualizações periódicas que complementam o conteúdo da mídia impressa e possibilita um canal de diálogo mais próximo com todos. Na TV, um programa semanal, com formato dinâmico e conteúdo diferenciado. O e-commerce e a distribuidora vai possibilitar ao anunciante um maior retorno de seu investimento nas mídias, garantindo não só a exposição da marca como a venda efetiva de seu portfólio de produtos e serviços, inclusive por meio do recebimento de royalties no licenciamento de marcas. "Hoje demos um grande passo para agregar valor ao segmento cristão”, explana Marcelo Rebello, presidente da MR1, “é um grande trabalho, com foco na segmentação e ampliação de resultados. A associação do Grupo MR1 com a Poligraf traz consigo uma grande estrutura própria de desenvolvimento de produtos e materiais que compreende switch tecnológica, design, comunicação, marketing e um parque gráfico capaz de atender ao segmento com qualidade, agilidade, segurança e um preço justo."
O número ZERO da Revista "Panorama Cristão" e a plataforma digital serão lançados oficialmente no dia 1º de Maio, em uma franca homenagem ao Dia do Trabalho. O veículo já tem cronograma aprovado e vai circular sempre nos meses de Março, Maio, Julho, Setembro e Novembro.


Luciana Mazza
Grupo MR1

VERGONHA - BRASIL COM A CARA DO PT - Opção para ‘mudar de vida’ em Cabo Frio

A travesti Diana Silva, de 24 anos, é hostilizada por quatro jovens que passam em um carro preto. Dois deles — o carona e o do banco de trás —, projetam metade do corpo para fora do veículo enquanto proferem os xingamentos. Diana fica alerta, mas não recua. Pensa que não teria que ouvir as ofensas se já fosse uma empresária de sucesso. Enquanto não realiza o sonho, porém, vende o corpo por R$ 150 nas proximidades da Rodoviária Alex Novellino, em Cabo Frio. Para dar oportunidade a pessoas como Diana, foi desenvolvido um serviço que pode ser a porta de entrada para a obtenção de uma série de benefícios.
Por meio do Serviço Especializado em Abordagem Social, profissionais do sexo que utilizam espaços públicos podem ser inseridos no Cadastro Único (CadÚnico) e, com isso, tornam-se candidatos a receber o auxílio do Bolsa Família, participar do programa Minha Casa Minha Vida, ter desconto em contas de luz e isenção de taxas para inscrição em concursos públicos. Mas é a inclusão no Programa Nacional de Acesso Técnico e Emprego (Pronatec) que mais chama a atenção de Diana.
Nas proximidades da Rodoviária Alex Novellino, em Cabo Frio, mulheres e travestis vendem o corpo em programas que podem custar até R$ 150
Foto:  Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
“Quem sabe não é o primeiro passo para eu me tornar uma empreendedora? Quero ter um negócio meu, ser minha própria chefe”, sonha a jovem. “Penso em largar essa vida, mas não agora”, conta a travesti, que nasceu em Campos dos Goytacazes, mas viaja permanentemente pelas cidades do interior.
“Sabe como é, né? Carne nova no pedaço faz mais sucesso”, completa, afirmando já ter ganho R$ 500 em apenas uma noite.
Resultado de uma parceria entre governo federal e município, a medida divide a opinião dos moradores de Cabo Frio. “Sou contra incentivos para garotos e garotas de programa. Se eu oferecesse um emprego ‘digno’, com salário de R$ 1.000 ou R$ 1.500 para trabalhar, você acha que iriam querer? Claro que não. Os profissionais do sexo ganham bem mais que isso”, diz o comerciante Glênio Júnior, de 36 anos. 
O Ministério do Desenvolvimento Social informou que, além de Cabo Frio, outros 18 municípios fluminenses recebem o serviço.
Menores eram explorados
Desde que a Secretaria Municipal de Assistência Social começou o trabalho, em janeiro deste ano, 22 menores de idade foram inseridos no Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti). Treze deles eram explorados sexualmente.
Glênio: contra a oferta de benefícios financeiros para quem se prostitui
Foto:  Daniel Castelo Branco / Agência O Dia
Por meio de nota, a secretaria informou que o serviço não é exclusivo para profissionais do sexo, mas voltado a “quem está em situação de risco por morar ou sobreviver na rua.” Ao todo, 60 pessoas, incluindo dois idosos e sete crianças, foram abordadas e encaminhadas para as sete unidades do Centro de Referência Especializado em Assistência Social de Cabo Frio.
A equipe da secretaria que percorre as ruas é composta por psicólogos, assistentes sociais e orientadores sociais.
A favor, com restrições
Moradora da rua que é usada como um dos principais pontos de prostituição de Cabo Frio, a aposentada V., de 68 anos, está há três meses tentando vender o imóvel. Ela reclama que já fizeram sexo em frente à sua casa e urinaram no muro da residência. “Sou a favor de incentivar essa gente a estudar. Vejo o Pronatec e a isenção de taxa de concurso público com bons olhos, mas não há motivo para oferecer qualquer outro tipo de benefício financeiro”, pondera a aposentada.
Já a garçonete Michele Aparecida, de 29 anos, acredita que o serviço é essencial: “A maioria dos profissionais do sexo não está nessa vida porque quer, mas por necessidade. Eu pergunto: e se fosse um filho seu? Você não gostaria que tivesse estrutura para mudar de vida?”, defende.
Enquanto isso, os próprios beneficiados têm dúvidas sobre a medida. A travesti Hágata Medly, de 25 anos, é cética com relação ao serviço. “Já perdi a conta do número de lugares em que deixei o currículo. Tentei ser atendente de loja, vendedora, garçonete... Até me chamam para a entrevista de emprego, mas quando veem que sou travesti, percebo o olhar de desaprovação do entrevistador. Se o preconceito já é grande com prostitutas mulheres, imagina com travestis? Infelizmente, acredito que isso ainda vai levar um bom tempo para mudar.”

CRÉDITO.
Reportagem de Paulo Capelli

http://odia.ig.com.br/odiaestado/2014-04-11/opcao-para-mudar-de-vida-em-cabo-frio.html

BRASIL DO PT- Gato recebe por sete meses benefício do Bolsa Família

Billy, um gato com 4 anos de idade, foi cadastrado no Bolsa-Família como Billy da Silva Rosa, e recebeu durante sete meses o benefício do governo, R$ 20 por mês. A descoberta ocorreu quando o agente de saúde Almiro dos Reis Pereira foi até a casa do bichano convocá-lo para a pesagem no posto de saúde, conforme exige o programa no caso de crianças: "Mas o Billy é meu gato", disse a dona da casa ao agente.
Ela não sabia que o marido, Eurico Siqueira da Rosa, coordenador do programa no município de Antônio João (MS), recebia o benefício do gato e de mais dois filhos que o casal não tem. Os filhos fantasmas faziam jus a R$ 62 cada, desde o início de 2008, quando Eurico assumiu o cargo.
O golpe foi identificado em setembro e o benefício foi suspenso. Eurico ainda tentou retirar Billy do cadastro e pôr o sobrinho Brendo Flores da Silva no lugar. Mas já era tarde. No início desta semana o "pai" do gato Billy acabou exonerado a bem do serviço público e está sendo denunciado à Justiça. O promotor Douglas Oldegardo Cavalheiro disse que o servidor terá de devolver o que recebeu ilegalmente.

 As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

BRINCANDO COM O CIDADÃO - Após inauguração, computadores são retirados de escola no Rio

Na semana seguinte à inauguração do Colégio Estadual Jornalista Rodolfo Fernandes, em 11 de março, com a presença do então governador Sérgio Cabral (PMDB) e de seu vice, Luiz Fernando Pezão, todos os computadores de um dos laboratórios de informática foram retirados pela Secretaria Estadual de Educação (Seeduc), sem nem sequer terem sido usados pelos alunos. Na época a escola foi considerada por Cabral como parte da "nova fase da educação", pois "muda o patamar de qualidade do desempenho dos alunos". O colégio, que custou oficialmente R$ 14 milhões, tem 928 estudantes matriculados.

A retirada dos computadores foi revelada por um professor da rede de ensino do Estado do Rio, que fez um desabafo no Facebook. "O governador chega, a escola está linda, prontinha, ele tira muitas fotos, dá muitas declarações, faz até um discurso (foi vaiado, não entendi o motivo), a imprensa publica em sites, TV e jornal, afinal de contas é uma novíssima escola na zona norte do RJ, tudo lindo, perfeito. O governador vai embora... junto com ele leva todos os computadores do laboratório, telefones e projetores da escola. Era só pra tirar as fotos pra imprensa, triste vida", escreveu.
A Seeduc informou que os computadores instalados para a inauguração eram provisórios. "O Colégio Estadual Rodolfo Fernandes foi programado para receber um laboratório móvel de informática com netbooks. No entanto, como era sabido que os equipamentos não chegariam em fevereiro, mês em que a unidade foi inaugurada, a Seeduc optou por prover com computadores da sede administrativa". A nota informa que os equipamentos foram retirados para a chegada dos netbooks, que ainda não foram enviados à escola.
Fotos de "antes e depois" postadas na internet mostram a sala equipada, no dia da inauguração da escola; e vazia, depois que os computadores foram levados. O post foi compartilhado por 90 pessoas até a noite de quarta-feira, 9, e recebeu dezenas de comentários. O professor acabou retirando a postagem. "Confesso que não imaginei tamanha repercussão em um post na minha página", disse ele ao Estado. O professor pediu para não ter o nome divulgado, por temer represálias.
Inacabada. A escola começou a funcionar em 10 de fevereiro, uma semana após as outras instituições da rede, mas ainda estava inacabada. "O refeitório não existia, estava fechado. Eram dados lanches aos alunos, biscoitos e achocolatados. Banheiros e bebedouros funcionavam somente no terceiro andar".
Inicialmente a Seeduc informara, na noite de quarta-feira, que os equipamentos foram levados para que o laboratório passasse por "adequação às exigências do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)". Diante do questionamento do Estado sobre o motivo de a escola não ter sido erguida já dentro dos parâmetros exigidos, a assessoria de imprensa informou que houve um engano: o colégio estava programado para receber um laboratório móvel de informática com netbooks, e não os computadores do Programa Nacional de Tecnologia Educacional.
Ainda de acordo com a assessoria, a escola é equipada com duas linhas telefônicas, dois projetores e quatro aparelhos de Data Show, que permanecem na instituição. A nota informa ainda que banheiros e bebedouros funcionavam desde os primeiros dias de aula. Na tarde desta quarta, a equipe do Estado esteve na escola, mas não foi autorizada a entrar. Uma representante da escola, identificada como Jaqueline, confirmou que a unidade ainda está em obra, faltando "detalhes" como acabamento nas paredes, maçanetas e redes de proteção na quadra de esportes e nos guarda-corpos do segundo e terceiro andares.
Alunos. Os alunos do 1º ano do turno da tarde confirmaram o relato do professor. Eles disseram que os computadores do laboratório de informática são obsoletos e não têm permissão para usá-los. Contaram que a biblioteca está fechada e os livros aos quais têm acesso são velhos e depositados em um carrinho de mercado. Ainda segundo os alunos, alguns banheiros ainda estão em obras e outros já estão entupidos.
"A escola é tipo teatro: eles mostraram tudo quando o governador veio (para a inauguração) e depois tiraram", disse Driele Soares, de 16 anos. Ela queixou-se da falta de professores. "Nem todas as turmas têm todas as aulas. Quando um professor falta, temos tempo vago e podemos sair da escola a hora que quisermos".
"Aqui tem computador, laboratório de ciências, biblioteca com livros, mas nada pode ser usado", afirmou Brenda Lourenço, de 15. Ela também disse que as refeições não são suficientes para os três turnos. "Nem sempre tem almoço ou jantar para todo mundo e, quando isso acontece, eles servem lanche. Já fecharam o refeitório porque a comida acabou."
Matheus Luiz, de 17, cursou o ensino fundamental em escola particular e ingressou na Rodolfo Fernandes para fazer o ensino médio. "O que mostraram na televisão não foi o que eu encontrei aqui. A escola é bonita, mas faltam professores e equipamentos para estudarmos".

http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,apos-inauguracao-computadores-sao-retirados-de-escola-no-rio,1151968,0.htm

Líder da Igreja Anglicana diz que aceitação do casamento gay pode resultar em morte de cristãos


Open in new windowJustin Welby, líder da Igreja Anglicana e arcebispo de Canterbury, afirmou que é contra o casamento gay.

Ele argumentou que os cristãos não poderiam aceitar a prática porque muitos fiéis seriam mortos em países onde não há liberdade religiosa.

Segundo Welby, a perseguição contra homossexuais em países africanos seria voltada aos cristãos caso a igreja aceitasse a união de duas pessoas do mesmo sexo. A declaração foi feita à rádio LBC London.

O arcebispo afirmou que fez uma visita à Nigéria, e encontrou uma vala comum onde os corpos de 330 cristãos haviam sido jogados, depois que foram mortos pelos próprios vizinhos. A justificativa dos assassinos, segundo Welby, era que eles os haviam matado para evitar que a homossexualidade fosse propagada na região.

“Se permitirmos uma comunidade cristã aqui, vão fazer todos se tornarem homossexuais. Assim, matamos todos os cristãos”, disseram os extremistas islâmicos, segundo o arcebispo de Canterbury.

Para o líder da Igreja da Inglaterra, “tratar todo ser humano com a mesma importância e dignidade é uma parte fundamental de ser cristão”, porém, se sua denominação passasse a realizar casamento de pessoas do mesmo sexo, “o impacto dessa decisão sobre os cristãos que estão longe daqui, no Sudão do Sul, Paquistão, Nigéria e em outros lugares, seria absolutamente catastrófico. Tudo o que dizemos aqui percorre todo o mundo”, ponderou.

Recentemente, o líder anglicano reiterou sua oposição ao casamento gay, e afirmou que mesmo assim, entende a busca de igualdade pelo movimento LGBT, de acordo com informações do Huffington Post.

Fonte: Gospel+

Católicos fazem abaixo-assinado pedindo a volta de padres afastados


Sacerdotes estão proibidos de celebrar missas desde novembro de 2013. Bispo de Foz do Iguaçu, que move ação, exige indenização de R$ 200 mil.

Católicos de municípios do Oeste do Paraná já colheram mais de 5 mil assinaturas para um abaixo-assinado que pede que os três padres afastados das respectivas paróquias em Foz do Iguaçu e Guarapuava possam voltar a celebrar missas. A expectativa é que o documento seja entregue ao bispo até sexta-feira (11). Os três estão afastados desde novembro de 2013 e dizem não saber os motivos da punição. Eles respondem por denúncias de violação de e-mails do bispo diocesano de Foz, Dom Dirceu Vegini.

Apesar da iniciativa dos fiéis, o assessor de comunicação da Cúria Diocesana de Foz do Iguaçu, padre Antônio Viana alega que como a decisão de afastar os padres partiu da alta cúpula da Igreja Católica no Vaticano, o futuro deles não cabe ao bispo. “Dom Dirceu não pode, baseado em um abaixo-assinado, resolver a situação. Ele pode receber o documento, mas não tem obrigação de encaminhá-lo às instâncias superiores”, destaca o porta-voz.

Por outro lado, o advogado dos padres, Álvaro Albuquerque, diz que até agora não conseguiu informações sobre o que teria motivado o afastamento e que a punição neste momento é exagerada. “Tentamos entrar em contato com Roma e até agora não nos foi passado nenhum processo canônico. O que existe, se é que existe, é uma investigação prévia e isso não poderia gerar uma suspensão tão grave como esta”, observa. Além dos sacerdotes, Albuquerque também responde a uma ação movida por Dom Dirceu por injúria e difamação. “Ele pede uma indenização de R$ 200 mil por danos morais e ainda exige que seja cassada minha [licença] da OAB [Ordem dos Advogados do Brasil].”

Investigações

Conforme a Cúria, a determinação de afastamento foi assinada pela Congregação para o Clero, com sede no Vaticano. E, especulações dão conta que se baseia em denúncias feitas pelo bispo e por fiéis apontando que sete padres tiveram acesso a mensagens eletrônicas confidenciais. A distribuição dos mais de 200 e-mails teria sido feita em agosto de 2012, mas o caso só foi divulgado no dia 16 de julho de 2013 após o bispo denunciar a invasão de privacidade à polícia. O conteúdo das mensagens está sob segredo de justiça.

Por meio de nota, a Cúria informou na época que a Santa Sé solicitou a investigação prévia dos três sacerdotes conforme exige o Código de Direito Canônico, o que ficaria a cargo do Tribunal Eclesiástico Interdiocesano de Cascavel, também no oeste. "O Decreto Administrativo do Tribunal Eclesiástico determinou que, durante a investigação processual, os sacerdotes citados fossem afastados de suas funções ministeriais e ofícios”, diz o comunicado assinado pelo chanceler do Bispado, padre Mariano Venzo.

Quando o caso foi divulgado, Albuquerque alegou que um funcionário roubou a senha do bispo e acessou mensagens eletrônicas confidenciais trocadas entre Dom Dirceu e outros religiosos. Segundo ele, as mensagens continham críticas a alguns padres, cardeais e até ao Papa Francisco.

No dia 19 de julho, Dom Dirceu falou sobre o caso e negou que teria falado mal dos sacerdotes e explicou que não fez denúncia pessoal. “Eu não conheço estas críticas e queria dizer mais: a pessoa que teve acesso ao meu correio eletrônico, ela pôde, também, escrever o que ela quis. E, para me incriminar, enviar para as pessoas as quais ela achou conveniente”, defendeu-se ao dizer que só procurou a polícia para esclarecer o caso.

Fonte: G1

PASTOR EVERALDO - SUA NOVA AGENDA POLITICA REPLETA DE COMPROMISSOS

Pastor Everaldo e sua novíssima agenda política cheia

Foto: Instagram do Pr.Everaldo
Foto: Instagram do Pr.Everaldo
Depois das recentes pesquisas eleitorais dos principais institutos de pesquisa do país, o Pastor Everaldo(PSC) passou a ser conhecido nacionalmente. Tudo mudou, agenda cheia, reunião para lá, reunião para cá, entrevistas com tv, revistas, portais de notícia. O fato é que o pré-candidato a presidente do Brasil já era conhecido no meio evangélico assembleiano e que tudo agora abre um leque de novidades para ele.
Corretor de seguros, pastor da Assembleia de Deus e vice-presidente nacional do PSC, nascido e criado no Acari, subúrbio do Rio de Janeiro, cria política do já falecido Leonel Brizola(PDT) o homem que é contra o aborto e a união civil homossexual, e a favor da redução da maioridade penal começa a lançar-se a vôos mais altos e sair pelo Brasil em busca de apoios e deixar de ser um mero azarão e conseguir cada vez mais holofotes para o seu nome. Muitos comentaristas políticos já dizem que o crescimento de seu nome poderá ser um empecilho a uma vitória de Dilma no primeiro turno.
Na noite de quinta-feira(10/04) o pastor esteve na Paraíba, mais precisamente na TV Itararé no programa Ideia Livre, onde segundo o jornalista santa-cruzense e erradicado na Paraíba Walter Miro, o pastor conseguiu passar sua mensagem, inclusive respondendo questões polêmicas como maioridade penal, transposição do rio São Francisco e união homoafetiva.
A maratona de viagens deverá seguir em frente, inclusive visitando as milhares de Igrejas Evangélicas da Assembleia de Deus.
Via Gritos de Alerta / inf. blogdopabloricardo.com.br/?p=340#sthash.A5UIh55Z.dpuf