terça-feira, 13 de março de 2012

Coca-cola e Pepsi podem causar câncer, aponta estudo

Foto: Reprodução

Um estudo publicado pelo Center for Science in the Public Interest (CSPI) revelou novas evidências de que os refrigerantes Coca-Cola, Coca-Cola Diet, Pepsi e Pespi Diet podem provocar câncer. A substância cancerígena é a 4-MI, que dá a pigmentação às bebidas. A seu uso é limitado a uma quantidade que possa causa câncer em 1 em 100.000 pessoas. O estudo da CSPI diz que a quantidade usada nos refrigerantes pode provocar a doença em 4,8 de 100.000.

Um bioquímico da Vanderbilt University afirmou à revista ‘Time’ que o risco dos corantes utilizados na Coca-Cola provocarem câncer, mesmo na proporção maior que o normal, só aconteceria se uma pessoa tomasse 1000 latas por dia. A Coca-Cola também garantiu, num email ao Huffington Post, que a quantidade de 4-MI utilizada em seus produtos é completamente segura.


VIA GRITOS DE ALERTA

CANCRO NA POLITICA BRASILEIRA - Jean Wyllys quer legalizar a prostiuição

Deputado Jean Wyllys prepara projeto de lei para legalizar a prostituição no Brasil
O deputado federal e ativista gay Jean Wyllys (PSOL-RJ) está articulando a criação de um Projeto de Lei (PL) para regulamentar a atividade de prostituta no Brasil. A iniciativa de Wyllys se baseia em projetos de lei semelhantes, como a legislação alemã, voltada para as profissionais do sexo, e também nos projetos de lei arquivados, dos ex-deputados Fernando Gabeira e Eduardo Valverde.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Segundo a justificativa elaborada para a proposição do projeto, a prostituição é uma “atividade cujo exercício remonta à antiguidade, e que, apesar da exclusão normativa e da condenação do ponto de vista dos ‘bons costumes’, ainda perdura”.
O deputado Jean Wyllys, defende a criação da profissão de prostituta, pois a sociedade apesar de discriminar, utiliza-se das práticas da prostituição: “A mesma sociedade que desaprova a prostituição a utiliza. Essa hipocrisia e moralismo superficial causa injustiças, a marginalização de um segmento considerável da sociedade e também a negação de direitos aos profissionais cuja existência nunca deixou de ser fomentada. Desenvolver a cidadania das e dos profissionais de prostituição caminha no sentido da efetivação da dignidade humana”, argumenta.
O projeto de lei prevê medidas de combate à exploração sexual infantil e diferenciação jurídica de casos em que prostitutas viajam ao exterior para desenvolverem a atividade de forma voluntária e de casos em que mulheres são atraídas e transformadas em escravas sexuais.
Jean Wyllys argumenta em defesa do projeto afirmando que “o atual estágio normativo, que não reconhece os trabalhadores do sexo como profissionais é inconstitucional e acaba levando e mantendo esses profissionais no submundo, na marginalidade. Precisamos resgatá-los para o campo da licitude”, diz o deputado, segundo informações em seu site. Participam da elaboração do projeto integrantes da organização “Da Vida”, ligada às profissionais do sexo.

VIA GRITOS DE ALERTA.
INF. GOSPEL MAIS

Por Que Daniel Não Fechou as Janelas?



A história mais conhecida da vida do profeta Daniel é sobre a noite que ele passou numa cova de leões. Depois de resumir a história, vamos refletir no motivo de Daniel deixar as janelas da sua casa abertas.

Daniel foi levado ao cativeiro babilônico 605 anos a.C. e passou o resto da sua vida longe da sua terra natal. Ele foi formado para servir na administração do governo e continuou na Babilônia durante o resto da história daquele império. Quando a Babilônia caiu aos Medo-Persas em 539 a.C., Daniel ainda estava vivo e foi reconhecido no novo governo por sua fidelidade e competência. Ele logo foi colocado numa posição importante no novo governo. Esta ascensão de Daniel provocou inveja entre outros oficiais do governo, e procuraram meios para derrubar este judeu. Perceberam que o único ponto vulnerável seria a fé deste homem, e assim tramaram contra ele. Persuadiram o rei a assinar um decreto que proibia que seus sujeitos fizessem qualquer petição a outros poderes, a não ser ao próprio rei. A cilada estava armada e pronta para Daniel!

Daniel costumava orar ao Senhor três vezes por dia com as janelas da sua casa abertas. Mesmo sabendo do decreto do rei, ele continuou orando da mesma maneira de sempre, e seus rivais conseguiram o motivo desejado para prendê-lo. O rei gostava de Daniel e não queria aplicar a pena prevista, mas suas mãos estavam atadas pela lei. Daniel foi jogado aos leões, onde Deus o protegeu.

Sabemos que tudo deu certo, mas ainda ficamos com uma pergunta: por que Daniel não fechou as janelas? Com certeza, ele entendeu que as orações são para Deus e não para os homens. Deus não ouviria suas orações em secreto?

Estas perguntas se tornam ainda mais interessantes à luz do ensinamento de Jesus mais de 500 anos depois. Jesus repreendeu os religiosos da sua época, condenando suas práticas de oração. Ele disse: “E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos dos homens. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa. Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará” (Mateus 6:5-6).

Se Daniel tivesse orado em secreto, como Jesus disse, não teria passado aquela noite com os leões famintos. Por que ele não fez isso?

Ironicamente, a resposta se encontra nestes mesmos ensinamentos de Jesus. O problema com as orações dos hipócritas foi o desejo de chamar atenção para si, negando a glória devida a Deus. Eles não pensavam principalmente em serem ouvidos por Deus, e sim em serem admirados pelos homens. Jesus ensinou sobre a exaltação do Senhor e exigiu a humildade dos homens.

Daniel, porém, orou com as janelas abertas para engrandecer o nome de Deus, mesmo arriscando sua própria vida. Ele pensou na glória de Deus, e não em benefício próprio.

Quando oramos ao Senhor, o importante não é o local. Deus aceita orações públicas e particulares, e também rejeita orações abertas e secretas. O princípio frisado, tanto no exemplo de Daniel quanto no ensinamento de Jesus, é o mesmo que precisamos lembrar em todas as nossas orações, e em todos os nossos outros atos: a glória pertence a Deus, e não a nós! Qualquer pessoa que ora, independente do local e ambiente, para se destacar diante dos homens, peca contra Deus e nega a glória que lhe é devida. Deus não ouvirá tais orações egoístas. Por outro lado, o servo do Senhor que ora com sinceridade e humildade e respeita a vontade de Deus pode ter certeza de que Deus ouve suas petições: “E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve” (1 João 5:14).

VIA GRITOS DE ALERTA.
DENNIS ALLAN

Ortodoxos pedem proibição de propaganda homossexual na Rússia

 

A Igreja Ortodoxa Russa pediu nesta segunda-feira a ampliação para todo o país da lei que proíbe a propaganda homossexual entre os menores de idade e que foi já aprovada em São Petersburgo, segunda maior cidade russa.
“A obstinação das minorias sexuais e seus planos para manifestar-se de novo na frente de centros infantis demonstra como foi oportuna a aprovação da lei regional”, disse Dmitry Pershin, chefe do comitê de juventude da Igreja Ortodoxa, citado pela agência oficial “RIA Novosti”.
Pershin, que também é membro da comissão parlamentar para a família e os assuntos infantis, afirmou que “a lei deve receber um status federal o mais rápido possível, um trabalho que compete aos deputados” da Duma (Câmara Baixa do Parlamento).
O representante da Igreja Ortodoxa foi um dos analistas que participou da redação da lei aprovada na semana passada pelo governador da região de Leningrado, onde passou a ser proibida por lei a propagação de informação sobre a homossexualidade, bissexualidade, transexualidade e a pedofilia.
A lei prevê uma pena com multas administrativas que variam entre US$ 170 e US$ 17 mil.
As organizações homossexuais criticaram a lei por considerá-la uma violação da liberdade de expressão e que servirá de pretexto para continuar proibindo as manifestações de orgulho gay.
Leis similares foram aprovadas nos últimos meses nas regiões de Astrajan, Kostroma e Ryazan. A última tentativa de realizar uma passeata de orgulho gay em maio de 2011 na capital russa terminou em confrontos violentos entre ativistas homossexuais e ultranacionalistas, além da detenção de dezenas de pessoas.
O Tribunal Europeu de Direitos Humanos ditou uma sentença que considera que a proibição de manifestações de orgulho gay em Moscou em 2006, 2007 e 2008 “contradiz a Convenção Europeia de Defesa dos Direitos Humanos e das Liberdades Fundamentais”.
Até 27 de maio de 1993 não havia sido abolido o artigo 121 do código penal da Rússia, que sancionava com penas de prisão as práticas homossexuais. Nesse mesmo ano também se deixou de considerar as relações entre pessoas do mesmo sexo como uma doença mental.


Fonte: Folha

Mais de 30 mil escolas vão ter aula em tempo integral este ano, diz presidente

A presidenta Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira que mais de 30 mil escolas em todo o país terão aula em tempo integral ainda em 2012. Segundo ela, o Programa Mais Educação, que oferece atividades em tempo integral aos estudantes do 1º ao 9º ano, deve beneficiar 5 milhões de estudantes em todo o país – inclusive em escolas rurais.
“O Programa Mais Educação é responsável por uma grande transformação que já estamos fazendo em 15 mil escolas do ensino fundamental de todo o país. Hoje, 2,8 milhões de estudantes do 1º ao 9º ano já ficam na escola o dia todo. Eles participam de atividades orientadas, que vão desde o acompanhamento das tarefas escolares até a prática de esportes, aulas de arte e informática”, explicou a presidente.
No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma ressaltou que a meta de 30 mil escolas com ensino fundamental em tempo integral era esperada para 2014 e que o novo número definido para o último ano de governo passou a ser de 60 mil escolas integradas ao Mais Educação.
“Elas [as crianças] ficam na escola, no mínimo, sete horas por dia. Lá, recebem um lanche pela manhã, almoçam e depois, à tarde, fazem novo lanche. E o que é importante: têm reforço em matemática, português, ciências, praticam esportes, têm aula de arte e ainda fazem informática”, explicou Dilma.
O Ministério da Educação está com inscrições abertas até o próximo dia 30 para novas adesões das prefeituras ao Mais Educação. Ao todo, o governo deve investir R$ 1,4 bilhão este ano no programa. Têm prioridade escolas onde estudam beneficiários do Bolsa Família e também as que tiveram baixa avaliação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).
“As atividades complementares podem contribuir muito para melhorar a qualidade da educação das nossas crianças”, disse a presidente. “É uma forma de superar desigualdades, permitir que todas as crianças tenham uma boa educação e acesso a atividades que serão muito importantes para o seu futuro”, concluiu.
* Com informações da Agência Brasil

CIEAB realiza primeiro café de pastores do ano, em São Paulo


Aconteceu no dia, (12/03), no Renascer Hall em São Paulo o primeiro café da manhã do CIEAB (Confederação das Igrejas Evangélicas Apostólicas do Brasil). O evento que reuniu centenas de pessoas, contou com o louvor de Jordana Cantarelli e o grupo Renascer Praise, que dirigirido pela Bispa Sônia Hernandes ministraram dois louvores: "Andando Sobre as Águas” e “Falando em Mistérios”.

Em suas palavras de boas vindas o Apostólo Estevam Hernandes explicou o real objetivo do CIEAB."A confederação é uma visão de Deus para estarmos unidos em Cristo Jesus, queremos a igreja crescendo solidamente no Brasil e visamos formar líderes dentro da visão apostólica" explica.

Hernandes também aproveitou o momento para anúnciar a data da próxima Marcha para Jesus, neste ano o evento acontecerá no dia 14 de julho e deve reunir milhares de pessoas, como já acontece em todas as edições. Para o apóstolo, o Brasil nunca mais foi o mesmo desde quando os evangélicos sairam as ruas na Marcha para Jesus. " O Brasil ainda será o maior país evangélico do mundo" profetiza o apostólo.


Uma lição sobre liderança

O café contou também com a ministração especial do norte-americano John Hull, que faz parte do ministério John Maxwell, que possui grande experiência em liderança e reconhecimento em todo o mundo.

Em sua mensagem Hull explanou sobre três questões que um líder deve fazer a ele mesmo diariamente.Para o pastor, o verdadeiro líder deve ter interesse genuíno pelas pessoas." Os melhores líderes são aqueles que valorizam as pessoas que lideram e se relacionam com cada uma delas. Se sua liderança não está servindo as pessoas para honra e glória de Deus, você está fazendo errado" alerta.

Outro ponto ressaltado por John é a maneira como os líderes tem cuidado do hoje. Segundo ele os melhores líderes decidem as coisas importantes logo cedo e dirigem essas decisões pelo resto da sua vida."Estamos constantemente exagerando o passado, enfatizando enormemente o amanhã e substimando o hoje" diz.
John Hull finalizou sua mensagem profetizando sobre a liderança brasileira." Deus vai usar o Brasil de maneira estratégica.Uma grande colheita está chegando nesta nação.Estejam preparados" finalizou.

Um dos outros momentos importante da celebração foi a unção de bispos a apóstolos feita pelo Apóstolo Estevam Hernandes, declarando que a igreja está mais forte e alcança um novo nível de autoridade. "Assim como fez Jesus Cristo esses homens de Deus formarão discípulos, vidas serão transformadas e libertas através de suas vidas. O senhor está colocando a chave de um novo tempo nas mãos deles", declarou o Presidente da CIEAB.

O evento terminou com a celebração da Santa Ceia do Senhor. O próximo café da CIEAB acontecerá nos próximos meses em celebração a Marcha Para Jesus.

VIA GRITOS DE ALERTA.
INF. GOSPEL PRIME

Autor evangélico diz que governo de Barack Obama é anti-bíblico e contrário aos valores cristãos

Autor evangélico diz que governo de Barack Obama é anti-bíblico e contrário aos valores cristãos
David Barton, um influente conservador ativista, defensor da sociedade judaico-cristã americana, juntou-se a uma longa lista de críticos do mandato do presidente americano Barack Obama e seu impacto sobre as liberdades religiosas.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Barton, que é evangélico e historiador autodidata, levou sua crítica a outro nível no blog WallBuilders, alegando que a administração de Obama é a mais biblicamente hostil da história dos EUA:
“Talvez a descrição mais precisa sobre o presidente Obama a respeito dos católicos, protestantes, judeus religiosos e a nação judaica seria caracterizá-lo como anti-bíblico. E então, quando sua hostilidade com as pessoas bíblicas de fé é contrastada com seu tratamento preferencial dos mulçumanos e nações muçulmanas, isso reforça ainda mais essa gestão anti-bíblica. ”
Segundo o The Christian Post, Barton cita exemplos de comentários do presidente e ações que ele diz apoiarem sua opinião. A lista inclui a insistência da Casa Branca para que símbolos religiosos no local de palestras de Obama devem ser cobertos quando ele fala, a nomeação de Obama de três indivíduos pró-aborto como embaixadores ao Vaticano (as quais foram rejeitadas pelo Vaticano), e seu recente mandato contraceptivo que exigiria que todas as companhias de seguros, incluindo as organizações religiosas que poderiam ser auto-seguradas, fornecessem controle de nascimento gratuito para todas as mulheres.
“Como eu disse antes, uma das grandes forças dos Estados Unidos é…e como eu mencionei…temos uma grande população cristã, mas nós não nos consideramos uma nação cristã ou uma nação judaica ou uma nação muçulmana . Nós nos consideramos uma nação de cidadãos que estão ligados por ideais e um conjunto de valores “, disse Obama.
Barton e outros têm questionado a declaração de Obama sobre nação cristã, pois difere de presidentes anteriores, que declararam publicamente que os Estados Unidos são de fato uma nação cristã.
O autor evangélico conclui em seu último post, alegando sobre Obama que seus “atos de hostilidade em relação às pessoas de fé bíblica” são “literalmente sem precedentes.”

VIA GRITOS DE ALERTA.
INF. G.+

Movimento gay lança manifesto contra a “homofobia evangélica” e acusa: “Querem implantar Inquisição Evangélica no Brasil”

Movimento gay lança manifesto contra a “homofobia evangélica” e acusa: “Querem implantar Inquisição Evangélica no Brasil”

Um manifesto divulgado no blog “Missão Pró-LGBT” mostra a articulação que entidades ligadas ao ativismo homossexual estão organizando para aumentar os protestos contra os evangélicos no país.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
No texto publicado a organização afirma que “o principal objetivo desse manifesto é se focalizar na homofobia dentro do contexto evangélico brasileiro dos últimos anos”. As críticas aos evangélicos se estendem ao que o texto define como “interpretações literais da Bíblia por grupos fundamentalistas evangélicos para impor o seu estilo de vida religioso à toda sociedade civil brasileira”.
O manifesto foi escrito por um ativista homossexual que embora não se identifique, apresenta-se como cristão evangélico com “formação teológica em um seminário batista”, e que afirma que a constatação de que o “Brasil é o país que mais mata gays no mundo” foi a motivação para a iniciativa de organizar a “Missão Pró-LGBT”.
As criticas mencionam o pastor Silas Malafaia, por sua postura polêmica na crítica aos ativistas homossexuais: “Enquanto afirmam: “amamos os gays”, pastores midiáticos famosos conclamam multidões para “baixar o porrete em cima dos gays, para esses caras aprender” (Sr Silas Maldafala) -sic- em plena rede de TV nacional. Enquanto dizem: “amamos os gays, dizem que tem o direito de xingá-los de bichas, veados, imorais, promíscuos, pedófilos, aliciadores de menores, traficantes e de bater nos gays ou até matar sem receber pena aumentada por discriminação”.
O texto não se restringe a criticar os princípios cristãos contrários à homossexualidade, mas também aponta a teologia da prosperidade como uma das características hostis da igreja evangélica no Brasil: “Em seus cultos, o principal a ser anunciado não são os valores. O que mais é destacado são as “conquistas”, os “milagres”, as “bênçãos”, os carros e casas novos, as “curas”, e na grande maioria das vezes não se vêem ser pregados valores como amor, bondade, tolerância, misericórdia, altruísmo, justiça”.
No âmbito político, a atuação dos parlamentares da bancada evangélica é criticada severamente pelo manifesto, que acusa deputados e senadores cristãos de quererem implantar a “Inquisição Evangélica”. Segundo o texto, a suposta inquisição estaria sendo “implantada não por papas medievais, mas pela ‘moderna’ ‘bancada evangélica’, que querem se utilizar dos recursos do Estado para fazer sua evangelização e transformar o Estado num Instrumento de Salvação Compulsória, garantindo assim que todos os brasileiros tenham a ‘salvação’ da alma ‘melhor assegurada’ – longe dos gays”.

VIA GRITOS DE ALERTA
INF. G+

Ecad recua e suspende cobrança de blogs que usam YouTube

Na semana passada, a denúncia de que o Ecad estaria cobrando mensalidade de blogs e sites que usam vídeos do YouTube sacudiu a internet brasileira e virou o assunto mais comentado nas redes sociais.

Com a polêmica aumentando, o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição recuou e suspendeu a cobrança.

Segundo a superintendente executiva Glória Braga, houve um "erro de interpretação". O Ecad não faria cobrança de pessoas físicas, realizando arrecadação somente de portais e serviços de streaming. Os casos dos blogs pessoais A Leitora e Caligraffiti, que receberam cobrança do Escritório teriam sido casos únicos e equivocados.

O incidente provocou uma resposta do Google e das grandes gravadoras de música, todos condenando a atitude do Ecad. O músico Leoni acusou o Escritório de atuar "como batedor de carteira" e declarou: "onde tiver dinheiro, vai buscar um pouco mais".

De acordo com Glória Braga, os dois blogs cobrados erroneamente não pagaram e não precisam pagar a cobrança feita pelo Ecad. A entidade está reavaliando os casos de uso de música na internet. Em 2011, foram arrecadados R$2,6 milhões em direitos autorais vindos de mídias digitais, divididos em mais de 21 mil profissionais ligados à música, dando uma média de 123 reais para cada beneficiado.

Fonte: Código Fonte

Muçulmanos anunciam plano para 'erradicar' o Cristianismo na Nigéria

O site de notícias nigeriano Bikya Masr informa que o grupo jihadista declarou guerra a todos os cristãos que vivem no norte da Nigéria.

Membros do grupo jihadista Boko Haram estão prometendo 'erradicar o Cristianismo' na Nigéria. Informes vindos da Nigéria nos últimos dias mostram que o grupo cujo nome significa 'A educação ocidental é maligna' está lançando uma nova campanha de terror objetivando matar cristãos e judeus no norte da Nigéria.

Jonathan Racho do grupo de direitos humanos Preocupação Cristã Internacional confirma os relatos e diz que a notícia é alarmante. 'Os informes indicam que membros da Boko Haram recentemente declararam uma guerra aos cristãos no norte da Nigéria. O grupo prometeu erradicar os cristãos de certas áreas da Nigéria', Racho disse.

'O representante do grupo (Boko Haram) diz que o grupo irá lançar vários ataques cujos alvos são os cristãos', Racho disse. 'Então há um alarmante desenrolar dos fatos enquanto falamos'.

Estimativas indicam as baixas na campanha de Boko Haram em mais de 100 mortos desde o Natal. O serviço de imprensa do Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários IRIN informa que nas últimas 48 horas, mais de 100 crianças fugiram da Nigéria para o Chad a fim de escaparem dos violentos ataques de Boko Haram.

A ONG Human Rights Watch também informa que desde o Natal, Boko Haram queimou cerca de quinze escolas. Racho confirma o número de vítimas. 'Boko Haram já matou centenas de pessoas. Desde o Natal, o grupo martirizou cerca de 100 cristãos no norte da Nigéria', Racho disse.

'Mas eles acham que não atingiram suas metas para exterminar os cristãos', Racho disse. 'Eles estão preparados para derramar mais sangue'.

Racho acrescenta que o ICC está irado com o desenvolvimento dos acontecimentos.

'Nós estamos muito indignados. Como pode um país como a Nigéria com todos os seus recursos, seus recursos de petróleo, segurança, militar e todos os recursos. Como esse país falha em proteger seus inocentes desse tipo de ataques?', Racho disse. 'Boroko Haram tem tido sucesso em atacar cristãos sem serem presos e isso é revoltante!', Racho disse. 'É inaceitável!'. 'Nós estamos realmente preocupados com os contínuos ataques contra os cristãos no norte da Nigéria', Racho disse. Racho está pedindo que os cristãos nos Estados Unidos e em outros países ajam. 'Exorto os cristãos ao redor do mudo a fazerem contato com seus governos e pedir-lhes que convençam a Nigéria a proteger seus cidadãos', Racho.

Esta matéria foi postada no último dia 8 de março no Blog do Julio Severo e ontem, domingo, 11, três dias depois uma igreja foi atacada na Nigéria na hora da missa resultando na morte de 10 pessoas. Um escoteiro de menor idade estava na porta do templo e morreu no atentado. Leia abaixo a matéria da Folha Online:

Novo atentado contra igreja deixa 11 mortos na Nigéria
Ao menos 11 pessoas morreram neste domingo e 22 ficaram feridas em um atentado suicida cometido contra uma igreja católica na cidade de Jos, na região central da Nigéria. Esses dados foram divulgados pela agência oficial de notícias 'NAN', que citou fontes ligadas a hospitais e à Cruz Vermelha.

Anteriormente, a Agência de Gestão de Emergências Nacionais (Nema) da Nigéria havia confirmado cinco mortos, entre eles, os dois terroristas suicidas, uma criança, uma mulher grávida e um homem.

O atentado, cuja autoria ainda não foi atribuída a nenhum grupo, ocorreu quando os dois suicidas lançaram um veículo carregado de explosivos contra a porta da Igreja de Saint Finbar, no bairro de Rayfield.

O presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, condenou o atentado e pediu à população que mantenha a calma e não responda com 'ataques de represália'.

O sacerdote da paróquia, Peter Umorem, indicou que o menino morto era membro dos escoteiros e estava encarregado da porta da igreja no momento do ataque, detalhando que a explosão ocorreu de manhã, pouco depois do início da missa.

'Estava no altar quando ouvi uma forte explosão. De repente, as coisas começaram a cair e se formou um pandemônio na igreja', comentou o pároco, citado pela 'Agência de Notícias da Nigéria' (NAN).

A Igreja de Cristo na Nigéria, situada no mesmo bairro, não foi afetada, mas inicialmente pensava-se que também tinha sido alvo do ataque. Nenhum grupo reivindicou o atentado até o momento, mas um dos suspeitos é o grupo radical islâmica Boko Haram, que cometeu inúmeros ataques contra templos cristãos nos últimos meses.

Fonte: Jornal Pequeno

Muçulmano se entrega a Jesus Cristo depois de cura milagrosa

As bolhas estavam crescendo, espalhando-se do lado do rosto, pelo pescoço e no ombro. Sua orelha ficou tão deformada que quase se encostava ao ombro. Queimando com uma febre de 42 graus, Nasir Siddiki estava à beira da morte. Seu sistema imunológico não reagia. Ele sentia com dores agonizantes e estava aterrorizado. Mesmo se conseguisse sobreviver, os médicos achavam que ele ficaria com sequelas cerebrais.
Era outubro de 1987, quando o diagnóstico daquele rico executivo muçulmano era de um caso incurável de herpes-zoster. Segundo o médico que o atendeu, o pior que já tinha visto no Hospital Genal de Toronto, Canadá. Sua fortuna de mais de um milhão de dólares podia oferecer-lhe pouca esperança. Aos 34 anos, Nasir Siddiki jazia em seu leito de morte. Os médicos estavam prontos para preencher seu atestado de óbito na manhã seguinte.
Quase 24 anos depois, ele recorda que naquela noite, ele gritou pedindo ajuda a Maomé e a única resposta foi o silêncio. Desesperado, ele sentia como se estivesse se afogando. Sem saber a quem recorrer, gritou: “Deus, ajude-me!”.
Sendo muçulmano, Siddiki disse que não conhecia um Deus amoroso e que cura. Só conhecia Alá, a quem descreve como um “Deus distante e aterrador”.
Segundo testemunhou à revista Charisma, sua resposta não veio de Alá, mas de Jesus. “Uma luz entrou no quarto do hospital. Era como o contorno de uma pessoa. Eu não podia ver o rosto porque havia muita luz saindo dessa pessoa”, descreve Siddiki. ”Ele falava sem abrir a boca… e disse: ‘Eu sou o Deus dos cristãos. Eu sou o Deus de Abraão, Isaac e Jacó’. Sabia perfeitamente quem era. Quando percebi o que acontecia, estava acordado e as úlceras começaram a diminuir. Não havia explicação, pois na noite anterior os médicos haviam me deixado para morrer. Ainda não acharam uma explicação para o caso. Mas eu sei que o nome dele é Jesus”.
Os muçulmanos reconhecem Jesus como profeta, mas não como Filho de Deus. Depois de curado, saiu do hospital ainda confuso. Ele ainda precisava descobrir a verdade. Os médicos não entenderam o que aconteceu, mas não acreditavam nele. Siddiki foi liberado do hospital e logo ocorreu outro milagre.
“Lembro-me que na manhã seguinte era domingo eu acordei às 6 horas da manhã. Não sei dizer por que, mas quando liguei a televisão estava escrito na tela: “Jesus é o Filho de Deus?”. Coincidência? Eu penso que não. Sozinho na minha sala… em frente ao aparelho de TV, em lágrimas pedi a Jesus para ser o Senhor da minha vida. O fato de que Ele curou um muçulmano numa sexta-feira e o salvou no domingo mostra como é grande o Seu amor e sua misericórdia”, relata emocionado.
Siddiki comprou uma Bíblia e leu-a de capa a capa. Logo percebeu quem era o Jesus que cura. “Ele ama os muçulmanos e morreu pelos muçulmanos. Porque Deus amou o mundo e isso inclui todo mundo mesmo. Jesus morreu por todos”. Hoje ele segura uma foto mostrando o estado em que estava. Ainda possui pequenas cicatrizes daqueles ferimentos. Mesmo que a diferença mais significativa não seja física, é extremamente visível. Siddiki agora é um cristão.
Nascido no Paquistão, filho de mãe indiana e pai egípcio, que se orgulhava em ser descendente de um amigo íntimo do profeta Maomé, sua conversão lhe custou muito. Foi rejeitado pela família e amigos. Pouco tempo depois, Anita, sua esposa, também foi curada milagrosamente de esclerose múltipla. Juntos, eles têm ministrado cura a muitas pessoas.
Desde sua experiência tremenda em 1987, Siddiki passou a dedicar todo seu tempo ao Senhor. Hoje tem um ministério de ensino, usando televisão, rádio e faz campanhas, inclusive fora do seu país. Milhares de pessoas têm tomado uma decisão de seguir Jesus como resultado destas campanhas.
Ele entende que há esperança para todos os envolvidos no conflito entre israelenses e palestinos no Oriente Médio. Afirma que os soldados no campo de batalha estão sendo enganados e são cegos espiritualmente.
Assim como Deus o chamou para ser um obreiro, acredita que o Senhor ainda procura por mais trabalhadores. Ele encerra dizendo que ainda há muito para ser feito e a Igreja Ocidental não pode perder o foco. “As nações muçulmanas são a sua seara. Estas são pessoas que Jesus morreu”.
Traduzido e Adaptado por Gospel Prime de Charisma News

VIA GRITOS DE ALERTA.
INF. GOSPEL PRIME

Muçulmana vai ao céu e ao inferno e se converte após experiência

Gulya e Ashbak* eram um casal de muçulmanos russos com uma vida feliz. Eles ganharam um bom dinheiro trabalhando em um lava-carros e sonhavam ter filhos. Mas depois de um tempo Ashbak começou a beber e se tornou um homem muito ciumento. Certo dia aconteceu uma tragédia.
Ashbak chegou bêbado do trabalho e pediu dinheiro para comprar vodka. A esposa se recusou e o lembrou que eles precisavam poupar dinheiro. Contrariado, ele começou a gritar com Gulya e a acusou de traí-lo. Por isso, ele iria sair de casa e mudar-se para a capital. Gulya, o chefe e os colegas de Ashbak tentaram persuadi-lo a ficar. Isso só piorou as coisas. Ashbak disse: “Eles são os seus amantes e querem me fazer ficar para me envergonhar. Eu não vou ficar, você pode ir com eles.”
Depois de mais discussão, Ashbak puxou uma faca e esfaqueou a esposa várias vezes no estômago. ”Eu não podia me defender”, disse ela. ”Foi tão rápido, eu não sabia o que fazer”
Um amigo tentou desesperadamente encontrar um taxi para levá-la ao hospital. Os dois primeiros se recusaram quando viram Gulya coberta de sangue. O terceiro piloto concordou apenas quando o amigo do casal ameaçou chamar a polícia se ele não a levasse.
Quando chegaram ao hospital, Gulya acordou. ”Eu me lembro de ouvir Ashbak gritando no hospital, dizendo que ele tinha me esfaqueado e pedindo para alguém me ajudar”, lembra Gulya. ”Chorando, ele pediu que eu lhe perdoasse.”
Ela perdeu muito sangue e acabou desmaiando. Quando acordou, os médicos disseram que se Gulya tivesse chegado 10 minutos mais tarde, certamente teria morrido. Uma das facadas atingiu seu fígado. Ashbak foi preso e devia esperar seu julgamento atrás das grades.
Durante seus dias no hospital, Gulya sentiu que tinha perdido toda a esperança. Mas alguns missionários cristãos que trabalham na Rússia ouviram falar do incidente e visitaram Gulya. Eles deixaram um livro de presente para ela e também um cartão que dizia: “Deus não só quer curá-la apenas do lado de fora, mas também quer curá-la por dentro.” Esta mensagem simples reviveu a esperança de Gulya.
Quem eram essas pessoas? Perguntou-se Gulya. Ela ligou para o número de telefone deixado no bilhete. Na semana seguinte, os missionários voltaram para visita-la, eles conversaram mais e iniciaram uma amizade.
Pouco tempo depois, Gulya precisou passar por outra operação e, sem ela, os médicos acreditavam que ela não iria sobreviver.
Mas não adiantou muito. Sua saúde continuou se debilitando. Alguns dias depois ela acordou e percebeu que não conseguia sentir as mãos nem os pés.
Antes que pudesse chamar uma enfermeira, disse que sentiu como se alguém levantasse o seu corpo. “Eu não via quem me segurava, mas senti que era Deus. Rapidamente, comecei a subir rapidamente, as estrelas, o sol, a lua passaram como um relâmpago. Cheguei até o céu. Tudo era muito bonito. Ouvia uma voz falando comigo. Comecei a suplicar: ‘Senhor, eu não estou pronto para vir para Ti agora. Eu tenho um filho [de um casamento anterior] e pais idosos que precisam de mim. Não me leve, por favor. Eu não O conheço bem, Senhor. Ensina-me, para que eu possa viver somente para você.
A voz me disse: ‘Calma! Vou te dar uma chance de ser minha filha e viver. Mas antes de voltar, quero te mostrar o paraíso e o inferno. No céu, tudo é belo, todo mundo estava feliz. Eu realmente queria ficar ali. De repente, estávamos no inferno. Que horror! As pessoas em meio ao fogo eram horríveis. A atmosfera era insuportável. Sentia uma forte sede, como nunca havia sentido. “Dê-nos água, gritavam aquelas pessoas, mas não havia água para lhes dar. Para saciar a sede, eles colocavam pedras na boca, mas não matava a sede deles. Deus me disse: “Não há água aqui”. Quando dei por mim, começamos a voltar. Mais uma vez o sol, a lua e as estrelas passavam numa velocidade incrível. Voltei ao meu corpo e sentia minhas mãos e pés outra vez”.
Gulya tirou os equipamentos médicos da boca e pediu água para os enfermeiros. Eles vieram correndo e ordenaram que ela não removesse os aparelhos.
“Estou curada”, disse ela. Os médicos não acreditavam no que viam. Todos os testes que fizeram em Gulya mostravam que seu fígado estava curado.
Depois de voltar para casa, chamou os missionários e pediu que morassem com sua família por um tempo. Eles aceitaram de bom grado e passaram a estudar a Bíblia com ela todos os dias. Gulya queria ouvir mais sobre Deus e entregou seu coração a Jesus. Naquela mesma noite, sonhou que distribuía o Novo Testamento para as pessoas que conhecia.
* Nomes modificados por questões de segurança.
Traduzido e Adaptado por Gospel Prime de Charisma News


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/muculmana-vai-ao-ceu-e-ao-inferno-e-se-converte-apos-experiencia/#ixzz1ozMYQQkH