sexta-feira, 11 de março de 2016

LULA , O GRANDE ENGODO DO BRASIL .

LULA , um nome mundialmente conhecido , outrora por se mostrar favorável a politicas de ajuda a quem mais precisava  , mas agora com as mascaras caindo notamos que não é bem assim.
Diante de tamanha indignação , a cada dia que passa, ficamos mais estarrecidos com novos acontecimentos que nos levam a ver, e perguntar .
Como é que pode , um ser humano chegar ao ponto que esse safado chegou ?  A resposta é , por ganancia e desejo do poder.
Com esse sentimento dos infernos ,  esse sem vergonha loteou  todo o BRASIL , acabou com muitas vidas por causa da corrupção que ele manteve , em relação aos bandidos que ele colocou como ministros , cargos de confiança etc .

Vidas que morreram por falta de remédios , por causa da violência etc .

Hoje nos vemos diante de uma situação insustentável , onde empresa falem a cada dia , a bandidagem aumenta , o desemprego alcança níveis insustentáveis etc .

Agora pergunto .

Como pode , esse ser humano despresivel , ainda ter pessoas que votem nele ?:

Como pode , nossa justiça , diante de tantas provas , permitir que fique imune ?

Como pode , ter cristãos que ainda compactuam com esse sujeito cara deslavada ?


Diante de tudo isso , só me resta chamar  a  todos homens  e mulheres do bem desta amada nação , PARA JUNTOS ESTARMOS NAS RUAS NO DIA 13/03/2016 PARA PEDIRMOS UM BASTA A TUDO ISSO , E  ASSIM LEVARMOS NOSSOS BRASIL E  O FUTURO DE NOSSAS CRIANÇAS A UM PATAMAR SEGURO , ONDE ESSES BANDIDOS POLÍTICOS ESTEJAM ENJAULADOS , E NOSSOS FILHOS E NETOS  PODENDO SONHAR NOVAMENTE .


Chega de ser  cordeiros , precisamos arregaçar as mangas de nossas camisas e partirmos em favor do BRASIL .




indignado .

Roberto Torrecilhas

“CAIU” Ordem de prisão a ‘LULA’ pegou o STF de surpresa, e ligou o sinal amarelo no Brasil.


Expedir mandado de prisão contra o ex-presidente do Brasil, correndo-se o risco de, caso não o respeite, o atrase ou o retarde de forma dolosa ou intencional, de se criar um conflito diplomático, com interferência inclusive dos Tribunais Criminais Internacionais (O Tribunal de Haia). Embora , que, o STF, pudesse agir de modo diferente, ou seja, ao invés de requerer informações complementares, expedir mandado de prisão temporária, enquanto colhe estas informações que pediu (Aqui o STF pode justificar que: o mandado de prisão temporário é expedido quando se correr o risco de se ocultarem ou se destruírem provas, por parte do agente criminoso, neste caso em específico, estas provas podem estar aqui no nosso país ou em território português). Porém, nada impede de o MPF (que legalmente é obrigado a acompanhar este processo criminal), reforce este pedido, e o reitere, exigindo-o e fazendo-o cumprir, imediatamente. O ponto positivo: De qualquer forma, esta ordem de prisão só pode ser revogada pela Corte Lusitana. A brasileira não tem poderes para isso, porque a ordem vem da Corte Portuguesa, a Corte brasileira tem o dever de apenas cumpri-la, e muito menos questioná-la, nada mais. 4. A notícia muito bem-vinda, é que vinculou definitivamente o ‘mor’ aos crimes internacionais, cuja impunidade é mais difícil de escapar. Assim, agora tudo é questão de tempo, por mais que os nossos tribunais e órgãos aparelhados queiram impedir”

O VÍDEO QUE ESTÁ ENTERRANDO A CARREIRA DE LULA NA POLÍTICA BRASILEIRA


..era tudo mentira mas, a gente ia inventado números, disse LULA no vídeo que está acabando com sua cerreira política no Brasil e no mundo.. Assista


Ai sim, ‘Petralhas’ na cadeia – Homem que queimou bandeira do Brasil ficará preso em Brasília


Bandeira Vermelha? Jamais… O homem de 38 anos que nesta quarta-feira (13) escalou o mastro e queimou um pedaço da bandeira nacional na Praça dos Três Poderes, próximo ao Congresso Nacional, em Brasília, será encaminhado nesta quinta (14) para o Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.
Segundo a Polícia Federal, ele ficará à disposição da Justiça e deverá responder por crime contra o patrimônio público. Se condenado, poderá pegar de seis meses a três anos de prisão. Ele escalou os 100 metros do monumento e, ao chegar ao topo, queimou parte da bandeira de 286 metros quadrados.
A Polícia Federal informou que o homem é de São Paulo, mas não divulgou o nome dele. Quando estava no monumento, ele atirou um papel para os jornalistas com um número de celular. Ao ser contatado, disse que se chamava Paulo Sérgio Ferreira.
Em depoimento prestado na Superintendência da Polícia Federal em Brasília nesta tarde, o homem teria afirmado que trabalhava como metalúrgico, mas não informou desde quando estava em Brasília, segundo a assessoria da PF.
No depoimento, segundo a assessoria da PF, o homem afirmou que queimou a bandeira em um “ato para chamar a atenção para as questões raciais no Brasil”.
Junto com o homem, foi apreendida uma sacola com um litro de combustível, cordas, fósforos e alimentos, segundo a Polícia Militar, que também participou da operação de resgate.
Aos jornalistas, pelo celular, ele afirmou que se sentia “perseguido” e acusou o Brasil de ser “uma pátria assassina de negros.”

STF já publicou acórdão e Dilma se complica, impeachment foi aceito


Dias de Dilma contado …. O Supremo Tribunal Federal (STF) publicou no Diário da Justiça desta segunda-feira (7) o acórdão da ação que definiu o rito do impeachment no Congresso. O ato abre caminho para os ministros decidirem se vão aceitar ou não o recurso apresentado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Apesar de a oposição ter pressa para instalar a comissão que vai analisar o assunto na Casa, Cunha já deixou claro que não irá dar andamento ao pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff enquanto os embargos não forem julgados.
O recurso apresentado pelo presidente da Câmara questiona três pontos da decisão tomada pelos ministros em plenário: os vetos à chapa alternativa e ao voto secreto para eleição da comissão especial e, por último, a decisão de dar ao Senado poder para rejeitar o processo de impeachment.
Por terem sido apresentados antes da publicação do acórdão, os embargos de Cunha correm o risco de não serem analisados pelo Supremo.
A Procuradoria-Geral da União, a Presidência e a Advocacia-Geral da União já se manifestaram nesse sentido, por considerarem que os recursos do peemedebista foram “intempestivos”. A publicação do texto, porém, abre o prazo para que novos recursos

LULA , O PAI DA MENTIRA , O DIABO DISFARÇADO DE CORDEIRO .

O homem mais mentiroso do mundo, ‘segundo google’, LULA, usa em seus discursos que “ELE” pagou toda dívida de nosso país.
(O pai da mentira é o diabo)
A dívida pública federal cresceu 21,7% em 2015, informou nesta segunda-feira o Tesouro Nacional. O endividamento do governo federal encerrou o ano passado em 2,79 trilhões de reais, maior volume da série histórica, iniciada em 2004. O acréscimo em relação a 2014, de 498 bilhões de reais, também é recorde. Inicialmente, o Tesouro informou que o aumento havia sido de 555,9 bilhões e a variação, de 24,8%. Esse número foi posteriormente corrigido.
O principal fator para a elevação da dívida foram as emissões maiores que os resgates. No ano passado, o Tesouro Nacional emitiu 856 bilhões de reais em títulos públicos e resgatou 704 bilhões de reais, o que resulta em uma diferença de 152 bilhões de reais. O restante da variação deve-se à apropriação de juros, que representa o reconhecimento dos juros devidos pelo governo aos investidores, que são incorporados gradualmente ao total do endividamento público.
A despeito da alta, a dívida pública federal ficou dentro do limite estabelecido pela equipe econômica para 2015, que era de 2,8 trilhões de reais. Segundo o Tesouro, o governo fez emissões superiores à necessidade de financiamento para enxugar o excesso de dinheiro em circulação na economia e ajudar no combate à inflação. O governo também ampliou o colchão da dívida para níveis próximos a seis meses do vencimento, contra quatro meses registrados até 2014.
O colchão da dívida representa o estoque de títulos que o governo reserva para honrar o vencimento dos títulos em caso de turbulências no mercado. No ano passado, parte do colchão da dívida foi usada para quitar passivos do governo com bancos públicos e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e cumprir recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU).
(via agência)

“Não chame meninas de princesas”, diz campanha da Avon

Uma campanha da Avon tem gerado polêmica nas redes sociais por pedir aos pais que não chamem suas filhas de “princesas”, dizendo que o elo...