quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Ódio islâmico aos cristãos protagoniza mais um ato repulsivo, agora no Paquistão


CRIANÇAS CRISTÃS PAQUISTANESAS SÃO VENDIDAS PARA RICOS MUÇULMANOS ATÉ COMO ESCRAVAS SEXUAIS

Mãe e irmã da menina Shazia, 12, choram a violenta e desumana morte de sua filha.
Sexta-feira, uma cristã paquistanesa de apenas 12 anos morreu, como resultado de tanta violência física impetrada por seu empregador, um rico advogado islâmico em Lahore. O caso levou a vários protestos da comunidade cristã, que protestou em frente à Assembleia Regional de Punjab em Lahore. Até o próprio presidente paquistanês Zardari prometeu compensar a família.
Uma ONG protestante, Sharing Life Ministry Life (SLML), informou o caso que Shazia Bashir, 12 anos, estava empregada pelos últimos oito meses como empregada doméstica na residência de Chaudhry Muhammad Naeem, um advogado e ex-presidente da Associação dos Bares de Lahore. Cristãos locais disseram que, neste tempo, a garota foi vítima de constantes assédios, e que ela foi estuprada e torturada antes de ser morta. O coordenador chefe da SLML, Sohail Johnson, disse que a garota não recebia sequer o salário combinado (de apenas cerca de US$12). O ativista cristão disse que a garota era insultada sempre que cobrava o pagamento.

Três dias antes de sua morte, seu empregador a torturou. Depois, ele tentou tratá-la em sua casa sem informar à sua família sobre o seu real estado de saúde. Por fim, o tratamento que seu empregador deu não deu certo e ela teve que ir ao Hospital Meo, em Lahore. "Não foi permitido que os pais de Shazia a vissem. Eles não sabiam o que estava se passando", disse Razia Bibi, a tia de 44 anos da jovem morta. Então, na sexta-feira, Shazia morreu.

Sohail Johnson ainda disse que seu corpo mostrava sinais de tortura com pelo menos 12 marcas de ferimentos. "Shazia entrou no hospital com a mandíbula quebrada", acrescenta Johnson. Inicialmente, a família de Chaudhry Muhammad Naeem tentou subornar a família de Shazia com cerca de US$250, a fim de que a família de Shazia não o denunciasse. Eles fugiram, mas foram presos ontem, sob pressão do governo federal.

Sohail Johnson mostrou outro caso bastante triste: 99% das garotas cristãs de famílias pobres são contratadas por ricos muçulmanos, e muitas vezes são abusadas fisicamente, psicologicamente e sexualmente. "Em alguns casos, seus empregadores as casam com funcionários muçulmanos, e as convertem ao Islão pela força". "Estas garotas cristãs vulneráveis não tem qualquer proteção do Estado. Nós pedimos ao governo que assegure a proteção destas garotas desfavorecidas", o coordenador da SLML disse.

Funeral da menina Shazia.

O presidente do Paquistão Asif Ali Zardari prometeu uma compensação de cerca de US$ 6.000 para a família da garota e urgiu que o governo de Punjab oferecesse ajuda financeira também. O dinheiro cobrirá o funeral de Shazia Bashir, que já deve ter acontecido hoje, em Lahore.

Fontes: Mídia sem Máscara, British Pakistani Christian


NOTA: E se fosse o contrário? Acho que os atentados à bomba e protestos eclodiriam e reverberariam pelo planeta como fogo em palha! Esses são os mártires silenciosos - não os propagadores do caos que, de maneira contrária, além de impingirem dor e sofrimento aos seus, o fazem com muitos outros que sequer conhecem e a quem acusam, sob uma óbvia (para muitos, não para os mesmos!) retórica mista de medo e ódio, repulsiva em todos os aspectos, mas popular àqueles que insistem em não querer ver o se lhes está patente! Oremos pelos muitos cristãos que sofrem em terras majoritariamente muçulmanas, cujos líderes ainda tem o cinismo doentio de insistir que "são o povo perseguido e sacrificado". Prisão para todos os hediondos pedófilos islâmicos que aproveitam da conivência estatal de muitos países islâmicos para cometerem atos nefastos como o que matou a menina Shazia Bashir.

Em Cristo Jesus,
Pr. Artur Eduardo

Leis de blasfêmia continuam sem alterações


   
 
Foto de 20 de novembro de 2010: Salman Taseer, à direita, governador da província paquistanesa do Punjab, escuta cristã paquistanesa Asia Bibi, à esquerda, em uma prisão em Sheikhupura perto de Lahore, Paquistão [Foto: AP imagens]  
O primeiro ministro do Paquistão Yousuf Raza Gilani, anunciou em uma conferência em 18 de janeiro que o governo paquistanês não tem planos para alterar a controversa "lei de blasfêmia", mas alertou também que "não eram a favor da utilização indevida da lei.”

Após este anúncio, houve um violento ataque a duas cristãs, uma mãe e sua filha, que foram falsamente acusadas por um parente muçulmano de insultar Maomé em uma discussão familiar em Lahore. As duas foram espancadas até ficarem inconscientes.

A declaração do primeiro ministro também veio frente ao assassinato de Salman Taseer, governador da província paquistanesa de Punjab e um alto membro do partido no poder. O governador Taseer era muçulmano ese opunha à "lei da blasfêmia" do país. Ele fez uma campanha para a libertação de Asia Bibi, a primeira cristã condenada à morte por esta lei, em novembro de 2010.

Taseer foi baleado por um de seus guarda-costas em 04 de janeiro. Malik Mumtaz Qadri Hussain, membro da Força de Elite, abriu fogo contra o governador de 66 anos de perto. O atirador foi imediatamente preso e acusado de terrorismo, assassinato e violência.
Diante dos repórteres, Hussain declarou: "Salman Taseer é um blasfêmio e esta é a punição merecida."

Amigos do governador dizem que ele sabia do risco que corria por suas declarações, mas ele se recusou a ficar em silêncio.

Pedidos de oração


  • Ore pela família e amigos do governador Taseer que estão em luto. Ore para que sua morte não tenha sido em vão.
  • Ore para que apesar da declaração do primeiro ministro, o governo ouça aqueles que estão corajosamente exigindo a abolição da lei de blasfêmia no país.
  • Ore por Asia Bibi e pelos acusados pela lei da blasfêmia. Ore pela cura da mãe e filha que foram espancadas em Lahore, para que a mão do Senhor esteja sobre elas e as cure.

Tradução: Carla Priscilla Silva
 

Rafael Ilha prepara filme sobre seu passado com drogas e sobre sua recuperação

Rio - Se a vida de Rafael Ilha fosse um filme, seria daqueles que provocam revolta no público a ponto de alguém dizer: Isso nunca aconteceria!. Sua história vai do auge da fama com o grupo Polegar ao fundo do poço quando tentou suicídio, levado pelo vício das drogas, até a recuperação e o retorno à mídia. É esse roteiro de altos e baixos que Rafael decidiu colocar num livro e no longa-metragem, Rafael, Um Anjo no Inferno.
Sua trajetória começou quando estreou no meio artístico aos 9 anos, fazendo comerciais. Aos 12, entrou para o grupo Polegar, boy band brasileira montada por Gugu Liberato, que pegava carona no sucesso dos porto-riquenhos do Menudo. No auge da fama, aos 17, Rafael namorou a atriz Cristiana Oliveira, nove anos mais velha e a beldade mais em alta da TV na época, como a Juma da novela Pantanal, da extinta TV Manchete.

Mas apesar do sucesso, o vício já o corroía. Ele usava drogas desde os 12, começou cheirando cola e benzina e logo depois veio a cocaína. Aos 15, já havia sido internado. Aos 17, foi afastado do Polegar e viu o namoro de quase um ano terminar. Aos 25, viciado em crack e vivendo debaixo de um viaduto em São Paulo, foi preso ao assaltar uma mulher para comprar drogas. Foram muitas as internações: ficou famoso o episódio em 2000, quando, internado e em crise de abstinência, engoliu pilhas.
Em 2008, outra polêmica: dono de uma clínica de reabilitação, ele foi preso, acusado de tentar internar uma mulher à força. No ano seguinte, tentou se matar cortando a garganta com um caco de vidro. O filme, acredita Rafael, é uma esperança para quem vive problemas com as drogas. Não só quem usa, mas os pais dessas pessoas também, diz.
Prestes a completar 38 anos, em março, ele atualmente é repórter do A Tarde É Sua, da Rede TV, apresentado por Sônia Abrão. Rafael trabalha na produtora dela, a Câmera 5, desde o início de 2010, quando saiu de sua última internação, depois de tentar o suicídio. A Sônia foi me visitar na clínica com os dois irmãos, Elias, diretor do programa, e Margareth. Numa dessas visitas, fizeram a proposta para que, quando eu saísse, trabalhasse na produtora, lembra.
Os projetos que contam a vida dele também estão ligados aos irmãos Abrão: Sônia vai escrever a biografia, a ideia do filme foi de Margareth, que colheu os depoimentos de Rafael num gravador, e a produção será de Elias. Gostaria muito que o Daniel de Oliveira me interpretasse, ele é um ótimo ator, sonha.
Rafael jura que não usa drogas desde 2000 e não bebe. Só o cigarro não consegui largar, lamenta. Com um filho de sete anos de um casamento anterior, Cauã, Rafael está noivo de Juliana, de 27 anos, sobrinha de seu psiquiatra, Aloisio Priuli. Vamos morar juntos em maio e nos casar ano que vem, planeja.
Depois de escapar por pouco de um fim trágico, ele arrisca um conselho para quem está no meio artístico. Saber que é um mundo de ilusão: do mesmo jeito que você está em cima agora, depois pode estar embaixo. É um mundo muito frágil, sólido para poucos artistas, diz. Vi que o Fiuk acabou com a banda. Ele começou com uma banda, depois teve oportunidade na Globo, enchem a bola, e você começa a achar que não precisa de ninguém... Esquece que são poucos os que duram no mercado, diz.

Autor: Vinculado ao odia.terra.com.br

Notícias » Brasil » Brasil Ex-árbitro Godói é baleado em assalto em SP; estado é grave

O ex-árbitro Oscar Roberto Godói foi baleado nesta quarta-feira em São Paulo em uma suposta tentativa de assalto no bairro de Perdizes, zona oeste da capital, por volta das 22h. Ele levou três tiros - um de raspão embaixo do braço, um à queima-roupa no peito e outro no pescoço -, e foi encaminhado, segundo os Bombeiros, em estado grave ao Hospital das Clínicas.
Godói estava chegando para um jantar com o ex-atacante Luizão, Valdir Joaquim de Moraes, ex-goleiro e atual membro da comissão técnica do Palmeiras, e um empresário do futebol conhecido como Todé - todos já se encontravam no apartamento. No caminho do carro para o prédio, o ex-árbitro foi baleado.
De acordo com a polícia, Godói reagiu quando os bandidos tentaram roubar seu veículo, na altura do nº 531 da rua Diana, e estava deitado na via quando foi avistado por oficiais em uma viatura da Polícia Militar (PM). Chovia muito no momento e nenhum suspeito foi detido.
O ex-árbitro chegou ao hospital consciente, e será submetido a exames para avaliar a necessidade de passar por cirurgia. Segundo o Hospital, Godói está internado e não se encontra na UTI.
Pessoas ligadas ao futebol, como o atacante Viola (atualmente sem clube) e o ex-superintendente do São Paulo Marco Aurélio Cunha, que também é médico, foram alguns dos que passaram no local para obter notícias do amigo.
Com informações da Gazeta Esportiva.

Atitudes que Motivam


Depois de saudar os cristãos romanos (Rm 1:1-7) e apresentar suas credenciais apostólicas, Paulo expressa sua intensa preocupação e seu nobre desejo de vê-los (Rm 1:8-15). Por trás da fala do apóstolo, se escondem atitudes nobres. Estas palavras dele, à igreja romana, estão recheadas de ações. Não são meras palavras. É o testemunho de uma vida de dedicação a Deus. Atitudes de um verdadeiro cristão. Atitudes que motivam! Mas, que atitudes são essas?
1. UMA MOSTRA DE GRATIDÃO QUE MOTIVA. Geralmente, ao iniciar suas cartas, Paulo começa agradecendo a Deus pela vida dos seus leitores. Aqui em Romanos não foi diferente: Em primeiro lugar, dou graças ao meu Deus… por todos vós (v. 8). O apóstolo Paulo era um homem que vivia sempre de bem com o Senhor. Mesmo diante das afrontas e dos dissabores da vida, ele dava graças a Deus por tudo! Sua vida de gratidão motiva-nos, com toda certeza! Você consegue agradecer a Deus pela vida do seu irmão em Cristo? Pelos seus companheiros de faculdade? Trabalho? Familiares? Faça isso. Essa é a vontade de Deus para nós.
2. UMA VIDA DE ORAÇÃO QUE MOTIVA. Em todo o ministério do apóstolo Paulo, oração e pregação, sempre andaram juntas, de mãos dadas. O próprio Deus era testemunha disso (v. 9). Ele revela para os cristãos romanos que, pedia constantemente em suas orações em favor deles (v. 10). Paulo tinha uma vida de oração. Quanto tempo você tem orado atualmente pelos seus irmãos de fé espalhados pela sua cidade, estado ou país? Quanto tempo você passa diante de Deus em oração? Inspire-se no exemplo desse servo de Deus que orava constantemente!
3. UMA VIRTUDE CRISTÃ QUE MOTIVA. Paulo quer ver os crentes de Roma e diz por quê: Quero muito vê-los, para que assim possa repartir com vocês a fé que ajudará a igreja de vocês a crescer forte no Senhor (v. 11, BV). Entretanto, ele não para por ai: Depois, também, eu preciso da ajuda de vocês (V. 12, BV). Paulo queria tanto ajudar como ser ajudado. Ele não era um missionário orgulhoso. Ele sabia que precisava da igreja romana também. Entendia as bênçãos advindas da comunhão. E quanto a nós? Felizes nós seremos se conseguirmos ter essa mentalidade, que só os humildes têm: entender que precisamos uns dos outros!
4. UMA CONSTANTE INSISTÊNCIA QUE MOTIVA. Paulo não desistia fácil do que queria. Ele desejava ir a Roma e a muito insistia para que esse seu plano fosse realizado. Veja o que ele disse: E, irmãos,não quero que ignoreis que muitas vezes planejei visitar-vos (mas até agora tenho sido impedido)… (v. 13). Mesmo desejando e sendo impedido, ele já havia dito: desejo muito ver-vos (v. 11). Ele não havia desistido! Paulo era insistente. A insistência é uma virtude. Ser insistente na vida cristã é ordem do próprio Jesus: Pedi, e vos será dado; buscai e achareis; batei, e a porta vos será aberta (Mt 7:7). A idéia deste texto é que devemos insistir sempre.
5. UMA CONSCIÊNCIA MADURA QUE MOTIVA. Paulo era um homem maduro. Sua mentalidade evidenciava isso: Sou devedor tanto a gregos quanto a bárbaros, tanto a sábios quanto a ignorantes (v. 14). Aquele que recebe a Cristo como Senhor, recebe a cura para a doença do pecado; é restaurado, transformado; começa a desfrutar da vida eterna e a receberá um dia de forma plena. Tudo isso por pura graça! Como não se sentir devedor? Todo o salvo tem o dever solene de compartilhar aquilo que recebeu. Você também, a exemplo de Paulo, se considera um devedor? Motive-se com o exemplo do apóstolo. “Somos todos devedores!”.
6. UMA PRONTIDÃO VOLUNTÁRIA QUE MOTIVA. Diante desta dívida de Paulo, comentada acima, observe o que ele diz no versículo seguinte: De modo que, no que depender de mim, estou pronto a anunciar o evangelho… (v. 15). A idéia da expressão “estou pronto” é de “prontidão voluntária”. Paulo é devedor e voluntariamente se dispõe a pagar a sua dívida. Ninguém precisa obrigá-lo a isso! Qual foi a última vez que você teve coragem de falar sobre Jesus para os seus amigos? Qual foi a última vez que você teve coragem de falar do evangelho para seus pais? Para sua namorada? Para os seus subordinados? Seja sempre pronto!
Existem lugares que nos atraem. Existem frases que nos inspiram. Existem louvores que nos alegram. Existem filmes que nos ensinam. Existem pregações que nos alimentam. Existem pessoas que nos fazem bem. Existem atitudes que nos motivam… Estas últimas, acabamos de considerar. Inspire-se nelas. Imite-as, afinal, são atitudes de um servo de Deus experiente; ele mesmo disse: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (I Co 11:1). Que assim seja!

Eleilton William de Souza Freitas

Bola de Neve organiza Hawaii Mission Trip 2011



A Bola de Neve Church organiza a Hawaii Mission Trip 2011 de 13 à 26 de fevereiro. A viagem pode ser paga em até 10 vezes. No pacote estão inclusos tour de compras, tour noturno em Waikiki, tour nas praias de North Shore, surfe, lual com comunidade Brasileira e Havaiana, visita à Igrejas no Hawaii e Torre de Oração (Prayer Tower) em Honolulu e muito mais!

As vagas são limitadas e para fechar sua viagem é necessário enviar e-mail para o Pastor Felipe Parente da Bola de Neve Sede: pr.felipeparente@boladeneve.com

O PACOTE INCLUI

- Passagem aérea em classe econômica, voando Delta com conexão em Atlanta/EUA (GRU/HNL/GRU);
- 10 noites de hospedagem no "Camp Mokuleia" com café da manhã;
- Transfer In e Out em ônibus;
- Transporte durante o período em vans;
- Tour de compras em Waikiki no Outlet Premium e Best Buy;
- Tour noturno em Waikiki;
- Tour nas praias de North Shore (Haleiwa, Waimea, Pipeline, Sunset Beach);
- Tours específicos para quem surfa;
- Luau com a participação da Comunidade Brasileira e Havaiana;
- Visitas à igrejas no Hawaii;
- Visita à Torre de Oração (Prayer Tower) em Honolulu.

FORMA DE PAGAMENTO


10 vezes sem juros no cheque:

Entrada 25% (U$ 805) taxa de embarque (U$ 105) e saldo em 9X (U$ 268,33 cada).
Valor total sem juros: U$ 3220,00 (dólares).

OBSERVAÇÕES


- As despesas com documentação e visto são responsabilidades do passageiro.
- Valores expressos em dólares americanos para um grupo de no mínimo 35 passageiros.
- Preços por pessoa com acomodação no Camp Mokuleia - Mokuleia Beach - Oahu - Hawaii.

Seminário de Cura e Libertação convoca pais



O ministério de Cura e Libertação em parceria com o Ministério Infantil convida todos os pais e líderes interessados a participar do Seminário "Pais em Ação: Atingindo lugares altos com meus filhos".

O evento acontece de 11 à 13 de Março na Bola de Neve Sede na Rua Turiassú, 734 em Perdizes. Para participar basta fazer a inscrição no cantão ou na secretaria da igreja. O valor é 25 reais com apostila inclusa.

O seminário realizado pelo ministério Ágape Reconciliação tem como objetivo despertar e capacitar a igreja, mostrando para os pais que aqueles que crêem em Jesus tem autoridade sob todo o poder das trevas, inclusive sobre a vida dos seus filhos.

Apesar disso muitos estão vivendo com perturbações e opressões pois os maiores ataques do inimigo estão direcionados às crianças, o presente e o futuro da igreja.

Que os pais reconquistem em seus filhos o desejo de ter experiências com Deus, e não somente desfrutar das conquistas de seus pais com Deus.

Romanos 12:2 - "e não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente para que experimenteis qual seja boa, agradável e perfeita vontade de Deus".


Veja abaixo a agenda do evento:

11 de março (sexta-feira)
19h30
Não trazer crianças!

12 de março (sábado)
8h, 14h e 19h30
Não trazer crianças!

13 de março (domingo)
Somente crianças selecionadas pelo Ministério Ágape.

Seminário "Pais em Ação: Atingindo lugares altos com meus filhos" na Bola de Neve Sede
Endereço:
Rua Turiassú, 734 - Perdizes (antigo templo)
Data: 11 à 13 de março
Inscrições: R$ 25 no cantão ou secretaria
Informações: (11) 3672-6010 ou info@boladeneve.com

Banda Paramore faz show em Belo Horizonte nesta quinta-feira

Pela segunda vez no Brasil, a banda americana Paramore desembarca em Belo Horizonte para divulgar o último trabalho, Brand New Eyes. O show acontece amanhã (17/02) no Chevrolet Hall.
Hayley William, vocalista da Paramore fala sobre sua relação com o cristianismo e como viver o Evangelho em meio às turnês.

Conhecidos mundialmente entre jovens e adolescentes, ganhadores de diversos  prêmios, os integrantes da banda mostram, nesta entrevista realizada em uma igreja evangélica nos EUA, sua relação com o cristianismo, assista:
 

Hayley Williams, a jovem vocalista de cabelos vermelhos, é influente referência entre jovens e adolescentes no mundo, frequentemente toca em igrejas americanas e diz em entrevistas ser evangélica batizada. Em seu perfil na rede social Live Journal, a vocalista da banda afirma acreditar em Deus, amar e respeitá-lo.

A seguir você lê trechos de textos escritos por Hayley:
Eu me sinto envergonhada por dizer aquilo, embora eu acredite em Jesus Cristo e entitulo ele como meu Deus, quando eu escrevi aquelas palavras eu não estava me referindo a ele. Eu estava dizendo seu nome por acaso, em vão, as cegas. Se você sabe tanto assim sobre o Cristianismo (na qual eu não estou me lisonjeando por ser Cristã), você provavelmente sabe que um dos mandamentos é ‘Não tomará o nome do seu senhor Deus em vão‘... o que me leva a dizer, ...porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão... Como alguém que crê em Deus, a ultima parte me mata de medo. Eu não quero ser a responsável por fazer tantas pessoas usarem seu nome em vão. Você não precisa acreditar no que eu acredito e ninguém do Paramore vai algum dia forçar alguém a crer em nossa fé... crendo ou não em Deus, eu devo ter feito alguns de vocês acreditar que eu peguei leve com Ele, mas não foi assim. Hayley
Vídeo da canção Halleluja da Paramore:

Vídeos: Youtube
Fonte: Site HayleyWilliam/ Gospelminas

Música gospel perde 2 representantes



Catarinense Yara Cristina e Edvaldo Novais, um dos fundadores do grupo Altos Louvores
Nos últimos 10 dias a música gospel perdeu dois importantes representantes. A catarinense Yara Cristina e Edvaldo Novais, um dos fundadores do grupo Altos Louvores.

Yara Cristina morreu em um acidente na noite de 03 de fevereiro, no km 440 da BR 369, em Ubiratã (PR). No carro estavam cinco pessoas entre elas a cantora, seu marido Samuel Cardoso Lima, Luana Cássia da Costa, Luzia Lourdes Pereira e Cleci Cardoso da Silva.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o motorista teria perdido o controle da direção e ao sair da pista acabou batendo contra uma árvore.

Samuel Cardoso e Luana Cássia da Costa tiveram apenas ferimentos leves. Já Yara Cristina, Luzia Lourdes e Cleci Cardoso da Silva não resistiram aos graves ferimentos e morreram no local.

O cantor e compositor Edvaldo Novais morreu no último dia 12 de fevereiro, mas a causa da morte ainda não foi divulgada. Pelo twitter a cantora Fabiane Marinho, amiga da família e ex-integrante do grupo disse que “Ele descobriu a cerca de 5 meses um câncer muito raro e agressivo e o Senhor o colheu...”

No final do ano passado Edvaldo Novais esteve na redação da CPAD e concedeu uma entrevista. Ele falou sobre os 25 anos de carreira e sobre o lançamento do DVD com a participação de antigos integrantes da banda.

Nos próximos dias divulgaremos a entrevista na íntegra.


Fonte: Guia-me / Redação CPAD News

 

Igrejas ofertam até R$ 20 milhões por madrugada na TV de Silvio Santos

Oferta por horário no SBT Oferta por horário no SBT


A venda do banco Pan Americano por Silvio Santos atiçou ainda mais o apetite de igrejas pentecostais interessadas em comprar horários na grade de programação do SBT.

Isso porque, além do banco, Silvio Santos perdeu com ele o anunciante. Cientes disso, dirigentes das igrejas Internacional da Graça (R.R.Soares) e Mundial do Poder de Deus (Valdemiro Santiago) voltaram a fazer propostas à direção do SBT, para adquirir a madrugada toda do SBT ou parte dela.

Segundo Ooops! apurou, a Igreja Mundial do Poder de Deus teria subido sua oferta inicial de R$ 15 milhões para quase R$ 18 milhões mensais. Isso lhe daria a grade do SBT da 1h às 6h de segunda a domingo. A igreja do missionário R.R.Soares também teria feito oferta semelhante.

Até a Universal de Edir Macedo teria entrado no páreo — no entanto, é a igreja que teria menos simpatia no SBT.

Procurada, a assessoria de imprensa do SBT não confirmou a negociação com os religiosos.


Fonte: Notícias UOL Ooops!

Renúncia de Mubarak é boa para os Cristãos, diz expert


Renúncia de Mubarak
 é boa para os Cristãos, diz expert A renúncia de presidente egípcio, Hosni Mubarak sexta-feira é boa para os cristãos coptas do país, segundo um especialista da liberdade religiosa.

O Vice-Presidente egípcio Omar Suleiman leu uma breve declaração sexta-feira dizendo que Mubarak tinha "decidido deixar seu cargo como presidente" e entregar o controle ao poderoso Conselho Supremo das Forças Armadas Egipcio.

Mubarak teria deixado o Cairo para sua casa em Sharm el-Sheik, de acordo com o New York Times.

"Eu acho que a renúncia de Mubarak é uma coisa boa para os cristãos coptas e outros egípcios. Se ele não tivesse renunciado, teriamos provavelmente motins e violência e uma descida ao caos", disse Paul Marshall, membro sênior do Centro do Instituto Hudson para a Liberdade Religiosa, em Washington, DC, ao The Christian Post.

Ele acrescentou: "A questão fundamental é o que vem a seguir. Podem e irão as Forças Armadas e Suleiman fazer reformas reais que satisfaçam essas demonstrando pela liberdade e preservem a estabilidade?"

Marshall tem escrito vários livros sobre o Oriente Médio, Islamismo, e liberdade religiosa, incluindo: "Egypt's Endangered Christians, Radical Islam's rules: The Worldwide Spread of Extreme Sharia Law e Religious Freedon in the World.

Os cristãos coptas, que compõem oito a 12 por cento da população do Egito, protestaram junto com os muçulmanos durante as manifestações anti-governamentais. A BBC informou que os cristãos e os cidadãos muçulmanos uniram-se sob a identidade comum dos egípcios, para protestar contra seu governo.

"Estamos todos juntos nessa. Muçulmanos e cristãos", disse um manifestante não-identificado à correspondente da BBC Anne Alexander.

Mas, poucas semanas antes, a tensão foi elevada entre as comunidades cristã e muçulmana no Egito, depois que extremistas bombardearam uma igreja copta em Alexandria, matando 21 pessoas, na véspera do Ano Novo. Foi o pior ataque contra a comunidade copta.

Ativistas pela liberdade religiosa esperam que a união inter-religiosa vista durante as manifestações vão continuar mesmo depois da renúncia de Mubarak.

Dos 18 dias de protestos pró-democracia, sexta-feira marcou a maior manifestação com centenas de milhares de egípcios reunindo-se na Praça Tahrir no centro do Cairo, para exigir que Mubarak renunciasse. Ele havia aparecido discursando na quinta feira e disse que se manteria no poder.

A multidão explodiu em alegria quando soube que o regime autoritário de Mubarak, que governou o Egito com mão de ferro durante 30 anos, tinha finalmente chegado ao fim.

"O povo derrubou o presidente", cantava a multidão de dezenas de milhares de pessoas no palácio presidencial, no Cairo, segundo a Associated Press.

O manifestante no Palácio Presidencial Safwan Abo Stat, 60, disse: "Finalmente estamos livres."

"De agora em quem vai governar saberá que essas pessoas são grandes."

Enquanto isso nos Estados Unidos, o vice-presidente Joe Biden chamou a evolução recente de "histórica" e disse que a transição deve ser "irreversível" e levar em direção à democracia.

Conselho Supremo das Forças Armadas Egipcio, composto por generais de alto escalão, disse sexta-feira que planeja levar o país a uma maior democracia.

==

Christian Post

Incrível: Receita Original da COCA-COLA é Descoberta Após 125 Anos, Confira! A receita da Coca-Cola, guardada sob sete chaves pelos proprietários da empresa durante 125 anos, deixou de ser um mistério, segundo um site que afirma ter descoberto os ingredientes em uma página esquecida de jornal

A receita oficial fica trancada em um cofre na sede da companhia, em Atlanta

Como publicada nesta terça em seu site pelos produtores do programa de rádio "This American Life", a fórmula original do refrigerante mais popular do mundo estava na fotografia que ilustrava um artigo sobre a história da Coca-Cola, publicado no jornal "Atlanta Journal Constitution" de 1979.

A imagem mostra uma lista de ingredientes escritos de próprio punho em 1886 por um amigo do criador da bebida, John Pemberton, em um livro de boticário passado de geração em geração que atualmente estava com uma mulher em Griffin (Geórgia), conforme "Thisamericanlife.com".

Coca-Cola, que mantém a versão oficial de sua receita em um cofre em Atlanta que só dois funcionários têm a chave, não confirmou se a composição publicada é a correta.
Da lista publicada, a parte mais reveladora é a que explica como misturar o 7X, uma substância que só representa 1% da bebida, mas que é crucial para dar o sabor característico.

Para a mistura do famoso ingrediente secreto são necessárias oito onças de álcool, 20 gotas de óleo de laranja, 30 gotas de óleo de limão, dez de óleo de noz moscada, cinco de óleo de coentro, 10 de óleo de neroli - das flores da laranjeira amarga - e 10 de óleo de canela.

O restante da bebida é elaborado com três onças de ácido cítrico, duas onças e meia de água, uma de cafeína, uma de baunilha, duas pintadas de suco de lima, uma onça e meia de bala para dar cor e uma quantia de açúcar que é ilegível na lista.

A receita original inclui três copos de extrato de fluído de coca, um ingrediente que a companhia retirou do composto no início do século 20 após um corrente de críticas.

Resta saber se, além da eliminação desta substância, os proprietários da Coca-Cola aplicaram modificações substanciais na fórmula desde que Pemberton a projetasse.

Para tentar comprová-lo, a equipe do programa radiofônico reuniu um grupo de analistas e de amantes da bebida em uma degustação da mistura obtida pela receita.

Segundo o site, a maioria dos que provaram não encontravam diferenças da Coca-Cola comercializada.

"Acho que esta é de verdade uma versão da fórmula", disse ao programa o historiador Mark Pendergrast, autor de uma história da bebida.


Veja abaixo a lista de ingredientes do famoso refrigerante:

Extrato líquido de folha de coca: 11,07 mililitros (ml)

Ácido cítrico: 90 ml

Cafeína: 30ml

Açúcar: 30 (medida desconhecida)

Água: 9,46 l

Suco de limão: 0,946 l

Baunilha: 28,35 g

Caramelo: 42,525 g (a quantidade pode ser maior para dar cor)

O sabor secreto 7X (60ml do sabor 7x a cada 18,927 l de xarope)

Álcool: 240 ml

Óleo de laranja: 20 gotas

Óleo de limão: 30 gotas

Óleo de noz-moscada: 10 gotas

Coentro: 5 gotas

Néroli (extrato de flor de fruta parecida com mexerica): 10 gotas

Canela: 10 gotas



Com informações EFE / Exame / Jn.Pt

Polêmica do 'Deus nos Livre de um Brasil Evangélico' de Pr. Ricardo Gondim

Pastor Ricardo Gondim gera polêmica sobre a sua recente publicação initulada “Deus nos livre de um Brasil evangélico.”
Segundo ele, era necessário escrever sobre o seu pavor de ver o Brasil tornar-se evangélico. Para ele existe o sonho dos evangélicos de que o “país se convertesse em massa e a terra dos tupiniquins virasse num país legitimamente evangélico.”
Ricardo se refere ao movimento evangélico como subgrupo do Cristianismo e do Protestantismo conhecido como tal.
“A esse movimento não interessa que haja um veloz crescimento entre católicos ou que ortodoxos se alastrem. Para “ser do Senhor Jesus,” o Brasil tem que virar "crente," com a cara dos evangélicos.
Os avanços numéricos de evangélicos, diz ele, já passam a idéia de como seria desastroso se tal evento acontecesse no Brasil.
Ricardo se preocupa na perda de valores culturais já existentes, citando por exemplo as poesias de Carlos Drummond de Andrade, “Quem, entre puritanos, carimbaria a poesia de um ateu como Carlos Drummond de Andrade?”ou os ensinamentos de Charles Darwin nas faculdades, “Facilmente se restabeleceria o criacionismo como disciplina obrigatória em faculdades de medicina, biologia, veterinária.”
Para ele o Brasil evangélico não teria folclore. “Acabaria o Bumba-meu-boi, o Frevo, o Vatapá. As churrascarias não seriam barulhentas. O futebol morreria. Todos seriam proibidos de ir ao estádio ou de ligar a televisão no domingo.”
Sua outra preocupação é que isso seria um triunfo da “american way of life,” mencionando que o Brasil possui uma espiritualidade e moralidade cópias malfeitas da cultura dos Estados Unidos.
Além disso, ele afirma que o Brasil evangélicos acirrariam o “preconceito contra a Igreja Católica e viria a criar uma elite religiosa, os ungidos, mais perversa que a dos aiatolás iranianos.”
Ricardo esclarece que “Cristo não pretendeu anular os costumes dos povos não-judeus.” “Daí ele dizer que a fé de um centurião adorador de ídolos era singular; e entre seus criteriosos pares ninguém tinha uma espiritualidade digna de elogio como aquele soldado que cuidou do escravo.”
Ele enfatizou, desta maneira, que levar a boa notícia não significa exportar uma cultura, criar um dialeto, forçar uma ética.
“Evangelizar é anunciar que todos podem continuar a costurar, compor, escrever, brincar, encenar, praticar a justiça e criar meios de solidariedade; Deus não é rival da liberdade humana, mas seu maior incentivador.”
Por estas razões ele escreveu e reafirmou, “Portanto, Deus nos livre de um Brasil evangélico.”

Irmandade Muçulmana, como Futuros do Egito, Permanece Nebuloso

Muslim brotherhood-christian-postCom a Irmandade Muçulmana preparada para desempenhar um papel crescente no governo do Egito, na sequência da demissão do presidente do país há muito tempo, muitos observadores têm olhado para o grupo por pistas sobre o que está por vir para o Egito.
  • (AP Photo)
    Membros Sêniores da Irmandade Muçulmana do Egito Saad el Katatni, direita, Mohamed Morsi, centro, e Essam el Erian realizam uma conferência de imprensa sobre a recente sitação no Egito, no Cairo, quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011.
Mas o grupo, como muitos estão próximos de encontrar, podem muito bem ser tão obscuros quanto o futuro do país do Norte Africano.
"Nunca é totalmente claro com os irmãos," Dr. Josh Stacher da Kent State University, afirmou ao Wall Street Journal em um relatório terça-feira.
"É um grupo grande, com muitos pontos de vista diferentes," acrescentou o professor de ciência política, que passou anos no Egito estudando a organização. "Você pode encontrar o cara sempre gritando sobre Israel, e depois você tem os outros caras que não se preocupam por Israel, porque está ocupado demais se preocupando com o aumento das taxas de alfabetização."
Conhecido também como al-Ikhwan al-Muslimin, a Irmandade Muçulmana é um dos movimentos mais antigos e influentes no mundo islâmico. O objetivo declarado do movimento é incutir o Alcorão e a Suna como o "único ponto de referência para ... ordenar a vida da família muçulmana, individual, da comunidade ... e do Estado."
"A Irmandade é, de alguma maneira, dedicada aos pragmáticos," comentou o consultor Bob Kubinec de Washington D.C. em uma coluna de opinião para Christianity Today.
"O pior que poderia ser dito da Irmandade é que eles continuariam a status quo," acrescentou, depois de notar a grande discriminação social contra os Cristãos no Egito.
Desde a sua fundação em 1928, a Irmandade Muçulmana tem combinado religião, ativismo político e social em seu trabalho. O movimento de revivalismo islâmico aprovou slogans como "O Islã é a solução" e tem buscado a criação de um Estado islâmico. Mas simpatizantes afirmam o desejo de base da Irmandade é ser capaz de praticar o Islã, como eles querem, sem interferência do Estado.
"Embora possa parecer a princípio contra-intuitivo, os Cristãos do Egito poderiam estar mais seguros se a Irmandade Muçulmana foi uma parte do atual governo," escreveu Kubinec.
Críticos, no entanto, discordam.
Enquanto os membros da Irmandade incluem moderados jovens com visões políticas sobre questões como os direitos das mulheres e malha de liberdade religiosa com os valores ocidentais, o movimento também inclui os conservadores mais velhos que protestam contra o imperialismo americano e chamam para o estabelecimento de um estado islâmico.
E, notavelmente, o último supera o anterior, especialmente na liderança, onde supostamente ninguém está abaixo de 50.
"O Islã não é nem filosoficamente nem teologicamente compatível com outras religiões ou com a democracia. Portanto, é difícil levar a sério as alegações da Irmandade Muçulmana que não quer nada mais do que um governo democrático," comentou Dave James, co-fundador da Aliança para a Integridade Bíblica, em resposta ao artigo do Kubinec 
Assim, enquanto os manifestantes pró-democracia no Egito comemoram a renúncia do presidente egípcio, Hosni Mubarak, após 18 dias de protestos, não se sabe como a mudança de sexta-feira irá afetar o país - em particular a minoria de 10 milhões de grandes Cristãos no Egito.
"As pessoas têm medo do futuro, uma vez que este é um momento extremamente crítico," comentou um pastor da Igreja que tem parceria com a Portas Abertas, no Egito. "Mas nós confiamos em Deus, e nós esperamos e oramos para um novo Egito com a democracia e a liberdade para os Cristãos."
Assim, os grupos de vigilância de perseguição, tais como a Portas Abertas emitiram pedidos de oração para o Egito, que ficou em 19 º lugar da Lista dos 50 piores perseguidores dos Cristãos da World Open Doors Watch de 2011.
"Precisamos lembrar a Igreja. Precisamos lembrar que os Cristãos no Egito enfrentam a 'frigideira e no fogo," comentou o Dr. Carl Moeller, Presidente / CEO da Portas Abertas nos EUA. "Sua esperança está em Jesus Cristo e na Sua soberania, mas a realidade de nossos irmãos e irmãs no Egito é que eles enfrentam um futuro cada vez mais incerto."
De acordo com uma pesquisa realizada pelo Pew Research Study, 84 por cento dos cidadãos egípcios dizem que favoreceriam a execução pública dos que deixam o Islã por outra religião e setenta e seis por cento dos egípcios a favor apedrejamento para quem fosse apanhado em adultério.
Essas punições seriam realizadas sob a sharia ou lei islâmica, que a Irmandade Muçulmana tem procurado implementar no país.
Na terça-feira, a Irmandade Muçulmana anunciou a sua intenção de formar um partido político, uma vez que a democracia fosse estabelecida no Egito. Novos governantes militares do país, por sua vez, lançaram um painel de peritos para alterar a Constituição do país o suficiente para permitir eleições democráticas no final deste ano.
Generais das Forças Armadas do Supremo Conselho, que agora governam o Egito, disseram nesta terça-feira, que os militares querem entregar o poder a um governo e presidente eleito no prazo de seis meses. O novo painel constitucional está mandatado a elaborar alterações no prazo de dez dias para ser submetido a um referendo, abrindo caminho para as eleições.

Famoso pastor afirma: “Deus nos livre de um Brasil evangélico”

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica GospelSegundo ele o país se tornará chato, entendiate e repressor. Até mesmo mais ditador que outros regimes, pois a religião evangélica está longe de ser algo livre.  ”E a esse movimento não interessa que haja um veloz crescimento entre católicos ou que ortodoxos se alastrem. Para ‘ser do Senhor Jesus’, o Brasil tem que virar ‘crente’, com a cara dos evangélicos”, escreveu o pastor.
Algo grave que iria acontecer seria inibição da criatividade, já que muitos poetas, escritores, cientistas e músicos seriam reprimidos e as teorias já existentes seriam ignoradas, elevando o grau de desconhecimento e percepções sobre o mundo.
“Um Brasil evangélico significaria o triunfo do ‘american way of life’, já que muito do que se entende por espiritualidade e moralidade não passa de cópia malfeita da cultura do Norte. Um Brasil evangélico acirraria o preconceito contra a Igreja Católica e viria a criar uma elite religiosa, os ungidos, mais perversa que a dos aiatolás iranianos”, afirmou Gondim.
A crítica refere-se principalemente à importação dos usos e costumes estadunidenses, pois muito da cultura de lá é copiada em algumas igrejas brasileiras, ignorando a própria cultura desse país. O texto segue falando da repressão aos católicos, pois se os evangélicos fossem maioria poderia até existir uma nova “Guerra Santa”.
Ele comentou que prefere ler textos de Gabriel Garcia Márquez, do Mia Couto, do Victor Hugo, do Fernando Moraes, do João Ubaldo Ribeiro, do Jorge Amado a qualquer livro da série “Deixados para Trás” ou do Max Lucado. Embora Gondim tenha criticado de forma sutil os livros de Max Lucado, muitos de seus livros foram publicados pela MK editora, a mesma que detém direitos para tradução e publicação de alguns livros de Lucado.
Gondim é presidente nacional da igreja Assembléia de Betesda, que do hebraico significa “Casa da Misericórdia”. Sua trajetória na fé iniciou em uma igreja Presbiteriana e mais tarde passou a participar da Assembléia de Deus, depois foi para a Assembléia de Deus Betesda. Sua jornada como pastor tem gerado muita polêmica pois é contra a teologia da prosperidade e maldição hereditária. Entre os calvinistas já foi apontado como herético, por sua visão é de se afastar da religiosidade. Já escreveu 21 livros que em sua maioria tenta responder dúvidas de muitos cristãos e que em suma falam de um relacionamento aberto com Deus.
Em seu texto crítico à regência evangélica no Brasil concluiu sintetizando sua ideia central. ”Levar a boa notícia não significa exportar uma cultura, criar um dialeto, forçar uma ética. Evangelizar é anunciar que todos podem continuar a costurar, compor, escrever, brincar, encenar, praticar a justiça e criar meios de solidariedade; Deus não é rival da liberdade humana, mas seu maior incentivador”.


Fonte: Gospel+

Rei Pelé ainda poderá virar Rainha Marta

O poderá ser o responsável por voltar a suscitar uma questão que envolve um projeto futuro do clube e o local do desta quarta-feira, contra o Murici. A ideia da mudança do nome do Estádio Rei Pelé para Rainha Marta, conforme foi proposta entre 2008 e 2009 pela Assembleia Legislativa de Alagoas, ainda não teve um desfecho, pelo menos para o autor desse Projeto de Lei.
O deputado estadual, Temóteo Correia, não descarta, no futuro, fazer uma nova votação entre os deputados alagoanos para tentar a aprovação do projeto.
Nesse contexto, o Flamengo se articula para ter o feminino no clube a partir deste ano e vê em Marta o chamariz da modalidade.
– Preciso esperar um momento conveniente para voltar a debater essa ideia. Se Marta fosse jogar pelo Flamengo seria uma ótima oportunidade. O apelo no clube é muito grande. Teria mais sucesso do que no Santos. Até porque, lá ela está subordinada ao Pelé – disse Correia.
O Projeto de Lei foi arquivado na Assembleia depois que recebeu o veto do governador, apesar de ter tido uma aprovação quase unânime entre os deputados.
A ideia do projeto surgiu quando Marta foi eleita a melhor jogadora de futebol do mundo pela terceira vez, em 2008. A atleta nasceu em Dois Riachos, no interior de Alagoas, e, para o povo local, é uma grande representante de todo o estado.
Marta, em janeiro, deixou o Santos e voltou a jogar nos EUA pelo Western New York Flash. O contrato dela é por sete meses. Ao fim do período, poderá assinar com o Fla.
Projeto de Lei está arquivado, mas pode voltar a pauta, caso Marta jogue pelo Flamengo futuramente

LANCEPRESS

Roberto Carlos revela que vandalismo pesou para aposentadoria de Ronaldo 'Foi um dos motivos para o Ronaldo sair do Corinthians. Ele só esperou eu tomar a decisão para tomar também', diz lateral, agora jogador do Anzhi-RUS

Ronaldo se despediu do futebol profissional na última segunda-feira. Emocionado, culpou o corpo castigado por diversas lesões para tomar a decisão. Nesta quarta, o lateral Roberto Carlos, que deixou o Timão na última semana e acaba de acertar por dois anos com o Anzhi, da Rússia, revelou que o vandalismo de parte da torcida corintiana após o fiasco na Libertadores teve papel importante na decisão do Fenômeno.
- Este foi um dos motivos para o Ronaldo sair do Corinthians. Ronaldo só esperou eu tomar a decisão para ele tomar também. A gente não precisa passar por isso - disse Roberto, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Com ataque à Globo, Domingo Espetacular debate a arte com apologia à pedofilia

Programa Domingo Espetacular, na Record TV O debate sobre as exposições de arte com apologia à pedofilia e outros temas no Brasil marc...