Postagens

Mostrando postagens de Junho 12, 2009

O preço da elevada popularidade de Lula

Apesar de suas políticas anti-vida e anti-família, grandes investimentos estatais em propaganda garantem popularidade para Lula
Julio Severo

Noticiou o jornal O Estado de S. Paulo: “A aprovação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva subiu de 78% em março para 80% em junho, apontam os dados da pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta terça-feira, 9. O porcentual de entrevistados que consideram o governo ótimo ou bom também melhorou: passou de 64% para 68%. O índice dos que desaprovam a gestão de Lula caiu de 19% para 16%”.

Com certeza, os entrevistados não foram perguntados se aprovam ou não as políticas do governo Lula de apoio escancarado à homossexualidade e ao aborto, nem se estão satisfeitos com a educação sexual pornográfica que seus filhos recebem em escolas públicas. Contudo, como um governo tão dedicado ao homossexualismo e ao aborto consegue permanecer protegido de críticas necessárias de grande parte da mídia e ainda por cima experimentar crescimento de sua popularidade?

A explicação…

Governo de Obama prestes a abandonar Israel

Bill Wilson

O homem que ocupa a Casa Branca deveria ser alertado: há a possibilidade de que uma oposição a Israel poderia liberar o juízo de Deus sobre os EUA. A posição que a Casa Branca assumiu para com Israel é certamente uma posição que, de uma perspectiva bíblica, poderia trazer calamidade sobre os Estados Unidos.

Aliás, o impacto já está sendo sentido. Os cidadãos americanos estão perdendo seus empregos, seus benefícios e seus lares. Indústrias que estão falindo estão sendo engolidas pelo sem precedente socialismo governamental.

A Bíblia é bem explícita sobre como Israel tem de ser tratado. Gênesis 12:3 diz: “Abençoarei aqueles que te abençoam, e amaldiçoarei aqueles que te amaldiçoam”.

Os Estados Unidos há muito tempo têm sido o aliado mais sólido de Israel. Mas a oposição gradativa a Israel começou durante os Acordos de Camp David em 1979, feitos pelo Presidente Jimmy Carter. Contudo, o Presidente Ronald Reagan permaneceu firme em 1 de setembro de 1982, quando disse: “Os Estados U…

Evangélicos progressistas, evangelicais ou encaPeTados?

Se a meta dos seguidores de Jesus é apanhar “peixes” como sua missão evangelística, a missão de ideólogos politiqueiros é atrair seguidores para sua causa, usando as desculpas, estratégias e termos mais variados.

O problema surge quando o ideólogo se identifica nominalmente como cristão, usando partes do Evangelho meramente como atrativos de uma agenda política ou ideológica.

Movimento Evangélico Progressista
Durante a fundação do MEP (Movimento Evangélico Progressista), o debate girou em torno de como apresentar (ou atrair) o público evangélico para a causa socialista sem despertar suspeitas.

O Bispo Robinson Cavalcanti, um dos principais fundadores do MEP, comentou sobre os cuidados na escolha da apresentação: “Lembro-me do debate sobre a nomenclatura mais adequada quando da fundação do MEP: ‘evangélicos de esquerda’? ‘evangélicos revolucionários’? ‘evangélicos socialistas’? Optamos pela expressão menos controvertida de ‘progressistas’, embora isso lembre um conceito positivista. Hoje p…