sexta-feira, 12 de novembro de 2010

ANUNCIE OS EVENTOS DE SUA IGREJA NO GRITO

anuncie aqui no blog do gritos de alerta o evento de sua igreja , pois será visto por muitas pessoas no Brasil e tambem no mundo.
é de graça.

ubpes@yahoo.com.br

um ótimo final de semana prolongado a todos.
SHALOM.

Pastor Roberto Torrecilhas

COMO CONSERVAR A SANTIDADE NA JUVENTUDE


Desde o final da década de 60 que o jargão se fez notório: Sexo, Drogas e Rock Roll.
Este foi o grito requerendo ajuda de uma juventude em decadência profunda daquela época e é o mesmo grito nos dias de hoje.
Tudo o que precisavam era de um referencial e o buscaram de forma errada nas pessoas erradas, já que a própria estrutura familiar estava desabando frustrando os sonhos e gerando desequilíbrio emocional.
Nos dias de hoje não é diferente, a juventude esta em busca de referencial, tudo o que querem e paz e amor em suas vidas.
Porém Jesus disse em João 14:27:
"A minha paz voz deixo, a minha paz voz dou, dou não como o mundo a dá, não se turbe o vosso coração e nem se atemorize."
Conhecendo a raiz desta afirmação:
A Palavra paz liberada por Jesus é, Shalom que quer dizer, paz perfeita, sem barganhas, paz sem mistura, este nível de paz somente um ser perfeito em tudo pode conceber, e a paz que não depende de circunstâncias.
Por duas vezes no mesmo versículo o Senhor Jesus afirma que concebia a Paz, pois ninguém melhor do que ele para ser o referencial de alguém que caminhava debaixo deste principio de paz que o povo daquela época não conhecia.
Jesus estava nos chamando a caminhar debaixo de uma paz que o mundo não pode em hipótese alguma oferecer, pois esta paz gera alicerces para fé.
“A PAZ de Cristo gera alicerces para a fé do Crente”.
E o que isto tem haver com a juventude? Tudo! Pois a única classe que abertamente declara a sua busca pela paz é a classe juvenil, é a juventude.
Um jovem como referencial de Paz é um jovem que pode atrair multidões, por cauda da graça que naturalmente já lhe é concedida por meio de uma intimidade contínua com o Criador.
O príncipe deste mundo sabe exatamente o que um jovem busca.
O jovem busca a Paz, e esta não lhes é normalmente oferecida em seus lares que é a base social, e eles em sua própria linguagem buscam entre si soluções para resolverem seus problemas e questionamentos.
Um jovem sempre está disposto a mudanças e se ele estiver convencido de que a melhor forma de se viver é baseado na santidade ele vai procurar buscá-la, porém ele precisa de um roteiro a seguir e um referencial para imita-lo e uma inspiração para motivá-lo.
“Todo jovem está em busca de um referencial, um modelo"
Se a juventude perceber que aqueles que estão ao seu redor são santos será mais fácil para eles.
A criança e o jovem são perspicazes e extremamente inteligentes eles percebem quando algo está errado e respondem na mesa dimensão.
“A Juventude costuma responder ao Modelo"
Em sua existência é apresentada a juventude vários modelos a serem seguidos. Já sabemos que o principal deles é a família, mais especificamente o pai e a mãe.
“Na ausência do modelo ideal o jovem busca modelos paralelos"
Quando estes ou a ausência destes modelos não responde satisfatória mente dando-lhes a direção correta, o jovem sai em busca de outros modelos a seguir, e geralmente os mesmos modelos que os pais estão fundamentados: Novelas, filmes, conceitos impiedosos e princípios baseados no espírito deste mundo, costumes pagãos etc.
Porém se lhes for oferecido o modelo santo a probabilidade de obtermos uma resposta santa aumenta. E é a esse tipo de exposição que a juventude precisa ser submetida.
“Se oferecermos um padrão de santidade, o jovem responde"
Manter-se santo é um ato individual, porém gerar um estilo em santidade é esforço coletivo, onde há um santo deve haver mais.
Um rapaz ou uma moça tem total condição de se manter puros para um matrimonio de sucesso. Deus acredita nisto (Jovens eu vos escrevo porque sois fortes - I João).
Há uma força especifica observada por Deus na juventude para que este vença a sua carne e os apelos do mundo, isto é possível.
É possível um jovem caminhar em um estilo de santidade a tal ponto que incomodo de outros ao seu redor e desperte uma curiosidade e inspiração em outros jovens.
Porém creio que no que diz respeito à igreja isto terá que começar do líder e passar a repousar nos demais.
Dizer não para o pecado é uma questão de em primeiro lugar decidir que devo dizer: Eu decido caminhar em santidade, dizer não para o pecado.
Depois de ter decidido, ai começa a segunda fase, que é lutar, esmurrar o seu próprio eu para ver a glória de Deus.
“Fazer a vontade de Deus atrai a Sua Glória".

Petista evangélico questiona avaliação de marqueteiro sobre 2º turno

walter-pinheiro_entrevista_03_tiagomelo
Walter Pinheiro, deputado federal e senador eleito pelo PT da Bahia, contesta a interpretação do marqueteiro João Santana, que no domingo, na Folha, apontou que o caso Erenice Guerra foi responsável pela eleição ter ido ao segundo turno.
Para ele, evangélico da Igreja Batista da Pituba, em Salvador, a onda de boatos de cunho religioso teve muito mais impacto.
“Caso contrário, por que para o caso Erenice não foram feitas declarações públicas e ações de marketing, mas sim para conter a onda de boatos e mentiras na área religiosa contra Dilma?”
Segundo pesquisa Datafolha de 8 de outubro, porém, cerca de 75% das perdas de votos da petista no primeiro turno ocorreram por conta dos escândalos recentes no governo. O restante, por questões ligadas à religião.
Pinheiro, 51, eleito com 3,6 milhões de votos, é um dos expoentes da ala religiosa mais conservadora do PT. Ele tomou a iniciativa de ligar para o jornal e expressar as divergências com o marqueteiro de Dilma e do PT.
Folha – O sr. então discorda da avaliação da relevância do caso Erenice para levar a eleição para o segundo turno?
Walter Pinheiro – Se esse caso fosse determinante, teria merecido de nós algumas ofensivas. Teríamos de ter tido uma tática eleitoral e de marketing para solucionar o assunto. Isso não foi feito.
Se o caso Erenice foi tão bombástico e nos levou ao segundo turno, temos de admitir que esse episódio se dissipou ao vento, por si só.
Até porque nunca houve grande ofensiva de marketing a respeito.
Na sua avaliação, a onda religiosa foi mais determinante?
Claro. A rede de boatos e ataques apócrifos dizendo que o PT apoiava o projeto de lei sobre homofobia e que iria restringir a liberdade de culto religioso.
A divulgação de que Dilma teria dito que nem Jesus Cristo tiraria a vitória dela. Foram milhões de mensagens com esse teor.
E o que foi feito?
Exatamente este é o ponto. Nesse caso, houve grande mobilização do partido e dos aliados. Falamos com padres católicos, com líderes de várias religiões. Aliás, as duas campanhas se mobilizaram para incluir religiosos.
Quem atuou e como?
Vários de nós. Entre outros, os senadores Marcelo Crivella [PRB-RJ] e Magno Malta [PR-ES], o deputado bispo Rodovalho [PP-DF] e eu [do lado evangélico]. Além de Gilberto Carvalho [chefe de gabinete do presidente Lula, com trânsito entre católicos].
Fomos a quase todas as capitais. Distribuímos quase 40 milhões de cópias da mensagem de Dilma sobre religião.
Mas isso indica que necessariamente o tema religioso foi o determinante?
Mas então me diga que tipo de documento Dilma assinou sobre o caso Erenice? Por outro lado, veja o que se passou sobre esses temas religiosos. Mesmo o ato de Dilma com artistas foi dirigido por Leonardo Boff, teólogo.
Ou seja, na sua avaliação, João Santana cometeu uma interpretação equivocada?
Acho que ele não teve a sensibilidade de perceber o verdadeiro fator. Tenta fazer uma leitura dizendo que foi um caso político e não de foro íntimo/religioso.
Se realmente o debate religioso foi só “uma vírgula”, como ele falou, por que o publicitário não fez vacina para o caso Erenice? Ele estava no marketing, eu estava na rua.
Uol / Portal Padom

Homem que filmou pastor com travesti é encontrado

Renê Moreira



A Polícia Civil de Franca localizou um detetive de 40 anos que seria o homem que filmou cenas de relação sexual entre um pastor evangélico e um travesti em Franca. As filmagens acabaram sendo usadas numa tentativa de extorsão que resultou na prisão de três pessoas nesta semana.

Ouvido na tarde desta sexta-feira  na DIG (Delegacia de Investigações Gerais), o detetive alegou que foi contratado para registrar momentos íntimos entre a dupla, mas que não tinha conhecimento sobre a intenção do travesti em extorquir o religioso. Profissional no ramo de investigações particulares, ele contou ter se escondido atrás de uma cortina na casa do homossexual e recebido R$ 1.300 pelo serviço.

A extorsão envolveu o cabeleireiro B.V.L., de 28 anos, que acabou na cadeia, assim como uma prima sua e o marido dela. Após receber R$ 7 mil do pastor para não divulgar as imagens, o trio queria mais R$ 15 mil. Porém, a vítima foi à polícia e conseguiu armar o flagrante quando entregava o dinheiro.

O travesti alega que extorquiu o pastor porque ele não pagava pelos programas sexuais que vinha realizando com ele há mais de seis anos. Por sua vez, o religioso de 41 anos não quis comentar o caso, mas à polícia afirmou que se relacionou somente uma vez com o acusado, ocasião em que teria sido filmado.

Turismo religioso deve se integrar a outras áreas, diz ministro

O ministro do Turismo, Luiz Barretto, defendeu hoje (9) que a oferta de destinos turísticos conhecidos pelo fator religioso esteja acompanhada de outros atrativos. “Temos que pensar em um complemento a esses destinos: gastronomia, cultura, esporte, ‘casar’ esses elementos para trabalhar toda a região. Precisa haver um mix de produtos”, disse, durante o 3º Encontro de Trabalho de Turismo Religioso.
Barretto afirmou ainda que o setor tem condições para se desenvolver e se tornar até uma referência mundial. “O Brasil é muito conhecido pelo segmento sol e praia, pelas nossas belezas naturais, mas nós podemos trabalhar outros. O país tem lugares como Belém [onde ocorre a festa religiosa do Círio de Nazaré], Juazeiro do Norte, Nova Trento. O que se tem que fazer agora é trabalhar esses destinos”, acrescentou.
O ministro observou que a terceira idade e a classe média são públicos a serem mais bem explorados. Este último impulsionado pelo aumento da renda no país. “A chamada nova classe média está apta a viajar e esse segmento tem um apelo muito grande com eles”, explicou. Barretto também sugeriu a criação de um calendário nacional religioso e incentivou a elaboração de mais roteiros viários.
De acordo com a coordenadora-geral de Segmentação do Ministério da Cultura, Sáskia de Castro, a pasta coletou dados sobre os pontos turísticos conhecidos pelas crenças religiosas por oito meses, a fim de avaliar o setor. “Ainda não terminamos porque nem todos os estados enviaram as informações, mas já temos o suficiente para fazer um diagnóstico da oferta do segmento no país”, afirmou.
A partir do mapeamento, verificou-se que existem 370 locais relacionados ao catolicismo, 96 ao protestantismo, 34 às manifestações afro-brasileiras e 40 a outras religiões. A coordenadora destacou que cada localidade pode ter mais de um ponto religioso importante. As cidades que têm um roteiro ou produtos turísticos na área somam 88.
Sáskia de Castro também apresentou o Projeto de Turismo Religioso: Experiências do Brasil, que vai selecionar cinco pontos para a elaboração de roteiros. “O ideal é que seja um destino por macrorregião para que possamos contemplar o Brasil de uma maneira geral”, acrescentou. Um comitê gestor vai elaborar um planejamento estratégico, e o catálogo será feito em três idiomas (português, inglês e italiano).
Segundo dados do Ministério do Turismo, o setor religioso é responsável por 3,6% das viagens nacionais e 0,5% das internacionais.
Fonte: EBC

“Revolte-se Contra a Condição Imposta pelo Diabo”

“Revolte-se Contra a Condição Imposta pelo Diabo”

   
 

II Crônicas 32:
9    Depois disto Senaqueribe, rei da Assíria, enviou os seus servos a Jerusalém (ele porém estava diante de Laquis, com todas as suas forças), a Ezequias, rei de Judá, e a todo o Judá que estava em Jerusalém, dizendo:
10    Assim diz Senaqueribe, rei da Assíria: Em que confiais vós, para vos deixardes sitiar em Jerusalém?
11    Porventura não vos incita Ezequias, para morrerdes à fome e à sede, dizendo: O SENHOR nosso Deus nos livrará das mãos do rei da Assíria?
12    Não é Ezequias o mesmo que tirou os seus altos e os seus altares, e falou a Judá e a Jerusalém, dizendo: Diante de um único altar vos prostrareis, e sobre ele queimareis incenso?
13    Não sabeis vós o que eu e meus pais fizemos a todos os povos das terras? Porventura puderam de qualquer maneira os deuses das nações daquelas terras livrar o seu país da minha mão?
14    Qual é, de todos os deuses daquelas nações que meus pais destruíram, o que pôde livrar o seu povo da minha mão, para que vosso Deus vos possa livrar da minha mão?
15    Agora, pois, não vos engane Ezequias, nem vos incite assim, nem lhe deis crédito; porque nenhum deus de nação alguma, nem de reino algum, pôde livrar o seu povo da minha mão, nem da mão de meus pais; quanto menos vos poderá livrar o vosso Deus da minha mão?
16    Também seus servos falaram ainda mais contra o SENHOR Deus, e contra Ezequias, o seu servo.
17    Escreveu também cartas, para blasfemar do SENHOR Deus de Israel, e para falar contra ele, dizendo: Assim como os deuses das nações das terras não livraram o seu povo da minha mão, assim também o Deus de Ezequias não livrará o seu povo da minha mão.
18    E clamaram em alta voz em judaico contra o povo de Jerusalém, que estava em cima do muro, para os atemorizar e os perturbar, para que tomassem a cidade.
19    E falaram do Deus de Jerusalém, como dos deuses dos povos da terra, obras das mãos dos homens.
Na geografia antiga, era um país situado a leste do Rio Tigre, limitado ao norte pela Armênia, a leste pela média, ao Sul pela Susiana e Caldéia.
Os Assírios eram especialmente temidos por seus Exércitos. Sua brutalidade era comum para com seus conquistados. Uma prática comum eram  desfiles onde seus exércitos exibiam as cabeças dos reis conquistados, sua forma de guerrear não visava manter o estado conquistado intacto, mas sim sua destruição usava o massacre dos homens abusos das mulheres e a queima das cidades.
 Sua maneira de agir se iniciava impondo pesados impostos sobre seus vassalos, quando a metrópole percebia que sua colônia não estava mais suportando suas pesadas condições e que estava prestes a se rebelar,enviava seu poderoso exército e tomando por meio da força a cidade, destruía os governantes e suas famílias e colocava um regente seu naquele lugar, mesmo assim, se os habitantes tentassem se rebelar, os assírios enviavam seus exércitos e destruíam completamente aquela cidade.
No reinado do Rei Ezequias, este fez o que era reto aos olhos do Senhor (2Cr 29,30,31) destruiu os altares, restaurou a casa do Senhor e colocou Judá nos eixos. Por isso, os Assírios em 2Cr 32:1 vieram contra Jerusalém. 
Satanás tem o seu processo de intimidação, Como os Assírios faziam, tentando impor a sua condição de miséria cercando o povo de Deus  – 1Pe 5:8 “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;”. Com Senaqueribe, não foi diferente, pois o cerco era uma estratégia de guerra eficaz usada na antiguidade, fazendo com que o sitiado definhasse numa condição de total miséria em todos os aspectos. O intuito da tática do sítio, era justamente levar as pessoas residentes na cidade ao desespero. Quem entre nós já não passou por uma situação assim?
Cobranças, ameaças,tantas coisas que nos sufocam, nos fazem definhar aos poucos. Satanás coloca problemas atrás de problemas em nossa vida para que deixemos de olhar para o Senhor, para nos paralisar. Veja que Senaqueribe cercou Jerusalém e afrontou seu povo, dizendo que Deus não os ajudaria, comparando o Senhor aos deuses das outras cidades que ele havia conquistado. Quando estamos em meio a um cerco do Diabo, note que ele sempre coloca pessoas a nossa volta para questionar nossa fé.

Hoje, você vai se posicionar, revoltando-se contra todo o cerco e condição imposta pelo Diabo. Na tua vida, quem dá a ultima palavra é o Senhor!
Para se revoltar contra a condição imposta pelo Diabo é necessário:
1-Tapar as fontes de água – Não deixe o inimigo se alimentar do que é teu.
2CR 32:3 e 4 –
“3 Teve conselho com os seus príncipes e os seus homens valentes, para que se tapassem as fontes das águas que havia fora da cidade; e eles o ajudaram. 4 Assim muito povo se ajuntou, e tapou todas as fontes, como também o ribeiro que se estendia pelo meio da terra, dizendo: Por que viriam os reis da Assíria, e achariam tantas águas? “
 Ezequias sabia que naquela região, a água era muito importante para qualquer exército, então, ele e seus príncipes esconderam todos os poços e riachos, fecharam as brechas por onde o inimigo pudesse se alimentar. O Diabo quer se alimentar da tua promessa.
Cubra-a com a Rocha, que é Cristo. Tome uma atitude de ousadia, entregue valores ao Senhor que você não poderia. Entregue sua vida completamente.
Seja fiel no seu dízimo pois o diabo não aceita a sua fidelidade pois ele acha que seu salário por ter sido ganho no mundo é dele, ele acha que está “permitindo”, “dando um boi” para você deixando você ter qualquer coisa no mundo, se você não é fiel, Satanás está tranqüilo pois assim tem total domínio da sua vida, mas se você começar a ir a igreja com disciplina, orar, jejuar, dar seu dízimo, ele verá que você está consagrando sua vida ao Senhor e não a ele e por isso ele se enfurece e tenta fazer o cerco na sua vida com levantes, mas aí já será tarde pois ele terá que se retirar pois Deus pelejará com você e expulsará a Satanás de sua vida.
2- Recobrar o teu ânimo – Levante-se para vencer.
2Cr 32.5 –
“E ele se animou,... “
Você já viu alguém desanimado? Quando estamos desanimados, ficamos fracos, sem vontade de fazer nada, exatamente como Satanás quer que fiquemos.
Você já percebeu, que quando estamos desanimados nós só olhamos para nossa situação e esquecemos da grandeza de nosso Deus?
Mas quando olhamos para o nosso Deus, nos animamos, percebemos toda a cilada de Satanás e vemos como nossos problemas são pequenos perto de nosso Deus. Veja o caso de Ezequias, ele sabia que estava fazendo a vontade de Deus, ele limpou a Judá da Idolatria, restaurou o Templo então ele sabia que Deus estava com ele.
Deus está com você, olhe para Ele não Importa o que satanás está fazendo, Deus é maior que tudo.
Anime-se, levante esta cabeça e enfrente a situação!  Pois o desanimado é um miserável na sua alma, uma presa fácil para Satanás. A tua vitória dependerá do teu ânimo.
3- Edificar o muro (escudo da fé) – Ele vai deter o ataque do inimigo.
2CR 32.5 –
“...e edificou todo o muro quebrado até às torres”
Uma fé enfraquecida é como um muro cheio de brechas. 1Jo 5.4 “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.” e  Sl 61.3 “Pois tens sido um refúgio para mim, e uma torre forte contra o inimigo.”
Somos nascidos de Deus, neste momento, deixamos de ser criaturas para ser Filhos de Deus. O primeiro objetivo de Satanás, é fazer com que nossa fé seja abalada, pois nossa fé é um muro que não permite que ele entre em nossa vida. No momento em que achamos que Deus não pode realizar seu mover em nossa vida, estamos derrubando o alicerce de nossa principal defesa contra a investida de Satanás.
Nossa fé no Senhor, cria ao nosso redor, uma muralha intransponível contra o agir de Satanás na nossa vida. Existe uma diferença relevante para este caso  entre a maneira de agir do Diabo e a maneira de agir de Deus:
O Diabo, não precisa de convite,permissão ou que tenhamos fé nele, para realizar seu trabalho na nossa vida, ele invade e se apossa daquilo que quer, usando nossas brechas, nossos erros para ter legalidade.
Já o senhor atua diferente, Ele segue as regras que Ele mesmo criou, Ele não entra sem ser convidado, mas assim que o convidamos, ele compra a nossa briga, exatamente como aquele irmão mais velho que por nos amar, nos defende dos abusos dos valentões da escola.
Hoje irmãos, estamos na graça, quando escorregamos, cometemos um pecado e realmente nos arrependemos, o confessamos a Jesus, e Ele nos purifica e perdoa, tirando a autoridade de Satanás da nossa vida, por isso, Satanás não pode nos tocar!
Você pode estar se perguntando: -  Tudo bem, tenho que ter fé, mas o que é fé?
Para responder sua pergunta, não serei eu mas sim a Palavra do Senhor: Hb 11:1 “ORA, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.”
E o Próprio Jesus nos explica mais sobre a fé: Mateus 21:21 “Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Em verdade vos digo que, se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis o que foi feito à figueira, mas até se a este monte disserdes: Ergue-te, e precipita-te no mar, assim será feito;”  isto parece impossível?
Parece mas é a mais pura realidade! Seus problemas podem parecer uma montanha mas tendo fé no Senhor, a montanha será destruída! Creia, tenha fé!
4- Ter um testemunho de poder, antemuro.
2CR 32.5 –
“e levantou o outro muro por fora; e fortificou a Milo na cidade de Davi,”
Esse antemuro e a Cidade de Milo serviriam de barreiras a Senaqueribe – Nosso testemunho mostra quem nós somos e derrota a Satanás.
O Senhor nos livra a cada dia de ciladas preparadas por Satanás. Satanás nos ataca por todos os lados, sem dar tréguas.  E em meio a esta luta nos esquecemos de tudo que Deus já fez em nossas vidas.
Lembre-se das vitórias que o Senhor já te deu, não devem ter sido poucas, os pedidos atendidos, em Mateus 21:22, Jesus nos fala: “E, tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis.”
Mesmo sem pedir, o Senhor nos guarda e cuida de nós, quantas vezes, precisamos de uma saída urgente para um determinado problema onde não vemos solução e do nada as coisas se resolvem, parecendo que a solução acontece naturalmente?
Pode ser uma conta enorme que temos que pagar mas começamos o dia ser ter um tostão e então do nada aparece um cliente que faz uma compra no valor esperado ou uma pessoa que nos devia um valor já esquecido e miraculosamente resolve nos pagar.
Coisas que acontecem em nosso cotidiano e muitas vezes passam desapercebidas aos nossos olhos.
Este é nosso testemunho, este é o antemuro, temos que fazer uma análise de todo nosso dia – dia, resgatar estas lembranças e entender, que se Ele faz tudo isso, pode e vai fazer cada vez mais por nós.
5- Usar (em abundância) as armas espirituais que Deus te dá.
2CR 32.5 –
“e fez armas e escudos em abundância.”
Que armas espirituais são estas? O que é isto? Deus nos deu armas para lutar contra as investidas de Satanás.
Um exemplo delas, está em Daniel capítulos 9 e 10 onde Daniel estudando a palavra de Deus, percebe que o tempo que Deus estabeleceu para o cativeiro de Israel havia acabado, por isso, ele se colocou em jejum e oração, e mesmo com a resposta demorando 21 dias, três semanas para chegar, ele continuou jejuando e orando, ele perseverou e se manteve usando as suas armas e Deus respondeu.
As armas que Deus nos dá hoje segundo sua palavra em várias passagens são como aqui em Daniel, Jejum, Oração a fidelidade nos dízimos e nas ofertas (malaquias 3:10) nossa obediência aos seus mandamentos e nossa disposição em participar dos cultos.
Muitas vezes, Satanás nos entristece tentando nos fazer pensar que estas armas não nos atingem, fazendo como Senaqueribe nos afrontando junto as nossas muralhas, mas tudo o que temos que fazer é perseverar, e ficar firmes em nossos propósitos e não desviar do foco de que Deus já está agindo em nosso socorro pois é isto que ocorre quando usamos as armas que deus nos deu.
Jejue, ore, seja fiel nos dízimos, congregue, oferte, mesmo que as pessoas (que neste caso usadas por Satanás) zombem de você, persevere.
Se você está cansado, jejue, se está fraco, ore, se não tem oferta para o Senhor, ore para que Deus lhe dê uma oferta para oferecer a Deus ou seja faça votos, claro que com sabedoria para que não venham a ser votos de tolo. 
Ezequias fez a sua parte. Jejum, comunhão e oração são armas espirituais que manifestam nossa revolta no mundo espiritual.
Quando você não aceita e se revolta contra  o cerco do Inimigo:
1-Deus envia Seu anjo e te dá vitória – 2CR 32.21
Então o SENHOR enviou um anjo que destruiu a todos os homens valentes, e os líderes, e os capitães no arraial do rei da Assíria; e envergonhado voltou à sua terra; e, entrando na casa de seu deus, alguns dos seus próprios filhos, o mataram ali à espada.
Deus é que vence a luta por nós, destrói os planos do Diabo e o envergonha  diante de nós.
2-Deus te dá paz – 2CR 32.22
Assim livrou o SENHOR a Ezequias, e aos moradores de Jerusalém, da mão de Senaqueribe, rei da Assíria, e da mão de todos; e de todos os lados os guiou.
Deus nos livra e nos guia na sua palavra.
3-Deus te prospera e te honra – 2CR 32.23
E muitos traziam a Jerusalém presentes ao SENHOR, e coisas preciosíssimas a Ezequias, rei de Judá, de modo que depois disto foi exaltado perante os olhos de todas as nações.
Deus nos provê de recursos para que ofertemos a Ele e nos faz prósperos, nos exaltando para que nosso testemunho sirva de exemplo para ganhar almas para Ele.


Afundado em crise, Silvio Santos pode vender SBT aos evangélicos

foto
Foto: Reprodução
Com seu habitual bom-humor, Silvio Santos está encarando com fina ironia a crise financeira que sua empresa mergulhou após um rombo de R$ 900 milhões ter eclodido no banco PanAmericano. Calmo, o empresário insinuou não estar muito preocupado com as consequências do caso, que deve influenciar, por exemplo, no futuro da sua principal atração: a rede de televisão SBT.
O grupo deve R$ 2,5 bilhões ao Fundo Garantidor de Crédito (FGC) e Silvio Santos pode perder até mesmo a posse do canal, que já recebeu inúmeras propostas de compra de horários por parte de igrejas evangélicas.
A respeito das propostas, Silvio alegou que está disposto a cogitar convites caso isso signifique salvar sua empresa da falência. “Se pagarem os R$ 2,5 bilhões que estou devendo, é claro que vendo o SBT. Não precisa pagar nem para mim, paga diretamente para o Fundo Garantidor de Crédito”.
Em entrevista à "Folha de São Paulo" desta sexta-feira (12), Silvio Santos alegou ainda que, apesar de investir no PanAmericano, mantém distância sobre suas movimentações. “Não sou obrigado a entender de banco. Eu sou investidor, eu boto dinheiro, pago bem aos profissionais e quero resultados. Às vezes falha e, desta vez, falhou. Que culpa tenho eu?”, questionou. “Nunca fui ao banco [PanAmericano]. Nem sei onde fica o prédio. Quando tenho dinheiro, aplico no mercado brasileiro e não sou obrigado a saber onde fica a empresa”.
Por conta da assinatura de um contrato de confidencialidade, Silvio Santos não expõe as razões para o rombo do banco, que pode ter sido acarretada por fluxo de recebimentos de créditos fictícios. A crise, no entanto, está anunciada.

Dezembro: 10 anos dos projetos Natal com Cristo/Natal Solidário

O evento denominado Natal Com Cristo, realizado pela Ação Evangélica do Brasil, completará 10 anos, em dezembro. Para comemorar esta data festiva a Ação está programando uma grande festa em nossa cidade e em diversas outras cidades do estado.

Até o momento já foram confirmadas as cidades de Campo Grande, Três Lagoas, São Gabriel do Oeste, Maracaju, Rio Verde, Nioaque e Guia Lopes da Laguna. Mas o evento está programado para 10 cidades, uma para cada ano de aniversário.

Para comemorar o aniversário de 10 anos, virá o ministério 4 por 1 do Rio de Janeiro, banda muito conhecida das igrejas, que cantam hitz como: “5 pães e 2 peixinhos” e o “Chamado”.

O evento Acontecerá em Aquidauana, na Av. Pantaneta, ponto de encontro dos evangélicos de nossa cidade, a partir das 20h, no dia 17 de dezembro.

Para o pastor Abraão Izumi, presidente nacional da Ação Evangélica: “este evento será um marco para Aquidauana e Mato Grosso do Sul, pois será lançado neste dia, um divisor de águas em nossa história, onde nossa cidade além de Princesa do Sul será chamada de Capital Evangélica de Mato Grosso do Sul e será referência para todo centro-oeste”.

O pastor ainda disse que irá conversar com as demais lideranças religiosas de nossa cidade para apresentar a proposta deste “marco histórico” nos próximos dias.

O Evento conta com o apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, do Missionário Mauricio Picarelli, e do prefeito Fauzi Suleiman, parceria está que será fundamental para concretização deste projeto audacioso. “Eu sou prefeito de todos, sou parceiro de Aquidauana, das famílias e das igrejas, pois sei do trabalho de cada uma delas e dos benefícios que as igrejas trazem para nossa sociedade”. Afirmou o prefeito Fauzi.

O evento também terá o mesmo caráter social dos anos anteriores, pois serão distribuídos milhares de brinquedos às crianças em vulnerabilidade social, proporcionando um pouco de alegria nesta data tão importante do calendário cristão mundial. Agora é só aguardar o dia 17, de dezembro, para festejarmos os 10 anos do Natal com Cristo.

Briga de religiosos acaba em tragédia

Wesley Santos , Especial / Um evangélico morreu e outro foi ferido durante um desentendimento com cinco pessoas de uma religião afro. Vítima foi morta a facadas

Um homem foi morto a facada e outro ficou ferido em um confronto entre evangélicos e membros de uma religião afro, ainda não identificada pela polícia de Sapucaia do Sul. O motivo da briga teria sido desavenças religiosas.

– Só uma palavra explica a situação: intolerância – afirmou o investigador da 2ª DP, Ricardo Silva.

- Local é usado como retiro

O crime ocorreu na madrugada de ontem, em um tradicional retiro espiritual na área rural de Sapucaia.

Pouco depois da meia-noite, Nilton Rodrigues, 34 anos, e João Carlos de Oliveira, 47 anos, membros da igreja Deus é Amor, caminhavam na Avenida Teodomiro Porto da Fonseca rumo ao Morro Sapucaia. O local é escolhido por fiéis para orações e retiros espirituais.

- Trio repreendeu quinteto

Pelo menos outros dez integrantes da igreja já estavam no morro e os aguardavam para um evento. No caminho, eles teriam cruzado com dois casais e um homem, que seriam de religiões afro.

Conforme apurou a investigação, os evangélicos teriam repreendido o quinteto, alegando que ali não era local para aquele tipo de manifestação.

- Homem estava com uma faca

Houve uma discussão e luta corporal. Durante o confronto, um dos homens da religião afro puxou uma faca.

Ele atingiu o pescoço de Nilton. João, golpeado três vezes na barriga, conseguiu fugir – os outros evangélicos que estavam perto também correram. Nilton morreu no local, antes da chegada da Brigada Militar. RENATO GAVA

- Fiéis costumam usar o morro

O Morro Sapucaia é tido por religiosos da região de Sapucaia do Sul como místico. O local é usado por diversas religiões para eventos como retiros espirituais, celebrações e, até, para oferendas.

O local é um descampado, sem nenhuma iluminação, no final da Avenida Teodomiro Porto da Fonseca, na área rural do município.

- Grupo fugiu de carro

Uma testemunha acionou o 190 da Brigada Militar e, quando os PMs chegaram, João foi encaminhado ao Hospital Getúlio Vargas, onde seguia internado até a noite de ontem.

O quinteto fugiu em um Palio cinza.

– É uma questão de tempo até identificarmos. Uma testemunha nos indicou o local do fato, e estamos procurando indícios que nos levem aos autores – continuou Ricardo Silva.

- Um chocado. Outro, calado

Em e-mail, o presidente da Federação Afro Umbandista e Espiritualista do Rio Grande do Sul, Everton Afonsin, se disse chocado com o crime.

– Até quando teremos de discutir qual Deus é mais poderoso? Tirar a vida de uma pessoa em nome de uma religião é coisa de Deus? – indagou.

O Diário tentou falar com representantes da Deus é Amor, mas não conseguiu. Um pastor, identificado como Josué, chegou a atender a ligação, via celular, mas desligou e não atendeu mais.

renato.gava@diariogaucho.com.br

PM prende suspeitos de estelionato com malas de dinheiro em SP

Eles estavam com dinheiro falso em um carro.
Abordagem foi em Moema, bairro nobre da capital.

Malas de dinheiro são encontradas com suspeitosMalas de dinheiro são encontradas com suspeitos (Foto: Marcelo Mora/G1)
Três homens foram presos na tarde desta sexta-feira (12) por suspeita de estelionato, em Moema, bairro nobre da capital paulista. De acordo com a Polícia Militar, o trio estava com dinheiro falso em duas malas dentro de um carro. “Eles estavam bem vestidos”, contou o soldado Fortunato Eduardo, da 3ª Companhia do 12º Batalhão. Segundo a polícia, eles negam o crime.
saiba mais
O policial relatou que, em um primeiro momento, os três disseram estar carregando R$ 1,5 milhão. “Quando chegamos à delegacia, vimos que as primeiras notas eram verdadeiras e as outras, falsas. Tinham o mesmo número de série”, completou o soldado. O caso foi registrado no 27º DP (Campo Belo). Lá, um dos suspeitos contou que é dono de uma empresa de varrição de rua e que tinha sacado do banco um valor menor: R$ 1,2 milhão. Ele, no entanto, não disse o motivo do saque de tão alta quantia.
A abordagem ao Polo preto onde estavam os suspeitos foi na Avenida Ibirapuera. A polícia contou que chegou ao trio depois de uma denúncia anônima sobre estelionato e que, por isso, tinha as características do veículo. Dois homens têm 49 anos de idade e o terceiro não estava com RG no momento em que foi preso.
Do G1 SP

SPL – O pagode-gospel da Flórida (EUA)

Não é de hoje que a música gospel faz sucesso – para dizer a verdade, as canções cristãs são destaque no mercado fonográfico desde os Anos 70. No entanto, um grupo de brasileiros de Orlando está fazendo algo diferente neste filão. Eles são os rapazes do ‘Só Para Louvar’, que com o ritmo bem brasileiro do pagode levam uma mensagem de amor e fé a diferentes grupos da Flórida.
Criado em 2002 na Primeira Igreja Batista Brasileira de Orlando, o conjunto, hoje formado por sete músicos, teve a idéia original de aproveitar dois dos gêneros mais populares na comunidade brasileira nos Estados Unidos: o pagode e o gospel. “No início não foi fácil, pois tivemos que enfrentar o preconceito de crentes que não acreditavam que uma variedade do samba pudesse ser usada para o louvor”, lembra o paraibano Nildo Nascimento, um dos fundadores do ‘SPL’, que toca surdo.
O projeto começou do zero e as barreiras foram vencidas, até a principal delas: ninguém no grupo era músico ou sequer tinha tocado antes. “Encomendamos os instrumentos no Brasil e só depois que começamos a ter aulas”, conta Nildo. Hoje eles até compõem suas próprias canções e procuram levar um recado positivo à comunidade brasileira da Flórida. O SPL já fez show em quase todo o estado e planeja, agora, partir em busca de outros mercados. Eles já gravaram um CD.
Além de Nildo, que quando não está com o grupo trabalha numa companhia de limpeza de casas e escritórios, fazem parte da banda ainda os seguintes músicos: Reinaldo (cavaquinho), Nivaldo (pandeiro), Netinho (violão), Claudio (tamborim), Katito (contrabaixo), Ozeias (guitarra), Fabiano(bateria) e Antônio (Sax). Os contatos com o grupo podem ser feitos pelo telefone (407) 616- 2166
Fonte: Achei USA

Barack Obama elogia o crescimento dos gays em sua equipe e na sociedade


Barack Obama elogia o crescimento dos gays em sua equipe e na sociedadeO presidente Obama expôs sua posição sobre o casamento homossexual e a debatida política do “Não Pergunte, Não Fale,” na quarta-feira, durante uma reunião com cinco blogueiros populares progressistas na Casa Branca.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Ele disse que sua atitude sobre o casamento gay está em evolução e mencionou que uma estratégia está no local para passar o projeto de lei que pretende revogar a política militar que proíbe gays e lésbicas de servirem abertamente.
Em geral, ele sublinhou que avançou em uma série de questões LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros) e até mesmo elogiou que ele nomeou mais pessoas abertamente gays a mais posições no governo (mais de 150) do que qualquer presidente na história.
“De alguma forma a sua noção de que esta administração tem sido uma fonte de decepção para a comunidade LGBT, em oposição a um fiel aliado da comunidade LGBT, eu acho que está errado,” disse Joe Sudbay de AMERICABlog.
Destacando a sua posição sobre o casamento gay, o presidente disse que não está disposto a assiná-lo,” principalmente por causa do meu entendimento das definições tradicionais de casamento.”
Ele acrescentou: “Mas eu também acho que vocês estão certos de que as atitudes evoluirão, inclusive a minha. E eu acho que é uma questão que eu luto e penso, porque eu tenho uma série de amigos que tem relações homossexuais. Tenho agentes que estão comprometidos em relacionamentos monogâmicos, que estão criando filhos e que são pais maravilhosos.
“E eu me preocupo com eles profundamente. E assim, enquanto eu não estou preparado para inverter-me aqui, sentado no Salão Roosevelt às 3:30 da tarde, eu acho que é justo dizer que é algo sobre o qual eu penso muito.”
O presidente também observou que “é bastante claro onde as linhas de tendência estão indo” em matéria de legislação do casamento gay.
Obama tem afirmado repetidamente que ele planeja reverter a Defesa do Ato do Casamento, a lei de 1996 que define o casamento como uma união legal entre um homem e uma mulher. Ele a chamou de discriminatória.
Os defensores do casamento tradicional, entretanto, estão à disposição para defender a lei.
Quanto à sua posição sobre “Não pergunte, Não Fale,” disse Obama a política está errada e não serve a segurança nacional dos EUA.
“Não é apenas prejudicial para os bravos homens e mulheres que estão servindo e, em alguns casos têm sido lançadas injustamente, mas não serve aos nossos interesses – e falo como comandante de estado maior sobre essa questão,” disse ele à AMERICABlog.
E a melhor maneira de derrotá-lo, disse ele, é através do Congresso. Já, a Câmara aprovou e ele também tem tido o apoio do Secretário de Defesa e presidente da Joint Chiefs of Staff, acrescentou Obama.
“Eu estava muito deliberado no trabalho com o Pentágono em que eu tenho o Secretário da Defesa e o presidente da Joint Chiefs sendo muito claros sobre a necessidade de acabar com esta política,” explicou. “Isso é parte de uma estratégia que eu tenho vindo a prosseguir desde que cheguei ao escritório. E a minha esperança é que culminará em começar a ter esta coisa anulada antes do final do ano.”
Os conservadores temem que a revogação da DADT poderia impactar negativamente a prontidão militar e de coesão da unidade, especialmente durante operações em curso.
Grupos cristãos conservadores também têm sido vocais em sua oposição à derrubada da política. Dezenas de capelães militares saíram expressando medo de que normalizar a conduta homossexual nas forças armadas ameaçaria os capelães e a liberdade religiosa dos membros do serviço.” Eles teriam de diluir os seus ensinamentos e sua orientação, especialmente, no que diz respeito ao casamento, seria afetado, argumentam eles.
Na semana passada, o Nono Circuito da Corte de Apelações dos EUA concedeu uma pausa temporária na decisão de um juiz federal. A juíza dos EUA, Virginia Phillips, ordenou uma imediata revogação da DADT no caso Republicanos versus Estados Unidos da Log Cabin. A pausa suspendeu esta ordem.
Fonte: Christian Post

Sobrinha de Mara Lima, Suellen lança seu primeiro CD por gravadora independente

Suellen Lima, sobrinha da cantora Mara Lima, está lançando o seu primeiro CD, "Para a Glória de Deus", pela gravadora própria (Melody Gospel) na sexta edição da ExpoCristo em Curitiba. A cantora, de apenas 23 anos, conta que em seu ministério, que começou ainda jovem, tem 10 projetos entre CDs, DVDs e trabalhos com o público infantil:"Foi um chamado bem antecipado.São 10 anos, mas eu ainda acho um ministério novinho. Ainda tem muito pra acontecer".
Ao GUIA-ME, Suellen conta da influência que Mara Lima teve em sua carreira: "Por ser tia, meu crescimento na verdade foi aos pés de Mara Lima. Sempre teve muito músico, maestro e compositor, principalmente nas férias. Era sempre nessa época que começavam as gravações". Ela ainda relata que ser sobrinha de uma cantora tão conhecida tem suas vantagens e desvantagens. "O ponto positivo é que Mara Lima é consagrada no meio gospel, então quando eu lancei o meu disco houve uma abertura mais fácil. E o ponto negativo é que o pessoal achou que meu CD ia ser uma cópia do disco da minha tinha e não foi".
Essa edição da ExpoCristo tem um gostinho especial para Suellen Lima, pois é a primeira vez que ela apresenta seu trabalho pela gravadora independente da qual está a frente. "Estou aqui com o estande para divulgar o meu novo trabalho musical e a minha gravadora [Melody Gospel] que agora tem estrutura de estúdio. Para o pessoal de Curitiba e de outros estados que estão visitando a feira conhecer a nossa equipe."
Fonte: Guia-me
Postado por Débora Padoin Malva

As mentiras da Nova Era

I.   Definição:
O Movimento “Nova Era” (MNE), algumas vezes chamado também como “Movimento do Potencial Humano”, é uma rede de pessoas, grupos, atividades e práticas ligadas de forma frouxa, que, de acordo com os seus adeptos supostamente estimula e produz um campo vasto de resultados benéficos tais como crescimento “espiritual” e pessoal, sucesso financeiro, melhora de relacionamentos, curas físicas e psíquicas, paz individual e global, harmonia ao ambiente, etc.    
II.    Origem
O MNE nasceu nos EUA durante os revoltos anos 60, quando todas as instituições e valores tradicionais, especialmente a Igreja e a família estavam sob constante ataque. O predecessor e vanguarda da Nova Era foi o “Movimento Pacifista” dos anos 60 que condenava a moralidade tradicional. O MNE originou-se também do Ambientalismo Radical, Feminismo Radical e espiritualidade Feminista dos anos 70 que ganharam popularidade no mundo inteiro. Hoje o MNE conseguiu se infiltrar com sucesso em quase todas as maiores instituições, tanto religiosas quanto seculares. 
 
III.  Aparência do Bem/ Realidade do Mal
O MNE, superficialmente, parece uma coisa boa. Ele promete a paz global, saúde, crescimento pessoal e espiritual e harmonia ambiental. Entretanto, os métodos que ele promove para alcançar estas metas estão sabiamente camuflados nesta aparente superfície benevolente. Um exame mais detalhado revela uma metodologia obscura e sinistra para afastar as pessoas de Jesus Cristo e lançá-las ao individualismo e às práticas religiosas pagãs, crença na reencarnação, e o poder do “EU”. Não obstante o MNE, superficialmente não negue a existência de Jesus Cristo (pois negando-O, afastaria num instante, a maioria dos Cristãos), aplica uma sintaxe esperta, enquanto os aspectos tradicionais da nossa fé são redefinidos. Jesus Cristo torna-se muito menos do que Ele realmente é, isto é, Deus, e é relegado ao número dos “Guias Espirituais” ou “Mestre Ascendido” que era um mero humano que “evoluiu” para um ser mais elevado após descobrir e usar a “sabedoria antiga”. De fato, o MNE promete que qualquer indivíduo pode alcançar este estado através da “Auto-realização” ou “Consciência Mais Elevada” do seu próprio “Eu Mais Elevado”, “Eu-Deus”, ou “Divindade”. Essencialmente, cada indivíduo pode se tornar Deus.(!) 
IV.  Fruto Proibido
O MNE está comprometido com as práticas ocultas e outras práticas proibidas que compõem a “sabedoria antiga”, incluindo mediunidade, canalização, divinização, astrologia, consulta de espíritos dos falecidos, tarô, cristais, leitura da mão, cartas, poderes psíquicos, ioga, meditação transcendental, poesia das rosas, regressão das vidas anteriores, etc. Deus falou a Moisés sobre tais práticas: (Deuteronômio 18:10~12) Não se ache no meio de ti quem faça passar pelo fogo seu filho ou sua filha, nem quem se dê à adivinhação, à astrologia, aos agouros, ao feiticismo, à magia, ao espiritismo, à adivinhação ou invocação dos mortos, porque o Senhor, teu Deus, abomina aqueles que se dão a essas práticas, e é por causa dessas abominações que o Senhor expulsa diante de ti essas nações. (Levítico 19:4) Não vos volteis para os ídolos, nem façais para vós deuses fundidos. Eu sou o Senhor, vosso Deus. (1 Timóteo 4:1) Ora, o Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns apostatarão da fé, dando ouvido a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios.   
Apesar da clara implicação de tais práticas, um número crescente de pessoas está abandonando a verdadeira fé para seguir alguns dos muitos aspectos do MNE. Hoje as pessoas estão substituindo Deus por espíritos demoníacos e deuses pagãos, da mesma forma que os antigos israelenses e egípcios no tempo de Moisés. As seduções são sutis, porém, no seu centro está o Satanás. Ele está prometendo exatamente como o fez no Jardim de Éden, dizendo que o fruto proibido nos tornará deuses...  
V.    “Não há pecado, não há inferno”
O conceito do pecado e do inferno não existe no MNE. A reencarnação e a “ascensão” são as explicações dadas pelo MNE. “Bênçãos Originais” substituem o conceito do pecado original, e a queda do homem da graça divina é agora chamada de “ascensão”  do homem. O poder redentor da cruz não é mais preciso, e desta forma, a Crucifixão de Jesus não é mais significativo, e, pode, portanto, ser totalmente ignorada. Alguns aspectos da “Nova Era” despersonaliza Jesus Cristo, referindo-se a uma “Consciência de Cristo” (Eckankar) - que veio através de várias pessoas através dos tempos, ou “Cristo Cósmico” (Rosacrucianismo).  
VI.  Espíritos Demoníacos em Disfarce
Satanás, assim como outros espíritos malignos, são anjos caídos que se afastaram de Deus. Possuem, porém, o poder para aparecerem às pessoas, disfarçados de benevolentes. S. Paulo adverte:
E não é de admirar, visto que o próprio satanás se transforma em anjo de luz. (2 Coríntios 11:4).
O que parece para alguns adeptos da “Nova Era” como uma “Luz Divina” é, na realidade, “A Escuridão Brilhante” de satanás. Apesar dos atrativos, a aparente preocupação mostrada por estes “Guias Espirituais”, estes espíritos levarão à opressão espiritual e outras formas de destruição espiritual aqui na terra, e possivelmente, sérias conseqüências na vida futura.
VII. Verdade = Jesus Cristo
Os Cristãos devem tornar-se mais atentos aos engodos e armadilhas do MNE, a fim de evitá-los. Precisam rejeitar as mentiras e falsas promessas do MNE de satanás, e se entregar completamente à verdade que é Jesus Cristo. Satanás deseja governar o mundo, porém Deus triunfará no fim. Somente Ele é a nossa esperança e salvação

OS CINCO PILARES (MENTIRAS) DO ISLAMISMO

ALLAH É DEUS

A maior mentira do Islamismo, a qual sustenta toda a falsidade sobre a qual se supor-ta, assegura que o nascedouro da revelação dada a Maomé é o Deus da Bíblia adorado por cristãos e judeus. De fato, Allá foi o nome pagão do deus-lua a quem foram erigidos templos no Oriente Médio. Quando Maomé nasceu, a estátua de Allá estava com outras 300 no santuário pagão de Kabah. Perpetuando a mentira, o Islamismo chamou-se de "uma das três grandes religiões monoteístas". De fato, isto é simplesmente uma refinada idolatria. O "profeta" meramente aboliu a adoração aos outros deuses e elevou o deus-lua, também conhecido como "o senhor de Kabah" ao status de "único deus verdadeiro". Para receber os não-muçulmanos, os muçulmanos recuaram e disseram que o deus que adoravam (Allá) tem seu nome escrito na Bíblia em árabe, chamando assim a atenção para este fato. Mas enquanto o nome "Allá" significa "Deus" como nome próprio, ele não tem nenhuma relação com o nome do Deus de Israel, o único que chama a si mesmo de YHWH

. Escritos de um antigo muçulmano, agora um cristão "o espírito que chama a si mesmo de "Allá" é um espírito pleno de mentira, que aceitou sobre si o velho nome árabe de Deus, usando-o sobre sua face como uma máscara e dizendo ser Deus. Allá no Islamismo é um es-pírito imundo de Satanás que controla os fiéis com grande poder através deste disfarce até os dias atuais".

O VERDADEIRO ISLAMISMO RESPEITA OS DIREITOS HUMANOS

O Islamismo tem sido descrito como uma forma de imperialismo cultural que elevou a religião e a cultura do século sétimo na Arábia ao status de lei sagrada. Os muçulmanos buscavam impor os valores árabes do sétimo século - políticos, familiares, morais, linguagem e regime alimentar - sobre os seguidores de outras religiões. Nenhuma das nações do mundo árabe é uma verdadeira democracia. De Damasco a Bagdá, os modernos ditadores são o equivalente dos tiranos árabes do sétimo século. Maomé viveu numa sociedade a qual não conhecia os conceitos de liberdade individual. Como resultado disso, a lei islâmica nega os direitos básicos e liberdade de religião, expressão, as-sembléia e imprensa. Punições cruéis são impostas aos criminosos ainda hoje - incluindo amputações e ar-rancar os olhos - tem retornado ao século 20 em Teerã e Khartoum. As mulheres são forçadas a usarem o véu, não podem dirigir, e em alguns países são proibidas de sair de casa sem permissão por escrito de seus maridos - sob pena de banimento e severas punições físicas ou até a morte. Em alguns casos documentados chamados de "mortes pela honra", mulheres cujas ações supostamente desonravam a família muçulmana são mortas brutalmente por seus maridos. Os muçulmanos citam entusiasmados textos do Alcorão e outros textos islâmicos para justificar estas atrocidades.

O VERDADEIRO ISLAMISMO É TOLERANTE

O significado do Islamismo é ser a "revelação final de Deus", dada a Maomé porque ambos, judeus e cristãos distorceram a fé. Por esta razão, judeus e cristãos - diferentemente dos pagãos árabes - foram permitidos viver sob o Islamismo como desencaminhados, mas como minorias toleradas. De volta, eles foram, e ainda são, proscritos como uma segunda classe às quais im-põe-se uma opressão maior e submissão a numerosas restrições, tornando-se pública sua segregação. O Islaminsmo divide o mundo em dois tipos de território, o Reino do Islamismo (Dar-al-Islam) e o Reino da Guerra (Dar-al-Harb). Seu maior objetivo é transformar o Reino da Guerra em reino do Islã. Localizados como estão numa área outrora controlada pelo Islam, o estado Judeu no Oriente Médio é considerado pelos muçulmanos como um insulto a Allá e ao Islamismo. Seu ódio por Israel e pelos judeus está bem documentado, como estão os atos no Alcorão, que inspira os terroristas a executarem atos contra esse inimigo local e contra os de fora. As minorias judaicas que restaram nos países muçulmanos vivem uma freqüente e in-certa existência, assim como as minorias cristãs. Ao sul do Sudão, mais de 100.000 refugia-dos cristãos escaparam do terror islâmico do norte. No Irã, protestantes tem sido presos, tor-turados e até mesmo executados. No Egito e no Líbano, as comunidades cristãs estão também sob ameaça.

O VERDADEIRO ISLAMISMO É FUNDAMENTALISTA

O fundamentalismo não é uma obra de perversão do Islamismo. Assim como existem cristãos nominais, judeus seculares, também há muçulmanos nominais e aqueles que guar-davam os ensinamentos do Alcorão. Todos estes últimos são muçulmanos devotos - completa e verdadeiramente fundamentalistas. Tem sido alegado que muitos muçulmanos são mais amantes da paz do que muitos americanos. Esta pronta declaração ignora o fato que os muçulmanos são de uma época compassiva em um meio saturado de ensinos anti-judaico e cristão. O Alcorão não é um livro que promove a paz, e aqueles que vivem seus ensinos são limitados por ele e são muito influenciados. "O ódio com o qual nós doutrinamos as mentes de nossas crianças desde seu nasci-mento é sagrado". Escreveu uma vez o ministro do Exterior da Síria. A espada foi a ferramenta original para a expansão do Islamismo, e as sanções do Al-corão são usadas para "persuadir" os convertidos. Os seguidores de Maomé são até hoje inci-tados a crer que a agonia e morte pelo islamismo conduzirá o mártir rapidamente ao paraíso. A violência islâmica não está restrita a Beirute ou Argélia. Grupos nos EUA tem enviado di-nheiro e recrutado grupos terroristas para o Oriente Médio, e os muçulmanos ingleses organi-zaram em 1994 a forte - Conferência 8.000 - a qual apoiou um clamor mundial por um Esta-do Islâmico e pela destruição de Israel.

JERUSALÉM ERA SAGRADA PARA MAOMÉ

Por trás da campanha dos árabes e palestinos pelo controle sobre Jerusalém, o falso Islamismo diz que a cidade é santa, um clamor baseado na lenda que Maomé cavalgou seu cavalo alado da "Sagrada Mesquita" na Arábia até "a mais distante mesquita" na rota aos céus. Muitos anos depois, os muçulmanos começaram a identificar Jerusalém - nome que não aparece sequer no Alcorão - como "a mais distante mesquita". Os muçulmanos dizem que a mesquita de Al Aqsa em Jerusalém marca o lugar onde Abraão sacrificou seu filho (de acordo com eles, Ismael). Desde que o Alcorão convenientemente islamizou os profetas judeus - assim como Jesus - os muçulmanos se apropriaram de Jerusalém como sua cidade. Maomé, incidentalmente nunca visitou Jerusalém durante toda a sua vida e os mestres do islamismo diferem de opinião por séculos sobre a posição de Jerusalém como sua terceira cidade santa em sua religião. A localização do "lugar Islâmico" acima da colina onde o Templo dos judeus estava é uma lembrança completa do significado político e espiritual do campo de batalha que Jerusa-lém representa. O Islamismo diz que Jerusalém sustenta as manipulações políticas do PLO, a qual exige que, no mínimo metade da cidade seja capital do Estado Palestino - a despeito de sua condição como o eterno Israel, capital indivisível. Seu futuro a ser negociado, tem se tornado a chave para o resultado da eleição de Israel.

A ficção dos crimes de guerra


Quem acompanhou os noticiários [sobre Gaza] poderia ser levado a acreditar que Israel cometeu crimes de guerra durante a Operação Chumbo Moldado. Isso não é verdade! Trata-se de um libelo de sangue, simplesmente de uma acusação sem fundamento. Isso não significa que não foram cometidos erros aqui e ali, que não houve equívocos, que uma certa unidade pode ter usado munição não-apropriada, e que houve incidentes com soldados que agiram de forma errada. Presumivelmente, tais coisas ocorreram. Mas, daí até a acusação de que Israel é culpado de crimes de guerra e que as Forças de Defesa de Israel (FDI) usaram práticas de combate imorais vai um longo caminho.
Mencionar conceitos como “crimes de guerra” ou “crimes contra a humanidade” com referência a essa operação militar nada mais é do que puro disparate. Os líderes nazistas foram considerados “criminosos de guerra” pelo assassinato de milhões de pessoas a sangue frio. Adolf Eichmann foi julgado culpado de “crimes contra a humanidade” por ter enviado milhões para as câmaras de gás. O uso desses termos em relação a uma ação bélica de auto-defesa, contra uma organização terrorista que age a partir de uma área repleta de civis, não é apenas uma distorção da verdade, mesmo que centenas de civis tenham sido mortos. Trata-se, realmente, de uma perversão moral de primeira ordem, marcada por uma dose superabundante de maldade e hipocrisia.
Não acredite naqueles que dizem que as leis internacionais foram violadas durante a operação militar em Gaza. Eles são os que usam a legislação internacional de forma cínica, com objetivos que nada têm a ver com preocupações a respeito da moralidade da guerra. Os melhores juristas e acadêmicos em Israel e no mundo têm rejeitado essas acusações. O Professor Alan Dershowitz, da Universidade de Harvard, um grande especialista em Direito, dissecou as acusações contra a operação das FDI com bisturi afiado, e rejeitou-as inteiramente. O Professor Yoram Dinstein, um dos maiores especialistas israelenses em Direito Internacional, deixou claro em uma palestra no Instituto de Estudos de Segurança Nacional, que as acusações contra as FDI são arraigadas em preconceitos. Na Europa, trata-se de uma questão de anti-semitismo clássico e, em Israel, de auto-ódio patético – ou de ignorância e interpretação equivocada dos pricípios legais, especialmente do espírito da lei internacional.
As acusações contra as Forças de Defesa de Israel são arraigadas em  preconceitos. Na Europa, trata-se de uma questão de anti-semitismo clássico.


Nesse caso tem acontecido algo estranho. A pergunta principal costumava ser: quem é o agressor e quem exerceu seu direito de auto-defesa? Essa é a verdadeira questão moral. Atualmente, não se distingue entre aqueles que se levantam contra o Estado para destruí-lo e aqueles que lutam para defender sua vida.
Só interessa ao mundo se houve e quantas foram as vítimas civis, ignorando completamente a identidade dos responsáveis pela guerra e pela matança, um resultado inevitável de qualquer batalha, principalmente quando travada contra uma cruel organização terrorista. Quando era presidente dos EUA, Harry Truman ordenou o lançamento de duas bombas atômicas sobre o Japão para evitar a morte de soldados americanos – a justificativa foi baseada no fato do Japão ser o responsável pela guerra.
Naturalmente é lamentável que mulheres e crianças foram mortas. Não fico satisfeito nem mesmo com a morte de integrantes do Hamas... Mas a responsabilidade de toda a matança e do sofrimento é exclusivamente do agressor, o Hamas. Nenhum civil atingido – mesmo que tenha sido por engano – está pesando na consciência de Israel. Essa é a verdade que nos permite andar de cabeça erguida. Não há necessidade de ficarmos alarmados por [alegações de] pessoas cujos princípios são a hipocrisia e a falsidade. Seu padrão moral está muito distante do nosso. (Yehuda Ben Meir, extraído de www.haaretz.com)
O autor é pesquisador-sênior no Institudo de Estudos de Segurança Nacional em Israel.
Já o rei Salomão disse: “...nada há, pois, novo debaixo do sol” (Ec 1.9). Mais uma vez se confirma essa afirmação bíblica: na Idade Média, os judeus foram acusados de envenenar os poços e de contaminar as pessoas com a peste. As atuais afirmações procedem do mesmo inimigo, apesar de serem apresentadas em outra embalagem: os judeus seriam criminosos de guerra e estariam atacando deliberadamente a população civil. Quase não pode haver mentira mais grosseira do que essa. Se outros exércitos tivessem de realizar essa operação, não há dúvida de que muito mais pessoas teriam sido vitimadas. Realmente, é preocupante ver como o ódio a Israel aumenta e como os fatos sobre Israel são distorcidos. Mas o salmista diz: “Com efeito, Deus é bom para com Israel...” (Sl 73.1). E no Salmo 118.6 lemos as palavras consoladoras: “O Senhor está comigo; não temerei. Que me poderá fazer o homem?” O mesmo vale para a Igreja de Jesus: “Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Rm 8.31).

Perseguição dos cristãos nos países muçulmanos

Colunista iraquiano afirma: "É difícil lembrar um período em que os árabes cristãos estiveram em maior perigo do que hoje".
Num artigo no jornal iraquiano Al-Zaman, publicado simultaneamente em Londres e Bagdá, cuja linha editorial é independente e liberal desde a década de 1940, o colunista Majid Aziza dá destaque à situação da população árabe cristã no mundo muçulmano. A seguir, alguns trechos do artigo:[1]
Na Palestina, os cristãos estão quase extintos em conseqüência do controle que os extremistas muçulmanos têm sobre a questão palestina e da marginalização dos cristãos, sem mencionar o impacto negativo da intifada [revolta dos palestinos contra Israel] – que é dirigida pelas organizações islâmicas – sobre os cristãos da Palestina.

"Os cristãos nascidos em países árabes estão fugindo das suas regiões de origem. Hoje em dia, essa informação é divulgada em todo o mundo e é cem por cento verdadeira. As estatísticas mostram que um grande número de cristãos árabes está emigrando para lugares menos perigosos para eles e seus filhos, como Estados Unidos, Canadá, Austrália e Europa. Os motivos são, por um lado, a perseguição que os órgãos governamentais movem contra eles e, por outro lado, os grupos extremistas...
Os cristãos têm vivido há séculos nas regiões conhecidas atualmente como países árabes, juntamente com outros grupos religiosos e, principalmente, com os muçulmanos que participaram com eles das aflições da vida. Mas os cristãos perderam o apoio de seus concidadãos islâmicos por muitas razões, inclusive pelo extremismo religioso entre alguns muçulmanos, pelo aumento da população [islâmica] por motivos religiosos, pelos atos de discriminação, coerção e expulsões individuais e coletivas de cristãos e pelas pressões que os cristãos vinham sofrendo até mesmo quando estavam servindo a seus países. Há muitos exemplos disso na Palestina, no Iraque, no Sudão, no Líbano, no Egito e em outras nações.
Aproximadamente 4 milhões de cristãos libaneses emigraram de seu país em conseqüência das pressões impostas pelos [muçulmanos]. Mais ou menos meio milhão de cristãos iraquianos deixaram seu país pelos mesmos motivos... Hoje a situação está ficando pior por causa da discriminação por parte dos extremistas muçulmanos salafitas. Na Palestina, os cristãos estão quase extintos em conseqüência do controle que os extremistas muçulmanos têm sobre a questão palestina e da marginalização dos cristãos, sem mencionar o impacto negativo da intifada [revolta dos palestinos contra Israel] – que é dirigida pelas organizações islâmicas – sobre os cristãos da Palestina. Com relação aos cristãos coptas do Egito, o que o governo e os muçulmanos fizeram e estão fazendo com eles daria para encher páginas e páginas de livros e jornais, explicando os atos de coerção, discriminação e perseguição. O que está acontecendo também com os cristãos na Argélia, Mauritânia, Somália e outros países é um problema que ocuparia espaço demais para ser explicado.
Essa situação ocorre igualmente nos países muçulmanos não-árabes. Em nações islâmicas como o Paquistão, a Indonésia e a Nigéria, os cristãos também sofrem perseguição. No Paquistão, os líderes muçulmanos decretaram uma fatwa [decisão religiosa] permitindo a matança de dois cristãos para cada muçulmano morto pelos ataques americanos no Afeganistão, como se os americanos representassem o Cristianismo no mundo. Em outros países os cristãos vivem com medo, sob a sombra de ameaças, e enfrentam uma crescente série de agressões toda vez que os Estados Unidos e seus aliados executam uma operação militar contra qualquer país [muçulmano].
Os cristãos têm medo do que lhes poderia acontecer nesses países. A situação é muito grave e requer atenção urgente. É difícil imaginarmos qualquer outro tempo em que os cristãos enfrentaram maior perigo do que atualmente nesses países..." (extraído de www.memri.org)
Diante dessa situação assustadora para os cristãos no mundo islâmico, é realmente estranho que muitas igrejas ocidentais insistam em reclamar apenas das "dificuldades" dos cristãos palestinos sob a "ocupação" israelense, como se não soubessem que Israel é a única democracia no Oriente Médio.

Atenção internacional mantém pastores vivos


 
 
Pôr do sol no Irã  
IRÃ (2º) - O ministério Present Truth é um foco de luz que brilha para dois pastores cristãos não denominacionais que foram aprisionados pelas autoridades iranianas.

Os pastores Youcef Nadarkhani e Behrouz Sadegh-Khandjani estão impedidos de qualquer contato externo, inclusive de seus advogados. Um pastor chamou a atenção do governo e recebeu a pena de morte por realizar um protesto a respeito do ensino das crianças sobre o islã nas escolas. O outro falava em nome de três cristãos presos, e então foi levado para a cadeia.

Jason DeMars do ministério Present Truth diz que é desconhecido se os dois foram ou não torturados, mas eles são "submetidos à privação de longos períodos de sono de tempo em tempos." No caso do segundo pastor, as autoridades de segurança ainda "procurou dar-lhe comprimidos que poderiam afetar seu estado mental e permitir-lhes a alegação de ser louco."

As autoridades iranianas acreditavam que iriam evitar a atenção internacional já que os pastores não estão associados a uma denominação específica, mas, até agora, a cobertura da mídia tem sido limitada a estabelecimentos cristã.

DeMars diz que seu grupo está "muito, muito grato” [pela repercussão], mas é importante que “os cristãos entrem em contato com a Fox News, CNN e até mesmo com... os jornais locais e outros meios de comunicação. Informá-los de que gostaria de ver alguma cobertura sobre isso", insiste.

Ele recomenda também atentar os representantes eleitos em Washington. Além disso, DeMars pontua que domingo é o Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida, e acredita que esta situação constitui um bom exemplo do porque a oração é essencial.

Tradução: Carla Priscilla Silva

Fundamentalistas hindus querem lei anticonversão

 
 
Indiano lendo a Bíblia  
ÍNDIA (26º) - O estado de Jharkhand, na Índia, apoiado pelo grupo fundamentalista hindu  Rashtriya Swayamsevak Sangh (RSS) e o Bharatiya Janata Party (BJP), está preparado para adotar uma lei que impediria os hindus de se converterem a outras religiões. “Qualquer um deveria se opor a isso. Qualquer um deveria juntar forças contra o plano da lei de anticonversão”, disse Fr Stan Kujur, um clérigo jesuíta de Jameshedpur.

Jaggnath Sahi, chefe da RSS em Jharkhand, contou aos jornalistas que sua organização pediria ao líder do governo BJP para banir o anteprojeto de lei de conversões religiosas.

“Estamos nos dedicando ao assunto com o Ministro Chefe Arjun Munda… para projetar uma lei para banir a conversão no estado. Conversão de qualquer tipo deve ser condenada”, disse Sahi. “A conversão é proibida em muitos países como China, Israel e outros. Somente na Índia a conversão não é proibida”, acrescentou.

Os sete estados indianos com a legislação anticonversão, formalmente conhecida como Atos de Liberdade de Religião (tradução livre), são Madhya Pradesh, Chhattisgarh, Orissa, Arunachal Pradesh, Rajasthan, Gujarat and Himachal Pradesh.

Estas leis exigem que o governo inspecione conversões do hinduísmo para outras religiões a fim de evitar proselitismo, manipulação ou o uso de incentivos financeiros. A lei não impede a conversão do Cristianismo ou Islamismo para o Hinduísmo.

Para Fr Kujur, professar sua religião “é uma maneira de liberdade de consciência”, uma maneira de direitos pessoais, algo que é preservado na constituição indiana. Como é a natureza da democracia.

“Ninguém deve ser forçado a professor uma religião ou outra”, disse. O plano de anticonversão do RSS “não é necessário”.

O governo do estado deve focar no desenvolvimento e bem estar das pessoas, Fr Kujur ressalta.

Tradução: Tatiane Lima

Pastor assassinado em Chade (África Central)

"Pastor é assassinado, mas frutos do ministério permanecem"
"Israel Neldita era um homem de Deus, apaixonado, do vilarejo de Miskine Banana, ao sul de Chade (país da região da África Central). Com 25 anos, ele dedicou sua vida ao campo missionário. Ele ministrava o Evangelho de Cristo Jesus para não cristãos com sucesso evidente. Israel também tornou seu dever pessoal o ensino e discipulado para recém-convertidos em sua caminhada com Deus. Ele era conhecido como um homem humilde e de oração, e sua convicção não o deixava ter medo das oposições que enfrentava.

Mas Israel encontrou seu Salvador muito antes do que todos esperavam, pelas mãos de extremistas religiosos.

As pessoas não hesitavam em lhe pedir ajuda, devido ao grande impacto que seu ministério causava nas comunidades circunvizinhas. Um dia, um certo homem pediu que Israel orasse por seu filho doente. Ele separou um tempo para orar pela cura do jovem, sem saber o vale de sombra e morte que estava se aproximando.

O pequeno grupo passou a noite sábado em dezembro do ano passado em oração e comunhão na igreja. Em certo momento, eles foram dormir. Quando o pai acordou durante a noite, ele percebeu que Israel não estava mais lá. Ele ficou surpreso, mas não ficou muito preocupado.

Na manhã seguinte, Israel ainda não havia retornado. Como sua igreja sabia dos planos de visitar o jovem enfermo, sua igreja não estranhou o fato de ele não estar no culto de domingo.

Tarde de segunda-feira, e nenhum sinal de Israel. No dia seguinte, a congregação ficou preocupada e enviou um recado para a família de Israel, avisando que ele estava desaparecido.

Um grupo de busca foi enviado para a floresta, para procurar seu irmão. As muitas horas de incerteza à procura de Israel não havia preparado o grupo para a visão com que se deparariam. Seis dias após o desaparecimento de Israel, seu corpo foi encontrado embaixo de um arbusto.

Pela aparência, o adversário de Israel não pretendia poupar sua vida. Seu rosto desfigurado, corpo torturado e ossos quebrados chocou as testemunhas. O corpo foi enterrado no mesmo local.

Israel deixou para trás sua esposa, Neloumta Clarisse, e seus dois filhos Eunice 4 anos, e Davi, 2. Quando a Portas Abertas soube do acontecido, enviou uma equipe para apoiar a família e levar encorajamento.

Apesar de Neloumta estar sofrendo pela perda de seu marido e preocupada com o futuro, ela permanece firme em sua fé. “Continuem a orar por mim e por meus filhos, pois sou uma mãe sozinha. Estou feliz porque o Senhor me ajudará a viver tal experiência para a sua glória”.

A notícia sobre o assassinato de Israel se espalhou rapidamente, mas a reação da comunidade cristã surpreendeu os aldeões. Os cristãos não quiseram vingança. Eles sentiram que a mensagem da morte de Israel falou mais alto aos cristãos e não cristãos do que os ensinos que ele fez. A vitória e a esperança substituíram a morte e o desespero.

“A disposição de Israel de permanecer firme em sua fé apesar do preço que ele teria que pagar, encorajou muito os cristãos. Ele recebeu a principal recompensa: de estar com Jesus no céu, e isso ameniza a dor e a perda que nossos irmãos sofreram.”

Pedidos de oração:

• Ore pela provisão de Deus na vida da esposa e filhos de Israel.

• Ore para que Deus abençoe e guie o pai e o irmão de Israel, que assumiram seu ministério. "

Notícias cristãs atualizadas Deus está punindo EUA com crise, diz presidente da Nicarágua

Colapso é a punição divina pela imposição de 'políticas econômicas falhas' a nações pobres, afirma Daniel Ortega.

O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, inimigo de Washington desde a Guerra Fria, disse que Deus está punido os Estados Unidos com a crise financeira pela Casa Branca ter tentado impor seus princípios econômicos em países pobres. "É incrível que no país mais poderoso do mundo, que gasta bilhões de dólares em guerras brutais, as pessoas não tenham dinheiro para continuar em suas casas", afirmou. "Deus está punindo os Estados Unidos" pela imposição de suas políticas econômicas "falhas" em nações em desenvolvimento, continuou Ortega, que governou a Nicarágua pela primeira vez na década de 1980, quando seu governo sandinista travava uma guerra com forças apoiadas por Washington. Os sandinistas saíram do poder em 1990, mas Ortega retornou eleito à Presidência em 2006. Desde então, o chefe de Estado vem criticando a "tirania" americana na América Latina e irritou Washington por se aliar ao presidente venezuelano Hugo Chávez.

Fontes: Reuters

Silvio Santos: ‘Se pagar bem, claro que vendo o SBT’

Antônio Cruz/ABr

Horas depois de o empresário Eike Batista ter insinuado interesse na aquisição do SBT, Silvio Santos admitiu a hipótese de se desfazer de seu canal de TV.

Ouviu-o a repórter Mônica Bergamo. O resultado da conversa foi à manchete da Folha.

Supreendentemente descontraído, Silvio disse que não conhece Eike, dono de uma das maiores fortunas do país.

Porém, referindo-se ao empréstimo que teve de contrair para tapar o rombo no banco PanAmericano, o dono do Baú da Felicidade declarou:

“Se ele pagar os R$ 2,5 bilhões que estou devendo [ao Fudo Garantidor de Crédito], vendo, é claro que vendo”. Abaixo, a entrevista:


- Gostaria que o sr. desse uma palavra para o público sobre tudo o que está acontecendo no banco. Não posso porque eu assinei um termo de confidencialidade. Eu assinei um termo de conf... confidencialidade... É até difícil de falar! Não posso comentar nada. Só quem pode falar é o Fundo Garantidor de Crédito.
- O sr. se encontrou com o Lula. Falou com ele sobre isso? Que Lula?
- O presidente. Estive com ele falando sobre o Teleton [programa que arrecada recursos para a AACD]. Ele está me devendo R$ 13 mil [risos]. Tive que dar por minha conta porque ele prometeu e não deu os R$ 13 mil. Eu falei para ele: "Se você der R$ 13 mil, a Dilma pode ganhar a eleição". Porque é o número dela, não é? Não é 13 o número da Dilma? "Pode ser que Deus te ajude e ela ganhe a eleição."
- E ela ganhou do mesmo jeito. Mas aí é que tá: agora tô preocupado [risos]. Ele fez a promessa e não cumpriu.
- E o senhor votou nela? Eu estou com 80 anos. Você acha que eu vou sair de casa para votar? Vou votar é em mim mesmo aqui em casa.
- E aquela história da bolinha [reportagem do SBT afirmou que o candidato tucano, José Serra, foi atingido, numa manifestação, por uma bolinha de papel, e não por um objeto mais pesado, como ele dizia]? Todo mundo está falando que o SBT fez a reportagem porque estava com problema no banco. Mas que bolinha?
- A bolinha que caiu na cabeça do Serra. Caiu alguma coisa na cabeça dele? [risos] Caiu alguma coisa na cabeça dele?
- Na campanha. Ah, não foi hoje?
- Não. Ah, eu não sei desse negócio de bolinha, não. Isso aí, olha, eu não vejo TV. Televisão, para mim, é trabalho. Só vejo filme. Agora que você ligou para mim eu estava vendo a Fontana di Trevi. Você já viu esse filme, "A Fonte dos Desejos" (de Jean Negulesco)? Eu estava vendo agora.
- E essa informação de que o empresário Eike Batista quer comprar o SBT? No duro?
É. Ah, me arranja! Arranja para mim que eu te dou uma comissão.
- O senhor venderia? Se ele me pagar bem, por que não? Quem é? "Elque"?
- Eike, um dos homens mais ricos do Brasil. Ele é americano? Eike?
- Brasileiro. Não, não conheço. Mas, se ele pagar os R$ 2,5 bilhões que estou devendo, vendo, é claro que vendo. Não precisa nem pagar para mim, paga para o Fundo Garantidor de Crédito. Eu não posso vender nada sem passar pelo Fundo Garantidor de Crédito.


Escrito por Josias de Souza às 06h40