sábado, 30 de março de 2013

IRMÃOS , MEU TWITTER FOI CANCELADO - ME SEGUE NESSE NOVO AQUI https://twitter.com/bisporoberto7 - ELES QUEREM NOS CALAR .

PT , PSOL E PV COLOCAM FUNCIONÁRIOS DA CÂMARA EM PROTESTO CONTRA PASTOR MARCO FELICIANO .

Atos contra Marco Feliciano têm apoio de servidores da Câmara
Atos contra Marco Feliciano têm apoio de servidores da CâmaraDe acordo com uma reportagem da Veja online, entre os manifestantes que fazem protesto durante as sessões da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) estão funcionários da Câmara ligados a deputados dos partidos PT, PSOL e PV.
O jornalista Gabriel Castro, que assina a matéria da Veja, identificou diversos funcionários como Tiago Oliveira, assessor da liderança do PV e Rodrigo Cademortori, assessor da deputada Érica Kokay que não estavam exercendo suas atividades mesmo sendo horário de expediente.
Segundo ele esses funcionários são pagos com o dinheiro público, mas sempre estão envolvidos com esses protestos em Brasília. Rodrigo Cademortori, por exemplo, teria participado do protesto contra a blogueira cubana Yoani Sánchez no mês de fevereiro.
Tiago também estava em horário de expediente e protestava mesmo sabendo que o PV, através do líder Sarney Filho (PV-MA), tinha colocado o deputado pastor Henrique Afonso (PV-AC) para votar em Feliciano como presidente da CDHM.
Gabriel Castro também identificou funcionários do PSOL e disse que esses são mais discretos e trabalham apenas dando suporte aos manifestantes. Entre eles estava uma funcionária do gabinete do deputado Jean Wyllys, ela também auxilia os manifestantes sendo que alguns deles também são filiados ao PSOL.

FONTE . GOSPEL PRIME

Igreja na Alemanha vende templos por falta de fiéis

 
Igreja na Alemanha vende templos por falta de fiéisPela falta de membros, igrejas na Alemanha estão colocando seus templos à venda, há prédios que custam entre € 20 mil (R$ 51 mil) e € 135 mil (R$ 350 mil) e revelam o resultado da secularização na Europa, já que em outros países as capelas também estão sendo vendidas.
A crise afeta não só igrejas católicas como também protestantes, tanto que evangélicos criaram um site para divulgar mais de 170 templos e 140 terrenos que precisam ser vendidos.
O jornal espanhol “El País” mostra que entre 1990 e 2010 pelo menos 340 templos evangélicos foram fechados na Alemanha. Na Igreja Católica a crise é ainda maior: 400 templos fechados apenas em 2011 segundo dados da Conferência Episcopal daquele país.
São 10% a menos de evangélicos na Alemanha e 17% a menos de católicos, segundo índices recentes com dados da religião.
Se para os líderes religiosos a venda desses templos é a solução, para a população se torna um problema como aconteceu em Hamburgo onde um templo evangélico foi vendido e se tornou uma mesquita.
Por conta disso, cristãos e muçulmanos começaram a se enfrentar na cidade e um protesto organizado por 300 neonazistas foi organizado para reprimir os seguidores do islã. A confusão religiosa precisou da intervenção da polícia local para não tomar proporções maiores.

GP

Maior genocídio da história foi contra os cristãos na ex-URSS

 
A história do mundo está repleta de mostras da violência dos seres humanos contra o seu próximo. Entre os grandes genocídios das últimas décadas estão as guerras étnicas em Ruanda, com 800.000 mortos, da Armênia com 1 milhão e o Holocausto, que exterminou mais de 6 milhões.
Maior genocídio da história foi contra os cristãos na ex-União SoviéticaPorém, um novo projeto está em andamento para contar uma história que nunca recebeu a atenção que merece: a campanha dos “ateus militantes” contra a fé na ex-União Soviética. Estima-se que o número de cristãos mortos pelo regime socialista ateu chega a 12 milhões. Esses dados são mostrados em detalhes no documentário “Martirizados na URSS”, que mostra as atrocidades dos regimes de Lênin, Stalin, Kruschev e outros.
“O objetivo da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas”, explica o produtor do filme “era eliminar a religião. Para atingir esse objetivo, eles destruíram igrejas, mesquitas, sinagogas, e todos os monumentos religiosos, bem como o envio em massa de pessoas religiosas para campos de trabalho forçado da Sibéria”.
A Liga de militantes ateus, fundada em 1929, ajudou o governo soviético no assassinato de milhares de crentes e de seus líderes.  Muitos templos foram convertidos em celeiros, depósitos e “museus do ateísmo”, enquanto eram realizados com frequências manifestações que promoviam o escárnio da religião e dos fieis. Ao longo da década de 1960, por exemplo, metade das igrejas ortodoxas russas foram fechadas, além de cinco de seus oito seminários. Os ortodoxos são a maior denominação cristã da região, mas também foram perseguidos os batistas, presbiterianos, metodistas e luteranos.
Além do martírio de cerca de 12 milhões de cristãos, centenas de milhares de judeus, muçulmanos e budistas também foram mortos por causa de sua fé.
Kevin Gonzalez, produtor e diretor do documentário disse que o projeto surgiu quase que por acaso. Ele conheceu uma mulher em sua igreja, que veio da Rússia, e ela contou algumas das atrocidades que ocorreram por lá. Gonzalez se interessou e decidiu entrevistar os avós, os pais e alguns amigos dessa senhora e decidiu que tudo aquilo precisava ser exposto.
Gonzalez disse ao WND que as gerações mais jovens nos países da ex-União Soviética não sabem muito sobre essa época, porque o governo decidiu eliminar esses relatos dos livros de história.
Sob a doutrina soviética, de separação entre Igreja e Estado, as igrejas foram proibidas de doar comidas aos pobres e de realizar atividades educativas. Era uma tentativa de fazer a população “curvar-se apenas ao governo soviético”.
Os fiéis não podiam publicar literatura religiosa e muitas igrejas foram impedidas de realizar cultos com a presença de crianças e jovens. O sistema escolar e universitário foi tomado pelos ensinamentos ateístas e antirreligiosos. Gonzalez acredita que existe o perigo de esse tipo de perseguição voltar a ocorrer em pleno século 21.
“A nossa esperança é que as pessoas aprendam com a história da perseguição dos cristãos na URSS para reconhecer o dano causado pelo movimento ateu militante, algo que ainda existe e está decidido a ridicularizar e proibir toda forma de religião na sociedade.”
Os criadores do filme estão lançando o DVD este mês nos EUA, e já anunciam que pretendem mostrar as consequências dos regimes ateus na Revolução Francesa, na República Popular da China, na República Socialista da Albânia, na Coreia do Norte e outros. Com informações WND.

GENTE - ESTOU SOFRENDO PERSEGUIÇÃO PELO TWTTER POR SER CRISTÃO - EM DOIS DIAS ELES CANCELARAM DUAS CONTAS MINHAS . FOI DEPOIS QUE COMECEI A DENUNCIAR O PT E SUA CORJA .

IRMÃOS , SOU CRISTÃO E ESTOU SOFRENDO PERSEGUIÇÃO DO TWITTER .
ELES CANCELARAM MINHA CONTA .
IRMÃOS . O TWITTER SUSPENDEU MINHA CONTA . ISSO É PERSEGUIÇÃO - ME AJUDE COBRANDO DO TWITTER PARA QUE MINHA CONTA SEJA REABERTA .
O TWITTER ESTA ME PERSEGUINDO POR EU SER CRISTÃO - ME AJUDEM .  COBREM DELES A LIBERAÇÃO DE MINHA CONTA .


FOI SÓ EU COMEÇAR A DENUNCIAR AS FALCATRUAS DO PT , O TWITTER CANCELOU MINHA CONTA .

EM DOIS DIAS CANCELARAM AS DUAS CONTAS MINHAS .

@BISPO_ROBERTO
@BISPOROBERTO_

SERÁ QUE ELES TAMBÉM ESTÃO A SERVIÇO DOS PETRALHAS ?

BISPO ROBERTO TORRECILHAS
MILHARES DE CRISTÃOS MORTOS - DIGA NÃO A CRISTOFOBIA - ASSINE A PETIÇÃO - http://gritosdealerta.blogspot.com.br/2013/03/vem-ai-o-grita-brasil-o-verdadeiro.html

GAYS ZOMBAM DA FÉ CRISTÃ E DE SEUS SIMBOLOS .

Pessoas sem temor nenhum.
Foto/Imagem DescriçãoImagem Estudos Biblicos


 


Todos os anos é realizado na cidade de Mission Dolares Park, em San Francisco – Califórnia, o concurso “Hunky Jesus”. Evento este que tem como objetivo eleger o melhor Jesus Cristo gay, e é realizado durante o período de celebração da ressurreição de Cristo – a Páscoa – ridicularizando e zombando do cristianismo.
O vencedor do concurso, realizado ao ar livre, é o “Jesus Cristo” gay mais atraente para o público, formado praticamente apenas de homossexuais.
Para o cristão Idemir Medeiros do blog “Que Verdade é Essa?” existe uma grande injustiça contra o povo cristão e uma vasta gama de privilêgios dados a homossexuais não só no Brasil, mas em vários pontos do mundo. “Hoje em dia parece que é perfeitamente aceitável zombar de cristãos, como aconteceu recentemente na 15ª parada gay de São Paulo, porém, se alguém disser qualquer coisa contra os gays, é um crime de ódio da pior espécie, fanatismo e opressão contra os coitadinhos”, questiona e completa: “Se por exemplo, o contrário tivesse acontecido, se os cristãos tivessem zombado dos homossexuais, isso teria virado notícia no mundo todo, você estaria vendo em todos os jornais, mas como são os gays que estão fazendo, o silêncio é que predomina”, afirma.
Os vídeos da “Hunky Jesus” mesmo contendo cenas de nudez e ofensas de formas terríveis e explicitas ao Cristianismo, não foram retirado do Youtube, enquanto vídeos que falam a respeito do homossexualismo muitas vezes são bloqueados e marcados como impróprios, permitindo a visualização apenas daqueles que tem cadastro no canal. 
 

E  ESSES BANDIDOS QUEREM MEU RESPEITO ?
VÃO PEDIR RESPEITO PRO CAPETA .


Bispo Roberto Torrecilhas

PASTOR MARCO FELICIANO É ALVO DE ATAQUES NA TERRA DO THALLES ROBERTO , PASSOS , MG.

CRISTOFOBIA EM PASSOS - MG.
O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) foi alvo de protestos na noite desta sexta-feira (29) durante um encontro evangélico no Ginásio da Barrinha, em Passos (MG). O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados vem sofrendo muita pressão para deixar o cargo em Brasília (DF). Vários grupos pelo país o acusam de racista e homofóbico.
O pastor foi recebido por centenas de fiéis de igrejas protestantes em um evento organizado pela Assembleia de Deus. Com uma bíblia nas mãos, Feliciano subiu ao palco, pregou aos fiéis e falou sobre os protestos que tem sido alvo.
Enquanto isso, cerca de 50 pessoas usando cartazes e camisetas participavam da manifestação do lado de fora do ginásio. Ao deixar o local, Feliciano precisou ser escoltado pela Polícia Militar. Os manifestantes cercaram o carro da PM, mas a polícia não precisou usar a força.
 
Ações e declarações
Feliciano é alvo de dois processos no Supremo Tribunal Federal: um inquérito que o acusa de homofobia e uma ação penal na qual é denunciado por estelionato. A defesa do parlamentar nega as duas acusações.

Feliciano é alvo de protestos em encontro evangélico em Passos, MG (Foto: Helder Almeida / Clic Folha) Ele causou polêmica em 2011 quando fez declarações em sua conta no Twitter sobre africanos e homossexuais. "Sobre o continente africano repousa a maldição do paganismo, ocultismo, misérias, doenças oriundas de lá: ebola, Aids, fome... Etc", escreveu o deputado na ocasião.
Feliciano é alvo de protestos em encontro evangélico em Passos, MG (Foto: Helder Almeida / Clic Folha)
Recentemente, o deputado provocou novos protestos com a divulgação de um vídeo que dizia que as manifestações contra ele eram "rituais macabros". No último dia 19, em um programa da Rede TV!, Feliciano disse que continua disposto a não renunciar. A declaração foi feita antes da divulgação do vídeo.

G1.COM.BR

EU SOFRO POR ISSO - ME AJUDA DEUS.

"Como é difícil a gente querem fazer a obra de Deus no Brasil.
Sou humilde , de um ministério pequeno , mas com um coração de guerreiro.
Muitos se levantam com inveja , com mentiras , com atitudes dos infernos para nos atingir.
Muitos são os invejosos que tentam atrapalhar a obra de Deus através de nossas vidas.
Vejo o descaso de muitos lideres , que nada fazem e sequer ajudam quem quer fazer, vejo o descaso de pessoas que se dizem cristãs , mas são na verdade lobos transvestidos de cordeiros .
Vejo vidas morrendo em uma fé de factoides , onde impera a mentira materialista , onde impera  a mentira de um amor de latão , que para brilhar precisa ser limpo com flanelas do engano , onde reluz um brilho falso .
Vejo inúmeras igrejas onde não existe nada de amor .
Mas nem tudo esta perdido .
A poucos dias eu precisei de uma ajuda para uma missão em favor do reino de Deus , e um servo que sequer conheço pessoalmente estendeu as mãos e me ajudou .
O Brasil precisa de outros ABNER FERREIRA , o Brasil precisa de outros pastores ROBERTO  ,o Brasil precisa de outros APOSTOLO ESTEVAM HERNANDES,  o Brasil precisa de outros SILAS MALAFAIA . o Brasil precisa de outros MARCOS HALLEN ,o Brasil precisa DE OUTROS MARCO FELICIANO de outros BAUER, MARISA LOBO   E MUITOS OUTROS QUE NÃO CITO AQUI . O Brasil precisa de homens e mulheres que realmente amem a Deus a ao seu próximo como a si mesmo , pois assim seria muito mais fácil lutarmos em prol do evangelho vivo e verdadeiro .
Temos um chamado de alerta , e estamos fazendo da tripa o coração para colocarmos isso em prática .
No dia 29/06 de 2013  queremos unir o Brasil em um GRITO DE LIBERDADE , queremos que os verdadeiros Cristãos se mostrem , coloquem suas faces para que todos vejam que somos Cristãos de verdade .
Chega de sermos omissos , chega de ficarmos esperando pelas outras pessoas , chega de ficar levando as coisas com a barriga .

O REINO DE DEUS É FORMADO POR VALENTES QUE NÃO FOGEM DA PELEJA.

PRECISAMOS NOS UNIR , POIS O REINO DAS TREVAS ESTA SE UNINDO CONTRA A IGREJA DO SENHOR JESUS .

ACORDA POVO DE DEUS .


Bispo Roberto Torrecilhas

Bispo Roberto Torrecilhas fala sobre o crescimento do número de evangélicos sem igreja

Entrevista do Bispo Roberto Torrecilhas para o site O VERBO .

Segundo a última Pesquisa de Orçamentos Familiares, do IBGE, o número de evangélicos que não mantêm vínculo denominacional eram 4% dos evangélicos em 2003 e 14% em 2009, um salto de 4 milhões de pessoas. Que em 2011 pode chegar a 20% dos evangélicos.
As tendências registradas na década passada, como a queda da proporção de católicos e protestantes históricos se confirma em 2011 com o alto índice dos sem religião e neopentecostais.
No caso dos sem religião, eles foram de 5,1% da população para 7,1%. Embora a categoria seja em geral identificada como ateus e agnósticos, pode incluir quem migra de uma fé para outra ou criou sua própria igreja.
Os últimos dados divulgados indicam que há no Brasil cerca de 40 milhões de evangélicos, o que representa quase 25% da população brasileira. Porém cresce também o número de pessoas que se classificam como evangélicos sem vínculo denominacional.
Procurando entender melhor este fenômeno, Michael Caceres, repórter especial do portal, procurou o bispo Roberto Torrecilhas, do blog Gritos de Alerta. Leia a entrevista com Roberto: 
Michael Caceres – Existe uma nova linha teológica pregando que pra ser cristão não é necessário ir à igreja. Qual base usada para este pensamento teológico?
Roberto Torrecilhas – Essa linha teológica é uma grande mentira, pois nenhum galho de uma arvore sobrevive se não estiver ligado nela. Ai eles vão dizer que Jesus é a arvore, eu digo, Jesus é o cabeça, o tronco do corpo somos nós (igreja).
É impossível um membro de uma igreja ter uma vida sadia, saudável, se não estiver em comunhão com o corpo (igreja), isso é coisa de quem não quer compromisso.
Arranque um dedo, e depois de três dias já estará apodrecido. Corte um galho de uma arvore, e logo estará seco, servindo apenas para ser queimado.
Jesus fala de galhos sendo arrancados e jogados fora, queimados. Impossível ser membro do corpo de Cristo se não estiver ligado a ele.
Michael Caceres – A que se deve o crescimento no número de evangélicos que não querem mais frequentar a igreja com base neste pensamento?
Roberto Torrecilhas – Falta de compromisso com Deus, falta de compromisso com o ministério e seus objetivos. Também por causa dos escândalos, em que levam as pessoas a desacreditarem nessas organizações.
As pessoas buscam na igreja uma ilha em meio às tempestades no meio do mar. E quando encontram se deparam com problemas piores do que no mundo.
Certa vez, estava evangelizando um presidiário, e quando contei para ele o que ocorria dentro das igrejas ele quase pirou. Pois achava que certas coisas somente aconteciam no mundo, fora dos templos e igrejas. Lideres mal intencionados são os grandes culpados.
Michael Caceres – Este crescimento pode ter um resultado negativo para a igreja?
Roberto Torrecilhas – Entraremos na época das igrejas de membros decepados. Onde veremos não um corpo, e sim membros perambulado por ai, sozinhos. Dizendo assim: Paz do Senhor senhora perna, ou paz do Senhor pescocinho de Deus.
Também, depende do ponto de vista de cada um, pois não posso considerar uma pessoa que me fala que é evangélica, mas vive distante da igreja. O ponto negativo, é que o diabo vai entrar nesse meio como já tem entrado, e vai criar um novo tipo de igreja. A igreja dos membros conservados em formol, e nesse caso o papel do formol é a mentira, pois nenhum membro de nosso corpo se conserva se desligado dele.
Michael Caceres – O que poderia ser mudado para evitar que mais cristãos sigam a mesma linha teológica?
Roberto Torrecilhas – Ter líderes que amem de verdade as vidas e olhem para elas como seres humanos dependentes de carinho, afeto, amor e verdade. E não apenas como dizimistas e ofertantes. Parar de fazer das igrejas, como se fossem pastagem de engordar gados. Onde quanto mais gado gordo, mais lucro no final do mês.
Michael Caceres – O senhor acredita que a divisão da igreja, principalmente em um cunho denominacional, pode ser uma das principais razões para o crescimento no número de evangélicos sem igreja?
Roberto Torrecilhas – Bem sei que DEUS não tem paredes, nem placas e nem limites. Mas com tantos nomes de igrejas, que na verdade são verdadeiros escândalos, vão levar pessoas a se distanciarem sim.
Fiz uma pesquisa no Google de nomes engraçados de igrejas a qual eu fiquei estarrecido. Vai ter talento assim lá longe. Se perdurar essas mentiras e escândalos, vai crescer sim.
Michael Caceres – O que os líderes de igreja podem fazer para evitar que seus membros sigam este tipo de ensinamento doutrinário?
Roberto Torrecilhas – Amar, Ser Verdadeiro, pregar a verdade acima de tudo. Mas infelizmente muitos não o fazem. Hoje em dia, a igreja que tem crescido de uma forma catastrófica é a igreja na internet, onde a pessoa fica em casa. Não precisa ir à igreja. Distante de tudo e de todos, buscam a ter uma vida com Deus. Dizem fazer parte da igreja do Senhor, mas não o são, são apenas membros distantes do corpo.
Michael Caceres – Qual a importância de se congregar?
Roberto Torrecilhas – Você é chamado para participar, não somente crer. Embora seu relacionamento com Cristo seja pessoal, Deus nunca quis que fosse particular. Não existe “cristão autônomo”. Seguir a Cristo inclui integrar, não apenas acreditar, mas participar do corpo, pois somos membros do corpo de Cristo – a igreja. Para o Apóstolo Paulo, ser “membro” da igreja significava ser um órgão vital de um corpo vivo, parte indispensável e interconectada. Eu não posso ser um braço fora do corpo, o mesmo vai apodrecer, membros amputados são conservados dentro de um pote com formol (Romanos 12.4,5 e 1 Coríntios 12.12-27).
Michael Caceres – Como um cristão que esteja enfrentando uma determinada situação em sua igreja pode resolver o problema sem deixar de frequentá-la?
Roberto Torrecilhas – Primeiro, saber quem foi o responsável pela situação em questão. Se for ele, que procure se corrigir. Mas sempre o homem vai procurar colocar a culpa em outros, em questões que ele mesmo é culpado. Adão falou: Deus, a mulher que o senhor me deu por companheira é a culpada disso tudo estar acontecendo. Devemos aprender a assumir nossas responsabilidades, tomarmos posição madura. Todas as igrejas tem as suas dificuldades, e você pode trocar de igreja 50  vezes, e sempre vai encontrar situações difíceis. Digo que, a começar em mim, olhar para mim, me corrigir, tirar a trave de meus olhos para depois tentar tirar um cisco dos olhos de meu irmão.

VIA GRITOS DE ALERTA / INF. O VERBO

Procuradoria recorre contra ex-presidente Lula em ação de improbidade



“Tudo que é proposto de bom pelos outros, a corja petista combate, porque acha que, se deixar progredir, perdem votos. Nada fazem de bom e nada deixam os outros fazerem. É o partido do atraso, da ausência de planos (o único plano que têm é o de poder), da incompetência crônica. É o partido que sem ampara num homem só: um bêbado irresponsável, deslumbrado, um fanfarrão ignorante que, quando abre a boca, é só para entornar pinga ou disparar asnices"


O Ministério Público Federal recorreu contra a decisão de primeira instância da Justiça que extinguiu ação de improbidade contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-ministro da Previdência Amir Lando. Nessa causa, a Procuradoria busca que eles sejam condenados a devolver R$ 9,5 milhões aos cofres públicos.
A Procuradoria da República no Distrito Federal acusa Lula e o ex-ministro de uso da máquina pública para fazer promoção pessoal e privilegiar o banco BMG.
O benefício ao BMG teria ocorrido em virtude do envio pelo governo de 10,6 milhões de cartas a segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) em 2004, com as assinaturas do ex-presidente e de Lando.
As mensagens tratavam da possibilidade de obtenção de empréstimos consignados com taxas de juros reduzidas, mas à época o BMG era a única instituição financeira que podia realizar o negócio com os segurados, segundo a acusação da Procuradoria.
Em 2004 o BMG vendeu parte de sua carteira de crédito consignado à Caixa Econômica Federal por R$ 1 bilhão.
O BMG foi acusado de envolvimento no caso do mensalão. Segundo a Procuradoria-Geral da República, a instituição financeira abasteceu o esquema com mais de R$ 30 milhões. A Procuradoria, porém, decidiu não incluir os dirigentes do BMG na denúncia do mensalão e encaminhou as investigações relativas ao banco para a Justiça Federal de Minas Gerais.
No processo contra Lula e o ex-ministro da Previdência, a 13ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal decidiu em novembro do ano passado que o Ministério Público cometeu um erro técnico ao apresentar a ação de improbidade contra os acusados e determinou a extinção do processo.
Segundo o juiz do caso, Paulo Cesar Lopes, um ato de improbidade cometido por presidente da República deve ser atacado judicialmente por meio da chamada ação por crime de responsabilidade, prevista na lei 1079/50, e não com o uso da ação de improbidade apresentada pela Procuradoria no caso.
O recurso do Ministério Público, protocolado pelo procurador da República Hélio Heringer em 22 de janeiro, contesta o entendimento do juiz.
De acordo com o procurador, a ação por crime de responsabilidade é cabível nos casos relativos a atos políticos do presidente da República, mas nas situações ligadas a atos administrativos é possível usar a ação civil de improbidade.
Agora a apelação da Procuradoria será julgada pelo TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região, que tem sede em Brasília.
Procurada pela reportagem, a assessoria do ex-presidente Lula informou que não ele iria comentar sobre o recurso do Ministério Público. A assessoria do BMG afirmou que o banco não iria se pronunciar sobre o assunto.
O ex-ministro Amir Lando disse que as cartas enviadas aos segurados do INSS "tinham caráter informativo e de utilidade pública" e que não vê "perspectiva de sucesso no recurso do Ministério Público".


GRITOS DE ALERTA .

 

 

'CONIC não representa os evangélicos', diz pastor da AD sobre repúdio da instituição à Marco Feliciano na CDHM

ciro sanchesApós nota do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs no Brasil (CONIC) de repúdio à escolha do deputado Marco Feliciano para a Comissão de Direitos Humanos, pastores e líderes evangélicos se pronunciaram para criticar a instituição e a mídia secular.

  • (Foto: Consciência Cristã)
    Pastor Ciro Sanches Zibordi fala em evento da Consciência Cristã.
Diversas notícias apontam que os cristãos repudiam o pastor Feliciano, depois da nota divulgada pela CONIC. O pastor da Igreja Assembleia de Deus do Rio de Janeiro, Ciro Zibordi, postou em seu blog sobre a polêmica, chamando a grande mídia de “evangelicofóbica”.
Ciro criticou o CONIC e a mídia por informar que a instituição fala em nome dos cristãos evangélicos. “Por outro lado, quem disse que o CONIC (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs no Brasil) nos representa? A grande mídia tem divulgado que os evangélicos rejeitam o novo presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, com base numa manifestação de repúdio a Feliciano emitida pelo tal CONIC”, disse Zibordi manifestando sua opinião.
Segundo Ciro Zibordi, o pastor Feliciano pode ter defeitos, “porém está longe de ser o que dizem que ele é”. No texto anterior ele já havia dito: “Deus pode ter permitido isso a fim de impedir que o movimento evangelicofóbico dê continuidade a seus maus intentos”.
“Penso que não é momento de atacar ou ridicularizar os parlamentares cristãos, mesmo que alguns deles tenham deixado a desejar como pastores ou pregadores, no passado. É tempo de orar por eles, pois os tais evangelicofóbicos estão ainda mais furiosos, depois da derrota que sofreram na Câmara Federal”, declarou o pastor Ciro.
“Feliciano pode não agradar a muitos evangélicos. Mas há muita gente, de várias igrejas, especialmente da Assembleia de Deus, que o apoia. E é bom dizer que ele foi eleito com mais de 210 mil votos, enquanto o seu maior oponente, um cômico deputado BBBrasileiro com nome de carro antigo, o qual é bastante afinado com o CONIC, recebeu pouco mais de 13 mil votos, apenas”, publicou o pastor Ciro Zibordi em seu blog.
O Conselho Nacional das Igrejas Cristãs acusa o novo presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias de ser homofóbico e racista. Desde sua nomeação, a entidade tem divulgado notícias se posicionando contra o pastor Marco Feliciano. “Expressamos nosso repúdio ao processo que levou à escolha do deputado Marco Feliciano (PSC), o qual, por suas declarações públicas, verbais e escritas de conteúdo discriminatório, de cunho racista e preconceituoso contra minorias”, informa o comunicado do CONIC.
O pastor Marco Feliciano foi eleito presidente do CDHM na última sexta-feira (7), com um total de 11 votos. Ele nega as acusações de racismo, ressaltando que suas declarações foram com base bíblica e aparecendo em fotos com sua mãe, que é negra. Ele também nega ser homofóbico, afirmando que não se pode chamar alguém de homofóbico por causa de uma postagem no Twitter.
"Julgar uma pessoa de 40 anos por 140 caracteres [limite para cada postagem no Twiter] citados numa rede social, sem contexto, isso é uma violação dos direitos humanos."
O CONIC, criado em 1982, em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, prega unidade e o ecumenismo entre as igrejas cristãs. Foi idealizado pelas igrejas Católica Apostólica Romana, Episcopal Anglicana do Brasil, Confissão Luterana no Brasil, Sirian Ortodoxa de Antioquia e Presbiteriana Unida. Hoje a sede funciona em Brasília.

FONTE. http://portugues.christianpost.com/news/conic-nao-representa-os-evangelicos-afirma-pastor-da-ad-sobre-repudio-a-marco-feliciano-na-cdhm-15129/

Coreia do Norte anuncia 'estado de guerra' com Sul



O líder norte-coreano Kim Jong-un presidiu reunião de emergência em Pyongyang, na Coreia do Norte, na qual decidiu apontar mísseis para os EUA
O líder norte-coreano Kim Jong-un presidiu reunião de emergência em Pyongyang, na Coreia do Norte, na qual decidiu apontar mísseis para os EUA A Coreia do Norte anunciou nesta sexta-feira (29, quando já era sábado no horário local) o "estado de guerra" com a Coreia do Sul e que negociará qualquer questão entre os dois países sobre esta base.

"A partir de agora, as relações intercoreanas estão em estado de guerra e todas as questões entre as duas Coreias serão tratadas sob o protocolo de guerra", declara um comunicado atribuído a todos os órgãos do governo norte-coreano.

"A situação que prevaleceu por longo tempo na qual a península coreana não estava nem em guerra nem em paz acabou", destaca o comunicado divulgado pela agência oficial de notícias norte-coreana KCNA.

O comunicado adverte que qualquer provocação militar próxima às fronteiras terrestres ou marítimas entre o Norte e o Sul levará a "um conflito em grande escala e a uma guerra nuclear".

As duas Coreias estão tecnicamente em guerra desde o conflito de 1950-53, que terminou com um armistício e não com um tratado de paz.

O Norte já havia anunciado o fim do armistício e de outros tratados bilaterais de paz firmados com Seul para protestar contra as manobras militares conjuntas de Estados Unidos e Coreia do Sul.

Tensão entre as Coreias67 fotos

29.mar.2013 - Norte-coreanos e oficiais do Exército do país fazem gestos de apoio ao ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, em praça no centro de Pyongyang, depois que o líder decidiu apontar mísseis para os Estados Unidos


O anúncio do "estado de guerra" ocorre um dia após o líder norte-coreano, Kim Jong-un, ordenar o início dos preparativos para atacar com mísseis o território dos Estados Unidos e suas bases no Pacífico e na Coreia do Sul.

A ordem foi emitida durante uma reunião de emergência com o Estado-Maior norte-coreano e é uma resposta direta às manobras conjuntas dos Estados Unidos e da Coreia do Sul na península com bombardeiros invisíveis americanos B-2, capazes de transportar armas nucleares.

Em caso de provocação imprudente dos Estados Unidos, as forças norte-coreanas "deverão atacar sem piedade o (território) continental americano (...), as bases militares do Pacífico, incluindo Havaí e Guam, e as que se encontram na Coreia do Sul", declarou Kim, citado pela agência oficial.

Na quinta-feira, em um contexto de escalada de tensões entre as duas Coreias, dois bombardeiros invisíveis B-2 sobrevoaram a Coreia do Sul, uma maneira de os Estados Unidos ressaltarem sua aliança militar com Seul em caso de agressão do Norte.


UOL.COM.BR

PÁSCOA JUDAICA APROXIMA OBAMA E FRANCISCO I DOS JUDEUS

 

Não sei até que ponto há sinceridade nestas ações e gestos de proximidade e até de identificação do super-poderoso Obama e do papa Francisco I aos judeus. Até podem ser genuínos e sinceros. Se assim for, tanto melhor.
Mas seja como for, esta aproximação com os judeus manifesta nesta ocasião da Páscoa judaica, ontem celebrada e a decorrer nestes 7 dias, poderá ser um caminho já previsto e incontornável na aproximação do Chefe do Vaticano e do político mais poderoso na terra ao povo eleito, uma condição mais que necessária para o estabelecimento de um "plano de paz" entre Israel e os demais, patrocinado pelo poder político e sustentado e promovido pelo poder religioso, ambos centralizados em duas personagens apocalípticas, a "besta" e o "falso profeta."

Não quero com isto dizer que Obama e Francisco I sejam essas personagens, mas simbolizam as duas com grande proximidade, uma vez que a revelação profética em Daniel e Apocalipse nos falam de 2 "super-homens" (um político e outro religioso) que encabeçarão uma aliança com Israel nos últimos dias a qual posteriormente trairão. 
Podemos estar exactamente agora a ver esse quadro a tornar-se cada vez mais claro diante dos nossos olhos.

OBAMA CELEBRA PÁSCOA NA CASA BRANCA
Mais uma vez Obama celebrou o seder, a refeição da Páscoa judaica na Casa Branca, sendo assim o único presidente norte-americano a celebrar essa festa de origem e tradição judaicas. 

Tal como expressou no seu já famoso discurso aos estudantes universitários em Jerusalém na passada quinta-feira, Obama parece ter grande respeito e admiração pela História da Páscoa judaica. A suas palavras demonstram-no bem:
"É uma história de séculos de escravidão, e anos de peregrinação pelo deserto," - afirmou Obama, continuando: "É uma história de perseverança no meio da perseguição, e fé em Deus e na Torá. É uma história sobre encontrar a liberdade na sua própria terra. E para o povo judeu, esta história é central para aquilo em que vos tornastes. Mas é também uma história que guarda em si própria a experiência humana universal, com todo o seu sofrimento, mas também tudo sobre a sua salvação."
Sabe-se hoje que os mentores da educação de Obama eram todos judeus que, apesar de serem secularizados, terão transmitido a Obama uma profunda conscientização e identidade judaicas. 
Percebe-se também que Obama tem insistido em "ligar" a Pascoa judaica, o grande movimento de libertação dos judeus após séculos de opressão e escravidão aos movimentos de libertação dos negros e dos escravos na América, sendo ele mesmo como negro um "resultado" dessa libertação, dessa "Páscoa" africana...


FRANCISCO I ESTENDE SAUDAÇÕES DA PÁSCOA À COMUNIDADE JUDAICA
Ontem também, o novo papa Francisco I estendeu as suas saudações ao rabi-mor de Roma e aos judeus do mundo inteiro num gesto que visa fortalecer as relações entre as duas religiões, no dia em que os judeus iniciaram as celebrações da sua Páscoa.

Na sua mensagem ao rabi Riccardo di Segni, Francisco I disse "esperar que o Todo-Poderoso, que libertou o Seu povo da escravidão no Egipto guiando-os até à Terra Santa os continue a libertar de todo o mal, acompanhando-os com a Sua bênção."
E pediu: "Peço-vos que orei por mim, tal como vos asseguro das minhas orações, confiante de ser capaz de aprofundar os laços do respeito e amizade mútuos," - prometeu ainda o líder católico aos judeus.
No dia da sua entronização esteve presente uma vasta delegação de rabis, sublinhando os fortes laços entre as duas religiões.
Apesar de as delegação muçulmana na posse de Francisco I ter sido de "segundo nível", mesmo assim o papa asseverou na passada semana querer "intensificar" o seu diálogo com o islão, ecoando assim a esperança de que o mundo islâmico possa estabelecer melhores laços com a Igreja Católica durante o seu reinado como papa.

O caminho prepara-se...
Shalom, Israel!

A PREPARAÇÃO DO ANTI CRISTO -JÁ HÁ MUÇULMANOS QUE ACEITAM A IDÉIA DE UM TERCEIRO TEMPLO EM JERUSALÉM...

A construção do terceiro templo .


Não faz qualquer sentido destruir o Domo da Rocha no Monte do Templo, em Jerusalém, por três razões muito claras:
1ª - segundo a interpretação bíblica, o próximo templo a ser reedificado poderá ser erguido pelo próprio Anticristo, fazendo isso parte do "pacote" de paz com que ele irá engodar e mais tarde enganar o povo judeu. As profecias bíblicas indicam que esse "filho da perdição" irá assentar-se no templo, querendo fazer passar-se por deus e exigindo a adoração mundial. Confira na sua Bíblia em em Daniel 9:27; Mateus 24:15-16; 2 Tessalonicenses 2:3-4; Apocalipse 11:1-2. 
DOMO DA ROCHA
2ª - nesta lógica anterior, não faria qualquer sentido essa personagem que inicialmente tentará fazer-se passar por "homem de paz" tentar derrubar o atual Domo da Rocha para construir ali um templo, uma vez que isso originaria imediatamente uma terceira guerra mundial;
3ª - mesmo ao lado dessa mesquita, no sentido norte, há um enorme espaço, mais do que suficiente para a edificação de um templo, dessa forma "agradando a gregos e a troianos", neste caso judeus e muçulmanos...


Mas o que eu pessoalmente não contava ver tão cedo era alguém muçulmano aceitar essa mesma idéia! Mas, nesta vertiginosa velocidade para o cumprimento das profecias nestes "últimos dias", o que é que mais nos pode admirar?

OPINIÃO DE ALGUNS MUÇULMANOS
Segundo a edição do "The Jewish Press" do passado dia 14, Sinem Tezyapar, uma muçulmana e produtora de TV turca, apelou à reconstrução do Templo do "Profeta Salomão."
E ela assegura aos seus amigos muçulmanos que não precisam de ficar nervosos, porque:
"Existe uma enorme extensão de terra à volta da mesquita de Al-Aqsa e do Domo da Rocha. A terra ali é bastante conveniente para esse efeito, e o Templo pode ser colocado a pequena distância da Qubbat As-Sakhrah e um pouco acima da Masjid  el-Aqsa."
O artigo desta produtora da TV turca também revela um desejo de estabelecer a paz e unidade com o povo judeu. 
ENORME ESPAÇO A NORTE DO DOMO DA ROCHA
Este é sem dúvida um desenvolvimento muito interessante e seria muito fácil classificá-lo como mais uma ideia simplista. E o facto de ser uma mulher a produzir esta ideia no mundo muçulmano gera muito mais dificuldade. Mas esta não é a primeira vez que a ideia surge de mentes islâmicas: segundo um artigo publicado no "Word Net Daily", um influente líder muçulmano turco chamado Adnan Oktar é descrito como tendo feito a mesma proposta de reconstruir o templo judaico, chamando-lhe de "palácio de Salomão."


VELHO ANSEIO JUDEU
Como se sabe, a reconstrução do Templo é um velho anseio do povo judeu. Num artigo sobre a reconstrução do Templo, o escritor e editor hassídico Mordechai Housman descreve o primeiro e principal obstáculo como sendo político, e em segundo lugar uma questão de segurança por causa dos muçulmanos. Se um respeitado líder muçulmano declarar que o Templo de Salomão deve ser reconstruído, caso a comunidade muçulmana aceite, é mais que provável que a comunidade judaica corresse para agarrar a oportunidade, sendo então capaz de ultrapassar quaisquer obstáculos cerimoniais que se interpusessem pelo caminho.
LOCAL DO FUTURO TEMPLO? POR QUE NÃO?

ESTARÁ PRÓXIMO?
Não há qualquer garantia de que isto possa acontecer em breve. Mas um dia irá certamente acontecer, pois é Deus Quem o revelou. Olhando para o quadro profético actual, tudo leva a crer que não faltará muito tempo para este grande evento, uma vez que o "espírito enganador" do Anticristo e do seu assessor, o "falso profeta" já paira por aí...
Shalom, Israel!

JUDEUS EM ISRAEL JÁ SÃO MAIS DE 6 MILHÕES!

 

A Páscoa que  vamos celebrar é um acontecimento único na História, profundo e transformador em todos os sentidos. 
Mais uma informação vinda de Israel confirma a perfeição e certeza das profecias bíblicas: a população de judeus vivendo em Israel já é a maior do mundo inteiro, isto é, há neste momento e pela primeira vez na história mais judeus a viver na Terra de Israel do que nos EUA ou outra parte do mundo.
O número ultrapassou agora na Páscoa os 6 milhões, um número carregado de simbolismo, uma vez que foram 6 milhões de judeus as vítimas dos 6 anos do Holocausto nazi. 
A população total de Israel é agora de 8 milhões de habitantes.
Nos EUA vivem atualmente 5,5 milhões de judeus. Só em Nova Iorque vivem cerca de 2 milhões! 
Em França vivem 500.000, principalmente em Paris, e no Canadá cerca de 380.000, maioritariamente em Toronto.
290.000 judeus vivem atualmente na Grã-Bretanha, basicamente na região de Londres.
Segundo o Ministério do Interior de Israel, vivem na Terra cerca de 1,6 milhões de árabes e 350.000 cristãos não árabes, na maioria imigrantes oriundos da antiga União Soviética.
Há também cerca de meio milhão de israelitas que vivem fora de Israel.
Há no entanto estudos que indicam que a população judaica está a decrescer nos países fora de Israel.
Há atualmente 13.800.000 judeus, e o crescimento de judeus só acontece exatamente na Terra que lhes pertence de direito, a Terra de Israel!
Antes do início da 2ª Guerra Mundial e do Holocausto, o número de judeus no mundo era de cerca de 18 milhões.
Seguindo a tendência atual, dentro de 10 anos a maioria dos judeus já poderão viver em Israel, dessa forma podendo-se dizer que após 2.000 anos os judeus voltaram finalmente à sua Terra!

Via Sacra em Jerusalém é marcada pela prisão de um cristão palestino

Placa que marca o início da Via Dolorosa, rua na cidade velha de Jerusalém, onde, de acordo com a tradição cristã, Jesus Cristo carregou sua cruz (Foto: Maureen/Creative Commons)
Lisboa – Pelo menos um palestino foi detido hoje depois de confrontos entre policiais israelenses e um grupo de cristãos palestinos na entrada do Santo Sepulcro durante a procissão da Sexta-feira Santa, em Jerusalém, informa a agência espanhola Efe.
Os incidentes aconteceram na praça que dá acesso à Basílica do Santo Sepulcro, muito próxima da nona estação da Via Sacra, quando um grupo de palestinos de uma congregação, descrita como o Patriarcado Latino de Jerusalém, aguardava para entrar no santuário.
Nesta altura, cerca de uma dezena de policiais israelitas formava um cordão de segurança para controlar a entrada na Basílica dos diferentes grupos que integravam a procissão. Segundo a agência Efe, depois de cerca de dez minutos de espera, os ânimos exaltaram-se entre os membros da congregação, o que desencadeou o confronto entre os palestinos e a polícia.
Os confrontos transformaram-se em empurrões e agressões a soco entre palestinos e agentes da autoridade israelitas, tensão que só diminuiu depois da intervenção dos líderes dos grupos religiosos palestinos, que acalmaram os ânimos e permitiram que entrassem na Basílica. Na sequência destes confrontos, a polícia israelita prendeu pelo menos uma das pessoas do grupo, constatou a Efe.
A procissão começou pouco depois do meio-dia, na parte inferior da cidade velha de Jerusalém, liderada por duas grandes cruzes de madeira de oliveira. Os milhares de peregrinos que acompanham a procissão fazem, segundo a tradição cristã, o caminho que Jesus fez até ao local da sua crucificação. Antes das festividades de comemoração da ressurreição de Cristo, no domingo de Páscoa, os fiéis de todo o mundo lembram a morte de Jesus na sexta-feira.
Na procissão estiveram grupos dos mais variados países, desde a Espanha, India, Sri Lanka ou Filipinas, que fizeram o caminho até à Basílica do Santo Sepulcro, ao mesmo tempo que milhares de policiais faziam o policiamento dentro e à volta da cidade velha.
Estes reforços foram enviados para proteger os peregrinos de eventuais manifestações de palestinos durante as orações de sexta-feira no Monte do Templo, na véspera do "Dia da Terra", disse um porta-voz da polícia à agência de notícias France Press. O "Dia da Terra" ("Youm al-Ard", em árabe) assinala a morte de seis árabes israelitas contra a expropriação de terras por Israel, a 30 de março de 1976.
Muitos judeus estavam também presentes na cidade velha de Jerusalém por ocasião da celebração do Pessach, a Páscoa judaica, que assinala a fuga dos judeus do Egito, segundo a tradição bíblica, e continuará até o início na próxima semana.
Os cristãos representavam mais de 18% da população da Terra Santa durante a criação do Estado de Israel em 1948, mas agora são menos de 2%, na sua maioria ortodoxos, que celebram a Páscoa a 5 de maio.
A Via Sacra está situada no setor oriental de Jerusalém, de maioria árabe e anexada por Israel em junho de 1967.
  • Fonte.  Creative Commons - CC BY 3.0

Pastor Abner Ferreira fala sobre o uso da tecnologia na evangelização

Abner Ferreira, presidente do Conselho dos Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB escreveu um artigo ao Gospel Prime falando sobre o uso da tecnologia na evangelização. Abner acredita que as igrejas “ainda estão engatinhando quando o assunto é inclusão digital” e que “a tecnologia não está sendo usada em benefício das estratégias de evangelização e discipulado”.
Para o líder da Assembleia de Deus em Madureira os poucos profissionais de tecnologia que trabalham na evangelização, seja através de blogs ou mídias sociais não têm o apoio da igreja nem dos líderes. Abner também destaca que a crescente a crescente informatização de diversas atividades devem ser um exemplo da importância do uso da tecnologia na evangelização.
“A evolução tecnológica nos permitiu acelerar a tradução da Bíblia para vários outros idiomas, além de facilitar o processo de distribuição de exemplares impressos e digitais. Mas acredito que há muito mais a ser explorado. Existem muitas outras áreas tecnológicas que poderiam nos servir de instrumento de evangelização e discipulado. Porém, a grande questão é: quem irá aperfeiçoar estas ferramentas?”, questiona o pastor.
Ferreira também acredita que possa surgir uma “ruptura” no contexto da tecnologia da informação capaz de alavancar os projetos de evangelização digital. “Grandes projetos com mídias digitais, blogs, vídeos e ferramentas específicas para redes sociais poderiam servir para apresentar a mensagem do Evangelho nas casas das pessoas, em forma viral, tal como vídeos no YouTube”. comenta.
“Acredito que conforme novas tecnologias e métodos estão sendo desenvolvidos as igrejas poderiam potencializar melhor um departamento que já tem se tornado ministério em muitas denominações – o departamento de comunicação. Quer nos sites de denominações, quer em redes sociais, as igrejas devem capacitar-se para compartilhar a fé utilizando as novas tendências digitais, pesquisando novos valores para aplicar através das ferramentas de rápida comunicação”, escreve.
Abner conclui destacando a importância de se criar projetos voltados para a inclusão digital, com ensinos bíblicos, seminários, estudos sobre bom uso de ferramentas digitais, escolas sobre bons costumes na formação de opinião e – o que chamou – de treinamento em criação de projetos digitais para a evangelização viral.

GP

Silas Malafaia e Abner Ferreira defendem Marco Feliciano



O jornal Extra procurou o pastor Silas Malafaia para comentar sobre a escolha do deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados. A escolha é polêmica e tem dividido a opinião pública já que o recém eleito está sendo acusado de racismo e homofobia.
Para Silas Malafaia as acusações fazem parte do que ele chama de “um joguinho político de ativismo gay” e que o pastor Feliciano deverá coordenar as atividades da CDHM de forma imparcial. Em relação às críticas e movimentações contrárias à eleição do evangélico, Mafalaia acusa a intolerância dos ativistas LGBT.
“Os que querem direitos humanos agridem, xingam. Eles querem direitos para eles. Isso aí é um joguinho político de ativismo gay. Eu também sou vítima disso”, afirmou Malafaia.
O presidente da Associação Vitória e Cristo (AVEC) é considerado como um dos maiores inimigos dos homossexuais e também sofre ameaças e acusações. “Eu também sou acusado de ser homofóbico. Aí eu pergunto: qual o evangélico que matou um gay? Isso é conversa. Quem contraria os ativistas gays no Brasil é chamado de homofóbico.”
Malafaia diz também que espera que o deputado evangélico presida deixando suas convicções pessoas e religiosas de lado. “Eu espero que ele, como a Bíblia diz, presida com cuidado. Espero que ele seja justo, ético, que não tenha proteção com a, com b ou com c. As convicções dele passam a ficar de lado.”
Abner Ferreira também comenta o caso
O pastor Abner Ferreira, da Assembleia de Deus Madureira, também comentou a forma como o pastor Marco Feliciano está sendo acusado e dá apoio à permanência do deputado evangélico como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias.
Ele lembra que a última gestão foi feita por um deputado do PT que se dedicou a temas relacionados ao ativismo gay e ao que ele chama de “seus privilégios”. Sendo assim, na visão de Abner Ferreira, nada mais justo do que ter agora um presidente militante da família tradicional.
“Os boçais que acusam os evangélicos de intolerância, promovem, de maneira grotesca, a intolerância religiosa mais grotesca, que agride moralmente, xinga, grita, parte para a baixaria e exige o silêncio da maioria”, comenta ele.
PORTAL FIEL

Apoiador de Marco Feliciano diz que opositores não são democráticos

Vice-presidente do PSC, pastor Everaldo Pereira, afirma que 'intolerante' é quem 'agride' e 'quer ganhar no grito'.

Principal "fiador" do deputado pastor Marco Feliciano (PSC-SP) no comando da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, o vice-presidente do PSC, pastor Everaldo Pereira, criticou ontem o tom das manifestações contra seu correligionário e mandou recados a aliados que cobram a saída dele do posto.

Feliciano é alvo de protestos de movimentos sociais que o acusam de ser homofóbico e racista. Ele nega.

Anteontem, duas pessoas foram detidas na Câmara após Feliciano mandar prender um manifestante acusado de o chamar de "racista".

"Essas pessoas é que não são democráticas", disse Pereira sobre os manifestantes, em entrevista à Folha de São Paulo.

"O que a gente vê é que intolerante é quem agride, invade o gabinete, quer ganhar no grito. Se deixar o deputado trabalhar normalmente, vão verificar que não tem intolerância da nossa parte."

Pereira disse que não há chances de Feliciano deixar o cargo, nem com um apelo dos líderes da Câmara, porque "foi eleito pela maioria da comissão e dentro da legalidade".

O pastor tenta manter uma agenda normal de trabalho e já anunciou que vai trocar 4 dos 5 servidores de confiança da comissão. Dos 12 servidores concursados, dois pediram para sair com a chegada do pastor.

Feliciano foi denunciado pelo Ministério Público ao STF (Supremo Tribunal Federal) por ter dito no Twitter que "a podridão dos sentimentos dos homoafetivos levam ao ódio, ao crime, à rejeição".



Mas Pereira reforçou o discurso de que as falas de Feliciano consideradas preconceituosas foram distorcidas e representam apenas uma tese teológica. Everaldo diz que seu colega tem raízes negras. "O cara é crioulo, tem cabelo ruim, tem que passar negócio na cabeça. O cara é filho de negro. Foi uma declaração teológica no passado."

O vice-presidente do PSC atacou "pessoas e partidos que jogaram a comissão fora, sem interesse pelos direitos humanos". A comissão é historicamente ligada ao PT, que presidiu o colegiado 13 vezes nos últimos anos, mas abriu mão dela para optar por outras três comissões.

Questionado sobre a indicação dos deputados José Genoino (PT-SP) e João Paulo Cunha (PT-SP), condenados no caso do mensalão, para a Comissão de Justiça, ele disse que preferia não avaliar a situação de outros partidos, mas alfinetou. "Se Feliciano fosse condenado pelo Supremo, nem seria indicado [para comissão] e possivelmente teria sido convidado a sair do partido."

Diante da blindagem dos evangélicos a Feliciano, o PPS sugeriu a renúncia geral da comissão de Direitos Humanos. Se 10 dos 18 integrantes do colegiado renunciassem, teria que ser realizada uma nova eleição para a presidência. A ideia já teria sido analisada pelo presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

A avaliação de líderes é que isso não teria sucesso porque Feliciano teria apoio da maioria dos integrantes -outros quatro colegas são do PSC.

Fonte: Folha de São Paulo

Amigo diz que Neymar está desviado e quer levá-lo de volta à igreja

Amigo diz que Neymar está desviado e quer levá-lo de volta à igreja Amigo diz que Neymar está desviado e quer levá-lo de volta à igreja
Neymar e Roberto Brum jogaram juntos pelo Santos em 2009. Como ambos eram evangélicos, iam juntos a cultos, oravam nas concentrações e comemoravam gols com dancinhas “em louvor a Deus”. Hoje pastor e treinador do Itaboraí, time da 3ª divisão do Rio de Janeiro, o ex-volante afirmou que precisa ir a Santos para “retransmitir as palavras de Deus” a Neymar.
O pastor Brum considera que o jovem camisa 11 da seleção “se perdeu na vida, se cercando de “falsos amigos” e vivendo em um mundo de faz de conta”. Ao site UOL, declarou: “O Neymar é um menino maravilhoso, humilde, mas que se perdeu. Ele foi afastado do caminho de Deus. Neymar é jovem e rico. Compreendo esse momento em que ele passa, até porque já tive a idade dele e fiz coisas iguais ou piores. Darei o seguinte recado ao Neymar: ‘o vazio que está no seu coração é o espaço que Deus vai ocupar’”.
O ex-jogador afirma ainda sentir falta de ver Neymar fazer comemorações de cunho religioso. “Foi maravilhoso quando eu e Neymar comemoramos cantando o trecho: ‘Para direita, para esquerda. Na minha frente e para trás. Por todo lado sou abençoado’”, lembra Brum. O jovem ídolo já comemorou títulos com uma faixa escrito “100% Jesus” na cabeça e participou de um clip do grupo gospel “Ao Cubo”.
Brum apoiou ainda as declarações de Pelé, que reclamou recentemente de ver  Neymar mais preocupado em aparecer na mídia do que estar bem em campo. “O Neymar vivia na igreja. Agora não sei o que aconteceu com ele. Não estou mais perto dele, então não sei exatamente. O Neymar ainda vai se arrepender e voltará ao caminho do Senhor”, profetizou o amigo.
Toda a família de Neymar frequenta a Igreja Batista Peniel, em São Vicente. Mas seu pastor, Newton Lobato, afirma que Neymar sempre encontra uma maneira de ir à igreja. “Como profissional, diminuiu a frequência por questão natural dos compromissos. Depois dos 17, 18 anos, ele começou a ter um jogo atrás do outro. Ele está no momento dele, muito assediado, não tem tempo quase nem pra ele. Fico alegre quando vejo ele (sic) na igreja. Fico alegre porque sei das dificuldades e ainda assim ele vai pra igreja, fica quietinho ali e depois vai embora”, conta.
Por sua vez, o pai de Neymar defende que seu filho sempre teve presente a religião em sua vida e que não abandonou a fé.
“Você tem que entender como é o crente. Ele acredita em Jesus e quer sempre se manter na casa de Deus. Ele faz isso pra congregar e alimentar seu espírito. Ele sempre quer estar mais perto da palavra de Deus. Isso foi desenvolvido pela gente, isso cabia à gente levar nossos filhos. Essa coisa de crescer espiritualmente”, explica. Embora tenha reduzido a frequência com que vai aos cultos, Neymar continua dando seu dízimo.
Depois de ter um filho fora do casamento, aparecer dando festas com mulheres e bebidas e viver uma fase apagada na Seleção, Neymar só falou sobre igreja este ano após ser chamado de macaco em fevereiro.


GP

Governador intervém e ordena investigação em universidade onde alunos eram obrigados a pisar no nome de Jesus


Governador intervém e ordena investigação em universidade onde alunos eram obrigados a pisar no nome de JesusRecentemente, o professor universitário Deandre Poole causou polêmica ao sugerir a seus alunos que escrevessem o nome “Jesus” num pedaço de papel e pisassem sobre ele, como forma de afirmar que tal nome não tem valor. O caso tomou uma notoriedade maior ainda porque a Florida Atlantic University suspendeu um aluno mórmon que se recusou a participar do exercício sugerido pelo professor.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Apesar de a universidade ter se pronunciado pedindo desculpas para as pessoas que se sentiram ofendidas com o episódio, o governador da Flórida, Rick Scott, ordenou que fosse instaurada uma investigação sobre o incidente, para assegurar que casos semelhantes não voltassem a acontecer.
De acordo com o site The Miami Herald, Scott escreveu uma carta ao chanceler do Sistema Universitário Estadual, Frank Brogan, exigindo uma investigação.
- Estou pedindo um relatório do incidente, como ele foi tratado e uma declaração de políticas da universidade para assegurar este tipo de “lição” não venha a ocorrer de novo – escreveu Scott.
Em um comunicado oficial, a universidade garantiu que este exercício não será usado novamente.
- A Universidade tem de mais caro seus valores centrais. Pedimos sinceras desculpas por qualquer ofensa que isso causou. A Florida Atlantic University respeita todas as religiões e acolhe pessoas de todas as fés, origens e crenças. – declarou a universidade, que afirmou ainda que “alunos foram obrigados a participar do exercício” e que “nenhum aluno foi expulso, suspenso ou punido pela Universidade como um resultado de qualquer atividade que teve lugar durante a aula”.
Porém, o governador Rick Scott afirmou que quer mais do que simplesmente um pedido de desculpas, e que a atitude do professor vai contra os direitos de liberdade religiosa dos americanos.
- A lição do professor era ofensiva, e até mesmo intolerante, para os cristãos e pessoas de todos os credos, que merecem ter respeitados como americanos o direito de liberdade religiosa – afirmou Scott.

G+

Especialistas afirmam que caso Feliciano é uma amostra da força política dos evangélicos no Brasil


Especialistas afirmam que caso Feliciano é uma amostra da força política dos evangélicos no BrasilEspecialistas entendem que a indicação de Marco Feliciano para a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados expõe a consolidação do poder político das religiões no Brasil, sobretudo da evangélica, que tem registrado crescimento vultuoso na sociedade brasileira.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A informação acima foi publicada pela agência alemã Deutsche Welle, que mensurou o crescimento político dos evangélicos: em 20 anos, o número de parlamentares da bancada evangélica se multiplicou, passando de 23 em 1990, para 73 em 2010.
Para Christina Vital, professora de ciências sociais da Universidade Federal Fluminense (UFF), “os católicos sempre foram hegemônicos no Brasil, você não precisava nem dizer que pertencia a essa religião. Mas, com o crescimento dos evangélicos, há um desequilíbrio nessa equação. A disputa foi para além dos limites do campo religioso, porque estar na política é garantir espaços privilegiados”, afirma.
Este poderio político cristão no Brasil se consolida no Legislativo através da aliança entre católicos e evangélicos, que juntos somam 95 parlamentares que se impõe contra questões como aborto, casamento gay e liberação das drogas.
A definição contemporânea de Direitos Humanos coloca os religiosos num quadro de contestação por parte dos ativistas gays, por exemplo. A matéria da Deutsche Welle, no entanto, destaca que após a redemocratização, evangélicos e católicos foram importantes “para o avanço dos direitos humanos e pautas da minoria, como temas ligados à terra, melhoria das condições de trabalho e dos direitos cidadãos”, e pondera lembrando que “os assuntos, no entanto, não afetavam a reprodução e a sexualidade”.
A Frente Parlamentar em Defesa da Vida e Preservação da Família reúne 192 deputados, entre políticos eleitos diretamente por sua atuação religiosa e outros que de alguma forma se identificam com os princípios conservadores de preservação da vida, representado 40% do Congresso Nacional.
“Não são somente eles que são conservadores. Eles vocalizam boa parte do que a população brasileira pensa sobre aborto, direitos das mulheres e de homossexuais”, constata a professora Christina Vital.
Numa comparação com a Alemanha, o professor Frank Usarski, que leciona ciências da religião na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), afirma que, o pluralismo das forças religiosas é menor no Brasil, entretanto a influência da religião se mostra mais forte: “O enraizamento das igrejas na consciência e na realidade social dos brasileiros é maior”, diz.
Christina Vital observa ainda que a questão do Estado Laico no Brasil é confusa, levando em consideração que o termo é muito abrangente. A professora ilustra a questão citando o fato de que aqui, não há contribuição direta do Imposto de Renda para instituições religiosas, como em alguns países da Europa, mas há por parte do Estado um diálogo com as religiões, por exemplo: “Por esse lado, o Estado é laico. Mas, por outro, se laicidade não é a presença da religião ou não ter a interlocução da religião com o segmento político, aí o Brasil não é laico. No Brasil, há uma enorme presença do elemento religioso no espaço público”, resume.

GOSPEL +

O QUE SIGNIFICA 5777--"LEI PERFEITA, LEI DA LIBERDADE"

(TG 2:8; 1:25)(ler -2 Co 3:16 a18)."SE CRISTO VOS LIBERTAR SEREIS VERDADEIRAMENTE LIVRES."(JO 8:36)-- Para que...