sexta-feira, 29 de março de 2013

Centenas de evangélicos vão às ruas de Brasília em defesa da fé cristã

Na tarde desta terça-feira foi realizada na capital brasileira uma mobilização de evangélicos em defesa da fé. Uma comitiva foi recebida por representantes políticos em Brasília. Os organizadores do evento já está planejando uma manifestação nacional , O GRITA BRASIL - o verdadeiro grito de liberdade programado para Junho de 2013 .


  • plc 122
    Manifestação na frente do Congresso Nacional contra o projeto de lei 122, que criminaliza a discriminação contra os homossexuais.
A caminhada reuniu centenas de pessoas em frente à Câmara dos Deputados. Um dos organizadores do evento foi o  ministério Geração Graça e Paz, através do projeto Gritos de Alerta. “Pois quando a igreja se une, ela mostra sua grandeza”, destacou  Roberto Torrecilhas do Gritos de Alerta ao The Christian Post.
“Graças a Deus tudo esta acontecendo conforme planejamos , inclusive a permanência do pastor Marco Feliciano na comissão de direitos humanos da Câmara”, disse o bispo Roberto Torrecilhas .

PASTOR ROBERTO LUIZ ,
Pastor Auxiliarda Igreja Batista Getsêmani
 em Belo Horizonte/MG
 Um dos organizadores do manifesto
, discursando
no plenário da comissão .
Um dos organizadores ,  o pastor Roberto Luiz , da igreja Batista do Getsemâni de Belo Horizonte,  foi o responsável pelo discurso no plenário do conselho participativo da Câmara. O presidente da Comissão de Participação Participativa, Lincoln Portela, recebeu a comitiva com os líderes da manifestação em defesa da fé cristã no Brasil.
Embora a manifestação evangélica tivesse o intuito de ser pacífica, um grupo de ativistas gays tentou tumultuar a expressão do grupo cristão. Segundo o Roberto, os homossexuais tentaram partir para o enfrentamento.
“Sabemos que grupos contrários à fé cristã no Brasil, estão se infiltrando na política para tentar desestabilizar todo trabalho desenvolvido pelos cristãos. Esse projeto visa juntar o maior numero de Igrejas Cristãs no Brasil, para mostrarmos a grandeza do povo Cristão do Brasil. Não iremos deixar que roubem o que a igreja cristã do Brasil conquistou com tanta luta”, fala Roberto.
Segundo o bispo Roberto Torrecilhas, o próximo passo é organizar uma manifestação a nível nacional – intitulada ‘Grita Brasil, o verdadeiro grito de liberdade’. “Será um dia que a Igreja Evangélica do Brasil vai promover em vários estados seu grito de alerta”, informa. Ele informa ainda que vários líderes já confirmaram adesão para a mobilização. O intuito é reunir o maior número possível de cidades brasileiras.
 
 
VIA GRITOS DE ALERTA -

ACUSADOR DE MARCO FELICIANO SERÁ INVESTIGADO - PLANTOU VENTO VAI COLHER TEMPESTADE .

Feliciano complicará a vida de Dutra.
Feliciano complicará a vida de Dutra.
O deputado federal, Domingos Dutra (PT), não sabe o grande mal que fez pra si mesmo após renunciar da Comissão de Direitos Humanos. Ocorre que seu desafeto, o também deputado Marco Feliciano e os evangélicos estão partindo para dá o troco.
Na reunião da última terça-feira, os evangélicos decidiram e apresentaram ao presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Alves, a grave denúncia que pesa contra Domingos Dutra, da qual ele colocou uma empregada doméstica como funcionária da Câmara.
Na época, a doméstica Regiane Abreu descobriu que seu nome foi usado pelo parlamentar após entrar na Justiça do Trabalho para garantir direitos trabalhistas.
Com isso, os deputados evangélicos que defendem Feliciano vão pedir reabertura do processo contra Dutra no Conselho de Ética.

Denúncia feita no ano passado pelo deputado federal Chiquinho Escórcio.
Denúncia feita no ano passado pelo deputado federal Chiquinho Escórcio.


Salão Internacional Gospel trará novidades em 2013

No mês de abril, vai acontecer na cidade de São Paulo a segunda edição do Salão Internacional Gospel. Serão três dias com uma agenda com música gospel, palestras, mesas redondas, seminários, workshops, exposições, festivais, teatro, dança e cinema. Boa parte da programação tem entrada gratuita. A realização é do Grupo MR1 e a organização é do Grupo Cipa Fiera Milano.
O tema do II Salão Internacional Gospel é ‘Músicas que transformam vidas’. O evento será realizado de 19 a 21 de abril no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. O local é aberto ao público para visitação das 14h às 20h30min e a visitação é gratuita. Haverá transporte gratuito com saída de vans do Metrô Jabaquara.
Durante o evento, vai acontecer no Brasil pela primeira vez o ‘Azusafest’. O evento é promovido em Los Angeles desde 2006. O Apóstolo Fred Berry, da Azusa Street Mission & Historical Society, divulgou os nomes que estarão presentes no festival brasileiro: Cornell Jermaine, Tara Hudson e Maurice Sklar.
Os três músicos farão apresentações únicas, cantando os maiores sucessos, antigos e novos, da música gospel americana. São 800 ingressos à venda por noite, a área VIP custa cem reais o ingresso individual, e a pista cinquenta reais.
A programação também inclui a Exposição Gospel Vinil. O objetivo é resgatar a história do vinil, produzido na década de 1940. “A exposição mostra alguns discos raros evangélicos, trabalhos que talvez jamais voltem a ser relançados. Relembra os primeiros nomes da música Gospel brasileira que gravaram em vinil e explica através de gráficos a diferença entre as tecnologias analógicas e digitais”, destaca o jornalista Marcelo Rebello, idealizador do II Salão Gospel.
Grandes nomes do Hip Hop Gospel estarão reunidos no Espaço Hip Hop. Talentos de peças teatrais nas igrejas farão parte do SING Festival 2. Serão apresentadas as obras “Luz no Cárcere", "As músicas que fiz para você”, "Mexa-se" e "O Princípio das dores".
Para tantas atrações – são mais de 200 apresentações musicais - seis auditórios vão funcionar ao mesmo tempo no Salão. Ainda, há uma grande área de exposição com mais de 80 estandes. Estarão à disposição do público mais de 500 marcas de produtos e serviços, instrumentos musicais, livros, CDs, DVDs e acessórios.
A agenda também contará com seminários sobre temas como música, liderança, família, universitários, igreja, ensino, negócios, entre outros. O Café de Pastores do Conselho de Pastores de São Paulo também será promovido dentro do Salão Internacional Gospel. O evento cultural Encontro de Lideranças Conexão Brasil e Israel, da Embaixada Cristã Internacional em Jerusalém (ICEJ) faz parte do evento também.
 

Fonte: The Christian Post

Igreja Renascer realiza "Cantata de Páscoa" nesta sexta-feira

A Renascer em Cristo está preparando uma mega produção para celebrar a Páscoa. Teatro, apresentações de dança, orquestra, louvores e ministrações, em uma emocionante homenagem ao Rei dos reis e Senhor dos senhores, Jesus Cristo. Clique aqui e confira as fotos da última Cantata de Pácoa.
 
 
O espetáculo será realizado em alguns templos da igreja, nesta sexta (29), a partir das 20 horas.
No Renascer Hall, sede internacional da igreja Renascer em Cristo, a cantata será produzida pelo Renascer Praise, que escolheu cuidadosamente o repertório, para traduzir a ressurreição de Cristo, em belas canções. O evento contará com a participação especial de Apóstolo Estevam e Bispa Sonia Hernandes.
 
Contexto Bíblico
 
O Apóstolo Estevam explica, com base Êxodo 12.1-14, que o povo de Israel foi escolhido para celebrar a primeira Páscoa. “Eles eram escravos e estavam sem rumo, mas Deus deu a Moisés e Arão uma direção, a de celebrar a Páscoa. Todas as famílias se reuniram, comeram pão sem fermento (que representou o corpo de Jesus), o cordeiro (que representava Jesus) e o sangue do cordeiro (representa o sangue derramado na cruz)”.
 
“A Páscoa para os judeus representou um grande livramento, pois todos os primogênitos morreriam naquela noite, mas o anjo da morte não entrou nas casas que tinham o sangue do Cordeiro, em suas portas. É justamente o que faz o sangue de Jesus sobre as nossas vidas. Aqueles que têm a marca do sangue de Jesus não podem ser tocados pelo anjo da morte”, acrescentou.
 
“A Páscoa para nós representa o fim de um tempo de vergonha e escravidão. Da mesma maneira que Jesus passou da condição de morto, envergonhado, para a posição de Rei dos reis e Senhor dos senhores, acontecerá conosco. Páscoa é tempo de deixar para traz tudo o que nos escraviza”, declarou.
 
 
Serviço:
Cantata de Páscoa
Horário: 20 horas
Local: Renascer em Cristo
Endereço da Sede Internacional (Renascer Hall) Rua Dr. Almeida Lima, 1290 – Mooca (São Paulo - SP)
Central de Informações: 4003-0512
 
 
 
 
Raquel Tenuta – Redação iGospel

Homens invadem igreja e furtam hóstias, cálices e sacrário, no AM

Objetos sagrados foram levados da Igreja Matriz de Itapiranga, no interior.
Padre espera que suspeitos se arrependam do crime e devolvam sacrário.
Símbolos sagrados da Igreja Católica são alvos de criminosos no Amazonas. No município de Itapiranga, a 226 km de Manaus, a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazaré foi arrombada por assaltantes, que levaram o sacrário e o cálice banhados a ouro, onde hóstias sagradas permaneciam guardadas após eucaristia. O crime gerou indignação dos religiosos e fiéis da cidade.
A secretária da Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré, Ana Neuza de Souza, contou que, na quarta-feira (20), uma das portas da Igreja Matriz foi arrombada, provavelmente no período da tarde, mas a invasão somente foi percebida às 20h.
"O sacrário é feito de um material banhado a ouro. Ele custa entre R$ 1.200 e R$ 1.600. Quando foi levado, havia hóstias consagradas. Pela primeira vez aconteceu um roubo dessa natureza na nossa paróquia. Antes, levavam ventilador e outros equipamentos", revelou Ana Souza.
Para a representante, o furto dos objetos sagrados é um desrespeito a religião e ao corpo de Cristo (símbolo que as hóstias representam no catolicismo). "Nós da comunidade estamos muito triste com essa situação", comentou a representante.
A Igreja Matriz de Itapiranga está sem pároco, mas o padre Alex Batista, que atua na cidade de Silves, vem celebrando as missas na comunidade. Diante do furto, o religioso realizou atividade de reflexão com a população no último dia 24. Com a iniciativa, o sacerdote pretende fazer com que o arrombador reflita sobre o ato, se arrependa e devolva o sacrário com demais símbolos sagrados.
O padre Alex explicou que para os católicos, depois de cada celebração, existe a tradição de guardar em local seguro as reservas eucarísticas onde são colocados o corpo e sangue de Cristo.
"Esse local adequado se chama sacrário, que consideramos como o cofre da Igreja. É onde guardamos as reservas eucarísticas. Para nós a riqueza da igreja é a eucaristia, nosso alimento diário e pão que vem dos céus para nos salvar. O valor que eles representam não é em dinheiro, mas é a questão da fé. Passamos de casa em casa conscientizando as pessoas sobre a simbologia do sacrário", enfatizou o sacerdote.
Após o arrombamento, integrantes da Igreja Matriz acionaram a Polícia Civil em Itapiranga. “Não há pistas até agora de quem cometeu esse crime. A polícia daqui é muito lenta, mas que eu saiba não tomou nenhuma providência, cidade do interior é assim”, reclamou a secretária da paróquia.
O G1 procurou o 38º Distrito Integrado de Polícia (DIP), que é responsável pela investigação dos crimes de Itapiranga. Policiais disseram que o crime está sendo investigado, no entanto, detalhes não poderiam ser informados.
Se as investigações em Itanpiranga não avançarem, o padre Alex Batista pretende acionar a Secretaria de Estado da Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). “Vamos com uma equipe da Igreja até Manaus para conversar com o secretário de segurança pública, não podemos deixar isso sem solução”, destacou o sacerdote.

FONTE . G1

ANTI CRISTO - Líder norte-coreano ordena que unidades fiquem a postos para ataque

 


O líder norte-coreano, Kim Jong-un, ordenou que as unidades de foguetes de seu país ficassem prontas para atacar bases militares dos EUA na Coréia do Sul e no Pacífico em uma reunião de emergência ocorrida quinta-feira (26) depois que os Estados Unidos realizou bombardeiros de treinamento, em uma demonstração de força a Pyongyang.
A agência oficial norte-coreana, a KCNA, informou que o líder deu as ordens em uma reunião de generais sêniors à meia-noite (horário local) e "julgou que chegou a hora de acertar as contas com os imperialistas norte-americanos, tendo em vista a situação vigente."
"Ele finalmente assegurou o plano de preparação técnica de foguetes estratégicos do KPA (Comando Supremo do Exército Popular Coreano), ordenando-lhes que se espere o fogo, de modo que eles possam atacar a qualquer momento o continente americano, suas bases militares de operações no Pacífico, incluindo Havaí e Guam, e aquelas na Coréia do Sul."
Aeronaves dos EUA fazem exercício militar na Coreia do Sul (Foto: Sin Young-keun/Reuters)Aeronaves dos EUA fazem exercício militar na Coreia do Sul (Foto: Sin Young-keun/Reuters)
Aviões invisíveis
Os Estados Unidos realizaram nesta quinta exercícios com dois aviões "invisíveis" sobre a Coreia do Sul, em mais uma demonstração de força para a Coreia do Norte depois de realizar atividade semelhante com um bombardeiro B52 nesta semana, em um momento de tensão elevada na região.

Os voos ocorreram depois de Pyongyang dizer que iria atacar bases norte-americanas no Pacífico, em reação a proposta de Washington para impor sanções como punição à Coreia do Norte por ter feito um terceiro teste de armas atômicas.

O Norte também ameaçou realizar ataques nucleares contra o território dos EUA, além de ações de guerra contra a Coreia do Sul.

Os aviões do tipo Stealth ("furtivos") são indetectáveis por radares. Em nota, a Força Aérea dos EUA na Coreia disse que a missão envolveu dois bombardeiros modelo B-2 Spirit, vinculados à 509a Esquadra de Bombas.

"Essa missão... demonstra a capacidade dos Estados Unidos para conduzir ataques de precisão de longo alcance e precisa, de forma rápida e quando desejarem", disse a nota.
Também na quinta-feira, o secretário de Defesa dos EUA, Chuck Hagel, afirmou que as ações provocativas e o tom beligerante da Coreia do Norte "intensificam o perigo" na região. Mas ele negou que o uso dos bombardeiros "invisíveis" tenha agravado a situação.

"Devemos levar a sério cada palavra e ação provocativa e belicosa que esse novo jovem líder adotou até agora", disse Hagel em entrevista coletiva no Pentágono, referindo-se ao dirigente comunista Kim Jong-un.

A Coreia do Norte colocou suas Forças Armadas de prontidão para enfrentar exercícios militares "hostis" dos EUA e da Coreia do Sul. Washington diz que tais exercícios anuais têm caráter defensivo.

Pyongyang também disse que irá desconsiderar o armistício que encerrou a Guerra da Coreia (1950-53), e que interromperia todos os contatos com as forças dos EUA, com a ONU e com a Coreia do Sul.

Militares dos EUA disseram que seus bombardeiros decolaram de bases do Missouri e voaram até o local onde simularam um bombardeio, como parte do exercício militar chamado Filhote de Águia, realizado em conjunto com a Coreia do Sul.

Em 15 de março, os militares dos EUA anunciaram que iriam reforçar suas defesas antimísseis em resposta às ameaças norte-coreanas.


FONTE . G1.COM.BR

‘Dilma e o governo devem estar jogando fora o apoio dos evangélicos’, afirma Marco Feliciano


O deputado-pastor Marco Feliciano (PSC-SP) arrastou 2014 para o miolo da encrenca que o engolfa desde que assumiu, em 7 de março, a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Insinuou que a resistência do PT ao seu nome afugenta o eleitor evangélico da candidatura reeleitoral de Dilma Rousseff. Fez isso numa entrevista ao homorista Danilo Gentili (assista aqui).
Gentili perguntou a Feliciano se o PT não estaria fazendo dele um “bode expiatório” para evitar que os holofotes se voltem para José Genoino e João Paulo Cunha, os dois condenados do mensalão que integram a Comissão de Constituição e Justiça. “Isso é um jogo político”, aquiesceu o polêmico mandachuva da Comissão de Direitos Humanos.
Em timbre ameaçador, Feliciano prosseguiu: “Eu penso que, nesse momento, o PT começa a repensar. Afinal de contas, se isso estiver acontecendo de fato, a presidenta Dilma e o governo devem estar jogando fora o apoio dos evangélicos, que não é pequeno, para uma eleição do ano que vem. São quase 70 milhões de evangélicos.”
Levada ao ar na noite passada, a entrevista fora gravada na quarta-feira (27) –mesmo dia em o líder do PSC, deputado André Moura (SE), inaugurara o esforço para arrastar o petismo à fogueira:
“Por que não pegar um espelho e olhar para si mesmo e perguntar: por que o PT indica para a Comissão de Constituição e Justiça dois mensaleiros condenados pela mais alta Corte deste país, o STF? Será que julgar a indicação do Feliciano, pelo PSC, é correto para um partido como o PT, que, volto a repetir, indicou dois mensaleiros condenados?”.
Como que decidido a potencializar a contradição de seus antagonistas, Feliciano disse que o PSC não escolheu a Comissão de Direitos Humanos. Ficou com ela porque foi “a comissão que sobrou”. Criado há 18 anos a partir de uma proposta do PT, o colegiado sempre foi presidido por petistas ou aliados ditos de esquerda.
Agora, ironizou Feliciano, “o partido que cuida dessa comissão desde que ela foi fundada parece ter aberto mão dela porque nesse momento não é prioridade.” Por isso, “caiu no colo do meu partido.” A alturas tantas, o deputado-pastor afirmou que a comissão é “secundária e quase inexpressiva”.
Feliciano exagerou: “Ninguem nunca ouviu falar dessa comissão.” Mais um pouco e jactou-se: “Era secundária até a minha chegada.” Dando corda ao próprio lero-lero, acabou soando anedótico: “Acho que eu coloquei a Comissão de Direitos Humanos no lugar devido dela.”
Considerando-se o pano de fundo, a declaração não orna com o teatro em chamas. Dos 19 servidores que trabalhavam na comissão que “caiu no colo” de Feliciano, sobraram 17. Foi à mesa, de resto, uma proposta de renúncia coletiva dos membros da comissão. E Feliciano dá de ombros. Conforme já foi comentado aqui, a confusão interessa a Feliciano. O pastor fala para suas ovelhas.
Qual é o problema de dois homens se beijarem em público?, indagou Gentili. E Feliciano: “É constrangedor. Para um pai, que tem suas crianças, é constrangedor. A sociedade brasileira, por mais que se diga progressista, não está preparada para isso.” O apresentador manifestou-se contra a interferência do Estado na vida das pessoas. Feliciano, então, explicitou seus objetivos.
“Isso não é o Estado, é o posicionamento de um parlamentar que representa um segmento: 211.855 pessoas votaram em mim com esse pensamento. Nós temos essa cultura. Não critico quem faz. Faça! Mas faça de uma maneira que não choque os demais.” Antes, no início da conversa, Feliciano relatara uma cena que diz ter presenciado ao desembarcar em São Paulo.
“Eu estava agora no aeroporto, descendo, vindo pra cá. Dois moços se posicionaram de uma maneira que eu pudesse ver. Ficaram se beijando de língua e tocando suas partes íntimas. Pra que isso?” Gentili não pedeu o chiste: “E não te deu tesão? Feliciano manteve o rebolado: “Você ficaria com tesão?” E o entrevistador, para gáudio da plateia: “Se fosse limpinho…”
Antes de exibir-se no ‘Agora é Tarde’ de Gentili, Feliciano conversara com Sabrina Sato, do ‘Pânico na TV’, a quem dissera que só deixaria a Comissão de Direitos Humanos se morresse. “As entrevistas mais sérias eu tenho dado em programas de humor como o seu”, afirmou ele a Gentili.
De fato, as entrevistas com Feliciano tiveram um quê de humorística seriedade. Na anterior, ele reconhecera que faz chapinha no cabelo, mas negara que seja gay. Nesta última, teve a oportunidade de declarar-se contra as pesquisas com células tronco e o sexo antes do casamento. Mas viu-se constrangido a responder a indagações que só não foram mais hilárias porque as respostas tiveram um grau de comicidade ainda maior.
É a favor ou contra ‘transar na bunda?’, eis um exemplo de pergunta. Minucioso, Gentili explicou que se referia a uma transa de homem com mulher, “sem viadagem”. E Feliciano: “Amigo, esse lugar que você chamou aí de bunda, isso é um esgoto. Não foi feito pra isso. É anti-higiênico. E tem outras coisas mais que não vale a pena falar.” O deputado-pastor gostou do resultado da prosa. A julgar pelas mensagens que reproduziu no Twitter, seu rebanho também apreciou.

TERRA.

Igreja é destruída e fieis decidem se reunir nos escombros

 
Igreja é destruída e fieis decidem se reunir nos escombrosUma retroescavadeira derrubou as paredes da Igreja Protestante de Batak, numa cidade perto de Jacarta, capital da Indonésia. A pilha de escombros é apenas o capítulo mais recente do sofrimento de cristãos que vivem no país com a maior população muçulmana do mundo.
A igreja fica na ilha indonésia de Java, a mais importante do país, onde funcionou como local de cultos cristãos todos os domingos, durante os últimos 13 anos. Iniciada em uma casa, a congregação chegou a ter 600 membros. Foi então que o pastor Adven Leonard Nababan pediu ao governo uma licença de construção. No início deste ano, a igreja obteve assinaturas de 60 vizinhos não-cristãos, conforme exige a lei local.
Mesmo seguindo todas as regras de licenciamento, o pastor sabia que não é fácil edificar um templo cristão no pais muçulmano mais populoso do mundo.  O pastor Nababan iniciou a construção em janeiro, mas logo viu cerca de 750 muçulmanos Bekasi tomaram as ruas em protesto. Em 5 de março, a polícia fechou o local e ordenou que fosse demolido tudo o que havia sido construído. Eles se recusaram.
Representantes do governo alegarem que as 60 assinaturas eram falsas e enviaram uma  equipe de demolição para o local na semana passada. Eles encontraram cerca de 150 membros da Igreja Protestante Batak, esperando na porta, cantando hinos e orando.
“Eles fecharam os braços e ficaram juntos na frente da igreja para parar a equipe de demolição”, uma testemunha da demolição. ”O pastor estava no meio da congregação. Ele disse apenas: ‘Nós somos parte do Corpo de Cristo “.
Observando tudo, 300 muçulmanos começaram a bater palmas e gritar: “Allah é grande”. Uma  testemunha disse que a igreja reunia muitos muçulmanos que se converteram ao cristianismo e por isso atraíram a ira do governo.
O pastor já anunciou que eles vão continuar se reunindo nas ruínas da igreja, mesmo que não haja mais teto nem paredes.
O chefe de polícia Dikdik Astra disse que estava apenas seguindo ordens.  Não é a primeira igreja demolida arbitrariamente em Jacarta nos últimos anos.  Como a Indonésia teve eleições em 22 de janeiro e a maioria dos eleitos são de partidos políticos com inclinações conservadoras islâmicas,  a questão pode ter servir como alerta para os cristãos.
Noventa por cento dos cidadãos indonésios são muçulmanos. A eleição presidencial será ano que vem e vários líderes cristãos dizem esperar que as tensões irão subir, pois os partidos islâmicos usam a religião para ganhar votos.
“Esses grupos buscam justificar o uso da violência defendendo uma interpretação do Islã sunita que rotula a maioria dos não-muçulmanos como” infiéis “, e os muçulmanos que não aderem à ortodoxia sunita como” blasfemos “, disse um cristão que não quis se identificar.
Em 2012, O Instituto Setara, que defende a tolerância social, étnica e religiosa, relatou 264 casos de violência contra as minorias religiosas, um aumento de 20 por cento em relação a 2011. A missão Portas Abertas tem registrado uma média de 66 casos de ataques por ano contra igrejas cristãs desde 1998. A Indonésia está entre os 50 países mais hostis aos cristãos, segundo a lista publicada anualmente pela Portas Abertas. Com informações Charisma News.FONTE GOSPEL PRIME / VIA GRITOS DE ALERTA

Marco Feliciano, o homem que desafia o País

 
Marco Feliciano, o homem que desafia o PaísNas últimas semanas, quase diariamente o pastor Marco Feliciano aparece na mídia por conta de seu papel como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara.
Agora ele está na capa da revista semanal ISTOÉ que vai às bancas dia 30. A longa reportagem faz uma recapitulação dos fatos relacionados com a tentativa de fazer Feliciano renunciar. Algo, aliás, que ele já disse que não fará.
Segundo a publicação, o Partido Social Cristão (PSC), ao qual ele é filiado, está se valendo de um “ velho e surrado oportunismo político orientado por uma lógica eleitoral”. Ou seja, A legenda que tem apenas 16 deputados eleitos, passou a figurar na imprensa e chamar atenção.
Entrevistado pela ISTOÉ, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que é membro da bancada evangélica e comentarista político, faz as seguinte avaliação: “Ele não renunciará. Se ele renunciar, não se reelege nunca mais. Se ficar, se reelege com 1 milhão de votos sem sair de casa”.
O vice-presidente do PSC, pastor Everaldo Pereira, comemorou que “nunca antes o PSC tivera tamanha visibilidade” e afirmou aos repórteres: “Acho que agora vão nos convidar para o banquete!”. Ou seja, agora o governo reconheceria a importância do partido e receberia mais na divisão de cargos.
De fato, o pequeno partido é parte da base da presidenta Dilma Rousseff, mas não indicou nenhum ministro nem cargos para o primeiro e segundo escalões. O PSC acredita que conseguir para Dilma, os votos dos evangélicos, em especial depois das polêmicas declarações da então candidata sobre o aborto.
“Apoiamos a campanha e hoje somos um aliado fiel que não tem cargos. Somos maiores do que outros partidos mais consolidados, como PCdoB e PV. Mas que nunca teve direito a muita coisa”, declarou o pastor Pereira à revista ISTOÉ, que afirma que “o partido tem pregado seu fundamentalismo cristão e conservador nos corredores do Congresso e nas reuniões”.
Se politicamente Feliciano está visado, a revista entende que ele ganhou muito do ponto de vista pessoal. Além de atrair uma ala conservadora de potenciais eleitores não evangélicos, “o número de downloads de CDs e DVDs, como “Caçadores de Jumenta”, quase dobrou em março”.
Na próxima semana, o deputado Henrique Alves, presidente da Câmara, já anunciou que irá convocar Feliciano para uma reunião com a presença de todos os líderes de partido. Trata-se de mais uma tentativa de fazê-lo renunciar. Por outro lado, existe a ameaça de ele ser condenado pelo Conselho de Ética por “quebra de decoro”. Entre as acusações, estão denúncias publicadas na imprensa sobre as empresas que o deputado-pastor teria escondido da Justiça Eleitoral e os “pastores funcionários fantasmas” de seu gabinete, além dos processos por estelionato e homofobia que ele responde na Justiça.
Paralelo a isso, o deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), suplente na comissão de Direitos Humanos, anunciou que entrou com uma representação no Conselho de Ética contra Feliciano, “Após a intransigência do pastor e de seu partido, não há mais espaço para um acordo político que resolva a questão. Nós temos instrumentos para resolver o imbróglio. A situação é insustentável, a ponto do pastor mandar prender quem exerce o direito da livre manifestação. Passou do limite do admissível. Vamos ao Conselho de Ética e também pediremos renúncia coletiva dos membros da comissão”, explicou Jordy, que deverá contar com o apoio da maioria dos partidos na Câmara.
A resposta de Feliciano foi republicar nas redes sociais um link para um vídeo de três minutos, postado ano passado no Youtube, onde o deputado Arnaldo Jordy pressionando uma mulher a abortar o filho que seria dele. Identificada como Josy, ela se recusa a fazer um aborto e ainda cobra que Jordy apoie a gestação.

Com informações de ISTOÉ e Estado de São Paulo
FONTE . GOSPEL PRIME

Pastor diz que igreja está aberta para Naldo, se ele quiser

Jaime Soares, pastor da Assembleia de Deus de Bonsucesso, igreja da Zona Norte do Rio que era frequentada por Naldo Benny desde antes da...