segunda-feira, 11 de maio de 2015

DECEPCIONADO - Cristãos chineses se afastam da igreja por causa de melhorias na economia do país

Em alguns aspectos, a China está melhorando. A previsão para este ano é que o PIB aumente 7%, e a classe média está se expandindo. Uma quantidade crescente de pessoas dizem que estão satisfeitas com suas condições de vida.
Para os cristãos chineses, a hostilidade diminuiu. Por mais que ainda enfrentem reações contrárias, estão legalmente autorizados a adorar a Deus, e igrejas estão surgindo em todo o país. 
Mas, surpreendentemente, isso não significa que os chineses estejam mais empenhados em fazer obra de Deus. Com a melhoria das condições de vida, o materialismo se tornou um grande problema. Cristãos chineses, que antes vez frequentavam seminários ou faziam cursos bíblicos estão procurando empregos mais lucrativos em grandes cidades, como Pequim.
Diante disso, a organização China Partner (Parceiro da China,  em tradução livre) tem lutado por uma mudança. O grupo missionário pretende ser "formador de formadores" e "discipulador de discípulos." A meta é desenvolver pastores que possam tocar igrejas e executar programas de discipulado para trazer a mensagem do Evangelho aos perdidos na China.
Esta é uma tarefa difícil quando muitos cristãos estão se tornando menos interessados no ministério e mais focados em ganhar dinheiro.
A fim de responder à mudança de mentalidade do povo chinês, o China Partner tem buscado encontrar novos meios levantar discípulos. Os missionários perceberam que os tempos estão mudando, e com a mudança eles precisam mudar a forma de treinar os discípulos.

CPAD

“Se o Senhor me chamar agora, estou pronto”, disse pastor, antes de morrer em meio ao sermão

“Se o Senhor me chamar agora, estou pronto”, disse pastor, antes de morrer em meio ao sermão
Um pastor evangélico faleceu durante a pregação de um sermão sobre a perseverança nos momentos de dificuldade, quando sofreu um mal súbito e faleceu.
O caso foi registrado na última semana, na Greater Saint Mary Baptist Church, na cidade de Nova Orleans, Louisiana (EUA). Kenneth Green, 56 anos, falava sobre estar pronto para o momento que Deus o chamasse, e foi isso que aconteceu, deixando todos atônitos.
“Ele havia mencionado que, se o Senhor o chamasse agora, ele estava pronto pra ir”, disse a fiel Joan Martin, em entrevista à emissora WDSU-TV.
O sermão, intitulado “Abatido, mas não destruído: avance”, tinha um tom encorajador e tinha sido escrito pelo pastor para levar aos fiéis uma mensagem de renovação das forças.
De acordo com os fiéis, Green disse estar, pronto, e instantes depois, caiu já morto: “Ele enxugou o rosto, tomou um gole de água e, em seguida, olhou para cima, e seus olhos reviraram, como se não houvesse vida em seus olhos e apenas tombou”, acrescentou Martin.
Em luto, a fiel resumiu o sentimento dos frequentadores, dizendo que “todos estavam em choque”, muito em parte por causa dos esforços inúteis de tentativa de socorro ao pastor.
“Demorou tanto tempo [o socorro] Eu acho que nós sabíamos que ele tinha ido embora”, afirmou Joan Martin, ressaltando que se lembrará do pastor Kenneth Green como alguém bondoso e compassivo, além de um carinho líder espiritual.
De acordo com informações do The Blaze, Kenneth Green foi descrito como uma pessoa saudável, e deixa uma esposa e três filhos. Agora, a família aguarda o resultado da autópsia para saber o que levou o pastor ao óbito.

G+

Coisas que os Jovens em um Relacionamento Sério Devem Saber

A PALAVRA DO DIA . MINISTÉRIO APOSTÓLICO GERAÇÃO GRAÇA E PAZ