segunda-feira, 29 de novembro de 2010

VIOLÊNCIA NO RIO DE JANEIRO - Moradores do Rio denunciam abuso em batidas policiais

As batidas policiais realizadas em domicílios do Complexo do Alemão desde ontem provocaram revolta de muitos moradores que tiveram portas arrombadas, objetos pessoais revirados e foram vítimas de saques. Sem mandados de busca para as 30 mil residências do conjunto de favelas da zona norte do Rio de Janeiro, a polícia alegou que só procuraria armas, drogas e criminosos em locais onde sua entrada fosse autorizada, mas parte da população denunciou a invasão indiscriminada pelas forças de segurança.
PUBLICIDADE
Moradores que deixaram as favelas devido aos tiroteios contam que voltaram para casa e perceberam que haviam tido pertences roubados. Testemunhas relatam que ladrões aproveitaram o arrombamento das portas feito pela polícia para invadir as casas.
A Constituição proíbe a entrada em qualquer domicílio sem autorização do morador ou mandado judicial, exceto em caso de flagrante delito. A Ordem dos Advogados do Brasil no Rio (OAB-RJ) informou que acompanha as operações no Complexo do Alemão com o objetivo de evitar excessos das autoridades policiais, e cobrou o cumprimento da lei nas buscas realizadas nas casas.
"De fato, esta é uma situação de crise, em que criminosos podem estar escondidos em residências, mas a lei tem de ser respeitada", afirmou o presidente da OAB-RJ, Wadih Damous. "Apoiamos a operação, mas ela deve ser feita, em todos os momentos, dentro do que manda a Constituição e a lei."
As forças policiais envolvidas na operação cumprem apenas mandados de prisão contra traficantes considerados foragidos, mas informaram que as buscas realizadas nos domicílios das favelas serão feitas conforme a legislação. "As casas são (investigadas) em condição de flagrante ou com a própria concessão do morador. Essa é a regra", disse o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, em entrevista coletiva de ontem.
Apesar da determinação, moradores de diversas comunidades denunciam que policiais teriam invadido suas casas enquanto elas estavam vazias. "Quando cheguei, a porta estava arrombada e o computador e um ventilador haviam sumido", conta um pedreiro, morador da Favela da Grota, que não quis se identificar. "A polícia deveria esperar o morador chegar antes de entrar."
O presidente da OAB-RJ orientou os moradores do Complexo do Alemão a colaborar com os policiais e facilitar a operação. "Uma vez que a própria população daqueles locais apoia a operação policial, se o policial se apresenta educadamente e pede para entrar no domicílio, se as pessoas não se sentirem constrangidas, é melhor que colabore", afirmou Damous.


yahoo.

Pastores de JAGUARIÚNA realizam um jantar de confraternização.

Os pastores das igrejas evangelicas de Jaguariúna realizaram nessa segunda feira , 29 de Novembro  um jantar de confraternização em que participaram os membros da AMEJ, associação de ministros evangelicos de Jaguariúna  e convidados .
Estavam presentes pastores de diversos ministérios  bem como o vereador Rubens das Virgens  que representou as Assembleias de Deus , ministério Belem , em Jaguariúna.

Eq. Gritos de Alerta.

Ator diz que matou “demônio” que vivia em sua mãe

O ator Michael L. Brea, 31, deu uma entrevista de dentro do hospital psiquiátrico onde está internado explicando o motivo de ter matado a própria mãe.
“Eu não matei ela. Eu matei o demônio que morava dentro dela”, afirmou ao jornal americano “NY Daily News”.
Segundo ele, Deus apareceu para ele durante um sonho e disse para ele que aquele seria seu último dia na Terra.
No dia do assassinato, ele disse que se sentiu como o personagem Neo de “Matrix”.
“Comecei a ouvir vozes e a me sentir poderoso”, contou.
Ao chegar em casa, ele diz que já sabia que iria matar a própria mãe e a atacou, achando que o “demônio” havia se apoderado do corpo dela.
“Eu estava cortando a minha mãe e escutei a polícia batendo na porta, mas sabia que eles não conseguiriam entrar porque os espíritos estavam me protegendo. Continuei cortando ela”, contou. “Ninguém poderia me deter. Eu estava fazendo o trabalho de Deus.”
Brea foi preso na terça-feira (23) após a mãe dele, Yannick, de 55 anos, ser encontrada decapitada e com diversas perfurações no corpo.
Praticante de artes marciais, o ator usou uma espada de samurai para cometer o crime.
O ator apareceu em alguns episódios do seriado “Ugly Betty” e no filme “Step-Up 3D”, além de ter participado de comerciais.
Fonte: Folha

Igreja Universal em Portugal conta com mais de 100 templos

Levar o Evangelho ao mundo. Esse também era um dos objetivos do bispo Edir Macedo, fundador e líder da Igreja Universal. Confiante no Deus do impossível, o bispo sempre teve a certeza de que trabalho evangelístico da IURD no exterior seria bem-sucedido, assim como no Brasil.
Em Portugal, a IURD chegou em dezembro de 1989. Porém, só foi fundada no ano seguinte. A primeira Igreja situava-se na Estrada da Luz, 28 C, em Lisboa. As reuniões eram ministradas pelo bispo Paulo Roberto Guimarães. Naquela época, a Igreja era alugada e pequena; cabiam apenas 200 pessoas. Hoje, a IURD está consolidada no país. Já conta com mais de 100 templos e mais de 15 mil membros.
A IURD de Portugal também está com suas portas abertas diariamente, com quatros reuniões, para ajudar aqueles que necessitam de uma palavra de conforto ou oração. A cada dia há um culto específico para atender aqueles que sofrem. Seja no aspecto sentimental, financeiro, familiar, saúde e espiritual.
Em Portugal, muitas são as pessoas que tem testemunhado vitórias, já que, outrora, tinham suas vidas arruinadas. Porém, ao conhecer o Deus vivo, tiveram uma vida transformada.


É o caso da empresária, Dora Bela Santos, moradora do distrito de Évora. Ela conta que tinha uma revolta muito grande dentro dela, contra tudo e todos. “Chegava a sentir desprezo pelos que me rodeavam e isso fazia com que tivesse dificuldade em fazer amigos. Eu não gostava de me relacionar com ninguém, eu era muito negativa”, afirma.
Além dos conflitos interiores, Dora também enfrentava crises familiares. “Não havia união na minha família, a minha mãe e a minha irmã não se falavam; a minha mãe era muito difícil e o meu pai também era extremamente nervoso, tanto que teve que ser operado ao coração. Pensei, algumas vezes, em suicidar-me, pois, queria que acabasse meu sofrimento”, lembra.
Como consequência de todo este desequilíbrio, ela também não conseguia ser bem sucedida profissionalmente, pois tinha medo de tomar atitudes diferentes. “Enterrava-me muito nos estudos, mas nunca tive a visão de ter um negócio próprio; nem queria ouvir falar desse assunto, pois, tinha medo e achava que não era para mim”, confessa.
Ao chegar à Igreja Universal, Dora se libertou de todo medo e decidiu abrir o próprio negócio. Hoje, ela e o marido, Paulo Santos, vivem uma vida nova que conquistaram após exercitarem a fé no Senhor Jesus. “Hoje, sou uma pessoa transformada, tenho amor pelas pessoas e compreendo que muitas precisam que levemos Deus as suas vidas para haver uma mudança. Não tenho mais medo de estar e de falar com as pessoas; a minha mãe e a minha irmã já se falam; e o meu pai também está muito melhor”, declara.


Concentrações de fé
A história da Igreja Universal no país também está marcada pelas grandes concentrações de fé. O bispo Renato Maduro, que esteve à frente do trabalho em Portugal durante muitos anos, fez parte do crescimento da Igreja naquele país.
O Coliseu dos Recreios, casa de espetáculo conceituada em Portugal, abrigou vários eventos. Entre eles, reuniões de Libertação e Conquistas Financeiras; e uma Festa para angariar fundos para o Projeto Nordeste, em Irecê, Bahia.
Os estádios que estão acostumados a receber jogos do Campeonato Português também foram palco de muitas concentrações destinadas à família. Em Lisboa, vale à pena ressaltar Os Belenenses, Estrela da Amadora e Dragões do Atlântico. No Porto, Rosa Mota, Beça e Leça da Palmeira.


Mídia
No universo, mídia, a Igreja Universal não mede esforço para levar a pregação do Evangelho aos lugares mais distantes. E tem investido em equipamentos e funcionários, além contratar vários profissionais.
Em Portugal, a IURD conta com Folha de Portugal, as rádios Miramar FM (95.5), Liz, de Leiria, FM (101.3), Gaia FM (95.5) e a Rede Aleluia online. Conta também com TV Record Europa e o site www.iurdportugal.com.
Fonte: Arca Universal / Gospel Prime

O Pastor Silvio Santos

Quem quer dinheiro? Roda a roda! Roda o pião! Se você estiver com as mensalidades do carnê do Baú rigorosamente em dia concorrerá a um carro zero! Compre a sua Tele-sena de natal! Topa ou não topa? Eu não assisti, mas minha empregada assistiu e disse que o filme é muito bom! Quem quer um aviãozinho? Quais brasileiros desconhecem estas frases? Se existem, são poucos.
A história do camelô que se tornou dono de um império faz parte da nossa história. Gostamos dela. Ver alguém sair do nada e com seus próprios méritos e talentos conquistar tudo é inspirador. Silvio Santos, há cinqüenta anos, vem aí! Ele só não imaginava que viesse o tamanho da crise que veio: dois bilhões e meio de reais em dívidas. Quem, aos 80 anos de idade, planeja administrar tamanho rombo? Como ele mesmo disse esta semana, ninguém. Seus planos anunciavam sua aposentadoria, a vida, no entanto, definiu que ele continuará trabalhando.
Silvio é amado. De todo Brasil não param de chegar mensagens de fãs querendo ajudar. A bomba, até aqui, segue um roteiro de cinema. Ele não sabia de nada, o escândalo surgiu, imediatamente deu suas empresas como garantia, levantou um empréstimo, ninguém terá prejuízo e a vida continuará. Sem julgamentos e com cautela, aguardemos.
Uma constatação me alivia: Silvio não é pastor. Outra constatação me preocupa: Silvio tem muitos clones em forma de pastor. O negócio do Silvio é lucrar, sem lucro ele quebra. Zapeie pelos canais de sua televisão, não é mera coincidência, a maioria dos programas evangélicos precisam lucrar. Até aí, é fácil entender, televisão é um veículo caro, sem dinheiro, ninguém consegue colocar um programa no ar. O problema é como lucram a maioria dos pastores da telinha. Apesar das variações dos termos, as perguntas têm o mesmo sentido: Quem quer dinheiro? Quem quer prosperar? Quem quer um aviãozinho? Me ajude a comprar o meu aviãozinho!
Se o show não pode parar, o culto também não, argumentam. Para tanto, vale tudo. Vale corrente dos milagres, sete dias para isso, sete semanas para aquilo, toque ungido, rosas, lenços, velas, corredores, copos com água, quebras, decretações, determinações e, lógico, oferta, muita oferta! Daquelas que são capazes de provar o tamanho do Deus que se crê. Ou seja, um Deus grande só se alcança com ofertas grandes. É deprimente, mas em grande parte é assim que está representado o evangelho na TV.
As semelhanças são estranhas. Silvio Santos é adorado por milhões de fãs, é um ídolo popular. Muitos pastores perderam o sentido da vocação pastoral e ultrapassaram, e muito, a linha do respeito e da piedade, já não têm ovelhas para cuidar, mas fã clube, sendo adorados como ídolos. Silvio Santos, empresário capitalista, usufrui seus milhões, é legítimo. Ao contrário, sem legitimidade pastores usurpam milhões de reais de multidões sem rostos. Como disse, são semelhanças no mínimo estranhas.
Silvio merece nossas orações. Os santos também. Todos os santos. Irmãos, diáconos, presbíteros, pastores. Independente de erros, pecados ou fraquezas, todos nós precisamos das orações uns dos outros. Algo, no entanto, sinto urgência em lutarmos para mudar na igreja brasileira. Há 50 anos as colegas de trabalho do Silvio cantam entusiasmadamente que ele vem aí. Infelizmente, nos últimos 50 anos a igreja se entusiasma quando determinados pastores, bispos, apóstolos e patriarcas vêm aí. Tal entusiasmo não forma, não faz crescer e nem amadurece a fé, somente produz uma igreja desequilibrada. Nossa vocação tem de conscientizar o povo que Ele, o Senhor Jesus vem aí. Ele vem com poder e grande glória. Há dois mil anos esta é a esperança cristã, transformar nossa herança em mero show de auditório será pior que a quebra de um banco, qualquer banco.
Silvio pergunta: Quem quer dinheiro? Cristo pergunta: Quem quer vir após mim? Na sua pergunta, Silvio aguça nossa visão de mundo, onde bens e conquistas são a meta para o aqui e o agora. Cristo, no entanto, provoca a visão da nossa alma desejosa pelo céu. Aqui e agora, sofrimentos parecem que podem ser resolvidos com dinheiro. Lá, sofrimentos passam pela cruz e, um dia, tudo será céu. Responda certo a pergunta certa, responda sem demora, pois a vinda dEle é certa.
Paz!
pr. Edmilson Mendes

Edmilson Ferreira Mendes é teólogo. Atua profissionalmente há mais de 20 anos na área de Propaganda e Marketing. Voluntariamente, exerce o pastorado há mais de dez anos. Além de conferencista e preletor em vários eventos, também é escritor, autor de quatro livros: "Adolescência Virtual", "Por que esta geração não acorda?", "Caminhos" e "Aliança".
 

Valdemiro Santiago fala sobre o templo de Salomão da IURD

valdemiroA construção de uma réplica do Templo de Salomão iniciada pela Igreja Universal, foi comentada pelo Apóstolo Valdemiro Santiago em uma de suas ministrações na Igreja Mundial do Poder de Deus.

Na reunião de domingo, 29 de setembro de 2010, Valdemiro Santiago diz o quanto tem sido perseguido “O evangelho nos trás o reino de Deus, assim como atrai a perseguição, a resposta de Deus é o grande galardão, o que sustenta esta nação é o poder de Deus, este país não trata o evangelho como se deve tratar. Esta semana irá sair uma decisão na justiça sobre tudo que esta acontecendo, um dia essa nação vai colher os frutos dessas lágrimas, ninguém pode algemar o poder de Deus ou criar barreiras para que ele não se manifeste, e cada reunião dessa, você vai acumulando vitórias.”
“Eu vou ganhar almas, não vou gastar dinheiro com templo de Salomão e Querubins, eu preciso levar o evangelho e a televisão é cara. Imagine o que Deus iria fazer comigo se eu fosse dono de uma emissora de televisão, ao invés de pregar o evangelho eu iria colocar novelas, piadas, imundicias, entre outros tipos de programação. Eu não posso fazer isso! tem muitas pessoas sofrendo, tem pessoas aqui que um dia estiveram no crime e hoje estão glorificando a Deus” em clara referencia a construção da réplica do Templo de Salomão e criticas a Edir Macedo dono da Rede Record.
“Não quero aplausos de prefeito e nem templo de Salomão, quero sim reformar o lugar que é próprio, vamos reformar nossa sede. Jamais vou colocar um leão de ouro em cima de uma igreja, quero cuidar das pessoas que estão sofrendo, meu povo aplaude o nome de Jesus e não o meu nome.” finaliza Ap. Valdemiro
Fonte: Igreja Mundial e Gospel Prime / Gospel+ / Profetico

Deus condena a Homossexualidade

Deus condena a Homossexualidade
Boa noite Pe. Fabio Melo, gostaria em primeiro lugar, pedir que o senhor possa me responder baseado em sua Biblia quanto ao assunto por tir aboradado em seu video que esta no youtube , quanto a sua opniao quanto ao HOMOSSEXUALISMO, em que versiculo o senhor se baseia, e com que respaudo hermenêutico ou exegese se fundamenta, para trazer a nossa sociedade o favorecimento quanto a aprovação da vida entre pessoas do mesmo SEXO, tendo em vista que a Biblia diz o contrário e chama de abominação. "Nada podemos contra a verdade, senão pela verdade" II co 13:8.
Entao segue os versículos que acho que o senhor desconhece ou não faz questao de menciona-los “O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento.... visto que te esqueceste da lei do teu Deus...”(Oséias 4:6). Este é exatamente o conhecimento que precisamos “Jesus, porém, lhes respondeu: Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus” Mateus 22:29. Pois, tudo que foi escrito para nosso ensino foi escrito, diz Paulo em Romanos 15:4 e I Coríntios 10: 1. Por isso precisamos estudar a Bíblia e condenar a prática do homossexualismo!

Favor deixar claro a sua opniao, se é a favor do HOMOSSEXUALIMOS ou contra, lembrando que serás julgado pela palavra de Deus e seu conteudo ao qual só venho aqui lhe alerta quanto ao perigo da perda da salvação própria e de todos aqueles que sem conhecimento ou por mera concordância se fazem participantes dos mesmo ideais.

resposta.

Desde os primórdios da humanidade, as sociedades convivem com o homossexualismo e os mais variados tipos de comportamentos sexuais. O relato bíblico da Criação em Gn 1 e 2 mostra que Deus formou o homem e a mulher para viverem em comunhão íntima, tornado-se “uma só carne”. Porém o pecado infiltrou-se nos relacionamentos sexuais entre os seres humanos de tal forma que hoje a sociedade convive com uma variação enorme de perversões sexuais, tais como:

A sociedade convive com uma variação enorme de perversões sexuais, tais como

  • narcisismo,

  • homossexualismo,

  • masturbação,

  • sadismo,

  • masoquismo,

  • exibicionismo,

  • pedofilia,

  • gerontofilia,

  • fetichismo,

  • travestismo,

  • incesto,

  • pluralismo,

  • necrofilia,

  • bestialidade,

  • zoofilia,

  • voyeurismo,

  • sexopatia acústica,

  • renifleurismo,

  • coprofagia,

  • frotterurismo,

  • entre outros.

O presente trabalho não vai entrar nos detalhes das diversas anomalias sexuais, limitando-se apenas ao estudo do homossexualismo, pois este é o tema tratado pelo apóstolo Paulo em Rm 1:26 e 27. O artigo será dividido nas seguintes seções: Estudo da referência paulina em Romanos;
  • Conceito e causas da homossexualidade;

  • Os motivos pelos quais Deus condena este comportamento sexual;

  • Terapia para a regeneração daqueles que apresentam este desvio da sua sexualidade;

  • Ao final, será apresentado um resumo do trabalho e as conclusões encontradas.

Comentário Sobre o Homossexualismo em Rm 1:26-27

Encontra-se a declaração de Paulo sobre o Homossexualismo nas seguintes palavras:
"Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro." Romanos 1:26-27
Há um consenso geral de que Paulo referia-se aqui à prática do lesbianismo e do homossexualismo masculino. A palavra “natural” (kata physin) em oposição à “contrária à natureza” (para physin) era usada no tempo de Paulo com muita freqüência como uma maneira de estabelecer distinção entre comportamento heterossexual e homossexual. Harrison acrescenta que “Paulo usa linguagem direta, para condenar a perversão do sexo fora do seu justo lugar: dentro do relacionamento conjugal”. Outro teólogo afirma que a contaminação do corpo humano é claramente manifestada no homossexualismo, pois ele é obviamente antinatural, contrário à natureza sexual.
A prática do homossexualismo era comum no mundo pagão, tendo forte presença na sociedade em geral, sendo designado como o “pecado grego”. Paulo escreveu sua epístola aos Romanos na cidade de Corinto, a capital dos vícios gregos, e certamente já vira ali evidências sobre as práticas homossexuais.
Lovelace ainda diz que “contrária à natureza” significa “simplesmente contra a intenção de Deus para o comportamento sexual humano que é explicitamente visível na natureza, na função complementar dos órgãos sexuais e dos temperamentos do macho e da fêmea”.
No verso 27 Paulo emprega o termo arsen 3 vezes, traduzidos na ARA por “homens”. O substantivo arsenokoites (“homossexual masculino”, “pederasta”) é empregado pelo apóstolo como alguém que não herdará a salvação por estar sob a condenação de Deus (1Co 6:9; 1Tm 1:10). Brown ainda acrescenta que aqui a perversão sexual é vista como resultado de (e, até certo ponto, um julgamento sobre) o pecado do homem em adorar a criatura ao invés do criador.

Conceito e Causas da Homossexualidade (Homossexualismo)

Uma vez comprovado que o tema que Paulo abordou em Rm 1:26-27 foi mesmo a homossexualidade (Homossexualismo), tanto masculina quanto feminina, faz-se necessário um maior aprofundamento sobre o estudo deste comportamento sexual.
O homossexual é considerado uma pessoa com tendência a dirigir o desejo sexual para outra pessoa do mesmo sexo, ou seja, ele (ou ela) sente atração erótico-sexual por parceiro do mesmo sexo. Maranon apresenta uma definição mais completa sobre a homossexualidade nas seguintes palavras:
Por mais classificações que se façam desta anormalidade, a base patogenética é sempre a mesma: uma sexualidade recuada, de polivalência infantil que, por circunstâncias externas, condiciona sob diferentes formas seu objetivo erótico em sentido homossexual.
Baseando-se no relatório de Kinsey, os homossexuais pretendem que sua condição seja considerada “uma espécie de forma alternativa de sexualidade, homóloga e simétrica à heterossexualidade”. Bergler, porém, vê a homossexualidade como uma espécie de “síndrome neurótica”, caracterizada por alguns estigmas bem definidos, a saber: uma elevada dose de masoquismo psíquico, levando o homossexual a situações de desconfianças e humilhações; medo, ódio, fuga em relação ao sexo oposto; insatisfação constante e insaciabilidade sexual; megalomania; depressão; sentimento patológico de culpa; ciúme irracional; e inadmissibilidade psicopática.
As pesquisas com relação às causas da homossexualidade ainda não são consideradas de todo consistentes; porém, elas podem ajudar na orientação de uma profilaxia social com relação ao homossexualismo. Gius afirma que “não se verificam quadros de aberração cromossômica ligados primitivamente à homossexualidade”, o que descarta sua origem genética, pois “em todos os casos de homossexualidade masculina examinados, o sexo genético correspondia ao sexo fenotípico (respectivo) e faltavam sinais de qualquer alteração cromossômica verdadeira”.
Mesmo os defensores da origem genética da homossexualidade admitem que a eventual “predisposição inata” só se transforma em efetivo desejo homossexual por força de fatores desencadeadores de natureza psicossocial, dentre os quais: obsessiva ligação com uma mãe autoritária ou possessiva; falta de uma figura paterna significativa como modelo de identificação; experiências de iniciação na infância ou adolescência; e fixação ou regressão da personalidade a níveis auto-eróticos, com supervalorização do falo (órgão sexual masculino).
O homossexual é um homem ressentido por acreditar que não tem o corpo que sua mente mereceria. Freud também considerava que o meio onde as crianças se desenvolvem é fator determinante de sua sexualidade.

Snoek divide estes fatores determinantes da Homossexualidade em três categorias:

1. Fisiológicos - Nenhuma das teorias (genética, hormonal, morfológica) foi comprovada;

2. Familiares - Uma mãe dominante, juntamente com um pai apagado; uma supermãe, tão envolvente que para o filho só existe uma mulher, que é ela; a mãe frustrada no seu relacionamento com o marido, incutindo na cabeça das filhas que homem nenhum tem valor; um superpai que exige uma virilidade impossível de ser alcançada pelo filho; os pais desejam um menino, mas nasce uma menina;

3. Sociais – O unissexismo, que ocorre na forma do segregacionismo ou do igualitarismo; o anarquismo; e a sedução por adultos.

Por Que Deus Condena o Homossexualismo?

Deus abençoou o homem e a mulher e lhes deu o mandamento de serem fecundos e multiplicarem-se (Gn 1:28). O casamento é a “união de duas pessoas que originalmente foram uma, depois foram separadas uma da outra, e agora no encontro sexual do casamento se uniram novamente”. Lovelace acrescenta dizendo que “não é por acidente que toda forma de expressão sexual fora da aliança do casamento seja explícita ou implicitamente condenada no restante das Escrituras”.
A sociedade atual está cada vez mais perdendo de vista o princípio que Deus definiu para a união sexual entre os seres humanos: um homem e uma mulher, unidos pelo compromisso eterno do matrimônio. Em virtude deste crescente desvio do padrão idealizado por Deus no princípio, é que têm surgido todas estas anomalias sexuais descritas até aqui. Hoje já se convive até mesmo com o “casamento” entre homossexuais e a adoção de filhos por estes “casais”.
O propósito de Deus é que o homem junte-se com a mulher e os dois formem “uma só carne” (Gn 2:24), constituindo-se numa família heterossexual, na qual os filhos poderão ser educados em meio a um ambiente sadio e livre de preconceitos.
Este ideal está totalmente corrompido na sociedade moderna, e as relações sexuais passaram a ser apenas um meio de obter prazer a qualquer custo, sem atentar para as orientações dadas por Deus no passado, e para os perigos de não seguir estas orientações. A atual sociedade já aprendeu a conviver pacificamente com o outrora chamado “pecado grego”, vendo os homossexuais como apenas “um pouco diferentes”.
Deus condena o homossexualismo porque ele é totalmente contrário ao propósito original das relações sexuais: procriação e/ou prazer. Segundo Boice, apenas em se olhar para a anatomia dos órgãos sexuais do homem e da mulher já deveria haver argumento suficiente para convencer de que as práticas homossexuais não são normais. Tanto o Judaísmo quanto o Cristianismo sempre reconheceram esse fato, defendendo que o homossexual está sob a condenação de Deus.

Cura Para o Homossexual

Após verificar que o homossexualismo está arraigado fortemente na sociedade hodierna, faz-se necessário apresentar ao portador desta anomalia sexual um meio de regeneração e retorno ao ideal divino. A terapia de aconselhamento para o homossexual consiste em “escutar a quem pede ajuda, a fim de facilitar-lhe a decifração, por ele mesmo, de seu próprio discurso... levando a uma convivência mais saudável consigo mesmo e, em vários casos, chega-se à heterossexualidade”.
Talvez o maior problema a princípio seja romper as barreiras da solidão e da incomunicabilidade que a sociedade erige em relação aos homossexuais. Gatti defende que o ponto de partida deve ser a total aceitação do homossexual como pessoa, a plena compreensão de seu drama, e a mais leal solidariedade a seus sofrimentos e a seus problemas.

Para o auxílio pastoral ao homossexual são sugeridos os seguintes passos:

  1. Reconhecimento e confissão de que sua atitude e conduta são errados;
  2. Ele deve admitir e reconhecer seu problema;
  3. Deve confessar o pecado a Deus e a um conselheiro espiritual, e depois deve pedir a Deus que o purifique e perdoe;
  4. O homossexual que busca a cura deve pedir a Deus que lhe dê um espírito de arrependimento;
  5. Pode-se considerar a possibilidade de uma libertação de demônios;
  6. O conselheiro deve repetir a promessa de que o indivíduo poderá mudar;
  7. O homossexual deve concordar em submeter-se a um plano de disciplina que Deus possa usar para concretizar a mudança desejada;
  8. Entre o homossexual e o conselheiro deve haver sinceridade absoluta;
  9. O homossexual deve começar a participar de uma comunidade cristã compreensiva;
  10. O conselheiro deve ser paciente.
Para o homossexual, como para qualquer outro homem, no fim é apenas a graça do Espírito Santo com seus misteriosos dinamismos que é capaz de tornar a cura do homossexual possível. Acima de todos os meios educativos e terapêuticos, é sempre na graça de Deus que o homem pecador deve confiar.
O Dr. José Maria concorda com o pensamento de que a igreja deve ser o conduto para a ajuda aos homossexuais que desejarem um retorno aos desejos sexuais naturais de cada ser humano. Ele afirma que “a igreja será o último reduto para a consolidação dos conceitos familiares” nos próximos anos.

Resumo e Conclusão

O homossexualismo está presente na história humana desde o seu princípio. Biblicamente, encontra-se referências à homossexualidade já no relato de Sodoma e Gomorra (Gn 19:4-5), de onde advém o termo “sodomia” como referência à homossexualidade e outras anomalias do gênero; bem como no período dos Juízes (Jz 19:22). Moisés também fez referências a esta prática sexual entre o povo de Israel (Lv 18:22; 20:13), condenando-a e considerando-a abominável aos olhos de Deus, punível mesmo com a morte.
No Novo Testamento, a referência clássica à homossexualidade, tanto feminina quanto masculina, encontra-se na epístola de Paulo aos Romanos (Rm 1:26 e 27). Porém, o apóstolo também faz outras referências à condenação divina sobre esta prática (1Co 6:9-10; 1Tm 1:9-11).
O presente trabalho analisou o texto de Romanos, observando a quase unanimidade entre os teólogos e comentadores de que Paulo realmente referia-se na passagem em estudo ao homossexualismo. Porém, é crescente o grupo de eruditos que não aceitam esta interpretação usual, e tentam reinterpretar as declarações paulinas, aplicando-as aos dias atuais, onde a homossexualidade tornou-se já parte comum do cotidiano das grandes cidades.
Através dos estudos e pesquisas científicas consultadas, verifica-se que é reduzida a probabilidade de que as tendências homossexuais sejam o resultado de uma “deformação genética” ou algum caractere hereditário. Ao contrário, é grande o número de estudiosos da psicologia humana que acreditam que este comportamento sexual advém de fatores psicossociais vividos na infância (até os 5 anos de idade, principalmente), e que acarretam traumas e complexos que podem levar o indivíduo a desenvolver o homossexualismo durante sua vida.
Apesar de Deus condenar este comportamento anômalo, em virtude de desvirtuar-se do Seu propósito para o relacionamento sexual e matrimonial, Ele concede ao homossexual desejoso de regenerar-se uma opção de cura, que está disponível através de Sua infinita graça e misericórdia pelas mazelas que atingem a humanidade.
Fonte: Enviado por e-mail por Bruna Raicha

Quantos sapos você tem de beijar até encontrar seu príncipe?

denice
“Nós todos sabemos como é quando você está na escola e atinge a puberdade. De repente, você está muito consciente de si mesmo e quão atraente (ou não) você é ao sexo oposto. Passar naquela prova de gramática já não é tão importante como ser a única sem um namorado. Deus me livre não ter nada para dizer naquelas conversas sobre "os melhores beijos" e o "melhor sexo".
Infelizmente, esse é o mundo em que vivemos hoje em dia. Então, imagine isso: Uma menina de 16 anos de idade, em seu último ano da escola com seu grupo de amigas e o assunto se volta para "garotos". Ela sorri e balança a cabeça enquanto todas fazem as suas observações - não importa quão estranho sejam os exemplos falados, contanto que elas não perguntem nada a ela!
Inesperadamente, elas começam a apontar uma a uma para falar sobre seu primeiro beijo. Seu cérebro começa a trabalhar freneticamente tentando pensar em todas as desculpas, histórias elaboradas e mentiras escancaradas para encobrir o fato de que "o quê?!", elas dizem "Você nunca beijou ninguém?". O som das gargalhadas e o tom de ridicularização trazem um calor ao seu rosto - tão quente que tudo que ela pode fazer é abaixar a cabeça. "Você está tão atrasada. Todas já beijaram", elas zombam: "Você é lésbica?”
Tenho certeza que você consegue imaginar a situação. Você pode sentir a vergonha da pobre menina?! Agora imagine a mesma conversa - só que desta vez as meninas estão com 20 anos de idade. Agora imagine 23, ou mesmo 24 anos de idade?Acha difícil de imaginar? Certamente é raro de acontecer nos dias de hoje.
Mas, por que essa menina deveria se sentir tão constrangida ou envergonhada? Ela fez algo errado? Não. Você "passa do prazo de validade" se você não beijar um menino numa certa idade? Não.Então, pense sobre isso: com quem você quer compartilhar seus beijos? Ou melhor, com quem você deve compartilhar seus beijos? Eu não estou falando daqueles beijos de vento de Hollywood, reservados para conhecidos ou o beijo no rosto que você dá nos seus familiares e amigos. Eu estou falando ‘daquele’ beijo. Sim, aquele que você sonhou em dar repetidamente naquela pessoa especial que você ama. Agora se pergunte: O que aconteceu com aquele sonho?
Muitos jovens não acreditam mais em amor verdadeiro ou até mesmo em ‘ príncipe encantado'. Atualmente, um beijo é apenas um beijo, nada mais. Nenhum significado. É algo rápido com uma pessoa aleatória que você acabou de conhecer na boate. Ou talvez seja um beijo bem apaixonado com o seu namorado mais recente (de quem você não está realmente afim). Quem sabe um beijo louco, devido a uma explosão de entusiasmo na última Rave que você foi. Não há como negar que o beijo não tem mais o valor que ela costumava ter no passado.
Bem, eu admito, a menina da história sou eu (foto acima com o marido Damien). Desde novinha eu sonhava em me apaixonar, me casar e todas as coisas que já conhecemos. Acho que sempre tive esse sonho. Era como se fosse parte do projeto original da minha vida e eu segurei firme nele por um tempo como se fosse realidade. Até que chegaram os complexos da adolescência e a pressão dos amigos fizeram meu sonho começar a desaparecer. Todos estavam namorando, as revistas só me relembravam o quanto eu era ultrapassada. Eu estava desesperada pra fazer parte do grupo deles, mas não queria simplesmente compartilhar com qualquer um o que eu considerava tão pessoal. "Então, quem vai ser o meu príncipe?", eu pensava.
Depois de uma jornada dolorosa de desespero (e ainda sem beijo), eu finalmente aprendi que meus ideais não eram tão "ultrapassados" assim. Depois de descobrir que "só existe um para cada pessoa", a minha perspectiva mudou. Eu aprendi que eu nasci para estar com uma pessoa: a pessoa que eu amasse e que me amasse em retorno, alguém compatível comigo. Então, eu fiz um voto comigo mesma e com Deus: que eu iria esperar até que alguém se mostrasse digno de mim, alguém que quisesse receber todo o amor e sacrifício que eu estava disposta a oferecer.
Enquanto se espera, a gente tem a oportunidade de crescer como pessoa e pensar cuidadosamente sobre o tipo de companheiro que a gente realmente deseja. Se você não sabe o que quer, então como você pode encontrar a pessoa certa?
Tem alguém lá fora para você e, mesmo que você não acredite, isso não faz com que esse fato deixe de ser verdade. Se você perdeu o seu sonho, por causa de algo que aconteceu ou de alguém que o roubou de você, busque esse sonho novamente. Tome posse dele, ele está lá fora. Se você acreditar nisso como eu acredito e acreditei naquela época, esperar pela pessoa certa não vai mais parecer algo tão difícil. Se você se valorizar da maneira que deve (você é incrivelmente especial, ah, se você acreditasse nisso), então você vai tentar conhecer cada "pretendente" cuidadosamente, para garantir que ele é realmente a pessoa certa. Qualquer carinha legal e carinhoso não será mais suficiente.
Porém, uma coisa é verdade, somos apenas humanos e só podemos conhecer a outra pessoa até certo ponto. Por isso, eu aconselho que você ore - mesmo que você não esteja acostumado a fazer isso com frequência. Minha teoria, na época, era que, se Deus realmente existisse, então no momento em que eu estivesse orando pelo meu futuro marido, naquele exato momento, Deus estaria vendo exatamente quem ele era, mesmo que eu não tivesse a menor idéia de quem ele fosse. E se eu pudesse acreditar por um instante que Deus ia honrar meu pedido, então o futuro da minha vida amorosa estaria seguro e eu poderia me concentrar em outras áreas da minha vida.
Quantos sapos você tem de beijar até encontrar seu príncipe? Minha resposta é simples: nenhum. Se você procurar cada "pretendente" direito, vai logo ver quantos sapos aparecem no seu caminho. No final de seus "testes" você vai encontrar alguns príncipes reais e depois de novas pesquisas e testes, você vai encontrar o único que é para você.
Não deixe o tempo, a sociedade ou as morais deste mundo te fazerem esquecer o seu valor e o valor dos seus sonhos. Tenha orgulho de ser "antiquada" por uma questão de ser fiel as suas convicções. Depois de chegar ao ponto na sua vida que você está pronta para se dar pra pessoa certa na hora certa, você ficará feliz por ter esperado.
Se você estiver lendo isto e disser: "Mas eu já beijei (ou outras coisas mais) muitos sapos”, não se preocupe. Isso não é uma promessa de pureza. É mais uma questão de auto-preservação. Às vezes, fazemos coisas porque não sabemos que existem outras alternativas, ou ainda, por termos sido vítimas de grandes decepções, mas isso não quer dizer que temos que continuar fazendo as mesmas coisas erradas. Você pode ter se entregado a alguns sapos, tudo bem. Desafie você mesma a ir contra a ansiedade a partir de agora e prepare-se para receber o seu príncipe. Descubra como um verdadeiro príncipe realmente age, vive e trata sua princesa. Espere!
E depois você vai ver o quanto vale à pena!
Denice Allen, de 30 anos, casou no dia 24/07/2010 com Damien Allen. Ela é membro da IURD na Inglaterra e postou este depoimento no blog “Porque sois fortes”, que pertence ao pastor responsável pelo Grupo Jovem dos Estados Unidos, Luke Castro. Por Denice Allen / Arca Universal / Profetico

Guerra contra traficantes no Rio de Janeiro, de 1960 à 2010



guerra no rio de janeiro
A guerra está só começando, o vento virou. A população aplaude a polícia. A bandidagem está perdendo. O Capitão Nascimento tinha razão Naquele tempo se podia subir qualquer morro do Rio, não havia nenhum perigo, só miséria. Muitos garotos das favelas próximas de Copacabana jogavam bola juntamente com os garotos do bairro nas praças, na praia e nas ruas. O Rio de Janeiro deixava de ser a capital, que se mudava para Brasília em janeiro de 1960.
De lá para cá foi ladeira abaixo, e morro acima. Em 1976, a Cidade Maravilhosa foi fundida à força com o atrasado Estado do Rio pelo governo militar. Foi a sua segunda morte.
A terceira seria lenta e sofrida, vítima de duas desastrosas administrações de Brizola, quando a polícia foi proibida de entrar em favelas em nome dos direitos humanos. E pior: com um governo Moreira Franco no meio. Na sequência, quatro anos de governo Garotinho, seguido de mais quatro de Rosinha. Nenhuma metrópole do mundo sobreviveria a essas administrações.
Em Nova York se consome muito mais drogas do que no Rio de Janeiro, mas o tráfico não manda nada, se contenta em vender o seu veneno escondido, porque a polícia prende e a Justiça manda para a cadeia. Mesmo podendo comprar livremente armas pesadas, o tráfico não comanda nenhum território, só se esconde da policia. Ninguém fala "o tráfico é o flagelo de Nova York". Lá o tráfico não é assunto, se movimenta nas sombras do submundo e não interfere na vida das pessoas comuns.
A maior graça, e a desgraça, do Rio de Janeiro é a sua geografia deslumbrante, com as praias cercadas de morros e montanhas onde se abrigam as quadrilhas de traficantes e as milícias. Nossas belezas se tornaram fortalezas do crime e da morte.
A guerra está só começando, o vento virou. A população aplaude a polícia. A bandidagem está perdendo. O Capitão Nascimento tinha razão.

Galeria de Fotos da Guerra contra traficantes no Rio de Janeiro

guerra no rio de janeiro
guerra no rio de janeiro
guerra no rio de janeiro
guerra no rio de janeiro
guerra no rio de janeiro
Fonte: Estadão / Profetico

Notícias » Tecnologia » Tecnologia Hillary diz que vazamento é ataque aos EUA e à comunidade internacional

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, condenou nesta segunda-feira o "roubo" de documentos do Wikileaks, que considera não só "um ataque à diplomacia dos Estados Unidos, mas à comunidade internacional". "Os Estados Unidos condenam firmemente a publicação ilegal de informação, que coloca a vida de pessoas em perigo, ameaça nossa segurança nacional e prejudica nossos esforços para trabalhar com outros países", disse Hillary em um breve discurso perante a imprensa.
O Wikileaks divulgou mais de 250 mil documentos, muitos deles secretos, em referência, principalmente, às comunicações do Departamento de Estado com mais de 270 embaixadas, consulados e missões diplomáticas dos EUA no mundo todo.
Hillary assinalou que esta revelação "não é apenas um ataque aos interesses da política externa americana, mas um ataque à comunidade internacional, um ataque às alianças e negociações que estão em andamento em nível internacional" para buscar a paz e a prosperidade no mundo.
No entanto, se mostrou confiante de que as relações que se fortaleceram durante o Governo do presidente Barack Obama "resistam a este desafio" e assegurou que estas alianças continuam sendo o centro da política externa americana.
A secretária, que não quis comentar o conteúdo particular das mensagens publicadas, assinalou que os Estados Unidos "condenam profundamente a publicação de qualquer documento confidencial, incluindo discussões particulares entre parceiros, ou declarações e observações pessoais de nossos diplomatas".
EFE

Cenário de guerra começa a ser desmontado no Complexo do Alemão

Uol
No primeiro dia útil após a retomada do Complexo do Alemão das mãos do crime organizado, a vida no conjunto de favelas na zona norte do Rio de Janeiro parece começar a voltar ao normal. O barulho dos blindados, as rajadas de tiros e o clima de guerra declarada deram espaço para uma relativa calmaria nesta segunda-feira (29).
Na rua Joaquim de Queiroz, um dos principais acessos usados para entrada de saída de moradores, vários trabalhadores era vistos descendo o morro por volta das 6h30. Muitas pessoas estavam trancadas dentro de casa desde sexta-feira (26), quando o confronto entre traficantes e autoridades se intensificou.
Na padaria que fica na esquina com a estrada de Itararé, fechada desde quinta-feira e cuja fachada foi usada no final de semana como posto do Exército, as portas voltaram a abrir e os habitantes do Alemão novamente tiveram a possibilidade de comprar pão e mantimentos, algo impensável nos últimos dias, marcados por intensas trocas de tiro que fizeram o comércio todo encerrar suas atividades temporariamente na região.
Na banca de jornal, os periódicos da cidade exibem manchetes como “Vencemos” e “A reconquista”. “Vim comprar pra guardar. Vai ser uma recordação. E também queria entender melhor as coisas. Fiquei dentro de casa três dias. Ouvi tudo, mas quero ver o que vai acontecer agora”, disse o pedreiro Rafael de Oliveira, 35 anos.
Alguns blindados ainda podem ser observados fazendo rondas nas principais avenidas do Complexo. O número de policiais militares, no entanto, foi reduzido drasticamente, apesar de 90 homens do Bope terem passado a noite dentro do Alemão – efetivo que está sendo substituído nesta manhã.
Homens da Polícia Civil e do Exército ainda são vistos na manhã desta segunda fazendo revistas em alguns pontos. A estratégia é tentar encontrar traficantes que possam estar tentando sair da comunidade disfarçados. De toda forma, o pente fino é bem mais permissivo do que as varreduras do final de semana, que não poupavam ninguém – senhoras, crianças e até deficientes.
Alguns moradores reclamam da falta de luz, mas os problemas de abastecimento não chegam a atingir todos os endereços das favelas. Já “no asfalto”, os pontos de ônibus estão lotados. Muitas escolas municipais da região continuam fechadas, mas a secretaria estadual permitiu que os diretores de casa unidade tomem a decisão de receber ou não os alunos. Outros serviços públicos começaram a ser retomados, como a varrição.
Por todo lado, o volume de lixo é grande. Muitas vezes os próprios traficantes proibiam a entrada de caminhões de coleta de resíduos. Em uma volta que a reportagem fez pela comunidade já ocupada, encontrou vários pontos usados como lixão, locais em que o cheiro forte lembra carniça e chega a ser insuportável.

2012 é o fim do mundo? é o que diz o calendário Maia Qual sua opiniçao sobre este assunto?

Opine sobre essa questão que tem incomodado muitas vidas , mande sua opinião ,  via comentário.

A SUPERIORIDADE DA MENSAGEM DA CRUZ


  I Co. 1.18 –
Objetivo: Mostrar que a pregação evangélica eficaz não se baseia em pressupostos religiosos ou argumentos filosóficos, mas na cruz de Cristo, loucura para os que perecem, mas para os salvos, poder de Deus. INTRODUÇÃO
Na igreja de Corinto havia tanto judeus religiosos quanto intelectuais instruídos na filosofia grega. Na lição de hoje, veremos que, como naqueles dias, a religiosidade e a filosofia humana imperam, mas ambas estão distanciadas da verdade do evangelho de Cristo. As palavras do Apóstolo, conforme veremos neste estudo, revelam que o fundamento da fé cristã não repousa nesses dois pólos, mas na centralidade da mensagem da cruz, loucura para os que perecem e o poder de Deus para os que crêem.
1. A MENSAGEM DA RELIGIÃO
A religião é uma tentativa humana de aproximação de Deus. É uma espécie de torre de Babel (Gn. 11.9), de confusão, por meio do qual o homem, através dos seus esforços, de suas vestes de figueira (Gn. 3.7) quer agradar ao Criador. Para tanto, a religião se sustenta numa série de regras e padrões humanos na tentativa de manipular as pessoas (Cl. 2.20-23). Nos tempos de Paulo, especificamente na cidade de Corinto, a religião judaica determinava os procedimentos a serem seguidos a fim de que o ser humano adquirisse sua salvação, essa era uma defesa dos judaizantes (Gl. 1.8,9), que pregavam um outro evangelho distinto do de Cristo. Quando Jesus esteve entre os religiosos de sua época, eles cobravam a realização de milagres (Mt. 12.18-40). O problema dos sinais é que eles, ao invés de fortalecerem a fé, na verdade, viciam as pessoas a sempre quererem mais sinais, como aconteceu com os israelitas quando caminhavam pelo deserto. Há pessoas que não conseguem se distanciar dos sinais, somente acreditam se, como Tomé, avistarem as feridas de Jesus (Jo. 20.25). O pior da religião, no entanto, é a busca pelo mérito divino. Os religiosos estão sempre buscando fazer algo para agradar a Deus, não entendem o milagre do novo nascimento (Jo. 3.3) e que somos salvos pela graça, por meio da fé, isso não vem das obras para que ninguém se glorie (Ef. 2.8,9).
2. A MENSAGEM DA FILOSOFIA
A filosofia em Corinto, quando Paulo escreveu sua Epístola, era um conhecimento valorizado, cujo fundamento era a racionalidade. Tal racionalidade era apregoada pelos filósofos clássicos, com os quais os gregos estavam acostumados. Para esses filósofos, a base do conhecimento estava na “sofia”, isto é, na “sabedoria” humana. Através das reflexões humanas, os pensadores daqueles tempos, como alguns da modernidade, buscam Deus, através das investigações lógicas, trazer provas racionais de Sua existência. Deus, no entanto, nega-se a ser conhecido pelas vias da razão exclusiva. Quanto mais o homem pergunta por Deus através de suas especulações filosóficas, mais deles Ele se distancia. É pouco provável que alguém reconheça o Deus, Pai do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo pela investigação filosófica. O máximo que podemos apreender é a figura de um Criador poderoso que tudo fez ou de um Legislador Moral que julgará a todos devido a consciência universal do pecado. Para o homem natural, representado pelos materialistas ou existencialistas ateus, Deus não passa de um delírio. Para os filósofos deitas, Deus pode ser comparado a um relojoeiro que criou o mundo e o entregou ao acaso. Para os agnósticos, Deus pode até existir, mas como não se pode saber, resta, como os atenienses dos tempos de Paulo, construir um altar ao Deus Desconhecido (At. 17.23). A filosofia, como área de conhecimento humano, tem o seu devido valor. Não podemos negar a contribuição que o estudo filosófico trouxe a humanidade. Alguns filósofos, na verdade, foram cristãos, tais como Agostinho de Hipona, Anselmo de Aorta, Blaise Pascal, Soren Kierkegaard, entre outros. Mas, em se tratando do evangelho de Cristo, somente podemos conhecê-lo espiritualmente, pois Ele o foi revelado pelo Espírito. O mistério de Deus chegou até nós por meio de Jesus de Cristo (Cl.1.26; 2.2). O estudante cristão de filosofia deve levar cativo todo conhecimento à obediência de Cristo (II Co. 10.5). Caso contrário, o conhecimento filosófico pode acabar distanciando-o da Palavra de Deus (Cl. 2.8).
3. A MENSAGEM DA CRUZ DE CRISTO
Os judeus pedem um sinal, os gregos querem sabedoria (I Co. 1.22) A mensagem do evangelho de Cristo, por conseguinte, é um escândalo para os judeus e loucura para os gregos. Aprouve a Deus, entretanto, salvar os homens (e mulheres) pela loucura da pregação (I Co.2.14; 3.19). A pregação do apóstolo Paulo, quando esteve em Corinto, não se fundamentou em sofismas, em raciocínios lógicos, mas na cruz de Cristo (I Co. 2.4). A mensagem da cruz é a interdição de Deus tanto aos religiosos quanto aos filósofos. Enquanto a religião quer que as pessoas sejam salvas por meios das suas obras, a mensagem do evangelho de Cristo diz que o homem é salvo pela graça, por meio da fé, e que isso não vem de nós, é dom de Deus (Ef. 2.8,9). Enquanto os homens buscam uma explicação lógica para provar que Deus não existe, Ele, na Sua simplicidade, se faz carne, habita no meio dos homens e, em Cristo, revela-la se como o Deus de amor e graça (I Co. 1.27). A mensagem da igreja cristã não pode ser outra senão a do Cristo crucificado (I Co. 2.2). Não são poucos que atualmente querem sustentar suas mensagem na religiosidade humana ou em argumentos filosóficos. As pessoas somente poderão crer pela fé, e essa resulta da pregação da Palavra de Deus (Rm. 10.17).
CONCLUSÃO
A mensagem da igreja não pode ser religiosa – fundamentada nos méritos humanos, ou filosófica – sustentada na razão pura. A tarefa da igreja é a de se debruçar espiritualmente sobre a Palavra de Deus e proclamá-la em alto e bom som. Essa não agradará a todos os seguimentos da sociedade, continuará sendo escândalo para os religiosos e loucura para os intelectuais. Isso porque os religiosos não admitem serem salvos por outro meio que não seja o esforço pessoal. Os pensadores acham a pregação cristã algo irracional e sem qualquer fundamento lógico. Mesmo assim, com o autor do hino 291 da Harpa Cristã cantamos: “Rude cruz se erigiu, dela o dia fugiu, como emblema de vergonha e dor, mas contemplo esta cruz, porque nela Jesus, deu a vida por mim, pecador. Sim, eu amo a mensagem da cruz, té morrer eu a vou proclamar, levarei eu também minha cruz, té por uma coroa trocar”.

José Roberto A. Barbosa

em quanto isso na hora dos dizimos e...


CHARGES   EVANGELICAS

SERIE ACONTECEU EM 2010 - VIOLENCIA EM JEQUIÉ - Tentaram Matar o Pastor



O pastor Alex Duarte, foi vitima de tentativa de homicídio, na sexta feira da paixão o pastor Alex, estava em sua residência no alto da bela vista, bairro Joaquim romão, em Jequié, quando foi se deitar, minutos depois um elemento desconhecido arrombou a porta da frente, entrou de arma em punho e quando o pastor Alex levantou pra verificar o que estava acontecendo, foi alvejado com um tiro no braço esquerdo, entrou em luta corporal com o elemento quando foi atingido mais uma vez na virilha, sangrando e ferido o pastor gritou (Aqui é o pastor Alex) o elemento saiu sem dizer nada, segundo a vitima, foi disparado em media sete tiros, sendo que dois dos tiros atingiu o pastor e um dos tiros acertou a mamadeira do filho menor, que na hora do ocorrido a esposa e o filho do pastor se esconderam dentro do guarda roupa. O pastor diz não saber o motivo pra tanta violência, já que tem um bom relacionamento no bairro onde mora, a hipótese mais provável é que o individuo entrou na casa errada e o alvo não seria o pastor Alex Duarte.

O ANTI CRISTO ESTA NA PORTA QUERENDO SOMENTE ENTRAR E TOMAR POSSE.

VEJA O QUE DIZ NO SITE DOS ILLUMINATIS.


Treze Pontos para a Nova Ordem: 

1° Moeda mundial; 
2° Linguagem universal; 
3° Segurança total (monitoramento e vigilância);
4° Assistência Social Completa e Contínua (renda mínima, pleno emprego, ensino gratuito, saúde pública); 
5° Desconcentração da renda e poder do Estado (impostos mínimos, colaboradores mínimos, enxugamento);
6° Igualdade absoluta dos seres: posição social, étnica, econômica, dos costumes, inexistência da autoridade;
7° Justiça Internacional: repressão total a contravenção, ao crime, a tirania e a corrupção;
8° Saneamento e Saúde em nível mundial 
9° Planejamento familiar; 
10° Fim da fome e da miséria; 
11° Liberdade irrestrita de opinião e manifestação;
12° Moralização do ser: fim da mendicância, da prostituição, do trabalho infantil e demais fatores;
13° Criação da Polícia e do Exército da Nova Ordem.

http://www.grandorient.org/trezepontos.html
NÃO TE FAZ LEMBRAR DE UMA PASSAGEM EM APOCALIPSE SOBRE O 666 ?


SE PREPARE , POIS O GRANDE DIA ESTA POR VIR.

Violência no Rio: Mãe evangélica e pastores convencem “Mr. M” a se entregar


Violência no Rio: Mãe evangélica e pastores convencem “Mr. M” a se
 entregarDiego Raimundo da Silva dos Santos, conhecido como “Mr M”, se entregou por volta das 17h deste sábado à Polícia Militar, após deixar o Complexo do Alemão. Ele se apresentou aos agentes na companhia de sua mãe, Neuza Maria dos Santos, e de pastores de uma igreja evangélica. Segundo a mãe, com a ajuda dos religiosos ela convenceu o filho a se render.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel “Gostaria que isso servisse de exemplo para as mães de outros traficantes”, disse Neuza na delegacia, onde acompanhava a prisão do filho. “Mr M” era o braço direito de Luciano Martiniano da Silva, o Pezão, chefe do tráfico de drogas no Complexo do Alemão.
Desde 2008, “Mr M” era procurado pela polícia por interceptação de carga, roubo a mão armada e pela participação na morte de Antônio Ferreira, o Tota, que controlava o tráfico de drogas no complexo.
Mais cedo, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Mário Sérgio Duarte já havia anunciado que as forças policiais poderiam entrar no Complexo do Alemão, na zona norte, para a retomada do território, há qualquer momento. Ele pediu que os moradores se abriguem, fiquem em suas casas em proteção, evitem circular pelas ruas e determinou que os bandidos saiam com as mãos para o alto e entreguem suas armas.
Desde o início dos ataques, no último domingo, pelo menos 38 pessoas morreram em confrontos no Rio de Janeiro.
Violência
Os ataques tiveram início na tarde de domingo, dia 21, quando seis homens armados com fuzis abordaram três veículos por volta das 13h na Linha Vermelha, na altura da rodovia Washington Luis. Eles assaltaram os donos dos veículos e incendiaram dois destes carros, abandonando o terceiro. Enquanto fugia, o grupo atacou um carro oficial do Comando da Aeronáutica (Comaer) que andava em velocidade reduzida devido a uma pane mecânica. A quadrilha chegou a arremessar uma granada contra o utilitário Doblò. O ocupante do veículo, o sargento da Aeronáutica Renato Fernandes da Silva, conseguiu escapar ileso. A partir de então, os ataques se multiplicaram.
Na segunda-feira, cartas divulgadas pela imprensa levantaram a hipótese de que o ataque teria sido orquestrado por líderes de facções criminosas que estão no presídio federal de Catanduvas, no Paraná. O governo do Rio afirmou que há informações dos serviços de inteligência que levam a crer no plano de ataque, mas que não há nada confirmado. Na terça, a polícia anunciou que todo o efetivo foi colocado nas ruas para combater os ataques e foi pedido o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para fiscalizar as estradas. Foram registrados 12 presos, três detidos e três mortos.
Na quarta-feira, com o policiamento reforçado e as operações nas favelas, 15 pessoas morreram em confronto com os agentes de segurança, 31 foram presas e dois policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) se feriram, no dia mais violento até então. Entre as vítimas dos confrontos, está uma adolescente de 14 anos, que morreu após ser baleada nas costas. Além disso, 15 carros, duas vans, sete ônibus e um caminhão foram queimados no Estado.
Ainda na quarta-feira, o governo do Estado transferiu oito presidiários do Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste do Rio, para o Presídio Federal de Catanduvas, no Paraná. Eles são acusados de liderar a onda de ataques. Outra medida para tentar conter a violência foi anunciada pelo Ministério da Defesa: o Rio terá o apoio logístico da Marinha para reforçar as ações de combate aos criminosos. Até quarta-feira, 23 pessoas foram mortas, 159 foram presas ou detidas e 37 veículos foram incendiados no Estado
Na quinta-feira, a polícia confirmou que nove pessoas morreram em confronto na favela de Jacaré, zona norte do Rio. Durante o dia, 200 policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) entraram na vila Cruzeiro, no Complexo da Penha, na maior operação desde o começo dos atentados. Os agentes contaram com o apoio de blindados fornecidos pela Marinha. Quinze pessoas foram presas ao longo do dia e 35 veículos, incendiados.
Durante a noite, 13 presidiários que estavam na Penitenciária de Segurança Máxima de Catanduvas, no Paraná, foram transferidos para o Presídio Federal de Porto Velho, em Rondônia. Entre eles, Marcinho VP e Elias Maluco, considerados, pelo setor de inteligência da Secretaria Estadual de Segurança, diretamente ligados aos atos de violência ocorridos nos últimos dias. Também à noite, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, assinou autorização para que 800 homens do Exército sejam enviados para garantir a proteção das áreas ocupadas pelas polícias. Além disso, o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, anunciou que a Polícia Federal vai se integrar às operações.
Na sexta-feira, a força-tarefa que combate a onda de ataques ganhou o reforço de 1,1 mil homens da Brigada de Infantaria Paraquedista do Exército e da Polícia Federal, que auxiliaram no confronto com traficantes no Complexo do Alemão e na vila Cruzeiro. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a polícia permanecerá nas favelas por tempo indeterminado. A troca de tiros entre policias e bandidos no Complexo do Alemão matou o traficante Thiago Ferreira Farias, conhecido como Thiaguinho G3. Uma mulher de 61 anos foi atingida pelo tiroteio na favela e resgatada por um carro blindado da polícia. Foram registrados quatro mortos e dois feridos ao longo do dia. Um fotógrafo da agência Reuters foi baleado no ombro e hospitalizado.
Na parte da noite, o Departamento de Segurança Nacional (Depen) confirmou a transferência de 10 apenados do Rio de Janeiro para o presídio federal de Catanduvas (PR). Também à noite, a Justiça decretou a prisão de três advogados do traficante Marcinho VP e a Polícia Civil anunciou a prisão de sua mulher por lavagem de dinheiro.


Fonte: Terra / Gospel+

OS FUNDAMENTALISTAS DO TRÁFICO

Quando falamos de fundamentalistas lembramos de uma figura patética e violenta que atende ou atendia pelo nome de Bin Laden , pois não sei se encontra se vivo ainda.
Fundamentalista Islâmico , violento , que levou a morte muitos inocentes que nada tem a ver com essa loucura islâmica de uma palavra mentirosa e violenta.
Esses dias a traz  estive teclando com um deles , e me falava que eles não pregam a violência e sim o amor.
Cara , isso deve ser loucura , pregar  amor e mandar tudo pelos ares com bombas poderosas , com pessoas que amarram dinamites em seus corpos e bummmm, lá se vai tudo pelos ares.
Mas quero falar aqui de outros tipos de fundamentalistas .
Os fundamentalistas do tráfico de drogas e armas , que levam até os últimos extremos as suas ideias de lucrar com a morte de pessoas inocentes.
Muitos deles contando com a protecção de policiais pagos com o dinheiro limpo dos cidadãos que trabalham e tem de seus salários descontados os impostos da corrupção.

Vejo muitos deles vivendo vidas de marajás , de ricos , abastados de muito recursos  financeiros , e que de seus buckers determinam o que se deve ser feito.
Matar alguns , doar balas para as crianças , apoiar financeiramente alguns políticos corruptos etc.
Vendo essa invasão nas favelas do Rio de Janeiro fico a pensar a loucura que eles devem estar vivendo.
Vendo seus impérios do crime organizado ruindo , perdendo seus soldados e seus quartéis , e mais , vendo seus inimigos tomando posse de tudo , sim ,pois a policia boa é inimiga do mal policial , dos bandidos etc.
Fundamentalistas a serviço do lucro financeiro , cujo o empenho e matar quem se opor a eles , e lucrar o máximo mesmo que tenha muito derramamento de sangue de inocentes , vitimas de balas perdidas , que de tão perdidas que estão  acham  perdidos pelas ruas de nosso Brasil indivíduos sem a protecção de nossos governantes , que após alvejados entram para as estatísticas dos mortos sem retorno a vida ,porque as balas perdidas pelos fundamentalistas , dos crimes sem punição,  estão a solta ,podendo te encontrar a qualquer momento.
Deus nos livre delas em nome do Senhor Jesus.

Roberto Torrecilhas.

Guerra urbana no Rio de Janeiro já contabiliza mais 50 mortos e muitos feridos


Cristo parece pedir calma às tropas!
Nos últimos 6 dias o Rio de Janeiro, uma das cidades mais belas do Brasil, está a ser alvo de uma violenta guerra urbana, que já conta com 50 mortos e mais de 300 presos, entre os traficantes. A mobilização é geral, cerca de 22 mil operacionais, desde corpos especiais de polícia, principalmente o BOPE, polícia federal, fuzileiros, pára-quedistas, armada de guerra, entre outros corpos de polícia e militares, participam nesta megaoperação de combate à violência dos narcotraficantes.

As favelas Vila Cruzeiro e Complexo do Alemão são os principais alvos dos operacionais, onde o quartel-general dos traficantes acaba de ser tomado pela polícia. Já estive em cidades, em determinadas alturas, também dominadas pela guerra urbana, Iraque (Bagdad); Bósnia (Sarajevo); Angola (Luanda); República democrática do Congo (Kinshasa); Argélia (Argel); Chade (Fronteira com o Sudão). Mas esta guerra nas favelas do Rio, que vem acontecendo já a alguns anos, tem sido mais mortífera do que qualquer umas das tive oportunidade de vivenciar no terreno.

Um amigo meu, polícia especial no Rio de Janeiro, confidenciou-me, que a situação é explosiva, vive todos os dias com o coração nas mãos, pois teme represálias contra a família. É também já um experimentado, com muitas operações de alto risco, já viu muitos companheiros serem abatidos pelos traficantes. Ele sabe que esta guerra não tem fim anunciado, ela é patrocinada por muita gente influente e com muito poder no sistema político brasileiro. A corrupção mina os principais valores do ser humano. Neste caso estamos a falar de um negócio, que tem cerca de 300 milhões de clientes em todo o Mundo, com tendência para crescer e render fortunas para os traficantes.

Espero que os cariocas e o povo brasileiro possam conquistar a paz duradoura, e viver tempos de prosperidade económica, desenvolvimento social e diminuir a corrupção para níveis aceitáveis. Um homem de grande sapiência disse, com a corrupção morre o corpo, com a impiedade morre a alma.

Francisco Fonseca

POLÍCIA - Pastor é levado por bandidos depois de assalto a igreja no AL


    Uma igreja foi invadida por assaltantes na manhã deste domingo em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar, dois homens armados roubaram os instrumentos musicais da banda gospel que se apresenta no local.

    Ainda de acordo com os policiais, o pastor evangélico da Igreja Nova Aliança, no Bairro Água Branca, foi forçado por dois homens armados a entrar no seu carro, um Palio. A vítima foi liberada próximo ao Ceasa sem ferimentos. Os bandidos fugiram com o carro e o material roubado, e, segundo a PM, eles ainda não foram encontrados.

Polícia reconstitui crime de criança morta em ritual.

A garota, segundo investigações da 24ª Delegacia (Vera Cruz), teria sido morta pela própria mãe, Rita de Cássia Santana Silva, 41 anos.
Está marcada para esta terça-feira (17) a reconstituição da morte da menina Janaína Santana de Jesus, 5 anos, no município de Vera Cruz. A garota, segundo investigações da 24ª Delegacia (Vera Cruz), teria sido morta pela própria mãe, Rita de Cássia Santana Silva, 41 anos, que hoje será submetida a um exame de sanidade mental.
O corpo de Janaína foi encontrado em 9 de agosto, uma segunda-feira, próximo a uma lagoa, em estado avançado de decomposição, com perfuração atrás da orelha e sinais de estrangulamento. Quando foi presa, após a morte da filha, Rita informou à polícia que residia no bairro da Federação, em Salvador, e que teria fugido para a Ilha de Itaparica após denunciar traficantes. Na casa dela, na Ilha, foram encontrados objetos ligados à magia negra.

Correio/Notícias Cristãs


SATANISMO - PEDOFILIA NA IGREJA EVANGÉLICA

MISSÕES - RADICAL ÁFRICA


Projeto missionário comemora sucesso em evangelismo
    O culto de gratidão pelo retorno da turma 5 do Projeto Radical África – Voluntários Sem Fronteiras aconteceu na última quinta-feira, 25, na sede de Missões Mundiais. Cíntia S. da Silva, Geima G. Alves da Silva e Vivién R. do Carmo entoaram cânticos a Deus em dialetos africanos e francês e falaram um pouco sobre os 2 anos que estiveram em Mouzoun, no Mali.

    No campo missionário, elas atuaram no Projeto Restaurar, realizando atividades de atendimento clínico, e colaboraram com o PEPE – Programa de Educação Pré-Escolar. As jovens citaram como exemplo de um dos frutos colhidos na aldeia o testemunho do filho do chefe religioso daquela aldeia. Sabedor que o PEPE ensina, além das disciplinas, sobre Jesus, o líder afirmou que tiraria o menino da escola. As missionárias, então, passaram a orar e agir. Foram até a casa daquele homem para pedir-lhe permissão para divulgar na mesquita o início das matrículas para o próximo ano letivo. O líder religioso não só permitiu o anúncio como renovou a matrícula de seu filho, para a glória de Deus.

    Érica Lopes, integrante da coordenação do Projeto Radical, muito emocionada, agradeceu o empenho das três moças na evangelização daquela aldeia e chamou Talita Rodrigues Lima e Ana Lúcia Matosinho para entregar-lhes o certificado de conclusão do Projeto. As duas chegaram a participar dessa turma, que inicialmente tinha 11 jovens, mas por questões de saúde tiveram que retornar ao Brasil antes do tempo.

    O Pr. Renato Oliveira, dirigente do culto e coordenador dos missionários na Ásia, no Norte da África e no Oriente Médio, orou agradecendo pela vida dessas jovens Radicais que completaram mais uma etapa da carreira missionária. Ele também pediu para que Deus permita que elas continuem sensíveis ao agir do Espírito Santo, sendo bênçãos por onde quer que passem.

    Ao final do culto, Cíntia, Geima e Vivién entregaram ao Pr. Renato um instrumento típico do Mali, uma espécie de miniviolão, para ser exposto no salão de cultos da JMM junto com objetos de outros países que lá já estão.

    A coordenação do Radical trabalha e ora para que o Projeto continue mobilizando jovens a se engajarem na obra missionária, tornando-os conscientes de que o mundo precisa da graça do Pai.


Fonte: JMM

PR.MARCOS PEREIRA ELOGIA OCUPAÇÃO

O pastor da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (Adud) , Marcos Pereira comemorou a ocupação da polícia ao Complexo do Alemão neste domingo, dia 28.  O  Dia D para o Rio de Janeiro culminou na apreensão de 40 toneladas de maconha. Marcos Pereira que ganhou mídia ao mediar conflitos semelhantes entre policiais e bandidos, disse que enviou equipe ao morro.
            Apesar, segundo ele, do Governo não considerar oficial a negociação de Marcos Pereira, a equipe da Adud esteve na madrugada no Complexo do Alemão. Segundo divulgou Pereira alguns traficantes aceitaram o apelo e se renderam. “ O Governo teve atitude em tomar aquele espaço tomado por algo satânico”. Marcos Pereira disse que ficou não muito tempo no local para não ser acusado de oportunista pela mídia.
            Segundo ele o instituto está dando assistência no local através de voluntários e comemorou o não derramamento de sangue durante a ocupação. “Cocaína é droga. Algo espiritual. Material bélico, não. Autoridades competentes precisam impedir que isto cheguem às mãos dos traficantes”, declarou.

creio.