sexta-feira, 27 de setembro de 2013

PERIGO DOS INFERNOS 2 - - Ministros e parlamentares agiram para impulsionar o PROS

Ministros, empresários bem relacionados com o governo petista e parlamentares agiram nos bastidores para impulsionar a criação do Partido Republicano da Ordem Social, o PROS, o mais novo integrante da base da presidente Dilma Rousseff.

O novo partido será linha auxiliar de candidatos da base governista nos Estados, muitos deles de partidos grandes, o que transforma o PROS num chamariz para deputados, prefeitos e vereadores que podem mudar de sigla sem perder o mandato.


Entre os patronos do PROS estão o empresário José Batista Júnior, de Goiás, filiado ao PMDB, um dos donos do Friboi, a maior indústria de carnes do mundo, o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do mensalão a sete anos e dez meses de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção, além dos senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Delcídio Amaral (PT-MS), e o governador do Ceará, Cid Gomes.


Uma planilha que circulou entre os organizadores do partido, à qual o jornal O Estado de S.Paulo teve acesso, relata que os ministros Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil) também tiveram participação na montagem do PROS. Cada um ficou de orientar a filiação de pelo menos um parlamentar no Estado de origem. Pimentel será candidato a governador de Minas Gerais; Ideli deverá disputar uma vaga à Câmara; Gleisi, o governo do Paraná. Os três são do PT.


O mutirão em favor do PROS ocorreu depois que os governistas perceberam que poderiam perder ainda mais dinheiro do fundo partidário e tempo de TV com a criação do Solidariedade, partido montado pelo deputado Paulinho da Força (SP), que se declarou oposicionista.


Para ajudar a nova legenda, a presidência do PR - partido de Valdemar Costa Neto - cedeu uma sala para Eurípedes Júnior, ex-vereador de Planaltina de Goiás (cidade a cerca de 50 quilômetros de Brasília) que vai comandar o PROS.


Na fase final do processo, o PROS contou com o empurrão do empresário Júnior da Friboi, que será candidato ao governo de Goiás pela aliança PMDB/PT. Como o governador Marconi Perillo (PSDB) tem uma base com 20 partidos, Júnior passou a correr atrás do maior número de legendas que possam ajudá-lo. Uma delas é o PROS, que deverá receber pelo menos quatro dezenas de prefeitos, além de centenas de vereadores, eleitos no ano passado com a ajuda do empresário, que pertencia ao PSB. A saída de um dos sócios da Friboi do partido de Eduardo Campos para o PMDB foi comandada pelo vice-presidente da República, Michel Temer.


Por intermédio de sua assessoria, Ideli Salvatti informou que recebeu nesta quinta-feira (26), em seu gabinete do Planalto o criador da legenda, "mas não atuou na busca de adesões". Delcídio Amaral disse que já conversou com Eurípedes por telefone, mas não pessoalmente. Valdemar Costa Neto informou, pela assessoria, que não tem relação com os criadores do PROS.


O ministro Fernando Pimentel disse que teve uma audiência com o deputado Ademir Camilo (MG), que o apresentou a Eurípedes. O assunto, segundo Pimentel, foi "o desenvolvimento de Minas". Júnior da Friboi informou, pela assessoria, que está mais interessado em fortalecer o PMDB. Já Gleisi e Lindbergh estavam viajando e não responderam. 



VIA GRITOS DE ALERTA / COM INFORMAÇÕES DO ESTADÃO

Pastor pregava segurando cobras morre de mordida de cascavel


Mack Wolford, um pastor evangélico da Virgínia Ocidental (EUA), costumava pregar segurando cobras. Ele planejava um megaevento em que, segundo ele, as pessoas manifestariam o dom de línguas desconhecidas, manipulariam cobras e se divertiriam em um parque.

Só que, um dia após completar 44 anos, Mack foi mordido por uma cascavel e morreu. Ele foi ferido ao tentar passar a cobra a uma fiel na igreja.

O líder religioso justificava na Bíblia a prática perigosa com as cobras - uma forma de demonstrar o poder da sua fé.

"E haverá sinais que acompanharão os que creem: em meu nome expulsarão demônios, falarão novas línguas, segurarão serpentes e poderão beber venenos mortíferos sem que eles produzam qualquer dano. Além disso, colocarão as mãos sobre doentes, e estes ficarão sãos."

Marcos 16:17-18

O pastor foi levado a um hospital em Bluefield, mas não resistiu ao ferimento e faleceu, noticiou o "Bangor Daily News".

A história é ainda mais trágica: o pai de Mack, que costumava também segurar serpentes, morreu em 1983 - picado por um réptil.



O GLOBO / VIA GRITOS DE ALERTA

Tornei-me uma espécie de guarda-costas da família, diz Marco Feliciano




Marco Feliciano, pastor e deputado federal pelo Partido Social Cristão, concedeu uma extensa entrevista ao ativista cristão Júlio Severo, falando sobre as polêmicas que envolveram o seu nome desde que assumiu a Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados.
Tornei-me uma espécie de guarda-costas da família, diz Marco FelicianoCriticado por diversos setores e perseguido por ativistas gays Feliciano afirma que há em tramitação no Congresso pelo menos 900 projetos que prejudicam a família e mais de 200 que beneficiam os homossexuais.
“Hoje num pente fino bem apurado, descobri tramitando pela Câmara dos Deputados mais de 900 projetos que ferem a família tradicional, as igrejas e a liberdade de expressão”, diz o parlamentar.
O parlamentar propõe um plebiscito sobre o casamento homossexual e já pediu o impeachment de um ministro do STF por ter antecipado o voto sobre o aborto dos bebês anencéfalos.  “Tornei-me uma espécie de ‘guarda-costas’ da família”, justifica.
Apesar de ter sido ovacionado por milhares de evangélicos no Congresso Internacional de Missões dos Gideões Missionários da Última Hora o pastor da Assembleia de Deus Catedral do Avivamento foi criticado por diversos líderes evangélicos, entre eles o pastor auxiliar da Igreja Batista de Água Branca (IBAB), pastor Ariovaldo Ramos.
Júlio Severo questionou Feliciano sobre as motivações que levaram Ariovaldo Ramos a se manifestar contra a permanência do parlamentar evangélico na CDHM. Marco Feliciano disse que não conhecia Ariovaldo Ramos e que foi ao encontro do pastor batista após receber um convite para se explicar, mas Ariovaldo teria aconselhado Feliciano “a não ser intolerante” e defendido o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
“Eram apenas ativistas, preocupados em não provocar uma ‘guerra’ santa, me aconselhando a não ser intolerante, me doutrinando sobre o perfeito governo de Lula e os bons relacionamentos com o Ministro da Casa Civil Gilberto de Carvalho. Um dos meus assessores, que me acompanhava, me confidenciou: esse cidadão (Ariovaldo) não é dos nossos… Dias depois vi que essa palavra se cumprindo: Ariovaldo e os outros já haviam assinado um documento público contra mim, antes da reunião, e depois dela não deram uma nota sequer”, disse Feliciano.
Feliciano criticou o grupo de juristas ANAJURE que se auto define como sendo uma entidade de juristas cristãos que defendem os direitos evangélicos.  “Lembrei-me da ANAJURE. Lembrei-me também do pedido desesperado que esses nobres juristas ‘cristãos’  fizeram à Frente Parlamentar Evangélica dizendo que a ANAJURE só seria reconhecida se houvesse a aprovação dos parlamentares. Afinal, era para isso que estavam criando essa entidade: para proteger os parlamentares evangélicos em suas lutas pela liberdade religiosa e pela família. Liguei para o então presidente* da ANAJURE que estava na França. Falei com ele mais de uma vez, e o que ele me disse era que estava do meu lado e que a ANAJURE iria me defender juridicamente. Papo furado! Balela! Dias depois uma nota destes santos juristas me espancou e me aconselhou a sair da CDHM porque eu não era uma pessoa qualificada. Após esse episódio, a ANAJURE perdeu alguns de seus membros fundadores mais importantes, inclusive nossa guerreira da fé em Brasília, Dra. Damares”, disse o deputado.
O presidente da CDHM também lembrou as ameaças, ataques e manifestações que sofreu desde que assumiu o colegiado. Disse que a esposa contraiu uma doença psicossomática e que as filhas menores (10 e 11 anos) precisaram receber acompanhamento psicológico. As meninas estavam no carro com o parlamentar quando um grupo de ativistas gays tentou agredi-lo na saída de um culto.
“Eu emagreci 10 quilos, pois não conseguia me alimentar nem dormir. A mídia foi cruel, editando mensagens que preguei há mais de 15 anos atrás e todos os dias estampavam em seus jornais e TV. A mídia social foi terrível. Criaram perfis fakes no Facebook”, lembrou.
Marco Feliciano disse que não processou a apresentadora Xuxa Meneghel, por ter chamado ele de monstro, por que ela teria se baseado em uma fala que ele nunca falou. “Procurei e encontrei um perfil fake com mais de 100 frases racistas supostamente ditas por mim”, disse.

Homossexualidade

Questionado sobre o que acredita ser a homossexualidade, Feliciano afirmou ser um fenômeno comportamental e que está longe de ser compreendido. “É um assunto que precisa ser estudado, mas a militância gay mundial fez com que psicólogos abandonassem o assunto e dessem por encerrado. O que é lamentável e por que não dizer criminoso. Transformaram em ‘moda’, e quem irá pagar por isso serão as próximas gerações. O comportamento gay trás transtornos, angustias, tristezas e desespero. Sinto muito por eles”, disse.

Política

Feliciano não descartou a possibilidade de se lançar candidato ao Palácio do Planalto e criticou a pré-candidata evangélica Marina Silva.
“Eu também me decepcionei com a nossa ‘irmã’ Marina. Marina é tão de esquerda que o próprio PT não foi radical o suficiente pra ela. Vejam os que estão ao lado dela na construção da Rede e entenderão o que falo. Se hoje um partido com tempo de TV me desse a legenda, eu me candidataria sem medo. Se não for dessa vez, quem sabe na próxima. Estou em oração. Tenho muito que aprender. Tenho 40 anos de idade e iniciando minha vida política, lembrando que nunca fui nem vereador. Tenho convicção de que não estou 100% preparado, mas para isso existem assessorias, ministérios, etc. É um sonho. Vamos sonhar. Sonhemos com o dia em que ao ouvir a Voz do Brasil, o jornalista dirá: Com a palavra sua excelência o presidente da Republica Federativa do Brasil, e o presidente iniciará seu discurso assim: EU CUMPRIMENTO OS COMPATRIOTAS BRASILEIROS COM A PAZ DO SENHOR!”, concluiu.



FONTE . GOSPEL PRIME

Pastor usa promessa de Camaro para atrair fiéis


Pastor usa promessa de Camaro para atrair fiéisA Igreja Nova Aliança de Lagoa da Prata, Minas Gerais, está ficando conhecida nacionalmente por causa de um vídeo gravado por seu pastor.
Diante de um Camaro vermelho, ele narra o testemunho do que ocorreu na vida de um fiel da igreja.  Sem oferecer maiores detalhes o pastor Sandro Nascimento diz que o dono do Camaro foi desenganado pelos médicos, mas se recuperou e hoje é uma pessoa próspera.
Em seguida, o pastor diz “vou andar nele [Camaro] para profetizar na sua vida que Deus tem de melhor para você”. Após entrar no veículo repete várias vezes “olha o que Deus faz” e cita o nome de uma campanha de sua igreja “Jeová Jiré, Deus provedor”. Convidando as pessoas que assistem ao vídeo para participar do culto, afirma “Deus vai mudar a sua sorte”.
Na página de Facebook da igreja é possível ver que todas as quintas-feiras de setembro o pastor Sandro conduz uma corrente com o tema “Jeová Jiré, na fé de Eliseu”, oferecendo “porção dobrada em todas as áreas de sua vida”.
Embora não seja possível precisar quem postou primeiramente o vídeo no Youtube, o fato é que ele já aparece em mais de um canal.
A TV Cidade, que é de Lagoa da Prata deu a notícia, que já foi reproduzida por alguns sites de humor, sempre com indiretas sobre as promessas do pastor. Os comentários nos sites e no Youtube mostram que muitos evangélicos se sentiram incomodados com esse tipo de promessa usando o nome de Deus.


 VEJA O VÍDEO - http://www.youtube.com/watch?v=8RQ4xlqyBgk



FONTE . GOSPEL PRIME

Polícia Militar tem treinamento baseado em questões bíblicas

Conteúdo do curso gira em torno de relacionamento familiar e educação financeira.

O Programa Educação Moral está utilizando princípios bíblicos para ensinar relacionamento familiar e educação financeira a 70 membros da Polícia Militar (PM) de Brasília (DF) neste mês de setembro. O projeto é desenvolvido em parceria com a Universidade da Família. O curso é coordenado pela Capelania Militar Evangélica.

O trabalho é desenvolvido em 5 módulos: Como criar seus filhos, Homem ao Máximo, Mulher Única, Aliança e Como chegar ao fim do mês. Estão previstas aulas de duas horas uma vez por semana, durante 3 meses. Essas serão ministradas no Templo Militar.

Os participantes foram denominados de ‘tropa de eleitos’ e foram liberados do trabalho para realizar a formação. Mais de 150 policias demonstraram interesse. O programa é custeado pela instituição policial.

O caso levantou a discussão sobre se é possível este tipo de iniciativa em um Estado laico, como o brasileiro. Em nota, a PM esclareceu ao jornal Folha de São Paulo: “A ação da Capelania Militar não implica que um policial seja liberado de trabalhar para fazer cursos de qualquer religião. O programa é institucional, não é de uma religião”.

O capelão da PM Gisleno de Farias explicou que é comum problemas no casamento interferirem no trabalho dos policiais. “A gente viu que essa ferramenta pode auxiliar nosso policial”, afirmou.

A Universidade da Família (UDF) tem cursos em diversas áreas da vida familiar, como casamento, noivado e relacionamento entre pais e filhos. Jorge e Márcia Nishimura são os presidentes da instituição cristã.

Fonte: The Christian Post

"Mega projeto social” de Silas Malafaia é ganhar dinheiro vendendo seguro para crente pobre


A afirmação foi da blogueira Vera Siqueira que em seu blog diz que seria um sonho ver o pastor Silas Malafaia (foto) mudar seu discurso da Teologia da Prosperidade.

Vera Siqueira - casada com o pastor Paulo Siqueira, fundador do Movimento pela Ética Evangélica Brasileira, que lidera os protestos na forma de Marcha pela Ética Evangélica, onde proclama a “Volta ao Evangelho Puro e Simples“, com o slogan “ O $how tem que parar“ - com o intuito de despertar a igreja para a volta as essências do Evangelho fundamentada nos valores da reforma protestante, postou na sua pagina “Uma estrangeira no mundo” um vídeo editado por ela, onde faz comentários no começo e no final da fala do pastor Silas sobre a visão dela sobre o “mega projeto social”.

Em seu comentário no blog, Vera diz que esperava que o "mega projeto social" fosse, realmente, para ajudar os desfavorecidos e que seria um sonho ver Silas Malafaia mudar seu discurso da Teologia da Prosperidade, vê-lo desprendido dos bens materiais em favor do próximo e vivendo o verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo.

"Mega projeto social"

Depois de uma divulgação em forma de "suspense", o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, finalmente revelou e lançou, no último dia 21 de setembro, um seguro que envolve benefícios relacionados a área da saúde.

O plano foi desenvolvido em parceria com o grupo suíço Zurich, fundado em 1872. O religioso contou que teve a ideia do negócio ao encontrar com um representante da empresa em um escritório de advocacia e de refletir, junto com ele, sobre como o brasileiro não é acostumado a fazer seguro e cuidar do futuro. Eles então pensaram em um “seguro que pudesse beneficiar a pessoa de maneira direta quando ela está viva”, esclareceu Malafaia.

O seguro denominado Rede Abençoadora foi lançado como um “projeto social”, e oferece descontos em farmácias e clinicas, além de cobrir morte acidental em transporte coletivo (50 mil) e morte acidental (25 mil) e conta também com cobertura residencial para incêndio, raio, explosão e implosão (50 mil).

Pelas características do plano a ser alcançado é os da classe D e E.

Leia abaixo o comentário da blogueira Vera Siqueira:

O “mega projeto social” de Silas Malafaia: ganhar dinheiro vendendo seguro para crente pobre

No programa Vitória em Cristo de hoje o filho do pr. Silas Malafaia declarou que seu pai anunciaria, no final, seu “mega projeto social” que abençoaria muitas vidas. Ao ouvir isso fiquei na expectativa, afinal será que Malafaia teria resolvido ajudar os desfavorecidos ao invés de ajuntar tesouros na terra?

Realmente seria um sonho o Malafaia mudar seu discurso da Teologia da Prosperidade de um dia para o outro. Seria um sonho vê-lo desprendido dos bens materiais em favor do próximo. Seria um sonho vê-lo vivendo o verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo. No final do programa, o próprio Malafaia explicou seu “mega projeto social”



Pois é, o “mega projeto social” do Malafaia nada mais é do que sua parceria com uma seguradora para a venda de seguros de vida bem populares, propagandeados como algo “inédito” no mercado brasileiro.

Mas será mesmo?

O tal seguro de vida do Malafaia cobre apenas morte acidental em transporte coletivo (50 mil) e morte acidental (25 mil). Se você adquirir o seguro e tiver morte natural, ou decorrente de uma doença que poderá adquirir com o passar dos anos, seus beneficiários não receberão nada. Ora, é muito mais fácil morrer de morte natural ou por doença do que por acidente! Mas vamos lá…

Fora isso, o tal seguro inédito do Malafaia prevê desconto em farmácias e desconto em procedimentos médicos (consulta e exames). Como o tal seguro tem como público-alvo as classes D e E (que andam de transporte coletivo, uma das coberturas), mesmo com desconto é meio difícil esse pessoal poder usufruir de consultas e exames pagos. Mas ainda assim vamos lá…

O tal seguro também tem cobertura residencial para incêndio, raio, explosão e implosão (50 mil). Ora, é sabido que seguro residencial é o mais barato possível, uma vez que as taxas de sinistro são baixíssimas. E como as coberturas anunciadas são as mais básicas possíveis, e esse tipo de seguro só cobre residências em alvenaria e que não estejam em reforma ou construção (e casa de pobre passa anos em reforma ou construção, até ser finalmente finalizada), muita gente que adquirir o tal seguro do Malafaia não poderá usufruir dessa cobertura, embora isso não tenha sido veiculado abertamente pelo tal (im)pastor.

A propósito, informações veiculadas abertamente não são o forte de instituições bancárias e securitárias. Normalmente, para garantir a venda, o vendedor apenas pincela os benefícios do produto em questão, enquanto o consumidor apenas assina enormes contratos com letras pequenininhas e termos jurídicos que inviabilizam, para muita gente, entender o que realmente está comprando. Aí, na hora do sinistro, do desespero, após anos e anos pagando pelo produto, muitas vezes o consumidor acaba ficando no prejuízo por não ter atentado para os “poréns” que impedem o pagamento do seguro.

Assim, como bom vendedor que é, o Malafaia expôs apenas as vantagens e deu o telefone e o site para a contratação do seguro, que custa R$ 9,99.

Cá para nós, esse preço está bem alto, levando em conta que não cobre morte natural. As instituições financeiras brasileiras também possuem seguros direcionados para o público de baixa renda, contendo assistências adicionais à cobertura de morte mais utilizáveis e por preços melhores:

BB Seguro Vida
Cobertura de morte natural e acidental, indenização extra
Assistências pessoal em viagem, desconto em farmácia (isso não é inédito, Malafaia!), chaveiro residencial e auxílio-funeral de R$ 3.000,00.
Preço: R$ 8,39 por mês

Vida da Gente (CEF)
Cobertura de morte natural e acidental.
Assistências funeral, check-up lar, auxilio alimentação de R$ 1.000,00 em caso de sinistro, assistência viagem, 4 sorteios mensais de R$ 15.000,00.
Preço: R$ 9,26 por mês

Como para garantir a venda vale tudo, vale até chamar a parceria entre o Malafaia e a tal seguradora de “Rede Abençoadora”. Afinal, se está abençoando é porque é algo de Deus. E, se é algo de Deus, os crentes não podem perder essa chance!

Muito triste ver essa sutil mistificação de um reles negócio entre empresários (Malafaia e a seguradora) para melhor vender entre os crentes mais humildes. Sim, pois os crentes bancarizados já possuem seguros de vida dos bancos onde recebem seus salários ou guardam suas economias. Ou, se ainda não possuem, é porque assim decidiram, pois os bancos não se cansam de ofertar esse tipo de produto, que traz muita rentabilidade e ajuda a alavancar os pornográficos lucros que anunciam no início de cada semestre.

Open in new windowO que mais me assusta é que a venda de seguros gospel é só a ponta do iceberg malafaiano. Lembram-se que tempos atrás esse pastor se vangloriava de vender seus produtos nas revistinhas do Avon, mas talvez por conta de ameaça de boicote por parte dos homossexuais a parceria foi rompida? Meses depois o Malafaia anunciou sua própria “avon gospel“.

Pois é, o Edir Macedo (IURD) já possui seu próprio banco, o Banco Renner. Alguém duvida que num futuro não muito distante seja esse o objetivo do Malafaia? Hoje são seguros de vida gospel, amanhã previdência, depois o céu (ou melhor, o inferno) é o limite.

O pior é que não podemos nem mais nos escandalizar com o Malafaia, afinal, meses atrás, ele mesmo disse na abertura da FIC (Feira Internacional Cristã) que tudo isso “é business“…

Quanta tristeza!!! Quando pensamos que os líderes evangélicos brasileiros chegaram no fundo do poço da idolatria e da heresia, eles pegam a pá e cavam mais um pouco. O problema é que multidões têm seguido esses lobos devoradores, e junto a eles estão caindo cada vez mais fundo.

Que Deus abra os olhos do seu povo, e não permita que os Seus sejam feitos comércio:

“E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.” – 2 Pedro 2:1-3

Voltemos ao Evangelho puro e simples,
O $how tem que parar!


Fonte: Blog Uma Estrangeira no Mundo e InforGospel

FAZENDO BEM A SUA SAÚDE . Receita de Iogurte Grego Caseiro

  • INGREDIENTES.
  • 10 gotas de adoçante
  • 3 colheres de sopa de iogurte natural (primeira "isca")
  • 2 litros de leite integral tipo B ou C
  • 2 gotas de extrato de baunilha
Como fazer Esquente o leite até quase ferver.
Aguarde esfriar e quando estiver na temperatura de 45 graus pode colocar a "isca".
Usar termômetro culinário.
Colocar o iogurte natural e misturar bem no leite que está na temperatura de 45 graus. Misture bem.
Se der nata em cima do leite pode retirar.
Tem que ser vasilha de vidro com tampa.
Pode colocar a vasilha em cima de um prato, para não deixar vasar.
Deixar ele em uma vasilha de vidro com tampa e envolver em um cobertor.
Deixar de 6 a 7 horas de descanso no calor do cobertor dentro do forno.
Para coar usar um pano de prato tipo fralda, e uma vasilha alta e um escorredor de macarrão.
Colocar a vasilha alta, o escorredor por cima e o pano dentro do escorredor.
Colocar o iogurte (retirar a isca) e cobrir o pano e deixar na geladeira por 8 a 10 horas para retirar o soro.
Quanto mais tempo na geladeira mais desidratado ficará. Portanto mais consistente.
Reservar um pouco da massa do iogurte para ser a próxima isca. Deve ser umas 3 colheres. Ela dura 7 dias. Colocar em um pote pequeno fechado e guardar na geladeira para fazer o próximo iogurte.
Após o tempo retirar a massa do pano e colocar em uma vasilha.
Pode temperar com duas gotas de baunilha, e 10 a 11 gotas de adoçante.
Misturar bem com a colher de pau. Não usar a batedeira.
Para finalizar usar mel e granola.
Rende mais ou menos uns 700 ml de iogurte.

Este iogurte fica perfeito para acompanhar frutas, granola, mel, amaranto, quinua em flocos, aveia, frutas secas.

Crédito da receita:
https://www.youtube.com/watch?v=Z0Tz6NOtPvA
 
 
VIA  GRITOS DE ALERTA

Jamily é mais uma novidade para o cast Sony Music

foto.JPG
Revelada aos 9 anos de idade, a pequena Jamily concorreu com milhares de candidatos na primeira edição do quadro Jovens Talentos Kids do programa do Raul Gil. Com a vitória no concurso, Jamily viu sua vida ser transformada radicalmente e foi imediatamente contratada por uma gravadora onde lançou diversos CDs e DVDs e tornou-se uma das mais importantes artistas da nova geração da música gospel nacional.
 
"Tive o prazer de contratar Jamily quando ela era ainda uma criança. O projeto de lançamento dela foi totalmente cuidado por nós e convivemos muito próximos por vários anos. Hoje quando vejo a cantora com uma carreira sólida e respeitada, confesso que fico muito feliz e orgulhoso pelo sucesso desta menina! Depois de alguns anos, estamos voltando a trabalhar juntos e creio que teremos ainda muitas coisas a conquistar. Está sendo um prazer reviver essa parceria entre nós!" - declarou Mauricio Soares, diretor A&R Sony Music.
 
A cantora irá relançar seu último projeto, o álbum "Além do Que os Olhos Podem Ver", pela Sony Music e já começa a se preparar para gravar um novo projeto para o ano de 2014. Outra novidade prevista é o lançamento exclusivo para o formato digital de um EP somente com canções em inglês. "A cantora vem se dedicando muito nos últimos anos neste projeto e não está descartada a possibilidade de no futuro lançar um projeto em inglês" - completou Soares.
 
Mauricio Soares 
Diretor Executivo - Gospel Music

FEIRA LITERÁRIA INTERNACIONAL CRISTÃ E SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL SE UNEM EM UMA SÓ FEIRA

Imagem inline 1


O Salão Internacional Gospel, idealizado pelo Grupo MR1 e a FLIC - Feira Literária Internacional Cristã, idealizada pela ASEC - Associação dos Editores Cristãos, ambas na terceira edição, decidiram em comum acordo a realização das feiras em uma única data e local, preservando os mesmos nomes, beneficiando todo o segmento evangélico. A feira, com todo o seu vigor, abrange editoras, gravadoras, instrumentos musicais, alternativos, moda, mídia especializada, cantores, igrejas, ministérios, lojistas e livreiros e está confirmada de 18 a 20 de Setembro de 2014, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo.
Com realização da MR1 e ASEC, a organização vai ser do Grupo Cipa Fiera Milano. O tema desta edição é "Resgatando os valores cristãos".
São de Sérgio Henrique, presidente da ASEC e da Editora Vida, as palavras: "Queremos com esta união restaurar os princípios cristãos e continuar abençoando muitas vidas, oferecendo o melhor com a alegria e o prazer de estarmos todos juntos em um ambiente agradável, onde o nome do Senhor Jesus seja enaltecido."
Marcelo Rebello, do Grupo MR1, acrescenta: "Agradecemos a Deus pela oportunidade de viver um momento de união de esforços em prol do nosso segmento, fomentando em conjunto as ações de integração."
Representando a organizadora, José Roberto Sevieri ressalta que: "O Grupo Cipa Fiera Milano se sente honrado em participar desta união de fé, onde o objetivo é apresentar de forma completa a disseminação da cultura cristã."
O lançamento oficial da FLIC e do Salão Gospel 2014 acontece no dia 23 de Outubro de 2013, às 9:30 horas, no Pavilhão 2 do Centro de Exposições Imigrantes.

Luciana Mazza
III FLIC Feira Literária Internacional Cristã / III Salão Internacional Gospel