domingo, 4 de setembro de 2011

A doutrinação marxista das crianças no Brasil

 


Ministro da Educação, responsável pelo kit gay, é obscecado pelo socialismo


Julio Severo

Fernando Haddad, a criatura que quer enfiar o kit gay nas crianças de escola a todo custo, ocupa o Ministério da Educação no Brasil e é autor dos seguintes livros:

O Sistema Soviético, Scritta Editorial, São Paulo, 1992;

Em defesa do socialismo, Editora Vozes, Petrópolis, 1998;

Desorganizando o consenso, Vozes, Petrópolis, 1998;

Sindicatos, cooperativas e socialismo, Editora Fundação Perseu Abramo, São Paulo, 2003;

Trabalho e Linguagem, Azougue Editorial, Rio de Janeiro, 2004.

E o Blog do Aluizio Amorim traz a seguinte denúncia:

SENADOR FAZ REVELAÇÃO ATERRADORA DO CONTEÚDO QUE É ENSINADO A CRIANÇAS E ADOLESCENTES NOS LIVROS DISTRIBUÍDOS PELO GOVERNO DO PT ATRAVÉS DO MEC!




O Senador Desmóstenes Torres (DEM-GO)pronunciou um discurso lapidar no Senado da República denunciando a ação criminosa do governo do PT, através do Ministério da Educação, que promove a lavagem cerebral de crianças e adolescentes das escolas brasileiras através de livros didáticos doutrinários com afirmações mentirosas e sem qualquer base científica, ao mesmo tempo em que faz a defesa do ataque à propriedade privada e distorce a realidade usando coisas que vão além do marxismo vulgar. Sem falar no tratamento afrontoso do idioma português ensinado o errado como certo e na abordagem vulgar da questão sexual que faz esses livros do MEC se aproximarem da sub-literatura pornográfica.

Enfim, o que é revelado minuciosamente pelo Senador Demóstenes Torres neste pronunciamento deve ser ouvido por todos. Encareço aos honrados leitores do blog, especialmente os pais de alunos, que vejam com atenção este vídeo e que se unam num grande movimento para obrigar o governo do PT a retirar essa sujeira das escolas.

Chamo a atenção especial a todos os leitores: trata-se de uma denúncia gravíssima, uma coisa muito séria e terrivelmente chocante que está destruindo a Nação brasileira e transformando as futuras gerações em autômatos sob o comando dessas moscas varejeiras do PT.

Encareço que, de ofício, o Ministério Público acione a Justiça para o recolhimento imediato desses livros propondo ainda competente ação penal tendo em vista processar os responsáveis por esse crime que corrompe a juventude brasileira e antecipa a destruição da Nação ao vilipendiar os valores do respeito à lei e à ordem, da liberdade, da individualidade, do Estado de Direito, da democracia e do direito à Educação e ao conhecimento vazado nos princípios da ciência.

Não deixem de ver este vídeo sob hipótese nenhuma! É IMPORTANTÍSSIMO!

 
FONTE JULIO SEVERO
VIA GRITOS DE ALERTA

VOCÊ QUER ISSO AI NO BRASIL ? Escritor canadiano espancado por falar mal do islão

 




A polícia de Halton está a tratar o ataque dum escritor (cujo livro foi catalogado de anti-islâmico) como um possível crime-ódio.
Educado como muçulmano, Paris Dipersico, de 24 anos, reportou ter sido arrastado da sua bicicleta no dia 17 de Agosto, amarrado a uma árvore e espancado por dois muçulmanos até ficar inconsciente.
Havendo sido acusado de ser homossexual, ele foi também chamado de Judeu (em árabe) e acusado de ser pago pelos Judeus para escrever contra o islão.
Os muçulmanos são muito simples na sua forma de pensar. Tudo o que acontece de mal com eles, é culpa dos Judeus.
Dipersico disse também que não só recebeu uma ameaça de morte na sua conta de Facebook, como viu ficheiros e discos de backup roubados depois de alguém invadir a casa que ele partilha com a sua prima Gabrielle Dipersico — que lhe ajudou a criar o design que se encontra na capa do seu livro.
Depois do tratamento médico que recebeu, Dipersico seguiu o conselho do editor e concordou em remover as partes sexuais gráficas, embora se tenha comprometido em manter o resto.

Isto talvez explique o porquê dos secularistas ocidentais tratarem o islão com um cuidado que eles não direccionam ao Cristianismo. Para além do islão ser seu aliado na sua guerra contra a influência do Cristianismo no ocidente, os esquerdistas temem pela sua vida.
Se calhar se os Cristãos começarem a responder às ofensas da mesma forma que os muçulmanos respondem, os esquerdistas ganhem juízo. Afinal, se funciona com os maometanos, sem dúvida que funcionará com os Cristãos. Ou não?
Claro que como Cristãos, nunca faríamos tal coisa. Ao contrário do esquerdismo e do islamismo, o Cristianismo é perfeitamente defensável no campo das ideias, ciência e lógica. Quem usa outro tipo de armas (intimidação, censura, provocação e agressão) é quem não tem formas de defender a sua fé de outra forma. Isto aplica-se a todo o espectro de ideologias da esquerda política - o que inclui o islão, uma ideologia política totalitária de esquerda.

VIA GRITOS DE ALERTA

VOCÊ QUE ISSO AI NO BRASIL ? Servos de Satanás matam Pastor Shawari e incendiam a sua igreja

 



"vem mesmo a hora em que, qualquer que vos matar cuidará fazer um serviço a Deus."
João 16:2
Aqueles que conheciam o Pastor G.C Shawari, pastor sénior da igreja "Christ Apostolic Church" (CAC) em Haliru Street, ele era a personificação da paz. Nesta área desgastada pela guerra religiosa (culpa dos intolerantes muçulmanos e não dos Cristãos), ele dedicava os seus sermões ao apelo à tolerância religiosa entre as distintas religiões e grupos étnicos.
No entanto, na 2ª Feira, O Pstor Shawari e o seu filho tornaram-se vítimas de de rufiões "altamente intolerantes" durante uma disputa sangrenta entre supostos Cristãos e muçulmanos. Eles foram assassinados por muçulmanos que conseguiram entrar na sua casa. A esposa do pastor conseguiu escapar, mesmo quando o edifício estava a ser vandalizado.
O assistente do Pastor Shawari, o sr Emmanuel Adetula Oludare - que escapou à morte com feridas de machado na cabeça - descreveu a morte do pastor e do filho como horrífica:
No dia fatídico, o pastor encontrava-se em casa com os membros familiares quando por volta da uma da tarde, alguns jovens muçulmanos, provenientes das rezas Eid-El-Fitr, forçaram o portão da igreja e iniciaram uma discussão com o pastor. Não havia ninguém a quem eles pudessem pedir ajuda, e num piscar de olhos, os jovens muçulmanos haviam já esvaziado 3 bidões de petróleo no edifício, na igreja e nos veículos dentro do complexo antes de atear fogo a tudo.
Emmanuel disse que as pessoas dentro da igreja fugiram como forma de salvarem a vida à medida que o fumo ascendia por volta das instalações.


Mais um acto de barbárie por parte dos servos de Satanás. Qual é a justificação agora? A "pobreza"? A "fome"? A "ocupação"? Os americanos?
Quando é que as pessoas irão entender que o islão é uma ideologia política determinada a remover todas as ideologias que contradigam a sua? Se isto acontece assim em todo o lado, porque é que as pessoas pensam que o mesmo não acontecerá aqui nos países civilizados?
Não se pode chegar a qualquer tipo de entendimento com a ideologia islâmica porque ela não está aqui para chegar a acordos ou entendimentos mas para dominar sobre tudo e todos. Mil e quatrocentos anos de História provam isso de forma cabal, mas os ignorantes multiculturalistas não aceitam isso.
Entretanto, os Cristãos vão sendo mortos à machadada.
Pastor Shawari, mártir e exemplo Cristão. Actualmente na Glória de Deus, depois de entregar a vida por Cristo Jesus, o seu Criador.
Maranatha, Kurios.
"E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus."
"E Deus limpará dos seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas."
APOCALIPSE   21:3-4

VIA GRITOS DE ALERTA

Defendendo o indefensável: Islam



Jihadistas Defendendo o Islam Invasor
No blog GRITOS DE ALERTA do Pastor (Bispo?) Roberto Torrecilhas, (não conhecia nada sobre ele ate ler algo no blog Nova Cruzada), traz periodicamente, artigos que expõem a verdadeira cara do Islam no MUNDO (o Brasil esta incluído). Parabéns BISPO! Continue assim.
Mas o nosso “caro amigo” Jihadista Omar Israfil Dawud Bin Laden se sentiu “ofendidinho”, e fez beicinho porque o Bispo expôs a verdade crua e nua do Islam e postou uma RESPOSTA ao Bispo no blog dele. Eu tenho que admitir, o Omar tem uma habilidade invejável de falar muita besteira com poucas palavras.
Meu objetivo é dar uma RESPOSTA ao Jihadista. Alguns podem estar se perguntando porque eu estou pegando pesado no Omar e nos convertidos ao Islam. Alguns argumentam: Porque não tentar convence-los pelo “amor”? Alguns podem ate dizem que esta não foi a atitude de Jesus. Deixa-me esclarecer:
  1. Tudo o que eu escrevo é motivado pelo amor aos muçulmanos. Meu objetivo principal neste espaço não é tentar convencer os muçulmanos, mas ensinar a igreja que existem respostas para todos os ataques satânicos contra a igreja.
  2. O Omar e outros “revertidos” ao Islam, são exatamente iguais aos Escribas e Fariseus da época de Jesus. Jesus não mostrou compaixão por eles, pelas seguintes razões (Mateus 23): Jesus começa dizendo que devemos tomar cuidado com eles (Lucas20:46). POR QUE? Por que eles fecham as portas do Reino dos céus para os homens, não entram, e impedem outros de entrar (v.13). Depois de fazerem um convertido (Ex: Wellington), eles o transformam em “duas vezes mais filho do inferno” do que eles mesmos (v.15). Eles são cegos guiando cegos (v.16). Eles observam as coisas minúsculas da lei, mas não prestam atenção para o que é importante: a justiça, a misericórdia e a fidelidade. (v.23). Eles limpam o seu exterior, mas se esquecem de limpar o interior de onde vem toda a podridão humana (v.25). Eles sao como sepulcros pintados: “bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos e de todo tipo de imundície” (v.27). Jesus terminou o sermão dizendo: “Serpentes! Raça de víboras! Como vocês escaparão da condenação ao inferno?” (v.33). Jesus faz uma declaração estonteante: “Por isso, eu lhes estou enviando profetas, sábios e mestres”. Jesus declara que ELE envia PROFETAS. Somente Deus pode enviar profetas (v.34).
  3. Eu acredito que a maioria destes convertidos ao Islam, ja passaram do ponto que “NÃO TEM RETORNO”. Em Hebreus 6:4-6 diz: “Ora para aqueles que uma vez foram iluminados, provaram o dom celestial, tornaram-se participantes do Espírito Santo, experimentaram a bondade da palavra de Deus e os poderes da era que há de vir, e caíram, é impossível que sejam reconduzidos ao arrependimento; pois para si mesmos estão crucificando de novo o Filho de Deus, sujeitando-o à desonra pública.” Somente Deus sabe quando este ponto é cruzado, mas as evidencias mostram que este é o caso com estes homens.
Que Deus tenha misericórdia deles e traga alguns de volta antes que seja tarde demais. Esta esclarecido porque eu sou duro com eles? Então vamos de volta ao meu artigo.
Onde esta escrito TAWHID no Alcorão?
O Jihadista Omar começa usando a Palavra de Deus (Deuteronômio 13:6-10) para expor a sua ignorância. Mas vou inverter a ordem, eu vou mencionar Deuteronômio em um outro artigo. Leiam ate o final, tudo bem?
O nosso “amigo” diz com respeito a Trindade: “Diga-se de passagem que a tal trindade não é citada sequer uma única vez que seja na Bíblia”
Resposta: Me mostre onde aparece a palavra TAWHID, pelo menos UMA ÚNICA VEZ no Alcorão. Deixa-me emprestar as suas próprias palavras: “Diga-se de passagem que a tal TAWHID não é citada sequer uma única vez que seja no ALCORÃO”. Então meu querido, cale a boca antes de voce falar que a Trindade foi inventada.
Se a doutrina da Trindade foi inventada pelo fato da palavra não estar na Bíblia, então a doutrina da “Tawhid” também foi inventada, porque ela não se encontra no Alcorão.
Trindade foi descrita e não inventada!
Somente para esclarecer para os meus irmãos em Cristo, entendam que os muçulmanos dizem que a doutrina foi "inventada" no Concílio de Nicéia, no ano 325. Porem a verdade é que a doutrina foi FORMULADA ou descrita neste concilio. Por conta das heresias que estavam sendo “inventadas” sobre a pessoa de Jesus, a Igreja se reuniu para se estabelecer o que a BÍBLIA ensina sobre este tema. Eles não se reuniram para inventar, mas para CONFIRMAR o que a Bíblia sempre ensinou.
A doutrina da Trindade não tem nada em comum com os “conceitos religiosos pagãos”. A Trindade fala de UNIDADE na DIVERSIDADE. Deus é um ser complexo, impossível de ser descrito com palavras. Mas se vocês querem ler mais sobre a Trindade, por favor visitem meus artigos anteriores sobre a Trindade Introdução, Parte 1, Parte 2, Parte 3, Parte 4
Explicando I João 5:5-8
O Jihadista esta PARCIALMENTE certo com respeito ao verso de I João 5:7-8: “Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um. E três são os que testificam na terra: o Espírito, e a água, e o sangue; e estes três concordam num.”
Hoje em dia, a maioria das novas impressões da Bíblia, ja não trazem a frase “o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um.” POR QUE? Por que descobriu-se que aparentemente esta frase foi uma anotação que alguém fez na margem do texto. Entre os milhares de manuscritos da Bíblia, somente 5 tem esta adição. Algum copista pensou que a anotação fazia parte do texto original e o incluiu nas novas copias. O erro foi descoberto e a frase removida. Vocês não vêem nisso um ato de coragem e de honestidade? EU VEJO.
A doutrina da Trindade não esta baseada somente em UM VERSO. A Bíblia traz centenas de expressões tanto no AT e NT que ensinam sobre a Trindade:
Jesus disse: “Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo,” (Mateus 28:19)
Paulo disse: “... mediante o Espírito de Santidade ... a vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo. (Romanos 1:4-7)
“A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vocês.” (2 Cor. 13:14)
Como o Jihadista explica os problemas do Alcorão?
Ele não explica! Ele foge do assunto. O Jihadista Omar bin Laden, nem sequer mencionou os problemas do Alcorão que tem problemas MAIORES. Sera que ele não precisa tirar o POSTE do olho do ISLAM antes de querer tirar o CISCO do Cristianismo?
Faltam versos no Alcorão
As fontes Islâmicas nos informam que existem vários versos FALTANDO no Alcorão. O caso mais interessante é o do VERSO DO APEDREJAMENTO. Ele não se encontra hoje no texto do Alcorão. Veja a historia em Bukhari Volume 8, 82, 816:
Narrado por Ibn Abbas: Umar disse: “Eu temo que depois de ter-se passado um logo tempo, as pessoas poderão dizer: “Nos não achamos os versos de Rajam (apedrejamento ate a morte) no Livro Santo”, e consequentemente eles poderão se DESVIAR deixando de fazer uma OBRIGAÇÃO que Allá tem revelado. Lo! Eu CONFIRMO que a penalidade de Rajam (apedrejamento) seja aplicada naquele que comete intercurso sexual ilícito, e se ele já for casado e se o crime for confirmado por testemunhas ou gravidez ou confissão”. Sufyan adicionou, “Eu MEMORIZEI esta narração nesta maneira.” Umar adicionou, “Seguramente o Apostolo de Allá cumpriu a penalidade do Rajam (apedrejamento), e todos nos também depois dele”.
O BODE que comeu o Alcorão
Encontramos no Sunan Ibn Majah, Livro do Nikah, Hadith 1934
“Narrado por Aisha: “O verso do apedrejamento e do AMAMENTAR DE UM ADULTO, foi revelado DEZ VEZES, e eles foram escritos em um papel e mantidos debaixo da cama. Quando o Mensageiro de Allá (SAWW) faleceu e nos estávamos preocupados com a sua morte, UM BODE ENTROU E COMEU O PAPEL.
Estes são apenas dois exemplos das centenas de versos que estão faltando no Alcorão. Quando sera que o Jihadista começara a explicar como eles ainda dizem que o Alcorão foi divinamente preservado? Leia mais sobre o MILAGRE DO ALCORÃO aqui: Parte 1, Parte 2 e Parte 3
Expondo a HIPOCRISIA e a IGNORÂNCIA Islâmica
O Jihadista Omar Bin Laden inverteu os papeis e disse que as
Cruzadas Cristãs foram ... tentativas de invadir os territórios do Oriente Médio que eram habitados por muçulmanos/árabes.”
Isso que me irrita nestes caras. Eles não demonstram nenhuma honestidade acadêmica quando culpam o Cristianismo de haver COMEÇADO as cruzadas. O Islam diz que JIHAD nao significa “luta armada” e que o Islam não se espalhou através da violência.
Que tal, se eu disser que as Cruzadas na verdade nunca aconteceram? E que tudo não passou de uma “invenção Islâmica”. E se eu dissesse que “cruzada” na verdade significa uma “luta interior espiritual” e não tem nada a ver com luta armada? Voce acreditaria? Por que estes muçulmanos nos tratam com se nos fossemos ignorantes? Isso é um insulto a nossa inteligência.
As cruzadas foram uma reação a INVASÃO Islâmica. Onde antes eram terras habitadas por Cristãos, elas foram tomadas pelos muçulmanos. O que o povo do Egito fez para merecer ser invadido pelo exercito Islâmico em 642?
São Francisco de Assis e as cruzadas
Mas porque ninguém NUNCA menciona o ato heróico de São Francisco de Assis? Ele não concordava com as Cruzadas e preparou uma grupo para converter os muçulmanos através do AMOR e da PREGAÇÃO. Como os muçulmanos o tratavam? Eles o prendiam com correntes, batiam nele e em seus companheiros, mas ele estava preparado para morrer por Cristo.
Sim, concordo que as Cruzadas foram brutais e perversas. Mas foram os muçulmanos e não os Cristãos que começaram as agressões. Foi o Islam que forçou as conversões e os que se recusaram foram assassinados ou tiveram que pagar um tributo. Foi o Islam que conquistou os territórios dos paises vizinhos que nunca ameaçaram os árabes, e “através da guerra e violência, roubaram as riquezas e forçaram a se converterem no nome do Islam.
Onde esta a prova? Esta espalhada nos museus do Mundo Islâmico. Maomé costumava enviar cartas AMEAÇANDO a todos os reis visinhos, caso eles não se convertessem a sua nova religião. Eu mesmo vi pessoalmente uma destas cartas no museu de Alexandria Egito.
A Santa Inquisição?
O que tem de santa nisso? A inquisição que aconteceu no século 12 foi um outro erro da Igreja? Sem duvida! Nos não estamos escondendo a nossa historia. Hoje, os Cristãos procuram ser honestos para com nossa própria historia. Infelizmente não se pode dizer o mesmo do Islam.
A INQUISIÇÃO ISLÂMICA
Vocês sabiam que o Islam também teve uma inquisição? Porque o MÚMIA Omar não mencionou isso?
Conhecida pelo nome de MIHNA a inquisição Islâmica que aconteceu em 833 e durou 28 anos de terror de caça aos hereges.
A Mihna foi uma tentativa do Califa Al-Mamun (que era um “Mutalizi”) de IMPOR os seus pontos de vistas teológicos sobre o Alcorão na comunidade islâmica. O Califa Al-Manun cria que o Alcorão foi criado e que NÃO era um livro ETERNO.
Mesmo depois da morte do Califa Al-Mamun a inquisição continuou com o Califa Al-Mutasim. Muita gente perdeu a vida por causa desta disputa teológica no Islam.
Deixa eu dar o troco agora: Então nesta época os teólogos Islâmicos INVENTARAM a doutrina de que o Alcorão é eterno e esta preservado nos céus.
Vocês não acham interessante de que aquilo que o Jihadista acusa a Igreja, também aconteceu no Islam? O que se chama isso? Hipocrisia.
Outra coisinha que estava esquecendo: “A Inquisição Islâmica aconteceu muito antes da Inquisição Católica ou Protestante”.
As bruxas de Salem e as bruxas no mundo Islâmico
Em 1692 na cidade de Salem, no Estado de Massachusetts algumas pessoas foram acusadas de bruxaria e magia negra.
Mas antes de prosseguir seria bom responder a uma pergunta crucial: QUANTAS PESSOAS FORAM EXECUTADAS EM SALEM?
Por que pergunto isso? Sera que UMA pessoa não seria suficiente para se condenar este ato? SIM. Mas geralmente se pensa que MILHARES de pessoas morreram, quando na verdade 140 pessoas foram acusadas de magia negra, mas 19 pessoas perderam suas vidas.
Sera que o Islam também tem historias parecidas com a queima das bruxas? CLARO QUE SIM! E muitas. Mas somente para DESMASCARAR este hipócrita eu quero mencionar uma FATWA que se encontra no site ISLAMQA.COM. O site claramente diz que a PUNIÇÃO para estes crime é a EXECUÇÃO.
Mas onde esta a diferença entre o que aconteceu em Salem e o que AINDA acontece nos paises Islâmicos? Em Salem não existia nenhum verso bíblico para justificar a execução destas pessoas, e no Islam abunda a literatura justificando este tipo de execução.
E os “JIM JONES” ISLÂMICOS?
O Jihadista Omar Israfil Dawud Bin Laden começa a disparar acusações contra a fé Cristão, baseado na loucura de “indivíduos” como Jim Jones e Beira Mar. Mas eu volto a perguntar:
Onde esta a diferença entre o Jim Jones da Guianas e os JIM JONES do Islam? Simples, o Jim Jones da Guianas não tinha nenhum verso bíblico para justificar o suicídio em massa de 918 pessoas, enquanto que os JIM JONES do Islam tem uma abundancia de versos no Alcorão comandando o uso da violência.
O Omar se pergunta: “Podemos dizer que o senhor Bin Laden é o "Jim Jones" do Islam, alguém que perdeu a noção e o rumo certo, se desvirtuando totalmente e se descaracterizando de seu propósito inicial?” Estou certo que sim, com uma observação, o Bin Laden, não perdeu o rumo do seu propósito inicial, ele sempre acreditou na versão Salafista e Wahabi do Islam.Wellington Bin Laden
Mas por que o Omar se deu ao trabalho de dizer que o assassino “Wellington Menezes de Oliveira NÃO ERA muçulmano, nunca participou da comunidade muçulmana do Rio de Janeiro (da qual, inclusive, eu faço parte), nunca, sequer uma, vez esteve na Mesquita Al Nur (única mesquita em todo o Estado do Rio de Janeiro)” quando o próprio Wellington confessou que ele era e que ainda freqüentava reuniões incriminatorias dentro da Mesquita?
Para livrar a cara do Islamismo e para desassociar o Wellington Menezes de Oliveira bin Laden do Islamismo. O próprio Wellington confessou que era muçulmano, descreve uma cerimônia Islâmica, se vestia como muçulmano, tinha uma barbicha de muçulmano e falava como muçulmano. Veja aqui a PROVA FINAL e o caso esta encerrado:
EM QUEM VAMOS ACREDITAR? No Wellington ou no Omar Israfil?
Muito obrigado por mencionar que “Embora o Islam seja um sistema completo de vida, não somente uma religião, ainda não existe (em nenhum lugar do mundo) nenhum país de “Governo Islâmico”.
Existem mais de 50 paises Islâmicos no mundo. A grande maioria deles é pobre, corrupta, com graves problemas sociais e governada por ditadores. Se em terras Islâmicas, os muçulmanos ainda não conseguiram implementar a lei burra do Islam, porque eles querem trazer este lixo para o Brasil?
Esta é uma das provas que Sharia não funciona e nem mesmo os muçulmanos querem um governo Islâmico. Se o Sharia fosse bom, a maioria dos paises Islâmicos ja teriam implementado completamente este sistema. Existem alguns paises que estão tentando implementar a Sharia (lei Islâmica) e o caos, as guerras, a confusão e a desordem reinam nestes lugares. Olhe para o Afeganistão (Talibans) e para a Somália (Al-Shabab) e vocês estarão olhando para dois paises tratando de implementar a lei burra do Islam.
O Omar bin Laden que é defensor da importação da lei burra do Islam faz as seguintes defesas burras do Islam:
  1. “neste sistema, muçulmanos ou não-muçulmanos terão os mesmos direitos”
  2. neste sistema “serão punidos de acordo com as punições previstas em seus respectivos Livros Sagrados.”
  3. neste sistema “Haverá maior equilíbrio social e caso seja descoberta alguma fraude, ou seja cometida alguma injustiça, o responsável será destituído de seu cargo e receberá punição automaticamente.”
Como eu ja tratei deste assunto antes no meu artigo “A Qualidade de vida nos Paises Islâmicos” eu ainda vou perguntar uma vez mais:
Sera que o Omar pode nos mostrar um ÚNICO pais Islâmico onde muçulmanos e não-muçulmanos TEM os mesmos direitos, onde os Cristãos são punidos de acordo com a Bíblia e não de acordo com o Alcorão e onde existe maior equilíbrio social e menos corrupção?
Ate onde eu saiba, NÃO EXISTE nenhum pais Islâmico onde estes três itens que ele menciona, existem.
  • Quais são os paises MAIS CORRUPTOS DO MUNDO?
  • De onde vem 80% dos REFUGIADOS no mundo?
  • Quais os paises que mais FAZEM GUERRA no mundo?
  • Quais os paises tem a MENOR qualidade de vida no mundo?
A resposta para todas estas perguntas é Paises Islâmicos.
“O Islam pode parecer severo, mas é justo!”
O Omar não se cansa de falar bobagem e termina dizendo: “O Islam pode parecer severo, mas é justo!” Que o Islam é SEVERO é evidente, voce nem precisava falar, mas obrigado por admitir. Mas que o Islam é JUSTO é coisa nova.
Onde esta a JUSTIÇA do Islam?
  • Existe justiça, quando uma mulher, vitima de estupro, tenha que apresentar 4 testemunhas? Do contrario ela sera punida por sexo ilícito?
  • Existe justiça, quando no Islam o homem tem pleno direito de bater e disciplinar fisicamente e emocionalmente a esposa?
  • Existe justiça, quando uma pessoa rouba, as vezes por necessidade ou por fome, e tenha a sua mão e pés cortados, ficando assim marcado e estigmatizado para sempre, sem a possibilidade de se arrepender e levar uma vida normal?
  • Existe justiça, quando no Islam a mulher é considerada uma doente mental pelos tribunais e o testemunho dela não é valido se ela estiver sozinha?
  • Existe justiça, no Islam quando uma pessoa não pode escolher abandonar o Islam sem que ele incorra em pena de morte?
  • Existe justiça, no Islam quando um homem é dado o direito de estuprar cativas de guerra? Ou contrair casamentos temporários (Muta) por uma hora para satisfazer seus desejos sexuais?
  • Existe justiça, quando alguém critica o Islam ou Maomé é condenado a morte?
  • Existe justiça, quando um marmanjo de 60 anos se casa com uma criança de 9 a 12 para seguir o exemplo de Maomé?
Estas são algumas das muitas perguntas que eu gostaria de obter uma resposta.
O Omar faz o mesmo erro de sempre, ele usa versos que faz o “tiro sair pela culatra”. Eu ja expliquei que a Sura 5:32 “Quem matar uma pessoa ... será considerado como se tivesse assassinado toda a humanidade". NÃO TEM NADA A VER com os muçulmanos, pois esta ordem foi dada para os Israelitas de acordo com o Alcorão. Por exemplo, Sura 10:47 “Cada povo teve seu mensageiro...” e Sura 14:4 “Jamais enviamos mensageiro algum, senão com a fala de seu povo, para elucidá-lo.”
Leia o meu artigo Novas Revelações: Wellington e a Conexão Islâmica, Parte 2 Respondendo ao CENTRO ISLÂMICO pela citação do Alcorão (SURA 5:32-33)
Bom, vou continuar este papo depois. Como eu prometi vou comentar o verso de Deuteronômio no próximo artigo.
Abraços
Rafik

VIA GRITOS DE ALERTA

O Rei Manassés e a Graça de Deus

Depois do reinado de Ezequias, Manassés assume o trono com doze anos de idade como o décimo quarto governante de Judá e cinqüenta e cinco anos reinou em Jerusalém. (v.1). Dos vinte governantes da história de judá, Manassés foi o pior. Sua vida foi uma coleção de iniqüidades. E foi chamado o pior idólatra dos hebreus. (2Rs 21.11).

1- O Pecado de Manassés.
“Fez o que era mal aos olhos do Senhor…” (v.2).
Mandou construir altares pagãos nos altos de Israel. (v.3).
Profanou o Templo de Deus. (v.4).
Participou de toda sorte de espiritismo e feitiçaria, consultando medius. (v.6).
Sacrificou seus filhos no fogo. (v.6).

Manassés pecou de maneira tão fragrante que Deus disse que ele era pior que os primitivos habitantes de Canaã: “… fazendo pior que tudo que fizeram os amorreus antes dele…” (2Rs 21.11).

2- O Cativeiro de Manassés. (v10).

Deus não abriu mão de Manassés. Finalmente, como juízo sobre ele, Deus permitiu que a Assíria invadisse novamente Judá. “Pelo que o Senhor trouxe sobre eles os comandantes do exército do rei da Assíria, os quais prenderam a Manassés, colocaram um gancho no seu nariz, amarraram-no com cadeias de bronze e o levaram para Babilônia.” (v.11).
Aonde perdeu suas riquezas,
Sua posição social,
e Sua vaidade.

3- O Arrependimento de Manassés.

Manassés nos lembra o filho pródigo do Novo Testamento. Desfalecendo no cárcere assírio, deu-se conta da sua situação e clamou a Deus pedindo misericórdia e perdão.

O Senhor ouviu seu clamor e o reconduziu a Jerusalém, para o seu reino. “Então conheceu Manassés que o Senhor era Deus.” (vv.12,13).
Humilhou-se perante o Deus de seus pais. (v12).
Purificou à casa do Senhor. (v.15).
Consertou o altar do Senhor. (v.16).
e Adorou tão somente ao Senhor. (vv.16,17).

4- A vitória de Manassés.
Recebeu o perdão do Senhor. (v.19).
e Ordenou que Judá se voltasse ao Senhor. (v.17).

Resumo: O relato e Crônicas indica a profundidade da graça de Deus, ao perdoar um homem tão ímpio como Manassés, quando se arrependeu sinceramente de seus pecados.

A Sagrada Escritura diz: “Veio, porém a lei para que a ofensa abundasse; mas onde o pecado abundou, superabundou a graça.” (Rm 5.20).

HOMOSSEXUALISMO À LUZ DE Rm 1:26-27

 






Introdução
Desde os primórdios da humanidade, as sociedades convivem com os mais variados tipos de comportamentos sexuais. O relato bíblico da Criação em Gn 1 e 2 mostra que Deus formou o homem e a mulher para viverem em comunhão íntima, tornado-se “uma só carne”. Porém o pecado infiltrou-se nos relacionamentos sexuais entre os seres humanos de tal forma que hoje a sociedade convive com uma variação enorme de perversões sexuais, tais como: narcisismo, homossexualismo, masturbação, sadismo, masoquismo, exibicionismo, pedofilia, gerontofilia, fetichismo, travestismo, incesto, pluralismo, necrofilia, bestialidade, zoofilia, voyeurismo, sexopatia acústica, renifleurismo, coprofagia, frotterurismo, entre outros.

O presente trabalho não vai entrar nos detalhes das diversas anomalias sexuais, limitando-se apenas ao estudo do homossexualismo, pois este é o tema tratado pelo apóstolo Paulo em Rm 1:26 e 27. O artigo será dividido nas seguintes seções: Estudo da referência paulina em Romanos; conceito e causas da homossexualidade; os motivos pelos quais Deus condena este comportamento sexual; terapia para a regeneração daqueles que apresentam este desvio da sua sexualidade. Ao final, será apresentado um resumo do trabalho e as conclusões encontradas.
Comentário Sobre Rm 1:26-27
Encontra-se a declaração de Paulo nas seguintes palavras:
"Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro." Romanos 1:26-27
Há um consenso geral de que Paulo referia-se aqui à prática do lesbianismo e do homossexualismo masculino. A palavra “natural” (kata physin) em oposição à “contrária à natureza” (para physin) era usada no tempo de Paulo com muita freqüência como uma maneira de estabelecer distinção entre comportamento heterossexual e homossexual. Harrison acrescenta que “Paulo usa linguagem direta, para condenar a perversão do sexo fora do seu justo lugar: dentro do relacionamento conjugal”. Outro teólogo afirma que a contaminação do corpo humano é claramente manifestada no homossexualismo, pois ele é obviamente antinatural, contrário à natureza sexual.
A prática do homossexualismo era comum no mundo pagão, tendo forte presença na sociedade em geral, sendo designado como o “pecado grego”. Paulo escreveu sua epístola aos Romanos na cidade de Corinto, a capital dos vícios gregos, e certamente já vira ali evidências sobre as práticas homossexuais.
Lovelace ainda diz que “contrária à natureza” significa “simplesmente contra a intenção de Deus para o comportamento sexual humano que é explicitamente visível na natureza, na função complementar dos órgãos sexuais e dos temperamentos do macho e da fêmea”.
No verso 27 Paulo emprega o termo arsen 3 vezes, traduzidos na ARA por “homens”. O substantivo arsenokoites (“homossexual masculino”, “pederasta”) é empregado pelo apóstolo como alguém que não herdará a salvação por estar sob a condenação de Deus (1Co 6:9; 1Tm 1:10). Brown ainda acrescenta que aqui a perversão sexual é vista como resultado de (e, até certo ponto, um julgamento sobre) o pecado do homem em adorar a criatura ao invés do criador.

Conceito e Causas da Homossexualidade

Uma vez comprovado que o tema que Paulo abordou em Rm 1:26-27 foi mesmo a homossexualidade, tanto masculina quanto feminina, faz-se necessário um maior aprofundamento sobre o estudo deste comportamento sexual.
O homossexual é considerado uma pessoa com tendência a dirigir o desejo sexual para outra pessoa do mesmo sexo, ou seja, ele (ou ela) sente atração erótico-sexual por parceiro do mesmo sexo. Maranon apresenta uma definição mais completa sobre a homossexualidade nas seguintes palavras:
Por mais classificações que se façam desta anormalidade, a base patogenética é sempre a mesma: uma sexualidade recuada, de polivalência infantil que, por circunstâncias externas, condiciona sob diferentes formas seu objetivo erótico em sentido homossexual.
Baseando-se no relatório de Kinsey, os homossexuais pretendem que sua condição seja considerada “uma espécie de forma alternativa de sexualidade, homóloga e simétrica à heterossexualidade”.
Bergler, porém, vê a homossexualidade como uma espécie de “síndrome neurótica”, caracterizada por alguns estigmas bem definidos, a saber: uma elevada dose de masoquismo psíquico, levando o homossexual a situações de desconfianças e humilhações; medo, ódio, fuga em relação ao sexo oposto; insatisfação constante e insaciabilidade sexual; megalomania; depressão; sentimento patológico de culpa; ciúme irracional; e inadmissibilidade psicopática.
As pesquisas com relação às causas da homossexualidade ainda não são consideradas de todo consistentes; porém, elas podem ajudar na orientação de uma profilaxia social com relação ao homossexualismo. Gius afirma que “não se verificam quadros de aberração cromossômica ligados primitivamente à homossexualidade”, o que descarta sua origem genética, pois “em todos os casos de homossexualidade masculina examinados, o sexo genético correspondia ao sexo fenotípico (respectivo) e faltavam sinais de qualquer alteração cromossômica verdadeira”.
Mesmo os defensores da origem genética da homossexualidade admitem que a eventual “predisposição inata” só se transforma em efetivo desejo homossexual por força de fatores desencadeadores de natureza psicossocial, dentre os quais: obsessiva ligação com uma mãe autoritária ou possessiva; falta de uma figura paterna significativa como modelo de identificação; experiências de iniciação na infância ou adolescência; e fixação ou regressão da personalidade a níveis auto-eróticos, com supervalorização do falo (órgão sexual masculino).
O homossexual é um homem ressentido por acreditar que não tem o corpo que sua mente mereceria. Freud também considerava que o meio onde as crianças se desenvolvem é fator determinante de sua sexualidade.

Snoek divide estes fatores determinantes em três categorias:
1. Fisiológicos - Nenhuma das teorias (genética, hormonal, morfológica) foi comprovada;
2. Familiares - Uma mãe dominante, juntamente com um pai apagado; uma supermãe, tão envolvente que para o filho só existe uma mulher, que é ela; a mãe frustrada no seu relacionamento com o marido, incutindo na cabeça das filhas que homem nenhum tem valor; um superpai que exige uma virilidade impossível de ser alcançada pelo filho; os pais desejam um menino, mas nasce uma menina;
3. Sociais – O unissexismo, que ocorre na forma do segregacionismo ou do igualitarismo; o anarquismo; e a sedução por adultos.
Por Que Deus Condena o Homossexualismo?
Deus abençoou o homem e a mulher e lhes deu o mandamento de serem fecundos e multiplicarem-se (Gn 1:28). O casamento é a “união de duas pessoas que originalmente foram uma, depois foram separadas uma da outra, e agora no encontro sexual do casamento se uniram novamente”. Lovelace acrescenta dizendo que “não é por acidente que toda forma de expressão sexual fora da aliança do casamento seja explícita ou implicitamente condenada no restante das Escrituras”.
A sociedade atual está cada vez mais perdendo de vista o princípio que Deus definiu para a união sexual entre os seres humanos: um homem e uma mulher, unidos pelo compromisso eterno do matrimônio. Em virtude deste crescente desvio do padrão idealizado por Deus no princípio, é que têm surgido todas estas anomalias sexuais descritas até aqui. Hoje já se convive até mesmo com o “casamento” entre homossexuais e a adoção de filhos por estes “casais”.
O propósito de Deus é que o homem junte-se com a mulher e os dois formem “uma só carne” (Gn 2:24), constituindo-se numa família heterossexual, na qual os filhos poderão ser educados em meio a um ambiente sadio e livre de preconceitos.
Este ideal está totalmente corrompido na sociedade moderna, e as relações sexuais passaram a ser apenas um meio de obter prazer a qualquer custo, sem atentar para as orientações dadas por Deus no passado, e para os perigos de não seguir estas orientações. A atual sociedade já aprendeu a conviver pacificamente com o outrora chamado “pecado grego”, vendo os homossexuais como apenas “um pouco diferentes”.
Deus condena o homossexualismo porque ele é totalmente contrário ao propósito original das relações sexuais: procriação e/ou prazer. Segundo Boice, apenas em se olhar para a anatomia dos órgãos sexuais do homem e da mulher já deveria haver argumento suficiente para convencer de que as práticas homossexuais não são normais. Tanto o Judaísmo quanto o Cristianismo sempre reconheceram esse fato, defendendo que o homossexual está sob a condenação de Deus.
Cura Para o Homossexual
Após verificar que o homossexualismo está arraigado fortemente na sociedade hodierna, faz-se necessário apresentar ao portador desta anomalia sexual um meio de regeneração e retorno ao ideal divino. A terapia de aconselhamento para o homossexual consiste em “escutar a quem pede ajuda, a fim de facilitar-lhe a decifração, por ele mesmo, de seu próprio discurso... levando a uma convivência mais saudável consigo mesmo e, em vários casos, chega-se à heterossexualidade”.
Talvez o maior problema a princípio seja romper as barreiras da solidão e da incomunicabilidade que a sociedade erige em relação aos homossexuais. Gatti defende que o ponto de partida deve ser a total aceitação do homossexual como pessoa, a plena compreensão de seu drama, e a mais leal solidariedade a seus sofrimentos e a seus problemas. Para o auxílio pastoral ao homossexual são sugeridos os seguintes passos:

1. Reconhecimento e confissão de que sua atitude e conduta são errados;
2. Ele deve admitir e reconhecer seu problema;
3. Deve confessar o pecado a Deus e a um conselheiro espiritual, e depois deve pedir a Deus que o purifique e perdoe;
4. O homossexual que busca a cura deve pedir a Deus que lhe dê um espírito de arrependimento;
5. Pode-se considerar a possibilidade de uma libertação de demônios;
6. O conselheiro deve repetir a promessa de que o indivíduo poderá mudar;
7. O homossexual deve concordar em submeter-se a um plano de disciplina que Deus possa usar para concretizar a mudança desejada;
8. Entre o homossexual e o conselheiro deve haver sinceridade absoluta;
9. O homossexual deve começar a participar de uma comunidade cristã compreensiva;
10. O conselheiro deve ser paciente.
Para o homossexual, como para qualquer outro homem, no fim é apenas a graça do Espírito Santo com seus misteriosos dinamismos que é capaz de tornar a cura do homossexual possível. Acima de todos os meios educativos e terapêuticos, é sempre na graça de Deus que o homem pecador deve confiar.
O Dr. José Maria concorda com o pensamento de que a igreja deve ser o conduto para a ajuda aos homossexuais que desejarem um retorno aos desejos sexuais naturais de cada ser humano. Ele afirma que “a igreja será o último reduto para a consolidação dos conceitos familiares” nos próximos anos.

Resumo e Conclusão
O homossexualismo está presente na história humana desde o seu princípio. Biblicamente, encontra-se referências à homossexualidade já no relato de Sodoma e Gomorra (Gn 19:4-5), de onde advém o termo “sodomia” como referência à homossexualidade e outras anomalias do gênero; bem como no período dos Juízes (Jz 19:22). Moisés também fez referências a esta prática sexual entre o povo de Israel (Lv 18:22; 20:13), condenando-a e considerando-a abominável aos olhos de Deus, punível mesmo com a morte.
No Novo Testamento, a referência clássica à homossexualidade, tanto feminina quanto masculina, encontra-se na epístola de Paulo aos Romanos (Rm 1:26 e 27). Porém, o apóstolo também faz outras referências à condenação divina sobre esta prática (1Co 6:9-10; 1Tm 1:9-11).
O presente trabalho analisou o texto de Romanos, observando a quase unanimidade entre os teólogos e comentadores de que Paulo realmente referia-se na passagem em estudo ao homossexualismo. Porém, é crescente o grupo de eruditos que não aceitam esta interpretação usual, e tentam reinterpretar as declarações paulinas, aplicando-as aos dias atuais, onde a homossexualidade tornou-se já parte comum do cotidiano das grandes cidades.
Através dos estudos e pesquisas científicas consultadas, verifica-se que é reduzida a probabilidade de que as tendências homossexuais sejam o resultado de uma “deformação genética” ou algum caractere hereditário. Ao contrário, é grande o número de estudiosos da psicologia humana que acreditam que este comportamento sexual advém de fatores psicossociais vividos na infância (até os 5 anos de idade, principalmente), e que acarretam traumas e complexos que podem levar o indivíduo a desenvolver o homossexualismo durante sua vida.
Apesar de Deus condenar este comportamento anômalo, em virtude de desvirtuar-se do Seu propósito para o relacionamento sexual e matrimonial, Ele concede ao homossexual desejoso de regenerar-se uma opção de cura, que está disponível através de Sua infinita graça e misericórdia pelas mazelas que atingem a humanidade.
Como representantes de Deus e instrumentos Seus para distribuição de Sua graça ao mundo pecador, os cristão não devem olhar o homossexualismo como uma doença típica de pessoas “despudoradas”; mas devem encarar o problema com o mesmo amor fraternal e solidariedade que Jesus demonstrou em Seu convívio com o ser humano. Resta ao cristão ouvir e atentar ao conselho do próprio apóstolo Paulo: “Tudo posso, nAquele que me fortalece” (Fp 4:13).
 
 
Gilson Medeiros da Silva
VIA GRITOS DE ALERTA

Iluminatis – Uma potência demoniaca

 
 
Irmãos o que veremos agora é sobre a maior potência do mundo isso falando financeiramente e belicamente, sendo dominada pela seita mais cruel de todas “Iluminatis – Iluminados pela luz de lúcifer” também chamados de Super maçons.
Link: http://www.realidadeoculta.com/illuminati.html

A maioria de sites , revistas e livros sobre illuminatis dizem que a ordem foi fundada em 1776 por Adam weishaupt, no entanto este ano ao ler “O livro dos Illuminati” de Robert Wilson ele diz que a Ordem fundou-se em 1090 por Hassan Isabbah.
Creio que nunca poderemos ter certeza absoluta, pois a origem desta controversa seita é muito antiga e as informações nem sempre coincidem.
Os líderes da Revolução francesa eram Maçons e Illuminati, ou os agentes deles e seguidores, levando a cabo um plano secreto para subverter as monarquias de Europa e a religião Cristã.
Teriam aberto lojas na Alemanha, Áustria, Itália, Hungria, França e Suíça.
Illuminati, Maçonaria e ainda outras seitas são tentáculos do mesmo monstro.
Actualmente essa ordem está espalhada por todo o mundo, muitos membros dos governos são membros, assim como são da maçonaria.
-A Real origem dos Illuminati ?

Robert Wilson conta que em 1090 Hassan I sabbah fundou a seita Ismaelita , ou Haxixinos ( a origem da palavra assassinos vem daí ). Eles usavam o haxixe (derivado da planta canabis ) , o culto aterrorizou o mundo muçulmano até os mongóis de Gengis imporem a lei e a ordem na zona.
Encurralados no seu refúgio nas montanhas , os Haxixinos, caindo de drogados, não conseguiram oferecer resistência aos saudáveis guerreiros mongóis. Mas os cabecilhas do grupo fugiram para o Ocidente.
Os illuminati buscam a “imortalidade” espiritual através de práticas de magia negra, incluindo sacrifícios humanos.
Mais tarde, ( em 1776) foi Adam Weishaupt , um estudante do ocultismo, que renovou essa ordem illuminati, ele estudou os encinamentos de Hassan I Sabbah , cultivou também marijuana no quintal, através de alguns estudos (e da marijuana também) consegiu a “iluminação” (reparem que puz aspas), fundando a ordem “Os antigos sábios iluminados” da Baviera (Alemanha) no 1º de Maio de 1776.
Curiosamente o 1º de Maio é o dia escolhido para celebrar o dia do trabalhador, porque será? Louis Blanc na sua obra “Histoire de la révolucion Francaise” qualifica Adam Weishaupt como “o mais profundo conspirador”.
Robert diz ainda que a famosa Helena Petrovna Blavatski (fundadora da Teosofia) também nascida na Alemanha, era feiticeira e aliada dos Illuminati.
Robert Wilson diz que:Tanto a bandeira dos Estados Unidos como a pirâmide illuminati têm treze divisões horizontais, e o treze é também o código tradicional da marijuana, sendo ainda usado nesse sentido pelos Hell’s Angels, entre outros.
Bem eu fui verificar se bate certo, vejam as imagens abaixo.
Um dos símbolos mais famosos é a pirâmide com o olho-que-tudo vê (olho de luçifer)
Esse símbolo é tão real que podem vê-lo nas notas de 1 dólar. (símbolo introduzido por Franklin Roosevelt em 1933). Roosevelt foi presidente dos EUA, um dos 13 presidentes que eram maçons.
Uma das teorias aponta que a utilização destes símbolos ocultos no dinheiro serve para a “fantasmagoria” do monopólio que o Estado detém sobre a energia psíquica. O símbolo condicionado (dinheiro-símolo) controlaria totalmente o nosso bem-estar mental. Uma coisa temos que admitir, o dinheiro afecta-nos psiquicamente, quando estamos sem dinheiro começamos a ficar deprimidos “como pagar as contas?” “será que chegará ao final do mês?”, etc, etc..
-O cidadão capitalista aprende neurológicamente que dinheiro equivale a segurança e falta de dinheiro a insegurança.
Por cima da pirâmide consta a frase em latim “Annuit coeptis” (ele tem favorecido os nosso empreendimentos) ele,
provavelmente : luçifer, o arquitecto, o olho-que-tudo vê.
O olho significaria também uma alegoria à capacidade deles estarem simultaneamente em todo o lado. (por exemplo com sistemas de escuta, sistema echelon, etc.).
Abaixo da pirâmide poder ler-se “ Novus ordo Seclorum” (a nova ordem dos séculos) ou seja A Nova Ordem Mundial. Pegue uma nota de 1 dólar e verá que é mesmo verdade.
A pirâmide dividida em duas :
Ela constitui-se de 72 blocos de pedra. Alguns dizem que seriam os 72 degraus da escada de Jacob, estando assim relacionados com o judaismo e a tradição cabalística. Por outro lado, a pirâmide não está terminada, o que poderia interpretar-se como uma chamada de atenção para o futuro . ( Eles iriam fazer algo mais).
A fénix:
Foi a figura alada impressa nos primeiros dólares, mas em 1841 foi substituída pela águia, um símbolo solar egípcio.
Acima dela estão 13 estrelas correspondentes aos 13 estados de então. Essas estrelas ,com as suas cinco pontas, são um
simbolo maçónico.
Ela tem 9 plumas na cauda, correspondendo aos graus do ritual maçónio de York.
As asas exibem respectivamente 32 e 33 penas, aludindo assim aos graus do rito Escocês.
Na pata esquerda segura 13 flechas, indicando acção e transmutação.
No bico ela segura um pergaminho no qual em latim se lê “et pluribus unum”, uma alusão à necessidade de integrar e agrupar os membros das antigas colónias que agora constituiam uma só nação. Fazer todas as nações uma só.
No livro dos Illuminati ( Robert Wilson) ele diz que: 0,5 da população detém 70% da riqueza, deixando os outros 99,5 da população competindo violentamente pelo restante (30% da riqueza).
Os illuminati escreveram a História muito antes dela acontecer, uma das evidências é um jogo rpg (role playing game, jogo de interpretar ) criado por Steve Jackson e lançado em 1995. Esse jogo “INWO” (Illuminati new world order) illuminati a nova ordem mundial, inclui 9 cartas que descrevem factos que aconteceriam na História, eventos envolvendo bio terrorismo, desastres, anarquia, etc.
Não significando que ele fosse illuminati, mas conhecia os planos deles, tanto que foi visitado pelos serviços secretos, os quais tentaram impedir o lançamento desse jogo.
(mais dados em http://www.sjgames.com/inwo/ )



Na imagem podemos ver que inicialmente uma torre é atingida.
No canto inferior esquerdo, num edifício podemos ver o símbolo
illuminati (uma pirâmide pequenina).
A carta mais surpreendente é a do ataque terrorista, repare que o jogo foi distribuído em 1995, e já predizia o atentado ás torres gémeas.

Outra das carta é horrivelmente precisa, O Pentágono .
Repare na imagem, apesar das chamas o pentágono está .praticamente intacto, como ocorreu a 11 de Setembro de 2001.
Agora restam algumas cartas por “realizar”, ou seja, algo mais vem por aí, uma delas retrata o Empire State Building.
Recordo-me quando Bush falava da invasão do Iraque, a guerra contra o terrorismo, ele disse que Os fins justificam os meios, ora essa famosa frase foi criada por Adam Weishaupt, na sua juventude jesuíta.
Allan Chapman,
um dos investigadores não-oficiais do assassínio de John Kennedy,
disse ao jornal “New Yorker” acreditar que
os illuminati existem realmente.
Voltando a Robert Wilson, ele no seu livro interpreta as iniciais de algumas famosas cadeias de Televisão, certamente elas não se traduzem oficialmente nessas palavras, mas quem sabe o significado dos seus nomes seja real mas apenas esteja oculto ao povo?
Robert diz que:
NBC significa: New Bavarian Conspiracy. (Nova conspiração Bávara ).
CBS significaria : Conservative Bavarian Seers . ( Videntes conservadores Bávaros ). (O logotipo da cbs curiosamente é um olho)
ABC significaria: Ancient Bavarian Conspiracy ( Antiga conspiração Bávara ).

Uma coisa é certa, eles controlam os média, recordo-me na rtp2 ter visto o antigo mestre do Grande Oriente Lusitano (maçonaria) dizer que têm membros na imprensa, e no livro de Oswald Le Winter (ex agente CIA) “Democracia e Secretismo” consta uma lista de bilderberguer’s Portugueses incluindo Pinto Blasemão ( dono da televisão Sic, e de jornais).
Illuminati, iluminados ou falsos iluminados?
Como diria Buda (Siddartha Gautama) : “Duvidem, e descubram a vossa própria Luz “.
A estrutura dos illuminati :


As seguintes informações, são do livro de René Chandelle, “Os illuminati e a grande conspiração Mundial….”
Editorial Estampa.
Pág. 59: excerto :
[...] ” É redigida a Declaração de Independência dos Estados Unidos.
A 4 de Julho de 1976, as treze colónias britânicas da América do Norte declaram-se soberanas e independentes, sob uma forte influência e participação de Maçons e Illuminati.
Pág. 62,
Adam Weishaupt, fundador da ordem dos iluminados da Baviera, tinha cinco objectivos essenciais, irei resumir os mais importantes.
Fim dos Governos :
Erradicar e abolir as monarquias ou outra forma de governo que não se ajustasse aos seus preceitos. Para isso, os membros da
seita , valendo-se do seu poder económico, social e político, teriam a missão de originar os conflitos que fossem necessários.
Só havia lugar para um governo, o deles.
Fim das propriedades:
O objectivo consistia em conseguir que o poder económico residisse nos membros da irmandade e nas redes que esta gerou.
A propriedade privada e os direitos sucessórios correspondiam, portanto, a um perigo.
Os illuminati encarregar-se-iam de ocupar os postos de controlo de onde seria manobrado o poder económico.
Fim do conceito de nação:
Era preciso erradicar a multiplicidade de nacionalidades. Era melhor um grande império, uma grande pátria,, do que muitas difíceis de controlar.
Eliminar-se o conceito de patriotismo e nacionalismo. O objectivo era encontrar uma nova ordem mundial.
Fim da família:
Os illuminati não acreditavam no matrimónio, nem no conceito cristão de família, nem nos sistemas educativos.
O objectivo era falar de famílias livres, nas quais o amor ou o desejo de união entre duas pessoas devia prevalecer sobre o vínculo sacramental marcado pela igreja.
A educação deveria ficar reservada a sistemas comunitários em que os educadores tivessem sido previamente formados por membros da Ordem illuminati.
Fim das religiões:
As crenças religiosas e espirituais eram consideradas como uma forma de distracção, ao mesmo tempo que um perigoso elo com o poder inimigo. Erradicar as religiões significava conseguir que apenas as ideias da sociedade secreta podiam servir de esperança e consolo na vida.
O futuro ?
Na pág. 91 do livro, pode ler-se:
« O terceiro grande conflito, que envolverá todas as culturas do mundo, foi programado através de uma carta, a 15 de Agosto de 1871, por dois membros da sociedade secreta dos Illuminati, hoje guardada no Museu Britânico de Londres.
( portanto é real ).
Não é a única, das muitas que se cruzaram.
Albert Pike e Giuseppe Mazzini eram membros importantes dos Illuminati que mantinham uma correspondência regular, através da qual conspiravam.
Albert Pike, autor da carta em questão, era também um Maçon. Também foi fundador da seita Ku Klux Klan.
Giuseppe, esteve ligado à sociedade secreta dos carbonários.
Albert Pike escreveu em 1871
“ A terceira guerra mundial deverá ser fomentada através do aproveitamento dos diferendos promovidos pelos agentes dos iluminados entre o sionismo político e os dirigentes do mundo muçulmano.
A guerra deve ser orientada de tal forma que o islão e o sionismo político se destruam mutuamente, enquanto outras nações se vêem obrigadas a entrar na luta, até ao ponto de se esgotarem física, mental, espiritual e economicamente..[...] ”
Palavras do repórter de Cristo:
Caros irmãos estamos num mundo onde satanás já dominou a mídia, a política, tudo está sob domínio do mal que é satanás. E esta seita não é nada mais nada menos do que um braços de satanás para tirar os homens dos bons costumes. Lutemos contra tal tipo de peste que quer sufocar as videiras frutuosas que são os bons costumes cristãos.
Deus abençoe a todos!

Com ataque à Globo, Domingo Espetacular debate a arte com apologia à pedofilia

Programa Domingo Espetacular, na Record TV O debate sobre as exposições de arte com apologia à pedofilia e outros temas no Brasil marc...