sábado, 26 de janeiro de 2013

ÉTICA NOS PULPITOS DA VIDA.



O termo
ÉTICA deriva do grego ethos
(caráter, modo de ser de uma pessoa). São princípios e valores morais que norteiam uma sociedade ou alguma disciplina específica.

Já o termo
PÚLPITO  vem de  "pulpeto". Do lat. "pulpitum". Também: Tribuna, estrado. Local elevado de onde fala um orador, geralmente dentro de um templo religioso.

O que seria ÉTICA DO PÚLPITO? Seria um conjunto de regras que norteariam a administração e o funcionamento da pregação numa igreja cristã. Infelizmente, nos dias atuais, vivemos um empobrecimento da prédica; os sermões têm deixado muito a desejar. Os pregadores não têm se portado à altura do ofício divino da pregação bíblica. Logo, por força dessa falta de valores as congregações têm perdido sua identidade cristã, tornando-se auditório comum e secular.

Gostaria de destacar 8 valores que certamente deveriam estar presentes nos púlpitos cristãos, princípios que fariam com que a pregação fosse muito mais relevante, eficaz e qualificada. Há muitas outras razões, mas o espaço não nos permite desenvolvê-las. Fiquemos apenas com estes, abaixo citados:

1) Pregadores devem usar a Bíblia - não é o jornal do domingo, nem a revista semanal. Não é o multimídia com vídeos interessantes nem o livro mais vendido da semana. Púlpitos cristãos devem ter BÍBLIAS como base, como texto, como fonte, como fundamento. "Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho." (Sl 119:105)

2) Sermões devem ser cristocêntricos - O tema de uma pregação não deve ser "matar um leão por dia", "vencendo o monstro da depressão", mas sim a pessoa de Deus e Sua imensa graça. Para ouvir mensagens de auto-ajuda nós buscamos palestras ou compramos livros; púlpitos de igrejas devem falar de Deus, de Cristo, do Espírito Santo, da graça, da alma, da vida eterna, e não de efemeridades meramente psicológicas. "Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus. "(1Co 1:24)

3) Pregadores devem ter postura - Está em voga o abandono da gravata e tudo o que lembre formalismo. Então vemos nos púlpitos pregadores que buscam não se parecer com pregadores. Uns vão com camisas de times de futebol, outros com roupas de piquenique, outros ainda nem sequer se preparam. Quem sofre é o púlpito, que vira algo irrelevante e desprezível. Assim como se espera um governo digno e elegante, ou um médico e bombeiro bem fardados, também se espera que o pregador poste-se digna e solenemente no exercício da pregação da Palavra de Deus. Elegância, simplicidade, humildade: quesitos que valorizam o púlpito.

4) As mensagens devem ter linguagem sadia - Que tristeza ver um pregador que não sabe falar português! Que incômodo ouvirmos mensagens cheias de gírias e palavras deselegantes! Um bom sermão deve ser simples, de linguagem clara e compreensível, sem ser inadequada, inconveniente, deselegante. O pregador deve ser correto no uso da linguagem. "Linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós." (Tt 2:8)

5) Pregadores não devem obrigar o auditório a interagir - Que deselegância e inconveniência a atitude de pregadores que, por falta do que dizer, interrompem o sermão e determinam: "vire pro seu irmão ao lado e diga...". Isso é medíocridade e falta de argumento. Cristo nunca usou desse artifício barato.  A resposta ao sermão deve vir da alma que se propõe a praticar o que aprende, não de um auditório adolescente que entra num jogo de falar e escutar. Quem prega a Bíblia com conteúdo não precisa dessa banalidade. "Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina." (2Tm 4:2)

6) Púlpito não é lugar para política - Há sermões que descem do Céu para tomarem as bandeiras das lutas sociais. Transformam o auditório bíblico em palanque de lutas partidárias ou ideológicas. Quando não, em época de eleições, cedem seus púlpitos para que políticos dêem seus recados. Isso é adultério espiritual. Para os políticos existem as tribunas. Para os pregadores os púlpitos. Política cuida do Reino do Mundo; Igreja cuida do Reino de Deus. "E Jesus, respondendo, disse-lhes: Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus. E maravilharam-se dele." (Mc 12:17)

7) O púlpito deve ser o terminal de um processo, não o início - Pregadores que não se preparam, que não oram, que não organizam suas idéias antes da pregação geralmente oferecerão muito pouco e suas mensagens não seguirão por dez minutos depois de seu término. Sermões eficazes começam de joelhos. Boas pregações são pensadas por longo tempo. São fruto de pesquisa, de estudo, de erudição, de preparo, mas, principalmente, da graça do Senhor sobre a vida de quem prega sob Sua direção. "Persiste em ler, exortar e ensinar, " (1Tm 4:13)

8) O púlpito não deve ser tribuna de auto-promoção - Há mensagens que não passam de bajulação disfarçada ou de egolatria exacerbada. Prega-se o homem, não a Cristo. Prega-se o servo, não o Senhor. Prega-se a obra de Deus, não o Deus da obra. Sermões desse tipo poderiam ter como hino o que diz: "Sim, há de ser GLÓRIA PRA MIM, GLÓRIA PRA MIM, GLÓRIA PRA MIM". Um sermão bíblico aponta para outro caminho: o caminho da glória divina e da incapacidade humana; aponta para a honra a Cristo e a submissão do pecador. Qualquer coisa diferente disso é jactância mundana, não pregação bíblica: "É necessário que Cristo cresça e que eu diminua." (Jo 3:30)

Espero sinceramente que os nossos púlpitos melhorem em qualidade. Um bom púlpito pode transformar uma igreja. Um sermão qualificado em um pregador capaz pode ser a fagulha que acende um reavivamento na Obra do Senhor. Que sejamos pregadores fiéis em nome de Jesus. Amém.
 
 
 
VIA  GRITOS D E ALERTA / FIEL PEREGRINO

KAKÁ USA A BÍBLIA PARA DESABAFAR SOBRE MAU MOMENTO

Atleta faz a oração do profeta Habacuque numa rede social.
O jogador Kaká parece cada vez mais desvalorizado no Real Madrid, sequer foi convocado para o jogo com o Valencia na última rodada e também ficou de fora da primeira convocação de Felipão.
Ele estava na expectativa de voltar ao Milan, onde teve seu melhor momento, mas as negociações não progrediram e o clube italiano alegou “falta de dinheiro” para repatriar o meia.
Embora não goste muito de comentar sobre sua vida, ele é usuário ativo das redes sociais, e deixou escapar ontem um desabafo em forma de oração. Mas não era uma oração inédita, trata-se de dois versículos bíblicos que relatam a oração do profeta bíblico Habacuque.
A imagem postada por ele no Instagram dizia “Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; exultarei no Deus da minha salvação” (Habacuque 3:17 e 18).
A passagem  é acompanhada por uma imagem que possivelmente reflete este momento de crise profissional, um tempo de “seca” . Segundo pessoas próximas ao jogador, ele vive um momento ”muito amargo”, mas mantém sua posição habitual respeitar para o clube e o treinador, sem fazer queixas ou declarações públicas que reflitam seu desagrado. Mesmo assim, o homem por trás do atleta de fama internacional mostra que continua crendo no Deus de que tanto fala.

Gospel Prime

Dez Razões Que Provam Que as Testemunhas de Jeová Não São de Deus


 A Bíblia diz-nos que devemos testar tudo. (1 Tessalonicenses 5:21) Ao longo dos anos eu testei as Testemunhas de Jeová. Fui criado nessa religião e os meus pais, avós e bisavós eram Estudantes da Bíblia ou Testemunhas de Jeová. Estou feliz por já não ser membro da comunidade conhecida como Testemunhas de Jeová porque não acredito que os ensinos delas sejam religiosos, nem cristãos.

Alguns talvez perguntem: “Bem, porque é que não permaneceu lá para tentar mudar o movimento?” Muitos de nós tentaram fazer isso, mas foi impossível, do mesmo modo que foi impossível para os cristãos primitivos reformar o Judaísmo dos seus dias. Nós fomos expulsos das sinagogas. Portanto, para avisar outras pessoas e para refutar algumas das alegações disparatadas feitas por apologistas das Testemunhas de Jeová, neste artigo apresento razões concretas porque penso que a fé das Testemunhas de Jeová é estéril, não-cristã. Embora até seja possível encontrar Cristo entre algumas Testemunhas de Jeová, a mentalidade dessa comunidade é basicamente anti-cristã.

Portanto, aqui estão algumas razões históricas porque as Testemunhas de Jeová, dirigidas pela Watchtower Bible and Tract Society, não são de Deus:
Ponto 1
As Testemunhas de Jeová ensinaram continuamente falsas profecias desde o início do seu movimento.

· Afirmaram falsamente que o fim do mundo atual, ou sistema de coisas, viria em 1914 e 1925. Deixaram repetidamente implícito que o mundo acabaria em 1975.

· Disseram que os santos (o restante dos 144.000) seriam levados para o céu em 1878, 1881, 1914, 1918 e 1920.

· Entre 1925 e 1950, ensinaram que os príncipes da antiguidade (os antepassados de Jesus) regressariam na ressurreição antes da batalha do Armagedom.

· Ensinaram durante muito tempo que o “fim derradeiro” viria em 1914. Quando isso não aconteceu, eles passaram a dizer que o fim viria antes de desaparecer a geração que estava viva em 1914. Agora também mudaram isto.
Ponto 2
As Testemunhas de Jeová afirmam que a luz aumenta mais e mais. De facto, elas mudaram certas doutrinas para trás e para a frente muitas vezes.

· Em 1880 Russell disse que a Igreja não estava sob o novo pacto. Em 1881 disse que estava. Em 1907 disse outra vez que não estava. Como resultado disto, ocorreu o Cisma [divisão] do Novo Pacto, que incluiu alguns dos familiares de Russell. Mais tarde, Rutherford recuou exatamente para a posição defendida pelos New Covenanters [os dissidentes que defendiam que a igreja estava sob o novo pacto].

· A organização mudou a sua posição muitas vezes sobre quem seria e quem não seria ressuscitado. Os pobres habitantes de Sodoma ora são ressuscitados ora são enviados para a Geena, com intervalos de poucos anos.

· A organização vacilou vez após vez em assuntos médicos, muitas vezes com conseqüências sérias para as vidas e saúde das Testemunhas de Jeová. Vejam-se, por exemplo, as muitas posições diferentes acerca das vacinas, dos transplantes de órgãos e do sangue.

· A organização andou para trás e para a frente na questão do serviço alternativo.

· A organização agora defende que os Poderes Mais Altos ou Autoridades Superiores mencionados em Romanos capítulo 13 são os governantes seculares das nações, exatamente como Russell e a maioria das igrejas defenderam. Rutherford teve uma nova luz acerca deste assunto em 1929 que lhe disse que as Autoridades Superiores eram Jeová Deus e Cristo Jesus.
Ponto 3
A organização das Testemunhas de Jeová nem sempre afirmou ser guiada pelo espírito. Nos dias de Russell, o pastor acreditava que ele e o restante ungido eram a Igreja e eram guiados pelo espírito. Mas quando Rutherford tomou o poder, ele argumentou que como Cristo veio ao Templo em 1918 e estava a governar, o espírito santo já não estava presente com o restante. Rutherford ensinou que recebia mensagens ou “flashes de luz no Templo” que vinham dos tronos de Jeová e de Cristo. Dizia também que “novas verdades” eram-lhe reveladas pessoalmente pelos anjos. Depois de ele morrer, Knorr e Franz regressaram ao ensino que diz serem as Testemunhas de Jeová dirigidas pelo espírito.
Ponto 4
As Testemunhas de Jeová foram muito além das Escrituras. Muitas leis que elas desenvolveram não têm nada a ver com as Escrituras: o registo do tempo gasto a pregar, a criação de uma forma hierárquica de governo, a desassociação [excomunhão] dos que fumam ou celebram o Natal e aniversários, muitas regras a respeito do que é próprio ou impróprio o casal fazer na cama, leis a respeito de votar, aceitar cargos públicos, etc., etc.
Ponto 5
Através da Watch Tower Society e de inúmeras declarações públicas, a liderança do movimento tem dito muitas vezes mentiras ultrajantes.

· Em 1894, tanto C. T. Russell como a esposa disseram que o seu casamento era muito harmonioso e que não havia problemas entre eles. Mais tarde, no momento em que se divorciaram, ambos admitiram que tinham existido problemas entre eles em 1894. E apesar disto eles amaldiçoaram vários trabalhadores da Casa da Bíblia [nome do Betel naquele tempo] por terem dito a verdade na publicação Harvest Siftings [Peneira das Colheitas].

· As declarações de Russell acerca de não ter mudado as suas doutrinas em 1909 durante o Cisma do Novo Pacto são pura e simplesmente escandalosas. Se ele acreditava no que disse, estava-se a enganar a si próprio em grande escala.

· Rutherford e companhia mentiram abertamente acerca da razão porque os 4 directores da Watch Tower foram afastados em 1917. A Watch Tower Society perpetua esta mentira até ao dia de hoje. Pode-se mostrar claramente que eles mentiram e ainda estão a mentir através das declarações que fizeram sob juramento no caso de tribunal United States vs. Rutherford et al..

· A Watch Tower tem mentido continuamente acerca da natureza das políticas que tinha na Alemanha Nazi em 1933. A Declaração publicada em Berlim em 1933 foi uma tentativa de colaboração [ou compromisso] com os Nazis, foi abertamente anti-semita, anti-britânica e anti-americana.

· Os ataques que a Sociedade fez contra várias pessoas que questionaram o comportamento dos seus líderes não foi outra coisa senão uma tirada contínua de mentiras. Foi isso que aconteceu em 1894, 1909, 1917, 1918, durante a guerra de Rutherford contra os anciãos eletivos no fim da década de 1920 e na década de 1930, e especificamente no caso de pessoas como Walter Salter, Olin Moyle, Carl Jonsson, Raymond Franz e muitos outros milhares de pessoas, incluindo eu próprio.
Ponto 6
As assim chamadas ‘comissões judicativas’ das Testemunhas de Jeová não operam com base nos princípios bíblicos, com os assuntos tratados de forma aberta e perante pessoas comuns como era o caso em Israel e nas congregações cristãs primitivas. As Testemunhas de Jeová seguem o exemplo do Santo Ofício da Inquisição e dos tribunais feitos à porta fechada, em segredo. Conseqüentemente, acontecem muitas injustiças perante estas ‘comissões judicativas.’Ponto 7
A pesquisa da Watch Tower é infantil e muitas vezes é desonesta. É típico eles não citarem corretamente as fontes, fazerem citações fora do contexto e avançarem idéias que são completamente bizarras.

· A New World Translation [Tradução do Novo Mundo] contém uma enorme quantidade de argumentação tendenciosa e deturpações intencionais.

· Os artigos da Watch Tower sobre ciência são extremamente maus, e o material que publicam sobre assuntos tais como a evolução é notoriamente desonesto.

· Os trabalhos de tipo histórico feitos pela Watch Tower são ainda piores. O livro Proclamadores [editado em 1993] e o livro As Testemunhas de Jeová no Propósito Divino são uma tentativa de se travestirem de historiadores profissionais para contarem a sua história. Pessoalmente, sinto-me ofendido pelo facto de ao mesmo tempo que me condenam como apóstata e vituperam as minhas publicações, apropriam-se livremente da minha informação e chegam até a usar o meu trabalho nos tribunais.
Ponto 8
As Testemunhas de Jeová ignoram as claras instruções bíblicas em Tiago e noutras partes do Novo Testamento a respeito de obras de caridade, como cuidar das viúvas, dos órfãos e do próximo. Vender revistas de porta em porta não enche barriga. Neste sentido, as Testemunhas de Jeová têm fé (tal como os demônios) mas não têm obras. Não passam de “címbalos barulhentos que retinem”.



Ponto 9
As Testemunhas de Jeová ensinam que, com exceção do restante ungido, são salvas através das obras em vez de ser pela fé. Mais ainda, é-lhes dito que só o restante tem Jesus Cristo como mediador. A vasta maioria é informada que não deve participar na comunhão [Ceia de Cristo]. Como lhes é dito que não são membros do corpo de Cristo, não nascem de novo e não são guiados pelo Espírito (exceto os membros do restante), em que situação se encontram as Testemunhas de Jeová? Romanos 8:9 (ACF) diz: “... Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. (Romanos 8:9)

Todo o que não tem o Espírito de Cristo, não lhe pertence.”
Ponto 10
As Testemunhas de Jeová tornaram-se conhecidas devido ao seu papel na destruição casamentos e nos casos de custódia de crianças. Nos tribunais dos Estados Unidos e do Canadá existem mais casos de custódia de crianças envolvendo Testemunhas de Jeová do que todos os outros casos de custódia de crianças (relacionados com religião) juntos. É óbvio que isto diz algo a respeito das Testemunhas de Jeová que não é particularmente atrativo.

M. James Penton (ex Testemunha de Jeová)

AS PROFECIAS SE CUMPREM - 2000 MEMBROS DOS DESCENDENTES DA TRIBO DE MANASSÉS (BNEI MANASSÉS) JÁ CHEGARAM A ISRAEL

 




Chegou a Israel o imigrante número 2000 do grupo dos Bnei Manassés, oriundos da Índia, que se crê serem descendentes directos da tribo israelita de Manassés.

Mirna Singsit, de 18 anos, vinda do estado de Manipur, nordeste da Índia, tornou-se assim na 2000ª pessoa originária desta tribo a regressar à Terra de Israel, fazendo alyiah (retorno).

MIRNA

Ao chegar a Israel, Mirna, estudante universitária, não conseguia conter a sua alegria: "Estou tão feliz agora que nem consigo exprimir-me por palavras! Não só este era o meu sonho desde nascença, mas tem sido o sonho do meu povo desde há milhares de anos e agora tornou-se realidade!"

E prosseguiu com uma visível emoção: "Ainda não sei para onde os meus pais pretendem deslocar-se após o nosso tempo no centro de absorção, mas pessoalmente sonho em poder viver em Jerusalém, o lugar mais sagrado da terra, e espero poder viver lá num futuro muito próximo."



APÓS 27 SÉCULOS DE EXÍLIO, ELES REGRESSAM A CASA...

Após 27 séculos de exílio, a tribo perdida dos Bnei Manassés está verdadeiramente regressando a casa. Apesar dos 2000 membros deste grupo já estarem em Israel, ainda restam muitos (cerca de 7 mil) que também pretendem fazer a viagem de retorno à Terra Santa.


Cinco voos foram fretados no mês passado para trazer estes judeus de volta à sua Terra, tendo os mesmo sido subsidiados pela organização judaica Shavei Israel e pela Embaixada Cristã Internacional em Jerusalém. 



UMA DAS 10 TRIBOS PERDIDAS DE ISRAEL?

Os Bnei Manassés (no hebraico: filhos de Manassés) reivindicam descendência de uma das 10 tribos perdidas de Israel que foram enviadas para o exílio pelo Império Assírio há mais de 27 séculos atrás. Eles vivem atualmente na fronteira nordeste da Índia, nos estados de Manipur e Mizoram.


Os seus ancestrais vaguearam durante séculos pela Ásia central e Extremo Oriente, até se radicarem na atual Índia oriental, junto da fronteira com Burma e Bangladesh.

Apesar do seu exílio, este grupo étnico continuou a praticar o judaísmo tal e qual os seus ancestrais praticavam, incluindo a observância do Shabbat, comida kosher, a celebração das festividades judaicas e o respeito pelas leis da pureza familiar. E alimentaram sempre o sonho de um dia retornarem à Terra dos seus ancestrais, a Terra de Israel.



CUMPRIMENTO DAS PROFECIAS PARA OS ÚLTIMOS DIAS

Este retorno de mais uma tribo é sem dúvida mais um cumprimento das profecias milenares dadas pelo Eterno ao Seu povo referentes aos dias atuais, depois que Israel voltasse a ser uma nação na sua própria Terra. Estamos por isso assistindo a um dos maiores acontecimentos previstos e anunciados antes do retorno do Messias à Sua Terra, a Terra de Israel!

"Não temas, pois, porque estou contigo; trarei a tua semente desde o Oriente e te ajuntarei desde o Ocidente. Direi ao Norte: Dá; e ao Sul: Não retenhas; trazei Meus filhos de longe e Minhas filhas das extremidades da terra." - Livro do profeta Isaías 43:5, 6.

"Portanto, eis que dias vêm, diz o Senhor, em que nunca mais se dirá: Vive o Senhor, que fez subir os filhos de Israel da terra do Egipto. Mas: Vive o Senhor, que fez subir os filhos de Israel da terra do Norte e de todas as terras para onde os tinha lançado; porque Eu os farei voltar à sua terra, que dei a seus pais." - Livro do profeta Jeremias 16:14 e 15.

Shalom, Israel!

Os Donos da Agenda de Deus

 



Deus agora é refém das agendas feitas por seus empresários. Perdeu Sua soberania! Sabe aquela história de que o vento sopra onde quer, e ninguém sabe de onde vem, nem pra onde vai? Pois é... já era! Agora o vento sopra onde e quando os empresários de Deus determinarem.

Tem quem ache que pode agendar uma audiência com o Criador. Não há mais lugar para surpresas. Agora é tudo com hora marcada e endereço certo. E ai de Deus se não corresponder às expectativas! Corre o risco de perder o trono.

Algumas igrejas oferecem um tipo de cardápio aos seus fiéis, onde há um dia certo para Deus curar, outro para Deus prosperar, e ainda outro para abençoar as famílias. Se o doente vier no dia errado, volta pra casa com sua enfermidade.

Tem até quem agende um dia especial para um encontro com Deus. E se a pessoa morrer antes do tal encontro? Coitada! Vai direto pro beleléu, sem direito a escala.

Perdeu-se completamente a reverência ao sagrado.

Cabe aqui a advertência do sábio Salomão: “Não presumes do dia de amanhã, pois não sabes o que produzirá o dia” (Pv.27:1).

Quanta presunção humana achar que pode impor limites ao agir de Deus!

Tiago ecoa a mesma admoestação:

“E agora, vós que dizeis: Hoje ou amanhã iremos a tal cidade, lá passaremos um ano, negociaremos e ganharemos. Ora, não sabeis o que acontecerá amanhã. O que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e logo se desvanece. Em lugar disso, devíeis dizer: Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo. Vós vos jactais das vossas presunções. Ora, toda jactância tal como esta é maligna.” Tiago 4:13-16

Repare bem: Se não somos donos nem de nossa própria agenda, quanto mais da agenda de Deus. Ele é quem determina os tempos e as horas (Dn.2:21).

Em vez de anunciar que em tal dia Deus vai fazer isso ou aquilo, deveriam anunciar que em tal dia estarão orando em favor de algo, na expectativa de serem atendidos, se for esta a vontade soberana de Deus. Não se trata de falta de fé, mas de total confiança em Deus.

Ele não Se deixa manipular por ninguém!

Lucas registra um episódio interessante que exemplifica isso:

“Naquele mesmo dia chegaram uns fariseus, dizendo-lhe: Sai, e retira-te daqui. Herodes quer matar-te. Respondeu-lhes Jesus: Ide dizer àquela raposa: Eu expulso demônios, e efetuo cura, hoje e amanhã, e no terceiro dia terminarei. Importa, porém, caminhar hoje, amanhã, e no dia seguinte, para que não suceda que morra um profeta fora de Jerusalém.” Lucas 13:31-33

Que petulância dos fariseus! Quem eram eles para tentar apressar Jesus? Pois Ele tem Sua própria agenda a cumprir, e não está disposto a mudar Seu cronograma. Não há ameaças, ou chantagem emocional que possam dissuadi-Lo de seguir a rota programada pelo Pai.
Portanto, deixemos de lado a arrogância religiosa, e submetamo-nos à agenda de Deus, deixando-O à vontade para agir quando, onde e através de quem Ele quiser.
 
 
VIA GRITOS DE ALERTA / 
  Por Hermes C. Fernandes

CABELO GRANDE E CALÇA COMPRIDA . CADA UM NA SUA

(Em primeiro lugar , não quero nessa postagem atacar doutrinas de igrejas , apenas mostrar minha posição.)

Conheço inúmeras igrejas que tem a tal da doutrina da porta  estreita , se assim eu possa falar .
Pois colocam uma carga tão grande nas costas dos outros que nem eles mesmos , esses lideres carregam tais doutrinas.
Por exemplo .

A anos atrás , um certo líder proibia seus membros de terem televisão em casa , mas mantinha na casa dele não somente as televisões , bem como vídeo cassete etc.
E perguntado de porque ter aquele aparelho em casa , ele falou que era de seu filho .
Nós que somos lideres , deveremos ser segundo a vontade de Deus , e não querendo e agindo com Hitler , que montou um exercito de loucos .
Lidamos com pessoas , que chegam as igrejas machucadas , endividadas, sujas espiritualmente .
Certas ações de alguns desses lideres , em vez de tirar o fardo pesado das costas dos membros , fazem com que fiquem mais pesado ainda, pois lançam em suas costas doutrinas que chegam ao cumulo.

COMO POR EXEMPLO A MULHER NÃO PODER FAZER EM SEU CORPO  OS CUIDADOS ESSENCIAIS .

Tem homens de determinadas igrejas que proíbem suas esposas de se cuidarem , fazendo  que as mesmas pareçam orango tangos , e assim os espertos as destratam , passando a ver nas mulheres da rua as belezas que não conseguem vem em suas próprias esposas .
Mulheres que são proibidas de se cuidarem , se depilarem , tratarem seus cabelos etc .
Ficam parecendo mulher da caverna com pernas e braços cabeludos .

Sem contar , as que proíbem as mulheres de usarem calças , ou colocam como regra o tipo de vestimenta a serem usadas .

As normas existentes em muitas igrejas quanto ao uso da calça para mulheres e do corte de cabelo originaram-se devido às equivocadas interpretações de Deuteronômio 22:5 e 1 Coríntios 11:3-15.
 Tais textos, quando estudados à luz do contexto histórico, de modo algum apóiam a ideia de que o tipo de roupa usado pelas mulheres cristãs não possa variar com o passar dos anos; ou, que o cabelo delas não possa ser cortado.

Deuteronômio 22:5 foi escrito numa época em que não existiam calças compridas, muito menos para mulheres.
 Naquele tempo, nem se cogitava a fabricação de tal produto. Portanto, Moisés não está tratando da calça comprida.
Moisés está orientando as mulheres para que não se vistam como homens.
 Lembremos que naquela época (e também nos tempos de Jesus), os homens usavam uma vestimenta que mais se assemelhava a uma saia…. O que diferenciava a vestimenta da mulher era uma espécie de cinto para prender a roupa na cintura (o homem usava um cinto de cor mais neutra. A mulher, algo mais colorido). É bem provável que o assunto tratado aqui seja o do travesti.

Na escócia, por exemplo, é costume os homens usarem saia. Será que Deus deixará de amar e salvar os escoceses por isto?
 De modo algum. 
Tal vestimenta faz parte da cultura deles (assim como nos tempos bíblicos). Assim, se algum pastor quiser fundamentar uma doutrina a respeito do vestuário na Bíblia, sem levar em conta o contexto histórico, terá também que ensinar aos irmãos da própria igreja a voltar a usar túnicas, parecidas com saias… 
O problema todo seria resolvido se levassem em conta que a roupa e o corte do cabelo são questões que variam de um tempo para outro.
Esses conceitos iniciais nos ajudam a entendermos o próximo texto bíblico.
1 Coríntios 11:3-15 foi escrito noutro contexto social. Na cidade de Corinto, uma mulher que cortasse o cabelo ou deixasse de usar o véu estava dizendo perante a sociedade que não mais estava sob a responsabilidade do marido, pai ou irmão mais velho e que, dali em diante, se tornara uma prostituta. 
Assim, para que as irmãs não fossem confundidas com as prostitutas e o testemunho delas se tornasse uma pedra de tropeço para a pregação do evangelho, Paulo pediu a elas que acatassem àquele costume da cidade de Corinto.
 Seria horrível para a igreja cristã se as irmãs fossem rotuladas por aquela cultura como sendo prostitutas. 
Já nos dias do Antigo Testamento, uma mulher prostitua foi identificada por encobrir o rosto com um véu (Gênesis 38:15). Percebeu o fator cultural?
O mesmo se dava em relação aos homens: em Corinto, todo aquele que deixasse o cabelo crescer era considerado homossexual. 
Já na época de Jesus (e do Antigo Testamento), o homem usava cabelo comprido normalmente. Era em Corinto que havia tal preconceito.
Assim, podemos ver que o assunto da calça comprida e do corte de cabelo não são princípios, mas questões culturais. Há na Bíblia costumes, que podem variar com o tempo por que foram dados apenas para um povo, de forma local. 
É lícito e correto o cristão se vestir decentemente e com modéstia (1 Timóteo 2:9), pois inclusive em nosso modo de vestir podemos refletir o caráter de Jesus. Porém, isto não significa que devamos ser desleixados com nossa aparência ou com o corpo, pois isso desagrada a Deus.
Sabe , seria muito bom se cada líder levasse ao conhecimento de  seus liderados a verdade , sem essa de ficar colocando uma carga nas costas dos que acabaram de chegar .
Pois a promessa de JESUS não é um fardo pesado nas costas de ninguém ,pois a obra de Deus na vida do crente  não é o homem que faz , mas sim seu Espirito .
Sabe , eu fico pasmo de ver que ainda hoje, existam líderes que oprimem suas ovelhas por causa de questões tão fúteis. Irmãs que são disciplinadas por usarem uma calça comprida, quando no seu cotidiano, saia não é adequado; ou jovens que são privados de exercer um ministério na igreja porque deixam a barba crescer ou usam cavanhaque. E quando são questionados, afirmam que suas igrejas nasceram assim, e vão continuar assim. É a velha síndrome de Gabriela: "eu nasci assim, eu cresci assim..."
VIA GRITOS DE ALERTA



A ex-modelo Viviane Brunieri, 36, resolveu abrir o jogo em entrevista ao "SBT Repórter".


Em um programa dedicado ao "universo da prostituição", a moça vai contar por que resolveu largar tudo e se tornar missionária.
Ao programa, que será exibido na próxima segunda-feira (28), ela afirma que hoje prega a palavra de Deus. Viviane ficou conhecida como Vivi Ronaldinha, por causa do namoro com o ex-jogador Ronaldo Nazário, 36, em 1996.
Após o rompimento, ela participou do grupo musical Ronaldinhas ao lado de Nádia França, também ex-namorada do Fenômeno.
Viviane também foi capa da "Playboy" ao lado da colega e, depois do fim do grupo, protagonizou filmes eróticos.
F5

Nova tatuagem de Neymar mistura cruz, coroa e versículo da Bíblia

Adão Rosa, tatuador de Neymar, falou, em entrevista ao Ego, sobre o novo desenho que foi feito na parte de trás do braço esquerdo do jogador. "A nova tattoo do Neymar é uma cruz, com uma coroa em cima e um dizer da Bíblia tirado de Coríntios- capítulo 1, versículos 24-27, escrito dentro de uma flâmula".
Segundo a publicação, a tatuagem durou duas e foi feita na casa do jogador, em Santos. "Eu fui até a casa dele fazer. Ele até tinha marcado aqui no estúdio, mas desistiu porque da última vez teve muito assédio e isso atrapalha muito o trabalho dos seguranças do shopping", revelou Adão, que foi responsável por desenhar todas as cinco tatuagens de Neymar. A sessão foi feita na segunda-feira (21).
"Conversamos há três semanas e ele me falou mais ou menos o que queria. Fiz dez desenhos e ele escolheu  esse. Ele é bem decidido. Neymar não reclama de dor, ele é bem forte. Além de ser uma ótima pessoa", disse o tatuador.
DP

Justiça americana condena Burger King por discriminação religiosa

A empresa que administra a rede Burger King no Texas, Estados Unidos, foi condenada a pagar US$ 25 mil para uma ex-funcionária demitida por ser de igreja pentecostal que proíbe mulheres de usar calças.

A funcionária Ashanti McShan se recusou a usar a calça do uniforme no primeiro dia de trabalho, isso em agosto de 2012, e acabou sendo demitida. A justiça entendeu que houve discriminação religiosa e pediu para que a jovem fosse indenizada.

McShan afirma que assim que realizou o teste para entrar na empresa conversou com o gerente da franquia local explicando seus motivos para não usar calças e ele afirmou que não teria problemas, que ele poderia usar saias, pois ocuparia a função de caixa.

A jovem acabou sendo enviada para outra loja da franquia onde o gerente não teve a mesma compreensão, gerando conflito e demitindo a funcionária recém-contratada.

Com a decisão do processo movido pela Equal Employment Opportunity Comissão (EEOC) ficou acordado também que a rede Burger King do Texas publicará sua política contra a discriminação religiosa nos quadros de avisos das lojas. Outra medida tomada para evitar casos parecidos será levar os gerentes para treinamentos.

Fonte: Gospel Prime com informações Huffington Post

Culto do Duelo dos deuses lota Igreja Universal de Salvador

Culto do Duelo dos deuses lota Igreja Universal de Salvador                      
Na última sexta-feira a Igreja Universal do Reino de Deus de Salvador (BA) ficou completamente lotada de pessoas interessadas em participar do culto “Duelo dos deuses” focado na libertação espiritual.
Foram mais de 12 mil pessoas que compareceram ao templo sendo que muitas delas precisaram acompanhar ao culto do lado de fora através de telões.
Quem liderou a reunião foi o bispo Guaracy Santos que apresenta o programa de mesmo nome pela IURDTV. Ele convidou os presentes a se desligarem do passado para que possam ser ajudados através da oração de libertação.
“O passado deve ficar para trás, o pecado deve ser abandonado, assim como o orgulho e todas as vontades que contrariam os ensinamentos da Palavra de Deus. Você precisa vencer a si mesmo e saber, claramente, que com Deus você pode tudo”, disse.
Uma oração de libertação de maldições foi feita pelo religioso que clamou por aqueles que passam por tormentos e aflições. Mas houve também orações em pró da família e da vida espiritual.

GOSPEL PRIME

Igreja Bola de Neve vai evangelizar na praia durante o Carnaval

                      
Igreja Bola de Neve vai evangelizar na praia durante o CarnavalA Igreja Bola de Neve da cidade de Santos estará realizando uma peregrinação evangelística no dia 9 de fevereiro, em pleno o Carnaval, oferecendo aos turistas a oportunidade de conhecer a mensagem da salvação e conferir a apresentação de representantes do gospel.
Os voluntários estarão uniformizados com uma camiseta produzida com material ecologicamente correto, os trajes são chamados de “Vestes de Louvor” que este ano terá o tema de 10 anos em 1, uma referência aos anos em que a denominação está atuando na cidade.
Este é o oitavo ano em que os membros da Bola de Neve realizam atividades durante o Carnaval. Nos primeiros anos eles criaram um bloco de rua e saiam pela cidade pregando o evangelho.
Nos anos seguintes eles foram inovando, montando uma tenda na praia para a apresentação de bandas locais. O espaço foi aumentando e no último ano mais de 1.500 pessoas participaram caminhando entre os canais 2 e 6 evangelizando os banhistas e convidando para conhecer a barraca de praia que a igreja montou no Canal 2.
Neste ano estarão se apresentando os cantores Nengo Vieira e Tribo de Abraão, Dominic Balli, Tribo de Louvor, Companhia de teatro Gálatas, Santa Geração e André Valadão.
Quem quiser ser voluntário ou ter mais informações sobre o evento pode entrar em contato pelo e-mail: igrejasantos@boladeneve.com.

Pastor é preso por porte ilegal de armas em Manaus

Pastor é preso por porte ilegal de armas em Manaus                      
Policiais militares de Manaus prenderam dois homens na última quarta-feira (23) por porte ilegal de armas. Um deles tinha 29 anos e carregava uma carteira de identificação de pastor evangélico. O segundo tinha 19 anos.
A prisão aconteceu porque os policias suspeitaram do veículo onde os dois homens estavam, um Saveiro de cor vermelha. O delegado Ivo Martins, do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), conta que os PMs deram voz de prisão e encontraram dois revólveres calibre 38 com as numerações raspadas.
Na delegacia o pastor não quis dar depoimento exigindo o direito de permanecer calado. “O pastor não explicou porque estava armado e se reservou no direito constitucional de se manter em silêncio por recomendação do advogado dele, o que dificulta as investigações”, disse Ivo Martins.
O outro jovem disse que não sabia das armas e que estava apenas pegando uma carona com o suposto pastor. Após prestar este depoimento o jovem foi solto. O pastor, porém, foi autuado por porte de arma de fogo e transferido para uma cadeia pública na quinta-feira por onde deve permanecer até que a Policia Civil conclua o inquérito.

VIA GRITOS DE ALERTA / INF. GOSPEL PRIME

MP-RJ denuncia seita que usava 'fim do mundo' para abusar de jovem

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou nesta sexta-feira o líder de uma seita religiosa e outras quatro pessoas que o teriam ajudado a abusar sexualmente de uma adolescente de 17 anos em dezembro de 2012 em Niterói. Segundo o MP, o crime ocorreu após a vítima ser submetida a longo processo de manipulação, que consistia em tortura psicológica envolvendo o 'fim do mundo'.
Ailton Aires Araujo Junior, líder de um grupo denominado Centro de Estudos de Autoconhecimento, que prega doutrinas místicas, teve a prisão preventiva decretada, assim como Fábio Vasconcelos, integrante da seita. Os outros denunciados são Livia Vasconcelos, Jansen Lima Araujo e Maria Madalena Batista Vasconcelos.
Fábio e Lívia são acusados de ajudar Ailton, que está foragido, a abusar da vítima no dia 12 de dezembro de 2012, em uma residência no bairro Badu, em Niterói. Segundo o MP, durante seis anos, eles "doutrinaram" a adolescente com ideias esotéricas e ocultistas, associadas a previsões catastróficas quanto ao fim do mundo, a partir de interpretação distorcida do calendário maia. Segundo eles, o mundo acabaria entre os dias 21 e 23 de dezembro do ano passado.
Na denúncia, ajuizada pelo promotor de Justiça Rubem Vianna, da 7ª Promotoria de Investigação Penal da 2ª Central de Inquéritos, o MP relata que, "valendo-se da fragilidade da vítima", Ailton e os demais denunciados "a convenceram de que, para que ela fosse salva da catástrofe mundial, deveria ser submetida a uma série de sacrifícios e determinadas provas, dentre as quais o relacionamento sexual".
De acordo com as investigações, não houve conjunção carnal. No entanto, foram cometidos diversos atos sexuais com a jovem em mais de uma ocasião, tudo sob o argumento de que ela "ultrapassaria o 'sol' e atingiria a purificação e a iluminação" ao se submeter aos "rituais".
Segundo o promotor, ainda com a ajuda de Madalena e Jansen, Ailton coagiu a adolescente a fugir da casa de seus pais no dia 20 de dezembro e encontrá-lo em um abrigo, onde estaria protegida do "apocalipse".

TERRA.

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...