quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

ATENÇÃO - SUA AJUDA É MUITO IMPORTANTE , EU CONTO COM ELA - AP ROBERTO

Amados , não sou de ficar pedindo coisas todos dias , faço somente quando é preciso .
Lançamos o projeto da compra do ÔNIBUS , e  nosso ministério não tem recursos para isso .
Mas temos uma rede de amigos e  irmãos que podem nos  ajudar .
O custo é de 160  mil reais , e  se  cada um nos ajudar com 10 , 30,50, 100  reais ou o que DEUS colocar em seu coração  já conseguiremos alcançar  essa benção ,que será muito usado em nosso projetos sociais .

CONTA PARA DEPOSITO .




BANCO DO BRASIL
AGENCIA 2200 4
CONTA POUPANÇA 21247  4
VARIAÇÃO 51
NOME DE ANTONIO R T ALVES .






Desde já agradeço por sua ajuda .


MINISTÉRIO GERAÇÃO GRAÇA E PAZ
AP . ROBERTO TORRECILHAS 

Pastor assírio é preso, e tem seus bens apreendidos em Teerã


Pastor assírio é preso, e tem seus bens apreendidos em Teerã
Mesmo quase um mês depois do Natal, notícias de perseguição aos cristãos em diferentes países referentes à época continuam a chegar. No Irã, mais um líder da Igreja foi preso unicamente por sua fé.
Interrompendo uma celebração de Natal, os agentes de segurança do Tribunal Revolucionário invadiram a casa do pastor Victor Bet-Tamarz, 26 de dezembro, em Teerã, e prenderam temporariamente todos os presentes. O pastor e outro homem permanecem detidos, embora não haja nenhuma informação adicional sobre a sua situação.
Cada um dos cristãos presentes foi filmado e obrigado a se identificar para a câmera, dizendo por que estava ali e por que achava que estava sendo preso. Separando os homens das mulheres, os agentes passaram a revistar cada pessoa presente, confiscando Bíblias, telefones celulares e documentos de identificação. A casa do pastor Victor também foi revistada e seus computadores, telefones celulares e livros foram apreendidos.
Victor Bet-Tamarz é um pastor assírio que costumava ser reconhecido oficialmente pelo governo iraniano. Cristãos assírios são autorizados a adorar a Deus em sua própria língua, que é uma derivação do aramaico. No entanto, a igreja do pastor Victor em Teerã é mantida fechada desde 2009 por ele ter se recusado a cumprir com os regulamentos que exigiam que os líderes da igreja assíria proibissem não assírios de assistir e participar de cultos em farsi, língua da maioria muçulmana do país.
Como um grupo minoritário reconhecido oficialmente no Irã (estima-se que hoje existam 20 mil assírios no Irã), os assírios têm a concessão de um assento parlamentar, atualmente ocupado por Yonatan Betkolia.
Interceda!
Hoje há cerca de 75 cristãos presos no Irã por praticarem sua fé. Alguns estão com problemas de saúde, outros se encontram em locais desconhecidos. Lembre-se desses irmãos em suas orações.

“Católicos não devem se reproduzir como coelhos”, diz papa

O Papa Francisco afirmou que os católicos não precisam se reproduzir como “coelhos” e devem, ao invés disso, ser “responsáveis”.

O pontífice fez a declaração na viagem de volta das Filipinas, onde se reuniu com crianças que viveram nas ruas do país, abandonadas por pais que não tinham dinheiro para cuidar delas.

Francisco se manteve firme contra o controle de natalidade artificial e acrescentou que uma nova vida é “parte do sacramento do matrimônio”. Mas o Papa disse também que especialistas em populações aconselham três filhos para cada família.

Falando com jornalistas durante a viagem de volta a Roma na segunda-feira, Francisco foi questionado sobre o que diria às famílias que tinham mais filhos do que podiam criar pelo fato de a Igreja Católica proibir o controle de natalidade artificial. “Algumas pessoas pensam – e desculpem minha expressão aqui – que, para ser um bom católico, eles precisam ser como coelhos. Não. Paternidade tem a ver com responsabilidade. Isto é claro”, respondeu o papa surpreendendo os jornalistas.

O Papa disse também que sabe de muitas formas permitidas pela Igreja Católica que podem garantir que as famílias tenham apenas os filhos que querem ter.
RESPONSABILIDADE
Francisco citou o caso de uma mulher que conheceu que tinha tido sete filhos por cesarianas e estava grávida do oitavo filho, uma gravidez que, segundo o Papa, era irresponsável. “Ela disse: ‘confio em Deus’. Mas Deus nos deu os meios para sermos responsáveis”, disse.

Francisco acrescentou que, para os mais pobres, uma criança era um tesouro. O Papa também afirmou, respondendo a outra pergunta, que nenhuma instituição deve impor suas opiniões sobre como devem ser as famílias.

Francisco disse que ideias mais modernas e ocidentais sobre controle de natalidade e direitos dos homossexuais estão sendo impostos com cada vez mais frequência por grupos, instituições ou outras nações na Ásia, geralmente como uma condição para ajudar os países da região. “Cada pessoa merece conservar sua identidade sem ser colonizada ideologicamente”, afirmou o Papa.

Durante sua visita às Filipinas, Francisco defendeu os ensinamentos tradicionais do Vaticano contra a contracepção artificial.

Na semana passada, o papa já tinha surpreendido muitos ao declarar, logo depois do ataque contra a revista satírica francesa Charlie Hebdo, em Paris, que é errado provocar outras pessoas insultando a sua religião.

Francisco disse a jornalistas, de forma bem-humorada, que seu assistente poderia esperar um soco se ele ofendesse sua mãe. Ao mesmo tempo, o papa defendeu a liberdade de expressão.

Fonte: A Tribuna MT

Adolescente mente para a família dizendo que ia a show gospel e desaparece no Rio


A adolescente Ana está desaparecida desde segunda-feira Foto: Reprodução do Facebook


A adolescente Ana Yaritza dos Santos Dias, de 13 anos, saiu de casa na segunda-feira à tarde, dizendo para a família que ia a um show gospel em Madureira, na Zona Norte do Rio, com um amigo da escola. A ideia era depois passar a noite na casa do garoto. Como conhece o menino, o pai consentiu, mas fez um alerta pedindo para a filha ligar assim que o show terminasse e dar notícias. Só que Ana não ligou. O pai e outros parentes começaram a ligar para o celular da jovem, que estava desligado e assim continua até esta quarta.
- O pai dela já esteve na casa do amiguinho e descobriu que ele não foi a show nenhum. Já sabemos que a Ana mentiu. E isso só aumenta a nossa preocupação. Estamos com medo de ela ter conhecido alguém pela internet, de essa pessoa ser alguém do mal e ter feito alguma coisa com ela - disse a prima Cristiane Dias de Souza, de 29 anos, que mora com Ana no bairro da Piedade, também na Zona Norte.
A família registrou o desaparecimento na 24ª DP (Piedade) nesta terça-feira. Parentes já fizeram buscas pela garota em hospitais da região. Segundo Cristiane, Ana não tem acesso a computador:
- Mas nós não conseguimos controlar o celular. Tem todas essas redes sociais, tipo WhatsApp e Facebook... A Ana é uma garota que em muitos momentos é criança ainda, mas em outros acha que é adulta. E pode ter achado que é mais esperta do que é.
A prima contou ainda que a adolescente estava com ideia fixa em relação à autorização para sair uma semana antes do suposto show gospel.
- Primeiro, ela pediu à avó, que é quem a cria, e recebeu um não como resposta porque iria sozinha. Esta semana, ela insistiu no assunto. Acabou recebendo o consentimento porque alegou que ia com esse coleguinha que a gente conhece - disse ela.
Cristiane frisou também que Ana não costuma sair sozinha:
- Ela só vai à escola e à aula de violão aqui perto. À igreja, vai com o irmão mais velho, de 18 anos. Fora isso, não frequenta festas e bailes. Estamos rezando para que ela não tenha sido alvo de algum pedófilo. E também para que não tenha sofrido um acidente. Só Deus mesmo para nos ajudar numa hora dessas.
Nesta quarta, a família pretende fazer cópias de fotos de Ana e espalhá-las por Piedade e bairros próximos. Quaisquer informações sobre a garota pode ser passada para o Disque-Denúncia (2253-1177).
Procurada para comentar como está a investigação do caso, a assessoria de imprensa da Polícia Civil informou apenas que “de acordo com informações da 24ª DP (Piedade), a família fez um registro nesta terça-feira (20/01). O caso está sendo encaminhado à DDPA (Delegacia de Descoberta de Paradeiros), que dará continuidade às investigações”.







Leia mais: http://extra.globo.com

“Não chame meninas de princesas”, diz campanha da Avon

Uma campanha da Avon tem gerado polêmica nas redes sociais por pedir aos pais que não chamem suas filhas de “princesas”, dizendo que o elo...