segunda-feira, 27 de julho de 2015

Alinhamento Profético - Parte 4 "O Sucesso está em Deus morar dentro de ...

HORA VEM JESUS - Primeiras imagens do terceiro templo em Jerusalém. Assista!



Segundo o calendário judaico, este domingo (26/07) foi o nono dia do mês de Av. Recebeu o nome de Tisha Beav. É a data escolhida como dia de luto, em lembrança dos eventos mais trágicos da história judaica. Acredita-se que foi nessa data a destruição pelos babilônicos do Templo de Salomão, no ano 586 a.C., e a destruição do Segundo Templo, pelos romanos, no ano 70.
Cedo pela manhã, 900 judeus subiram ao Monte do Templo, numa caminhada pacífica. Contudo, ocorreu uma reação violenta de palestinos. Os não islâmicos são oficialmente proibidos de rezar no local, que fica bem no centro de Jerusalém. Policiais precisaram intervir e houve muita confusão, resultando na prisão de alguns judeus.
Hora depois, como uma espécie de resposta à violência com que foram recebidos, o Instituto do Templo publicou um vídeo mostrando as primeiras imagens de como será o terceiro templo em Jerusalém.
Criado por computação gráfica, o material mostra que estão prontas as plantas da construção e como será o interior do local que Deus mandou Salomão construir.
O vídeo de três minutos anda pelo santuário principal, mostrando como todos os detalhes seguem a Halakhic (lei judaica), desde as dimensões até as peças usadas no serviço sacerdotal. Existe até o espaço para reuniões do Sinédrio, que já está em atividade.
Em questão de minutos as imagens foram anunciadas por diversos sites especializados em profecias como “um grande sinal”.
Na verdade, todas as peças necessárias já estão prontas, incluindo o menorá, o altar do incenso, mesa com os pães da proposição.
Todos eles já foram mostrados pelo Instituto, totalizando 70 outros objetos sagrados, entre eles o altar do sacrifício e o véu que separa o Santo dos Santos. Os levitas já estão treinados e prontos para o serviço.
Uma campanha na internet havia levantado recentemente mais de US$ 100.000 para os planos arquitetônicos. O Instituto trabalha também para criar pela primeira vez em dois mil anos uma Novilha Vermelha, essencial para a purificação dos sacerdotes. Também já apresentou um plano de financiamento que possibilitaria reconstruir o local em pouco tempo.
O rabino Chaim Richman, Diretor do Instituto, lembra que “um terço de todos os mandamentos da Torá dizem respeito à construção do serviço no Templo Sagrado. Hoje, não apenas lamentamos a destruição dos dois Templos Sagrados, mas também nossa incapacidade de cumprir um terço da Torá.”
Além do Instituto do Templo, o Movimento Fiel da Terra de Israel liderado por Gershon Salomon está pedindo que o governo de Israel se manifeste.
Richman afirma ser inadmissível que bandeiras do Hamas e do Estado Islâmico terem sido exibidas no local várias vezes. “O Monte do Templo não é somente um direito civil para o povo judeu. Trata-se de oferecer o direito que toda a humanidade possa fazer orações no lugar mais sagrado… O que estamos falando aqui é de uma revolução espiritual, na qual o templo tem um papel muito fundamental. Acho que este assunto está se tornando mais popular do que nunca.”  Com informações de United With Israel eIsrael National News

O Descanso de Deus (Hebreus 4:1-13)

Nós , em nosso dia a dia , somos advertidos a cuidar para que alguém entre nós tenha falhado em alcançar a promessa do descanso de Deus, pois ela continua em vigor, não tendo sido ainda totalmente cumprida. Ouvimos o Evangelho assim como os israelitas no deserto ouviram as boas novas sobre a terra prometida. Mas somente ouvir não trouxe proveito a eles, nem o trará a nós: é também preciso crer na Palavra de Deus.  Todos os que se declaram cristãos devem assegurar-se que não estão falhando em atingir o objetivo de ter fé. Se a sua profissão de fé não for genuína, correm o perigo de se afastar e aderir a algum sistema religioso ou profano que não o pode salvar.

O conceito central deste texto é o descanso de Deus, e se não for compreendido, a interpretação do presente capítulo torna-se um campo minado, carregado de explosivos teológicos escondidos em quase todos os versículos. As interpretações deste conceito têm sido quase tão variadas quanto as passagens de advertência, tanto que a interpretação destas últimas geralmente tem determinado a do próprio conceito. Antes de apresentar os vários pontos de vista, será útil coletar e resumir os fatos sobre o descanso de Deus que podem ser inferidos deste texto:
  1. O substantivo katapausis, "descanso", é empregado em sete versículos (3:11,18, 4:1,3, 5, 10, 11) e o verbo katapauo, “descansar”, em três (4:4,8,10). Uma terceira palavra a eles relacionada, sabbatismos, "celebração do sábado", é usada uma vez (4:9), sendo esta a sua única aparição no Novo Testamento (reconhecida pela primeira vez na literatura grega antiga). Estas três palavras são empregadas neste livro em relação a um único conceito: o do descanso de Deus.
  2. É o descanso de Deus, porque três vezes neste texto Deus o chama de "Meu descanso" (3:11, 4:3,5). Este é o descanso prototípico de Deus em que Ele tem permanecido desde que cessou o Seu trabalho da criação do mundo (Gênesis 2:2).  Esse descanso está disponível e é oferecido aos crentes.
  3. O descanso de Deus foi em parte dado aos israelitas quando entraram na terra prometida; no entanto, compreende muito mais (4:7,8).
  4. O descanso de Deus ainda continua disponível mediante a fé em Cristo, e é algo a ser gozado no presente e em antecipação do futuro (4:1-11).
  5. Essa disponibilidade termina para os que ouvem a pregação do Evangelho de Cristo, mas não creem (4:2), assim como foi negada à geração dos israelitas do Êxodo, por causa da sua incredulidade (Hebreus 3:19).  
Existem quatro interpretações principais para o que se entende por “entrada no descanso de Deus”:
  1. O gozo da terra. É o conceito de katapausis, "descanso", com base na promessa para a geração do Êxodo, representada pela sua entrada em Canaã, onde Israel iria gozar de repouso e segurança contra os seus inimigos (Deuteronômio 12:9,10). Esta interpretação corresponde apenas a uma parte do que se entende por “descanso de Deus”. Josué proporcionou uma parte, e este descanso não se esgotou com ele, mas estava ainda disponível nos tempos de Davi (4:7,8), e ainda está disponível agora, porque nunca foi totalmente cumprida. O propósito deste livro aos Hebreus é incentivar os crentes judeus a entrar na plenitude do descanso.  Embora já desfrutando da sua cidadania na terra, ainda não entraram no pleno descanso de Deus.
  2. O gozo do céu. A evidência fornecida para esta interpretação é que Hebreus indica que o gozo do descanso é ainda futuro (4:1,11).  Alguma evidência adicional é que existe uma associação entre os conceitos de descanso e a experiência do céu, conforme descrito em Apocalipse 14:13. Embora não se possa discordar com a observação quanto ao aspecto futuro de descanso em que se baseia este ponto de vista, esta visão é deficiente porque deixa de incluir o contexto do Antigo Testamento especificamente judaico da passagem.
  3. O gozo da vida espiritual, ou "descanso pela fé”. A base para este entendimento é que o descanso de Deus é algo de que nós que cremos atualmente já podemos desfrutar através da fé (eiserchometha é o presente indicativo médio e deve ser entendido como "estamos nos causando a entrar"). O convite do Senhor Jesus para entrarmos em Seu descanso pode ser uma idéia paralela (Mateus 11:28 a 30).  
  4. O gozo da era messiânica (o reino de Cristo). Este texto fornece várias provas desse gozo: 
    • Tal como na segunda interpretação acima, o "gozo do céu", nos dá a ideia de uma promessa que permanece, e certamente indica a antecipação de um gozo futuro (4:1,11).
    • O presente do indicativo médio de eiserchometha em (4:3) pode ser entendido como um presente futurista como encontramos em Mateus 17:11, João 14:3 e 1 Coríntios 16:5.
    • Embora a idéia de descanso não seja limitada ao usufruto da terra, também não deveria ser completamente desassociado dele. 
    • Como o Salmo 95 é frequentemente classificado com um “salmo de entronização”, cujo conteúdo se interpreta como profecia da era messiânica, segue-se que o descanso de Deus também deve ser entendido nesse sentido.
    • Há uma forte ligação na tradição judaica entre a era do reino messiânico e o conceito da celebração do Sábado (sabbatismos, 4:9). Uma oração de Shabat tradicional de longa data diz, "possa o Todo Misericordioso nos deixar herdar o dia que será inteiramente um sábado e o descanso da vida eterna." Com efeito, o próprio Velho Testamento associa a era messiânica com descanso (Salmo 132:12-14, Isaías 11:10, 14:3, 32:18). 
Cada uma destas quatro interpretações sâo viáveis. mas limitadas. Contudo, se as juntarmos, encontraremos a seguinte definição concisa do que vem a ser o “descanso de Deus”: para todo ser humano, o descanso prometido por Deus consiste em um estado de paz com Deus e com os homens, na terra e no céu. Corresponde à posição atual do crente em seu relacionamento com Deus e subsequente gozo pelo acesso contínuo à Sua presença e todos os benefícios associados, como recompensa, ajuda, bênção e proteção divina. 
Em suma, existem quatro estágios temporais do descanso de Deus:
  1. O aspecto eterno, protótipo, que é de Deus após a cessação dos Seus trabalhos criativos no sétimo dia de descanso (4:4,10). Ele continua a desfrutar o descanso, e serve como a fonte dos três outros aspectos disponíveis do descanso. 
  2. O aspecto histórico, que é o descanso associado com o gozo de Israel na terra da promessa (3:11,18,19, também Deuteronômio 3:20, 12:9, 25:19, Josué 11:23, 21:44, 22:4, 23:1).
  3. O aspecto contemporâneo, que é a atual relação de intimidade profunda e constante, e de bênção que está disponível para todos os crentes desfrutarem de um estilo de vida de fé e descanso espiritual. 
  4. O aspecto futuro, que é a era messiânica quando nós os crentes participaremos do reinado universal do Messias a partir da terra de Israel (Romanos 5:17, 2 Timóteo 2:12, Apocalipse 5:10, 20:6, 22:5).
Concluímos assim que resta um descanso para o povo de Deus. Este é o descanso eterno, que será gozado por todos os que fomos redimidos pelo precioso sangue de Cristo. É um "sábado" que nunca vai acabar.
Quem entra no descanso de Deus goza de uma cessação de trabalho, assim como Deus fez no sétimo dia depois da criação. Antes de sermos salvos, podemos ter tentado trabalhar para nossa salvação. Quando percebemos que Cristo terminou o trabalho no Calvário, abandonamos nossos próprios esforços inúteis e confiamos no Redentor ressuscitado.
Depois da salvação, assumimos a tarefa de nos dedicarmos ao serviço amoroso por Aquele que nos amou e se entregou por nós. Nossas boas obras são o fruto do Espírito Santo em nós. Muitas vezes nos gastamos em Seu serviço, embora nunca nos cansemos dele. No descanso eterno de Deus, deixaremos os nossos trabalhos aqui. Isso não significa que estaremos inativos no céu ou na terra por toda a eternidade. Vamos ainda adorar e servi-lo, mas não haverá nenhuma fadiga, angústia, perseguição ou aflição.
Embora o descanso de Deus ainda esteja disponível, é necessário diligenciar a fim de entrar nele. É preciso empenho para ter certeza de que nossa única esperança é de fato Cristo o Senhor. Devemos diligentemente resistir a qualquer tentação para meramente professar a fé nEle, e em seguida renunciá-lo no calor do sofrimento e perseguição.
Os israelitas adultos que saíram do Egito foram descuidados. Trataram as promessas de Deus com leviandade. Ansiavam pelo Egito, a terra da sua servidão. Não foram diligentes em apropriar-se das promessas de Deus pela fé. Como resultado, nunca chegaram a Canaã.
Devíamos ser alertados pelo seu exemplo, pois essa incredulidade nunca deixará de se revelar:
  1. É primeiro detectada pela palavra de Deus. A palavra de Deus é: 
    • Viva – sempre ativa.
    • Eficaz – produz o resultado pretendido.
    • Cortante – manifesta-se de maneira lancinante.
    • Penetra até a divisão de alma e espírito – para nós não é fácil distinguir entre essas partes imateriais do ser humano.
    • Penetra entre juntas e medulas – são as articulações, permitindo os movimentos para fora, e a medula, escondida, mas vital para os ossos.
    • Discernidora - discrimina e julga no que respeita os pensamentos e intenções do coração. É a palavra que nos julga, nós não a julgamos.
  2. A incredulidade é tornada patente também pelo Senhor vivo. Aqui o pronome muda do impessoal para o pessoal. E não há nenhuma criatura escondida da Sua vista. Nada escapa à Sua atenção. Ele é absolutamente onisciente, constantemente ciente de tudo o que está acontecendo no universo. Obviamente, o ponto importante no contexto é que Ele sabe onde não há fé real e onde há apenas um assentimento intelectual aos fatos.

Pesquisa mostra encolhimento do catolicismo no Brasil


O catolicismo ainda é a maior religião brasileira, seguida por seis em cada 10 pessoas no país, mas encolheu 26% nos últimos 25 anos, segundo uma pesquisa da agência Hello Search.

Segundo o levantamento, atualmente 57% dos brasileiros são católicos - em 1991, ano da visita do papa João Paulo 2º ao país, eram 83% na medição do Censo.

Em contrapartida, as religiões evangélicas ganharam muitos fieis. Em 2015, os pentecostais, corrente que reúne a Igreja Universal e a Assembleia de Deus, atingiram 16% de simpatizantes, enquanto os não pentecostais, como a Igreja Luterana e Calvinista têm 9%. Em comparação, no ano 1991 os dois grupos somados não passavam de 9%.

Entre entrevistados que declararam não ter religião o índice foi de 12%, com maior representatividade entre os jovens de 16 a 24 anos.

Os simpatizantes do Espiritismo, Umbanda e “Outras Religiões” possuem 2% cada. Já Candomblé e outras religiões afro-brasileiras têm apenas 1%.

A agência ouviu mil pessoas de 70 cidades de todas as regiões do país. A margem de erro é de três pontos percentuais e o índice de confiança é de 95%.


Fonte: band

Polêmica estátua de Satã é inaugurada nos EUA


O culto The Satanic Temple inaugurou em Detroit (Michigan, EUA), no último sábado (25/7), a polêmica estátua de bronze de Baphomet - figura meio homem, meio bode.

A estátua satanista seria inaugurada inicialmente em Oklahoma (EUA), em protesto contra uma escultura sobre os Dez Mandamentos no Capitólio estadual, mas a iniciativa foi vetada pela Justiça local.

Imagem redimensionadaDe acordo com a agência Reuters, a estátua, de 2,8 metros de altura, foi revelada aos seguidores da seita em um prédio industrial às margens do Rio Detroit. A inauguração seria em um restaurante, mas, assim que o proprietário soube que o evento reuniria satanistas, cancelou o evento.

"Salve, Satã!", gritaram as centenas de convidados, que pagaram até R$ 255 para participar do culto.

O Satanic Temple defende a separação entre Estado e religião.

Nos últimos dias, um grupo de cristãos liderados pelo pastor evangélico Dave Bullock fez vigília contra a seita satanista.

"A última coisa de que Detroit precisa é ter uma festa para o Diabo", disse Bullock.

Na bruxaria, Baphomet representa o deus Pan e no satanismo costuma representar o Diabo. Sua origem é pagã, mas acabou sendo adotada pelo satanismo.


Fonte: O Globo

Zé Ramalho nega boatos sobre sua conversão ao Evangelho


Na última semana surgiu um boato da conversão do cantor Zé Ramalho, 65 anos e que ele teria se comprometido a evangelizar os colegas de profissão.

De acordo com a publicação do site Rius, Zé Ramalho, 65 anos, artista da Música Popular Brasileira (MPB), autor da música “Admirável Gado Novo”, tema de abertura da novela "O Rei do Gado", da TV Globo, teria se reconciliado com Deus durante um evento da Igreja do Evangelho Quadrangular (IEQ), denominação da qual ele teria feito parte na infância e adolescência.

Os rumores diziam ainda que o artista teria se comprometido a evangelizar os colegas de profissão e celebridades da televisão.

O material divulgado pelo site trazia ainda aspas de um suposto pastor que teria convidado Zé Ramalho para o evento da Quadrangular em Sinop (MT). “É com muita alegria que apresento a todos, Zé Ramalho. Para quem não sabe, o Ramalho é fruto dessa igreja, foi criança e adolescente aqui dessa igreja e hoje atende um convite nosso para prestigiar nosso evento”, teria dito um pastor chamado Dilmo.

A suposta matéria acrescentava ainda que o artista teria sido acomodado em lugar de destaque no evento e que os fiéis reagiram admirados com a situação. Ao final, durante o apelo, Zé Ramalho teria se levantado e feito a oração de conversão.

Boato

No entanto, a equipe de assessoria do cantor usou sua página no Facebook para negar os boatos: “Boa noite a todos! Há um boato na Internet, falando sobre uma “suposta conversão” de Zé Ramalho. Gostaríamos de afirmar que é tudo mentira, por favor deletem a falsa notícia e não compartilhem. ?#?EquipeZéRamalho”, publicou.

Dentre os internautas que seguem o artista na rede social, a reação da maioria foi de indignação. Alguns evangélicos atribuíram o boato às músicas do cantor gospel Juan Diego, de voz parecida com a de Zé Ramalho. 


Fonte: Gospel +

Silvio Santos tem encontro com Edir Macedo no Templo de Salomão


Silvio Santos passou a manhã desta segunda-feira (27), visitando o Templo de Salomão onde se encontrou com o fundador e líder da Igreja Universal, bispo Edir Macedo.

Depois de exibir um musical com o pastor da Igreja Universal do Reino de Deus e senador do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, neste domingo, 26, Silvio foi além e decidiu ir na principal casa dos fieis da Universal, o Tempo de Salomão, considerado sede mundial da Igreja e localizado na cidade de São Paulo.

O encontro durou toda a manhã. Silvio Santos foi acompanhado de sua esposa, evangélica, Íris Abravanel. Ela também trabalha no SBT e é responsável pelo remake de 'Cúmplices de Um Resgate', novela infantil protagonizada por Larissa Manoela e que estreia mês que vem. A última vez em que Silvio Santos e Edir Macedo se encontraram foi há 17 anos. Na época, as condições eram outras. Carlos Massa, o Ratinho pediu desligamento da Record e foi para o SBT. O canal do dono do Baú teria que pagar uma multa astronômica, foi então que Silvio decidiu dar uma passadinha em uma das igrejas de Macedo, assistiu a todo o culto e depois foi ter uma palavrinha com o pastor e empresário.

Esse encontro de 1998 é considerado histórico. Silvio já disse a amigos que tem uma dívida com Macedo por conta da iniciativa. Macedo abateu a multa contratual de Ratinho. Recentemente, o dono do SBT pediu a Roberto Cabrini que fizesse uma edição especial com o sócio majoritário da TV Record. A conversa foi em tom de homenagem e exibida no 'Conexão Repórter'. Silvio, inclusive, libertou meia hora de sua atração para o programa jornalístico.

Também estavam no encontro a esposa de Edir Macedo, Esther, além da filha do casal e apresentadora de 'A Escola do Amor', Cristiane Cardoso. Aliás, foi a loira que postou o registro do encontro em seu Instagram.

O encontro será exibido em uma matéria especial para a Record, que deve ser transmitida neste domingo, 02, no 'Domingo Espetacular'. Adriana Araújo ficará responsável pelo conteúdo.

Fonte: Blasting News

Por que Thalles Roberto é uma benção para a igreja brasileira

Essa semana o mundo do entretenimento evangélico ficou estupefato com as declarações do cantor gospel Thalles Roberto, em uma de suas apresentações o cantor disse, dentre outras coisas, que estava “acima da média dos outros artistas cristãos” e que havia ficado “mais rico que todos eles”. Embora muitos tenham achado um absurdo essas afirmações ególatras vindas de um artista cristão, eu digo que elas servem e muito para abençoar a Igreja brasileira, explico:
Em primeiro lugar Thalles nos dá o diagnóstico de um cristianismo sem discipulado, não acredito que esse rapaz tenha sido orientado de maneira correta à luz das Escrituras Sagradas, para mim ele é apenas mais um que foi usado pela igreja como muitos que vindo da carreira secular (Thalles foi backing vocal da banda Jota Quest) se tornam um espetáculo grotesco para uma igreja sedenta por pão e circo.
Thalles pode ter desejado mudar, ser uma nova criatura, mas não foi informado realmente de como isso se dá. Basta comparar sua postura com a do Rodolfo Abrantes (Ex Raimundos), percebe-se claramente a diferença de compreensão do Evangelho ao examinar o discurso dos dois.
Na minha opinião, se Thalles erra, errou muito mais quem o ordenou pastor, nas Redes Sociais é possível ver um vídeo onde o rapaz não consegue sequer diferenciar uma fala do apóstolo Paulo com a do salmista. Ou seja, Thales mostra para a Igreja brasileira a necessidade de discipulado mais sério e profundo.
Em segundo lugar, Thalles de certa forma foi usado por Deus com essa sua atitude de menosprezo aos companheiros de estrada e altivez em relação ao próprio talento. Explico. A resposta de alguns desses artistas cristãos ao comentário de Thalles soou tão egocêntrico quanto ele.
O que nos mostra que o problema não é exclusivamente do Thalles, mas a forma que nós como Igreja temos tratado desses irmãos que muitas vezes são tão idolatrados que acabam se esquecendo do que, para quem, e por que, estão fazendo o que fazem. A atitude do Thalles é providencial, nos chama para puxarmos o freio de mão e conscientizarmos nossos irmãos de que a Igreja não deve atuar como o mundo, fabricando ídolos para melhor entretenimento dos bodes.
Como Deus é soberano, a atitude do Thalles pode abençoar a igreja brasileira, basta ter ouvidos para ouvir o que o Senhor está querendo nos dizer através da fraqueza espiritual desse irmão.
E no mais, resta-nos orar pelo rapaz, para que seus olhos e o de outros que pensam como ele, mas não têm coragem de se pronunciarem publicamente, sejam abertos. Tanto talento não pode ser assim soterrado debaixo de tanta soberba, que Jesus se compadeça dele e o humilhe, para que seus lábios um dia possam declarar apenas a glória do Senhor.

por João Eduardo Cruz / gospel prime

Falha geológica ameaça provocar grande terremoto e tsunami nos EUA

  • Os EUA pretendem ter um sistema de alerta de tsunamis parecido com o que está em testes no Japão atualmente
    Os EUA pretendem ter um sistema de alerta de tsunamis parecido com o que está em testes no Japão atualmente
A falha geológica de San Andreas, que corta de norte a sul o Estado americano da Califórnia, é uma das mais estudadas do planeta e também a mais temida dos Estados Unidos.

O que muitas pessoas não sabem é que, pouco mais ao norte, em frente à costa noroeste do país, existe outra falha geológica que, segundo os cientistas, em um futuro próximo, poderá provocar um terremoto maior do que o que teve origem na falha de San Andreas em 1906 e devastou a cidade de San Francisco.

É a falha submarina de Cascadia que, com mais de 1,1 mil quilômetros, vai desde a Província canadense da Columbia Britânica até o norte da Califórnia.

A Cascadia está na zona de subducção da placa de Juan de Fuca e a placa da América do Norte e, até o meio da década de 1980, os cientistas não tinham total consciência do perigo que ela representa. Esta falha submarina é capaz de provocar tremores de uma magnitude acima dos nove graus, acompanhados de tsunamis parecidos com que o que arrasou a costa norte do Japão em 2011.

O desconhecimento sobre o perigo que representa a falha de Cascadia foi demonstrado há poucos dias, depois da publicação de um artigo sobre ela na revista The New Yorker.
Neste artigo vários pesquisadores informavam que, nas próximas décadas, esperam que a ruptura da falha de Cascadia provoque nos Estados de Washington e Oregon o que poderá ser a maior catástrofe natural da história dos Estados Unidos.

O terremoto de 1700

O pouco que se sabe desta falha é que a última vez que deu origem a um grande terremoto foi no ano de 1700, quando a costa noroeste dos Estados Unidos era habitada por tribos indígenas. Este terremoto causou um tsunami que chegou à costa do Japão. 
Agora, graças aos estudos dos sedimentos costeiros, os cientistas conseguiram determinar que a falha de Cascadia já causou mais de 40 tremores de terra nos últimos dez mil anos, provocando terremotos superiores aos nove graus com um intervalo de cerca de 500 anos, apesar de também poder causar terremotos com intervalos de apenas 200 anos.
O último tremor causado por esta falha geológica ocorreu há mais de 300 anos e se calcula que tenha tido uma magnitude entre 8,7 e 9,2 graus.
E os especialistas alertam que o noroeste dos Estados Unidos não está preparado para uma catástrofe deste tipo.
Segundo os cálculos da Agência Federal para o Gerenciamento de Emergências dos Estados Unidos (FEMA, em sua sigla em inglês) se houver uma ruptura total da falha, o terremoto e o tsunami subsequente vão provocar a morte de mais de 13 mil pessoas, afetando gravemente cidades como Seattle, Olimpia, Portland e Salem.
Além das mortes, mais de um milhão de pessoas deverão abandonar suas casas e a infraestrutura básica será muito afetada, como pontes e estradas. O fornecimento de energia elétrica e de água será interrompido durante semanas ou até meses em algumas áreas.
Os cientistas afirmam que a maior parte da destruição será provocada pelo tsunami, que alcançará a costa em apenas 20 minutos, afetando uma área em que vivem mais de 70 mil pessoas. E nesta área não existem abrigos verticais para proteger a população das ondas que, segundo os especialistas, devem chegar a vários metros de altura.
Outro fator preocupante para os especialistas é que a maior parte dos edifícios da região, com uma população de cerca de 7 milhões de pessoas, não foram construídos aguentar um tremor como o que pode ser provocado pela falha Cascadia, e isto inclui muitos prédios onde estão hospitais, escolas, delegacias de polícia e os bombeiros.

Problemas de infraestrutura

"Me surpreende a atenção que recebeu o artigo do The New Yorker, já que a informação que traz não é nova. Sua autora fez um bom trabalho resumindo o que pode acontecer na costa noroeste do país, apesar de que o tom é um pouco alarmista", disse à BBC Mundo William Steele, porta-voz da Rede Sísmica do Noroeste do Pacífico, com sede em Seattle.
"A população sabe que vivemos em uma zona de terremotos, mas não acredito que estejam preparados para um tremor como o que pode ser provocado pela falha de Cascadia, do tipo de que não se tem memória recente."
Steele garante que "nas áreas costeiras suscetíveis a ser inundadas por um tsunami, é preciso construir mais áreas de evacuação verticais" para abrigar aqueles não tenham tempo de fugir.
Além disso, o especialista acredita que é preciso colocar mais verbas à disposição das comunidades locais para que elas se preparem, pois afirma que "não faz sentido que o dinheiro chegue depois que o terremoto e o tsunami já tenham acontecido".
"É preciso começar a pensar como combinar estes recursos estatais e federais para preparar as comunidades que serão atingidas."
"Outro tema que acho ser importante é que a infraestrutura essencial, como escolas e hospitais, seja construída fora das zonas inundáveis", disse Steele, lembrando que o Estado do Oregon aprovou a construção de instalações deste tipo em áreas que prevê que sejam atingidas por um tsunami.

Simulação e treinamento

Timothy Walsh, especialista do Serviço Geológico do Estado de Washington, afirma que o cálculo dos intervalos entre os terremotos causados pelas falhas geológicas não é uma ciência exata. Segundo ele, o terremoto de Cascadia "poderia ocorrer hoje mesmo ou dentro de vários séculos".
Em entrevista à BBC Mundo, Walsh explica que as tribos que vivem na costa de Washington têm entre suas tradições orais histórias sobre este tipo de eventos.
O especialista afirma que as autoridades locais estão cada vez mais conscientes do perigo que a região enfrenta. Por este motivo, em 2016, os governos da região vão organizar uma grande simulação de terremoto e tsunami que vai envolver os serviços de emergência de Washington, Oregon e da Columbia Britânica.
Além disso, Walsh afirmou que, quando a terra voltar a tremer no noroeste dos Estados Unidos, já estará em funcionamento um sistema de alerta parecido com o que existe no Japão há anos e que, hoje, ainda está em fase de testes.

http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/bbc/2015/07/27/falha-geologica-ameaca-provocar-grande-terremoto-e-tsunami-nos-eua.htm?cmpid=fb-uol

10 º FESTIVAL GOSPEL DE JAGUARIÚNA - 08 de agosto de 2015 - COM UM SUPER SHOW DE NÍVEA SOARES


imprensa_255x275mm

Vídeo do Pr. Wesley Ros é eleito como "A melhor resposta ao Thalles Roberto"


Quem é o Pr. Wesley Ros? Apesar de ser um dos principais produtores da musica gospel, ele se julga um "fraco abaixo da média" e solta o verbo contra o cantor Thalles Roberto. 
pr--esley-ros-thalles-roberto
O vídeo ganhou credibilidade entre todos os artistas conceituados, por ser escandalosamente esclarecedor, onde as verdades são ditas sem pudor e sem cortes "na lata".
Wesley Ros apresenta números de artistas do passado que tiveram vendagens superiores ao Thalles e NUNCA se posicionaram de forma soberba.
Logo no inicio, Wesley Ros chama o cantor de MENTIROSO ao citar o vídeo em que Thalles pede perdão, segundo Wesley, Thalles mentiu quando disse que estava se referindo a si mesmo e critica o cantor por ter dito que Deus mandou ele agir assim.
Outro ponto polêmico no vídeo, é o questionamento que o Pr Wesley faz, em relacionar versículos bíblicos em que Deus manda anunciar o evangelho, o que se contradiz com o Thalles que disse em alto e bom som que Deus o mandou parar de falar da cruz, Espirito Santo e Jesus, nesse momento, o Pr Wesley desabafa "quem pede isso é o diabo".
A polêmica aumenta ainda mais quando Wesley cita de forma superficial o simbolo sinistro que Thalles fez em uma foto para a capa de seu livro, deixando no ar uma duvida em todos que passaram a se perguntar "que simbolo é esse?"
É notório que a indignação de todos vieram a tona, porém foi no vídeo do Pr Wesley Ros que todos desabafaram por tabela, pois a coragem e a verdade no vídeo se juntou a uma série de citações bíblicas que automaticamente encurralaram o cantor Thalles Roberto.
Wesley Ros é autor de musicas conhecidas de cantores como Rose Nascimento, David Quinlan, Shirley Carvalhaes, Soraya Moraes e é produtor musical de grandes nomes.
Essa influência do produtor fez com que o vídeo chegasse de forma meteórica ao topo dos compartilhamentos e comentários.
Vale a pena conferir!

Com ataque à Globo, Domingo Espetacular debate a arte com apologia à pedofilia

Programa Domingo Espetacular, na Record TV O debate sobre as exposições de arte com apologia à pedofilia e outros temas no Brasil marc...