segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Veja o gabarito da prova do 1º dia da Unesp

Prova foi aplicada neste domingo (14).
A primeira fase do vestibular da Universidade Estadual Paulista (Unesp) foi aplicada neste domingo (14) em 30 cidades paulistas e ainda em Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande e Curitiba.
Para Edmilson Motta, coordenador geral do cursinho Etapa, o exame foi bem parecido com o que foi aplicado no meio do ano e não trouxe grandes surpresas. Motta disse que em geografia e história as questões tinham boa abrangência e complexidade média e baixa. "A prova de ciências estava básica e a de matemática e física mais clássicas."
Nicolau Marmo, coordenador geral do Anglo, criticou o fato de a prova estar dividida em três campos de conhecimento: linguagens e códigos, ciências da natureza e matemática e ciências humanas. "É artificial insistir nesta nomenclatura porque fica mal dividido. O exame tinha apenas sete questões de matemática, oito de biologia, e dez de inglês, dez de história." Segundo Marmo, apesar disso, a prova contemplou o programa do ensino médio e vai selecionar os candidatos mais bem preparados.
Professores de matemática, história, português, geografia, biologia e filosofia do cursinho Objetivo ouvidos pelo G1 elogiaram a prova e afirmaram que o exame seguiu a tendência dos últimos anos, cobrou intepretação e trouxe enunciados claros.
Problemas
Os professores de física, química e inglês do Objetivo, no entanto, apontaram falhas nas questões. Segundo o professor de física, Ricardo Helou Doca, o desenho do enunciado da pergunta 79 está incompatível com o texto apresentado. "Na número 80 também faltou a informação de que os três tubos sonoros vibram no mesmo harmônico. Porém, as falhas não comprometem a resolução."
Em química, o professor Sergio Teixeira Bignardi, do Objetivo, disse que o desenho da questão 71 está errado, o que permite que haja duas alternativas corretas: a 'B' e a 'C'.
Na disciplina de inglês, Wellington Pimentel, vê falhas na questão número 30. Segundo ele, o enunciado traz uma informação atualizada sobre o casamento entre homossexuais, mas as alternativas não estão condizentes com o texto. "Por causa do erro, podemos dizer que não há uma alternativa correta."
Edmilson Motta, do Etapa, também viu problemas na prova de inglês. O coordenador afirmou que a questão número 29, sobre formas verbais relativas ao passado, permite dupla interpretação. "Se o aluno não entende passado como 'simple past' não há alternativa correta, se ele entende como qualquer tempo no passado, temos duas opções: 'A' e 'C'."
Veja o gabarito oficial da prova

Confira a correção do cursinho Objetivo

Acompanhe a resolução da prova feita pelos professores dos cursinho Anglo e Etapa:
Anglo Etapa
Conhecimentos gerais Conhecimentos gerais
Questão 61 Questão 76 Questão 61 Questão 76
Questão 62 Questão 77 Questão 62 Questão 77
Questão 63 Questão 78 Questão 63 Questão 78
Questão 64 Questão 79 Questão 64 Questão 79
Questão 65 Questão 80 Questão 65 Questão 80
Questão 66 Questão 81 Questão 66 Questão 81
Questão 67 Questão 82 Questão 67 Questão 82
Questão 68 Questão 83 Questão 68 Questão 83
Questão 69 Questão 84 Questão 69 Questão 84
Questão 70 Questão 85 Questão 70 Questão 85
Questão 71 Questão 86 Questão 71 Questão 86
Questão 72 Questão 87 Questão 72 Questão 87
Questão 73 Questão 88 Questão 73 Questão 88
Questão 74 Questão 89 Questão 74 Questão 89
Questão 75 Questão 90 Questão 75 Questão 90

FRAUDE BILIONÁRIA - Parentes de Silvio Santos e Íris Abravanel serão demitidos do Grupo

A fraude bilionária que pôs abaixo o império construído por Silvio Santos nos últimos 50 anos vai provocar a demissão de ao menos 40 parentes do empresário e de sua mulher dentro do Grupo SS.
Silvio tomou a decisão de por fim ao "nepotismo" no Grupo SS na sexta-feira (12), em reunião com seus advogados. A equipe teria concluído que a colocação de parentes em altos cargos de direção e confiança foi o principal motivo para que a fraude ocorresse.
A única empresa do grupo que deve escapar do "corte de parentes" deve ser justamente o SBT.
Na emissora trabalham hoje, entre outros, em cargos de direção, um sobrinho de Silvio Santos, Guilherme Stoliar, e seu primo Leon Abravanel. Ambos têm sido ouvidos pelo empresário e acompanhado as investigações.
REVOLTA
Segundo a Ooops! apurou, a revolta maior com o escândalo de R$ 2,5 bilhões, que praticamente quebrou o PanAmericano, tem sido das filhas e da mulher de Silvio Santos, Íris. A mais ressentida é uma das filhas do empresário, Patrícia (sequestrada em agosto de 2001), que chegou a trabalhar diretamente com Rafael Palladino, até então presidente do banco.
Silvio se reunirá com diretores, gerentes e elenco do SBT a partir desta segunda-feira, com o objetivo de acalmar os funcionários, temerosos com os desdobramentos do escândalo.
ENTENDA O CASO
O Grupo Silvio Santos, o acionista principal do PanAmericano, anunciou que colocará R$ 2,5 bilhões no banco para cobrir um prejuízo causado por uma fraude contábil. Em seu comunicado oficial, a diretoria do banco menciona "inconsistências contábeis". O dinheiro virá de empréstimo do FGC (Fundo Garantidor de Créditos).
O BC descobriu que o PanAmericano vendeu carteiras de crédito para outras instituições financeiras, mas continuou contabilizando esses recursos como parte do seu patrimônio. O problema foi detectado há poucos meses e houve uma negociação para evitar a quebra da instituição, já que o rombo era bilionário.
A quebra só foi evitada após o Grupo Silvio Santos assumir integralmente a responsabilidade pelo problema e oferecer os seus bens para conseguir um empréstimo nesse valor junto ao FGC. Como o fundo é uma entidade privada, não houve utilização de recursos públicos. Além disso, a Caixa Econômica Federal, que também faz parte do bloco de controle, não terá de arcar com a perda.
A Polícia Federal informou que instaurou, nesta sexta-feira, inquérito policial para apurar a eventual prática de crimes contra o Sistema Financeiro Nacional. O Ministério Público Federal informou que também vai investigar as transações do banco.
INVESTIGAÇÕES
O Banco Central caiu em cima de pelo menos seis bancos pequenos para averiguar como eles contabilizam as carteiras vendidas a outras instituições, após descobrir fraude no PanAmericano.
O objetivo é detectar uma eventual disseminação de prática contábil fraudulenta nesses bancos na hora de registrar carteiras cedidas.
O "pente fino" se iniciou no último dia 29, antes do feriado de Finados, quando o BC se preparava para falar sobre o assunto.
A fiscalização do BC enviou comunicado a instituições que também adquiriram carteiras de crédito, pedindo explicações detalhadas sobre as operações. O pedido exigiu trabalho dobrado das áreas técnicas para enviar as informações com urgência.

Lula culpa hipocrisia religiosa por abusos sexuais de menores

Ao participar do 3° Congresso Mundial de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, Lula critica “hipocrisia religiosa” em relação a temas ligados à educação sexual de crianças

por Julio Severo
De acordo com o noticiário eletrônico G1, da Globo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva apontou a hipocrisia religiosa como uma das principais responsáveis pelos casos de abuso sexual infanto-juvenil.
Hum. Pastores e padres pregam que valorizam a família, mas têm a cara de pau de distribuir cartilhas pornográficas e livros didáticos pró-homossexualismo às crianças das igrejas. Eles dizem ter preocupação com o bem-estar das crianças, mas têm o descaramento de usar modelos de pênis de borracha para ensinar meninos e meninas das igrejas a usar camisinha. Sem mencionar que, dizendo-se totalmente contrários ao abuso sexual infantil, eles mandam instalar dentro das igrejas máquinas de camisinhas a fim de facilitar o acesso às crianças! Isso é ou não é hipocrisia?
Como é que o governo vai conseguir combater a exploração sexual das crianças quando padres e pastores incentivam meninos e meninas ao sexo?
Ops! Errei! Quem está fazendo isso não são os pastores e padres, mas sim os professores de escolas públicas. Talvez, assim como eu, Lula também tenha se enganado, confundindo igreja com escola pública.
Os pastores e padres não estão distribuindo camisinhas nem cartilhas pornográficas, pois não existe ordem de Deus para isso. Mas quando professores distribuem camisinhas e cartilhas pornográficas para crianças nas escolas, é porque existe uma ordem. Essa ordem vem do governo Lula. E essa ordem, que incentiva crianças ao sexo, contribui para a exploração sexual infantil. Nesse caso específico, essa exploração é perpetrada pelo próprio Estado.
A declaração de Lula atribuindo o abuso sexual infantil à “hipocrisia religiosa” ocorreu no dia 25 de novembro no 3° Congresso Mundial de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, realizado no Rio de Janeiro.
No mesmo evento, onde participam delegações de vários países, a representante alemã Ekin Deligöz, do Partido Verde, declarou: “Tanto meninos quanto meninas são vítimas de abusos, embora em intensidades diferentes. Acredita-se que os meninos sejam três vezes mais vítimas de abusos que as meninas. Os delitos são praticados na grande maioria das vezes por homens”.
Assim como Lula, Deligöz é esquerdista. Se ela estiver correta em seus cálculos de um número maior de meninos abusados, então esse enorme problema é evidência do crescimento de estupros homossexuais, pois meninos são abusados exclusivamente por homens homossexuais.
Se o homossexualismo está provocando tantos abusos contra meninos, então por que Lula, em vez de jogar a culpa na “hipocrisia religiosa”, não assume a responsabilidade de seu governo que estimula a homossexualidade entre as crianças com a distribuição de livros didáticos pró-homossexualismo nas escolas e com a estranha tolerância com programas de TV igualmente favoráveis ao homossexualismo?
O Ministro Paulo Vannuchi, da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República e responsável direto pela implantação no Brasil do programa federal Brasil Sem Homofobia, esteve presente no 3° Congresso Mundial de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Apesar de que Vannuchi ouviu a esquerdista Ekin Deligöz dizer que um número grande de meninos é violentado por homens, o programa Brasil Sem Homofobia prossegue doutrinando crianças nas escolas no próprio comportamento homossexual que tem vitimado tantos meninos.
Portanto, Lula tem fundamento e razão para afirmar que o abuso sexual de crianças está ligado à “hipocrisia religiosa”? Ele não estaria mais correto se afirmasse que esse abuso está ligado à hipocrisia estatal? No entanto, ele não tem receio de fazer acusações falsas, com a maior cara de pau. E nenhum cristão tem coragem de confrontar a genuína hipocrisia dele, cujo governo incentiva o sexo entre crianças e promove o homossexualismo, e depois joga toda a culpa das conseqüências nos valores cristãos ou nas próprias famílias.
Dois alvos preferidos dos esquerdistas são a família e o Cristianismo. Um Estado socialista faz de tudo para enfraquecer e incriminar as famílias e os valores cristãos. O Estado quer assim assumir controle total sobre tudo e sobre todos.
Se não fosse pela oposição necessária de homens e mulheres guiados por valores cristãos, o governo sob possessão socialista traria não só camisinhas e cartilhas pornográficas às crianças de escolas públicas, mas efetivamente transformaria as escolas em motéis. Se a atual educação sexual do governo nas escolas não é abuso psicológico e sexual, então o que é? Onde está a hipocrisia, afinal?
Contudo, talvez Lula tenha razão. Existe muita hipocrisia religiosa no Brasil. Os cristãos dizem amar a Deus e sua Palavra, mas por amor a alianças políticas vendem a alma ao diabo, apoiando políticos esquerdistas que acabam não só contrariando os valores cristãos, mas até jogando sobre os cristãos a culpa pelas conseqüências imorais geradas pelo próprio liberalismo e esquerdismo.

Sarah Palin avisa que sistema de saúde de Obama é o maior avanço da indústria do aborto nos EUA

Peter J. Smith
DALLAS, Texas, EUA, 12 de novembro de 2010 (Notícias Pró-Família) — Sarah Palin, ex-governadora do Alaska, disse para uma enorme multidão de ativistas pró-vida num evento para levantar fundos em Dallas que a nova lei de saúde pública [de Obama] aprovada pelo Congresso em março levará a uma expansão sem precedentes do aborto.
“O maior avanço da indústria do aborto nos EUA foi a aprovação do Obamacare [sistema de saúde pública do governo de Obama]”, Palin disse no Teatro Majestic para uma multidão de 800 pessoas.
“É ainda pior do que havíamos imaginado. As consequências dessa legislação são horrendas”.
Palin estava falando num evento de levantamento de fundos para Heroic Media (Mídia Heroica), uma organização que está buscando reduzir os índices de aborto de Dallas ao conectar as mulheres em crises com mensagens e recursos pró-vida de esperança mediante os meios de comunicação.
O jornal Dallas Observer diz, em sua reportagem, que tem a intenção de lançar uma campanha de 632 mil dólares nos meios de comunicação na área na primavera de 2011.
Heroic Media afirma que em mercados anteriores onde haviam lançado suas campanhas de anúncios pró-vida o índice de aborto havia caído até 24 por cento.
Palin, ícone politico do Partido Republicano admirada por muitos conservadores do Tea Party, disse que a ordem executiva do presidente Obama foi insuficiente para deter a expansão da lei da indústria do aborto. Ela citou os mandatos de aborto descobertos pelo Comitê Nacional do Direito à Vida em alguns planos estaduais para o fundo comum de seguro de alto risco como exemplo.
Palin também incentivou o novo Congresso a revogar ou parar o financiamento da lei de reforma do sistema nacional de saúde, a Lei de Assistência a Preço Acessível, que ela chamou de “a mãe de todos os mandatos não financiados”*.
A ex-governadora também disse para a audiência acerca de suas próprias convicções pró-vida pessoais, e se descreveu como “pró-vida sem a necessidade de pedir desculpas por isso”. Ela também disse que as experiências de dar a luz um bebê com a síndrome de Down e de ter uma filha solteira de 17 anos grávida realmente reforçaram essas convicções.
* Nota do tradutor: No direito e políticas dos Estados Unidos, “mandatos não financiados” (cujo original é “unfunded mandates”) são regulamentos e condições para receber verbas que impõem custos nos governos estaduais e locais ou entidades privadas, onde os custos não são reembolsados pelo governo federal.
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
divulgação . www.gritosdealerta.blogspot.com 
pastor Roberto Torrecilhas

Sua família poderá ser denunciada no Disque 100 por “violação” de direitos humanos

“Até o final do ano a Secretaria de Direitos Humanos ampliará o serviço de denúncias por telefone Disque 100 (…) o serviço atenderá denúncias sobre violações contra idosos, pessoas com deficiência, homossexuais e outras minorias . (leia a notícia inteira neste artigo)
Atenção: Como se explica que estejam colocando homossexuais no mesmo patamar dos idosos e pessoas com deficiência? Que absurdo! Ademais, o que o governo define por “violações”? Será que uma mãe cristã que se negar a contratar uma babá lésbica será penalizada por “violação”? E um orfanato que por princípios morais se recusar a dar filhos para adoção de homossexuais: Será penalizado por “violação”? E o padre que no sermão ler a Bíblia, que várias vezes condena o pecado de homossexualismo: será penalizado por “violação”?
Leia e envie a notícia abaixo para todos seus contatos. Seus amigos poderão ser lesados em breve pelo PNDH-3. Use o sistema de compartilhamento no fim deste post. Ainda há tempo de nos mobilizarmos. Se a parte sadia da população reagir, eles não conseguirão impor o iníquo Programa.ç
Veja com cuidado as partes que destacamos em negrito:
04/11/2010
Estados e municípios terão programas de direitos humanos baseados no PNDH 3
Gilberto Costa
Repórter da Agência Brasil
Brasília – O governo federal quer estimular os estados e municípios a criarem seus planos de direitos humanos inspirados nas diretrizes, objetivos estratégicos e ações da terceira edição do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH 3).
O comitê de acompanhamento e monitoramento do programa, formado por cerca de 20 ministérios e secretarias, coordenado pela Secretaria de Direitos Humanos (SDH), discutiu os termos de adesão que os estados e municípios poderão assinar. Atualmente, apenas o estado da Bahia e o município de Olinda (PE) têm um programa para a área. Os estados de Pernambuco e do Rio de Janeiro estão elaborando os seus planos.
A adesão não implica em transferência de recursos e nem tem prazo de vigência, mas a adoção das diretrizes do PNDH 3 pelos estados e municípios é vista como estratégica. “Avançar é construir essas institucionalidades”, pondera Lena Peres, secretária de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos da SDH.
Além de “transversalizar” o PNDH 3 entre estados e municípios, como diz a secretária, o comitê interministerial está cuidando do plano de ação em direitos humanos do governo federal para os próximos dois anos. A ideia é que no dia 10 de dezembro, Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos, sejam escolhidas as prioridades do programa.
O PNDH 3 tem 519 ações programáticas. A Secretaria de Direitos Humanos, o Ministério da Justiça, o Ministério da Educação, o Ministério da Saúde são as pastas com mais ações. A SDH e o Ministério da Justiça têm comissões internas para escolher as ações e detalhar a implementação em sistema de monitoramento fornecido pelo Ministério da Educação. Na próxima segunda-feira (8), o Ministério da Saúde instala a sua comissão.
A escolha das ações prioritárias do PNDH 3 para os próximos anos terá reflexo na proposta orçamentária em discussão no Congresso Nacional e será encaminhada ao novo governo, que poderá ou não implementá-la. “O plano é vivo. Os novos ministros poderão rever e ampliar”, disse a secretária que calcula que 80% das escolhas já estão em encaminhamento.
As propostas também deverão ser levadas à equipe de transição. Desde agosto, a SDH prepara os documentos para a troca de governo. Segundo Rogério Sottili, secretário executivo da pasta, um balanço das ações já foi feito e a secretaria fornecerá as informações para os primeiros 90 dias do próximo governo.
O secretário adiantou à Agência Brasil que até o final do ano a SDH ampliará o serviço de denúncias por telefone Disque 100, que hoje atende às denúncias de violação de direitos de crianças e adolescentes. A partir de dezembro, o serviço atenderá denúncias sobre violações contra idosos, pessoas com deficiência, homossexuais e outras minorias.
Ficará para o próximo governo a conclusão do Atlas dos Direitos Humanos, com os indicadores sociais da área, e o pagamento de indenizações aos filhos de portadores de hanseníase que foram separados dos pais por causa de medidas sanitárias, conforme promessa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Além desses projetos e das ações do PNDH 3, também estará na agenda do próximo governo a aprovação no Congresso da lei que cria a Comissão Nacional da Verdade; a lei que estabelece a substituição do Conselho Nacional de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH) pelo Conselho Nacional de Direitos Humanos; e a Proposta de Emenda Constitucional 438, que trata da expropriação de propriedades rurais ou urbanas onde seja constatada a prática de trabalho escravo.
Agência Brasil
Ou seja, estão querendo impor o PNDH-3 a toque de caixa!
Vamos reagir já! O Instituto Plinio Corrêa de Oliveira lhe convida a enviar seu Cartão Amarelo contra o PNDH-3, clicando aqui. Se você já assinou, mande para os novos parlamentares, clicando aqui.
Já passamos do número inicialmente desejado – 1 milhão – e estamos chegando a 1.500.000!
Divulgação:  www.gritosdealerta.blogspot.com
contamos com um banco de dados  com  mais de 200 milhões de emails.

Fim do Mundo: 21 de Maio de 2011

Em julho de 2009, um panfleto sobre o fim do mundo foi distribuído pela pelas ruas de São Paulo informando que o arrebatamento aconteceria no dia 21 de maio de 2011 e o fim do mundo em outubro de 2011
O texto foi assinado pela Family Rádio do Brasil, cuja sede fica localizada em Belo Horizonte.
Utilizando referencias bíblicas de Daniel 12, a Family Rádio informava que em 2011 completará 7 mil anos depois do dilúvio e portanto Jesus estaria preparando sua volta. O texto ainda argumenta referências em Gênesis 7:11 e Mateus 24.

Advogado Ércio Quaresma é viciado em Crack

O advogado Ércio Quaresma Firpe, 46 anos, afirma que seu vício começou com o uso da maconha, depois passando pela cocaína e mergulhando em 2003 no submundo do crack.
Alguns dias, um suposto vídeo, em que ele apareceria consumindo crack numa boca de fumo de Belo Horizonte, e se tornou artigo de leilão entre emissoras de TV, porém, as imagens não foram ao ar.
No entanto, advogado já tem a resposta na ponta da língua, “Se fumo, cheiro ou ... , o problema é meu”, diz ele.
“Sou dependente de crack há sete anos. Estou me tratando com o maior psiquiatra do País em dependência química, e tive algumas recaídas. Mas nunca entrei num plenário doidão”, desabafa.
Foi numa dessas recaídas que o teriam filmado fumando a pedra, dia 29 de outubro: “Sei disso, fizeram lá na (favela) Ventosa. Tô ligado! Mas quantas e quantas vezes fiquei doidão, jogado pelos cantos das cracolândias?! Em Brasília eu apaguei, me roubaram anel, relógio, tudo”.
Ércio tem certa rejeição em alguns tribunais de Minas Gerais. Uma de suas três anotações na ficha criminal, por desacato, é justamente por ter entrado em confronto com um juiz, este ano, numa audiência de outro processo. As demais  são por posse de crack, em 2009, e por ameaças de morte a uma testemunha.
A notoriedade do polêmico advogado, no entanto, veio antes disso, no julgamento dos PMs acusados do massacre de 19 sem-terra em Eldorado dos Carajás, também no Pará, em 1996. “Absolvi seis com 19 corpos no chão”, rebate.
Ex-policial civil, entre 1986 e 89, Quaresma diz ter sangue de polícia. Chegou a defender alguns de graça. Tanto conhecimento lhe valeu uma investida política, em 1994, quando se candidatou ao governo mineiro, pelo antigo PSD, onde obteve apenas 101.310 votos .
Com informações do Jornal O Diasite do TSE

“Tempo de Voltar” é o segundo CD de Arianne pela MK Music

Tempo de Voltar é o segundo CD de Arianne pela MK Music 250x230 Tempo de Voltar é o segundo CD de Arianne pela MK MusicSucesso com o CD de estreia Por Me Amar, Arianne reafirma seu chamado e mostra que veio para ficar. Sob grande expectativa, chega ao mercado o segundo CD da cantora pela MK Music: Tempo de Voltar. Produzido por Emerson Pinheiro, o álbum revela a essência musical de Arianne, que tem uma voz intensa, encorpada, que funciona muito bem para o pop e, principalmente, segurança, atitude e bom gosto.
Afinal, o primeiro ano após o início de uma carreira é como uma experiência, no caso, bem sucedida, graças a Deus. “Os temas fortes, as letras profundas permanecem, mas ele está sonoramente mais pra cima. Com músicas para cantar na igreja, com a juventude, e um pouco mais rock do que o anterior”, compartilha Arianne, essa mineira de Juiz de Fora, filha de um pastor Batista e sobrinha de um músico conceituado: o seu produtor.
Com essa árvore genealógica, talento não falta, não só para cantar e compor – “Peso da Tua Glória”, “Recome çar” (em parceria com Evandro Bertho) e as versões “Tem a Tua Cor” e “Mais que um Conceito”, ambas originalmente escritas pelo mexicano Jesus Adrián Romero (Vástago) – mas também para ministrar a Palavra com autoridade de quem cresceu aprendendo o evangelho e aplicando os preceitos Cristãos em sua vida.
A faixa título está sendo trabalhada nas rádios. A letra fala de mais uma chance, da misericórdia de Deus ante a dependência e insuficiência humana. “É tempo de voltar, reavivar a fé, o engano abandonar, e reconstruir a ponte que rompeu, com escolhas que se fez, o Deus que te chamou, te restaura outra vez”, diz o trecho de “Tempo de Voltar”.
O álbum como um toda agrada, e muito. É gostoso de ouvir. Basta um contato com as músicas para ficar cantarolando em seguida e sentir aquela vontade de ouvir mais vezes, seja no carro, em algum player, computador … Enfim: “O CD está lindo. O Emerson Pinheiro se superou neste trabalho”, declara a cantora, que não elogiou sua performance, claro, o que a gente pode fazer sem titubear. Realmente o desempenho da cantora é de arrepiar o corpo e a alma.
Fonte: Assessoria de Imprensa MK Music

Fé Curitiba movimenta o feriado na capital paranaense

Fé Curitiba movimenta o feriado na capital paranaense 250x198 Fé Curitiba movimenta o feriado na capital paranaenseConsolidado não só como um evento cristão, mas também como um megashow, com bandas gospel locais e nacionais, que tem os mais variados estilos musicais e pregam a evangelização, a repressão às drogas e à violência, o Movimento Fé Curitiba vai agitar a cidade com uma programação repleta de atrações.
A edição deste ano será realizada na próxima segunda-feira (15/11), no Curitiba Master Hall, e será marcada pelo lançamento do CD “A Conquista” de PG e banda e do DVD do grupo Oficina G3 “Depois da Guerra”. Além disso, a abertura dos shows será com grupos musicais locais, que tem a oportunidade de divulgar o seu trabalho em um espaço conceituado de shows e para um grande público.

Pastor iraniano é condenado à morte por "crime de pensamento"

Pastor iraniano é condenado à morte por "crime de pensamento"

ASSIST - News Service

Líderes cristãos presos no Irã
IRÃ (2º) - Um pastor evangélico foi condenado à morte no Irã pelo que é classificado como um “crime de pensamento”. Há outros cristãos de sua igreja presos e a esposa deste pastor têm recebido ameaças de prisão perpétua. O casal tem dois filhos jovens.

De acordo com alguns blogs que acompanham o caso, o pastor Youcef Nadarkhani, líder de uma das maiores igrejas protestantes do Irã, foi condenado à morte por apostasia no dia 2 de outubro por uma corte da província de Gilan. Esta informação foi dada pelo advogado do pastor, Nasser Sarbaz, que a transmitiu a seu cliente no cárcere.

Depois do veredicto o pastor foi transferido do presídio de Lakan para um centro de detenção administrado pela polícia política da República Islâmica do Irã. Ele havia sido detido inicialmente em outubro de 2009 por protestar contra uma decisão governamental que tentava impor o ensino do Alcorão ao seu filho.

O Irã é signatário, pelo menos oficialmente, da Declaração dos Direitos Humanos da ONU, a Constituição iraniana reconhece o direito de liberdade religiosa, e de acordo com o Presidente Mahmoud Ahmadinejad não há lei contra crimes de pensamento no Irã.

Petição ao governo iraniano

Há disponível uma petição ao governo iraniano em inglês, alemão e francês pela libertação dos prisioneiros, está disponível (saiba mais).

A petição solicita que o presidente iraniano liberte imediatamente e suspenda as acusações contra os prisioneiros cristãos, pastor Youcef Nadarkhani, Fatemeh Pasandideh, Fatemah Kojouri Tork (esposa do pastor Behrouz), Mehdi e Mina Kerbalavi e sua mãe Nahid Brother Afshin, irmã Mahsa, irmão Mid, irmã Nasrin, pastor Behnam Irani e pastor Behzouz Sadegh.

Os cristãos interessados em prestar solidariedade devem procurar o governo alemão e as agências de Direitos Humanos para transmitir sua inquietação com o problema. Três dos prisioneiros mencionados se encontram em situação crítica.

Segundo o site Worthy News o pastor Youcef está prestes a ser executado. Dois juízes o consideram “passível de uma pena capital”, como parte da escalada contra a Igreja protestante naquela nação muçulmana, que ocupa o segundo lugar no ranking da perseguição.

Cristãos iranianos informaram que o pastor Youcef Nadarkhani havia sido preso em definitivo em junho último, junto com sua esposa Fatemeh Pasandideh, na cidade de Rasht, noroeste do Irã, por causa de suas atividades cristãs.

Um antigo pastor do movimento de igrejas do Irã, que inclui igrejas domésticas por todo o país, contou à Worthy News que os juízes “já haviam emitido” um mandato islâmico que permitia a sentença de morte para Nadarkhani como resultado das investigações. Este pastor costuma se pronunciar em condição de anonimato.

 A notícia da execução interrompeu a alegria pela libertação de dois cristãos da Igreja do Irã, um homem e uma mulher, e da libertação por fiança, que tem sido aguardada, de mais dois membros que o movimento identificou como “irmãos Mehdi e Afshin”.

Pedidos de oração:


•    Ore pelo pastor Youcef Nadarkhani, por Fatemeh Kojouri Tork, por Behrouz Sadegh Khanjani, e pelo pastor Behnam, todos da Igreja do Irã, que estão no cárcere por causa de sua fé no Senhor Jesus Cristo. Peça a Deus para fortalecê-los física, emocional e espiritualmente, para que continuem sendo uma luz na escuridão.

•    Agradeça a Deus porque apesar das terríveis circunstâncias vividas pelos nossos irmãos e da repressão que enfrentam do governo, a Igreja no Irã têm crescido.

•    Ore pelo movimento das igrejas domésticas, pois é o responsável por grande parte do crescimento da Igreja. Peça a Deus para proteger, dar sabedoria e entendimento a seus líderes.

Parabens Marina , Deus continue te abençoando .




A cantora e diretora artística da MK Music, Marina de Oliveira, que ganhou o Grammy Latino 2010 como Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa na  quinta-feira (11), chegou ao Brasil no último sábado (13). Famíliares e amigos preparam uma surpresa para receber a cantora no aeroporto do Galeão, com direito a cartazes, flores, camisetas personalizadas, 'gritos de guerra' e muita alegria. Marina, claro, amou a manifestação de carinho. E também entrou ao vivo na 93 FM, sendo entrevistada por Lilian, de Os Arrebatados, falou ao programa Conexão Gospel e tirou fotos com todos, com direito a medalha e tudo. 

Projetos em Brasília podem prejudicar igrejas evangélicas


Diversos projetos que tramitam tanto na Câmara dos Deputados como no Senado Federal e em conjunto no Congresso Nacional poderão trazer graves consequências ao povo evangélico. Estudo publicado pelo Tempo da Graça de Deus, aponta o que pode acontecer ainda nesta legislatura ou na próxima.
Por isso, um conselho do editor deste site: pense muito bem em quem irá votar nas próximas eleições. Procure saber quem é realmente e o que pensa os seus candidatos.
Fica proibido fazer:
- Cultos ou evangelismo na rua (Reforma Constitucional)
- Programas evangélicos na televisão por mais de uma hora por dia.
- Programa de rádio ou televisão, quem não possuir faculdade de ‘jornalismo’.
- Pregar sobre dízimos e ofertas, havendo reclamações, obreiros serão presos.
Quanto aos cultos:
- Cultos somente com portas fechadas (Reforma Constitucional)
- As igrejas serão obrigadas a pagarem impostos sobre dízimos, ofertas e contribuições.
- Será considerado crime pregar sobre espiritismo, feitiçaria e idolatria, e também veicular mensagem no rádio, televisão, jornais e internet, sobre essas práticas contrárias a Palavra de Deus.
- Pastores que forem presos por pregar sobre práticas condenadas pela Bíblia Sagrada (homossexualismo, idolatria e espiritismo), não terão direito a se defender por meio de ação judicial.
Se estabeleça:
- O dia do “Orgulho Gay” e que seja oficializado em todas as cidades brasileiras e comemorado nas Instituições de Ensino Fundamental (primeira a 8.a série), público e particular.
- Que as Igrejas que se negarem a realização das solenidades dos casamentos de homem com homem e de mulher com mulher, estarão fazendo “discriminação”, seja multadas e seus pastores processados criminalmente por descriminação e desobediência civil.
Projeto nº 4.720/03 – Altera a legislação constitucional e Projeto nº 3.331/04 – Altera o artigo 12 da Lei nº 9.250/95, que trata da legislação do imposto de renda das ‘pessoas físicas’
Se convertidos em Lei, os dois projetos obrigariam as igrejas a recolherem impostos sobre dízimos, ofertas e contribuições.
1. Projeto nº 299/99 – Altera o código brasileiro de telecomunicações (Lei 4.117/62).
Se aprovado, reduziria programas evangélicos no rádio e televisão a apenas uma hora.
2. Projeto nº 6.398/05 – Regulamenta a profissão de Jornalista
Contém artigos que estabelecem que só poderão fazer programas de rádio e televisão, pessoas com formação em JORNALISMO, Significa que pastores sem a formação em jornalismo não poderão fazer programas através desses meios.
3. Projeto nº 1.154/03 – Proíbe veiculação de programas em que o teor seja considerado preconceito religioso.
Se aprovado, será considerado crime pregar sobre idolatria, feitiçaria e rituais satânicos. Será proibido que mensagens sobre essas práticas sejam veiculadas no rádio, televisão, jornais e internet. A verdade sobre esses atos contrários a Palavra de Deus, não poderá mais ser mostrada.
4. Projeto nº 952/03 – Estabelece que é crime atos religiosos que possam ser considerados abusivos a boa-fé das pessoas.
Convertido em Lei, pelo número de reclamações, pastores serão considerados ‘criminosos’ por pregarem sobre dízimos e ofertas.
5. Projeto nº 4.270/04[/b] – Determina que comentários feitos contra ações praticadas por grupos religiosos possam ser passíveis de ação civil.
Se convertido em Lei, as Igrejas Evangélicas ficariam proibidas de pregar sobre práticas condenadas pela Bíblia Sagrada, como espiritismo, feitiçaria, idolatria e outras. Se o fizerem, não terão direito a se defender por meio de ação judicial.
6. Projeto de nº 216/04[/b] – Torna inelegível a função religiosa com a governamental.
Significa que todo pastor ou líder religioso lançado a candidaturas para qualquer cargo político, não poderá de forma alguma exercer trabalhos na igreja.
postado por Pastor Roberto Torrecilhas

EmO Evangelicos? “EMOrragia”: Entenda a mania que quer dominar os jovens cristãos


emo-cristaoCom certeza você já ouviu falar sobre os emos. Deve conhecer algum ou até pode ser um, quem sabe.
Não há definição para emo, mas pode-se descobrir um por suas características.
Eis algumas delas:
Um emo reclama do sistema, apesar de não fazer nada para a melhora dele;
Um emo se mostra triste para todo mundo visando receber a atenção de todos;
Um emo gosta de usar All-Star (nada contra os usuários), pintam o cabelo com cores estranhas, alisam a mecha frontal do cabelo, transformando-a numa franja horrível (principal característica, por sinal), fortes maquiagens e roupas pretas, muitas roupas pretas.
Um emo faz confusão com transeuntes, destroem patrimônios públicos (geralmente são emos punks), sempre vão às festas a caráter emo (estilo gótico de ser), revolta-se com o que não gosta e começa a chorar…
Um emo curte rocks britânicos, anos 70 ou 80, amam heavy metal, são exageradamente emotivos, andam em grupos…
Na internet, um emo sempre coloca seus defeitos escritos nos nicks e logins, põem fotos bizarras, agem feito nerds (mesmo que não sejam)…
Enfim, essas são as características principais retiradas de alguns sites. Claro que tem outras que, pra não ser prolixo e cansativo, eu não colocarei aqui.
Não tenho nenhum preconceito contra os emos (assim como não tenho contra os homossexuais, punks, neonazistas…).
Além do mais, tudo isso é costume mundano de uma geração perversa, sem amor a Deus, infame e cega.
O problema está quando essa mania começa a invadir as mentes adolescentes cristãs. Em uma dessas minhas viagens ao interior de Pernambuco eu tenho sido testemunha ocular de alguns jovens na própria Casa de Deus que aderiram a esse estilo, que infesta como uma praga entre alguns incautos e ingênuos meninos.
Tais costumes citados acima tem sido comuns a esse grupo de jovens que tem se desviado do foco central do cristianismo, Deus, e dado atenção a essas fantasias. Adolescentes estão agindo como gentios, entregues à dissolução, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles. Paulo já nos alertava quanto a isso (Ef 4.17-19).
A Bíblia ensina que não devemos nos conformar com este mundo (1 Co 12.2), nem amar o que nele está, pois isso não provém do Pai (1 Jo 2.15,16), uma vez que ele, o mundo, está no maligno (1 Jo 5.19).
“Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (1 Co 3.16)
“Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus” (Gl 3.26)
Que o Senhor faça com esses “emos-cristãos” voltem ao primeiro amor, às veredas antigas (Jr 6.16), que esqueçam essas paixões infames e entreguem sua vida, conservando o corpo, a alma e o espírito incompreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus (1 Ts 5.23)
Cristão-emo? Aqui não!
Deus vos abençoe
A-BD®

Testemunhas de Jeová marcam nova data para o “Fim do Mundo”: 2034

torre
constantineA Torre de Vigia passou todos os limites de bom senso, senso crítico e discordância da Palavra de Deus. Soube com bastante atraso que os líderes desse grupo resolveram acabar com o mundo no ano de 2034, conforme revista A Sentinela, de 15.12.2003, página 15, parágrafos 6 e 7.
Como todos já sabem, a Torre marcou o fim de todos os sistemas mundiais, notadamente do Cristianismo e de todos os cristãos para os seguintes anos: 1914, 1918, 1920, 1925, 1975 e, agora, 2034. A cada profecia não cumprida, esses líderes assinam o próprio atestado de inidoneidade teológica. Isto é, estão despreparados para entender as Escrituras e para ensino.
O novo cálculo para chegar ao ano 2034 é dos mais prosaicos e até hilariantes. Vejam: 1914, somado a 120 de pregação antes do dilúvio (?) resulta no ano de 2034. A liderança do grupo continua com a obsessão por 1914, ano em que Jesus teria vindo de forma invisível. Onde foram buscar essa data? Chegaram a um ponto em que não podem voltar. O único remédio é continuar sustentando o insustentável.
Considero uma falta de respeito com os fiéis seguidores da Torre, já tão massacrados com previsões que nunca se cumprem e com proibições as mais estapafúrdias e antibíblicas.
Já sabemos o que dirão em 2035, quando a profecia não se cumprir. Dirão que seus seguidores compreenderam mal a cronologia bíblica; que não era uma realidade, mas uma possibilidade; que uma nova luz raiou no canal de Jeová; que as testemunhas não precisam ficar desiludidas; que continuem na Torre, a única detentora da verdade. Passados alguns anos, um novo cálculo, uma nova luz, uma nova mentira.
Cito apenas um versículo para desmascarar tais falsos mestres:
“Acerca daquele dia e daquela hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas unicamente o Pai” (Mt 24.36 – Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas).

Os falsos profetas não respeitam nem a versão bíblica por eles adotada. Não respeitam nada. Não aceitam de seus vassalos qualquer questionamento. Pairam acima de qualquer suspeita. Ameaçam com exclusão os que duvidarem, e continuam dando sustentação a mentira de que são o canal entre Jeová e oshomens. Jesus tem uma palavra para eles:
“Vós tendes por pai o diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque ele é mentiroso e pai da mentira” (Mt 8.44).

Autor: Pr. Airton Evangelista da Costa, Ministério Palavra da Verdade

O mormonismo tem outro Jesus

A Igreja Mórmon (Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias) afirma que seus membros adoram Jesus Cristo. O Mormonismo afirma ser uma igreja cristã, mas ela não tem o mesmo Jesus dos cristãos. Os Mórmons, na verdade, adoram um falso Cristo. Continue lendo e veja porque.

A Bíblia afirma que Jesus foi gerado pelo Espírito Santo e nasceu de uma virgem (Mateus. 1:18-25, Lucas 2:26-35). A Igreja Mórmon nega esta verdade. O segundo presidente da Igreja Mórmon declarou: "Jesus não foi gerado pelo Espírito Santo" (Jornal de Discursos, vol.1, p.51). Em verdade, o Jesus dos Mórmons foi gerado numa relação sexual entre Maria e Deus Pai (que possui um corpo físico). Um líder Mórmon escreveu recentemente: "foi a pessoa do Pai que gerou o corpo de Jesus " (O Vidente, p.158). O apóstolo atual dos Mórmons, Bruce Mc Conkie, fala de Cristo: "ele foi gerado, concebido e nascido no curso natural dos acontecimentos, ..." (Doutrina Mórmon, p.742).

O Jesus da Bíblia é Deus. Ele sempre foi Deus (João.1:1, Filipenses 2:6 e Hebreus.1:8). Essa não é a verdade sobre o Jesus dos Mormons. De acordo com a Igreja Mórmon, Jesus tornou-se um deus. Joseph Smith declarou: "eu sempre declarei que Deus é uma pessoa distinta, Jesus Cristo, uma pessoa separada e distinta de Deus Pa,i e que o Espírito Santo é uma pessoa distinta e um espírito; e que estes três formam... três deuses". (História da Igreja, vol.6, p.474).
Em outubro de 1984 um apóstolo mórmon declarou: "Qualquer um que crê e ensina sobre Deus Pai e aceita a divindade de Cristo e do Espírito Santo ensina a pluralidade dos deuses" (Insígnia, nov. 84, p.68). O apóstolo mórmon Bruce Mc Conkie disse: "o Senhor Jesus trabalhou pela sua própria salvação" (Nossa Relação com o Senhor, p.9).

Na Bíblia Jesus é adorado (Mateus.8:2, Marccos.5:6, Lucas 24:52, João 9:38 e Hebreus 1:6). O Mormonismo diz que Jesus não deve ser adorado. Bruce Mc Conkie declara: "nós não adoramos o Filho" (Nossa Relação com o Senhor, p.5). Para um Mórmon, Jesus é apenas "um membro importante da divindade" (Insígnia, Jan/84, p.17).
O Jesus bíblico foi o mais misericordioso de todos os homens. Ele declarou: "pois o Filho do homem não veio para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las" (Lucas 9:56). Ele mostrou isso nos acontecimentos que envolveram sua crucificação e ressurreição. Ele foi escarnecido, cuspido, esbofeteado e açoitado. Os soldados de Pilatos coroaram-no de espinhos. Mesmo assim, Jesus não tentou defender-se, ele que tinha o poder de invocar milhares de anjos para socorre-lo (Mateus 26:53) Quando os soldados o pregaram na cruz, Cristo orou: "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem" (Lucas 23:34). Em sua morte houve um terremoto e o véu do santuário se rasgou em duas partes, sem causar, porém, qualquer outro dano (Mateus 27:50-51). Na sua ressurreição houve outro terremoto, que também não causou dano algum. Em vez disso, "abriram-se os sepulcros e muitos corpos de santos que dormiam ressuscitaram" (Mateus 27:52).

Este não é o Jesus dos Mórmons. O Livro de Mórmon registra os eventos que supostamente aconteceram no Hemisfério Ocidental por ocasião da morte de Cristo. Segundo esses registros, 16 cidades foram destruídas com todos os seus habitantes, alguns tendo sido queimados, outros submergidos no mar e alguns outros sepultados sob toneladas de terra e pedras. O Livro de Mórmon narra que aqueles que "mataram e apedrejaram os profetas e os baniram" forma poupados, enquanto mulheres e crianças inocentes morreram (3 Nefi 8:25). Quando se completou a destruição, uma voz foi ouvida assumindo a responsabilidade pelas vidas destroçadas e as cidades transformadas em escombros. De acordo com o Livro de Mormon, a pessoa responsável por tal carnificina foi "Jesus Cristo, o Filho de Deus" (3 Nefi, 9:15). Em lugar de Salvador, o Jesus dos mórmons é um assassino. O cristo da Bíblia veio "para dar vida" (Jo.10:10). O Jesus dos mórmons é o responsável pela morte de milhares e milhares. Tradução de Mary Schultze para o CPR






Os líderes mormons já admitiram que eles crêem num outro Jesus. O oficial da Igreja Mórmon declarou: "é verdade que muitas das igrejas cristãs adoram um Jesus Cristo diferente do Jesus dos Mormons" (Insígnia, maio 77, p.26).
Não há salvação na adoração de um falso Cristo (Mt.24:24). Um Jesus que não seja o verdadeiro Jesus da Bíblia não tem poder para salvar. Somente depositando confiança total no Jesus da Bíblia é que se pode obter vida eterna. Paulo alertou sobre "outro Jesus" em 2 Co.11:4. O Jesus dos Mormons é outro Jesus! Confiar no Jesus do Mormonismo nunca vai nos levar à vida eterna. A Bíblia apresenta o verdadeiro Jesus e o verdadeiro plano de salvação. Só o Jesus da Bíblia pode oferecer salvação eterna. "E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos" (At.4:12).

Como se pode alcançar a vida eterna? A Bíblia ensina: "Crê no Senhor Jesus, e serás salvo" (At.16:31). Crer não significa ter apenas um conhecimento superficial sobre Jesus como Salvador ou simplesmente dizer que se crê nele. O verbo crer na Bíblia significa colocar total confiança em Cristo e depender somente dele para ter a vida eterna. Ser membro de igreja não significa estar salvo. Batismo não salva. Boas obras e boa moral não salvam. Somente a graça de Deus, através da fé em Jesus Cristo, pode oferecer a vida eterna. A Bíblia diz: "eu publicarei essa justiça tua; e quanto às tuas obras, elas não te aproveitarão" (Isaías. 57:12). Jesus disse: "a obra de Deus é esta, que creiais naquele que por ele foi enviado" (Jo.6:29).

Não ponha sua confiança numa igreja, nem no batismo, nem nos profetas e, muito menos, num falso Cristo. Ponha sua fé somente no Jesus da Bíblia. Ele promete que "todo aquele que nele crê não perece, mas tem a vida eterna" (João 3:16). E faz um convite especial: "Vinde a mim, todos vós que estais cansados e sobrecarregados, eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas" (Mateus 11:27-28).

Violenta ocupação muçulmana de igreja não violou lei que proíbe ofender sentimentos religiosos

Um juiz espanhol deu como decisão que uma violenta ocupação da Catedral de Córdoba por parte de um grupo de muçulmanos em março deste ano não violou a lei da nação que proíbe ofender sentimentos religiosos.

De acordo com o serviço noticioso Europa Press, o juiz que ocupa o assento do Quarto Tribunal de Instrução de Córdoba decidiu que a incursão na catedral, que culminou num ataque contra vários guardas e um policial, foi meramente uma “desordem pública” e não tinha a intenção de ofender os sentimentos religiosos de ninguém.

“Não há tanto uma intenção minimizar ou ferir os sentimentos religiosos da religião católica tanto quanto uma tentativa de favorecer, sem mencionar impor com clareza, num falso gesto de tolerância, a possibilidade de realizar uma reunião religiosa conjunta [na catedral]”, o juiz declarou. “Não houve ação para desmerecer ou desacreditar a religião católica, mas em vez disso foi uma ação em favor de um uso conjunto [do espaço da catedral]”.

Os muçulmanos espanhóis há muito tempo exigem o direito de realizar reuniões religiosas islâmicas na Catedral de Córdoba, que foi demolida pelos muçulmanos no oitavo século e substituída com uma mesquita depois que eles conquistaram a área. A catedral foi reconstruída no século XIII depois que os cristãos reconquistaram Córdoba. Contudo, boa parte da arquitetura original da mesquita foi deixada intacta.

Apesar de uma proibição contra reuniões islâmicas na catedral, um grupo de aproximadamente cem muçulmanos da Áustria entrou no prédio durante a Semana Santa, em 31 de março, liderado por um imame e ostentando walkie-talkies.

Depois que começaram a realizar os ritos da religião islâmica eles foram confrontados pelos guardas de segurança e pela polícia, vários dos quais sofreram ferimentos após serem atacados por oito membros do grupo, um dos quais estava brandindo uma faca. Os oito agressores foram presos, embora o resto tivesse sido liberado depois de serem removidos a força da catedral.


esse juiz é um verdadeiro borra botas , com medo desse grupo de terroristas.

Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com

Estou repassando algo que recebi....

Estou repassando algo que recebi....

O dono da Companhia Procter & Gamble apareceu no
programa de Phil Donahue, de grande audiência
nos Estados Unidos. Nesse programa anunciou que,
dado a abertura de hoje em nossa sociedade, havia
decidido sair do esconderijo e reconhecer
publicamente a sua associação com igreja de satanás.

Ele admitiu que uma grande parte dos lucros da venda
dos produtos de sua Empresa se destina a ajuda e
manutenção de sua igreja satânica. Quando o
Entrevistador, Phil Donahue, lhe perguntou se não
temia que ao admitir na TV nacional a sua associação
com satanás, poderia prejudicar os lucros da
empresa, ele respondeu:
' NAO HÁ CRISTÃOS SUFICIENTES NOS ESTADOS UNIDOS OU
NO MUNDO QUE POSSAM ME PREJUDICAR MUITO MENOS CAUSAR
UM MINIMO DANO'.

Demonstremos a esse altivo senhor e ao mundo, que
há, sim, cristãos Suficientes e que podemos
colaborar para acabar com sua companhia que serve a
satanás.
Não usemos nenhum produto da Procter & Gamble e
avisemos a todos os cristãos, eis a lista de alguns
produtos:

* SABAO EM PO 'ARIEL'
* ALIMENTOS 'BATATAS FRITAS PRINGLES'
* FRALDAS DESCARTAVEIS 'PAMPERS'
* PRODUTOS PARA LAVAGEM DE ROUPA A SECO DRYEL P & G
* PRODUTOS PARA CABELO 'SHAMPOO PANTENE e PERTPLUS'
* MEDICAMENTOS 'VICK'
* absorvente Always
* sabão em po ACE
* HIPOCLOS

Se não tiver certeza de que o produto que esta
usando são desta Companhia, procure o nome da
companhia ou o símbolo que passou a Identifica-los a
partir de abril de 1999, que e o numero 666, que e
Conhecido como numero da besta (antes era uma lua
nova).
Demonstremos ao dono da Procter & Gamble que há
cristãos mais do que suficientes para causar
prejuízo a sua empresa, ademais, para fechar sua
Empresa.
Lembre-se que cada vez que você adquirir um desses
produtos, esta dando Sua contribuição a igreja de
satanás.

Em nome de Jesus Cristo façamos copias deste, e
distribuamos para todos, Em todo mundo, para honra e
Glória daquele que está acima de todos os Nomes: O
nosso SENHOR JESUS CRISTO .

OBS: entre no YouTube e coloque no campo pesquisa a
palavra Procter & Gamble, verá alguns vídeos
relacionados a esta empresa....Oh Senhor Jesus!!!!!







-- --
"Como é bom e agradável que o povo de Deus viva unido como se todos fossem irmãos !
Salmos 133.1
Coca-cola e o "666"

Webmasters descobrem na rede subdomínio da Coca-cola.



Um grupo de webmasters e "blogeiros" descobrem na rede um suposto subdomínio do site oficial da Coca-cola company. A polêmica começou quando um desses hackers descobriu, através do sistema ftp, um novo endereço para o já tão conhecido www.coca-cola.com. Além disso, a lista do diretório ftp da página fora publicada e espalhada em vários blogs ao redor do mundo. Na lista estavam contidas as seguintes palavras-chave e os seus significados:

*666 (o número da besta);

*esp. (abreviatura de "espionage", espionagem.);

*st. (abreviatuara de "sata", satã);

O curioso é que quando as palavras-chave são unidas e digitadas na barra de endereços do Internet explorer, seguidas de ponto, o endereço recai automaticamente para a página oficial da Coca-cola. Experimente digitar 666.esp.st na barra de endereços de seu navegador.

EU MESMO TESTEI E É PURA VERDADE , O LINK VAI PARA O SITE DA COCA COLA.

pastor Roberto Torrecilhas.

Ajude a divulgar esta mensagem.

Padre tarado oferecia serviços sexuais via internet



padre_tarado2.jpgTudo bem, vocês pensaram que a sua segunda coluna favorita tinha acabado, mas não. Um padre católico da província de Toledo, na Espanha, tomou uns tapas dos Siths locais e “pediu pra sair” da congregação, pois tinha sido acusado de ter colocado anúncios em uma página na internet oferecendo serviços sexuais a mulheres e casais. Uma espécie de Priest for delivery. Os Siths do local acharam que isso já era sacanagem em demasia (com todos os trocadilhos possíveis e imagináveis) e resolveram chutar a bunda sacerdotal do sujeito.
Pelos poderes internéticos a mim conferidos, declaro que esta é sua QUINTA INSANA!

Hoje em dia está tudo muderno. Tudo você pode comprar pela internet, desde comida, bonecas, cães e até mesmo apetrechos sexuais (ou tudo isso de uma vez só, dependendo da sua tara). Há até a possibilidade de você fazer uma macumbinha básica. Como nós vivemos num mundo lobalizado e capitalista, há sempre o fornecimento de itens que sejam necessários (ou não) a qualquer tipo de maluco que esteja disposto a consumi-la. Sendo assim, o sacerdote Samuel Martín, de 27 anos, foi acusado de ter gasto 17 mil euros (cerca de R$ 42 mil) da igreja em chamadas telefônicas a linhas eróticas. Segundo o arcebispado, no domingo, 21 de fevereiro, durante a missa do meio-dia, o sacerdote teria confessado aos fiéis que pegara dinheiro da igreja - mas não explicou a razão e se comprometeu a devolver a quantia.
Vamos entender melhor: além de tarado, ainda é ladrão. Ok, ele reza na cartilha de São Dimas, que se fosse bom ladrão, não seria pego.
Como tem sempre um espírito de porco e unha-de-fomem que quer saber onde a grana foi parar, huve uma suspeita sobre o gasto do dinheiro levou à descoberta de um anúncio erótico na internet, atualizado pela última vez no início de janeiro de 2010! O anúncio atribuído ao padre oferece serviços sexuais e afirma que ele é “bem dotado (15 centímetros)”.
15 centímetros? Oh, bem. Isso não é problema nem preferência minha Cada qual com seu igual. Ou, parafraseando George Orwell, alguns são mais iguais que outros…
O anúncio ainda declarava que o Aprendiz Sith era “Aberto a tudo”, menos sado-maso, e eu nem preciso falar nada, pois é o que se pode chamar de piada pronta. Assim, sob o pseudônimo “Hector”, o autor do anúncio se define como um “heterossexual espanhol a serviço do seu prazer e felicidade”, apesar de não informar se Aquiles acompanha, mas mediante um pagamentozinho adequado, quem sabe? Poderia-se ter até um anúncio do tipo: “Hector e Páris, gêmeos quentes para o seu prazer”.
A página não informava que “Hector” era um sacerdote, mas incluía duas fotos de corpo inteiro, email, número do celular e preços por serviços de 15, 30 e 60 minutos e, provavelmente, aceita ticket refeição e vale transporte. O anúncio é encerrado com uma garantia: “Não vão se arrepender. Farei-os gozar de felicidade como nunca.”
Amém, irmãos!
A descoberta da suposta vida dupla do sacerdote causou um escândalo na Espanha, nitidamnte católica fervorosa, mas com alguns podrezinhos por debaixo das cobertas. O arcebispo de Toledo, Bráulio Rodriguez (sim, eu também me lembrei da campanha contra AIDS na década de 1990), anunciou em coletiva de imprensa na terça-feira que o padre Martín foi expulso da congregação, pois as monas não gostam de concorrência. O ETA Cristão, digo, o Arcebispado abriu um processo disciplinar para investigar o caso.
Em resumo temos que padres estão saidinhos atualmente (atualmente? pois, sim!). Mas o Hector, Don Juan de Cristo, não precisa ficar triste e de cabeça baixa. Ele pode fazer ponta no filme educativo de um certo padre de Santarém e usar seus imensos dotes de 15 centímetros nisso.

Fonte: BBC Brasil

JESUS, AMIGO E SACERDOTE / postado por Pastor Roberto Torrecilhas

Quando paramos e olhamos para nossas vidas, na condição de servos do Senhor, facilmente chegamos à conclusão que não precisamos de mais nada, pois o Mestre nos concedeu todas as coisas necessárias para gozarmos a eternidade na Glória. Ele pagou o preço e nos habilitou a viver uma vida santa e pura (Lv 19.2; Jo 17.16,17) numa terra estranha.
O Servo do Senhor deve andar com a mente nos céus, mas lembrando sempre que os pés estão sobre a terra; aqui estamos e vivemos. Jesus, afirmou:
“Eles não são deste mundo...” (Jo 17.16), em outras palavras, Paulo fez a mesma declaração: “Somos cidadãos dos céus...” (Fp 3.20).
Verdadeiramente somos estrangeiros neste mundo governado pelo maligno (1º Jo 5.19, Jo 16.11); conseqüentemente, não falamos a mesma língua, não compartilhamos os mesmos costumes e a nossa cultura é totalmente adversa. E isto tudo, automaticamente nos coloca em oposição ao diabo e aos homens ímpios. A grande missão do diabo é levar o servo à uma situação de desobediência e rebelião diante de Deus e para alcançar este objetivo, ele usa de toda a sua sabedoria e influência.
Como estrangeiros e por não assimilar os costumes e práticas comuns aos homens; a exemplo do Senhor, não nos tornamos bem vistos e estes desenvolvem sentimentos de inimizade e nos encaram como companhias desagradáveis. Vejam as palavras do Mestre: “...e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo...!” (Jo 17.14)
e ainda:
“...No mundo passais por aflições...” (Jo 16.33).
É impossível ao Servo viver em comum acordo e participar dos anseios deste mundo. Afinal, fomos chamados para sermos “separados!”
E esta condição de “separado”, chama sobre nós à atenção de satanás, que com todas as suas forças se aproxima tentando induzir-nos a pecar. Sãos os pensamentos impuros e pecaminosos que querem invadir a nossa mente. Usa de nossa visão e apresenta-nos coisas pecaminosas. São as palavras ímpias que nos faz ouvir e procura nos conduzir a lugares impróprios aos santos. Além de levantar homens maus que nos querem atingir. Na prática isto significa a luta do Espírito contra a carne descrita em Gálatas 5.17:
“Porque a carne luta contra o Espírito...” ( veja o texto completo Gl 5.16-26).
Mas, apesar desta pressão aparentemente invencível, o Senhor nos deu uma palavra de ânimo:
“ Resisti ao diabo, e ele fugirá!” (Tg 4.7)
Resistir! é isto que Ele quer dos seus santos, homens fortes e vencedores, portanto, resistam!
O Senhor conhece as fraquezas e dificuldades comuns aos homens, afinal, Ele nasceu de mulher; sentiu dores; experimentou a tristeza em muitas situações, alegrou-se em outras; trabalhou com as mãos e do seu rosto escorreu o suor; viveu numa comunidade; muitas vezes sentiu fome e sede (veja os evangelhos). Em resumo, o Senhor foi um homem comum. Despojado da glória celeste; sujeito aos mesmos erros e dissabores dos demais humanos. Era com muito esforço e luta (Jejuns, orações, pureza, etc) que conseguia ter comunhão com o Pai. Ele conseguiu e afirmou-nos que podemos também!
Ele sabe o quanto custa obedecer a Deus num meio que é hostil a Deus. E nos temos de aprender a obediência e exercitá-la em nossa vida.
É muito comum ouvirmos as pessoas falarem que pagariam qualquer preço para servirem a Deus, no entanto, quando o Espírito os convoca e apresenta situações desconfortáveis, voltam atrás em suas declarações.
Às vezes, a obediência a Deus implica a separação de pessoas ou coisas que amamos. Em muitos casos, de coisas boas em si, que dEle próprio havíamos recebido, ou, ainda, de pessoas muito amadas ou familiares que são retirados de nós ou porque a obediência a Deus, requer que os laços sejam desfeitos. Talvez seja necessário abandonarmos a vida profissional, ou, ainda a obra espiritual que desejávamos fazer e, dizermos não ao “sistema cristão”, às tradições que enchem as igrejas (pentecostais ou não), e à nossa cultura cristã pré-concebida que só podemos servi-Lo dentro de uma igreja e outros conceitos humanos.
“Porque amaram mais a glória dos homens, do que a glória de Deus.” (Jo 12.43)
Este texto explica o fato de muitos, mesmo conhecendo os erros e pecados que envolvem o “sistema” persistirem apoiando-os em desobediência a Deus.
É tempo de sermos sensíveis ao Espírito Santo, ouvirmos a sua voz e a exemplo do Senhor Jesus levantarmos e pagarmos o preço de sermos santos, fieis e dignos da filiação divina.        E preciso termos a consciência que já não somos nossos e que a nossa vontade deve ser totalmente submetida ao querer do Senhor (1º Co 5.15).
Assim seremos homens e mulheres merecedores destas maravilhosas e profundas palavras:
“Homens dos quais o mundo não era digno!” (Hb 11.38) Amém!
 
Elias R. de Oliveira