quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

ATENÇÃO POVO DE DEUS , VAMOS ORAR PELO VICÊ PRESIDENTE DO BRASIL , JOSE ALENCAR , POIS SEU ESTADO DE SAUDE É BEM CRITICO.

"É o momento mais difícil pelo qual ele está passando porque a doença vai ficando mais agressiva, as possibilidades de tratamento mais cerceadas e embora todos continuem lutando com extremo envolvimento e intensidade, tanto da equipe cirúrgica quanto ele e sua família, a gente percebe que a situação já não está mais tão tranquila, o que não quer dizer que esteja fora de controle", disse o médico.
A cirurgia a que foi submetido José Alencar terminou após cerca de 3 horas, mas a hemorragia no abdômen que causou a internação não foi resolvida. A equipe médica verificou que os tecidos no caminho para chegar ao local da hemorragia estavam muito fibrosados (colados) e decidiram encerrar a operação. O vice-presidente foi transferido para uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e respira por aparelhos.
Os médicos concluíram que seria muito arriscado continuar com a cirurgia e decidiram que vão tentar controlar a hemorragia com medicamentos e bolsas de sangue. O vice-presidente havia interrompido o tratamento contra o câncer há mais de um mês.
Alencar foi internado por causa da grave hemorragia no abdômen. Ele recebeu transfusões de sangue. Ainda não se sabe o que causou a hemorragia. A hipótese mais provável é que o tumor contra o qual ele luta desde 2006 tenha invadido o intestino e provocado o sangramento.

Boletim médico divulgado pelo hospital às 21h30  informa que o vice-presidente foi submetido a uma cirurgia de urgência para conter "uma hemorragia digestiva grave atribuída a tumor sangrante no intestino delgado".
"O paciente encontra-se em estado crítico, porém estável, e foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI)", diz a nota (leia íntegra abaixo).
O quadro clínico do vice-presidente foi estabilizado assim que chegou ao hospital. Alencar interrompeu as sessões de quimioterapia há mais de um mês, devido a obstruções no intestino descobertas em novembro.
Ele  havia recebido alta do Sírio-Libanês na última sexta-feira (17). Estava internado desde 23 de novembro para tratar a obstrução intestinal decorrente de tumores no abdomem. No dia 27 de novembro, foi submetido a uma cirurgia, a décima sexta dele,  para retirada de parte do tumor e de parte do intestino delgado.
O vice-presidente passou alguns dias na UTI Cardiológica e começou a fazer sessões de hemodiálise depois que os médicos detectaram piora da função renal.
Boletim médico
Veja a íntegra do último boletim médico divulgado pelo hospital Sírio-Libanês:
"BOLETIM MÉDICO
22/12/2010
21h30

O Vice-Presidente da República, José Alencar, foi submetido a uma cirurgia de urgência para tratar uma hemorragia digestiva grave atribuída a tumor sangrante no intestino delgado.

Através de uma laparotomia exploradora, tentou-se chegar ao local do sangramento. Contudo, devido a intensas aderências entre as alças intestinais e a parede abdominal não foi possível abordar o tumor, conforme proposto.

O paciente encontra-se em estado crítico, porém estável, e foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A cirurgia, realizada pelos Profs. Drs. Raul Cutait e Ademar Lopes, teve início no dia de hoje (22/12) às 17h00 e teve duração de 03 (três) horas.

As equipes médicas que o acompanham são coordenadas pelos Profs. Drs. Paulo Hoff, Raul Cutait, Roberto Kalil Filho, Paulo Ayroza Galvão, Ademar Lopes, David Uip e Miguel Srougi.

Dr. Antonio Carlos Onofre de Lira
Diretor Técnico Hospitalar

Dr. Paulo Ayroza Galvão
 Diretor Clínico"

Luta contra o câncer
Alencar luta contra um câncer na região do abdome e já passou por mais de 15 cirurgias. Em julho de 2009,  foi submetido a uma operação motivada por uma obstrução intestinal causada por tumores abdominais.
Em setembro deste ano, o vice-presidente foi internado no mesmo hospital em razão de um edema agudo de pulmão. Em julho, por causa de uma crise de hipertensão, ficou hospitalizado e passou por um cateterismo. Em novembro, durante outro período de internação, sofreu um infarto.

POR G1

COMO OS MILAGRES ACONTECEM?

Como os milagres acontecem?

Os milagres não dependem somente de Deus, dependem de nós também. Temos que crer, acreditar que é possível para que eles aconteçam em nossa vida. O sofrimento que o homem vive é muito grande e o milagre de Deus é aquilo que nos sustenta.

Vamos buscar nossos milagres, vamos buscar um caminho de fé e esperança. Com esse pensamento e atitude veremos muitos milagres acontecerem em nossas vidas.







Deus quer nos dar milagres

Tem gente que tem fé para curar, expulsar e quebrar maldições, já tem gente que não tem nenhuma. Deus quer que aprendamos a ter uma vida de milagres e nos ensina como. O projeto de Deus para nossa vida é nos ver sempre felizes e sem problemas.

Deus não nos criou para sofrer! A Bíblia não diz que temos de aceitar o mal e sim, resisti-lo. Fazendo isso o mal fugirá de nossas vidas. Portanto, precisamos resistir à maldição e procurar a Palavra de Deus que é a fonte dos milagres.

Para alcançarmos os milagres em nossa vida, primeiramente, temos que crer e ter fé em nosso Deus. O pensamento positivo e ação fazem com que as coisas boas aconteçam e, também, que Deus nos ajude. Pense nisso!


Construindo Milagres

Jesus quer que sejamos vitoriosos em todos os sentidos da nossa vida. Por isso tenhamos fé! Com ela os milagres virão até nós, lembre-se que para Deus uma semente é igual a uma floresta. não é dizer: “Eu creio em Deus”. Fé é fecharmos os olhos e dizer: “O que eu estou orando hoje, eu sei que vou receber”.

Vamos semear coisas boas, fazendo isso colheremos bons frutos em nossa vida e em nossa caminhada. A construção do milagre começa de nós, da nossa ação e da nossa fé. Quando Deus vê que estamos trabalhando para que o milagre aconteça, Ele nos ajuda a realizar.

Lembre-se que Jesus é o autor da nossa fé e quando acreditamos que os milagres são possíveis, Ele faz acontecer em nossa vida. A nossa disposição para que o milagre aconteça trará a manifestação do mesmo.


Bispo Rodovalho

Idealizado por pastor,Projeto Grão de Mostarda,atende crianças carentes


Seguindo um roteiro de implantação de quatro unidades, o Projeto Grão de Mostarda inaugura amanhã, no Bairro Boa Esperança, a segunda estrutura organizada para atender a mais 200 crianças em situação de risco com drogas e prostituição. Inicialmente, em fevereiro, serão selecionadas 100 crianças e, no segundo semestre, mais 100 integrarão o projeto do Boa Esperança.
Conforme a coordenadora do Grão de Mostarda do bairro Maria Vindilina 2, Aline Machado Vargas, o Boa Esperança é onde estatisticamente estão os maiores índices de violência em Sinop. "O projeto vem de encontro com as crianças vítimas desse quadro para que no futuro não se tornem agentes da violência", explicou a coordenadora, que há quatro meses está à frente da unidade que já atende mais de 120 crianças .
O idealizador do projeto, pastor Reginaldo Martins, da Igreja Batista Jardim Botânico, explicou que, assim como na primeira unidade, inicialmente 100 crianças em situação de risco ou incluídas no contexto de prostituição e drogas serão selecionadas para participar de aulas de informática/marketing pessoal, inglês e música (instrumental e vocal) no período em que não estiverem na escola, diariamente. "O trabalho tem como objetivo tirar das ruas crianças em situação de risco e possibilitar um futuro diferente", explicou Martins.
Em 2.011 o Projeto do Maria Vindilina 2 duplicará o atendimento, passando a 200 crianças as aulas de Inglês, Informática, Música e Artes. Conforme Aline, a disciplina de Artes contempla pintura, teatro e leitura, já que a leitura é uma das grandes deficiências das crianças que fazem parte daquela unidade e, desta forma, praticando teatro e interpretação, os resultados são melhores em leitura e, consequentemente, em música, pois as conseguem ler as notas musicais e despertar outros talentos.
Quanto aos resultados, Aline comemora e dá o exemplo que uma mãe foi chamada à escola de educação regular do filho para explicar aos professores qual era o método que estava sendo aplicado à educação de filho, já que havia nitidamente mudado seu comportamento, tanto emocional, quanto em relação ao aprendizado. "As professoras disseram à mãe que geralmente seu filho chega à escola cantarolando músicas diferentes, demonstra sonhos mais altos e ostenta um comportamento feliz, que antes de sua entrada no projeto não apresentava", disse.
Ao todo o projeto contempla quatro unidades iguais às do Maria Vindilina 2 e Boa Esperança. As demais serão implantadas no São Cristóvão e Habitar Brasil. A do Boa Esperança começou a ser construída em 05 de julho. Em menos de dois anos todas deverão estar em pleno funcionamento. Cada unidade tem um custo estimado de R$ 200 mil, custeado pela Igreja.
Uma avaliação sócio-econômica é o indicador da seleção das crianças que integram o projeto.
Conforme o pastor, o nome do projeto, Grão de Mostarda, foi escolhido porque é a menor semente de todas, mas quando cresce torna-se uma das maiores árvores. "As crianças são sementes que tem que ter contida nelas o grande potencial de se tornarem grandes líderes, pensadores, escritores, médicos, mas precisam de uma oportunidade real para desabrochar estas competências", detalhou Martins, ao ressaltar a qualidade do material aplicado na obra e na estrutura: "buscamos excelência na qualidade dos materiais empregados na obra e na estrutura, pois, reconhecemos que as crianças, para serem valorizadas, devem receber o melhor e não os restos".
Quanto à manutenção, a unidade do Maria Vindilina 2 tem um custo aproximado de R$ 1.500 mensais para a alimentação de pouco mais de 100 crianças, patrocinados pela empresas Crediforte, Criare, Juliana Calçados e CNA. Para as duas unidades a empresa Inviolável patrocinou toda a estrutura de segurança. O valor é doado mensalmente por patrocinadores. Já materiais didáticos e pedagógicos como livros, instrumentos musicais, cadernos, dentre outros, são custeados pela Igreja Batista Jardim Botânico, além de despesas mensais com salários, alimentação, energia, água, dentre outros, que ultrapassam R$ 5 mil.

Fonte: Só Notícias

Valdemiro Santiago agradece a Deus pela reabertura da igreja Mundial

A emoção e a alegria podiam ser vistas estampadas no rosto dos fiéis durante a primeira reunião realizada na reinauguração do Templo dos Milagres, no bairro do Brás, em São Paulo, neste domingo, dia 12 de Dezembro de 2010. Com mandato de fechamento das portas desde o dia 20 de Agosto de 2010, deferido pela juíza Maria Grabriella Pavlopoulos Spaolonzi, da 13ª Vara Cível de São Paulo, a sede mundial da Igreja Mundial do Poder de Deus, na Rua Visconde de Parnaíba, 419 e Rua Caetano Pinto, 584, recebeu multa por dias de funcionamento após a ordem de fechamento, no valor de R$ 30.000,00.

“Nosso povo é peregrino, parecemos ciganos, mas não vamos peregrinar no deserto para sempre. Depois do deserto, Deus manda os anjos para nos servir. Foi assim com Jesus também”. Essa declaração, feita pelo Apóstolo Valdemiro Santiago em uma das reuniões realizadas no ginásio do Ibirapuera, na Rua Manoel da Nóbrega, 1361, retrata bem a maneira como a Igreja Mundial do Poder de Deus enfrentou a situação. Cultos e reuniões realizadas em diversos clubes, salões e ginásios dentro da cidade de São Paulo, dependendo de locações e de esforço para continuar seu trabalho. “Podem me prender, me matar, mas esta obra não vai parar”, foram as palavras do Apóstolo Valdemiro Santiago no dia 29 de Agosto, na primeira reunião realizada no ginásio da Portuguesa, comovido.
 
A acusação que fechava as portas do templo acusava que a igreja não possuía a licença adequada de instalação e funcionamento desde 2006 e que a mesma realizou adaptações para o funcionamento do templo sem a necessária autorização da prefeitura e atender ás normas de uso e segurança para ocupação da edificação. Ainda, acusava a igreja pelos problemas de transito nas imediações, diretrizes impostas pela CET e de desrespeitar o limite de lotação máximo fixados pelo Departamento de Controle Urbano, o Contru, de 8040 pessoas.

Em declaração a respeito das acusações, o Bispo Josivaldo Batista, Bispo líder do Brasil, diz que “Havia os documentos. Sempre tivemos os laudos de que estava tudo ok, mas somente agora, depois de muito jejum e oração, reconheceram e liberaram o funcionamento da igreja”. Quando perguntado aos Bispos presentes sobre como aconteceu a reabertura do Templo dos Milagres, o Bispo Sergio Costa resume em uma frase que se reprimia no coração de muitos: “Milagre. A mão de Deus”.

Após a perseguição de três meses e dez dias, a abertura das portas do Templo dos Milagres fora comemorada com a última Santa Ceia do ano de 2010, a Santa Ceia da Vitória. “Tenho enfrentado lutas extremas, mas entendo que Deus me ungiu para abençoar a sua vida, orar pela sua causa. É o que tenho feito. Às vezes, sei que não agrado, mas é o que tenho feito, tenho consciência de que estou ajudando. Se você observar bem, desenvolvemos um amor, um carinho muito grande entre a gente e mesmo eu sendo deste jeito, significa que o Espírito Santo tem revelado no seu coração exatamente o proposito do meu ministério. Você percebe que damos a minha vida para Deus te abençoar. E tudo que sofremos por causa da obra de Deus, uma coisa é certa e Deus me permite dizer, povo nenhum no mundo será abençoado como este povo. Pago o preço que for, mas meu povo será o povo mais abençoado deste mundo, você verá isso na sua vida”, desabafa o apóstolo Valdemiro Santiago. “Quem vê de fora, pensa que o fechamento é nossa luta, mas é uma gota d’água perto do que enfrentamos, mas ainda bem que nosso Deus amarra as águas, e o que é uma gota para Ele? O diabo não tinha onde esconder essa multidão toda orando pela abertura desta igreja”.
 
Durante a reunião, diversas vidas foram abençoadas, em uma verdadeira enxurrada de testemunhos, curas, milagres, libertação de vícios e de crimes, em verdadeira confirmação do nome do templo, onde a obra de Deus manifesta sua continuidade, mesmo frente às adversidades, vitoriosa. Com lágrimas nos olhos, o Apóstolo Valdemiro Santiago concluía dizendo: “Fico imaginando, quantas pessoas que receberam milagres, que foram salvas neste lugar, que encontraram paz, vida, sossego, vindo e encontrando as portas da igreja fechada. Muitos de vocês receberam nova vida através deste templo. Me pergunto o que sentem? A tristeza de todos vocês somados invadiu a minha vida. Quando entrava aqui neste lugar deserto todos os dias, chorava e pensava que muitos precisavam voltar aqui para serem abençoados e Deus nos trouxe de volta a este lugar consagrado, santo, para ser glorificado. O mundo vê isso, os milagres deste Deus vivo”.
 
Agradecido pelo Apóstolo Valdemiro Santiago ainda sobre o altar, o recém-eleito Deputado Federal, Missionário José Olímpio, recebia a seguinte homenagem: “agradeço a Deus por colocar este gigante na minha vida e em meu ministério”, em referência a seu esforço com a ação de reabertura da igreja frente à justiça, após muitos dias de luta.
 
Em mensagem a todos os fieis e membros que estiveram conosco, o Bispo Josivaldo Batista deixa a seguinte mensagem:
 
“Digo a todos que a glória da ultima casa será maior do que a primeira e todos que a partir de então que pisarem aqui no grande Templo dos Milagres, a nossa sede mundial da Igreja Mundial do Poder de Deus, Deus irá abençoar muito mais do que estava abençoando. Agradecemos a todos os bispos, pastores, obreiros, agradecemos a todos que oraram pela reabertura da igreja mundial, apóstolo, bispos, pastores, um agradecimento geral. Que Deus abençoe a todos em nome de Jesus”.

As concentrações de fé retornam a serem realizadas nos dias de domingo, às 9h00, 15h00 e 18h00, e nas segundas, terças e quintas-feiras, às 9h00, 15h00 e 19h00.

 
 
 
Fonte: Victor Correa - Igreja Mundial do Poder de Deus

Cavaco defende liberdade religiosa e diz que diálogo entre religiões é necessário à Europa

Lisboa - O Presidente da República e candidato presidencial, Cavaco Silva, defendeu hoje a liberdade religiosa, num discurso em que citou o Talmude, o Alcorão e Gandhi, e considerou que o diálogo entre religiões é necessário à Europa.
Na sua qualidade de candidato às presidenciais de 23 de janeiro de 2011, Cavaco Silva almoçou hoje com representantes de várias comunidades religiosas, num restaurante de Lisboa.
"Sou cristão, como sabeis. Entendo que todas as religiões do bem nos aproximam de Deus. Acredito firmemente que todas elas fazem parte do plano de Deus para abrir as portas a uma nova era de esperança. Sinto-me, por isso, em casa quando me encontro com os crentes das religiões do bem", declarou, no início da sua intervenção.

Notícias Cristãs com informações da LUSA

( Feliz ) Bom ano de 2011 a todos!! Afrikaans – Geseende Kerfees en ‘n gelukkige nuwe jaar Amharic – Melkam Yelidet Beaal Arabic – I’D Miilad Said ous Sana Saida Argentine – Felices Pascuas y Feliz Año Nuevo Armenian – Shenoraavor Nor Dari yev Pari Gaghand Azeri – Tezze Iliniz Yahsi Olsun Bahasa Malaysia – Selamat Hari Natal Basque – Zorionak eta Urte Berri On! Bengali – Shuvo Baro Din – Shuvo Nabo Barsho Bohemian – Vesele Vanoce Brazilian – Boas Festas e Feliz Ano Novo Breton – Nedeleg laouen na bloav ezh mat Bulgarian – Vasel Koleda; Tchesti nova godina! Catalan – Bon nadal i feliç any nou! Cantonese - Seng Dan Fai Lok, Sang Nian Fai Lok Choctaw – Yukpa, Nitak Hollo Chito Cornish - Nadelik looan na looan blethen noweth Corsican – Pace e salute Crazanian – Rot Yikji Dol La Roo Cree – Mitho Makosi Kesikansi Creek – Afvcke Nettvcakorakko Croatian – Sretan Bozic Czech – Prejeme Vam Vesele Vanoce a stastny Novy Rok Danish – Glaedelig Jul Duri – Christmas-e- Shoma Mobarak Dutch – Vrolijk Kerstfeest en een Gelukkig Nieuwjaar! Egyptian – Colo sana wintom tiebeen English – Merry Christmas & Happy New Year Eskimo – Jutdlime pivdluarit ukiortame pivdluaritlo! Español – Feliz Navidad y Próspero Año Nuevo Esperanto – Gajan Kristnaskon Estonian – Rõõmsaid Jõulupühi Euskera – Zorionak eta Urte Berri On Faeroese – Gledhilig jol og eydnurikt nyggjar! Farsi – Cristmas-e-shoma mobarak bashad Finnish – Hyvää Joulua or Hauskaa Joulua Flemish – Zalig Kerstfeest en Gelukkig nieuw jaar French – Joyeux Noël et Bonne Année! Frisian – Noflike Krystdagen en in protte Lok en Seine yn it Nije Jier! Gaelic - Nollaig chridheil agus Bliadhna mhath ur! Galician – Bon Nadal e Ano Novo German – Froehliche Weihnachten und ein gluckliches Neues Jahr! Greek – Kala Christougenna Kieftihismenos O Kenourios Chronos Hausa – Barka da Kirsimatikuma Barka da Sabuwar Shekara! Hawaiian – Mele Kalikimaka & Hauoli Makahiki Hou Hebrew – Mo’adim Lesimkha. Shana Tova Hindi – Shub Naya Baras Hungarian - Kellemes Karacsonyiunnepeket & Boldog Új Évet Icelandic – Gledileg Jol og Farsaelt Komandi ar! Indonesian - Selamat Hari Natal Iraqi – Idah Saidan Wa Sanah Jadidah Irish -Nollaig Shona Dhuit Italian – Buon Natale e Felice Anno Nuovo Japanese - Shinnen omedeto. Kurisumasu Omedeto Jèrriais - Bouan Noué et Bouanne Année Jiberish -Mithag Crithagsigathmithags Korean – Sung Tan Chuk Ha Krio – Appi Krismes en Appi Niu Yaa Latin - Natale hilare et Annum Nuovo! Latvian – Prieci’gus Ziemsve’tkus un Laimi’gu Jauno Gadu! Lausitzian – Wjesole hody a strowe nowe leto Lithuanian – Linksmu Kaledu Low Saxon -Heughliche Winachten un ‘n moi Nijaar Macedonian -Streken Bozhik Malay – Selamat Hari Natal Malayalam – Puthuvalsara Aashamsakal Maltese – Nixtieklek Milied tajjeb u is-sena t-tabja! Mandarin – Kung His Hsin Nien bing Chu Shen Tan Manx – Nollick ghennal as blein vie noa Maori - Meri Kirihimete Marathi – Shub Naya Varsh Mongolian – Zul saryn bolon shine ony mend devshuulye Norwegian - God Jul og Godt NyttÃ¥r Occitan - Polit nadal e bona annada Oriya - Sukhamaya christmass ebang khusibhara naba barsa Papiamento - Bon Pasco Papua New Guinea – Bikpela hamamas blong dispela Krismas na Nupela yia i go long yu Pashto – De Christmas akhtar de bakhtawar au newai kal de mubarak sha. Pennsylvania German - En frehlicher Grischtdaag unen hallich Nei Yaahr! Polish – Wesolych Swiat Bozego Narodzenia Portuguese – Boas Festas e um feliz Ano Novo Punjabi – Nave sal di mubaraka Pushto - Christmas Aao Ne-way Kaal Mo Mobarak Sha Rapa-Nui – Mata-Ki-Te-Rangi. Te-Pito-O-Te-Henua Rhetian – Bellas festas da nadal e bun onn Romanche – Legreivlas fiastas da Nadal e bien niev onn! Rumanian – Hristos s-a Nascut si Anul Nou Fericit Russian – Pozdrevlyayu s prazdnikom Rozhdestva is Novim Godom Sami – Buorrit Juovllat Samoan – La Maunia Le Kilisimasi Ma Le Tausaga Fou Sardinian - Bonu nadale e prosperu annu nou Scots Gaelic - Nollaig chridheil huibh Serbian -Hristos se rodi Serb-Croatian - Sretam Bozic. Vesela Nova Godina Singhalese – Subha nath thalak Vewa. Subha Aluth Awrudhak Vewa Sorbian – Wjesole hody a strowe Nowe leto. Somali – ciid wanaagsan iyo sanad cusub oo fiican. Slovakian – Sretan Bozic or Vesele vianoce Slovak - Vesele Vianoce. A stastlivy Novy Rok Slovene - Vesele bozicne praznike in srecno novo leto Spanish – Feliz Navidad y Próspero Año Nuevo Swahili – ºKrismas Njema Na Heri Za Mwaka Mpyaº Swedish – God Jul och Gott Nytt Ã…r Sudanese – Wilujeng Natal Sareng Warsa Enggal Tagalog – Maligayang Pasko at Manigong Bagong Taon Tamil – Nathar Puthu Varuda Valthukkal Thai – Suksan Wan Christmas lae Sawadee Pee Mai Tok Pisin – Meri Krismas & Hepi Nu Yia Tongan – Kilisimasi Fiefia & Ta’u fo’ou monu ia Trukeese – Neekirissimas annim oo iyer seefe feyiyeech! Turkish – Noeliniz Ve Yeni Yiliniz Kutlu Olsun Ukrainian – Veseloho Vam Rizdva i Shchastlyvoho Novoho Roku! Urdu – Naya Saal Mubarak Ho Vietnamese – Chuc Mung Giang Sinh – Chuc Mung Tan Nien Welsh – Nadolig LLawen a Blwyddyn Newydd Dda Xhosa – Siniqwenelela Ikrisimesi EmnandI Nonyaka Omtsha Ozele Iintsikelelo Namathamsanqa Yayeya – Krisema Yoruba – E ku odun, e hu iye’ dun! Zulu – Sinifesela Ukhisimusi Omuhle Nonyaka Omusha Onempumelelo

Feliz Natal em 80 Línguas – Feliz Natal em outras línguas e idiomas 22 12 2009 Feliz Natal (Português) Gëzuar Krishtlindja (Albanês) Frohe Weihnachten / Fröhliche Weihnachten (Alemão) Gleckika Wïanachta (Alsaciano) Merry Christmas / Happy Christmas (Inglês) Milad majid (Árabe) Shenoraavor Nor Dari yev Pari Gaghand (Arménio) Eguberri on (Basco) Vesele Vanoce (Bohemian) Boas Festas e Feliz Ano Novo (Português Brasil) Nedeleg laouen na bloavezh mat (Bretão) Tchestita Koleda (Búlgaro) Bon Nadal (Catalão) Feliz Navidad (Chileno) Gun Tso Sun Tan’Gung Haw Sun (Chinês Cantonês) Kung His Hsin Nien bing Chu Shen Tan (Chinês Mandarim) Feliz Navidad y Próspero Año Nuevo (América do Sul) Sung Tan Chuk Ha (Coreano) Natale allegre (Córsega) Jwaïeu Nouel (Creolo Guadalupe) Jwaye Nowel (Creolo Haiti) Jénwèl (Creole Martinica) Sretan Bozic (Croata) Glædelig jul (Dinamarquês) Jutdlime pivdluarit ukiortame pivdluaritlo (Esquimó) Feliz Navidad (Espanhol) Gajan Kristnaskon (Esperanto) Roomsaid Joulu Puhi (Estoniano) Hyvää joulua (Finlandês) Joyeux Noël (Francês) Nadolig llawen (Gaulês) Kala Christouyenna (Grego) Mele Kalikimaka (Havaiano) Mo’adim Lesimkha. Chena tova (Hebraico) Shub Naya Baras (Hindu) Boldog Karácsonyt (Húngaro) Selamat Hari Natal (Indonésio) Buon Natale / Gioioso Natale (Italiano) Nodlaig mhaith chugnat (Irlandês) Buone Feste Natalizie (Italiano) Shinnen Omedeto / Kurisumasu Omedeto (Japonês) Natale hilare et Annum Faustum (Latim) Assegass amegass (Kabyle) Souksan van Christmas (Lao) Priecigus Ziemassvetkus (Letão) Linksmu Kaledu (Lituano) Schéi Krëschtdeeg an e Schéint Néi Joer (Luxemburguês) Tratran’ny krismasy (Malagasy) LL Milied Lt / tajjeb (Maltês) Meri Kirihimete (Maori) Een vrolijk Kerstfeest (Holandês) Gledelig Jul (Norueguês) Noël mobaràk bâde (Persa) Een Plesierige Kerfees (Afrikaan) Wesolych Swiat (Polonês) Bòn nové (Provençal) Un Crãciun fericit (Romeno) Pozdrevlyayu s prazdnikom Rozhdestva is Novim Godom (Russo) Ia manuia le Kerisimasi (Samoa) Croate / Sretan Bozic (Serbo) Vesele vianoce (Eslovaco) Dobro dedek (Sobota) Glad Yul (Sueco) Prejeme Vam Vesele Vanoce a stastny Novy Rok (Checoslovaco) Souksaan wan Christmas / Merry Christmas (Thai) Mutlu yýllar (Turco) Srozhdestvom Kristovym (Ucraniano) Chung Mung Giang Sinh (Vietnamita) Nadolig Llawen (Galês) Cestitamo Bozic (Jugoslavo)

MENSAGEM DE DEUS PARA OS JOVENS

“Jovens, eu vos escrevo, porque tendes vencido o maligno.” I João 2: 12-17
Ser jovem é sinônimo de vigor físico e mental, disposição, entusiasmo e luta por mudanças profundas, busca por sentido e verdade da vida. O espírito contestador e reformador do jovem é uma força propulsora positiva.

Tem-se, às vezes, a idéia de que Deus não se agrada da alegria e felicidade dessa fase da vida. Talvez porque ouvem e lêem o que diz o sábio Salomão que escreveu: "Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas." (Eclesiastes 11: 9)

Por tudo o que fazemos Deus nos pede contas. Às vezes este "acerto" acontece aqui mesmo enquanto vivemos, e outras vezes no Juízo. Alguns jovens, com a Bíblia na mão, em nome de Deus, falam como se Deus quisesse cortar todo "embalo", vigor e alegria da mocidade. Os dias da juventude podem e devem ser vividos intensamente, com as grandes emoções e prazeres. O coração ardente deve ser satisfeito. Tudo isso, porém, sem desagradar a Deus, nosso Criador. Ele quer que jovens tenham grandes e fortes emoções, mas que esse gozo e prazer jamais desrespeite a vontade Dele. Amando e respeitando a Deus e ao próximo, jovens são totalmente livres para escolherem seus caminhos de prazer e alegria. O amor é o limite.

O idoso apóstolo João (autor desta carta) escreve essa sua primeira carta em estilo carinhoso e paternal aos cristãos de seu tempo. Recomenda, acima de tudo, que todos amem a Deus, E... de repente faz uma menção especifica aos jovens. Bonito testemunho do patriarca sobre os jovens cristãos do primeiro século.

Os jovens são o presente, o futuro e a esperança da Igreja. Os jovens mencionados na carta eram vitoriosos, estavam vencendo na sua luta contra o diabo, o mundo e as suas tentações, e a carne egoísta e rebelde. Na palavra de Deus podiam encontrar energia, vigor e força para essa luta diária.

Que bonito saber que há muitos jovens evitando o pecado por amor e respeito a seu Pai do céu. Que testemunho, nesses tempos modernos, quando nossos jovens lutam contra tentações, seduções e pressões bem típicas desse contexto eletrônico informático, consumista e hedonista.

Essas pressões não são fáceis de suportar. Bons exemplos e diálogo cristãos podem ajudar nossos jovens nesse inicio de século. Idosos, crianças, jovens e pessoas de meia-idade têm muito para se ajudar. À luz da palavra de Deus, essa ajuda fica sendo sábia para essa vida e para a eternidade. Vamos pois, em frente, queridos jovens, e lembre-se: "0 ornato dos jovens é a sua força e a beleza dos velhos, as suas cãs" (cabelos brancos).

Billy Graham Faz Rara Aparição em Sessão de Autógrafos de Bush

billy-graham-barack-obamaO Reverendo Billy Graham fez uma rara aparição na segunda-feira na noite de autógrafos do ex-presidente George W. Bush e sua esposa, Laura Bush.
  • (Foto: Courtesy of Billy Graham Evangelistic Association)
    Billy Graham, 92, recebe uma cópia autografada da autobiografia do presidente George W. Bush ‘Pontos de Decisão’ na Biblioteca Billy Graham, em Charlotte, Carolina do Norte.
O evangelista de 92 anos de idade, que se sentou em uma cadeira de rodas, e seu filho, Franklin, almoçaram e oraram com Bush e a ex-primeira dama, antes de se dirigirem à Biblioteca Billy Graham para receber as cópias autografadas dos livos de Bunhes e posarem para fotos.
Bush e sua esposa estavam em Charlotte para autografar cópias de suas respectivas memórias, "Decision Points" (Momentos Decisivos) e "Spoken from the Heart" (Falando de coração).
Franklin Graham disse que o ex-presidente e seu pai foram amigos durante 30 anos.
Durante o almoço, os dois recordaram tempos juntos, incluindo férias de verão em Kennebunkport, e Graham perguntou como o Senhor e Senhora Bush estavam, disse.
Em 'Decision Points,’ O presidente Bush se lembra de uma conversa com Billy Graham, que o ajudou a transformar a sua vida.
"Ele deixou claro que o caminho para a salvação é pela graça de Deus," diz Bush do evangelista mundialmente famoso no primeiro capítulo do livro. "E a maneira de descobrir que a graça é abraçar Cristo como o Senhor ressuscitado, o Filho de um Deus tão poderoso e amoroso, que deu o Seu Filho único para vencer o pecado da morte e da derrota."
"Meu pai está muito grato, pois teve a oportunidade de falar com o presidente em um momento em que o presidente estava disposto a ouvir. Ele se lembra do momento," disse Franklin Graham, que continuou a missão de seu pai, servindo como CEO e presidente da Associação Evangelística Billy Graham.
O Graham mais jovem, CEO e presidente da Samaritan's Purse, também contou a Bush sobre sua recente viagem ao Haiti como parte do auxílio e esforço do ministério de enfrentar a epidemia de cólera no país.
"O Haiti tem grandes problemas e não vão ser corrigidos facilmente. É como um elefante - Como você come um elefante? Uma mordida de cada vez," disse Graham.
Franklin Graham disse que o convite para o ex-primeiro casal, semana passada e para sua surpresa, eles disseram que tinham uma abertura na segunda-feira.
Cerca de mil pessoas fizeram fila durante horas para ter a chance de falar com o ex-primeiro casal.
Bush assinou muitos livros com antecedência porque queria apertar a mão das pessoas na fila e agradecer-lhes por terem vindo, de acordo com Graham.
"Eu aprecio isso no presidente," disse ele.
Bush já vendeu mais de 1.750.000 cópias de seu livro desde seu lançamento, no início de novembro. O livro de Laura Bush, que foi lançado na Primavera, também passou várias semanas na lista de bestsellers do USA Today.

Cristian Post

Cuidado Com Um Coração Desviado

"O infiel de coração dos seus próprios caminhos se farta..." (Pv 14.14). Ao considerar esse assunto, queremos examinar três marcas de um coração desviado: 1) Cessação de crescimento, 2) Desconsideração de alertas do Espírito e 3) Atitude de criticar e julgar os outros.
Cessação de Crescimento
Quando plantas param de crescer, o próximo estágio é definhamento. Quando a água deixa de fluir, logo vem a estagnação. Quando desistimos de subir o rio, começamos a ser carregados rio abaixo. O afastamento de Deus começa no coração. Muito antes de a pessoa reconhecer que abandonou os caminhos de Deus, ela já deixou de andar com ele no seu interior. Pode ser algo imperceptível até para os amigos mais íntimos, mas Deus sabe que ela parou de avançar e acomodou-se com o que já alcançou.
Uma pessoa que cresce espiritualmente é como um garoto em crescimento – está sempre ficando maior que as roupas antigas. A cada dia, recebe novo entendimento da Palavra, nova visão de Cristo e expressa-se na oração de forma diferente. É lamentável quando crianças ou mesmo adultos aprendem as orações e testemunhos das pessoas com quem convivem. Tais orações logo se tornam palavras vazias, de validade vencida, sintomas claros de uma condição estagnada.
Um pregador pode usar várias vezes o mesmo texto, mas, se estiver em contato com a vida sobrenatural, sempre encontrará coisas novas e dirá coisas que nunca antes falou, leu ou ouviu. A partir do momento em que ele – ou qualquer outra pessoa – cair numa rotina e sempre disser as mesmas coisas, é sinal de que parou de crescer. Muitas pessoas estão nessa condição de estagnação no seu desenvolvimento espiritual, e anos podem passar antes que fiquem conscientes disso. Que lamentável!
Há uma passagem triste registrada em Mateus 5.13. Jesus terminara uma sequência dizendo “bem-aventurados”, “bem-aventurados”, “bem-aventurados”. Quando chegou ao versículo 13, ele afirmou que seus ouvintes eram “sal”: “Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta...” Veja bem: ele não disse se o sal deixar de ser sal, se ficar verde ou se virar um forte veneno! Ele não mencionou nada disso. O sal continua com a mesma aparência e o mesmo peso; continua sendo usado para temperar como antes, só que perdeu suas propriedades de preservação, purificação e sabor.
Semelhantemente, há muitas pessoas que são, exteriormente, religiosas e zelosas, que não têm comportamento prejudicial ou influência perniciosa e que parecem ter caráter exemplar. Contudo, o fato é que perderam aquela vida singular que tinha uma agressividade interior, um elemento eterno que trazia forte convicção de Deus sobre as pessoas em volta e gerava fome por algo que ainda não possuíam. Pode ser que nem consigam identificar o momento exato em que começaram a perder tudo isso – o que seria uma grande bênção, porque então saberiam por onde começar a se arrepender. Porém, geralmente ocorre um esfriamento de coração de forma tão gradual e imperceptível que, assim como Sansão, nem percebem.
“Tendo ele despertado do seu sono, disse consigo mesmo: Sairei ainda esta vez como dantes, e me livrarei; porque ele não sabia ainda que já o Senhor se tinha retirado dele” (Jz 16.20).
Que tragédia é quando a pessoa vai se afastando de pouco em pouco e não se apercebe claramente disso até enfrentar uma prova decisiva e ser derrotado!
A pessoa que está com coração afastado de Deus pode declarar que está tudo bem, pode gritar mais alto, orar por mais tempo e pregar com mais energia do que antes. Ela faz isso para aquietar os próprios temores, para impedir que outros comecem a suspeitar dela ou para afugentar a convicção do Espírito Santo. Em certas ocasiões, pode até combater com vigor o próprio elemento que está sugando e destruindo sua vida espiritual. Pode ser que o faça com esperança de se recuperar. O problema é que ela está tão envolvida em outras coisas que não consegue parar para investigar ou avaliar seu estado espiritual.
Quando sente temores de que algo não vai muito bem, acaba descartando-os, dizendo que está apenas passando por tentações ou influências de fora. Assim continua tocando a vida, sem identificar as áreas ou atividades questionáveis em sua vida e sem tomar medida alguma. Sempre espera que as coisas passem a ficar boas tão logo as circunstâncias mudem para o melhor. Tem receio de ouvir os alertas interiores ou os questionamentos do coração, com medo de que seja obrigada a enfrentar a verdade. Quem dera que ela parasse por tempo suficiente para envergonhar todas as vozes enganosas e traiçoeiras e insistir que todas se calassem para deixar somente a voz do Espírito conduzi-la de volta à presença de Deus.
Amigo, não passe tão rapidamente por cima de coisas “insignificantes” achando que não têm qualquer consequência mais profunda; podem ser coisas que ninguém nota, nem toma conhecimento, no entanto são suficientemente grandes para causar sua queda no fim. Com certeza, o diabo toma o mesmo prazer em ver uma pessoa convertida, dedicada a Deus, tomar o primeiro passo, ainda que seja minúsculo, para afastar-se de Deus, quanto o sente anos depois ao ver a mesma pessoa cair em desgraça.
Lembro-me de um caso, alguns anos atrás, que serve como ilustração desse princípio. Um homem desviado, anteriormente um líder de grupo, havia chegado ao altar numa reunião de acampamento. Depois de várias ocasiões em que esse homem buscou uma renovação com Deus sem sucesso algum, resolvi perguntar-lhe em particular como se afastara do Senhor. “Fiquei embriagado”, ele respondeu.
Falei que ele estava enganado, que a embriaguez é apenas uma evidência exterior do que já ocorrera no coração, talvez alguns meses antes disso. “Conte-me”, insisti, “qual foi a primeira coisinha que você fez que entristeceu a Deus, a partir da qual você não conseguiu se recuperar?”
Respondendo em tom de cochicho, ele disse: “Aluguei um cavalo e uma charrete...” Constrangido, ele hesitou um pouco.
Havia toda uma história em torno daquele “cavalo e charrete”. Tudo começou um ano ou mais antes do passeio de charrete. O homem era líder de um grupo de discipulado e, no seu trajeto para a reunião, sempre passava por uma casa onde morava uma boa irmã que fazia parte do grupo. Às vezes, havia um bom número de pessoas no grupo, em outras, quando o tempo não era bom, apenas as duas mais fiéis. A esposa dele era uma mulher boa e genuína, mas não muito espiritual, e não tinha muito dom para cantar. Com isso, o homem dizia consigo mesmo: “Quem dera minha esposa pudesse cantar e orar como esta boa irmã que nunca perde uma reunião! Ela tem tanto discernimento, sempre escolhe o cântico certo...”
Muito raramente, a “irmã fiel” faltava à reunião; mas, quando acontecia, nosso irmão ficava perdido e dizia: “Acho que a reunião hoje não será muito boa; será que ela está doente?”
Depois de um bom tempo assim, os dois estavam em tal sintonia que conseguiam discernir o pensamento e o sentimento um do outro, o que “ajudava” muito na condução das reuniões e no aconselhamento de novos irmãos. Eles também tinham muita liberdade para falar um com o outro dos defeitos de companheiros ausentes. Por uma feliz coincidência, frequentemente tomavam o mesmo ônibus ou trem para os acampamentos e reuniões maiores.
Finalmente o caminho estava suficientemente preparado para que a astuta Serpente lhes sugerisse uma viagem de charrete para uma gruta famosa nas montanhas. O homem ficava acordado de noite pensando se deveria ou não fazer isso. Ao olhar para a esposa fiel e trabalhadora ao seu lado, o Espírito insistia: “Não faça isso, não faça isso!”.
Depois de passar por muitas noites de peleja interior, com o coração batendo tão forte que parecia balançar a cama, o homem conseguiu o consentimento da mente, e o diabo agora tinha livre acesso. Ao mesmo tempo, ele continuava a liderar o grupo de discipulado e exortava os irmãos a serem fiéis e a cumprirem suas obrigações. No entanto, seu coração já estava afastado de Deus.
Agora, ele estava pronto, assim como Davi, a traçar os passos para realizar seu plano maligno. “Como vou esconder isso da minha esposa e de todos os outros? Vou fazer de conta que fui intimado como testemunha num julgamento na cidade vizinha. E onde vou me encontrar com a ‘irmã’? Lá naquele moinho abandonado.” Assim, ele tomou a decisão interior e traçou os planos que levaram, no fim, à queda e desgraça de duas pessoas muito valiosas no reino de Deus.
É ali que começa o processo de afastamento, na mente, nas imaginações secretas do coração. Ó meu irmão, minha irmã, esmague, assim como faria a uma víbora venenosa, o primeiro pensamento sugestivo, a primeira tendência de olhar ou pender-se na direção errada. É só assim que poderá ter esperança de vencer. Outros já caíram de alturas que você nem alcançou ainda, só porque começaram a brincar com pequenos desvios.
Tome como exemplo de desvio de coração a igreja de Éfeso. Onde encontraríamos uma igreja exteriormente mais exemplar? Não se pode encontrá-la. Leia o que está escrito em Apocalipse 2.1-5: “Conheço as tuas obras, assim o teu labor como a tua perseverança, e que não podes suportar homens maus...”. Não havia ninguém culpado de conduta imoral; não só se refreavam de qualquer espécie de desvio exterior, mas também não “suportavam” os que assim faziam.
Continue lendo: “... e que puseste à prova os que a si mesmos se declararam apóstolos e não são, e os achaste mentirosos”. Eles tinham tal discernimento e percepção afiada que conseguiam descobrir e expor um falso profeta, ainda que para a maioria das igrejas não houvesse nada errado em seu ensinamento ou conduta. Era alguém que aparentemente se posicionava corretamente em todos os assuntos, chorava e pregava com o que parecia ser unção e intensidade; no entanto, não se sentiam bem com ele. Consequentemente, resolveram investigá-lo melhor e descobriram que era mentiroso.
Oh, que as igrejas hoje tivessem tal discernimento e empenho para identificar e colocar à prova os falsários modernos antes que pudessem enganar as ovelhas!
Continuemos a ler o que a Escritura diz a respeito da igreja em Éfeso: “... e tens perseverança, e suportaste provas por causa do meu nome [não por causa de alguma organização humana e sectária], e não te deixaste esmorecer”. Aqui estava uma igreja ativa, bem organizada, disposta a fazer sacrifícios; no que diz respeito a zelo e discernimento, dificilmente encontraríamos uma à sua altura hoje.
Mas ouça: “Tenho, porém, contra ti...”
“Contra nós em Éfeso, não é possível!”
“Sim, contra vocês, não por causa de sua conduta exterior, mas porque têm se afastado de mim no coração, deixando seu primeiro amor.”
Amigo, tem alguma possibilidade, por menor que seja, que você esteja nessa mesma condição?
Desconsideração de Alertas do Espírito
Outra marca de um coração desviado é quando se desconsidera os alertas do Espírito. O Espírito Santo é fiel e autêntico a cada coração. Ele nos inspira a ser ousados na hora de arriscar. Ele dá sinais de alerta quando é hora de ser cauteloso. É fácil perceber quando está contente ou entristecido. Não demora muito para um namorado (ou namorada) descobrir o que agrada e o que entristece a pessoa amada. De maneira semelhante, quando alguém se apaixona pelo Senhor, logo saberá o que lhe agrada e procurará fazer tudo para alegrar o seu coração (1 Jo 3.22). Fará tudo para evitar aquilo que o entristece. É difícil dizer quantas vezes alguém pode entristecer Deus no mesmo ponto e não incorrer em culpa e condenação, mas o coração que ama não vai querer fazer esse teste!
Como é que o coração desconsidera os alertas do Espírito? De várias formas:
1. Nas conversas, em falar demais. Lemos em Provérbios 10.19: “No muito falar não falta transgressão”. E, em Mateus 5.37: “Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não. O que disto passar, vem do maligno”. E, ainda: “Digo-vos que de toda palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no dia de juízo” (Mt 12.37).
Eu arriscaria afirmar que cada vez que você me mostrar uma pessoa que fala muito, invariavelmente lhe mostrarei alguém que cai em uma de três práticas prejudicais ou, melhor, pecaminosas: a) falar mal dos outros (maledicência), o que, segundo John Wesley, é o pecado universal; b) conversa fútil, tola ou imoral que não deveria “sequer se nomear entre vós, como convém a santos” (Ef 5.3); c) chamar atenção para si mesmo, com palavras inchadas de vaidade.
Enquanto alguém está em público, ele se enche de tanta conversa e ocupação que Deus não consegue chamar sua atenção; se, porém, os suspiros e dores íntimas pudessem falar, diriam: “Tenho entristecido o Espírito Santo hoje e ignorei o toque suave de suas advertências”.
2. O coração desviado ignora os alertas do Espírito na questão de “remir o tempo” (Ef 5.16). Ele consegue desperdiçar preciosos momentos no centro da cidade, em leituras e conversas sem proveito ou em ociosidade, satisfazendo os desejos da carne. Jeremy Taylor disse: “Nunca houve uma pessoa ociosa, desde que saudável, que fosse em todos os aspectos uma pessoa virtuosa”. É por isso que Davi e muitos outros depois dele caíram em pecado e desgraça – ficaram ociosos e tornaram-se amigos dos prazeres. Oh, tome cuidado!
Atitude Crítica
Outra marca de um coração desviado é uma atitude crítica. De acordo com o dicionário Webster, crítica é uma “disposição de culpar e condenar; fazer comentários severos sobre outros, sobre sua maneira de escrever ou seus modos, geralmente implicando que são pessoas de natureza má, mesquinha e descaridosa”.
Finney disse: “Um espírito crítico é evidência conclusiva de um coração desviado. É uma atitude de achar defeito, de questionar a motivação dos outros, mesmo quando sua conduta admite uma interpretação caridosa. É uma disposição de colocar culpa em outrem e de julgá-los severamente. É um espírito de desconfiar do caráter e do testemunho de outros cristãos. É um estado de mente que se manifesta em julgamentos severos, palavras ásperas e sentimentos intolerantes para determinados indivíduos. Esse estado de mente é totalmente incompatível com um coração de amor, e sempre que um espírito crítico é manifestado por alguém que se diz cristão, pode ter certeza que existe ali um coração desviado”.
É a mesma coisa que leva algumas pessoas a comportar-se muito bem quando Fora de casa ou na presença de visitas, e com irritação e contrariedade em outros momentos, sendo quase impossível agradá-las.
Observe que o texto citado no início, de Provérbios 14.14, diz que o infiel de coração “dos seus próprios caminhos se farta”. Isso é verdade. Um dos maiores obstáculos ao avivamento é o querido membro antigo da igreja, “membro fundador”. Ele já possuiu a chama de Deus em seu interior, mas há muito ela se apagou. Ele agora está cheio de seus próprios planos, estratégias, imaginações. Como resultado, fica irritado e amargurado quando não é reconhecido ou valorizado.
Ele gosta de fazer orações longas e cansativas, mas não consegue perceber que isso prejudica a reunião. Tem, há muito tempo, seu próprio modo de testificar e geralmente repete a mesma coisa. Está cheio de preconceitos e demonstra resistência a leituras ou pregações que poderiam mudar seu modo de pensar e causar convicção do Espírito em seu interior.
Está cheio de inimizades e amarguras, provavelmente provocadas por alguém que o tratou mal. Ele consegue trazer à mente fatos desagradáveis que ocorreram anos atrás, mas que para ele ainda estão frescos, nutridos com sentimentos de amargura.
Sua mente pode estar cheia de enganos e ideias estranhas, abraçando doutrinas que antes denunciava. A luz que tinha no início transformou-se em trevas. É por isso que pessoas desviadas muitas vezes entram em seitas e doutrinas de demônios.
A pessoa com coração desviado se endurece em sua própria maneira de pensar e fazer as coisas, e ninguém consegue mudá-la ou tirá-la do buraco que criou.
Estas são algumas evidências de um coração destituído de graça. Poderíamos citar muitas outras, mas não adiantaria nada para quem está fixo em seus próprios caminhos. Que tragédia! Tenho tentado vez após vez restaurar pessoas assim à simplicidade do primeiro amor, mas com muito pouco sucesso. Tenho sentido dor no espírito ao ver pessoas assim dar golpes no ar, dar murros na cadeira e berrar no altar. O som oco da voz e o olhar vazio tendiam mais a afastar as pessoas do que a trazer convicção e inspiração para a reunião. Mas nada se podia fazer, porque o coração pobre e enganado estava se enchendo dos próprios caminhos e precisava seguir o seu curso. Às vezes, tais pessoas precisam cair em pecado e desgraça para poderem enxergar sua verdadeira condição.
Certa vez, um homem olhava da frente de sua casa enquanto uma tempestade passava pelo belíssimo jardim. Embora não houvesse ventos fortes, sua árvore predileta caiu com um estrondo inesperado. Depois da chuva, ele foi até o local para ver por que havia caído. Para sua surpresa, o tronco estava corrompido no centro. Então, lembrou-se de como, quando garoto, havia irresponsavelmente desferido um golpe na árvore com um machado. O tronco depois se recuperou, mas não antes da infiltração de uma pequena quantidade de água que desencadeou um processo de deterioração que chegou ao centro da árvore e causou sua queda.
Da mesma forma, querido amigo, você pode ter resistido a muitas tempestades e estar com aparência de quem está forte e saudável; se, porém, no passado, você feriu à consciência e cometeu algo que nunca foi devidamente confessado e curado, pode estar chegando um tempo de perigo em que o processo de decadência chegue ao ponto de trazer queda e vergonha à própria vida e à obra de Deus. Apresse-se, portanto, para buscar cura na raiz!
“Não vos enganeis!” “Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te...” (Ap 2.5). Lembre! Pare e pense! É de máxima importância que você encare de frente aquilo que está errado, até que deixe de existir. Não adianta colocar uma fachada de ousadia e fazer de conta que está tudo bem. Isso só vai abrir o caminho para enganos e ilusões maiores. Volte em espírito para o lugar em que primeiro se afastou de Deus e recomece ali onde parou. Pegue sua cruz no lugar onde a abandonou. Renove sua aliança e dedicação a Deus.
Volta, ó Pomba Celestial, volta,
Doce mensageiro de descanso,
Abomino os pecados que te causam dor,
E te afastaram do meu peito.

O ídolo a que mais me apeguei,
Seja qual for,
Ajuda-me a arrancá-lo do teu trono
Para que eu adore somente a ti.

(Traduzido de uma poesia escrita por William Cowper)

Elmer Ellsworth Shelhamer

Com a Desculpa de Marcar um Batizado, Homem Assalta Igreja Evangélica , A quantia roubada não foi informada

Dois homens armados assaltaram esta tarde uma igreja evangélica na Rua Venâncio Aires, no Centro de Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo. Conforme a Polícia Civil, por volta das 15h um dos criminosos chegou ao local e disse que queria marcar um batizado.

Em seguida ele teria retornado com outro homem e rendido uma funcionária e uma fiel, que estavam na igreja. A funcionária foi obrigada a abrir o cofre e entregar dinheiro e cheques. A quantia roubada não foi informada. Os criminosos fugiram do local a pé.

A polícia suspeita de que outra pessoa estivesse esperando pelos bandidos do lado de fora. O delegado Arthur Hermes Reguse, responsável pelo caso, alerta para que os fieis sustem os cheques que foram roubados.



Com informações Zero Hora / Clic RBS

Homem Atira em Pastor Evangélico, Mata Cunhado e se Suicida

Homem Atira em Pastor Evangélico, Mata Cunhado e se Suicida

Uma discussão familiar terminou em morte na madrugada desta terça-feira, no Nova Marília, zona sul da cidade. Jefferson Aparecido Alves, 32 anos, matou um dos cunhados, atirou contra outro, baleou um pastor evangélico e se matou em seguida. A ação teria sido causada por uma partilha de herança, além de motivo passional.

Um marido inconformado com o fim do casamento e insatisfeito com a partilha de uma herança matou um dos cunhados, atirou em outro, disparou contra um pastor e depois se matou com um tiro na cabeça. A esposa escapou ilesa do ataque.

Por volta das 23h, o casal Jeferson Aparecido Alves, 32, e Ariane de Oliveira Lopes, 22, discutiu em sua residência, na rua Romeu Ferraz, no Nova Marília. Com medo do marido, a jovem ligou para o irmão, o vendedor Adriel de Oliveira Lopes, 23, pedindo para que ele a buscasse.

Minutos depois, Adriel pegou a irmã e a levou para casa dele, na rua Sylvia Ribeiro de Carvalho. Quando se aproximavam do imóvel, notaram que Jeferson, de moto, os seguia. Adriel parou o veículo na frente da residência. O mesmo fez Jeferson, porém já sacando um revólver e atirando no cunhado.

Ariane e vizinhos acionaram Polícia Militar e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Adriel ainda foi socorrido com vida e levado ao Hospital das Clínicas (HC), onde morreu pouco após dar entrada.

Enquanto policiais militares eram informados do ocorrido, uma nova solicitação comunicava disparos na rua Sérgio Baio. Os policiais encontraram Edson Alves de Oliveira, 35, outro cunhado do homicida, baleado no rosto. Ele foi socorrido pelo Resgate do Corpo de Bombeiros e também levado ao HC, onde está internado em estado regular.

Alguns minutos se passaram e um novo chamado, desta vez na rua Severino Zambon, relatou novos disparos. Desta vez, a vítima foi o pastor evangélico Luis Carlos Madureira, também socorrido e hospitalizado em estado grave.

Luis Carlos Madureira, pastor evangélico, foi uma das vítimas do assassino

Pastor estaria intermediando divórcio; Jeferson era contra

Depoimentos colhidos pelos policiais militares informaram que Adriel e Jeferson se desentenderam recentemente por causa dos valores de uma herança e que o casamento estaria em crise, com Ariane querendo o divórcio. O pastor estaria intermediando a situação, por isso foi alvo da fúria do assassino.

Edson e Luis Carlos permanecem internados no HC, este último em estado grave, ainda correndo risco de morte. Por outro lado, ambos estão conscientes.

O corpo de Adriel é velado na sala 1 e será sepultado às 8h30 no Parque das Orquídeas. Ele era casado e deixa dois filhos. Jeferson é velado na sala 4 e será sepultado às 10h no Cemitério da Saudade. Ele deixa um filho de 14 anos, fruto de outro relacionamento. O caso foi encaminhado ao 2º DP, que investiga. A reportagem do Jornal Diário tentou contato com as famílias, porém ninguém quis dar entrevista.

Bolso estava cheio de munição

Enquanto a PM fazia diligências em vários pontos da zona sul, nova solicitação dizia ter ouvido tiros na rua José Froio. Ao atenderem o chamado, os patrulheiros encontram a moto de Jeferson estacionada.

Na calçada, ele estava caído, já sem vida, com um buraco de bala próximo ao ouvido. Ao lado dele, revólver calibre 32. Ariane foi chamada ao local e reconheceu o corpo do marido.

A perícia da Polícia Civil foi ao local e encontrou quatro cartuchos deflagrados no chão e outros dois intactos. No bolso de Jeferson, haviam mais nove balas. Sabe-se que ele recarregou a arma em algum momento, já que pelo menos oito disparos foram feitos.



Com informações Diário de Marília / Rede Bom Dia

China acusa Vaticano de "ameaças" e "ataques a sua liberdade religiosa"

O governo da China disse nesta quarta-feira que as críticas do Vaticano sobre a Assembleia de Católicos Chineses são "infundadas".

A instituição do governo da China encarregada de controlar os assuntos religiosos do país voltou suas baterias contra o Vaticano por suas recentes críticas a uma assembleia, em Pequim, de líderes da Igreja Católica oficial chinesa, que não é reconhecida pelo Papa.

Por meio de nota divulgada nesta quarta-feira, a China qualificou de "infundadas" as críticas do Vaticano, ao qual acusou de "tentar interferir e fazer ameaças aos participantes destas reuniões há dois ou três anos".

"Não se deve criticar os métodos religiosos da China, esses atos não têm justificativa alguma e não são corteses", diz o comunicado, que cita ainda a postura do Vaticano como "um ataque contra a liberdade religiosa" do país.

As declarações foram uma resposta às críticas lançadas pelo Vaticano na última sexta-feira sobre a VIII Assembleia de Católicos Chineses, que aconteceu entre os dias 7 e 9 deste mês.

A Santa Sé disse "deplorar com profunda dor" a realização do encontro, promovido pelo governo comunista sem sua permissão, e assegurou que se tratava de um gesto "hostil" com o qual a China danificou unilateralmente o diálogo e o clima de confiança com o Vaticano.

Ladrões quebram janela de Igreja e levam aparelhos eletrônicos

Um prédio da Igreja Evangélica Quadrangular foi arrombado, na madrugada de hoje, na Vila Farrapos, em Porto Alegre.

De acordo com a Polícia Civil, o pastor da igreja chegou por volta das 7h no local e constatou o furto de objetos.

Os ladrões quebraram uma janela basculante para entrar na Igreja. Foram levados aparelhos de DVD, teclados, mesa de som, microfones e outros eletrônicos.

A polícia suspeita que os criminosos conheciam a rotina da Igreja. Para cometer o crime, eles aproveitaram que o zelador do prédio não dormiu no local.

Fonte: Zero Hora

Violência cometida contra um pastor aparece em documento revelado pelo WikiLeak

Documentos mostram que violência contra um pastor norte-americano no interior de Alagoas e questão agrária preocuparam consulado dos EUA.

A violência cometida contra um pastor norte-americano da Igreja Batista de Coqueiro Seco, no interior de Alagoas, e os rumos de movimentos de trabalhadores sem terra no Nordeste são as principais preocupações contidas nos dois primeiros documentos secretos do Consulado dos Estados Unidos no Recife vazados pelo site WikiLeaks. Os dois telegramas - escritos em julho de 2005 e maio de 2008 - fazem parte de um lote de comunicados de embaixadas norte-americanas obtidos pelo portal eletrônico cujo fundador, Julian Assange, foi preso em Londres, na Inglaterra, pela suspeita de ter praticado crimes sexuais contra duas mulheres, na Suécia. O australiano, solto dias depois, se tornou a locomotiva de uma crise diplomática sem precedentes na comunidade internacional ao tornar públicos comentários, análises, comunicados, opiniões e lobbies de embaixadores e cônsules dos EUA mundo afora.

O Wikileaks conseguiu acesso a mais de 250 mil telegramas das embaixadas. Exatos 1.947 foram enviados pela Embaixada de Brasília entre os anos de 1989 e 2010. No Brasil, o site registrou 778 documentos preparados pelo Consulado de São Paulo, 119 do Rio de Janeiro e 12 do Recife. O primeiro remetido da capital pernambucana disponibilizado na página eletrônica (www.wikileaks.ch) data de 2005 e se refere a uma tentativa de homicídio contra um pastor norte-americano de 45 anos, a 32 quilômetros da capital alagoana. O religioso havia sido ferido a tiros (no braço, pescoço e na mandíbula) na porta da Igreja Batista da Vitória, no bairro de Brasília, no dia 3 de julho. Internado em uma unidade de saúde do estado, ele acabaria transferido para Iowa, nos Estados Unidos, cinco dias depois.

No telegrama de quatro parágrafos e 35 linhas de julho de 2005, o Consulado no Recife analisa a possibilidade de o crime ter motivação semelhante à do assassinato da missionária Dorothy Stang. Nascida nos Estados Unidos e naturalizada brasileira, ela havia sido morta aos 73 anos, no mês de fevereiro daquele ano, em Anapu, noPará. Pertencente à congregação das Irmãs de Nossa Senhora de Namur, a irmã era uma ativista pelos direitos dos trabalhadores rurais da Amazônia desde a década de 1970. Lutava pelo fim dos conflitos fundiários e defendia uma reforma agrária para beneficiar os moradores das imediações. O homicídio do qual foi vítima teve estreita ligação com as bandeiras por ela empunhadas.

O consulado, no entanto, refuta a associação entre os dois crimes e descarta a hipótese de episódio com conotações políticas contra o pastor. O telegrama conclui pela possibilidade de a tentativa de assassinato ser fruto de ´negócios pessoais ou o envolvimento do ministério dele em uma área conhecida pelo uso abusivo de álcool e drogas`. Ainda assim, o consulado comunica o envio de representantes para a região onde o atentado ocorreu para esclarecer as circunstâncias do crime.

Depois de informar a chegada do pastor no Methodist Medical Center, em Iowa, em 9 de julho - viagem feita sem a solicitação de apoio ao consulado -, o telegrama assinado pelo cônsul dos EUA no Recife, Peter Swavely, pondera: ´A impressão é que este atentado não foi ou não é politicamente motivado contra o religioso como um cidadão norte-americano, missionário ou envolvido em questões sensíveis da organização política e não-governamentais`. O cônsul relaciona o crime à postura do pastor na luta contra drogas na região e prática de aluguel de casas para pessoas com rendas modestas.

A investigação da Polícia Civil alagoana apontou a possibilidade de ligação do crime com o trabalho desenvolvido pelo religioso contra redes de prostituição infantil no município. Dos Estados Unidos, dias depois do atentado e ainda em recuperação, o pastor enviou uma mensagem para os fiéis brasileiros: ´Não tenho a menor ideia de por que alguém quis tirar a minha vida. Seja quem for, perdoo de todo o meu coração`.

Repercussão

Cônsul dos Estados Unidos no Recife desde setembro de 2008, Christopher Del Corso, esclarece que o trabalho de um consulado em qualquer parte do mundo é reportar à embaixada e a Washington tudo o que acontece de relevante em sua área de cobertura.

´Mesmo com esses vazamentos do WikiLeaks, não vamos deixar de relatar nossas experiências`, destaca Del Corso, sem comentar o impacto negativo que a diplomacia norte-americana está tendo com o vazamento dos documentos.

´O Movimento dos Sem Terra preocupava e ainda preocupa os Estados Unidos, uma vez que envolve a vida de muitas pessoas. Claro que vamos continuar acompanhando e deixando Washington informado.

Fonte: Diário de Pernambuco

Como será o Brasil evangélico em 2020?

O momento em que a maioria dos brasileiros será protestante fica cada vez mais próximo. Com sucessivos escândalos e teologias alienantes será que estamos prontos?

Cena um: uma das mais importantes revistas semanais do país publicou recentemente uma extensa reportagem fazendo projeções sobre o futuro do Brasil. Apesar de tratar de diversos temas, da educação à economia, a notícia que realmente caiu como uma bomba e acabou repercutida pela imprensa, por emissoras de rádio e de televisão e por blogs e sites de discussão na internet dizia respeito à religião: o maior país católico do mundo na atualidade se tornará evangélico em poucos anos. Mais precisamente em 2020, a continuarem as impressionantes taxas de crescimento, mais da metade dos brasileiros pertencerá a alguma igreja protestante. Estima-se que já neste mês de dezembro, o número de evangélicos no Brasil chegue próximo dos 50 milhões e, pouco mais de uma década depois, atinja a marca de 105 milhões de pessoas.

Cena dois: após realizarem uma investigação que durou mais de dois anos, promotores do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de São Paulo, acusaram o bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, e mais nove pessoas ligadas à denominação, pelo desvio de 8 bilhões de reais de dízimos e contribuições ofertadas por fieis. A dinheirama não teria sido usada em atividades religiosas, mas para aumentar patrimônio pessoal e conseguir lucro, com a -compra de duas emissoras de televisão, terrenos, mansões, um prédio e até um caríssimo jatinho modelo Cessna. A Justiça deu prazo para a defesa se pronunciar e pode aceitar a denúncia. Se assim for, Macedo e seu grupo tornam-se réus num processo criminal que pode condená-los por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Ao mesmo tempo em que os evangélicos crescem numericamente e aumentam de forma considerável sua influência em todas as esferas da vida nacional, escândalos e denúncias envolvendo dinheiro, sexo e abuso de poder multiplicam-se e maculam a imagem das igrejas e de seus líderes. Fala-se em relativização moral e secularização da fé. Em uma geração de crentes que busquem vantagens e não mais a Deus. Em que pese o fato de que por trás das últimas denúncias envolvendo a Universal exista uma guerra de interesses e de cifras na qual estão os principais grupos de comunicação do país, ou mesmo que esteja em curso uma batalha espiritual contra a expansão do Reino de Deus, as críticas e acusações sobre o que acontece nos templos de Norte a Sul do país são tão sérias que, ignorá-las, seria mesmo anti-bíblico. Na esteira do avanço protestante em terras tupiniquins, estudiosos das ciências da religião costumam avaliar que esse fenômeno pode ser muito bom, uma vez que “os evangélicos não vão apenas mudar a sociedade, mas mudarão com ela”. Tal afirmação tem causado arrepios em pastores e trazido um sério questionamento para os cristãos: diante de tal quadro já hoje: afinal, como será esse Brasil evangélico de 2020?

Se o questionamento daqueles que não aceitam o crescimento protestante passou a ser de ordem ética e moral, citando inclusive a própria Palavra de Deus que, segundo eles, só é usada para manipular os incautos, a Universal do Reino de Deus é a vidraça da vez. De acordo com a denúncia do Ministério Público, boa parte do dinheiro recebido pela igreja era repassada em forma de “pagamentos” para empresas de fachada controladas por pessoas ligadas à cúpula da organização. Duas delas, a Cremo Empreendimentos e a Unimetro Empreendimentos receberam, entre 2004 e 2005, mais de 70 milhões de reais, embora não tenham oferecido nenhum serviço ou produto, segundo a Secretaria da Fazenda de São Paulo.

Essas empresas enviariam o dinheiro para outras, sediadas em paraísos fiscais. Tanto a Investholding, nas Ilhas Cayman, quanto a CableInvest, nas Ilhas do Canal, Reino Unido, também pertencem a pessoas supostamente ligadas à igreja. Por fim, o dinheiro retornava ao país como empréstimos para os líderes eclesiásticos, que compravam com eles apartamentos em condomínios de luxo nos Estados Unidos e propriedades no Brasil, como uma mansão de 2 mil metros quadrados em Campos do Jordão (SP), no valor de 6 milhões de reais.

A denúncia do Gaeco não é propriamente uma novidade. Desde 1992, quando a Universal comprou a Rede Record, houve mais de dez processos contra a igreja. Já em 1995, depois que Macedo apareceu em um vídeo ensinando pastores a tirar ofertas, autoridades fazem varreduras nas contas da organização, mas não conseguem provas. “A tese de que pastores tenham pegado dinheiro de ofertas, mandado para o exterior e financiado recursos para enriquecer, não é nova. Em 1993, houve denúncia apócrifa e, de lá para cá, a Polícia Federal, a Interpol, o FBI, a Receita Federal e, finalmente, o Supremo Tribunal Federal concluíram que as denúncias não tinham fundamento e inocentaram os acusados. Também essa denúncia não será aceita, pois trata-se de calúnia, injúria e infâmia”, afirmou em pronunciamento o senador Marcello Crivela (PRB/RJ), bispo licenciado da igreja. A principal reclamação de Crivella e da Universal é que alguns dos maiores veículos da mídia nacional estejam aproveitando a investigação do Ministério Público para criar um factóide e, com isso, lutar contra o crescimento de audiência da TV Record. Dentre aqueles que deram mais publicidade ao caso estão o jornal Folha de S. Paulo, que há dois anos enfrentou uma enxurrada de processos judiciais movidos por fiéis da igreja por conta de uma reportagem sobre as finanças da denominação, e a Rede Globo, principal interessada na guerra de audiência. Mas se a motivação é questionável, os veículos garantem que as acusações procedem. Apesar das afirmações de independência da emissora, somente no ano passado a Universal teria repassado 400 milhões de reais para a Record. O valor entra com a compra de horários nas madrugadas, o que é perfeitamente legal. O problema é que enquanto a Globo fatura 50 mil reais, com 6 pontos no ibope, a Record, com audiência bem menor, cerca de 1,4 ponto, recebe mais de 200 mil por hora. Tudo da igreja, tudo bem acima dos valores de mercado.

Evangelho da prosperidade

Assim como a Record, com suas 23 emissoras de TV, 42 emissoras de rádio e várias outras empresas, a Universal também é seu modo uma potência. Em 32 anos, a igreja tornou-se a terceira maior denominação no Brasil, atrás apenas da Igreja Católica e da Assembléia de Deus. Afirma congregar 8 milhões de pessoas em seus 4500 templos espalhados pelo país. Além daqui, está presente em outras 171 nações e tem em seu corpo ministerial 9600 pastores e outros 4400 obreiros voluntários. Seu trabalho social e espiritual é digno de nota, uma vez que oferece a Palavra de Deus e mensagens de encorajamento para gente de todas as origens e classes econômicas, sendo uma porta de entrada para o Evangelho e para a libertação de multidões afundadas em vícios, criminalidade e falta de perspectivas na vida. É perfeitamente coerente e razoável que, como qualquer outra igreja – inclusive a Católica – ou religião, possa empregar os meios de comunicação, recursos e estrutura na tarefa evangelística. Mas a verdade é que o centro da crise não está aí e também não se restringe somente à Universal.

O espantoso crescimento evangélico nas últimas décadas já provoca uma crise de valores e de doutrinas em várias igrejas. O novo crente adotou regras menos rígidas e passou a procurar a religião não apenas como forma de obter benesses na eternidade, mas alcançar a prosperidade aqui e agora. E nada representa mais esse novo momento do que a Teologia da Prosperidade. Surgida por volta de 1940, nos Estados Unidos, ela radicaliza o ensino de que o sacrifício de Cristo deu àqueles que o seguem direito a uma saúde perfeita, riquezas materiais, triunfo sobre o Diabo e vitória sobre todo e qualquer sofrimento (conheça mais essa história na reportagem Teologia do Abracadra à página 47). Basta decretar ou determinar e colocar a fé em ação. “Para bancar suas ambições institucionais, proselitistas e econômicas, as igrejas atrelam a doação financeira à retribuição divina de bênçãos materiais. Cada culto procura convencer o fiel a firmar relações de troca com o Criador e comprovar a fé dando dinheiro. Quando a Universal começou a usar tais métodos, eles pareceram polêmicos e heterodoxos, mas agora os líderes de outras denominações perceberam a eficiência dessas práticas e, para adquirir vantagens competitivas, copiam todas elas”, explica o sociólogo Ricardo Mariano, da PUC do Rio Grande do Sul, autor do livro Neopentecostais (Edições Loyola).

Copiar não é força de expressão nem se resume à nova visão em relação ao dinheiro. Depois do sucesso da Fogueira Santa de Israel, do Vale do Sal e das rosas ungidas, fazer campanhas passou a ser algo praticamente obrigatório em todo meio neopentecostal e em parte do pentecostalismo clássico. Diante da renovada pressão por exposição midiática e crescimento, algumas igrejas históricas que adotaram a renovação carismática passam a rever a forma e o conteúdo de suas mensagens e deixam em polvorosa os mais tradicionais. Como tantos outros modismos, substituem a ênfase na santidade e no relacionamento com Deus pelo emocionalismo desprovido de mudança de vida e baseado na política do “toma lá, dá cá”.

“Estamos vivendo uma espécie de ‘síndrome de Éfeso’. Como no caso dos crentes que viviam naquela cidade nos tempos bíblicos, as pessoas correm atrás de novidades. Por outro lado, passou a ser inconveniente e fora de propósito falar em ‘sofrer por amor ao Evangelho’, ‘entregar tudo a Deus’ e ‘buscar em primeiro lugar os valores do Reino’. O único sacrifício válido é o financeiro. Infelizmente, pouco há em comum entre essas novas igrejas e a Reforma Protestante que deu origem aos movimento evangélico”, lembra o professor Lourenço Stelio Rega, diretor da Faculdade Teológica de São Paulo e especialista em Ética. Nessa nova realidade do meio religioso brasileiro, textos bíblicos tradicionais ganham novas interpretações, nas quais um Deus visto apenas como Senhor e Salvador já não atende à demanda dos fieis. Antes de mais nada, ele é um negociador e os líderes eclesiásticos, seus despachantes. Ai de quem bobear nessa tarefa: a concorrência é cada vez maior.

Um quadro vívido de como anda o movimento evangélico pode ser encontrado na periferia das grandes cidades. Nesses locais, proliferam igrejas, a maior parte congregações independentes, com templos quase vizinhos. Em São Paulo, a Avenida Celso Garcia, ´no Brás, uma das vias mais tradicionais da metrópole, passou a ser conhecida como “avenida da fé”. Em uma cidade onde um novo templo é aberto a cada dois dias, a Celso Garcia ganhou pelo menos nove novas igrejas nos últimos tempos, algumas com templos enormes e suntuosos, separados por poucos metros. E se antigamente as igrejas transformavam cinemas em lugares de culto, hoje supermercados e lanchonetes da rede Mc Donald’s são adaptados para funcionarem como templos. “É o fast food da religião. Como a concorrência é enorme, cada um tenta vender melhor seu peixe. Só falta pendurar uma faixa na entrada proclamando: ‘Esta igreja funciona. Sabemos como fazer Deus trabalhar para você’. Isso, a teologia já não explica mais. Procurar recompensa pelo menor preço é coisa para a economia clássica. Pior é que não há diferenciação: todos são vistos como evangélicos”, completa Rega.

Na ponta do lápis

Há quem veja o fenômeno do crescimento evangélico como um avivamento. Outros não aceitam tal interpretação, afinal, para um avivamento não basta o aumento quantitativo, é preciso também o qualitativo. De um jeito ou de outro, o fato é que o Brasil caminha a passos largos para se tornar em um futuro bem próximo uma nação de maioria evangélica. Percurso inverso ao da Europa, que abandonou o cristianismo e agora corre sério risco de se tornar um continente islâmico (leia matéria à página 48). Nesse exercício, não há nada de adivinhação, vontade ou futurologia. É questão de fazer cálculos. “A continuar a taxa de crescimento que os evangélicos tiveram nas últimas décadas, no final deste ano, 25,4% de um total de 196,5 milhões de brasileiros, ou seja, quase 50 milhões serão evangélicos. Já em 2020, metade da população será protestante”, observa a matemática e crente presbiteriana Eunice Stutz Zillner, do Ministério Apoio com Informação (MAI), responsável por análises e projeções no campo religioso.

Apesar da fé ser a motivação para o trabalho – ela e o marido, o engenheiro eletrônico Marcos Zillner, são missionários e pretendem que os números incomodem e estimulem as igrejas a evangelizar –, nada de ser tendencioso ou enveredar pela empolgação dos líderes denominacionais e seus números “evangelásticos”. As contas, literalmente, são feitas na ponta do lápis. As projeções do MAI têm como ponto de partida os censos periódicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pelo levantamento de 1991, por exemplo, sabe-se que os evangélicos eram 13 milhões na época ou 8,9% da população brasileira. Nove anos depois, em 2000, os evangélicos dobraram de tamanho e passaram a ser 26,1 milhões, 15,45%. “Tudo bem que a tendência mais para frente é que esse aumento venha a se estabilizar. Mas levando em conta a taxa de crescimento anual dos evangélicos, que é mais de três vezes o da população do país, podemos dizer que hoje um em cada quatro brasileiros é protestante”, confirma Eunice. Nesse contexto, todos crescem, mesmo os históricos. Mas sobretudo as denominações neopentecostais.

Uma quantidade tão expressiva de pessoas transformadas pela Palavra de Deus leva a crer que haverá um forte impacto na sociedade brasileira, certo? Errado. Pelo menos, segundo os especialistas ouvidos pela semanal Época, a revista que fez inicialmente a projeção sobre o futuro do país. Para a antropóloga Christina Vital, do Instituto de Estudos da Religião (Iser), a flexibilidade e a adoção de regras menos rígidas é a razão do exponencial crescimento evangélico. “Enquanto os católicos não aceitam coisas como a camisinha, os evangélicos adaptam-se aos costumes da sociedade. Há igrejas que aceitam gays, por exemplo. Essa tendência deve continuar”, prevê ela.

A potencialidade numérica também não garantirá que um presidente evangélico seja eleito, já que tradicionalmente a representação política no Congresso fica bem aquém da porcentagem de crentes na população. O Brasil também será muito diferente dos Estados Unidos, onde a moral conservadora é parte essencial da crença e do culto. “A religião foi abrasileirada. Não tem um foco tão grande no moralismo”, analisa o antropólogo Ari Pedro Oro, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Continuando, os especialistas acreditam que o aumento da população protestante levará ainda à diminuição do consumo de álcool, com a oposição costumeira dos crentes, e ao aumento da escolaridade, já que as crianças são incentivadas a ler a Bíblia. Com relação à violência, continuará havendo tolerância e o motivo para se acreditar nisso está nas favelas do Rio de Janeiro, onde pastores e traficantes convivem bem. Há respeito para com os religiosos e os bandidos atendem apelos eventuais. Mas o tráfico permanece.

Visto com esperança por uns, o panorama causa desconfiança e provoca arrepios em outros. Especialmente em que acredita na máxima bíblica de que o crente “não pode se conformar ao mundo, mas deve transformá-lo pela fé” e que defende os valores expressos na Palavra de Deus sem restrições. “A Igreja evangélica desprovida da ética cristã não consegue impactar a sociedade. Aliás, não precisamos esperar o futuro para ver o que acontecerá. Podemos observar hoje. Décadas atrás, falávamos em católicos nominais. Agora, já temos os evangélicos nominais, aqueles que frequentam os cultos apenas atrás de bênçãos. Sem querer generalizar, mas vivemos uma crise de conversões no Brasil, já que vemos quase somente adesões”, alerta o pastor e pesquisador Paulo Romeiro, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo.

Para ele, aqueles que usam a mídia para anunciar uma mensagem de salvação são raros e a situação só mudará caso esses líderes mais éticos tenham maior visibilidade. “A justiça, em todos os seus sentidos, não é mais preocupação de grande parte da Igreja cristã. Em parte, isso ocorre porque não há uma estrutura de poder que coíba abusos e manipulação de um líder carismático que manda sozinho lá no topo, coisa muito comum nessas denominações que mais crescem. Está na hora do trigo aparecer, para que a sociedade veja a diferença”.

Preocupação semelhante tem o também pastor e jornalista Silas Daniel. Nos últimos meses, o jornal do qual ele é o editor, o Mensageiro da Paz, órgão oficial de comunicação das Assembleias de Deus no Brasil, publicou uma série de matérias sobre o Brasil evangélico em 2020 e perguntou a algumas das principais lideranças assembleianas se ainda é possível mudar tal quadro. A resposta é sim, mas o tempo está cada vez mais curto. “Apesar das denominações neopentecostais terem mais visibilidade, por causa da mídia, o crescimento evangélico também atinge as organizações históricas e pentecostais. Essas precisam resgatar a mensagem sobre santidade, renúncia e humildade no lugar da auto-ajuda e dos discursos feitos para massagear o ego que tomaram de assalto os púlpitos. Só com ênfase renovada na exposição sadia da Palavra de Deus e na oração, culto após culto, poderemos virar o jogo”, adverte. Se o futuro não for assim, a velha figura do evangélico com a Bíblia debaixo do braço será mesmo coisa do passado.

Revista Eclésia

Avec ajuda presidiários a construirem uma família

A Associação Vitória em Cristo (Avec) patrocinou o casamento coletivo de 19 internos dos presídios Moniz Sodré e Esmeraldino Bandeira, no complexo penitenciário de Bangu, no Rio de Janeiro. As cerimônias aconteceram nos dias 17 e 18 de dezembro. O patrocínio contemplou 20 casais, porém o casamento de um deles aconteceu no civil, já que o noivo conquistou a liberdade.

A ação promovida pela Avec repercutiu positivamente junto ao Sistema Penitenciário. “O casamento contribui para a mudança do interno e para a valorização da família. Essa parceria é muito importante”, declarou Victor Barbosa da Silva, diretor da penitenciária Moniz Sodré. O patrocínio incluiu o casamento civil e o religioso, vestido de noiva, alianças de ouro, buffet e ornamentação das capelas. Cada casal também receberá de presente um DVD editado com imagens da cerimônia e uma Bíblia.

Os internos se converteram ao evangelho na prisão. Por isso, para eles, mais do que uma festa, a cerimônia representou a legalização de seu relacionamento diante de Deus e a valorização da família. Os casais já conviviam maritalmente e, a maioria tem filhos. “O pecado destrói o casal. Agora, estamos mais estruturados, prontos para uma nova vida”, disse emocionado Clouder Vieira (na foto), 31 anos, afirmando que este era um sonho do casal. “Era uma promessa de Deus para nós.”

Os dias que antecederam ao casamento foram de muita expectativa. “Nem consegui dormir esta noite tamanha a ansiedade”, disse Camila Almeida, cujo sonho é refazer a vida ao lado de Clouder e esquecer as coisas ruins do passado. O capricho na decoração mereceu o elogio das noivas. “Não esperava que ficasse tudo tão lindo”, disse Aline Pereira. O marido dela, André Luís, converteu-se na prisão, e Aline não desperdiçou a oportunidade ao dizer sim para Jesus no culto da Quinta-feira da Vitória, na Assembleia de Deus Vitória em Cristo, na Penha, realizado dois dias antes do casamento.

Cientes de que o apoio da família é fundamental nesse recomeço, alguns pais compareceram à cerimônia, expressando sua satisfação. “Estou feliz por ele ter a oportunidade de construir a sua própria família”, disse Selma Maria Alonso, mãe de Tiago Alonso, preso há mais de dois anos. “Estou muito emocionado. Somente Deus pode fazer algo tão maravilhoso”, declarou Pedro de Oliveira após entregar a filha Gisele Mariano ao genro Fabiano Alves.

SEDE E FOME DA PALAVRA DE DEUS , voce sente isso?

O convite de Cristo é claro: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba  
(Jo 7.37).

Portanto, somente os sedentos buscam água! Assim como somente os doentes procuram um médico! A água de Cristo é a única que sacia  verdadeiramente a sede de quem a busca. As festas, o álcool e a prostituição apenas enganam essa sede. Quem prova dessa fonte de água do mundo sempre tem que está provando dela, pois ela nunca sacia totalmente! Essas pessoas transformam-se em prisioneiros dessa fonte, sem ela não há felicidade, há muita SEDE!
No entanto, quem prova da fonte de Deus será verdadeiramente saciado!  A  fonte passará a morar em você! O sucesso está em você! Porque seu corpo é templo e morada do Espírito Santo (1Co 3.16). Mas Jesus é bastante claro: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba”. Portanto a água não deve ser apenas apreciada, admirada ou criticada. Devemos verdadeiramente provar dela! Se uma pessoa está com muita sede, não adianta colocar um copo d’água ao seu lado e dizê-la que aquela bebida matará a sua sede. Devemos BEBÊ-LA! Muitas pessoas nas igrejas conhecem A Palavra, sabem que somente Cristo tem a fonte com águas inesgotáveis, águas que realmente saciam. No entanto, não obedecem as escrituras, não bebem dessa fonte! Acabam morrendo de sede com uma fonte d’água ao seu lado.
Para ser salvo, não basta apenas saber quem é Jesus e o que Ele fez por nós. Não basta saber que Ele é o Filho de Deus, o salvador do mundo, que Ele é a fonte de onde jorra a água da vida. É preciso beber dessa água. É necessário crer em Cristo. É preciso tomar posse da vida eterna. Pois Jesus diz que quem Nele crê, do seu interior fluirão rios de água viva (Jo 7.38).
E, se a pessoa só tem sede ou fome das coisas do mundo e não da Palavra de Deus, possivelmente ela está morta espiritualmente. Somente os mortos não têm sede ou fome. A fome é o primeiro sinal de que a pessoa está viva! Uma pessoa sem vida espiritual não pode ter fome das coisas de Deus.
A falta de apetite pode ser um sinal que a pessoa está doente, viva mas sem saúde. Assim, há muitas pessoas que estão doentes espiritualmente e perderam o apetite pelas coisas do céu. Estão fracas na fé, não se alegram em está na Casa de Deus, perderam o gosto pela leitura da Bíblia. Precisam sentir fome pelo delicioso banquete de Deus, se não serão raquíticas espiritualmente nunca desenvolverão na fé, sendo apenas mais uma pessoa que senta no banco da igreja e nada produz como ovelha. Atualmente, temos muita facilidade de acesso ao conhecimento bíblico, mas pouquíssimas pessoas comprometidas ao conteúdo bíblico. Muitas vezes, os pastores necessitam criar novidades para trazer muitos crentes para as igrejas. As novidades, como o nome diz, são novidades apenas no começo, tempos depois esses crentes raquíticos necessitarão de novos incentivos para voltar a se alimentar do pão que vem do céu!

Deus não promete apenas uma refeição ao faminto, Ele dará uma satisfação eterna e completa: “Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome; o que crê em mim jamais terá sede” (Jo 6.35).

“Bem aventurado aqueles que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos”. (Mt 5.6).


Pastor Max Millian

Confira o que abre e fecha neste fim de ano em Mogi Guaçu

10026
Devido aos feriados de Natal e Ano Novo, não haverá atendimento ao público nos dias 24 e 31 de janeiro na Prefeitura e autarquias. Os dois dias são tidos como ponto compensado dos servidores.

O expediente volta ao normal após o feriado de Natal na segunda-feira (27), às 8h00 e após o feriado de Ano Novo na segunda-feira (03), também às 08h00.

Na próxima quinta-feira (23), no período da tarde, a Secretaria de Promoção Social vai suspender o atendimento ao público. Haverá apenas expediente interno.

Confira o que abre e fecha durante o feriado prolongado.

Secretaria de Saúde:

Urgências e emergências serão atendidas no Pronto Socorro do Hospital Municipal "Dr. Tabajara Ramos" (Zona Sul), no Posto de Pronto Atendimento - PPA (Zona Norte) e na Santa Casa de Misericórdia de Mogi Guaçu. A UBS do Ypê II também ficará de plantão 24h durante os feriados.

Secretaria de Serviços Municipais:

A Feira do Parque Cidade Nova será realizada nos dias 24 e 31 de dezembro das 06h00 às 12h00. As Feiras Livres dos dias 26 de dezembro e 02 de janeiro acontecerão normalmente. As barracas serão montadas na Rua João Souza de Godoy.

A Feira Livre da Vila Paraíso será realizada normalmente nos dias 24 e 31 de dezembro.

A Feira Livre do Jardim Guaçuano não será realizada nos dias 24 e 31 de dezembro, por opção dos feirantes.

As Feiras Livres do Jardim Centenário, Ipê Pinheiro e Zaniboni II não serão antecipadas para os dias 24 e 31 de dezembro e também não serão realizadas nos dias 25 de dezembro e 01 de janeiro.

Os dois cemitérios estarão abertos: das 7h00 às 17h00.

Samae e Defesa Civil

Tanto o Samae quanto a Defesa Civil vão manter equipes de plantão durante o feriado para atender emergências.
Samae: 0800102028 e Defesa Civil: 199

Secretaria de Esportes

Nos dias 24 e 31 de dezembro apenas o Centro Esportivo Campano estará aberto das 06h00 às 18h00. O uso da piscina não será autorizado. Todos os Centros Esportivos estarão fechados nos dias 25 de dezembro e 01 de janeiro. Nos dias 26 de dezembro e 02 de janeiro, os Centros Esportivos funcionarão normalmente.

kalá

Criação da Bacia do Rio Grande é tema de reunião

10007

O superintende do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto), José Alberto da Silva Filho e o gerente da Secretaria de Meio Ambiente, Fábio Fraga participaram da Reunião do Conselho Estadual de Recursos Hídricos, em São Paulo.

O objetivo da reunião foi discutir o compromisso em dar continuidade à criação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Grande.

Com a constituição do Comitê, a bacia hidrográfica do Rio Grande terá aproximadamente 140 mil km² e vai envolver as bacias hidrográficas do Estado de São Paulo e Minas Gerais, totalizando 394 municípios e uma população estimada em torno de 7 milhões de habitantes.

Durante a reunião, também foi discutida a proposta que prevê a implantação da cobrança pelo uso dos recursos hídricos de domínio do Estado de São Paulo. A cobrança tem como objetivo estimular o uso racional da água e gerar recursos financeiros para investimentos na recuperação e preservação dos mananciais das bacias.

Segundo o gerente de Meio Ambiente, a proposta não foi votada na reunião por falta de quórum. A votação foi marcada para a próxima reunião do Conselho que será realizada em 2011.

Cristãos Perseguidos. E se fosse você?




Você já parou para pensar como seria... 
... não poder frequentar livremente sua igreja?
... ter o receio de um culto ser invadido por extremistas ou policiais, e você acabar preso?
... ter algum membro de sua família morto ou levado para um campo de trabalho forçado simplesmente porque ele declara amar Jesus?
A Missão Portas Abertas tem pensado nisso, e quer convidá-lo a refletir também. Por isso, o nosso tema para 2010 é Cristãos Perseguidos. E se fosse você?

Ele tem o objetivo de levar a Igreja brasileira a refletir durante o ano sobre a realidade que os cristãos perseguidos enfrentam e qual o papel que exercemos para amenizar as lutas desses irmãos.


Pense: e se fosse você? Como reagiria?
Deixe aqui seu comentário sobre esse assunto. Conte-nos alguma experiência em que a Igreja Perseguida inspirou você a agir diferente. Compartilhe algum testemunho deles que tenha impactado sua vida.
 
É um ministério com características próprias dirigido à Igreja Perseguida, o único com mais de trezentas organizações associadas no mundo todo desenvolvendo projetos significativos nas linhas de frente em cerca de 50 nações.
Desde 1955, Portas Abertas realiza programas completos e de grande influência em muitos dos países onde os cristãos sofrem por sua fé em Jesus Cristo.

Notícias » Brasil » Brasil Governo Dilma será melhor ou igual ao de Lula para 83%

A presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), fará um governo igual ou melhor que o do presidente Lula para 83% dos brasileiros, mostra a pesquisa Datafolha. A expectativa de 53% dos entrevistados é que a gestão da petista seja similar à de Lula. Outros 30% avaliam que ela se sairá melhor. A estratificação do levantamento mostra que Dilma obtém seus melhores índices na fatia da população menos escolarizada, mais jovem e que declara renda mensal de até cinco salários mínimos. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.
Foram ouvidas em todo o país 11.281 pessoas, de 17 a 19 do mês passado. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Para 73%, o futuro governo de Dilma será ótimo ou bom. É o segundo percentual mais alto de expectativa sobre o mandato de um presidente eleito desde a redemocratização do país. Em dezembro de 2002, a expectativa positiva sobre Lula era de 76%.

Terra.

Coreia do Sul prepara grande exercício militar; Norte silencia

Por Jack Kim e Sylvia Westall
SEUL (Reuters) - A Coreia do Sul anunciou nesta quarta-feira que prepara o maior exercício militar marítimo-terrestre da sua história, com uso de munição real, perto da Coreia do Norte, num momento em que a tensão na região começava a diminuir depois do ataque norte-coreano a uma ilha do Sul.
A Coreia do Sul já fez disparos de artilharia na segunda-feira na ilha de Yeonpyeong, a mesma que foi alvejada pelo Norte em novembro, causando quatro mortes. Na quinta-feira, Seul deve mobilizar artilharia, caças e o maior contingente já reunido num exercício em tempos de paz.
O Ministério de Defesa sul-coreano disse também que de quarta a sexta-feira o país realiza exercícios navais na costa leste da península. A agência de notícias Yonhap afirmou que a atividade, também com munição real, ocorre cem quilômetros ao sul da fronteira marítima com o Norte, e envolve pelo menos seis embarcações.
O general sul-coreano Ju Eun-shik disse em nota que a Coreia do Sul irá "impor um golpe punitivo" se a Coreia do Norte repetir qualquer agressão ao Sul.
O regime norte-coreano não se manifestou, e a KCNA, agência oficial de notícias do governo comunista, priorizou a cobertura de uma visita do líder Kim Jong-il a uma central elétrica.
Um oficial do Exército sul-coreano admitiu que os exercícios são "uma demonstração de força" em reação ao bombardeio norte-coreano de novembro. Acrescentou que atividades como essa já foram realizadas em mais de 50 ocasiões, mas nunca nessa escala.
"Quando normalmente teríamos 6 artilharias mecanizadas K-9, teremos 36. Teremos os jatos F-15 disparando. Teremos helicópteros. Pode-se dizer que a maior parte dos equipamentos mecanizados que participarem estará disparando munição real".
A atividade terrestre ocorrerá na região de Pochoen, menos de 50 quilômetros ao norte do centro de Seul.
O bombardeio norte-coreano a Yeonpyeong foi o mais grave incidente desde o fim da Guerra da Coreia (1950-53), e matou quatro pessoas, inclusive dois civis.
Na segunda-feira, a Coreia do Norte reagiu verbalmente aos treinamentos com munição real da Coreia do Sul em Yeonpyeong, e ameaçou atacar se os exercícios prosseguissem. Analistas dizem que a opção mais provável do Norte seria realizar seus próprios exercícios militares ou testar um míssil de curto alcance na sua costa oeste.
A China, única aliada relevante da Coreia do Norte no mundo, fez um apelo por diálogo para resolver a crise, e estimulou Pyongyang a cumprir a recente promessa de autorizar a volta de inspetores da ONU às suas instalações nucleares.
(Reportagem adicional de Yoo Choonsik)

É preciso Caráter!

O que é caráter?
Caráter é a soma total de todas as influências positivas ou negativas, aprendidas na vida de uma pessoa.
É um conjunto de hábitos adquiridos ou desenvolvidos ao longo do tempo, que define quem "é" a pessoa. Ilustrando, caráter é aquilo que fica escondido, é o alicerce do prédio. Não se vê, mas é a base de sustentação, é a segurança da construção.
Caráter é como uma marca impressa que distingue a pessoa.
Caráter no grego significa imagem. (Hb.1:3) Afirma que Cristo é o próprio Caráter de Deus, a própria estampa da natureza de Deus, aquele que Deus estampou ou imprimiu Seu Ser.

Como o caráter se manifesta:
O caráter se manifestará através dos valores, motivações, atitudes, sentimentos e ações demonstrados.
"Reputação é o que os homens pensam o que eu sou;  caráter é o que Deus sabe o que eu sou".
"Quem anda em integridade anda seguro, mas o que perverte os seus caminhos será conhecido" (Provérbios 10.9).
"Na jornada da vida, você pode enganar o mundo inteiro, e ainda receber cumprimentos em sua caminhada. Mas, se enganar o homem no espelho, terá como prêmio derradeiro, dores de cabeça, lágrimas e mais nada". (Dale Wimbrow)

O Pr. J.R. Miller disse: "A única coisa que volta do túmulo com os que choram e se recusa a ser enterrada é o caráter de um homem. Isso é verdade. O que o homem é o faz sobreviver. Não pode ser enterrado".

Qualquer pessoa que mostrar inconsistência de caráter não permanecerá como uma voz de influência na vida das pessoas.
A grande ênfase da doutrina da prosperidade está no TER. Se você não tem um bom carro, uma boa casa, muito dinheiro no banco, muita saúde etc. Alguma coisa está errada com você.
A grande ênfase do livro de Jó não está no TER, apesar de Jó ter muito. De repente ele perde tudo, mas não se perde. Afinal de contas o que é prosperidade na perspectiva divina? A ênfase está no SER.
A pergunta de Deus a satanás não foi:  “Observaste o sucesso financeiro do meu servo Jô”? Não. Mas foi "observaste o caráter" do meu servo Jó?...“Homem integro e reto, e que desvia do mal..." (Jo 1.8).
Em toda a Bíblia o SER vem antes do TER e do FAZER.
Ter sem SER é um TER maligno.
Fazer sem SER gera escândalo.
Precisamos de um avivamento que resulte na reconstrução moral do homem dentro e fora dos portões da igreja.

Nada compromete mais a pregação do Evangelho diante do mundo do que a incoerência entre a mensagem que pregamos e a vida que vivemos.
David McClendon: "O caráter é um pedestal que determina o peso que uma pessoa pode sustentar. Se seu caráter é do tamanho de um palito de dente, então só consegue sustentar um selo postal.
Se seu caráter é tão espesso quanto uma coluna, você consegue sustentar uma laje, um teto".