domingo, 3 de junho de 2012

Igrejas evangélicas se preparam para evangelizar na Copa de 2014 no Brasil

Open in new windowA copa do Mundo de 2014 é um dos maiores acontecimentos esportivos que acontecerão no Brasil. Nos próximos anos os olhos do mundo estarão voltados para a nação brasileira.

Novos negócios visando a copa estão se iniciando. Muito investimento em obras públicas, transporte, acomodação, treinamentos de pessoas para atender a demanda e muitos outros projetos em andamento.

As igrejas do Brasil não querem ficar de fora deste evento mundial. Visando a grande quantidade de pessoas que visitará o país, também começaram a lançar seus projetos para a copa 2014. Um projeto de investimento para o Reino de Deus.

Como prova disso, foi discutido na câmara dos deputados o projeto “AD na Copa 2014”, que tem o objetivo de evangelizar em todo território nacional e mostrar aos turistas e torcedores o perigo das drogas químicas, do alcoolismo, da prostituição e da violência.

O presidente da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil (CGADB), José Welington Ferreira da Costa, se reuniu com a Frente Parlamentar Evangélica para discutir o projeto de evangelização e discipulado a ser praticado na Copa do Mundo de 2014.

“As oportunidades são muitas e únicas, turistas de cerca de 200 países visitarão o Brasil na ocasião, 20 mil jornalistas do mundo todo, já estão credenciados e se concentrarão no Rio de Janeiro”, disse o Dr. Flávio Dino Presidente da EMBRATUR, convidado especial na reunião que discutiu o tema, segundo site Palavras que Dão Vida.

Para pastor Raul Cavalcante preside a Assembléia de Deus em Imperatriz, no Maranhão, a copa de 2014 é uma dessas oportunidades únicas que será dada à Igreja brasileira.

Um outro projeto de evangelização também está sendo divulgado pela Associação de Missionários Mantenedores da Evangelização – AMME, que visa incluir os esforços da Igreja Evangélica Brasileira para evangelização na oportunidade dos grandes eventos esportivos que ocorrerão nos próximos anos.

Fonte: The Christian Post

Governo quer acabar com aluguel de horário na TV

A proibição do aluguel de canais e de horários da programação de rádio e TV atingirá programas religiosos como os de R.R. Soares e Valdemiro Santiago.

O governo federal prepara um pacote de medidas para fechar brechas da legislação de rádio e TV que permitiram o surgimento de um "mercado paralelo" ligado às concessões no país.

A Folha teve acesso à última versão da minuta do decreto, que foi batizado pelo setor de "novo marco regulatório da radiodifusão".

Uma das mudanças de maior impacto é a proibição expressa do aluguel de canais e de horários da programação de rádio e TV.

A lei atual não proíbe a prática de forma explícita, o que permitiu o aumento de programas religiosos e exclusivamente comerciais, principais clientes desses horários.

No fim de 2011, a Igreja Internacional da Graça de Deus, do missionário R.R. Soares, por exemplo, alugava duas horas e cinco minutos semanais na Bandeirantes.

Na Rede TV!, o apóstolo Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, comprava cerca de dez horas e meia semanais. A rede de farmácias Ultrafarma ocupava quatro horas e meia com propagandas.

Na TV Gazeta, o Polishop detinha dez horas semanais para anunciar seus produtos.

Os dados são do mais recente levantamento do Intervozes, organização que monitora a programação no país. Segundo a entidade, poucas são as emissoras que não entraram nesse negócio. Globo e SBT estão entre elas.

A Record é um caso isolado porque seu fundador, Edir Macedo, também é o responsável pela Igreja Universal do Reino de Deus.

Segundo o Intervozes, a Record diz não ceder seu espaço a terceiros, mas não explica se paga pelos programas religiosos veiculados, uma forma de se enquadrar à legislação. Na TV Gazeta, são 26 horas semanais destinadas aos cultos da igreja.

INVERSÃO

O Ministério das Comunicações não quis comentar as mudanças e informou que o "novo marco" ainda será colocado em consulta pública.

Caso o decreto seja sancionado como está, obrigará as emissoras a comprar os programas produzidos por terceiros -ao invés de receber pelo aluguel, como hoje.

Consultadas, as principais redes não se pronunciaram.

Apesar dos avanços, o governo não define os mecanismos que serão criados para fiscalizar a prática de eventuais irregularidades.

CONTRAPARTIDA

Ao acabar com o "mercado paralelo", o governo cortará uma importante fonte de receita, mas, em troca, permitirá que as emissoras prestem serviços de dados -atividade restrita às empresas de telecomunicações.

Hoje, as emissoras só podem fazer caixa com a venda de espaço publicitário -que pode ocupar, no máximo, 25% da programação.

Ao permitir a comercialização do serviço de dados, o governo sinaliza para a expansão da TV digital no país e do sistema de interatividade que conecta a TV à internet.

Esse serviço permitirá ao telespectador comprar produtos anunciados durante a programação clicando diretamente na TV. É essa conexão que poderá ser cobrada.

Fonte: Folha de São Paulo

Que a Graça e a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo estejam sobre a sua vida todos os dias!


Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mateus 24.7
E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas. Lucas 21.25-26
Quando comecei a estudar a Profecia Bíblica, há cerca de 25 anos atrás, havia uma manchete profética, ou uma notícia relacionada, a cada seis meses. Agora, há tantos eventos relacionados à Profecia Bíblica diariamente, que chega a embaralhar a mente. Ainda assim, o mundo, e até mesmo a maior parte do corpo de Cristo, continua vivendo como se não tivessem preocupações na vida. Isso, por si só, já é prova suficiente de que estamos, verdadeiramente, vivendo nos Últimos Dias!
Estamos para entrar num tempo igual a nenhum outro. Um tempo que nenhum homem jamais viu. Um tempo como nenhum outro na história do mundo. Esse tempo foi predito há milhares de anos atrás pelos antigos profetas da Bíblia: um tempo de inacreditável destruição e incompreensível devastação. Será um tempo difícil e perigoso, do começo ao fim. Estamos prestes a entrar no TEMPO DO FIM...
SABE, porém, isto : que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. II Timóteo 4.1-5
Quanto mais aprendemos a respeito do que a Bíblia diz sobre o "Tempo do Fim", e quanto mais nos informamos a respeito do que está ocorrendo neste mundo atualmente, tanto mais nos damos conta de que estamos sendo forçados para dentro de um período de tempo a respeito do qual a Bíblia fala mais do que de qualquer outro na História da humanidade.
E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem. Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro; Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra. Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor. Mateus 24.37-42
Existem hoje mais de 60 milhões de brasileiros membros de igrejas, os quais têm pouco ou nenhum conhecimento da Profecia Bíblica. Esses são membros de igrejas da Teologia da Substituição (acreditam terem os cristãos substituido definitivamente os Judeus no papel de Povo de Deus), que não ensinam Profecia Bíblica e que vêem as escrituras proféticas como sendo alegóricas e não literais. Conseqüentemente, eles não compreendem a importância de Israel para o Deus de Israel ou o Plano de Redenção de Deus para Israel e as nações.
Esses membros de igrejas também não têm conhecimento da significância bíblica do que está transpirando hoje em Israel, Russia, China, Iraque, Iran, Síria, Turquia, e em outras nações do Oriente Médio. Eles também não têm consciência da significância da formação da União Européia, das novas tecnologias de identificação e muito mais.
A boa notícia é que aqueles que entendem a Profecia Bíblica estão totalmente conscientes do significado de Israel, o relógio de Deus, e estão observando os tempos com grande interesse e expectativa. É nossa missão, aqui no Olhar Profético, mantê-lo informado, para que você não seja deixado para trás!
A maioria dos textos aqui são uma traduçao autorizada, feita a partir do material disponível em prophecyupdate.com e em gracethrufaith.com. Outra parte dos textos foi copiada do site chamada.com.br. Alguns outros textos foram criados pelo próprio editor deste site a partir de livros, revistas, jornais, etc. Todos os textos publicados terão uma referência à sua origem dando os créditos devidos a quem de direito.

VIA GRITOS DE ALERTA

COLEIRA ERVA DE SANTA MARIA - PREÇOS ESPECIAIS PARA REVENDA

ENTRE NO LINK ABAIXO E COMPRE PARA REVENDA . https://petpetsbrasil.loja2.com.br/3600225-COLEIRA-ERVA-DE-SANTA-MARIA-REPELENTE-A-PULGAS-...