quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Papa lança livro reafirmando o nascimento virginal de Jesus



O livro “As Narrativas da Infância – Jesus de Nazaré” escrito pelo papa Bento 16 foi lançado nesta terça-feira (20) fechando a trilogia sobre a vida de Jesus Cristo. No livro o pontífice conta sobre a primeira infância de Jesus e reafirma o nascimento virginal do Messias.
Assim como os volumes anteriores, o livro do papa deve ser tornar um best-seller internacional, já que está sendo lançado em 21 línguas simultaneamente.
O tema que mais chama a atenção na obra é a explicação sobre o nascimento de Cristo, que foi concebido por intermédio do Espírito Santo sem que houvesse relação sexual.
Bento 16 diz aos seus leitores que o nascimento virginal de Jesus é um dos “pontos cruciais da fé” assim como a ressurreição porque estes são “sinais inegáveis do poder criativo de Deus”.
“É somente a palavra criativa de Deus que propicia algo novo. Jesus, nascido de Maria é integralmente homem e integralmente Deus, sem confusão e sem separação…”, escreveu o líder da Igreja Católica. As informações são do Estadão.


VIA GRITOS DE ALERTA / INF. GOSPEL PRIME

Thalles Roberto nega promoção da limousine, organizadores cancelam o prêmio


Thalles Roberto nega promoção da limousine, organizadores cancelam o prêmio
Thalles Roberto nega promoção da limousine, organizadores cancelam o prêmioA assessoria de Thalles Roberto postou no site oficial do cantor nesta quarta-feira (21) uma nota dizendo que ele não estava ciente da promoção que prometia levar fãs em um passeio de limousine pela cidade de São José dos Campos onde ele estará se apresentando na próxima sexta.
A oferta foi postada no site do Agita Vale Gospel e até uma homepage foi criada para a promoção chamada de “Nossa Limousine” explicando os passos que os fãs do cantor precisariam fazer para poder concorrer ao prêmio.
Um dos donos do site garantiu que a equipe do cantor estava ciente da promoção e que teriam concordado com o passeio de limousine até que a notícia se espalhou de forma negativa nas redes sociais.
Na nota oficial o cantor diz que “No dia que eu entrar em uma limusine com um fã para ir em um show, pode dizer que eu estou doido e jogar uma pedra na minha cabeça, jamais faria isso, sou pastor de ovelhas, não artista”.
Em maio deste ano Thalles participou de uma promoção realizada pela equipe do “Canta Recife” que da mesma forma sorteou fãs para um passeio de helicóptero com o cantor pelos principais pontos da capital pernambucana.
Os organizadores da promoção Nossa Limousine cancelaram o prêmio e ainda hoje estarão divulgando uma nota explicando o que de fato aconteceu.
Leia a nota oficial de Thalles Roberto:
“O cantor e pastor Thalles informa por meio de sua assessoria de imprensa que não está realizando qualquer tipo de promoção referente à passeio em limusine ou similar. TODA E QUALQUER PROMOÇÃO, AGENDA E NOTÍCIAS OFICIAL SÃO publicadas primeiro neste site.
Somente depois da repercussão nas redes sociais Thalles tomou conhecimento desta promoção. “No dia que eu entrar em uma limusine com um fã para ir em um show, pode dizer que eu estou doido e jogar uma pedra na minha cabeça, jamais faria isso, sou pastor de ovelhas, não artista”.
Segundo Thalles, o responsável por esta agenda em sua equipe entrou em contato com a organização do evento informando que ele NÃO vai participar de nenhuma programação deste tipo. Mesmo que tenham feito sem qualquer autorização oficial dele.
“Nem todos que dizem Senhor, Senhor vão entrar no reino dos céus. Quando nos tornamos pessoas públicas esse tipo de informação se espalha sem tomarmos conhecimento. “Eu não sou artista, sou pastor. As pessoas que me acompanham não são fãs, são ovelhas. Tenho muito respeito e temor pelo chamado que o Senhor me confiou”, finaliza Thalles.”

VIA GRITOS DE ALERTA.
INF. GOSPEL PRIME  

PARA GLÓRIA DO SENHOR JESUS PUBLICAMOS O ESTATUTO DA COMUNIDADE CRISTÃ PENTECOSTAL GRAÇA E PAZ . - SOMOS A GERAÇÃO GRAÇA E PAZ





SOMOS A GERAÇÃO  GRAÇA  E  PAZ




“Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que conosco alcançaram fé igualmente preciosa pela justiça do nosso Deus e Salvador Jesus Cristo: Graça e paz vos sejam multiplicadas, pelo conhecimento de Deus, e de Jesus nosso Senhor”.

(2 Pedro 1.1,2)

Graça e Paz irmão (a).

Na segunda Epístola do Apostolo Pedro, somos exortados a crescer na graça e no conhecimento divino, podemos constatar que Pedro saudando a igreja pede para que os santos devem levar o conhecimento experimental de Deus e de Cristo.
SAUDAÇÃO – a graça e a paz que Pedro pede para que os santos devem levar o conhecimento experimental de Deus e de Cristo.
Graça: charis, bondade misericordiosa de Deus, e sua santa influência sobre as almas, guardando, fortalecendo, fazendo com que cresçam na fé cristã, conhecimento, afeição, no exercício das virtudes cristãs.
Paz: eirene, estado tranquilo de uma alma que tem certeza da sua salvação, e por esta razão nada teme.
Pleno conhecimento: epignosis, conhecimento preciso e correto, usado no NT para o conhecimento de coisas éticas e divinas, Jo.17.3
“E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste” (João 17.3).
Amado (a), quanto mais conhecemos as Escrituras, mais conhecemos a Deus.
Enquanto aguardamos ansiosamente Cristo arrebatar a Sua igreja, temos que estar com sede de conhecermos Deus e Suas obras. Um conhecimento completo em Cristo, é a fortaleza contra as falsas doutrinas e uma vida em processo de santificação, uma vida pura. Assim teremos experiências sobrenaturais com Deus, o Espirito Santo falará conosco diariamente através da nossa devocional, sentiremos plena segurança e confiança, nada temeremos, glorificaremos a Deus por ter enviado o Seu filho amado Jesus ter morrido por todos nós, o amor incondicional de Deus (João 3.16), em breve contemplaremos o novo céu e nova terra, a paz estará conosco a cada dia mesmo neste mundo tenebroso e maligno (1 João 5.19), sentiremos a bondade de Deus em nossas vidas.
Adquirir conhecimento de Deus é ser um discípulo obediente e sábio.
“Filho meu, não te esqueças dos meus ensinos, e no teu coração guarde os meus mandamentos; porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz” (Provérbios 3.1).
Pense nisto! Deus te abençoe...


SEGUE  O ESTATUTO .

COMUNIDADE CRISTÃ PENTECOSTAL GRAÇA  E  PAZ   - SOMOS A GERAÇÃO  GRAÇA  E  PAZ





CAPITULO I
DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINS Art. 1º – A Comunidade Cristã Pentecostal Graça  e Paz de  Jaguariúna ,  MINISTÉRIO  GERAÇÃO  GRAÇA  E  PAZ  , fundada em 11/10/2012, doravante, neste Estatuto, designada Igreja, é uma organização religiosa, instituída por tempo indeterminado, sem fins lucrativos, com sede na RUA PAULO  SAVIOLLI  32 JAGUARIÚNA  – SP e com foro na cidade de JAGUARIÚNA  – SP, podendo manter missões ou Igrejas em qualquer parte do território nacional ou fora dele.
Art. 2º – A Igreja reconhece e proclama Jesus Cristo como seu único Salvador e Senhor, aceita a Bíblia Sagrada como única regra de fé e conduta, e toma as suas decisões de forma democrática, autônoma e soberana nas suas decisões administrativas, não estando sujeita a qualquer outra igreja, instituição ou autoridade denominacional.
Parágrafo Único – Não há co-responsabilidade da Igreja quanto às obrigações contraídas por outras igrejas ou instituições denominacionais.
Art. 3º – A Igreja tem as seguintes finalidades:
I – reunir-se, regularmente, para prestar culto a Deus e proclamar a mensagem do Evangelho de Jesus Cristo;
II – estudar as Sagradas Escrituras, visando ao doutrinamento e à edificação espiritual de seus membros;
III – cultivar a comunhão, o bom relacionamento e a fraternidade cristã;
IV – promover a causa da ação social cristã e da educação;
V – cooperar com a associação CCPGPJ regional, com a Convenção CCPGPJ Brasileira, e com as igrejas filiadas a estas, na realização de seus fins;
VI – promover o estabelecimento do Reino de Deus no mundo.
VII - Ter e manter um seminário teológico para formação dos obreiros do Ministério Geração Graça e Paz , aberto também a outros ministérios evangélicos.
 
Parágrafo 1 – Para consecução de suas finalidades, a Igreja pode criar instituições a ela vinculadas, com personalidade jurídica própria, inclusive.
Parágrafo 2 - Todos Bispos  e Pastores  que vivem exclusivamente da obra de DEUS no Ministério Geração Graça e Paz devem ter seu registro em carteira , ou ter seu carne o INSS pago pelo Ministério Geração Graça e Paz.
CAPÍTULO II
DOS MEMBROS, ADMISSÃO E DESLIGAMENTO
Art. 4º – A Igreja é constituída de pessoas de ambos os sexos, que professam a sua fé em Jesus Cristo, como único Salvador e Senhor, aceitam as doutrinas bíblicas e as disciplinas adotadas pela Igreja, sem distinção de nacionalidade, raça ou posição social.Sessão I – Admissão
Art. 5º São considerados membros da Igreja as pessoas recebidas por decisão da Assembléia Geral, da seguinte forma:
I – batismo dos convertidos, aprovados em pública profissão de fé;
II – transferência por carta, de membros de outras igrejas da mesma fé e ordem;
III – reconciliação, devidamente solicitada, de pessoas desligadas do rol de membros da Igreja ou comprovadamente desligadas de outras igrejas da mesma fé e ordem;
IV – aclamação, precedida de testemunho público e compromisso.
Parágrafo único – Casos omissos são decididos pela Igreja, em Assembléia Geral.Sessão II – Desligamento
Art. 6º – Perde a condição de membro da Igreja aquele que for desligado, por decisão da Assembléia Geral, nas seguintes hipóteses:
I – ter solicitado desligamento;
II- por óbito;
III– ter-se transferido para outra igreja;
IV- ter-se ausentado dos cultos por tempo julgado suficiente para caracterizar abandono e desinteresse pela Igreja e pela obra que ela realiza;
IV – estar defendendo ou professando doutrinas ou práticas que contrariem a Declaração Doutrinária da Convenção CCPGPJ;
V – ter infringido os princípios morais, da boa conduta e/ou doutrinários, defendidos pela Igreja, fundamentados na Bíblia Sagrada;
VI – outras não previstas neste Estatuto, a critério da Igreja.
Parágrafo único – Sob qualquer alegação, nenhum direito pode ser concedido àquele que deixar de ser membro da Igreja.
CAPITULO III
DOS DIREITOS E DEVERES DOS MEMBROS
Sessão I – Direitos
Art. 7º – São direitos dos membros:
I – participar das atividades da Igreja, tais como cultos, celebrações, eventos, reuniões de oração, estudo bíblico e ação social;
II – receber assistência espiritual;
III – participar da Assembléia Geral, com direito ao uso da palavra e ao exercício do voto;
IV – votar e ser votado para quaisquer cargos ou funções, observada a maioridade civil, para ser votado, quando se tratar de eleição da Diretoria Administrativa da Igreja, conforme Art.12 §1º (artigo doze, parágrafo primeiro).
§ 1º – A qualidade de membro da Igreja é intransmissível, sob qualquer alegação.
§ 2º – Qualquer membro da Diretoria da Igreja, que se exonerar ou for exonerado do seu cargo, independentemente do tempo de atuação, não pode exigir da Igreja qualquer direito, pois seus serviços são de caráter espiritual, prestados no espírito de amor e fé.
Sessão II – Deveres
Art. 8º – São deveres dos membros:
I – manter conduta compatível com os princípios espirituais, éticos e morais, de acordo com os ensinamentos da Bíblia Sagrada;
II – exercitar os dons e talentos de que são dotados;
III – contribuir com dízimos e ofertas, para que a Igreja atinja seus objetivos e cumpra sua missão;
IV – exercer com zelo e dedicação, as funções para as quais forem escolhidos;
V – observar o presente Estatuto, Manual Eclesiástico e as decisões dos órgãos administrativos e eclesiásticos neles previstos e zelar por seu cumprimento.
PARAGRAFO ÚNICO . NÃO SERÁ ACEITO EM HIPOTESE ALGUMA NENHUMA FORMA DE REBELIÃO CONTRA O UNGIDO DO SENHOR ( BISPO PRESIDENTE ).
TODOS QUE SE REBELAREM SERÃO EXCLUIDOS IMEDIATAMENTE , SEM NENHUM DIREITO DE EXPRESSÃO POR FALTAR COM RESPEITO PARA COM A AUTORIDADE MAIOR DA IGREJA .
CAPÍTULO IV
DA ASSEMBLÉIA GERAL
Art. 9º – A Assembléia Geral, constituída pelos membros da Igreja, é o seu poder soberano, e suas decisões são tomadas por voto da maioria dos membros presentes, salvo as exceções previstas neste Estatuto.
Art. 10 – A Igreja se reúne em Assembléia Geral Ordinária em dia e hora, previamente conhecidos no calendário de atividades da Igreja e , quando necessário, em Assembléia Geral Extraordinária, convocada pelo Presidente, ou por seu substituto legal indicado pelo Bispo Presidente ,  em caso de especial relevância, devidamente comprovada.
§ 1º. A Assembléia Geral é realizada com o quorum de 20% (vinte por cento) dos membros da Igreja, em primeira convocação e com qualquer número, em segunda convocação, 15 (quinze) minutos após.
§ 2º. A Assembléia Geral Extraordinária é realizada no domingo, convocada em culto no domingo anterior, no mínimo, em cuja convocação conste a pauta dos assuntos a serem tratados.
Art. 11 Os seguintes assuntos, de especial relevância, são decididos em Assembléia Geral Extraordinária:
I – eleição e exoneração do Pastor e demais Ministros da Igreja;
II – eleição e exoneração dos membros da Diretoria Administrativa e dos Obreiros;
III – aquisição, venda, outro tipo de alienação ou oneração de bens imóveis;
IV – reforma do Estatuto;
V – transferência da sede da Igreja;
VI – mudança do nome da Igreja;
VI – modificação da estrutura ou construção do templo sede da Igreja;
VIII – dissolução da Igreja;
IX – outros assuntos determinados em Assembléia Geral.
§ 1º – O quorum para a Assembléia Geral, de que trata este artigo, é de 51% (cinqüenta e um por cento) dos membros da Igreja, em primeira convocação e de 20% (vinte por cento) dos membros em segunda convocação, 15 (quinze) minutos após.
§ 2º – As decisões sobre os assuntos relacionados neste artigo, são tomadas com o mínimo favorável de 2/3 (dois terços) dos votantes, salvo os casos previstos no parágrafo 3º (terceiro) deste artigo.
§ 3º – As exigências do Parágrafo 2º (segundo) deste artigo, não contemplam as exonerações previstas nos incisos I e II, deste mesmo artigo, que para esses incisos, obedece o quorum de maioria dos votantes.
CAPÍTULO V DA DIRETORIA ADMINISTRATIVA
Art. 12 A Igreja elege a cada 4 (quatro) anos, em Assembléia Geral Extraordinária, a sua Diretoria Administrativa composta de: Presidente, Primeiro Vice-presidente, Segundo Vice-presidente, Primeiro Secretário, Segundo Secretário, Primeiro Tesoureiro e Segundo Tesoureiro.
§ 1º – Os mandatos dos membros da Diretoria Administrativa têm duração de 4 (quatro) anos, dentre os membros da Igreja civilmente capazes;
§ 2º – O mandato do Presidente é exercido pelo BISPO  PRESIDENTE  da Igreja, por tempo indeterminado, a juízo da Assembléia Geral.
§ 3º – Nenhum membro da Diretoria Administrativa recebe remuneração pelas atividades administrativas exercidas.
§ 4º – O bispo presidente  titular e os componentes do Ministério Auxiliar podem receber sustento da Igreja pelas funções pastorais e ministeriais, sem vínculo empregatício.
Art. 13 – Compete ao Presidente:
I – dirigir e superintender os trabalhos da Igreja, podendo participar de qualquer reunião das organizações, como membro “ex-oficio”;
II – representar a Igreja ativa, passiva, judicial e extrajudicialmente;
III – convocar a Assembléia Geral e presidir a ela;
IV – assinar, com o Secretário, as atas da Assembléia Geral e do Conselho Administrativo;
V – assinar pessoalmente, juntamente com o Primeiro Tesoureiro, escrituras, contratos, cheques e outros negócios jurídicos;
VI – tomar decisões, juntamente com a Diretoria Administrativa, nos casos comprovadamente excepcionais ou de extrema urgência, “ad-referendum” da Assembléia Geral;
VII – abrir, movimentar e encerrar contas bancárias, juntamente com o Primeiro Tesoureiro;
VIII – cumprir e fazer cumprir este Estatuto.
Art. 14 – Compete aos Vice-presidentes, na ordem de eleição, substituir o Presidente, nos seus impedimentos.
Art. 15 – Compete ao Primeiro Secretário responsabilizar-se e assinar as atas da Assembléia Geral e de outros órgãos que sejam dirigidos pela Diretoria Administrativa, juntamente com o Presidente.
Art. 16 – Compete ao Segundo Secretário substituir o Primeiro Secretário, nos seus impedimentos.
Art. 17 – Compete ao Primeiro Tesoureiro:
I – assinar, juntamente com o Presidente, escrituras, contratos, abrir, movimentar e encerrar contas bancárias e outros negócios jurídicos,
II – receber e escriturar contribuições financeiras destinadas à Igreja;
III – efetuar os pagamentos autorizados pela Igreja;
IV – prestar relatórios financeiros à Assembléia Geral.
Art. 18 – Compete ao Segundo Tesoureiro auxiliar o Primeiro Tesoureiro na execução do seu trabalho e substituí-lo nos seus impedimentos.
PARAGRAFO  ÚNICO - JAMAIS O PRIMEIRO OU O SEGUNDO TESOUREIRO PODERA  FAZER A  CONTABILIDADE SOZINHO ,DEVE SEMPRE ESTAREM ACOMPANHADOS DE UM OBREIRO .
CAPÍTULO VI
DOS OFICIAIS E DO CONSELHO ADMINISTRATIVO
Sessão I – Oficiais
Art. 19 – A Igreja tem como oficiais bispos, pastores, missionários e obreiros eleitos conforme este Estatuto e o Manual Eclesiástico, cujos deveres estão delineados na Bíblia.
Parágrafo único – A Igreja tem um Pastor titular, que será auxiliado por outros 2 (dois) ministros, a critério da Assembléia Geral.
Sessão II – Conselho Administrativo
Art. 20 – A Igreja tem um Conselho Administrativo, composto pela Diretoria Administrativa, ministros, Obreiros, além de outros líderes atuantes a critério da Assembléia Geral, por indicação da Diretoria Administrativa.
§ 1º – A direção do Conselho Administrativo é exercida pela Diretoria Administrativa da Igreja.
§ 2º – O Conselho Administrativo se reúne, periodicamente, para tratar de assuntos relacionados com o planejamento geral, supervisionar as diversas atividades e ministérios da Igreja, preparar a pauta da Assembléia Geral, além de outras atividades.
§ 3º – As demais atribuições do Conselho Administrativo são definidas no Manual Eclesiástico.
CAPITULO VII
DO CONSELHO FISCAL
Art. 21 – A Igreja elege, anualmente, em Assembléia Geral Extraordinária, um Conselho Fiscal, constituído de até 5 (cinco) membros civilmente capazes, com as seguintes atribuições:
I – acompanhar a evolução financeira e o registro contábil;
II- examinar e dar parecer sobre os balanços e os balancetes periódicos ou relatórios financeiros, lançamentos de todas as contas da Igreja e seus recolhimentos oficiais, oferecendo o competente parecer para apreciação da Assembléia Geral;
III – recomendar as medidas administrativas necessárias à manutenção do equilíbrio financeiro.
CAPÍTULO VIII
DA RECEITA E DO PATRIMÔNIO
Art. 22 – A receita da Igreja, destinada à sua manutenção, é constituída por dízimos e ofertas, entregues em ato de culto, não podendo ser reivindicada, nem mesmo por terceiros, sob qualquer alegação.
Art. 23 – O patrimônio da Igreja é constituído de bens móveis e imóveis, adquiridos a título oneroso ou gratuito.
§ 1º – A Igreja pode receber, por decisão da Assembléia Geral, doações e legados, de procedência compatível com os seus princípios e devem ser aplicados, exclusivamente, na consecução de seus objetivos.
§ 2º – A Igreja só responde com seus bens pelos compromissos assumidos com expressa autorização da Assembléia Geral ou decorrente de lei.
§ 3º – A Diretoria Administrativa e os membros, individualmente, não respondem solidária ou subsidiariamente pelas obrigações da Igreja, e não têm direito ao seu patrimônio e receita, bem como a Igreja não responde por qualquer obrigação de seus membros.
CAPÍTULO IX
DA DISSOLUÇÃO
Art. 24 – A Igreja só pode ser dissolvida pela Assembléia Geral Extraordinária quando não estiver cumprindo, reconhecidamente, as suas finalidades.
§ 1º – A dissolução da Igreja só pode ocorrer, nos termos deste Estatuto, por decisão em duas Assembléias Gerais Extraordinárias consecutivas, para tal fim convocadas, observado entre elas o intervalo mínimo de 21 (vinte e um dias).
§ 2º – No caso de dissolução, o patrimônio da Igreja passa à Convenção CCPGPJ do Estado do Estado de São Paulo ou, em sua falta, à Convenção CEGP J Brasileira.
Paragrafo 1 = Nenhum membro , que quando membro , tendo ofertado livremente seus dízimos e ofertas terão direito a nenhum tipo de ressarcimento de valores outrora por ele ofertado ao MINISTÉRIO GERAÇÃO GRAÇA E PAZ , caso venha se desligar do ministério , pois todos bens em nome do ministério é intocável .
Nenhum membro do Ministério Geração Graça e Paz poderá pleitear valores por ele ofertado livremente ao MINISTÉRIO GERAÇÃO GRAÇA E PAZ, pois o fez de livre e espontânea vontade , sendo que os valores  são investidos integralmente na manutenção dessa obra ministerial.
CAPÍTULO X
DAS DIVERGÊNCIAS DOUTRINÁRIAS E ADMINISTRATIVAS
Art. 25 – Ocorrendo divergências entre os membros da Igreja, por motivo de ordem doutrinária, administrativa ou práticas eclesiásticas, o julgamento é feito por um Concílio, solicitado pela Igreja ou por uma das partes litigantes, nomeado pela Convenção CCPGPJ do Estado do Estado de São Paulo e na sua recusa, pela Convenção CEGPJ Brasileira, através de seus órgãos de representação, composto por 15 (quinze) pastores atuantes no estado ou no país, membros de algum Conselho  de Pastores do Brasil.
§ 1º – É facultado a cada parte litigante recusar até 3 (três) pastores nomeados, podendo o concílio funcionar com o mínimo de 09 (nove) membros.
§ 2º – O Concílio define os prazos para oitiva dos grupos divergentes, o local de reuniões, e as provas necessárias à decisão.
§ 3º – As decisões do Concílio são irrecorríveis em seu campo de decisão e aplicação, entrando em vigor imediatamente.
§ 4º – O grupo que se opuser ao processo estabelecido, é considerado vencido, ficando sujeito às sanções previstas neste Estatuto e na lei.
§ 5º- Enquanto não forem sanadas as divergências, os grupos não podem deliberar sobre os seguintes assuntos:
I – alienação, venda, permuta ou qualquer ônus do patrimônio da Igreja;
II – desligamento de membros ou quaisquer restrições aos seus direitos individuais na Igreja;
III – reforma do Estatuto ou qualquer outro documento normativo;
IV – mudança da sede;
V – alteração do nome da Igreja.
Art. 26 – O uso do nome da Igreja e do patrimônio fica com o grupo, mesmo minoritário, que permanecer fiel às doutrinas, práticas da Igreja, consubstanciadas na Declaração Doutrinária da Convenção CCPGPJ Brasileira, bem como as práticas administrativas admitidas pelo Concílio e tem as seguintes prerrogativas:
I – permanecer na posse e domínio do templo e demais imóveis, neles continuando a exercer as suas atividades espirituais, eclesiásticas e administrativas;
II – eleger outra Diretoria Administrativa, se necessário;
III – exercer os direitos e prerrogativas previstos neste Estatuto e na lei.
CAPÍTULO XI
DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
Art. 27 – As regras parlamentares adotadas pela Igreja são as mesmas observadas pela Convenção CCPGPJ Brasileira.
Parágrafo Único - Fica impedido o Presidente, qualquer membro da Diretoria ou membro da Igreja conduzir, em Assembléia Geral ou reuniões, qualquer assunto no qual tenha interesse pessoal.
Art. 28 – A Igreja pode adotar um Manual Eclesiástico, com base na Bíblia.
Art. 29 – A Igreja não concede avais ou fianças, e nem assume quaisquer obrigações estranhas às suas finalidades.
Art. 30 – Este Estatuto entra em vigor após as sua aprovação e competente registro e só pode ser reformado em Assembléia Geral Extraordinária, em cuja convocação conste reforma do Estatuto, observadas as exigências constantes deste Estatuto, sendo que o presente artigo, bem como os artigos 2º, 3º e 25, seus parágrafos e incisos, só podem ser alterados, derrogados ou revogados, mediante homologação da Convenção CCPGPJ do Estado do Estado de São Paulo, na sua falta, pela Convenção CCPGPJ Brasileira, através dos órgãos que as representam.


OBS. ESTE ESTATUTO PASSA A TER VALIDADE QUANDO FOR PUBLICADO NA INTERNET E TAMBÉM COM VALIDADE DE REGISTRO EM CARTÓRIO.
BISPO  ROBERTO  TORRECILHAS

Departamentos

Na Comunidade Graça  e Paz  de Jaguariúna- SOMOS A GERAÇÃO  GRAÇA  E  PAZ ,   há sempre um espaço reservado especialmente para você que deseja trabalhar na obra do Senhor. Independente do seu talento natural, aptidão ou aspiração, aqui você encontra sempre o que mais lhe agrada fazer e no que você mais se sente útil. Essa é a visão Missão e Paz, todos que têm o desejo, têm também as portas abertas para participarem desta visão, seja cuidando das crianças no Kids, ou ser um dos jovens ou até mesmo na Solidariedade distribuindo comida e roupas para as pessoas carentes de todas as regiões, tudo o que é feito na obra do Senhor é gratificante, e você com certeza se sentirá muito feliz em poder participar, venha fazer parte desta visão.
“Tu, porém, sê sóbrio em todas as coisas, suporta as aflições, faze o trabalho de um evangelista, cumpre rigososamente o teu ministério.” -2Tm 4:5“Porém em nada considero a vida preciosa para mim mesmo, contanto que complete a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus para testemunhar o evangelho da graça de Deus.” -At 20:24
Para você que ainda tem dúvidas de qual o melhor ministério a seguir ou em que área da obra trabalhar, o Portal Gritos de Alerta preparou para você a descrição de todos os ministérios da Comunidade Graça  e Paz  de Jaguariúna para que você saiba mais de como fazer parte desta obra. Portanto, não perca mais tempo, venha e conheça nossos ministérios e torne-se parte de um Povo de Deus e de um incrível mover de Deus, que a cada dia mais vem conquistando vidas para Jesus.

CULTOS

SOMOS A GERAÇÃO  GRAÇA  E  PAZ 


Domingo
Celebração da Família às 18:30
Segunda Feira LIVRE
Terça Feira Campanha da Família de Deus .
Quarta Feira Cultos nos Lares
Quinta Feira da Libertação.
Sexta Feira oração no Monte.
Culto ao  ar  livre  as 15;30
 Culto dos Departamentos às 19:30


SEGUE  MEUS FONES PARA  CONTATOS   E  INFORMAÇÕES .
TIM  - 019 8292 7812   -  CLARO - 019  9137  1059

Israel aceita cessar-fogo por recomendação de Obama

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, anunciou nesta quarta-feira que aceita o cessar-fogo, anunciado no Cairo pelo ministro das Relações Exteriores egipício, Mohammed Kamel Amr, por recomendação do presidente americano, Barack Obama.
O primeiro-ministro falou com o presidente Barack Obama e aceitou sua recomendação de dar uma oportunidade à proposta egípcia de cessar-fogo", afirmou um comunicado do escritório de Netanyahu.
A cessação das hostilidades começará a partir das 21h locais (17h de Brasília) após Netanyahu aceitar "dar uma chance de estabilizar a situação antes que seja necessário empregar uma força maior", acrescentou o comunicado.
O chefe do Executivo, o ministro das Relações Exteriores, Avigdor Lieberman, e o de Defesa, Ehud Barak, farão uma declaração às 20h30 locais (16h30 de Brasília) no escritório do primeiro-ministro em Jerusalém.
"O primeiro-ministro agradeceu ao presidente dos Estados Unidos seu apoio durante a operação e sua ajuda no sistema (antimísseis) Cúpula de Ferro", declarou a nota.
Além disso, Netanyahu "reiterou que Israel adotará todas as medidas necessárias para proteger os civis israelenses".
Kamel Amr fez o anúncio em entrevista coletiva junto com a secretária de Estado americana, Hillary Clinton.


EFE

SOMOS DA COMUNIDADE CRISTÃ PENTECOSTAL GRAÇA E PAZ - GERAÇÃO GRAÇA E PAZ - ESCOLHIDOS PARA FAZER A DIFERENÇA.

Queridos , caso sua igreja ou ministério esteja sem cobertura Espiritual , fale comigo , quero poder ajudar .

BISPO ROBERTO TORRECILHAS
UNINDO A GERAÇÃO GRAÇA E PAZ .

Aliá - O retorno profético dos judeus a Eretz Israel!


Ao longo da história, muitos se levantaram contra o povo de Israel, negando que eles ainda tenham uma aliança (b’rit) com o Senhor Deus de Israel, aliança esta que foi feita com Abraão.

Muitos não tem interesse por aquilo que aconteceu e está acontecendo em Israel.

A falta de conhecimento da história de Israel, no meio cristão, tem trazido uma grande cegueira espiritual, e muitos cristãos tem deixado de lado a Palavra do Senhor, para acreditarem em doutrinas de homens, perdendo assim as promessas do Senhor contidas em sua palavra.

Nada do que o Senhor disse em sua palavra, se perdeu ou se perderá. Jesus disse que: "... até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, até que tudo seja cumprido" (Mt 5:18).

E é isto que temos visto acontecer. A palavra do Senhor está se cumprindo. As promessas feitas a Israel, a cada dia se cumprem. Uma das categorias de promessas que foram feitas ao povo de Israel e que vimos e temos visto se cumprirem, são aquelas que dizem respeito à volta dos judeus para Israel à terra de sua herança.

"Portanto, eis que dias vêm, diz o Senhor, em que não se dirá mais: vive o Senhor, que fez subir os filhos de Israel da terra do Egito:
Mas sim: vive o Senhor, que fez subir os filhos de Israel da terra do Norte e de todas as terras para onde os tinha lançado; porque eu os farei voltar à sua terra, que dei a seus pais. (Jr 16:14-16).

"Não temas, pois, porque eu sou contigo; trarei a tua descendência desde o Oriente, e te ajuntarei desde o Ocidente. Direi ao Norte: dá; Ao Sul: não retenhas:
trazei meus filhos de longe, e minhas filhas das extremidades da terra. (Is 43:5,6)


E assim como estava profetizado na Palavra do Senhor, se cumpriu. Os judeus começaram a voltar em massa para a terra que lhes foi dada em possessão perpétua por Deus. Voltaram dos quatro cantos da terra! Isso nos mostra como o Senhor zela pela Palavra que sai de seus lábios



A Aliá e a História 

A Primeira Aliá
Ano: 1882 - 1904 (5.642 - 5.664)
Imigrantes: 25.000
Países: Europa Oriental, Rússia (Norte), Romênia, Iêmen (Sul) Países: Rússia (Norte), Romêniajudeus que tinham ficado sem recursos .


A Segunda Aliá
Ano: 1904 - 1914 (5.664 - 5.674)
Imigrantes: 40.000
País: Rússia (Norte)


A Terceira Aliá
Ano: 1919 - 1923 (5.680 - 5.684)
Imigrantes: 35.000
estrangeiro durante a 1a Guerra Mundial (Ocidente).

 A Quarta Aliá
Ano: 1924 - 1928 (5.684 - 5.688)
migrantes: 67.000
Países: Polônia, Europa Oriental


 A Quinta Aliá
Ano: 1930 - 1939 (5.690 - 5.699)
Imigrantes: Mais de 25.000
Países: 1o refugiados da Alemanha Nazista, Polônia, Europa Central.


"Então no teu coração dirás: Quem me gerou estes, visto que eu era desfilhada e solitária, exilada e errante? Quem, pois, me criou estes? Fui deixada sozinha; estes onde estavam? (Is 49:21)Como correram as "ondas de migração"? 

Algumas ondas de imigração receberam nomes especiais. Cumprindo a palavra do Senhor que foi profetizada por Isaías, que eles viriam voando. "Quem são estes que vêm voando como nuvens e como pombas para as suas janelas?" (Is 60:8) 

 Operação Tapete Mágico
Data: 18 de novembro de 1949 a 24 de setembro de 1950
País de origem: Iêmen
Nº de Imigrantes: cerca de 50.000
Meio de transporte: Aéreo.

Operação ESDRAS E NEEMIAS
Data: 18 de maio de 1950 até 1951
País de origem: Iraque
Nº de Imigrantes: cerca de 130.000
Meio de transporte: Aéreo.

 Operação MOISÉS
Data: último meses de 1984
País de origem: Etiópia
Nº de Imigrantes: cerca de 7.000
Meio de transporte: Aéreo. 

 Operação SALOMÃO
Data: 24-25 de maio de 1991
País de origem: Etiópia
Nº de Imigrantes: cerca de 14.500
Meio de transporte: Aéreo. 



"Assim diz o Senhor Deus: Eis que levantarei a minha mão para as nações...; então eles trarão os teus filhos nos braços e as tuas filhas serão levadas sobre os ombros.
(Is 49:22). No passado as "ondas migratórias" foram um fato importante para a reconstrução do Estado de Israel. Porém não acabou. No presente este fato continua a ocorrer! O Eterno está providenciando o ajuntamento do seu povo para cumprir neles os desejos de seu coração expressos em sua Palavra. O profeta Ezequiel vê a situação deles e diz: "Portanto assim diz o Senhor Deus: Agora tornarei a trazer os cativos de Jacó . E me compadecerei de toda a casa de Israel: terei zelo pelo meu santo nome; então saberão que eu sou o Senhor seu Deus, vendo que os fiz ir em cativeiro entre as nações e os tornei a ajuntar para voltarem à sua terra, e nenhum deles excluí" (Ez 39.25;28 - grifo nosso). Portanto, esperemos ainda um retorno dos judeus à Israel, pois a Palavra profética do Eterno nos diz que eles voltariam sem nenhuma exclusão! Isso nos dá a entender que todos os judeus voltarão à Israel! Ali o Eterno tem uma aliança com seu povo e ali é o lugar onde Ele entrará em juízo com as nações da terra através do povo de Israel. Portanto, aprendamos a discernir o sinal dos tempos: este retorno atual do povo de Israel à terra de seus pais é sintomático, pois aponta para o fim e também para o juízo de Deus sobre as nações gentílicas que desprezam à Deus e a Israel.

Que o Senhor nos ajude a entender a Sua Palavra e a amarmos Israel agora! 



Baruch Há Shem!
Bendito seja o Nome!

Música de Thalles Roberto é tocada em rádio secular



Música de Thalles Roberto é tocada em rádio secularMúsica de Thalles Roberto é tocada em rádio secular
A canção “Arde Outra Vez” do cantor Thalles Roberto está sendo tocada na rádio O Dia do Rio de Janeiro, uma das principais emissoras de rádio da cidade e que não tem vínculos religiosos.
A produção da Graça Music comemorou o feito lembrando que a música pode alcançar pessoas que não conhecem a Cristo e que são ouvintes dessa rádio.
“Arde Outra Vez” é um dos grandes sucessos do cantor, uma letra que fala sobre a volta do filho pródigo que emocionou até a cantora Ivete Sangalo que cantou um trecho dessa música durante um show no começo deste ano.
A canção faz parte do repertório do CD/DVD “Uma História Escrita pelo Dedo de Deus” por este projeto o cantor recebeu Disco de Platina pelo DVD e de Ouro pelo CD por ultrapassar a marca de 50 e 40 mil cópias vendidas, respectivamente.
Thalles Roberto é um dos principais nomes da música gospel nacional, sendo convidado para participar de eventos em todas as regiões do Brasil e até mesmo no exterior. Sua musicalidade é o que mais chama a atenção do público que também se encanta com as letras que falam sobre um relacionamento com Deus.

A PERVERSA MANIPULAÇÃO DAS MENTES


 
Mais uma vez Israel é o "mau da fita", o "criminoso que mata crianças e velhos indefesos"...
Sempre foi assim a acusação e sempre será, enquanto a estupidez colectiva predominar na mente de muitos. Infelizmente. E os principais responsáveis são os órgãos de comunicação social, especialmente a toda-poderosa TV, como são os revoltantes exemplos da CNN e BBC.
Fabricam imagens, distorcem as mesmas, fazendo um grande favor aos "amigos", aos "coitadinhos martirizados palestinos", não contando a verdade dos fatos, e mesmo quando confrontados com a mesma não tendo a coragem ou quiçá a vontade de corrigir o erro...
Porque tal não convém aos seus ocultos interesses...
Tal como dizia o "outro" traste da História: "Uma mentira contada muitas vezes passa a ser uma verdade." (Hitler)
E é claro que quem ganha com estas manipulações é o grupo terrorista Hamas, o grande responsável e único (junto com os capangas da Jihad islâmica & cia.) causador destas barbaridades.
Infelizmente, o mundo é mais uma vez iludido com a "auto-comiseração" promovida pelo Hamas, que não pára de conseguir adeptos mesmo até entre as fileiras ditas cristãs. São essas mesmas pessoas tão "justas" no seu ataque a Israel que demonstram um estranho silêncio perante os verdadeiros massacres diariamente cometidos na Síria, inclusivamente contra tantos cristãos que se refugiam na vizinha Turquia para tentarem escapar ao ódio e à mais que certa matança às mãos dos seus "irmãos" árabes...

MANIPULAÇÃO DA TV
A media tem mais uma vez sobrevalorizado o número de alegadas vítimas civis em Gaza nestes últimos dias, após acreditarem cegamente e publicarem nas manchetes a história em que o primeiro-ministro do Egito, de visita a Gaza, está a beijar a cabeça de uma criança alegadamente morta por Israel.
 
Só que vários sites de pesquisa e investigação expuseram prontamente o fato de que o menino morreu como consequência de um foguete explosivo disparado pelos terroristas ter falhado e explodido em Gaza. As própria Forças de Defesa de Israel confirmaram que não houve qualquer atividade militar de Israel naquela área em que ocorreu a explosão que matou a criança inocente.
A hipócrita CNN editou uma pungente história sobre a morte da criança, mas não corrigiu o erro mesmo depois de ter sido confirmada a manipulação...!
É lamentável que a comunicação social acredite em todas as informações e imagens editadas pelos terroristas, mas pior ainda é quando são os próprios repórteres no campo e respectivas edições a manipularem a realidade dos factos. Sempre para o mesmo lado, como é óbvio...
Shalom, Israel!

SÍMBOLOS DA NOVA ERA . PARTE 2


Os símbolos da nova era  foram introduzidos por satanás para fazer com que os seres humanos depositassem a fé neles;  e  também para que a humanidade desobedece os mandamentos de DEUS:
“Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.”  (Êxodo 20 : 4)
Os símbolos usados na ordem mundial de Baha’u’llah são bem diferentes dos símbolos tradicionais utilizados pela nova era, pois os mesmos possuem funções para unificar os povos. São eles:
1) O Máximo Nome
 O Máximo Nome é representado em uma caligrafia Árabe que significa “Yá Bahá’u’l’Abhá  traduzindo para o nosso idioma seria algo como  a “Glória ao Senhor o mais glorioso.”  Ele aparece na Tumba de Baha’u’llah envolvido por uma figura esférica com 19 pontas. O número 19 também representa o elemento fogo na cabala. Quando acontecer a manifestação espiritual de Baha’u’llah (que representa esse fogo) , muitas pessoas no mundo vão adorá-lo recitando o máximo nome em seu respectivo idioma. Baháis também usarão termos como Aláhá’u’abhá e Yá Bahá’u’llah. O que não deixa de ser uma variação do máximo nome.
Também temos uma mensagem subliminar nesse símbolo, pois a grafia do máximo nome lembra a palavra “EVIL” em inglês que significa Mau/Mal.
2) O Símbolo da Pedra
 Esse é o símbolo que possui mais significados e o mais poderoso artefato mágico de todos. Ele  foi criado por Abdu’l’bahá e  muitos Bahá’is usam o símbolo da pedra em anéis e dentro de seus templos.
Alinha inferior representa a humanidade que não conhece o DEUS verdadeiro, a linha do centro representa Baha’u’llah que é oitavo manifestante da revelação progressiva. A  linha superior representa satanás assumindo o lugar de DEUS tentando realizar o seu sonho de estabelecer o seu trono nas alturas:
“E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte.”  (Isaías 14 : 13)
A linha que corta as três simboliza o batismo com o falso espírito santo e as duas estrelas representa respectivamente o Báb e Bahá’u’llah.
 
O Símbolo da Pedra também representa a flor de lótus (muito usada na ativação dos sete Chackras em busca do cristo cósmico ), a lua crescente (símbolo do Islã) , a roda do budismo,  o símbolo usado por Zoroastro, a estrela de  Davi, a suástica usada no hinduismo e também a cruz usada no cristianismo.
3) A estrela de Davi
Representa a unificação dos povos através do estado de Israel  aliado aos EUA. Com a manifestação, segundo os escritos de Baha’’u’llah,  desse símbolo, a parceria entre esses dois países ficará mais forte por algum tempo e muitos cristãos pensarão que o presidente do sistema babilônico Americano de governo também conhecido como a Ordem Illuminati  é o Anticristo.
Do ponto de vista da Ordem Mundial de Baha’u’llah,  a estrela de Davi  representa o selo de Salomão de onde sairão 72 entidades espirituais que “ auxiliarão “ o seu executivo mundial para ajudar a destruir o sistema illuminati de governo e estabelecer o falso reinado milenar de Baha’u’llah.
4) O Pentagrama
 Quando as  duas pontas estão para cima representa satanás e para baixo o homem se colocando no lugar de DEUS. Ele também representa a submissão do ser humano a luz de satanás quando está para cima  (transfigurado de lúcifer) e a para baixo como satanás representando as trevas. A conseqüência desse símbolo é que após o batismo com o falso “espírito santo”o cidadão global sofrerá um distúrbio comportamental.
O pentagrama também era muito usado por Baha’u’llah para enviar epístolas aos governantes da terra fazendo com que eles ficassem submissos ao seu poder espiritual. O importante não era ler e sim receber a sua epístola mágica.
5) A estrela de nove pontas
 Biblicamente falando, a estrela de nove pontas ou o eneagrama é uma alusão da forma final  do demônio-estrela Renfã . Mas no bahaismo ela representa a imagem que se assemelha ao espírito de Baha’u’llah, que será  implantada na fronte da mão ou na testa do cidadão global para dar início a economia da sua  Nova Ordem Mundial . Ela também representa a unificação das nove principais religiões criadas  por: Abrão (o pai de todos) , Moises, Zoroastro, Krishna, Jesus, Maomé, Buda, Báb e Baha’u’llah.
6) A pirâmide illuminati presa dentro da estrela de nove pontas.
 Esse símbolo representa o domínio de Baha’u’llah sobre os illuminatis . O ritual mágico em circulo foi ensinado aos primeiros baháis durante as construções de seus templos. O mestre Abdu’l’ Bahá deixou claro que os templos Bahá’is jamais poderão ter a forma triangular, pois isso representaria o controle da maçonaria no bahaismo.
“..Esforçai-vos para conseguir um terreno circular. Se possível, ajustai e modificai o projeto para deixar as dimensões e as delimitações em forma circular. O Mashriqu’l-Adhkár não pode ser triangular. Deve ter a forma de um círculo…” ( A paz universal – Abdu’l’Bahá).
O número sete representa os manifestantes da revelação progressiva que antecedem Baha’u’llah. E o fogo na parte inferior representa a destruição do sistema illuminati de governo como assevera Baha’u’llah  na frase abaixo:
VALE DO AMOR – “… Assim, pois, devem os véus do ego satânico ser queimados pelo fogo do amor, para que o espírito possa ser purificado e limpado, e possa assim conhecer a posição do Senhor dos Mundos….” ( Os sete vales – Baha’u’llah)
7) A estrela de seis pontas com o máximo nome no interior e no seu exterior envolvida pela estrela de nove pontas.
 A estrela de seis pontas (ou estrela de David) e um símbolo/ sinal  usado pelos illuminatis que aparece na nota de um dólar, por isso ela possui um valor primário com a função de manter o sistema babilônico de governo trabalhando em parceria  provisória com o Anticristo (o executivo mundial) , seus nove mestres eleitos e o estado de Israel..
Em quanto reinar o império Babilônico ficará visível a estrela de nove pontas e após a destruição dos EUA ( Ap 17:16)  ficará visível a estrela de nove pontas. A transição do sinal unificador de Baha’u’llah é sitada em seu livro Kitáb-i-Iqan  ( O livro da certeza) abaixo: :
“..O “céu” quer dizer o céu visível, pois, ao aproximar-se a hora em que o Sol do céu da justiça deverá se manifestar e a Arca da sabedoria divina sulcar o oceano da glória, aparecerá no céu uma estrela para anunciar ao povo o advento daquela mais grandiosa luz…” (Kitáb´-i- Iqan – Baha’u’llah).
8) As fases da lua na porta do santuário do Báb
 
Na porta do santuário do arauto da fé Bahái temos a lua quarto crescente e quarto minguante. A lua quarto minguante representa o Islã. Afina, o bahaismo é a evolução do Islã. Mas as duas fases da lua também representam Baphomet. Observe que a lua está na mesma posição dessa representação de satanás.
9) A águia de Bahá e a estrela de oito  pontas
 
Esse símbolo representa o governo de Baha’u’llah e está localizado próximo a sua tumba. Vários impérios usaram a águia como símbolo, mas fracassaram por tentar estabelecer uma ordem mundial material, podemos citar como exemplo: As depravações e orgias do império romano, Hitler e por último o império babilônico americano.
A diferença do uso desse símbolo por Baha’u’llah é que estabelecerá um  governo espiritual controlado economicamente pela Casa Universal de Justiça e Guardiania e administrado pelo executivo mundial ( o anticristo) e seus nove mestres eleitos.
E a estrela de oito pontas representa o oitavo manifestante da revelação progressiva.
“E a besta que era e já não é, é ela também o oitavo, e é dos sete, e vai à perdição.”  (Apocalipse 17 : 11)

VIA GRITOS DE ALERTA.
INF.APOCALIPSE TOTAL

Nova Era: SÍMBOLOS E SIGNIFICADOS



 
A humanidade ao longo de sua existência desenvolveu uma relação de intimidade com o sobrenatural, exteriorizada no culto a Deus e conseqüente observação dos princípios Bíblicos ou no culto às mais diversas divindades originadas no paganismo e nas religiões que se distanciaram dos preceitos apresentados na Bíblia.

A humanidade criou uma série de símbolos, que através do principio de analogia, representa ou substitui a crença ou rituais; por meio da simbologia mística é possível evocar os seres espirituais.

Veja a seguir alguns símbolos que representam os costumes e práticas ligadas à Nova Era.

 
Símbolo da Besta
Este número tem qualidades sagradas e por isso, deveria ser usado com maior freqüência possível para representar a Nova era, segundo os ensinamentos da Alice Bailey, suma-sacerdotisa da Sociedade Teosófica.
 

Arco-íris
É o símbolo principal da Nova Era, mas apresentado só a metade! Ele representa a ponte entre a alma humana individual e a "Grande Mente Universal" ou "Alma Universal". Também é considerado como "Ponte Mental" entre o homem e as energias cósmicas e a cidade de Shambala. Na Bíblia, o arco-íris é o símbolo da Aliança entre Deus e o Seu povo.

Yin Yang
A representatividade chinesa do macro e microcosmos e das duas energias que regem das duas energias que regem o mundo, yin e yang; o feminino e o masculino; o bem e o mal; a ordem e o caos; - energias opostas que se complementam. A força intrínseca do Universo convertendo-se ora em uma, ora em outra.

Fita entrelaçada  Sem Fim
Significa a vida entrelaçada, onde há sempre uma continuidade em outras encarnações. Também representa o pacto de sangue entre os nova-erinos, envolvendo pessoas ou organizações. É usado para uma melhor obediência entre os aliados do movimento Nova Era.

Borboleta
A borboleta é o símbolo próprio dos adeptos da nova era ou dos "aquarianos". Como a lagarta entra no casulo, transforma-se e sai em forma de borboleta, assim a humanidade passa de uma era antiga, transforma-se em todos os sentidos e entra na nova era.

Signo de Lúcifer
Este sinal é o símbolo da bandeira de Lúcifer. O círculo representa o planeta Terra como reino de satanás. O ponto são os homens, instrumentos a serviço deste reino.

 

Hexagrama em círculo
É usada pelo movimento Nova Era como símbolo da unificação da humanidade com as forças cósmicas.

 

         Hexagrama de dois triângulos entrelaçados
Formado por dois triângulos entrelaçados (Este símbolo não é a "Estrela de Davi", cujos triângulos são sobrepostos). Simboliza os processos de involução e evolução. Com efeito; o triângulo que aponta para baixo, apresenta a involução da energia divina que desce às formas mais boçais, ao passo que o triângulo voltado para cima indica a ascensão dos seres quer entendem a se divinizar cada vez mais.

Estrela de cinco pontas
As duas pontas para cima, significam Lúcifer e seu reino; duas pontas para baixo, significa o homem como deus, no lugar de Deus. É símbolo da adoração a Satanás já estabelecida em várias partes do mundo.

Chifre
Usado em colares, pulseiras, brincos, etc. Simboliza o afastamento de fluídos negativos (mal olhado, olho gordo...).


 

Mão chifrada
Usado por artistas ligados a um determinado ritmo músical e seus fãs. Simboliza o louvor em rituais satânicos.

 

Cruz virada para baixo
Usado por grupos de Rock e adeptos da Nova Era. Simboliza zombaria da cruz de Jesus.

 

SS
Usado por grupos nazistas em roupas, broches, tatuagens, etc. Simboliza o louvor e invocação de satanás.

 

Raio
É o reconhecimento do poderio de satanás, senhor Satã, e a disposição de estar a seu serviço.


 

Besouro
Símbolo que mostra que a pessoa que usa tem poder dentro do satanismo.



 

Lua-estrela
Usados em roupas, adereços, artes e também em centros espíritas. Simboliza poder para transportar através do cosmos.

 

Pirâmide
É tida como elemento que capta a energia cósmica e beneficia as pessoas dando sorte nos negócios.


 

Olho de Lúcifer
Simboliza o olhar de satanás sobre as finanças do mundo. ( ver nota de um dólar).


 

Cruz suástica
Para o Movimento Nova Era simboliza o movimento cósmico. É bem conhecida sua conotação com a pessoa de Adolf Hitler e seu movimento nazista que dizimou milhões de seres humanos na Segunda guerra mundial. É conhecido, também no Brasil e em outras partes do mundo, o renascimento deste movimento nazista. A cruz suástica é inspiração de chamberlain, um vidente satânico e conselheiro de Hitler. Foi ele que inspirou a Hitler as idéias de um reino de terror e poder.

Anarquia
O movimento prega a destruição de toda e qualquer organização que não queira se integrar ao novo sistema. Declara a anarquia do inferno a essas organizações que resistem à adesão universal.
 

Cruz Satânica ou Cruz da confusão
O nome por si já diz o que significa, qual o seu uso, e o objetivo do porque usa.


 

Cruz de Cabeça para Baixo
É uma cruz de cabeça para baixo, também chamada de "pé-de-galinha". Simboliza a "verdadeira" paz sem Cristo. O pé-de-galinha é uma cruz com os braços quebrados e caídos. O círculo representa o inferno. Na década de 60 foi usada pelos hippies; também foi símbolo de ecologia no mundo, pois representa uma árvore de cabeça para baixo. E esse símbolo simboliza a Igreja de Satã nos Estados Unidos.

Urano
Amor à natureza que se expressa através dos movimentos ecológicos. Urano simboliza a harmonia com o cosmo, adoração à deusa Gaia, o que eles chamam de "Lado feminino de Deus".
 

Unicórnio
É o símbolo da liberdade e promiscuidade sexual: homossexualismo, lesbianismo, heterossexualismo, fornicacionismo, sexo grupal, etc.

 

Cruz com laço
Simboliza o desprezo da virgindade, troca da parceiros conforme a escolha pessoal. A Nova Era ensina que a sexualidade é a parte que purifica o ser humano, eleva o espírito e embeleza o corpo. É a volta ao paganismo antigo, cujos "deuses" promoviam as danças com barulho excessivo, as orgias, a prostituição ritual, etc.

Casal Transpessoal
Símbolo do fim do casamento representado pela letra Omega, última letra do alfabeto grego. Os adeptos da Nova Era dizem que o ser humano não deve pertencer a nenhuma família possessiva, mas deve ficar sempre livre para buscar outros parceiros.

Pomba com Ramo
Simboliza a paz à qual tendem os aquarianos, na esperança de que as águas de Peixes sequem para dar lugar à Nova Era.

 

Cabeça de bode
É um símbolo de zombaria, contrário ao cordeiro de Deus "Jesus".

 

Mancha
Usada principalmente em automóveis. É uma gota de sangue em zombaria ao sangue redentor de Jesus.


 

Netuno
Simboliza a transformação das crenças. A cruz para baixo significa que todas as crenças serão destruídas para que o planeta Terra seja governado por Maitreya o "Novo Messias".
 

Plutão
Simboliza a "união planetária, construção da "Aldeia Global", é o novo nascimento do planeta Terra com a união sem fronteiras, acima de credos, cor e raça. Simboliza também a "paz universal " dentro da nova era.
 

Olho de Lúcifer
Usado em roupas e outros meios. Simboliza o olho de satanás vendo tudo e chorando por aqueles que estão fora do seu alcance (judeus e cristãos principalmente).





VIA GRITOS DE ALERTA.
Elias R. Oliveira
 Tomaz  Fernandes