quarta-feira, 21 de março de 2012

Jovens cristãos farão jejum de 24h para denunciar a fome

Jovens cristãos farão jejum de 24h para denunciar a fome
Para lembrar os milhões de pessoas que sofrem com a falta de alimentos, jovens de 13 países da América Latina e Caribe farão 24 horas de jejum entre os dias 23 e 24 de março.
Além de não comer durante esse período, esses jovens vão renunciar a comodidade da TV, celular, iPods e outros acessórios para participar da campanha “Diga Não à Fome”.
De acordo com a Comissão Econômica para América Latina e Caribe (CEPAL) que apresenta dados 31% da população, ou seja, 177 milhões de pessoas na região são pobres e 55 milhões sentem fome. Já os dados do Programa Mundial de Alimentos (PMA) mostram que uma criança morre a cada seis segundos por problemas relacionados à fome no planeta.
A campanha está sendo desenvolvida também pelos escritórios da Visão Mundial em vários países com o apoio de parceiros como universidades, igrejas e outras ONGs e terá transmissões ao vivo através das mídias sociais da organização. Em nosso país o “Diga Não à Fome no Brasil” terá um evento específico sendo realizado na Igreja Bola de Neve de Curitiba.
Mas o evento não tem como objetivo apenas lembrar-se das pessoas que passam fome no mundo, mas arrecadar recursos para beneficiar projetos de redução da fome e desnutrição tanto no Brasil como no Chifre da África, aonde a organização vem respondendo à situação de emergência com a falta de alimentos.
Para mais informações sobre este projeto acesse: www.diganaoafome.org.br.
Assista ao vídeo promocional:
Com informações Visão Mundial


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/jovens-cristaos-farao-jejum-de-24h-para-denunciar-a-fome/#ixzz1pmRBnVCI

Assista ao pronunciamento do Pastor Mario de Oliveira:





VIA GRITOS DE ALERTA

VEJA ESSE VÍDEO E COMPARTILHE. Tiago David / Preciosa Presença

 
Ícone de alerta
É necessário ter o Adobe Flash Player para assistir a este vídeo. Faça o download no site da Adobe.
 
 
VIA GRITOS DE ALERTA
Ícone de alerta

Justiça manda recolher livro do pastor Max Lucado

A justiça mandou recolher o livro "Sem Medo de Viver", do pastor americano Max Lucado, por ter o mesmo título de um livro da escritora de obras espíritas, Zíbia Gasparetto.

A escritora brasileira de obras espíritas, Zíbia Gasparetto conseguiu que a Justiça mandasse recolher das livrarias o livro "Sem Medo de Viver", do pastor americano Max Lucado, lançado em 2009.

Em 2009, depois de tentar um acordo extrajudicial, Zíbia Gasparetto, entrou com uma ação para tirar de circulação, no país, o livro "Sem Medo de Viver" (foto), do pastor americano Max Lucado, lançado neste mesmo ano pela Thomas Nelson.

O título é o mesmo de uma obra publicada por ela em 1986. Zíbia acusa a editora de copiá-lo deliberadamente para confundir os leitores. O nome original do livro de Lucado é "Fearless" ("Sem Medo").

O advogado de Zíbia, José de Araujo Novaes Neto, além do recolhimento do livro, pede ainda indenização por danos morais e materiais. A Thomas Nelson, editora do pastor, não comenta. Cabe recurso.

Sobre o livro
O livro "Sem Medo de Viver" de Max Lucado, trata do sentimento que está estampado em todas as manchetes de jornais, que assombra todos os corações humanos: o medo. Crise econômica, terrorismo, guerras, doenças, fome e miséria. Como podemos lidar com tantos desafios em um tempo de inquietação global?

Neste livro, o autor não se apresenta como um pastor “todo-poderoso” que detém todas as respostas, mas como um homem humilde, compartilhando as experiências que o ajudaram a vencer seus temores. Ele abre seu coração e revela a recente dor com a morte do irmão mais velho e seus pensamentos antes de uma cirurgia de coração pela qual passou.

Conheça os treze medos descritos por Max Lucado em “Sem medo de viver”:

1. Medo de não ser importante
2. Medo de desapontar Deus
3. Medo da escassez
4. Medo de não proteger meus filhos
5. Medo de desafios arrebatadores
6. Medo das piores hipóteses
7. Medo da violência
8. Medo do próximo inverno
9. Medo dos momentos finais da vida
10. Medo do que vem por aí
11. Medo de que Deus não exista
12. Medo das calamidades globais
13. Medo de Deus sair da minha caixa

Para adquirir este livro clique aqui

Fonte: Folha de São Paulo

GRAÇA E PAZ

Graça e paz queridos.

Conforme informei no ano passado , que eu estaria indo para a África , onde realizaríamos uma serie de cruzadas de evangelismo , foi adiada por falta de recursos.

Nossa hospedagem , translado lá dentro da áfrica , hospedagem,local dos eventos , estava tudo certo pela igreja na Nigéria, mas os outros custos era por nossa conta.
...
Assim que Deus prover esses recursos eu estarei indo .

Obrigado meu Jesus , o tempo é do Senhor , eis me aqui .

no amor de Cristo.

BISPO ROBERTO TORRECILHAS

Paulo Ormerod assume presidência da Global Commission, ministério de missões

Paulo Ormerod assume presidência da Global Commission, ministério de missões
O pastor Paulo Roberto S. B. Ormerod é o novo presidente da Global Commission, agência missionária que tem como objetivo alcançar os países que ainda não tiveram contato com a Palavra de Deus.
Para quem não conhece, a Global Commission do Brasil foi fundada em 1997 tendo como objetivo levar o evangelho para a janela 10/40 região menos evangelizada do mundo, ela passa pelo Oeste da África e se estende até a Ásia, passando pelo Oriente Médio.
A Global Commission do Brasil tem como parceira a Global Commission Partners, sediada na Flórida, que tem como presidente o Pr. Axel Lanausse e Rute Lanausse fundadores do trabalho aqui no Brasil. Juntos eles desenvolvem a missão mais ousadamente para alcançar os povos não alcançados.
Ormerod é pastor-presidente na Igreja Batista Peniel no Rio Comprido, fora isso ele também é 1º Tesoureiro da Associação Batista Adonai, mas aceitou o convite para mais este trabalho visando o crescimento do Reino.
“Quero fazer o melhor. Sei que esse é o desejo de todos que realizam a obra do Senhor. Vim para multiplicar. Missões é o coração da Igreja. Sem missões o Evangelho não tem como expandir. Louvo a Deus por mais esse “arado” que Ele me coloca nas mãos”, disse o pastor que é formado em Teologia pelo Seminário Teológico Betel.


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/paulo-ormerod-assume-presidencia-da-global-commission-ministerio-de-missoes/#ixzz1pkFdF0gb

Jogador da seleção pode ser pastor em breve

Jogador da seleção pode ser pastor em breve
Maybyner Rodney Hilário, ou como ficou mais conhecido, Nenê Hilário, é um conhecido pivô de basquete da seleção brasileira, que está na NBA desde 2002.
Durante sua carreira no Denver Nuggets, teve várias temporadas vitoriosas. Em 2003 foi escolhido um dos melhores no Desafio dos Novatos. Já em 2006-2007 ajudou seu time a chegar às finais.
Mas o ano de 2008 foi terrível para ele. Nenê teve problemas sérios quando sofreu uma torção no joelho e ficou quase um ano sem jogar. Depois, lutou contra um câncer nos testículos e viu sua mulher ser diagnosticada com câncer também.
Homem de fé, o evangélico Nenê teve um retorno triunfal na temporada seguinte e foi considerado um dos melhores jogadores da Liga naquele ano.
Depois de quase sua encerrar a carreira por causa da doença, declarou que estava feliz “Deus nos testou e agora a gente merece essa graça”, garantiu na época. Ele também passou a jogar com a inscrição “Jesus” em seus tênis.
Durante uma entrevista ao site americano Fanhouse, declarou que pretendia se aposentar até 2015, dividindo seu tempo entre o Brasil e os Estados Unidos. O motivo principal é que pretende se dedicar mais à igreja evangélica que frequenta.
“Cada ano é mais difícil… Tenho outros objetivos, já tenho um acordo com meu pastor para me envolver com a igreja. Se minha situação financeira está estável, porque vou continuar apenas por dinheiro? Acho que o melhor que posso fazer é com a igreja.”, afirmou em 2009.
Seu objetivo é claramente outro: “Posso usar meu testemunho para mudar a vida das pessoas, falar do que eu passei, de minhas lesões e de ser um sobrevivente de câncer”.
Mas a aposentadoria pode vir mais breve do que se pensa. Antes cotado para defender os melhores times da NBA, foi negociado de maneira surpreendente com o Washington Wizards este ano. Porém, ele está decepcionado, pois trata-se do segundo pior time da temporada. “Às vezes, a NBA pode ser um negócio sujo. Foi uma coisa maluca, dura e nem gostaria de falar muito sobre isso porque nem sei direito o que aconteceu”, declarou.
O Denver Nuggets renovou o contrato com ele ano passado, mas em 2012 fez uma troca com os Wizards pelos jogadores JaVale McGee e Ronny Turiaf. Mesmo encarando outro momento difícil, afirmou “Eu confio em meu Deus. Ele me colocou aqui e sei que quando ele me troca de lugar ou para alguma coisa é para o meu bem. Agora eu vou tentar fazer o meu melhor, me preparar para uma nova carreira e tentar ser um homem melhor”.
O tom de despedida, ao falar de outra carreira, pode indicar uma mudança drástica das quadras para os púlpitos em breve “Tenho um acordo com meu pastor. Quero ficar envolvido com a igreja aqui no Brasil,” disse ele, que é membro da igreja Deus é a Resposta.


VIA GRITOS DE ALERTA
Com informações R7, ESPN e Fé Campeã
Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/jogador-da-selecao-pode-ser-pastor-em-breve/#ixzz1pkF1Q39Z