sexta-feira, 19 de junho de 2015

ATENÇÃO - JORNALISTA BOECHAT , DA BAND , INCITA ÓDIO E FALA QUE PASTORES SÃO LADRÃO .

O episódio da pedrada que uma menina de 11 anos, praticante do candomblé, está rendendo discussões bastante acaloradas. Nesta sexta-feira (19), por exemplo, uma envolvendo o jornalista Ricardo Boechat, da Band, e o pastor Silas Malafaia.

Durante seu programa matinal na rádio BandNews FM, Boechat afirmou que as igrejas evangélicas estavam incentivando a violência e o ódio. No mesmo momento, Malafaia usou o Twitter para afirmar que o jornalista estava “falando asneira” e o desafiou para um debate ao vivo.

Assim que soube das manifestações no Twitter, Boechat respondeu ao vivo (ouça o áudio no vídeo abaixo), afirmando que ele “rouba dinheiro dos fiéis”. Por duas vezes, o jornalista mandou Malafaia “procurar rola”.



Imediatamente o pastor começou a reagir em seu Twitter e, mais tarde, afirmou em vídeo divulgado em sua rede social (assista abaixo) que iria se encontrar com Boechat na Justiça.

Igreja localizada onde Jesus multiplicou pães é incendiada por extremistas


Igreja localizada onde Jesus multiplicou pães é incendiada por extremistas
A polícia israelense anunciou a detenção de 16 jovens colonos judeus após um incêndio provocado em uma igreja no norte de Israel. A igreja localizada em Tabgha, às margens do Mar da Galiléia, onde Jesus alimentou cinco mil pessoas ao multiplicar cinco pães e dois peixes.
Um conselheiro da igreja culpou extremistas judeus pelo incidente. A polícia deteve os jovens na Cisjordânia para um interrogatório. "Em uma área próxima à igreja, 16 jovens foram detidos para investigação a fim de verificar se estão envolvidos no incidente que aconteceu de madrugada", afirmou a porta-voz da polícia, Luba Samri.
Segundo a polícia, dez dos detidos eram de Yitzhar, região conhecida como um reduto extremista, com histórico de moradores envolvidos em crimes de ódio.
Em um dos muros do templo foram encontradas pichações em hebraico escritas "ídolos serão destruídos". O texto é parte de uma oração judaica pronunciada diariamente.
"Os bombeiros chegaram no local e o fogo foi contido, mas um grande dano foi causado à igreja, tanto dentro como fora", disse o porta-voz da polícia Micky Rosenfeld.
"O incêndio de igreja é um ato covarde e desprezível, que contradiz os valores básicos de Israel", disse o ministro de Segurança Interna Gilad Erdan.
Cerca de 43 ataques de crimes de ódio contra igrejas, mesquitas e mosteiros aconteceram em Israel e na Cisjordânia desde 2009, segundo o grupo Rabinos pelos Direitos Humanos. Dezenas de prisões foram feitas nestes casos, mas houveram poucas condenações.Para a polícia, a pouca idade de muitos dos suspeitos levaram os tribunais a mostrarem clemência.

Pastor perdoa assassino de seu pai e o convida para contar testemunho à igreja

Pastor perdoa assassino de seu pai e o convida para contar testemunho à igreja
O perdão é um gesto que exige muito de quem o dá, mas tem uma inegável força de reconciliação e restauração de sentimentos. Um caso incrível de perdão foi revelado essa semana na cidade de Murfreesboro, estado do Tennessee (EUA).
O pastor batista Phillip Robinson contou para a congregação a história de redenção de Ron Hammer, condenado por homicídio em 1986. O detalhe, no entanto, é que o crime cometido por Hammer foi contra o pai do pastor, Wayne Robinson.
Templo da Igreja Batista Nova Visão
Hammer matou Wayne Robinson a tiros, no estacionamento de um supermercado. Uma década após ter sido preso, ele se converteu ao Evangelho. Seu testemunho foi contado à Igreja Batista Nova Visão através de uma conferência realizada via Skype, e organizada pelo próprio pastor Philip.
“Eu entreguei a minha vida a Cristo em outubro de 1996, mas não sentia as bênçãos que Cristo tinha para minha vida por completo. Até que um dia eu ouvi um sussurro dizendo a mim: ‘Bem, você tem que confessar o que fez à família Robinson’. Então, eu sentei e escrevi uma carta para senhora Robinson (mãe do pastor), o qual já tinha passado anos do dia que o crime aconteceu. E eu contei a ela como eu tinha tirado a vida de seu pai, como aconteceu e como foi um acidente, e eu nunca quis machucar ninguém”, disse, dirigindo-se ao pastor.
À época, Hammer foi sentenciado à prisão perpétua, com um adicional de 35 anos por assalto à mão armada. O pastor contou que, quando seu pai morreu, ele desejou que o mesmo acontecesse com o criminoso, segundo informações do Christian Post.
“Eu queria vê-lo morto”, disse o pastor Robinson. “Eu queria que ele pagasse o preço total por seu crime”, acrescentou. O líder evangélico disse que oito anos após a condenação, seu coração já havia encontrado paz para liberar o perdão, mas ele não tinha meios de entrar em contato com o assassino de seu pai.
Quando Hammer escreveu a carta pedindo perdão, 13 anos depois do crime e três após ter se convertido, Philip Robinson enxergou uma oportunidade de colocar a história definitivamente no passado.
Ambos começaram a trocar cartas, e daí, surgiu uma amizade: “Essa carta sua, Phillip, realmente me tocou”, disse Hammer ao pastor, na frente de sua congregação. “As palavras de sabedoria que Deus tinha plantado em seu coração para me dizer que aquele dia mudou minha vida. Eu sou abençoado pelo perdão que você me deu”, acrescentou.
Uma prova da reconciliação e a amizade entre Hammer e a família Robinson é que tanto o pastor quanto sua mãe testemunharam a favor dele em uma audiência de liberdade condicional em 2013. O gesto de perdão contribuiu para que o condenado fosse libertado da prisão no último mês de março, e em maio, Philip e Hammer se encontraram pela primeira vez. Agora, eles estão escrevendo um livro juntos sobre a história de vida de ambos.
VIA GRITOS DE ALERTA / INF. G+

PÁTRIA EDUCADORA , NÉ DILMA - Aluno de 14 anos esfaqueia professora pelas costas

mtprofessoraesfaqueadaarquivopessoal



Um estudante de 14 anos, da sétima série, esfaqueou em sala de aula a professora Adelair dos Santos Amaral, 45, pelas costas, com um canivete, porque, em 2014, ela tomou da mão dele o tubo de uma caneta esferográfica, que ele estava usando para jogar papel nos colegas, tumultuando a aula.
A escola onde a professora Adelair leciona Língua Portuguesa e Artes, há 25 anos, fica em Nova Bandeirantes, um município na região amazônica, ao Norte de Mato Grosso.
“Tinha acabado de bater o sino do recreio, para a gente retornar para a sala e assim que eu entrei, mal coloquei o material na mesa e quando fui até a porta, para tirar a chave, ele me golpeou”, conta Adelair, ainda abalada pelo que aconteceu na quinta-feira da semana passada (9).
Somente nesta quinta-feira (18), as aulas que haviam sido suspensas foram retomadas na Escola Municipal Ernesto Neiverth, que tem cerca de 570 alunos. No entanto, foi uma aula especial, somente para a direção conversar sobre o que ocorreu.
Os alunos, quando viram a cena acontecer se assustaram e foram correndo para o fundo da sala. As meninas começaram a chorar e se desesperar. Já a professora diz que não sabia bem o que estava acontecendo, que sentiu uma dor nas costas, mas não sabia se era um soco ou o que era, porque jamais poderia esperar uma facada em sala de aula.
“Eu não sabia o que tinha acontecido, porque naquela manhã, naquela semana, neste ano, não tivemos nenhum conflito e muito menos naquele dia, que nada aconteceu de anormal. Até então eu não conseguia ver o porquê da agressão, mas questionando, ele acabou falando. Eu perguntei: nossa, J., por que você está me agredindo assim? Ele falava assim: você não mexeu comigo ano passado? Não quebrou uma caneta minha na marra? Aí eu recordei que, no ano passado, quando ele era meu aluno da sexta série, no meio do ano mais ou menos, de tanto os alunos reclamarem dele atirar bolinha de papel com a caneta nas outras crianças, eu chamei a atenção dele. Disse: para com isso J. e nada, para com isso J. e nada, várias vezes. Daí fui à carteira dele e tirei o tubinho e joguei no lixo.  Falei assim: já que você não vai parar com isso, me dá isso aqui” – conta a professora, dando detalhes do episódio de motivou essa agressão de agora.
mtprofessoraesfaqueadafacebook

Adelair leciona Língua Portuguesa e Artes há 25 anos na escola onde foi atacada (Facebook)
“No dia ele me xingou dentro de sala de aula, mas passou e eu continuei dando aula para ele até o final do ano e até a semana passada”, diz a professora.
O corte ensanguentou a blusa dela, que levou dois pontos. Em seguida fez exames em um hospital em Alta Floresta, cidade mais próxima e que tem um pouco mais de estrutura hospitalar, para um diagnóstico mais preciso.
“A facada perfurou profundo, perto do pulmão, mas não chegou a perfurá-lo. Mas eu senti muita dor, até porque eu não tomei nenhum medicamento de imediato”, explica a vítima.
O adolescente ficou detido na delegacia local por quatro dias e na segunda-feira, em uma audiência, ficou decidido que ele vai voltar a morar com a mãe em outra cidade, Sinop.
A avó que estava criando o rapaz não estaria mais dando conta de controlar o uso de drogas e as infrações que ele vem cometendo, conforme a polícia.
Adelair diz que está assustada. “O corte em si está sarando, mas a cabeça está dando um nó”.
Segundo ela, ama lecionar, desde criança, e não vai abandonar a profissão.
“Vou retornar à sala de aula com certeza, claro que sim. Esta é a profissão que escolhi para mim. É um prazer contribuir com o aprendizado dos meus alunos, vale a pena continuar sim. Não podemos deixar que um que perturba vença. O bem é que deve vencer o mal”.
(Terra)

Cantor Evangélico morre durante apresentação em culto, em Porto Velho,RO

dfvvUm vídeo gravado por um membro da Igreja Assembleia de Deus do Bairro Ulisses Guimarães, Zona Leste de Porto Velho, mostra a queda fatal do presbítero e cantor Ozias de Lima Henrique, 42 anos, durante sua pregação num culto na noite desta terça-feira (16).
Segundo informações de testemunhas, o religioso, que fazia parte da dupla gospel Gilberto & Gilmar, teve um mal súbito e caiu, batendo a cabeça na borda de uma caixa de som que estava em cima do púlpito da igreja como retorno. Imediatamente, os outros presbíteros o socorreram.
ozias videoOzias chegou a ser levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro José Adelino, mas não resistiu. Médicos plantonistas ainda tentaram reanimar o cantor, mas não obtiveram resposta. De acordo com amigos, ele sofria de diabetes e, recentemente, havia descoberto uma doença cardíaca.
Junto com o companheiro de dupla se preparava para lançar seu terceiro CD com músicas evangélicas. Ozias era assessor parlamentar do deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho, havia pelo menos 15 anos. A ALE emitiu nota de condolências à família enlutada.
O corpo do presbítero foi enterrado no cemitério Jardim da Saudade na tarde desta quarta-feira (17). O cantor morreu às vésperas do feriado estadual de 18 de junho que homenageia os evangélicos de Rondônia. Neste dia várias igrejas estão em festa, assim como a própria Assembleia de Deus.
Assista o vídeo. O momento da queda fica no final da gravação.
VIA   GRITOS  DE  ALERTA

Assembleia de Deus no Brasil comemora 104 anos


Assembleia de Deus no Brasil comemora 104 anos
As Assembleias de Deus no Brasil estão completando, neste dia 18 de junho, 104 anos de fundação. Tudo começou com a vinda de dois missionários suecos que antes de chegarem ao Brasil visitaram o movimento de despertamento e avivamento espiritual da Rua Azuza em Los Angeles, EUA. 

Daniel Berg e Gunnar Vingren atenderam a chamada missionária ao receberem uma revelação de Deus acerca do Pará. Porém, ambos não sabiam onde ficava. Ao pesquisarem no mapa descobriram que se tratava da região norte de nosso país. Obedecendo ao “ide” chegaram a terras brasileiras em 19 de novembro de 1910.

A princípio reuniram-se com as igrejas batistas aqui já instaladas, mas como traziam na bagagem a doutrina pentecostal do batismo no Espírito Santo com a evidência do falar em línguas e a atualidade da concessão de dons espirituais como nos tempos apostólicos, não demorou para que o Senhor Jesus começasse a batizar os membros daquela igreja que, não aceitando a nova doutrina, decidiram desligar da comunhão os crentes que se uniram aos missionários. Entre eles, a irmã Celina Albuquerque, que na madrugada de 02 de junho de 1911 recebeu o batismo no Espírito Santo e falou em línguas conforme a promessa descrita no livro do profeta Joel 2 e seu cumprimento em Atos dos Apóstolos 2. Ela foi a primeira crente da igreja Batista de Belém a ser batizada. Logo outros foram batizados também. Um total de 13 membros deixou a igreja Batista em Belém do Pará para juntar-se aos missionários e fundarem em 18 de junho de 1911 a igreja Missão da Fé Apostólica.

Muitos estavam curiosos para conhecerem a nova doutrina. Houve rejeição por parte de alguns, mas muitos abraçaram a doutrina porque viam nas páginas da Bíblia a confirmação do que era pregado e ensinado pelos missionários estrangeiros. A essa altura as reuniões de oração que no início aconteciam na residência dos missionários, passaram à residência da irmã Celina de Albuquerque.

Reunidos na casa da irmã Celina, por sugestão de Gunnar Vingren, em 18 de janeiro de 1918, registrou-se a igreja Assembleia de Deus, nome que traz até hoje. Tendo origem no movimento pentecostal do início do século XX na América, as Assembleias de Deus do Brasil, cresceram nos moldes da igreja do Novo Testamento, onde os discípulos cheios do Espírito Santo levaram o Evangelho a todo o mundo.

Não muito tempo depois as Assembleias de Deus chegaram aos grandes centros urbanos das regiões Sul e Sudeste, como Porto Alegre, São Paulo e Belo Horizonte. Em 1922 chegou ao Rio de Janeiro, no bairro de São Cristóvão, e ganhou impulso com a transferência de Gunnar Vingren, de Belém, PA, em 1924, para a então capital da República.

Desde 1930, quando se realizou a primeira Convenção Geral dos pastores na cidade de Natal, RN, as Assembléias de Deus no Brasil passaram a ter autonomia interna, sendo administrada exclusivamente pelos pastores residentes no Brasil, sem, contudo perder os vínculos fraternais com a igreja na Suécia. A partir de 1936 a igreja passou a ter maior colaboração das Assembléias de Deus dos EUA através dos missionários enviados ao país, os quais se envolveram de forma mais direta com a estruturação teológica da denominação.

Em virtude de seu fenomenal crescimento, principalmente depois dos anos 90 com a criação e ação da chamada Década da Colheita, iniciativa das Assembléias de Deus, os pentecostais começaram a fazer diferença no cenário religioso brasileiro. De repente, as autoridades religiosas e seculares despertaram para uma possibilidade jamais imaginada: o Brasil poderia vir a tornar-se, no futuro, uma nação protestante. Tal possibilidade se tornou ainda mais real com a divulgação entre o final de 2006 e início de 2007 por um instituto de pesquisa de que, com vinte milhões de fiéis, o Brasil é o maior país pentecostal do mundo.

Atualmente, os mesmos institutos de pesquisa apontam para uma mudança no perfil evangélico brasileiro em todos os setores da sociedade por conta da ação do Evangelho. As Assembleias de Deus estão hoje em todas as camadas da sociedade, inclusive com representantes na esfera política do Congresso Nacional. Como agente de mudança não somente espiritual, vê-se a igreja agindo em grande escala em trabalhos sociais de grande envergadura e empenhada a mudar a face do nosso país a partir do Evangelho de Jesus Cristo, tendo templos em quase todas as cidades brasileiras.
 

CPAD

MINISTÉRIO ENGEL LEVA ROTA A CAXIAS DO SUL (RS)


Ministério Engel leva Rota a Caxias do Sul (RS)
No próximo dia 21 de junho, o município de Caxias do Sul (RS) receberá a Rota do Fogo - série de congressos, realizados por todo o Brasil e buscando avivamento espiritual.
Iniciado há dois anos sob a liderança do Ap. Joel Engel, este trabalho já foi de norte a sul do país e seus efeitos chegaram a transpor fronteiras na América Latina.
Segundo o idealizador da Rota do Fogo, a série de congressos nasceu inspirada na passagem de Ezequiel 20:45- 47.
"Em 2008 eu estava no Canadá quando o Espirito Santo desceu sobre nós de uma forma especial... Ficamos embriagados como aconteceu com os Apóstolos no livro de Atos. Lembro que vários profetas impuseram as mãos sobre mim e começaram a profetizar: Filho do Homem vira teu rosto para o Sul e profetiza: Deus está te ungindo para profetizar Avivamento no Brasil. Deus acenderá um fogo no Sul que vai incendiar desde o Sul até o Norte...", destacou o Joel Engel.
Em Caxias do Sul (RS), o congresso acontecerá no Ministério Apostolico Encontro de Adoração (liderado pelo Pr. Paulo) e está programado para iniciar-se às 19h.
Serviço: 
Rota do Fogo em Caxias do Sul (RS)
Data: 21/06
Horário: 19h
Local: Ministério Apostolico Encontro de Adoração (Pr. Paulo)
Endereço: Rua Joaquim Telles, número 235, Bairro Centenario - Caxias do Sul

MINISTÉRIO ENGEL LEVA A ROTA DO FOGO A RIO GRANDE (RS)

Ministério Engel leva a Rota do Fogo a Rio Grande (RS)
No próximo dia 19 de junho, o município de Rio Grande (RS) receberá a Rota do Fogo - série de congressos, realizados por todo o Brasil e buscando avivamento espiritual.
Iniciado há dois anos sob a liderança do Ap. Joel Engel, este trabalho já foi de norte a sul do país e seus efeitos chegaram a transpor fronteiras na América Latina.
Segundo o idealizador da Rota do Fogo, a série de congressos nasceu inspirada na passagem de Ezequiel 20:45- 47.
"Em 2008 eu estava no Canadá quando o Espirito Santo desceu sobre nós de uma forma especial... Ficamos embriagados como aconteceu com os Apóstolos no livro de Atos. Lembro que vários profetas impuseram as mãos sobre mim e começaram a profetizar: Filho do Homem vira teu rosto para o Sul e profetiza: Deus está te ungindo para profetizar Avivamento no Brasil. Deus acenderá um fogo no Sul que vai incendiar desde o Sul até o Norte...", destacou o Joel Engel.
Em Rio Grande (RS), o congresso acontecerá no Ministério Geração do Avivamento (liderado pelo Pr. Ezequiel) e está programado para iniciar-se às 20h.
Serviço: 
Rota do Fogo em Rio Grande (RS)
Data: 19/06
Horário: 20h
Local: Ministério Geração do Avivamento (Pr. Ezequiel)
Endereço: Rua 21, n. 447, Bairro Getulio Vargas - Rio Grande (RS)

“Não chame meninas de princesas”, diz campanha da Avon

Uma campanha da Avon tem gerado polêmica nas redes sociais por pedir aos pais que não chamem suas filhas de “princesas”, dizendo que o elo...