segunda-feira, 2 de setembro de 2013

A DIFERENÇA ENTRE O JUSTO E O ÍMPIO




Mesmo perante a evidência da maldade que avassala o homem e o oprime, mesmo assim, o homem não busca no seu Criador DEUS a consolação e a segurança que só O Eterno pode oferecer.
Quando lhes é anunciado o plano de DEUS para a salvação do homem através da aceitação do sacrifício do Seu Filho JESUS CRISTO, endurecem a cerviz …e os ouvidos e não querem saber. O seu coração/mente está empedernida pelo espírito de rebeldia que governa este mundo.

Mas, aos poucos que ouvem e aceitam o chamamento do Eterno para que se salvem, DEUS promete trata-los como filhos Seus e dar-lhes a Vida permanente, a vida eterna por Seu Filho JESUS CRISTO. Aos outros, aos que rejeitam a Vida verdadeira, está reservada a destruição…eterna.

Sim, DEUS faz diferença entre os que O servem e querem andar por fé e em obediência em todos os Seus caminhos (a Sua Lei) e os que rejeitam o Seu conselho. Quando Ele vier, Ele fará a separação entre os que O servem e os que O rejeitam.

Malaquias 4:1-3“Porque eis que aquele dia vem ardendo como fornalha; todos os soberbos, e todos os que cometem impiedade, serão como a palha; e o dia que está para vir os abrasará, diz O SENHOR dos Exércitos, de sorte que lhes não deixará nem raiz nem ramo. Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas; e saireis e saltareis como bezerros da estrebaria. E pisareis os ímpios, porque se farão cinza debaixo das plantas de vossos pés, naquele dia que estou preparando, diz SENHOR dos Exércitos”.

Os homens lêem estas palavras mas não crêem que estes dias estão bem perto. Na realidade, estas palavras são-lhes totalmente estranhas porque não desejam sair do caminho de desobediência que sempre trilharam. Terão de pagar uma pesada fatura, porque a ira do Eterno se abaterá sobre eles e as suas casas.

Isaías 63:3-4“Eu sozinho pisei no lagar, e dos povos ninguém houve comigo; e os pisei na minha ira, e os esmaguei no meu furor; e o seu sangue salpicou as minhas vestes, e manchei toda a minha vestidura. Porque o dia da vingança estava no meu coração; e o ano dos meus remidos é chegado”.

Sim, DEUS faz separação entre os que O servem e querem um dia estar no Seu reino maravilhoso, numa vida que em nada se poderá comparar com a que hoje conhecemos, e aqueles que ficam indiferentes (ou até hostis) perante o Seu chamamento.

Salmo 37:38-40“Quanto aos transgressores [da Minha Lei], serão à uma destruídos, e as relíquias dos ímpios [os seus ídolos] serão destruídas. Mas a salvação dos justos vem de DEUS; ele é a sua fortaleza no tempo da angústia. E DEUS os ajudará e os livrará; ele os livrará dos ímpios e os salvará, porquanto confiam Nele”.        

Isaías 45:22“Olhai para mim, e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro”.

Malaquias 3:16-18“Então aqueles que temeram a DEUS  falaram frequentemente um ao outro; e DEUS atentou e ouviu; e um memorial foi escrito diante dele, para os que temeram a DEUS, e para os que se lembraram do seu nome. E eles serão meus, diz DEUS dos Exércitos; naquele dia serão para mim jóias; poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve. Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve”.


Ora vem SENHOR JESUS. Vem já hoje gravar esta esperança nos corações dos que em Ti esperam!!!

AlleluYAH

O REI SAUL E A MÉDIUM DE EN-DOR


 A crônica de 1ª Sm 28.7-25 foi ditada por uma testemunha ocular: logo, por um dos servos de Saul que o acompanhara à necromante (7-8). Frequentemente, esses servos eram estrangeiros (21.7; 2ª Sm 23.25-39) e quase sempre supersticiosos, crentes no erro (v.7). Razão por que o seu estilo é tão convincente. Esta crônica que parte da história de Israel, pela determinação divina, entrou no Cânon Sagrado, para mostrar que um homem sem a direção de Deus perde a visão espiritual a ponto de fazer aquilo que ele próprio condenava.

Infelizmente, esta crônica é interpretada por muitos sob o mesmo ponto de vista de Saul. Devemos buscar a interpretação correta na Bíblia, que em si mesma, tem os argumentos corretos, para discernir as afirmações do servo de Saul. Antes, porém, vejamos a palavra médium no v. 6, que no hebraico é traduzido por “espírito adivinhador”, ou “espírito familiar” e no texto grego da Septuaginta por (engastrimuthos) “ventríloquo” (um de fala diferente), palavra usada que indica a espécie de pessoa usada por um desses “espíritos”.
Para podermos entender este embuste, precisamos fazer um exame textual analítico dentro das regras da hermenêutica bíblica. Vejamos pois:
1. O leitor deve primeiro fazer a leitura de todo o capítulo (28) e depois observar cuidadosamente cada detalhe.
2. Saul quando era fiel ao Senhor, perseguiu e afugentou os médiuns da terra provando com isso que Deus abomina tal prática:
“Respondeu-lhe a mulher: Bem sabes o que fez Saul, como eliminou da terra os médiuns e adivinhos; por que, pois, me armas cilada à minha vida, para me matares?”. (v. 9).
3. Quando Saul consultou a pitonisa ele já estava caído, reprovado por Deus e endemoniado (1º Sm 15.22, 23; 16.1, 14).
“De súbito, caiu Saul estendido por terra e foi tomado de grande medo por causa das palavras de Samuel” (1º Sm 28.20). Saul se encontrava perturbado, e, uma pessoa nesse estado é presa fácil do diabo.
“Então, disse Samuel: Por que, pois, a mim me perguntas, visto que o SENHOR te desamparou e se fez teu inimigo?” (v.16).
4. Note que o verso 5 diz que ele estava tomado de medo. Por quê? Por Deus o havia abandonado. O homem com medo é derrotado antes da guerra.
5. Saul só buscou a necromante depois que o Espírito de Deus se retirou dele. A sua horrível e prematura morte se deu por causa disso. Aqui vemos a confirmação, de que Deus não está neste negócio (1º Cr 10.13-14).
6. Argumento Exegético: O versículo 6 diz que o Senhor não lhe respondeu:
“Nem por sonho”. Quando analisamos do ponto de vista divino, o sonho é “uma revelação pessoal” de Deus ao homem que se processa por meio da palavra e expressão transmitida pela visão ou imagem (1ª Sm 3.1; Jó 33.14-16). Mas o Senhor não lhe respondeu, isto é, Deus não se manifestou.
“Nem por Urim”. Revelação pessoal; “nem por Urim”, revelação sacerdotal;
Algumas passagens das Escrituras falam destas duas pedras, “Urim e Turim” (Êx 28.30; Lv 8.8; Nm27.21 Dt 33.8; 1ª Sm 28.6).
Como Deus respondia por este método. Na passagem de Êxodo 28.30, Deus ordenou a Moisés colocar “no peito do Juízo Urim e Tumim” em “cima do coração de Arão”. Tem sido sugerido que o Urim e o Tumim eram dois objetos chatos: um lado de cada um desses objetos tinha por escrita a palavra “Urim” derivado de “arar”, que significa “luzes” e Tumim “ser perfeito”. O emprego destas pedras no peitoral do sacerdote era para saber: “como a vontade de Deus era revelada”. O Urim e o Tumim que então significa “luzes e perfeição”. Com esta idéia, o Urim e o Tumim passariam a ter um sentido de “fogo sinalizante”, uma espécie de semáforo. Três luzes deviam piscar ali:
A. A luz de cor amarela era sinal de atenção.
B. A luz cor vermelha era sinal de reprovação.
C. Luz de cor verde era sinal de aprovação divina. O método como isso ocorre, dá-se da seguinte forma:
O sacerdote consultava a vontade divina sobre esta ou aquela decisão necessária, olhando sempre para a luz amarela estacionada em cima do seu coração; segundo este modo de proceder, neste instante vinha a resposta da parte de Deus: sim ou não. O sim era revelado através da luz verde sobrenatural, enquanto que o não, se dava através da luz vermelha sobrenatural. No caso de Saul, nenhuma nem outra coisa se manifestou; portanto, Deus lhe não respondeu este método.
“Nem por profetas”. Revelação inspirada da parte de Deus em que Suavontade era manifestada através de um homem ou mulher, santo capacitado por Deus para este fim. Mas a Bíblia também afirma que Deus não se manifestou por tal método. A sentença é sempre a mesma: “...o Senhor lhe não respondeu” (v.6).
7. Argumento escatológico. Seria impossível Samuel ter falado. Primeiro: porque se encontrava morto e estava no seio de Abraão segundo os ensinos de Jesus em Lucas 16.27-31. O profeta Samuel nunca desobedeceu a Deus. Era integro. Segundo este conceito, Samuel se encontrava no “seio de Abraão” ou “Paraíso”, conforme Lucas 16.22 e 2ª Coríntios 12.4. Na narrativa de Lucas (16.22), diz que o rico se encontrava num lugar “baixo” (Hades) e que Lazaro se encontrava num lugar “alto” (Paraíso). Segundo a Bíblia diz, o rico “...ergueu os olhos” para contemplar Lázaro (16.23). Assim, de acordo com o argumento lógico, não foi Samuel que apareceu ali, visto que o texto diz: “...subiu da terra” (cf. 1ª Sm 28.13-14). Ora, se fosse Samuel, então ele teria “descido do Paraíso” e não “subido da terra”.
8. A médium não afirma que era Samuel e sim “deuses” que subiam da terra (v. 13). Ou ela estava enganando Saul ou vendo demônios materializados conforme se chama hoje no espiritismo “visualizações”. Depois ela observa que não se trata de “deuses”, e sim “de um homem ancião” (28.14). Note que o texto diz que Saul “nada viu”, mas deduziu que seria Samuel baseando na descrição da necromante.
Os versos 20 e 21 do capítulo em foco dizem que Saul se encontrava perturbado, e apenas entendeu que era Samuel que falava (v.14). Certamente não foi Samuel.
9. Argumento contraditório. No capítulo 15.35 de 1ª Samuel Bíblia diz: “nunca mais viu Saul até o dia da sua morte, porém tinha pena de Saul”. Numa outra tradução mais correta seria: “nunca mais procurou Samuel a Saul”.
Mas quem falou através da necromante? Samuel era profeta de Deus e só poderia falar por inspiração, mas sendo morto como iria falar? Quem deveria falar deveria ser o próprio Deus, mas o Senhor não falou nem por Urim, nem por sonhos e nem por profetas. Se não foi o Senhor quem falou também não foi o profeta Samuel.
De acordo com a fidelidade das Escrituras, Samuel, o profeta, não podia subir ali naquela noite sombria. Durante sua vida aqui na terra ele foi obediente a Deus e agora, depois de morto jamais ele faria um só ato contrário à vontade de Deus, quando em vida declarou: “Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a idolatria e culto a ídolos do lar” (1ª Sm 15.23).
A Bíblia é explicita com respeito à volta de um morto:
“Antes que eu vá para o lugar de que não voltarei” (Jó 10.21). “Tal como a nuvem se desfaz e passa, aquele que desce à sepultura jamais tornará a subir” (Jó 7.9).  E o salmista Davi acrescenta: “Porém, agora que é morta, por que jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim” (2ª Sm 12.23). Aquilo que as Escrituras afirmam não pode ser anulado.
10. Argumento Ontológico: Do grego onthos, ser + logia, estudo racional. Então ontologia é o estudo do ser (ou metafísica geral). É a ciência do ser enquanto ser e dos caracteres que pertcem ao ser como tal. Este argumento baseia-se no versículo três do cap. 28 que está sendo estudado. Nele, Deus se identifica como Deus dos vivos e não dos mortos: de Abraão, Isaque, Jacó etc. “Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó? Ele não é Deus de mortos, e sim de vivos” (Mt 22.32; ref. Êx 3.15).
Nem um profeta ou santo de Deus perdeu a sua personalidade, integridade, ou superego. Seria Samuel o único a poluir-se indo contra a natureza do ser, contra Deus (vv.6) e contra a doutrina que ele mesmo pregava (1º Sm 15.23), quando em vida nunca o fez? Impossível.
11. Argumentos proféticos (Dt 18.22): As profecias devem ser julgadas “Tratando-se de profetas, falem apenas dois ou três, e os outros julguem” (1ª Co 14.29). E essas do pseudo-Samuel, não resiste ao exame. São ambíguas e imprecisas, justamente como as dos oráculos sibilinos e délficos.
“Samuel (?) disse a Saul: Porque me desinquietaste?” (1ª Sm 28.15). Em apocalipse 14.13, essa profecia do pseudo-Samuel é refutada quando diz “Escreve: Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem das suas fadigas, pois as suas obras os acompanham”. Devemos observar bem a frase: “me desinquietaste” no texto, e depois, confronta-la no contexto: “...para que descansem”, e veja, que aqueles que partiram (como Samuel) em paz com Deus jamais seriam desinquietados por uma feiticeira.
A “bem-aventurança” de apocalipse 14.13 destina-se aqueles que viveram e morreram fielmente a Deus; E Samuel foi um deles, e jamais viria a poluir-se numa sessão espírita presidida por uma mulher cuja era reprovada por Deus e a sua Palavra (Lv 19.31; 20.27). Deus não se contradiz! Portanto, não foi Samuel que ali apareceu.
12. O embuste da médium.
“O SENHOR entregará também a Israel contigo nas mãos dos filisteus, e, amanhã, tu e teus filhos estareis comigo; e o acampamento de Israel o SENHOR entregará nas mãos dos filisteus” (1º Sm 28.19).
A. Saul não foi entregue nas mãos dos filisteus. A profecia é de estilo sibilino e sugeria que Saul viria a ser suplicado pelos filisteus. Mas o fato é que Saul se suicidou (1º Sm 31.11-13). Saul apenas passou pelas mãos dos filisteus (1ª Sm 31.8-10), e veio parar nas mãos dos homens de Jabes-Gileade (31.11-13). Infelizmente o pseudo-Samuel não podia prever este detalhe.
B. Não morreram todos os seus filhos “... tu e teus filhos”, como insinua essa outra profecia obscura: Morreram três filhos de Saul (1º Sm 31.2) e três filhos ficaram vivos: Is-bosete (2º Sm 2.8-10), Armoni e Mefobosete (não o filho de Jonas), mas sim de Saul (2º Sm 21.8).
C. A suposta profecia predissera que, no dia seguinte, morreria Saul e seus filhos. Saul não morreu no dia seguinte como declarara a necromante: “... amanhã, tu e teus filhos estareis comigo....”. Esta é uma profecia do tipo délfico, ambígua. Saul morreu cerca de 18 dias depois (1º Sm 30.1, 10, 13,17; 1º Cr 10.2, 4).
“Sucedeu, pois, que, chegando Davi e os seus homens, ao terceiro dia, a Ziclague, já os amalequitas tinham dado com ímpeto contra o Sul e Ziclague e a esta, ferido e queimado” (1º Sm 30.1).
Davi gastou na sua volta três dias, em que percorreu uns 120 Km. Havia uns três dias que ele estava fora de Ziclague. E gastou um dia com os preparativos para a nova expedição contra os amalequitas. Que somado são sete dias.
Davi ao saber que Ziclague havia sido tomada e suas mulheres levadas cativas, lamentou e chorou muito (1º Sm 30.4). Após Davi reanimado no Senhor (1º Sm 30.6), levantou buscou o sacerdote Abiatar para consultar o Senhor.
“Então, consultou Davi ao SENHOR, dizendo: Perseguirei eu o bando? Alcançá-lo-ei? Respondeu-lhe o SENHOR: Persegue-o, porque, de fato, o alcançarás e tudo libertarás” (1º Sm 30.7).
Partiu Davi com seiscentos homens (30.9), porém duzentos ficaram na caminhada, pois estavam exaustos. No caminho encontraram um homem egípcio:
“Acharam no campo um homem egípcio e o trouxeram a Davi; deram-lhe pão, e comeu, e deram-lhe a beber água. Deram-lhe também um pedaço de pasta de figos secos e dois cachos de passas, e comeu; recobrou, então, o alento, pois havia três dias e três noites que não comia pão, nem bebia água. Então, lhe perguntou Davi: De quem és tu e de onde vens? Respondeu o moço egípcio: Sou servo de um amalequita, e meu senhor me deixou aqui, porque adoeci há três dias” (1º Sm 30.11-13).
“... há três dias”, que os amalequitas haviam deixado o egípcio no caminho. Davi gastou cinco dias para alcançá-los. O ataque foi inesperado, noturno e terminou rapidamente. (30.17). Para cuidar dos prisioneiros e recolher o despojo de guerra levou mais um dia. Na volta levou mais uns oito dias. Até aqui são 17 dias desde que a necromante profetizou para Saul. Após dezoito dias os filisteus entraram em guerra contra Israel (31.1-6), que os venceram.
As evidências e os próprios textos bíblicos dizem que ninguém morreu no dia seguinte como falara o suposto Samuel naquela reunião.
C. Saul não foi para o mesmo lugar de Samuel: “... estareis comigo...” (1º Sm 28.19). Outra profecia délfica. Interpretar comigo por simples “alem” (hb sheool), é contradizer a Bíblia. Samuel estava no seio de Abraão, sentia isso e sabia da diferença que existia entre um salvo e um perdido. Jesus o Filho de Deus também sabia, e não disse ao ladrão da cruz: “... hoje estará comigo no “alem” (sheol), mas sim, no “Paraíso”. Logo, Samuel não podia ter dito a Saul, que este estaria no mesmo lugar que ele: no “seio de Abraão”. Se Samuel tivesse desobedecido a Deus (1º Sm 28.16-19), passaria para o inferno, para estar com Saul? Ou então, Saul, ainda que transgredido a Palavra de Deus e consultado a necromante, passou para o Paraíso, para estar com Samuel?”.
“Assim, morreu Saul por causa da sua transgressão cometida contra o SENHOR, por causa da palavra do SENHOR, que ele não guardara; e também porque interrogara e consultara uma necromante, e não ao SENHOR, que, por isso, o matou e transferiu o reino a Davi, filho de Jessé” (1º Cr 10.13-14).
As principais causas da derrota de Saul e seu fracasso, foram: 1) Transgressão contra Deus (1º Sm 13.8-14; 15.1-23). 2) Consulta a uma necromante (consulta de pseudos-mortos, 1º Sm 28.7-25). 3) Não consultou ao Senhor.
D. Quem respondeu Saul? A Bíblia fala de certos “espíritos”, sua natureza e seu poder (Êx 7.11, 22; 8.7; At 16.16-18; 2ª Co 11.14-15; Ef 6.12). São os anjos caídos de Apocalipse 12.4, 7-9 diz: “Com a cauda ele arrastou do céu a terça parte das estrelas e a jogou sobre a terra. 7 E houve guerra no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão e os seus anjos. 8 Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar achou nos céus. 9 E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e satanás, que engana a todo mundo. Ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele”.
A Bíblia fala de dois tipos de anjos. Os bons (Sl 34.7; Mt 18.10 etc.) e os anjos maus que foram iludidos por Lúcifer.
Os dois tipos de anjos os bons e os maus que nos acompanham durante a nossa vida toda; anotam tudo e sabem tudo a nosso respeito.
Depois da morte o anjo bom leva o nosso livro-relatório , diante de Deus, pelo qual seremos julgados (Ap 20.12). Depois da morte o anjo a serviço de Lúcifer (anjo mau) assume a nossa identidade e representa-nos no mundo, através dos médiuns. Onde revela o nosso relatório com acerto e “autoridade”. É por isso que Paulo fala da luta que temos contra “as forças espirituais do mal” (Ef 6.12). E é pela mesma razão que Deus proíbe consultar aos “mortos” (Is 8.19-10), porque estes são falsos (Dt 18.10-14). Caso fossem espíritos humanos, provavelmente, Deus não proibiria a sua consulta, apenas regulamentaria o assunto para evitar abusos. Deus, porém proíbe o que que é dissimulação e falsidade.
13. Argumento Doutrinário: “Vendo a mulher a Samuel...” (v.12a).
Consultar os “espíritos familiares” é condenado pela Bíblia inteira. Fossem espíritos de pessoas, e Deus teria regulamentado essa prática, mas como não são, Deus o proibiu e condenou reiteradamente essa ação (cf. Lv 19.31; 20.7; Dt 18.10-12), e Deus não se contradiz (Tt 1.1).
Aceitado a profecia do pseudo-Samuel, cria-se uma nova doutrina que é a revelação divina mediante pessoas ímpias e polutas. E nesse caso, para serem aceitas as afirmações proféticas, como verdades divinas é necessário que sejam de absoluta precisão; o que não acontece no caso presente.
14. Então, quem são os espíritos que se manifestam através dos médiuns?Bíblia nos ensina que todos eles são espíritos enganadores, enviados por Satanás para enganar aos que não desejam receber o Evangelho da salvação: “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar” (1ª Pe 5.8). Segundo as Escrituras, Satanás, no seu afã de enganar, se apresenta sempre como um espírito bom: “E não é de admirar, porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz” (2ª Co 11.14). Jesus disse dele: “Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira” (Jo 8.44). O apóstolo Paulo, que recebeu o Evangelho não de homens (vivos ou mortos), mas diretamente por revelação de Jesus Cristo (Gl 1.11-12), faz a seguinte advertência: “Mas receio que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo. Se, na verdade, vindo alguém, prega outro Jesus que não temos pregado, ou se aceitais espírito diferente que não tendes recebido, ou evangelho diferente que não tendes abraçado, a esse, de boa mente, o tolerais” (2ª Co 11.3-4); “Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras e que têm cauterizada a própria consciência” (1ª Tm 4.1-2).

Concluo dizendo que toda doutrina espírita vem da falsa revelação dos espíritos que, como sabemos, são demônios, embora eles não creiam na existência dos mesmos, já por engodo dos próprios demônios. Os médiuns são geralmente anormais.
Grandes médicos brasileiros, como Dr. Xavier de Oliveira, Henrique Ruxo e R. Franco são unânimes em afirmar que o espiritismo é uma “fábrica de loucos porque começa desordenando o sistema nervoso originando anomalias e perturbações mentais”. Dr. Juliano Moreira, um famoso psiquiatra brasileiro costuma dizer: “até hoje não tive fortuna de ver um médium, principalmente os chamados videntes, que não fosse um neuropata”. Primeiro surgem as complicações nervosas, isto sem falar nos casos de homicídios e suicídios devido às “mensagens”.

O Espiritismo é uma grosseira imitação que Satanás, o pai da mentira. Tenta fazer para contrariar as obras de Deus. Isto aconteceu através dos mágicos do Egito. (Êx 7.9) e em muitas outras ocasiões, porém a verdade de Jesus sempre triunfará.

CGADB - VI AGE SP - Desliga o Pr. IVAN BASTOS da instituição




CGADB - Pr. Álvaro Alen Sanches empossado como PRIMEIRO TESOUREIRO na AGE de SP
Aberta a sessão da VI AGE, foi lido o edital de convocação, bem como o Relatório do Conselho de Ética.
Concedido os trinta minutos regimentais para o procurador do Pr. IVAN BASTOS apresentar a devida defesa, sendo que o mesmo utilizou-se apenas de 14 minutos, abrindo mão dos 16 minutos finais.

Colocada em votação a matéria através do voto eletrônico, votaram 2.638 convencionais insritos, sendo que 2.504 disseram SIM e 134 disseram NÃO a aprovação do Relatório do Conselho de Ética e Disciplina, destituindo assim o Pr. IVAN BASTOS do cargo de Primeiro Tesoureiro da CGADB, bem como desligando-o do quadro de filiados da instituição.

Após o anúncio do resultado, o Presidente Pr. José Wellington Bezerra da Costa, declarou o pr. Álvaro Alen Sanches, que atuava como Segundo Tesoureiro, devidamente empossado como PRIMEIRO TESOUREIRO DA CGADB.
Foi convocada para as 14h, eleição para o cargo de SEGUNDO TESOUREIRO e apresentado os candidatos devidamente inscritos.
fonte; POINT RHEMA

Cristãos sírios oram a Deus para intervir em seu país - Islamitas têm obrigado muitos cristãos a deixarem o país


Como os sírios se preparam para um possível ataque militar dos EUA, muitos cristãos do país estão orando por intervenção divina.
Eles dizem que a ação militar contra o regime de Assad só trará mais sofrimentos e eles estão pedindo aos cristãos em todo o mundo que orem para que Deus intervenha e conceda à paz para a nação. Eles acreditam que as orações coletivas ao redor do mundo possam impedir escaladas de conflito.
Um pastor da Síria, que reside nos EUA, que viaja constantemente para o país disse que "os cristãos estão vivendo com medo na Síria. Nós sabemos o que pode acontecer e vemos o resultado de tal ação, dos EUA e da OTAN, que será a destruição dos cristãos no Oriente Médio e, particularmente, na Síria. "
Por razões de segurança, ele pediu para preservar seu anonimato, não só para a sua proteção, mas também para a de outros cristãos sírios de represálias dos islamitas.
Eles consideram que qualquer ataque militar dos Estados Unidos só fortaleça os islamitas que atacaram os cristãos.

Cristãos sírios oram a Deus para intervir em seu país "Havendo impacto da OTAN sobre a Síria, isso significa que eles vão enfraquecer a estrutura e o sistema da Síria será destruído, o que significa que a lei seguirá Sharia (islâmica), e que ela é contra a existência do cristianismo em que parte do mundo ", disse ele.
Os islamitas têm obrigado muitos cristãos a deixarem o país. Outros foram mortos ou seqüestrados, além de igrejas destruídas.
Embora muitos cristãos sírios sintam que o presidente americano Barack Obama os tenha abandonado, eles sabem que Deus não fez.
"Nós sabemos que Deus nos prometeu de que iria proteger a comunidade cristã na Síria e a nossa confiança não está em nenhuma potência ou regime qualquer dos EUA, de ninguém mais. Esta é a confiança de que o mesmo Deus vê e ouve o grito dos cristãos ", disse o pastor.
"E é por isso que é crucial que os cristãos orem por seus irmãos sírios e irmãs em Cristo, porque Ele batalhará para a sobrevivência da Igreja síria", disse o preletor.
"Esta é uma batalha entre Jesus Cristo e o inimigo, e o que está acontecendo com os cristãos no Oriente Médio vai acontecer ao longo do tempo, muitos cristãos em todo o mundo e, especialmente. no Ocidente", disse.
Cristãos sírios oram, mas eles sabem que o resultado não está nas mãos de Bashar al-Assad, ou daqueles que se opõem a ele.
"Deus não está indo trabalhar para cumprir a agenda de ninguém. Deus vai fazê-lo em sua própria agenda e propósito do crescimento do Seu Reino ", finalizou.
 
Fonte: Mundo Cristiano

Obama não se pronuncia em defesa dos cristãos



Uma campanha islâmica terrorista contra os cristãos no Egito pode ser tema da manchete de uma notícia. Não é bem assim. Alguns meios de comunicação estão se concentrando no apanhado por trás da história do Egito - um ataque calculado contra a antiga comunidade cristã naquele país.

Obama não se pronuncia em defesa dos cristãos Nas últimas semanas, a violência no Egito (alimentada de ódio de muçulmanos radicais), resultou no assassinato de cristãos coptas e na destruição de dezenas de igrejas. Radicais islâmicos sequer caminharam pelas ruas como prisioneiros de guerra.
Os defensores da Irmandade Muçulmana , um grupo anti- terrorista americano anti-Israel , colocaram tinta vermelha em residências e empresas cristãs - marcando-as como alvos.
Os ataques são tão implacáveis que até mesmo uma igreja egípcia, que foi aberta no ano de 1600, teve que fechar suas portas, cancelando os serviços pela primeira vez , por causa da violência .
O ataque a cristãos não se limita ao Egito. No Paquistão, eles também são apontados e enfrentam graves perigos por causa de sua fé.
Somente nesta semana, um cidadão americano experimentou a perseguição religiosa em primeira mão quando um tribunal no Irã rejeitou o seu recurso. O pastor cristão Saeed Abedini enfrenta oito anos de prisão. Ele está preso por quase um ano, submetido a espancamentos e tortura, simplesmente por causa de sua fé cristã .
A decisão perturbadora pelo judiciário do Irã viola os princípios universalmente respeitados da proteção dos direitos humanos e da liberdade religiosa. E , a decisão parece indicar que é negócio costumeiro no Irã, mesmo com o novo presidente Hassan Rohani . 
Ahmad Zargar foi um dos juízes que rejeitou o recurso. A União Europeia sancionou a emissão de sentenças de longo prazo e a pena de morte contra manifestantes pacíficos .
As últimas notícias do Irã são devastadoras para a família de Saeed (que vive nos EUA) e levantam duas questões ainda mais importantes: Por que a administração de Obama, ficou grande parte em sobre este tema? Por que o presidente Obama não utilizou o poder de suas palavras para condenar esses ataques contra os cristãos?
À medida que a violência anti-cristã se agrava , o presidente Obama fala muito pouco sobre as matanças.
"Nós acreditamos que ... os direitos de ... minorias religiosas devem ser respeitadas .... ", disse o presidente.
Onde está a ofensa? Onde está a condenação? Pergunta ironizada pelo oficial da Casa Branca.
Com relação a prisão de um cristão americano, um cidadão dos EUA , no Irã , o presidente não se pronunciou. Nem uma palavra.
O secretário de Estado Kerry expressou sua preocupação com o pastor Saeed em duas ocasiões, mas com um americano preso no Irã o presidente deveria sair na frente, usando a influência da sua administração, do seu púlpito, para condenar às ações do Irã e exigir a libertação do pastor Saeed. Especialmente agora que o sistema judicial iraniano rejeitou o apelo dele.
"Estou extremamente desapontada, pois o presidente Obama optou por permanecer em silêncio sobre este caso crítico dos direitos humanos e religiosos de um americano preso no Irã ", disse Naghmeh Abedini , esposa do pastor Saeed .
"Meu marido está servindo oito anos na prisão de Evin, onde enfrenta ameaças diárias e abuso pelos radicais porque ele se recusa a negar sua fé cristã. E, no entanto , o presidente Obama não falou uma palavra sobre ele. "
Os Estados Unidos devem liderar o caminho para os direitos humanos e a liberdade religiosa.
O presidente tem uma oportunidade real, uma responsabilidade, para assumir a liderança na defesa da liberdade religiosa, quer se trate de cristãos coptas sendo assassinados nas ruas do Cairo, ou um cidadão americano que enfrenta risco de vida em uma prisão em Teerã por causa de sua fé cristã.
 
Fonte: Charisma News

Cidade oferece missa para cachorro com direito a 'latido sacro'


A reverenda Thea Keith-Lucas abraça seu pet, PippinA reverenda Thea Keith-Lucas abraça seu pet, Pippin
(Foto: Reprodução/The Salem News)
Uma igreja da cidade de Danvers, no estado de Massachusetts (EUA), vai oferecer, a partir deste mês, uma missa mensal para os cachorros.
Com o estranho nome de "Celebração da pata do animal de estimação", o evento terá duração de 30 minutos e reunirá cachorros e seus donos dentro do templo.
Todo terceiro domingo do mês, a reverenda Thea Keith-Lucas vai abençoar cães e seus donos, além de rezar para que os pedidos feitos pelo bem dos animais sejam atendidos.
Todos os bichos serão aceitos na igreja, desde que se comportem bem.
A ideia do serviço surgiu quando a igreja percebeu que muitos fieis pediam por seus melhores amigos, ou mesmo iam até o templo rezar por suas almas.
"Nossa esperança é fazer com que as pessoas se encontrem com o poder superior e a relação de humanos e animais faz parte disso", disse a reverenda ao jornal "The Salem News".
Segundo Thea, os cães terão "voz" durante a celebração. Eles poderão latir à vontade, num verdadeiro "canto sacro".


SALEN NEWS

Carta aberta aos pastores que irão à AGE



Se não houver nas próximas horas nenhuma outra liminar em contrário, amanhã, dia 2 de setembro, se realiza a AGE convocada pela Mesa Diretora da CGADB, com o intuito de dar o "tiro de misericórdia" no pastor Ivan Bastos, de levá-lo à "forca", embora todas as decisões tenham caráter de provisoriedade até que haja julgamento de mérito da inicial que pediu a sua reintegração ou o devido trânsito em julgado. Enquanto isso, as águas continuarão a rolar debaixo da ponte e a AGE poderá até mesmo vir a ser cancelada.

De qualquer modo, estou definitivamente convencido que tudo foi orquestrado com a finalidade de defenestrar o 1° tesoureiro e, com isso, evitar que se abra a caixa preta, o grande calcanhar de aquiles dos administradores da CGADB. Digo-o porque no pouco tempo em que lá esteve conseguiu enxergar algumas irregularidades, dentre tantas outras suspeitas, que estão sob análise do Conselho Fiscal, o qual, aliás, se reunirá mais uma vez na próxima semana.

Além dos vícios insanáveis na fase de apreciação dos processos levados ao Conselho de Ética e Disciplina, bem como no parecer apresentado, aos quais a Mesa Diretora não deu a mínima importância, ressalte-se que a AGE foi marcada para a "toca do lobo" - a sede do Ministério do Belém - para que não houvesse a mínima chance de o pastor Ivan Bastos livrar-se da "punição" que, sem nenhuma base estatutária, lhe deseja impor o presidente da Mesa. 

Prova disso é que dos 4.146 inscritos, 2.939 pertencem à CONFRADESP, convenção que reúne os pastores ligados ao Belenzinho, ou seja, mais de dois terços dos prováveis participantes. A princípio, são favas contadas, visto que o Estatuto prevê 2/3 dos votos para a aprovação de qualquer proposta numa AGE. Não há como admitir, no terreno da lógica, que possa haver outro resultado diferente.

Não quero entrar nos pormenores de outros processos judiciais que estão em curso. Mas em relação aos processos apreciados pelo Conselho de Ética e Disciplina da CGADB, eles tiveram como causa a insistência descabida do presidente da CGADB, pastor José Wellington Bezerra da Costa, em dar como aprovadas emendas ao Estatuto, na AGE de Maceió, sem atender às questões de ordem que lhe alertavam para a inexistência dos 2/3 dos votos exigidos pelo Estatuto. Justiça por justiça, ele deveria ser o primeiro a ser julgado por prevaricação no Conselho de Ética e Disciplina.

Igual comportamento demonstrou o presidente da CGADB na AGO de Brasília em que levou a voto, simultaneamente, o relatório financeiro da CGADB e o relatório financeiro da CPAD, ao final da tarde do dia 11 de abril, quando, pelo Estatuto, concluída a discussão de um item da pauta, este precisa ser decidido pelo plenário antes que se discuta qualquer outro tema. Todavia, como havia o risco da rejeição do relatório financeiro da CGADB pela manhã, após a discussão, preferiu passar por cima da lei e votar a ambos no final do dia, na expectativa que já tivesse maioria em plenário. Mais outro ato de prevaricação.

Tivesse o presidente da CGADB a clarividência que demonstrou em Porto Alegre, quando, alertado pelo pastor Silas Malafaia, que levantou em plenário a questão dos 2/3 dos votos, e aconselhado por alguns de seus assessores que não temiam expor o que precisava ser exposto, certamente ele não teria cometido os erros que cometeu em Maceió, desencadeando esta série de atos arbitrários que desembocaram nessa famigerada AGE de São Paulo.

Mas ainda há tempo de os pastores que comparecerão à AGE nesta segunda-feira repararem essa injustiça. É muito simples. Basta não darem os 2/3 dos votos exigidos pelo Estatuto para que então o pastor Ivan Bastos seja mantido como filiado à CGADB, bem como no cargo de 1° tesoureiro para o qual foi eleito com mais de sete mil votos na AGO de Brasília. 

Com isso, algumas nuvens começarão a ser dissipadas, os tesoureiros eleitos, Ivan Bastos e Álvaro Allen Sanches, estarão legitimados para fazer o seu trabalho de saneamento das finanças da CGADB, além da fiscalização independente do Conselho Fiscal, que já começou a fazer o seu trabalho. Caso contrário, certamente a Justiça continuará sendo o caminho em busca da reparação.

É uma questão de bom senso. Basta querer. Quando a AGE de Salvador, BA, suspendeu o Ministério de Madureira, fui um dos que votaram contra. Não concordei sob hipótese alguma com aquela atitude. Após o encerramento, disse a alguns líderes mais ou menos com as seguintes palavras: "Pela nossa incapacidade de promovermos uma reforma profunda em nossa estrutura eclesiástica, hoje abrimos espaço para que outro Ministério assuma o monopólio da CGADB".

A AGE de São Paulo é uma grande oportunidade de os pastores mostrarem que o Ministério do Belém não pode ter esse monopólio. A CGADB não lhe pertence, mas a todos os pastores que fazem parte das Assembleias de Deus no Brasil.


Ainda volto com a matéria prometida ontem sobre o Conselho Fiscal e uma outra que está em fase final de apuração sobre pastores, presbíteros e diáconos que aparecem como "laranjas" no desvio de dinheiro público numa certa Assembleia Legislativa de certo Estado brasileiro.

PS. Fiquem à vontade para compartilhar em outros blogs e redes sociais. Que esta mensagem chegue a todos os pastores que estarão em São Paulo nesta segunda-feira.

PERIGO - Senador evangélico não está a salvo no Brasil do PT


Autoridades comunistas da Bolívia e Brasil estão com cara feia pelo fato de que um senador evangélico saiu da embaixada do Brasil na Bolívia não para se entregar aos perseguidores, mas para ser levado para refúgio no Brasil do PT.
A presidente Dilma Rousseuff adora fazer propaganda de ter um governo defensor de direitos humanos — mas debaixo desse rótulo a defesa segue uma direção apenas de defesa à ideologia que ela ama.
Roger Pinto Molina, um evangélico perseguido
Roger Pinto Molina, um evangélico perseguido
O senador boliviano Roger Pinto Molina havia pedido asilo à Embaixada do Brasília na Bolívia em 2012, permanecendo num quartinho trancado, com muitas restrições, literalmente como se fosse um criminoso. O diplomata Eduardo Saboia, responsável pela Embaixada do Brasil, estava incomodado com o que o boliviano estava sofrendo: “O senador estava havia 452 dias sem tomar sol, sem receber visitas. Eu me sentia como se fosse o carcereiro dele… O asilado típico fica na residência [do embaixador], mas ele estava confinado numa sala de telex, vigiado 24 horas por fuzileiros navais.”
O senador estava também com sérios problemas de saúde, mas não podia sair da embaixada para se consultar numa clínica médica, sob risco de ser preso pelo governo comunista boliviano.
Roger Pinto Molina é um líder político batista conservador e é considerado a principal oposição ao comunista Evo Morales, presidente da Bolívia. Depois de denunciar escândalos do governo de Evo, Molina passou a ser perseguido, em seguida buscando refúgio na Embaixada do Brasil, que acabou se tornando uma prisão “informal” para ele.
O tratamento dado a ele contrasta com os privilégios que o governo do Brasil deu a Manuel Zelaya, político socialista de Honduras que foi exilado depois de tentar dar um golpe e derrubar o governo em 2009. Nesse caso, o governo brasileiro sob Lula participou de um esquema para trazer Zelaya do exterior e levá-lo escondido diretamente à Embaixada do Brasil em Honduras.
Na Embaixada Zelaya gozou muitas regalias, amplo espaço e facilidades, inclusive fazendo discursos políticos, afrontando a honra de Honduras, sem que as autoridades hondurenhas nada pudessem fazer, pois Zelaya provocava as autoridades hondurenhas de dentro da embaixada, que é território protegido.
O embaixador brasileiro não foi punido por transformar a embaixada em palanque político, quartel-general e hotel de luxo para um vigarista comunista.
O azar do senador boliviano é não ser terrorista nem comunista.
Eduardo Saboia, um católico que ouviu a voz de DeusSua sorte foi que Eduardo Saboia é católico e não se conformou com a injustiça do governo de Dilma Rousseff. Saboia disse que o governo do PT não tinha nenhuma intenção de ajudar o senador evangélico preso na embaixada. Ele disse: “Tenho os e-mails das pessoas, dizendo ‘olha, a gente sabe que é um faz de conta, eles fingem que estão negociando [a saída do senador da embaixada] e a gente finge que acredita.’”

Eduardo Saboia, um católico que ouviu a voz de Deus
Em entrevistas aos jornais do Brasil, Saboia chorou ao dizer que “ouviu a voz de Deus” para tirar Molina da embaixada.
Ele contou detalhes da tensa viagem de La Paz até a fronteira com o Brasil. Molina passou muito mal, vomitou e todos começaram a rezar quando a gasolina do carro estava quase acabando. Saboia conta: “Foram 22 horas, 1.600 quilômetros. Pegamos névoa, gelo, frio. Saímos de 4.600 metros [de altitude] até 400 metros. Não paramos para nada, foi tudo direto. Só tinha umas nozes e umas bananas para comer, mais nada..”
Não puderam parar em nenhum banheiro nem lanchonete, para evitar riscos do governo comunista boliviano.
“Na reta final, fomos ficando sem gasolina e aí começamos a, literalmente, rezar. Eu, católico, e o senador, evangélico. Peguei a Bíblia, abri nos Salmos e li. Foi o milagre da multiplicação da gasolina,” disse Saboia.
Como a maioria dos brasileiros emburrecidos, Saboia também votou em Dilma para presidente. Mas emburrecimento tem limite quando entra em choque violento com valores cristãos e éticos, e ele viu que o tratamento dado ao senador boliviano na embaixada violava os direitos humanos.
O esquema de empurrar com a barriga o caso do senador até ele sair da embaixada não funcionou. Dilma está de cara feia com a presença do senado evangélico no Brasil. Dilma está de cara feia para Eduardo Saboia, pelo fato de que ele preferiu ouvir a voz de Deus a ouvir as ordens do PT.
Saboia fez sua parte: trouxe um refugiado ao Brasil dos brasileiros. Mas como em outras vezes, o PT de Dilma mostrará que o Brasil é mais deles do que nosso.
Saboia está sendo punido. Seu crime é não entender que a missão do governo do Brasil é acobertar Zelayas e outros criminosos comunistas.
O senador evangélico não está a salvo no Brasil do PT, que agora está torcendo a lei para dizer que a permanência do boliviano no Brasil é ilegal. O governo do PT já está trabalhando nos bastidores para dar um “final feliz” para alegrar a cara feia de Evo Morales e Dilma.
Dilma e Evo Morales: aliança comunista até a morte

Dilma e Evo Morales: aliança comunista até a morte
O azar do senador boliviano é não ser terrorista nem comunista.
Cesare Battisti, um terrorista comunista condenado à prisão perpétua na Itália por assassinato, vive sossegado no Brasil, asilado e protegido pelo PT desde 2010.
O PT sabe proteger seus cúmplices e terroristas. Mas faz cara feia para qualquer cristão que ousar ouvir a voz de Deus e pedir asilo depois de fazer oposição a um governo comunista.
Oposição a governos comunistas é crime e quem fizer isso será tratado como criminoso, mesmo que peça asilo na Embaixada do Brasil na Bolívia.
Graças a Deus o diplomata Eduardo Saboia não aguentou continuar fazendo o jogo sujo do PT, que propositadamente dificultou a presença do senador na embaixada a fim de que ele “voluntariamente” escolhesse sair. Saboia colocou a vida e a saúde de um evangélico perseguido acima da ideologia maligna do PT. Saboia colocou sua carreira diplomática em risco para salvar uma vida das artimanhas de Evo e do PT.
Católicos e evangélicos, orem por Saboia e Molina, pois Evo Morales e Dilma Rousseff, que estão com cara feia nesse caso, com certeza têm intenções feias para o senador perseguido e para o católico que ouviu a voz de Deus. O Deus que multiplicou a gasolina da fuga pode jogar gasolina e fogo nas más intenções dos comunistas que governam a Bolívia e o Brasil.
Com informações da Folha de S. Paulo.
http://juliosevero.blogspot.com.br/2013/08/um-refugiado-evangelico-e-cara-feia-de.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+JulioSevero+%28Julio+Severo%29

PERIGO NOS ALIMENTOS



Codex Alimentarius: remédios, flúor na água, aspartame GLUTAMATO DE MONOSSÓDICO.


Os perigos do aspartame

O aspartame foi aprovado em 1981 apenas para uso em alimentos secos. Por mais de oito anos a Food and Drug Administration (FDA), órgão do governo americano que regulamenta e aprova o uso e a comercialização de alimentos e medicamentos, recusou-se a aprová-lo por causa das convulsões e tumores cerebrais que essa droga provocou em animais de laboratório. A FDA continuou a recusar a aprovação até que o presidente Reagan (um amigo da Searle, empresa que criou o aspartame) assumiu o governo e demitiu o comissário da FDA que não queria aprovar o produto. O dr. Arthur Hull Hayes foi nomeado comissário. A aprovação foi alvo de tanta oposição que se criou uma comissão de inquérito, que chegou à seguinte conclusão: "Não aprovem o aspartame". O dr. Hayes, porém, PASSOU POR CIMA de sua própria comissão de inquérito e aprovou. Pouco depois de aprovar o uso de aspartame em bebidas carbonatadas, Hayes largou o cargo em troca de um excelente emprego na empresa de relações públicas da G.D. Searle.


Danos a longo prazo

O aspartame pode causar danos de forma lenta e silenciosa naqueles que não apresentam reações imediatas que os impeçam de usá-lo. Pode levar um, cinco, dez ou quarenta anos, mas a substância provoca, a longo prazo, mudanças da saúde - geralmente reversíveis, mas às vezes não.

METANOL (também conhecido como álcool de madeira e veneno) - representa 10% do aspartame. É um veneno que já causou a morte e a cegueira de muita gente. O metanol é liberado aos poucos no intestino delgado quando o grupo metil do aspartame encontra a enzima quimotripsina.

A absorção do metanol pelo corpo é bastante apressada com a ingestão de metanol livre. O aspartame se decompõe em metanol livre quando aquecido acima de 30°C. Isso acontece quando o produto que contém aspartame é armazenado de forma imprópria ou quando é aquecido (por exemplo, quando faz parte de um "alimento" como gelatina diet ou quando é usado para adoçar o cafezinho).

No corpo, o metanol decompõe-se em ácido fórmico e formaldeído – uma neurotoxina mortal.

Os males mais conhecidos causados pelo envenenamento por metanol são os problemas de visão. O formaldeído é uma substância carcinogênica, causa danos à retina, interfere com a duplicação do DNA e causa defeitos congênitos no feto. Por causa da falta de duas enzimas fundamentais, os seres humanos são muitas vezes mais sensíveis aos efeitos tóxicos do metanol do que os outros animais.

Já se divulgou que sucos de fruta e bebidas alcoólicas contêm pequenas quantidades de metanol. Mas é importante lembrar que o metanol em produtos naturais nunca ocorre isolado. Na natureza, há também a presença de etanol, geralmente em quantidade muito maior. O etanol é um antídoto para a toxidade do metanol em seres humanos. As tropas da Operação Tempestade no Deserto (Guerra do Golfo) foram "presenteadas" com grande quantidade de bebidas adoçadas com aspartame, aquecidas acima de 30°C sob o sol da Arábia Saudita. Muitos soldados voltaram para casa com numerosos problemas de saúde semelhantes aos encontrados em pessoas quimicamente envenenadas com formaldeído. O metanol livre nos refrigerantes pode ter sido um fator importante dessas doenças. Outros produtos da decomposição do aspartame, tais dicetopiperazina da aspartilfenilalanina (DKP), podem ter contribuído também.

Mesmo assim, numa resolução de 1993 a FDA aprovou o aspartame como ingrediente de numerosos alimentos que devem ser sempre aquecidos acima de 30°C. Como se não bastasse, em 27 de junho de 1996, sem nada divulgar, a FDA removeu todas as restrições ao aspartame, permitindo seu uso em tudo, inclusive em produtos quentes e assados.

Várias reações ao aspartame são muito graves, como convulsões e morte. Essas reações incluem (em ordem alfabética):
  • Artrite
  • Ardor nos olhos ou na garganta
  • Ardor ao urinar
  • Asma
  • Ataques de ansiedade
  • Ataques de pânico
  • Câncer no cérebro (estudos pré-aprovados em animais)
  • Coceiras
  • Confusão
  • Convulsões
  • Depressão
  • Diarréia
  • Dificuldades para pensar e raciocinar
  • Dificuldades para respirar
  • Dor abdominal
  • Dores nas articulações
  • Dores de cabeça e enxaquecas
  • Dores no peito
  • Dormência ou comichão nas extremidades
  • Enxaquecas ou dores de cabeça muito fortes (provocadas pelo uso crônico)
  • Espasmos musculares
  • Exantema (placas vermelhas pelo corpo)
  • Excesso de fome ou sede
  • Fadiga
  • Fadiga crônica
  • Fala arrastada
  • Fobias
  • Ganho de peso
  • Hipertensão (pressão alta)
  • Impotência e problemas sexuais
  • Incapacidade de concentração
  • Inchaço, edema (retenção de fluidos)
  • Insônia
  • Irritabilidade
  • Laringite
  • Morte
  • Mudanças marcantes de personalidade
  • Náusea e vômitos
  • Palpitações cardíacas
  • Pensamento enevoado
  • Perda de audição
  • Perda (calvície) ou queda de cabelo
  • Perda de memória
  • Perda de visão
  • Problemas ou alterações menstruais
  • Problemas de controle do açúcar no sangue (hipoglicemia ou hiperglicemia)
  • Reações alérgicas
  • Reações asmáticas
  • Rubor da face
  • Sentimento de irrealidade
  • Suscetibilidade a infecções
  • Taquicardia
  • Tinido nos ouvidos
  • Tosse crônica
  • Tontura
  • Tremores
  • Urticária
  • Vertigens
A doença do aspartame apresenta os mesmos sintomas e agrava as seguintes doenças:
  • Fibromialgia
  • Artrite
  • Esclerose múltipla
  • Mal de Parkinson
  • Lúpus
  • Sensibilidade química múltipla (MCS)
  • Diabete e complicações relativas à diabete
  • Epilepsia
  • Mal de Alzheimer
  • Defeitos congênitos
  • Síndrome da fadiga crônica
  • Linfoma
  • Doença de Lyme (doença bacteriana causada pelo micro-organismo Borrelia burgdorferi, depois da picada de um carrapato infectado. Os sintomas incluem exantema (mancha vermelha) grande e circular no local da picada (em 50%-60% dos casos), mal-estar, febre, dor de cabeça, dores musculares e inchaço dos nódulos linfáticos. Se não for tratada, pode provocar artrite e comprometer a função cardíaca)
  • Transtorno do déficit de atenção (ADD, hiperatividade)
  • Síndrome do pânico
  • Depressão e outros problemas psicológicos
Como acontece
O aspartame se transforma em subprodutos perigosos para os quais não temos defesas naturais. O estômago vazio de quem faz regime acelera essa transformação e amplifica os danos. Os componentes do aspartame vão direto para o cérebro, causando dores de cabeça, confusão mental, convulsões e equilíbrio deficiente. Ratos de laboratório e outros animais usados nos testes morreram de tumores cerebrais.

Em geral são necessários sessenta dias, pelo menos, de abstinência do aspartame para que sejam visíveis melhoras significativas. Verifique cuidadosamente todos os rótulos (inclusive os de vitaminas e medicamentos). Procure a palavra "aspartame" no rótulo e evite-o. É também boa idéia evitar "acesulfame-k", "neotame" e "sunette" (produtos compostos basicamente das mesmas substâncias do aspartame). Finalmente, evite procurar informações nutricionais na indústria alimentícia ou em empresas de divulgação, que recebem grandes somas de dinheiro da indústria alimentícia ou química.

Se você usa qualquer produto com aspartame e tem problemas físicos, visuais ou mentais, experimente passar 60 dias sem aspartame. Se depois de dois meses sem ingerir nenhum aspartame seus sintomas se aliviarem ou desaparecerem, divulgue para ajudar outras pessoas a se livrar dele.
OS PERIGOS DE ADICIONAR FLÚOR Á ÁGUA POTÁVEL

Produtos químicos e aditivos no nosso abastecimento de água tem sido o foco das atenções nos últimos tempos. O flúor é a principal preocupação. O silicofluorides utilizado no abastecimento de água do agregado é os resíduos tóxicos das empresas de fertilizantes fosfatados. Eles contêm quantidades perigosas de chumbo, arsênico, mercúrio, berílio e radionuclídeos (24). Eles são todos registrados como uma "parte 2 veneno" ao abrigo do Poisons Act 1972 e são uma violação da "Lei de Delitos contra as Pessoas 1861”, que proíbe a administração de qualquer substância venenosa (ibidem).

No ano passado, o Governo aprovou um projeto de água, tornando-a ilegal para as empresas de água para não 'adicionar flúor à água potável. Como isso começou por despercebido permanece um mistério. Felizmente, o National Pure Water Association (NPWA) é sobre o caso. Eles estão executando uma campanha em curso para a fluoretação da água parada obrigatória em nosso abastecimento de água. Saída: npwa.freeserve.co.uk.

Há um sentido de urgência a respeito da segurança da nossa água, e se nós, como indivíduos não fazer algo sobre isso, podemos dizer adeus a nossa água potável.

Os perigos de flúor são bastante assustadores. Os dentistas ainda confirmam que fortalecem os dentem, mas isso não é exatamente verdade. Ele realmente provoca a fluorose dental, que é a manchas e corrosão dos dentes e tem sido conhecida desde 1936. Esta imagem mostra os quatro estágios da doença. De saúde, não é tão saudável:

Ela também provoca fluorose esquelética, enfraqueceu a estrutura óssea e está ligada ao baixo QI em crianças. Fluoreto desloca o iodo mineral que leva ao hipotireoidismo (metabolismo lento). Ela aumenta o risco de câncer ósseo em adolescentes do sexo masculino, que pode causar osteoporose e levou a fraturas de quadril.

Como mencionado anteriormente, o flúor está ligado a menor QI em crianças.  Esta tem sido bem documentada em um relatório de pesquisadores na China. Em uma comunidade onde havia altos níveis de flúor a média de QI era de 98. Na outra área, onde testaram os níveis de fluoreto era baixa, a média foi de 105. Uma mudança de QI de 7 pontos em uma população inteira tem uma população de grande envergadura, assim como impactando membro do indivíduo, portanto, estes resultados merecem atenção sobre o que esta medicação em massa está a fazer para os cérebros dos nossos filhos. Os bebês alimentados com fórmula láctea feita com água da torneira receber 50-100 vezes mais flúor do que aquelas que são amamentadas (27).

Glutamato Monossódico um veneno presente no nosso alimento

Glutamato Monossódico (GMS): É este o assassino que se esconde em nossos armários de cozinha?
Dr. Mercola
Um silencioso e difundido assassino que é pior à sua saúde que álcool, nicotina e muitas outras drogas está provavelmente escondido em seu armário de cozinha neste exato momento. [1]. “Ele” é o glutamato monossódico ou GMS (MSG, Monossodium Glutamate do nome original em inglês), um realçador de sabor que é conhecido amplamente como um aditivo na comida chinesa, mas que na verdade é adicionado a milhares de alimentos que você e sua família regularmente comem, especialmente se você é como a maior parte dos norte-americanos e come a maioria de sua comida como alimento processado ou em restaurantes.
Glutamato monossódico é um dos piores aditivos alimentares no mercado e é usado em sopas enlatadas, biscoitos, carnes, saladas, refeições congeladas e muito mais. É encontrado em restaurantes e supermercados locais, na lanchonete da escola das crianças, e incrivelmente, mesmo na comida de bebê e em fórmulas infantis.
O GMS é mais do que somente um tempero como o sal e pimenta, ele realça o sabor dos alimentos, fazendo o gosto de carnes processadas e refeições congeladas ficar melhor e cheirar melhor, as saladas ficarem mais saborosas e comidas enlatadas com gosto menos metálico.
Enquanto os benefícios do GMS à indústria de alimentos está bem clara, este aditivo alimentar pode estar lentamente e silenciosamente fazendo grandes danos para sua saúde.

  • O que exatamente é o Glutamato Monossódico?
Você pode lembrar quando o pó de GMS chamado "Accent" primeiramente veio aos mercados norte-americanos. Bem foi há muitas décadas anterior a este, em 1908, que o glutamato foi inventado. O inventor foi Kikunae Ikeda, um japonês que identificou a substância natural que incrementava o sabor, provinda da alga marinha.
Tomando como base esta substância, eles foram capazes de criar um aditivo criado pelo homem, o glutamato monossódico, e ele e seu parceiro criaram a Ajinomoto, que é hoje o maior produtor deste produto (e, interessante, também um produtor de remédios).
Quimicamente falando, o GMS é aproximadamente 78% de ácido glutâmico livre, 21% de sódio, e até 1% composto de contaminantes. [3].
É uma ideia errada que o glutamato monossódico é um condimento ou um amaciador de carne. Na realidade, ele tem um sabor fraco, além do que, quando você ingere GMS, você pensa que o alimento que está comendo tem mais proteína e tem um melhor sabor. Ele faz isso enganando sua língua, usando um pouco conhecido quinto estado de sabor: umami.
Umami é o gosto do glutamato, que é um saboroso gosto encontrado em muitas comidas japonesas, bacon e também no aditivo alimentar tóxico glutamato monossódico. É por causa do umami que o alimento com GMS tem sabor mais forte, robusto, e geralmente melhor, para muitas pessoas, do que o alimento sem ele.
O ingrediente não se tornou amplamente divulgado nos Estados Unidos até a Segunda Guerra Mundial, quando os militares americanos perceberam que a ração dos soldados japoneses era muito mais saborosa que as versões americanas por causa do GMS.
Em 1959, a FDA (Food and Drug Administration, ou Agência Norte-Americana de Controle de Alimentos e Medicamentos), classificou o glutamato monossódico como “ordinariamente conhecido como seguro (Generally Recognized as Safe ou GRAS)” e assim se manteve desde então. Ainda assim foi um sinal de alerta quando apenas 10 anos depois uma condição conhecida como a “Síndrome do restaurante chinês” apareceu na literatura médica, descrevendo os numerosos efeitos colaterais, desde falta de sensação, até palpitações cardíacas que a pessoas experienciavam depois de comer glutamato.
Hoje esta síndrome é mais apropriadamente chamada “complexo dos sintomas do GMS” (termo original do inglês: MSG Symptom Complex), que a FDA identifica como “reações de curto-prazo” do glutamato. Mais destas “reações” ainda virão à tona.
  • Por que Glutamato Monossódico é tão perigoso
Uma das melhores visões gerais dos reais perigos do glutamato vem do Doutor Russell Blaylock, um neurocirurgião “board certified” (que tem anos de treinamento e entendimentos da diagnose, tratamento e prevenção de enfermidades) e autor do “Excitotoxinas: o Sabor que Mata”. Nele ele explica que o glutamato é uma excito-toxina, o que significa que ele superexcita suas células ao ponto de ser perigoso ou mortal, causando danos em vários graus – e potencialmente mesmo acionar ou piorar disfunções de aprendizado, Mal de Alzheimer, Mal de Parkinson, Mal de Lou Gehrig, e mais.
Parte do problema também é que o ácido glutâmico livre é o mesmo neurotransmissor que o seu cérebro, sistema nervoso, pâncreas e outros órgãos usam para iniciar certos processos em seu corpo. [4]. Até a FDA afirma:
“Estudos tem mostrado que o corpo usa glutamato, um aminoácido, como um transmissor de impulsos nervosos no cérebro e que há também tecidos que respondem ao glutamato em outras partes do corpo. As anomalias no funcionamento dos receptores de glutamato tem sido conectadas com certas enfermidades neurológicas, como o Mal de Alzheimer e a doença de Huntington (distúrbio caracterizado por movimentos musculares anormais espontâneos e irregulares). Injeções de glutamato em animais de laboratório resultaram em danos às células nervais do cérebro.” [5]
Embora a FDA continua a alegar que consumir glutamato monossódico nos alimentos não causa estes efeitos danosos, muitos outros especialistas dizem o contrário.
De acordo com Dr. Blaylock, numerosos receptores glutâmicos tem sido encontrados tanto no sistema de condução elétrica do coração quanto no músculo do coração em si. Isto pode ser bem danoso para seu coração, e pode mesmo explicar as mortes inesperada às vezes vista entre atletas jovens.
Ele diz: “Quando um excesso de excito-toxinas de origem alimentar, como o GMS, proteína hidrolisada de soja e concentrada, caseinato de sódio e aspartato do aspartame, são consumidas, estes receptores glutâmicos são super-estimulados, produzindo arritmia cardíaca. Quando o estoque de magnésio está baixo, como vemos em atletas, os receptores glutâmicos são muito sensíveis e mesmo níveis pequenos destas excito-toxinas podem resultar em arritmias cardíacas e morte”. [6]
Muitos outros efeitos adversos tem sido relacionados ao consumo regular de GMS, incluindo:
* Obesidade
* Danos oculares
* Cefaleia (dor de cabeça)
* Fadiga e Desorientação
* Depressão
Além do mais, mesmo a FDA admite que as “reações de curto-prazo” conhecidas como complexo dos sintomas do GMS (MSG Symptom Complex) podem ocorrer em certos grupos de pessoas, especialmente os que ingeriram “altas doses” de glutamato monossódico ou aqueles que tem asma. [7]
De acordo com a FDA, O complexo de sintomas do GMS pode envolver sintomas como:
* Perda de sensibilidade sensibilidade
* Sensação de queimadura
* Formigamento
* Pressão facial ou sensação de sufocamento
* Dor no peito ou dificuldade respiratória
* Cefaleia
* Náusea
* Palpitação cardíaca
* Sonolência
* Fraqueza
Ninguém sabe informar com certeza quantas pessoas podem ser “sensíveis” ao GMS, mas estudos dos anos 70 sugerem que 25 a 30% da população norte-americana era intolerante ao Glutamato – em níveis então encontrados em alimentos. Desde que o uso do Glutamato expandiu dramaticamente deste aquele período, é estimado que até 40% da população pode ser impactada. [8]
  • Como saber se o Glutamato Monossódico está em sua comida
Os produtores de alimentos não são estúpidos, e eles são cautelosos do fato que as pessoas como você procuram evitar comer este tipo de aditivo alimentar asqueroso. Como resultado, você acha que eles respondem removendo o glutamato de seus produtos? Bem, poucos tem feito, mas a maioria deles só tentaram “limpar” suas embalagens. Em outras palavras, eles tentam esconder o fato que o GMS é um ingrediente.
Como eles fazem isso? Usando nomes que você nunca poderia associar com o produto.
É requerido pela FDA que os produtores de alimentos listem o ingrediente “glutamato monossódico” nas embalagens dos alimentos, mas eles não tem que listar os ingredientes que contém ácido glutâmico livre, mesmo se ele é o principal componente do GMS.
Há mais de 40 ingredientes que contém ácido glutâmico [9], mas você nunca sabe se eles só são nomes isolados. Além disso, em alguns alimentos o ácido glutâmico é formado durante o processamento, e novamente, as embalagens dos alimentos não lhe informam isso.
  • Dicas para evitar o Glutamato Monossódico de sua alimentação
Em geral, se um alimento é processado você pode supor que ele contém glutamato (ou um de seus pseudo-ingredientes). Então, se você aderiu a uma alimentação de alimentos frescos, você pode bem garantir que você está evitando esta toxina.
O outro local onde você terá que tomar cuidado são os restaurantes. Você pode perguntar que itens do menu são livres de glutamato, e pedir que nenhum glutamato seja adicionado em sua refeição, mas claro que o único local onde você pode ter certeza absoluta do que é adicionado ou não é a sua própria cozinha.
Para realmente se garantir, você deve saber com que ingredientes tomar precaução em alimentos empacotados. Aqui está uma lista de ingredientes que SEMPRE contém glutamato monossódico: (nem todos foram traduzidos por não existir correlato ao português, segue abaixo os nomes originais como constam no artigo): Autolyzed Yeast (Extrato de levedura), Calcium Caseinate (Caseinato de calcio), Gelatin (Gelatina), Glutamate/Glutamic Acid (Ácido glutâmico), Hydrolyzed Protein, Monopotassium Glutamate ( Glutamato monopotássico), Monosodium Glutamate (Glutamato monossódico), Sodium Caseinate (Caseinato de sódio),Textured Protein, Yeast Extract (Extrato de levedura), Yeast Nutrient
Estes ingredientes frequentemente contém glutamato ou criam este durante o processamento: [10] (não foram traduzidos os termos abaixos, por isso fica listado integralmente os originais em inglês): Flavors and Flavorings (Condimentos), Seasonings (Temperos), Natural Flavors and Flavorings, Natural Pork Flavoring, Natural Beef Flavoring, Natural Chicken Flavoring, Soy Sauce, Sopy Protein Isolate, Soy Protein, Bouillon, Stock, Broth, Malt Extract, Malt Flavoring, Barley Malt, Why Protein,Carrageenan, Maltodextrin, Pectin, Enzymes, Protease, Corn Starch, Citric Acid, Powdered Milk, Anything Protein Fortified, Anything Enzyme Modified, Anything Ultra-Pasteurized.
Estes são produtos vendidos no Brasil que contém o glutamato monossódico:
Sazon, Caldos de galinha (várias marcas), Macarrão instantâneo, (Miojo, Nissin, Santa Amália, Turma da Mônica, etc).
Se você come alimentos processados, por favor lembre-se de verificar estes nomes ocultos do glutamato.
  • Escolhendo ser Livre dos Glutamatos
Tomar a decisão de evitar GMS em sua alimentação é mais que possível uma escolha sábia para todos ao seu redor. Reconhecidamente, toma mais tempo planejando na cozinha e preparando comida em casa, usando ingredientes frescos e cultivados localmente. Mas saber que sua comida é pura e livre de aditivos tóxicos como o glutamato é algo inestimável.
Além disso, escolher seu alimento lhe trará ultimamente um melhor sabor e valores mais saudáveis que qualquer comida processada com glutamato que você pode comprar no supermercado.
Nota do tradutor: O texto é escrito utilizando o contexto dos Estados Unidos, nem por isso ele não deixa de ser válido no Brasil ou em outro país que seja. No país, o glutamato é encontrado em salgados como batata-frita com sabor de cebola, embutidos como salames, também na mortadela, presunto, frios em geral, no molho de soja (algumas marcas aparentemente não colocam este ingrediente) e em muitos produtos japoneses. Ler o rótulo das embalagens é um bom começo para evitar o consumo desta substância. O equivalente maléfico doce do glutamato é o aspartame, encontrado em produtos diet, light, e similares. Grandes empresas usam GMS, leia a lista de ingredientes, e zele pelo seu bem-estar. O melhor protesto é não comprar produtos de quem não tem se preocupa com a sua saúde. Em português http://www.vidaintegral.com.br/noticias.php?noticiaid=948

Com ataque à Globo, Domingo Espetacular debate a arte com apologia à pedofilia

Programa Domingo Espetacular, na Record TV O debate sobre as exposições de arte com apologia à pedofilia e outros temas no Brasil marc...