quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

EX-OBREIRO TEVE RELAÇÕES SEXUAIS COM EX-PASTOR.

 



 
VIA GRITOS DE ALERTA.
INF.Madureira Costa.

FINAL DOS TEMPOS - Mulher mata os pais por causa de dívida de dízimos atrasados

Mulher mata os pais por causa de dívida de dízimos atrasadosA estudante Lineusa Rodrigues da Silva, de 24 anos, foi acusada de assassinar os pais adotivos com golpes de machado, serrote e pauladas, por causa de uma dívida relativa a dízimos atrasados.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Os pais, Lourival Rodrigues da Silva, de 85 anos e a mãe, Joana Borges da Silva, de 104, que vivia imobilizada numa cadeira de rodas, foram assassinados com requintes de crueldade por se recusarem a dar dinheiro para que Lineusa pagasse a dívida dos dízimos. Seus corpos estavam irreconhecíveis na cena do crime.
A delegada da cidade de Timon, no Maranhão, responsável pelo caso, Wládia Holanda da Silva, afirmou o assassinato foi planejado, e a indiciou a acusada por assassinato qualificado: “Em toda a minha experiência como delegada nunca tinha visto nada parecido. Foi um crime provocado por fanatismo religioso” afirmou a delegada, que quase foi agredida por Lineusa a cabeçadas.
A filha biológica do casal assassinado, Francisca Oliveira da Cruz, seus pais haviam adotado Lineusa quando ela tinha apenas cinco meses. Segundo o jornal Meio Norte, Francisca temia que uma tragédia acontecesse devido ao fanatismo religioso da acusada: “Nós últimos meses essas discussões com ela exigindo dinheiro deles aumentaram e eu temia que isso terminasse acontecendo”. Francisca afirmou que a irmã adotiva tinha problemas mentais. Em depoimento, Lineusa assumiu a responsabilidade pelos crimes e justificou: “Eu fiz por Deus”.

VIA GRITOS DE ALERTA
Fonte: Gospel+

FALTA DE RESPEITO - Jô Soares brinca com a Bíblia e gera abaixo-assinado

Após a exibição de um vídeo onde um personagem diz que a banda Novos Baianos fazia cigarros de maconha com páginas da Bíblia, Jô Soares brinca dizendo que a Bíblia tem “mil e uma utilidades”.

Um grupo de pessoas anônimas está pedindo via internet adesão a um abaixo-assinado de repúdio ao programa de Jô Soares do dia 17 de novembro por ter apresentado o uso das páginas da Bíblia como papel para fumar maconha.

Naquela noite, Jô entrevistou os cantores Tom Zé e Morais Moreira e o cineasta Henrique Dantas, diretor de um documentário sobre o extinto grupo Novos Baianos.

Jô apresentou um trecho do documento no qual uma pessoa conta que o grupo Novos Baianos costumava fumar maconha em um quartinho com as páginas da Bíblia.

Fica subentendido, no depoimento, que, quando alguém convidava para um “Apocalipse”, a maconha era mais forte. “No fim de dois meses a Bíblia ficou fininha”, disse. “Que Deus me perdoe.”

O abaixo-assinado pede que os participantes do programa, incluindo Jó, se retratem da "zombaria". “Este é um ato que deve ser compartilhado por todos que temem a Deus e zelam pela Sua Palavra.”

Sites evangélicos, como o do pastor Silas Malafaia, estão dando destaque à petição anônima, incluindo a afirmação de Jô segundo a qual a "Bíblia tem mil e uma utilidades".

No ano passado, o australiano Alex Stewart causou a indignação de religiosos ao aparecer no Youtube fumando, primeiro, maconha com uma página da Bíblia e, depois, com uma do Corão. Stewart, que é ateu, disse que estava avaliando qual dos dois livros sagrados era melhor.

Assista clicando aqui

Fonte: Paulopes e Verdade Gospel

Lei da Palmada é aprovada pela Câmara

O projeto de lei que altera o Estatuto da Criança e Adolescente e proíbe os pais de aplicarem castigo físico a crianças e adolescentes


Agência Estado


A Comissão especial da Câmara aprovou na tarde desta quarta-feira (14) o projeto de lei que altera o Estatuto da Criança e Adolescente e proíbe os pais de aplicarem castigo físico a crianças e adolescentes. Conhecida como Lei da Palmada, a proposta foi aprovada simbolicamente e por unanimidade.

Para aprovar a nova lei, que terá ainda de ser discutida pelo Senado, a relatora Teresa Surita (PMDB-RR) concordou em alterar seu parecer e substituir a expressão "castigo corporal" por "castigo físico".

“Lei da Palmada” tem votação adiada

“Lei da Palmada” tem votação adiada


A palmada não é mais vista com a mesma inocência de décadas atrás, mas ainda assim não é difícil encontrar pais e mães adeptos das “palmadinhas corretivas”. A discussão veio à tona novamente com o projeto de lei 7672, enviado em julho do ano passado ao Congresso Nacional.
Ontem, terça-feira (13), a Comissão Especial da Câmara dos Deputados começou uma votação em caráter conclusivo sobre a Lei da Palmada. O projeto foi adiado pois os deputados evangélicos não entraram em acordo com os defensores da proposta.

O objetivo do documento é alterar o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que atualmente condena maus-tratos contra a criança e o adolescente, mas não define o que pode ser considerado como maus-tratos. Se aprovado, o projeto seguirá para análise do Senado.
Entenda a proposta:
  • Atualmente, a lei que institui o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) condena maus-tratos contra a criança e o adolescente, mas não define o que pode ser considerado como maus-tratos.
  • Com o projeto de lei, “castigo corporal” passa a ser definido como “ação de natureza disciplinar ou punitiva com o uso da força física que resulte em dor ou lesão à criança ou ao adolescente”.
  • Se for aprovada a lei, como está no projeto, os infratores poderão receber penas como advertência, encaminhamento a programas de proteção à família e orientação psicológica.
O pedido dos parlamentares evangélicos é que o texto seja alterado para especificar o que seria os maus-tratos, que não está claro na lei. O deputado, Pastor Marco Feliciano disse que os parlamentares evangélicos pediram alteração no texto.
“Retiramos a palavra dor, pois não se sabe a extensão de uma dor, e trocamos a palavra ‘castigo’ por ‘agressão’, protegendo assim a educação familiar”, disse ele em entrevista ao Gospel Prime.
Marisa Lobo, ‘Psicóloga Cristã’, autora do livro “Como de Seu Filho Uma Criança Feliz”, falou ao ‘O Verbo’ sobre o assunto.
Leia o que a psicóloga pensa sobre o tema:
Michael Caceres – Na cabeça da criança, qual é a diferença entre uma palmada pedagógica e uma surra?
Marisa Lobo - O que vai mediar esta educação efetiva é sempre a tentativa de dialogo, mas entendo que muitas vezes não é possível, a diferença essencial , é a motivação que está no ato da palmada, e o sentimentos empregados. A criança sabe avaliar quando a raiva no ato e quando há amor. Ela deve saber que só está levando umas palmadas porque de alguma forma todos os argumentos já foram esgotados.
Estamos na dispensação da graça, do amor e do perdão. Não devemos ameaçar a criança todo tempo com castigos físicos e principalmente emocionais, do tipo “Jesus não vai mais gostar e olhar pra você”. Esse tipo de ameaça causa frustração e medo. São esses castigos de conotação afetiva que se tornam mais nocivos ao desenvolvimento afetivo. Devem ser excluídos os castigos corporais, é fato. Mas não serão umas palmadas que perturbarão o equilíbrio afetivo da criança. Por outro lado, violência gera uma criança com educação deficiente.
Michael Caceres – Pais sabem que impor limites e educar são tarefas demoradas. As palmadas não seriam um recurso muito fácil?
Marisa Lobo - O adulto deve saber que para educar, não precisará exercer uma autoridade excessiva e sim, deve desenvolver um clima de empatia, uma atmosfera de confiança. Não deve agir pela força constrangedora, pois assim eliminará alguns comportamentos, porém não resolverá nenhum problema afetivo, nenhum conflito interno. Não basta apenas censurar, devemos identificar os motivos de determinado comportamento e/ou sentimento, para podermos auxiliar a criança na compreensão e eliminação dos mesmos. “A criança não deve aprender a obediência pela obediência, com a velha mentalidade militaresca e automática do dever, mas há de aprender a conformar-se, do melhor modo possível, à lei moral e religiosa. A obediência é um exercício, logo, um meio, não um fim”, Para ter efeito pedagógico toda censura, deve ser dialogada. Ainda que seja um tapa.
Michael Caceres – As crianças de hoje estão mais mal-educadas do que décadas atrás?
Marisa Lobo - Toda regra tem exceção porém o que vemos hoje são crianças mais “birrentas” que as crianças de antigamente , mas isso não é via de regra, mas é fácil perceber esta disparidades de vontades entre os filhos de hoje, é difícil mesmo educar, porque quando repreendemos um filho muitas vezes, exageramos sem perceber, ou percebendo, o que é pior. E por outras, deixamos correr solta a mal-criação, porque estamos cansados e/ou não queremos nos incomodar, ou ainda por não nos sentirmos capazes de fazê-lo.
Devemos ter em mente que a criança precisa de disciplina e de limite, assim como precisa de amor, atenção, cuidado, carinho. Todas essas coisas – atitudes – devem caminhar juntas
Michael Caceres – Existem pesquisadores que apontam que crianças que apanharam na infância tornam-se adolescentes problemáticos. Qual é sua opinião sobre isso?
Marisa Lobo - Muitos comportamentos agressivos de jovens hoje podem vir de uma infância de maus tratos por exemplo Hitler foi espancado na sua infância, humilhado e envergonhado por um pai sádico. Hitler repetiu a forma mais extrema dessa crueldade em milhões de pessoas inocentes. O comportamento agressivo pode ser o resultado da violência na infância e da mágoa e da dor não resolvidas. A criança impotente e ferida pode se transformar no adulto agressor. Isto é verdade especialmente em casos de maus-tratos físicos, de abuso sexual e de severo castigo emocional. Para sobreviver à dor, perde-se toda noção de identidade, identificando-se com o agressor.
Porém a maioria do comportamento agressivo nem sempre é resultado de maus-tratos. Em alguns casos, crianças que foram “mimadas” pelos pais aprenderam a se considerar superiores aos outros, fazendo-as acreditar que merecem um tratamento especial de todos. Perdem toda a noção de responsabilidade, certas de que seus problemas são sempre de outras pessoas, não assumindo a responsabilidade por seu comportamento.

VIA GRITOS DE ALERTA
INF. OVERBO.COM.BR

SEM ESPERANÇA HUMANA - Estudantes britânicas desesperadas "recorrem à prostituição"

LONDRES, 14 Dez (Reuters) - Estudantes britânicos desesperados, com crescentes problemas de custos por conta das medidas de austeridade do governo, estão se voltando para a prostituição, os jogos de azar e outras atividades perigosas para financiar seus estudos, disseram líderes estudantis e de cooperativas de trabalhadores na quarta-feira.
A Cooperativa Inglesa de Prostitutas (ECP, na sigla em inglês), uma entidade que cuida das trabalhadoras do sexo, disse que o número de pessoas que procurou a organização em busca de ajuda dobrou no último ano, com estudantes se esforçando para cobrir as despesas.
"(O governo) conhece os cortes e os programas de austeridade e a remoção dos empréstimos, ele sabe que quando remove esses recursos empurra as mulheres para a pobreza", disse Sarah Walker da ECP à Reuters.
"O modo como as mulheres sobrevivem à pobreza geralmente é pela prostituição. O governo sabe disso e, francamente, não parece se importar."
Jovens foram os mais atingidos pela recessão econômica, com o desemprego juvenil agora totalizando 1,03 milhão dos 2,64 milhões de desempregados, o maior índice desde 1992.
No ano passado, o governo disse que iria se desfazer da Pensão para a Educação, um subsídio para estudantes adolescentes para ajudá-los a permanecerem na escola, e permitiu que as taxas de mensalidade subissem para 9.000 libras (14.000 dólares) por ano a partir de 2012.
Com empregos de meio período escassos e o custo de vida apertado pela inflação, a União Nacional dos Estudantes (NUS) disse que os jovens estavam adotando medidas desesperadas e perigosas para pagar por sua educação.
TRABALHO PERIGOSO
"Em alguns casos é a prostituição, mas também escutamos histórias de testes como cobaia em clínicas, jogos de azar... atividades perigosas, em que praticamente não há nenhum tipo de direito trabalhista", disse Estelle Hart, da NUS.
"Você sempre escuta que é muito fácil conseguir um trabalho em um bar. Bem, não é fácil conseguir trabalho em bar nesse clima econômico, não é fácil conseguir trabalho nenhum."
Um estudo feito por pesquisadores de uma universidade londrina, publicado no ano passado, mostrou que 16 por cento dos alunos estavam dispostos a se prostituir para pagar sua educação e 11 por cento iria trabalharia para agências de acompanhamento.
Hart disse que um estudo recente da Universidade de Leeds, no norte da Inglaterra, revelou que 25 por cento das strippers eram estudantes Ela disse que o governo tinha o dever de investigar quais eram os efeitos de suas mudanças e cortes nos orçamentos da educação.
A cooperativa das prostitutas disse que mulheres de todas as idades estavam sendo afetadas.
"Com a prostituição você pode trabalhar por talvez uma noite por semana e conseguir dinheiro para cobrir suas despesas", disse Walker.
O governo disse que estava providenciando 180 milhões de libras por ano para ajudar as adolescentes mais vulneráveis, e que nenhum estudante teria que pagar adiantado por seus estudos.
"Nossas reformas tornarão o sistema ainda mais justo, com mais apoio financeiro e menos mensalidades para pagar o empréstimo quando se conseguir um emprego bem remunerado", disse um porta-voz do Departamento para Negócios, Inovação e Habilidades do governo.

YAHOO/VIA GRITOS DE ALERTA

BEM FEITO - Vereadores levam ovadas após reajustar próprios salários em Campinas

 

Confronto. Manifestantes se revoltaram contra aprovação às escondidas do projeto - Edu Fortes/ANNCAMPINAS - Aos gritos de "vergonha", cerca de 200 manifestantes jogaram ovos na noite de anteontem contra 28 dos 33 vereadores de Campinas que haviam acabado de aprovar aumento de 126% para seus próprios salários. Guardas municipais reagiram com pistolas elétricas e gás de pimenta. 

Edu Fortes/ANN
Confronto. Manifestantes se revoltaram contra aprovação às escondidas do projeto
O projeto foi aprovado sem a maior parte do público da Câmara notar. Vereadores aproveitaram a casa cheia e chamaram a atenção dos presentes para projeto da Macrozona 5, de regularização de bairros periféricos nas regiões do Campo Grande e Ouro Verde - e não explicitamente um reajuste salarial -, e o aumento foi aprovado, sem alarde.
Na próxima legislatura (2013 a 2016), o rendimento mensal dos vereadores vai passar dos atuais R$ 6.636,24 para R$ 15.031,76. Ao perceber que o item já havia sido aprovado, o público que assistia à sessão ficou revoltado.
Ontem, os protestos se ampliaram, principalmente na internet. Fotos dos vereadores de Campinas sorrindo durante a sessão foram publicadas em diversas páginas de redes sociais, acompanhadas de comentários, xingamentos e sinais de mais revolta da população. 
Indignados, usuários do site de relacionamentos Facebook foram além das críticas e estão se mobilizando para tirar da Câmara políticos que aprovaram o reajuste. "Vamos mostrar a esses vereadores campineiros que temos memória e sabemos pôr políticos em seu verdadeiro lugar! Vamos iniciar a campanha ‘Não vote nos atuais vereadores que votaram no aumento de seu salário’. Nós podemos fazer a diferença", publicou uma eleitora.
Além da aprovação do projeto, a reação dos guardas deixou os moradores de Campinas indignados. "É um absurdo. Vereadores fazem o que querem. Dá raiva, dá vergonha, dá nojo. Aí, o povo reage e toma choque?", perguntou o comerciante Ângelo Dias de Oliveira, de 53 anos.
Votação. Apenas dois vereadores votaram contra o reajuste: Professor Alberto (DEM) e Antonio Francisco, o Politizador (PMN). O vereador Pedro Serafim (PDT) não votou por estar na presidência da Casa. Carlos Signorelli (PT) se ausentou da votação e Sebastião dos Santos (PDT) justificou ausência e não compareceu.
O projeto foi proposto pela Mesa Diretora. O presidente da Câmara disse que o aumento se refere aos reajustes que deixaram de ser dados desde a década de 1990. 
Ontem, Serafim não quis dar entrevista sobre o assunto. Por meio de sua assessoria de imprensa, informou apenas que um projeto de redução das verbas de gabinete dos vereadores será apresentado em sessão extraordinária. O presidente da Câmara Municipal não disse qual será o valor exato da redução de gastos de gabinete, mas disse que será equivalente ao aumento de salários.

VIA GRITOS DE ALERTA.
FONTE . ESTADÃO

Garotinho no programa “Tema Quente”, da Rede TV

 


Confiram abaixo a participação de Garotinho nesta terça-feira, no programa “Tema Quente”, apresentado pelo jornalista Kennedy Alencar e que teve ainda a participação do repórter especial da Folha de S. Paulo, Valdo Cruz.

Garotinho debateu temas como a Lei da Palmada, a reforma ministerial, a situação do ministro Fernando Pimentel e a questão da homofobia nas escolas.


A lei deve proibir palmadas em crianças?



A homofobia deve ser debatida nas escolas?



Casos de Palocci e Pimentel podem ser comparados?



A reforma ministerial sai em janeiro?


BLOG DO GAROTINHO
VIA GRITOS DE ALERTA

Rede Globo transmitirá o Festival Promessas neste domingo

O apresentador Serginho Groisman no palco para chamar Regis Danese
A Rede Globo vai transmitir nesse domingo, 18, às 13 horas o Festival Promessas, evento gravado no último sábado com nove artistas evangélicos.
O programa mostrará os melhores momentos das apresentações de Pregador Luo, Eyshila, Ludmila Ferber, Damares, Regis Daneses, Fernandinho, Fernanda Brum, Davi Sacer e Diante do Trono.
Foram oito horas de shows que serão editados em apenas uma hora. O resultado dessa edição poderá ser assistido em todo o Brasil através da emissora carioca. O interesse do grupo Globo pela música evangélica tem gerado muita polêmica.
De um lado algumas pessoas reclamam do interesse comercial por traz desse evento, por outro lado pessoas que acreditam que essa abertura marca um novo tempo da música gospel no Brasil.
“Acho que a mídia secular está abrindo os olhos para a realidade do que somos como segmento. E temos que nos aproximar mesmo. Mas, acima de tudo, em tudo vejo a mão de Deus”, disse Davi Sacer.
O pastor Marcos Gregório, que esteve ministrando no evento, acredita que a exibição do programa, que foi apresentado por Serginho Groisman, vai trazer bons resultados para o Reino. “Algo de Deus vai acontecer e no dia 18 quando o programa for veiculado pela TV”, declara o líder do Ministério Apascentar.

GOSPEL PRIME.
VIA GRITOS DE ALERTA

Kaká estrela campanha de Natal “Jesus, minha esperança”

Kaká estrela campanha de Natal “Jesus, minha esperança”

O jogador brasileiro Kaká é uma das grandes atrações da campanha de mídia ‘Minha Esperança’, que promove a mensagem de Jesus como a “grande esperança no meio da crise.” A campanha custou 300.000 euros e será divulgada em diversos meios de comunicação na Espanha esta semana.
Concebida pela Billy Graham Foundation, essa iniciativa se espalhou para diversos países do mundo nos últimos anos, em todos os continentes. De 15 a 17 de dezembro, haverá a exibição televisiva de testemunhos dos evangélicos conhecidos como Kaká, jogador do Real Madrid, o cantor Juan Luis Guerra, e também trabalhadores, professores e policiais anônimos. Também haverá clips de músicas gospel, mas diferentemente de outros países, não haverá uma pregação formal.
O principal objetivo da campanha na Espanha é acabar com o mito que “ser espanhol é incompatível com ser evangélico” e procura dar fim à “discriminação religiosa”.
“A liberdade religiosa é ainda uma questão pendente na Espanha e não pode esperar”, reclamou Mariano Blázquez, presidente da Federação dos Evangélicos da Espanha. “Parece-me uma mensagem muito original e muito positiva para dar esperança para a sociedade em nome de Jesus Cristo”.
O coordenador do evento na Espanha, José Pablo Sanchez pertence à Conferência Episcopal e se diz animado com a iniciativa. “Neste momento de crise, muitos procuram políticos e banqueiros em busca de esperança, mas não irão encontrá-la. O que vamos mostrar é que a verdadeira esperança só pode ser encontrada em Jesus Cristo”.
Na Espanha existem atualmente 1,5 milhões de evangélicos que congregam em 2.994 templos reconhecidos pelas autoridades governamentais. “Hoje somos, sem dúvida, a segunda denominação religiosa no país, considerando a presença e a relevância social”, afirma Mariano Blázquez.
“Ainda há discriminação na Espanha em questões religiosas, especialmente legal, e nós acreditamos que é hora de acabar com isso”, finaliza Blázquez.
A Espanha vive, no momento, à sobra da crise europeia. Depois de países como Irlanda e Grécia terem iniciado a ruptura econômica na zona do Euro, Espanha e Portugal são apontados como os próximos a sentirem os seus impactos. O fato de a mensagem de Jesus ser lembrada às vésperas do Natal deve gerar resultados importantes neste país onde historicamente os evangélicos não crescem.
(Fonte Gospel Prime /Overbo)
VIA GRITOS DE ALERTA

Joel Engel quer Dilma Rousseff em parceria com a Igreja contra o crack


A presidenta Dilma Rousseff e os ministros da Saúde, Alexandre Padilha, e da Justiça, José Eduardo Cardozo lançaram ontem um conjunto de ações integradas do governo federal para enfrentar o crack e outras drogas.

O nome dado ao programa é 'Crack, é possível vencer' e prevê um investimento de 4 bilhões de reais.

O pastor Joel Engel acredita que o motivo de tais programas de luta contra as drogas irem à falência, é o fato de atacarem o efeito e não a causa do problema. “É como cortar os frutos e deixar a árvore que logo volta a dar frutos”, compara.

Engel sabe que por trás do vício existe a força espiritual negativa que tenta principalmente os jovens. "Somente o poder de Deus pode libertar o viciado".

Por esses motivos, o pastor que já lançou a campanha 'Drogas não, Jesus sim', enviou à presidenta Dilma Rousseff a proposta de aliança entre Igreja e Governo no combate ao crack.

A mesma proposta já foi feita ao Governador Tarso Genro (leia aqui), do RS, e enviada e políticos como Magno Malta e Marco Feliciano.

Joel Engel tem experiência na luta contra as drogas e tem sido tocado pelo Espírito Santo a tentar o apoio de governantes às organizações que não têm condições suficientes para desenvolver o trabalho.

"Deus está entregando a chave para igreja evangelizar. Agora é entrar nos palácios dos governos e proclamar a Palavra de Deus', exclama o pastor.

Fonte: Assessoria

MEDITAÇÃO DO DIA

A Moeda Perdida

Alegrem-se comigo, pois encontrei minha moeda perdida. Lucas 15:9


As mulheres da Palestina recebiam tradicionalmente como presente de casamento uma coleção de dez moedas. Essas moedas eram levadas no pulso, usadas como colar ou pendentes ao redor na cabeça. Eram como se fosse hoje a aliança de casamento. Muitas as guardavam como sua posse mais preciosa para dar depois à filha mais velha, quando ela se casasse. Podemos então imaginar a grande perda que significava o desaparecimento de uma dessas moedas.


Em termos econômicos, o valor de compra de uma dracma equivalia ao salário de um dia. O valor dessa moeda, no entanto, era mais emocional – da mesma forma que guardamos uma lembrança simples de alguém a quem apreciamos. Quanto custa a fotografia dos filhos quando eram pequenos? Financeiramente, pouco; mas, em termos afetivos, muito.


Quando perdemos um objeto assim, viramos e reviramos tudo dentro de casa. Coisas, objetos inanimados de uma hora para outra adquirem valor incomum. Assim, encontrar a moeda tornou-se uma prioridade.


A moeda foi perdida não nas montanhas, nem em terra distante. O fato é que, por um aparente descuido e desatenção, alguma coisa valiosa acabou ficando perdida dentro de casa. Tanto a ovelha como a moeda foram achadas e falam da determinação de Deus em buscar o perdido. Deus está procurando, não porque tenha Se esquecido de onde estejamos. Ele sabe onde estamos. A ovelha e a moeda falam de Sua determinação em nos procurar.


Diante de Deus, as pessoas têm grande valor. Somos importantes para Ele. Assim, a parábola tem o objetivo de convidar a todos para que se regozijem com aqueles que foram achados. A transformação, mesmo que seja de uma só pessoa, traz alegria para Ele como também para aqueles que compartilham Seu amor.


A mulher da parábola fez três coisas: acendeu uma lâmpada para ver em que canto escuro estava a moeda. Depois varreu toda a casa. E, finalmente, pôs-se a procurar imediata e diligentemente.


É tempo de as moedas perdidas serem encontradas. Alguns dos nossos filhos que cresceram conosco, por decisão própria, se afastaram de Deus. A moeda perdida também “representa os que estão perdidos em delitos e pecados, mas não estão conscientes de sua condição” (Ellen G. White, Parábolas de Jesus, p. 193). A oração é um canal de comunicação aberto que pode nos ajudar nessa busca.


A parábola termina com uma nota de regozijo: a moeda foi encontrada!

Vereador evangélico oferece carro de R$ 85 mil para construção de museu de umbanda

Um vereador evangélico da cidade de São Gonçalo-RJ afirmou que doará seu carro de R$ 85 mil para a construção de um Museu da Umbanda. A afirmação ocorreu depois que a Prefeitura da cidade de São Gonçalo demoliu a casa que existia no local e que segundo os adeptos da religião, foi criada a umbanda. Desde então, os militantes da religião lutam por verba para a construção do Museu da Umbanda.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A prefeita da cidade, que é evangélica, é acusada de perseguição religiosa. Segundo o Jornal do Brasil, o babalawo Ivanir dos Santos, um dos interlocutores, afirmou que as tentativas de contatos com a prefeita Aparecida Panisset não tem sido respondidos: “Estamos aqui em nome da Comissão. Desde que toda esta história começou, buscamos o diálogo, pois não demonizamos e nem excluímos qualquer pessoa. Mas não podemos obrigar a prefeita a nos receber. Estamos nesta audiência pública porque, por algum motivo, o vereador Amarildo sentiu-se sensível à causa. Em nome da Comissão, quero, desde já, agradecer e ratificar que não haverá desistência em relação ao tombamento do lugar onde a Umbanda nasceu”.
Por esse motivo, o vereador Amarildo Aguiar afirmou que doaria seu veículo para que os adeptos da umbanda conseguissem uma forma de iniciar as obras. Aguiar, que é membro da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) da Câmara de Vereadores, afirmou durante uma audiência pública que “se a Prefeitura de São Gonçalo não resolver o problema do Museu da Umbanda, quero, diante de todos, colocar meu carro quitado no valor de R$ 85 mil para ajudar a construir o espaço, que para os brasileiros é muito importante”.
O líder dos umbandistas ressaltou a diferença de atitude entre o vereador e a prefeita, que possuem a mesma religião. “Proponho que se faça uma rifa a fim de mobilizar todos. É importante que se faça, também, uma comissão com pessoas responsáveis para convencer o proprietário do local a desapropriar o imóvel. O ato de doação deste carro é muito mais simbólico que material. O vereador segue a mesma religião da prefeita. No entanto, ele nos recebeu desde o início, preocupou-se com o caso e marcou esta audiência hoje. Isso mostra que quem quer faz. Por que ela não fez?”, questionou Santos.
Fonte: Gospel+

Mexicanos recorrem à bruxaria para se "proteger" contra violência do narcotráfico

“As pessoas pedem ajuda porque estão com medo de ameaças e de extorsões", diz o feiticeiro Luis Tomas.

Na sala mal iluminada de uma casa modesta nesta cidade turística, na qual hoje em dia praticamente não há visitantes, Luis Tomas Marthen Torres, um feiticeiro com 50 anos de experiência, fecha os olhos e canta enquanto esfrega um ovo branco nos braços, no peito e no pescoço de um cliente preocupado.

Este ritual é antigo e comum aqui neste centro de mestres do ocultismo do México – onde a bruxaria é passada de geração a geração. Porém, assim como muitas coisas no país, os pedidos de ajuda também mudaram.

“As pessoas pedem ajuda porque estão com medo de ameaças e de extorsões. Elas estão saturadas de energia negativa”, explica Marthen Torres.

Os indivíduos que visitavam esta cidade de classe média de cerca de 67 mil habitantes, que atribui o seu misticismo às antigas raízes da civilização olmec na região, há décadas procuravam feiticeiros que fizessem encantos e curassem problemas físicos. Mas, em meio à violência que se abateu sobre o Estado de Veracruz, novas e criativas formas de bruxaria para a proteção contra a extorsão e para ajudar a encontrar parentes sequestrados passaram a ser a principal demanda dos clientes, segundo os feiticeiros locais.

O medo em Veracruz intensificou-se, já que este Estado é o mais recente campo de batalha dos mais poderosos cartéis de narcotráfico do país. Jorge Chabat, especialista em segurança e narcotráfico da CIDE, uma instituição de pesquisas da Cidade do México, diz que os cartéis Zetas e Sinaloa estão estabelecidos neste Estado litorâneo. O Sinaloa está se beneficiando da onda de repressão promovida pelo governo contra os Zetas.

A atuação crescente do narcotráfico aqui veio acompanhada de um negócio que tem aumentado bastante no país nos últimos meses: a prática de extorsão. Nem mesmo bruxos e feiticeiros são poupados disso.

“Eles dizem apenas, 'Aqui quem fala é o líder dos Zetas'”, explica o filho de Marthen Torres, John Joseph, que também é feiticeiro, referindo-se aos telefonemas que recebe de indivíduos que se dizem membros de organizações criminosas e que exigem dinheiro.

Alguns feiticeiros de Catemaco estão ficando cada vez mais amedrontados, enquanto outros – talvez procurando obter uma vantagem na competição por clientes – alegam ser capazes de sentir as vibrações da pessoa que se encontra do outro lado da linha. Eles dizem que quando sentem uma aura negativa, simplesmente não atendem o telefone. Marthen Torres chega a garantir que não irá se tornar mais uma vítima desta guerra porque a data da sua morte já lhe foi revelada (ele diz que ainda terá pelo menos uma década a mais de vida).

É claro que pessoas menos prescientes podem não se sentir tão bem equipadas para fazer frente a essa onda de violência.

“Eu penso constantemente na possibilidade de que os meus filhos sejam sequestrados a qualquer momento. Esse é o meu maior medo”, confessa Julisa del Carmen, após ter sido expurgada de energias negativas por um bruxo. “A gente houve falar a todo momento de crianças que foram sequestradas”.

Ela faz uma visita a Marthen Torres e ao filho dele para passar por uma sessão de descarrego toda vez que tem ataques de pânico vinculados à onda de crimes.

Não é de se surpreender que a demanda crescente por proteção tenha gerado uma nova estrutura de serviços místicos. “Por apenas US$ 180 você pode encontrar um parente desaparecido”, diz Alondra Martinez, uma bruxa que sobe com frequência uma montanha vizinha para realizar um ritual com o objetivo de garantir o retorno seguro de mulheres sequestradas. Ela diz que só no mês passado recebeu cinco pedidos referentes a casos desse tipo.

“Antigamente isso não era frequente, mas agora esses casos estão se tornando comuns”, explica Martinez.

Um casal desesperado a procurou recentemente, mas ela disse que só poderia ajudar os pais apavorados depois que estes pagassem integralmente o preço cobrado pelo serviço. “Eu lhes disse que eles tinham oito dias para encontrar a filha”.

E não são apenas civis que estão procurando ajuda. Policiais e membros dos cartéis de narcotráfico também estão recorrendo aos xamãs de Catemaco para obter proteção. Os policiais temem ser assassinados em emboscada ou que as suas famílias sejam alvos de ações retaliatórias; já os traficantes têm medo de serem “presos pela polícia federal ou de perderem território”, explica um feiticeiro de uma cidade vizinha, conhecido pelo apelido “El Gato Negro”. Ele acrescenta que frequentemente faz sacrifícios de animais em uma caverna.

Os xamãs locais dizem que às vezes as autoridades e os criminosos se encontram nas salas de espera dos bruxos, mas eles não se identificam.

De forma geral, no entanto, os negócios andam ruins. Alguns donos de hotéis dizem que o índice de hospedagem sofreu uma queda de até 80% nos últimos três anos, o que significa que há menos clientes para os feiticeiros. Mesmo assim, alguns clientes estão se revelando uma ótima fonte de lucros.

O feiticeiro Jose Alberto Vera Cisneros diz que uma pessoa que alega ser um traficante de drogas que se encontrava preso em Manzanillo, cidade na qual se situa o porto mais movimentado do México, telefonou recentemente e pediu que fosse feito um ritual para possibilitar a sua libertação. O ocultista diz que, ao ser libertado, pouco tempo depois, o traficante lhe deu um carro como recompensa.

Embora os membros dos cartéis possam dar presentes caros, Marthen Torres está fornecendo aquilo que ele chama de “serviços sociais” - sessões de descarrego gratuitas para aqueles que foram extorquidos a ponto de se tornarem muito pobres.

Para combater a escalada da criminalidade, os governos estadual e federal lançaram a Operação Veracruz Segura. Contingentes da polícia federal foram enviados para todo o Estado, a corrupção das polícias municipal e estadual está sendo combatida e foram instaladas barreiras policiais fortemente armadas nas estradas. Mais de 250 pessoas foram detidas desde que o plano foi instituído no início do mês passado, mas a violência persiste. Em 20 de outubro, oito cadáveres foram abandonados na cidade de Paso de Ovejas, que fica 160 quilômetros a noroeste de Catemaco.

E, enquanto os crimes continuarem, os xamãs de Catemaco acreditam que haverá uma forte demanda por feitiços protetores e leitura do futuro por parte de policiais, criminosos e vítimas. Marthen Torres diz que os corpos de vítimas mortas a golpes de objetos contundentes ainda estavam quentes quando ele chegava a cenas de crimes em todo o país para descobrir em que circunstâncias os assassinatos ocorreram. “Eu sou capaz de enxergar nos olhos da vítima a última imagem que ela viu”, afirma o bruxo.

Alguns achariam difícil acreditar nisso.

“Não se resolvem crimes com mágica”, disse o presidente Felipe Calderon durante um discurso em 2009 (embora ele provavelmente estivesse usando a palavra de forma figurativa, e não literal). De maneira semelhante, Ernesto Cordero, um aspirante a candidato para a eleição presidencial de 2012 e membro do partido político de Calderon, observou recentemente: “Não há remédios mágicos para que saiamos dessa situação problemática em que nos metemos”.

Mas os bruxos e feiticeiros de Catemaco discordam.

Fonte: The New York Times - Karla Zabludovsky
Em Catemaco (México)

STJ retira enfeites de Natal alegando que o Estado é laico

Open in new windowEm 2009 um caso parecido aconteceu no Rio de Janeiro ocasionando até mesmo no fechamento de uma capela.

O ministro Ari Pargendler, presidente do Superior Tribunal de Justiça, ordenou que os enfeites de Natal que estava nas áreas comuns do prédio fossem retirados, alegando que o Estado é laico, e que, portanto, não deve comemorar uma festa tipicamente cristã.

Essa não é a primeira vez que um órgão público rejeita símbolos cristãos em suas dependências. Em 2009 Luiz Zveiter, presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, pediu para que os crucifixos do prédio da Corte fossem retirados. Pargendler, que é de origem judaica, também determinou o fechamento da capela e a transformou em um espaço ecumênico.

Apesar de serem determinações administrativas, a recente ordem do STJ pode abrir precedente para que outros órgãos de outras instâncias judiciais e instituições do Estado retirem os símbolos religiosos de suas repartições e até mesmo não coloquem mais enfeites de comemorações como o Natal.

Nos Estados Unidos grupos de ateus tentam tirar de escolas, nomes de ruas, e prédios públicos todas as referencias ao cristianismo, tentado mudar até mesmo hinos escolares, discursos públicos e qualquer menção ao nome de Deus, Jesus Cristo e etc.

Fonte: Gospel Prime com informações Jornal Brasil e Paulo Lopes

Homossexualidade é Opção? Veja a Opinião de Políticos, Pastores e Cientistas

A homossexualidade é uma opção ou uma determinação genética? A questão é polêmica e gera intensos debates entre homossexuais, heterossexuais, religiosos, cientistas e até no meio político.

O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), afirmou na semana passada ao Terra TV que o fato de segmentos políticos afirmarem que a homossexualidade é uma opção é um equívoco.
“é um equívoco, pois significa desconhecer uma série de ‘conquistas’ que a ciência já fez no sentido de mostrar que nós não optamos por isso”.
O deputado, assumidamente homossexual, é favorável ao PLC 122, projeto de lei desarquivado pela senadora Marta Suplicy (PT - SP), que trata da união homoafetiva. Ele também defende a implementação do que é conhecido como "kit gay", apelido dado às cartilhas e vídeos sobre preconceito e bullying que o Ministério da Educação quer distribuir em escolas públicas.
Pastores e cientistas divergem sobre o assunto. O reverendo Marcos Amaral, que é pastor e psicólogo clínico falou ao The Christian Post que a maioria dos estudos científicos não comprovam que a homossexualidade é determinado biologicamente.
“Existem estudos bastante ricos e avançados que acompanharam o cérebro de homossexuais e verificaram que eles emitem conexões entre os neurônios bem parecidas com as de uma mulher. Mas isso não significa que isso comprove que a homossexualidade é algo determinado biologicamente”, disse Amaral ao CP.
O líder religioso explica que os estudos científicos mostram que pressões externas acabam moldando o comportamento do indivíduo, que o levam a agir de determinada maneira.
“Via de regra”, diz o pastor, “os homossexuais possuem problemas com a figura paterna, geralmente o pai é omisso ou violento”, diz. “Além disso, Freud já chamava a homossexualidade de perversão libidinal”, cita.
Apesar dessa ideia de que pressões externas e as dinâmicas da vida moldam o comportamento dos homossexuais, segundo Amaral, “não devemos demonizá-los”.
Mas para a geneticista Mayana Zatz, que responde a perguntas de leitores na Veja, ainda não existe uma comprovação científica sobre o assunto.
“Embora em minha opinião exista uma predisposição genética para um comportamento homossexual, pesquisas científicas que provem isso na prática são muito difíceis de serem realizadas”.
A cientista indica que pode existir uma “herança multifatorial” neste caso, onde vários genes interagem com o ambiente para determinar uma característica.
“Entretanto, a identificação de genes responsáveis por traços multifatoriais é extremamente difícil”, disse Zatz, de acordo com a Veja.
A cientista afirma que até hoje não foram ainda identificados os muitos genes que determinam a estatura e sabe-se com certeza que trata-se de um traço com grande influência genética.
Por outro lado, durante muito tempo, o autismo também era atribuído ao ambiente e hoje, ela explica, sabe-se que o comportamento autístico é uma característica genética, embora a busca para os genes responsáveis ainda continue.
Ela conclui que o avanço nas pesquisas e tecnologias poderá talvez elucidar esse enigma no futuro próximo.

CRISTIAN POST
VIA GRITOS DE ALERTA

Célula da Al Qaeda é acusada de planejar ataque contra cristãos


Célula da Al Qaeda é acusada de planejar ataque contra cristãos
Um suposto plano de bombardear “todas as igrejas cristãs que estão em Ancara”, bem como o Parlamento turco e a embaixada dos Estados Unidos que fica na capital Turquia foram divulgados hoje, e a acusação cai sobre o grupo terrorista Al Qaeda.

Em uma matéria exclusiva estampada na primeira página do jornal diária Taraf, houve a divulgação de uma acusação oficial contra 11 supostos militantes da Al Qaeda, presos em julho. A matéria revelou supostos planos terroristas para atacar as igrejas em Ankara.

Preparado e arquivado pelo Ministério Público, em Ankara, o relatório de indiciamento contém 50 páginas, que foram descritas pela reportagem do jornal, que relatavam que o plano dos militantes islâmicos era iniciar a “jihad” na região para lutar contra os Estados Unidos e tudo aquilo que vai contra a fé islâmica, mas antes seria necessário fazer a “jihad” contra o próprio país, a Turquia.

“É mais vantajoso iniciar a jihad contra a Turquia do que contra os Estados Unidos”, segundo as informações contidas dentro dos relatórios que planejavam o ataque em Ankara. “Vamos explodir o parlamento!”, dizia em uma das páginas.

Entre o material apreendido pela polícia havia CD’s, mapas detalhados, desenhos e diagramas de construção. A polícia também encontrou listas de nomes e endereços residenciais de cristãos e outros funcionários que trabalhavam em igreja em Ankara.

Em 2010, autoridades turcas prenderam várias pessoas suspeitas de estarem envolvidas com a Al Qaeda, o que indica que exista uma rede de apoio significativo a causa terrorista na Turquia. Especialistas dizem que o grupo local tem se concentrado, principalmente, na arrecadação de fundos e recrutamento de novos membros na Turquia.


Fonte: Portas Abertas