quarta-feira, 7 de setembro de 2011

É possível uma igreja Cristã de homossexuais?


Nestes dias, a tradicional família mineira ficou chocada com a notícia de que uma igreja “cristã” homossexual se instalou em Belo Horizonte. Muita polêmica foi instaurada em torno da questão sendo noticiado por todas as mídias.

Eu entendo, perfeitamente, que o estado brasileiro é laico e que, felizmente, temos liberdade de culto e religião. Qualquer grupo religioso, por mais estranho que seja, pode se perpetuar no Brasil e creio que deve ser assim mesmo. Eu creio que Deus pode nos encontrar onde quer que estejamos, pois, ele não está limitado às nossas caixinhas religiosas. Ele é capaz de nos conduzir a verdade. O apóstolo Paulo escrevendo aos filipenses afirmou: “ Alguns, efetivamente, proclamam a Cristo por inveja e porfia; outros, porém, o fazem de boa vontade; estes, por amor, sabendo que estou incumbido da defesa do evangelho; aqueles, contudo, pregam a Cristo, por discórdia, insinceramente, julgando suscitar tribulação às minhas cadeias”. “Todavia, que importa? Uma vez que Cristo, de qualquer modo, está sendo pregado, quer por pretexto, quer por verdade, também com isto me regozijo, sim, sempre me regozijarei”. Mas, apesar de todas essas considerações, existe um limite para o desvario.

Numas das falas de um dos líderes dessa igreja, que é “casado” com outro homem, também líder da mesma comunidade, ele respondeu à jornalista que as igrejas evangélicas tratavam os homossexuais com preconceito e que esse preconceito se devia a “traduções incorretas da Bíblia”. Por isso a pergunta, tema, deste texto: É possível uma igreja Cristã de homossexuais? A Bíblia foi traduzida incorretamente no que ela ensina sobre o homossexualismo?

Devo aqui afirmar, que embora possa haver preconceito na igreja evangélica, esse não é o padrão ensinado na igreja, e nem a prática geral da igreja. O que acontece na igreja é um entendimento à luz da Bíblia, um conceito Divino de que o homossexualismo é pecado, assim como o adultério, a fornicação, o abuso de crianças e outros pecados relacionados à nossa sexualidade. O trato que damos a cada um destes pecados é procurar levar o pecador ao arrependimento. Se ele se arrepende genuinamente, vai alcançar misericórdia diante de Deus, caso contrário, receberá este o juízo de Deus sobre os seus pecados. Para nós não há diferença entre os pecados. Assim como consideramos pecado a prática homossexual, também consideramos pecado o abuso sexual de crianças, caso contrário, iriamos apoiar uma igreja de abusadores de crianças que não houvessem se arrependido abandonando essa prática maligna. Ou quem sabe uma igreja de estupradores, de corruptos, de traficantes, de incestuosos... Os incestuosos poderiam se levantar e exigirem também seus direitos de pais se casarem com filhas, irmãos com irmãos... depois disso poderiam ter suas igrejas. Se concordamos com uma loucura aqui, haveremos de concordar com outra acolá.

Você pode dizer, puxa, agora o senhor pegou pesado! A Bíblia que foi acusada, injustamente, de ter sido mal traduzida para atender a interesses preconceituosos, coloca o pecado do homossexualismo na companhia de pecados como esses acima chamando-os de abominação (Veja Levítico 18:1-30). O verso 22 diz: “Com varão não te deitarás, como se fosse mulher: abominação é”. Abominação, segundo o dicionário, é aquilo que “provoca horror, detestável, execrável”. Quero ver uma tradução do texto hebraico que divirja desta. Muitas vezes, o argumento da tradução inadequada é o argumento de quem não tem argumento.

Em Romanos 1:18-32 o apóstolo Paulo fala de forma veemente sobre a decadência da sociedade romana e mostra a causa dessa decadência: “A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça; porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou”. “Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas”. “Tais homens são, por isso, indesculpáveis; porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato”. “Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis” (Romanos1:18-23). Em seguida o apóstolo mostra o fundo do posso dessa degradação. O fundo do posso é que Deus tirou os freios morais dessa sociedade e os deixou entregues a seus próprios desejos: “Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si; pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!” “Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro”. “E, por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes, cheios de toda injustiça, malícia, avareza e maldade; possuídos de inveja, homicídio, contenda, dolo e malignidade; sendo difamadores, caluniadores, aborrecidos de Deus, insolentes, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais,insensatos, pérfidos, sem afeição natural e sem misericórdia” (Romanos 1:24-32). Aqui, a relação homo afetiva entre homens e entre mulheres é citada pelo apóstolo dos gentios.


Há Esperança

É grave o pecado do homossexualismo? Sem duvida que sim. Mas, a Bíblia nos mostra que há uma esperança. O mesmo apóstolo escrevendo aos Corintios, na primeira carta, capítulo 6, versos 9, 10 e 11 diz: “Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus” Paulo, aqui, nos mostra que os que cometem pecados como os do homossexualismo não herdarão o Reino de Deus. Mas, em seguida, diz: Tais fostes alguns de vós; mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus”. Ele nos mostra aqui 3 coisas importantes:

  • Há perdão para aqueles que se arrependem.
  • Pode haver mudança, um homossexual pode ser lavado, santificado e justificado em o nome de Jesus Cristo, ele pode deixar de ser homossexual. Existe um mito de que uma vez homossexual, homossexual para sempre, mas isso é uma mentira do inferno. A prova: “Tais fostes alguns de vós”.
  • Este texto nos mostra que Deus ama os que praticam o homossexualismo, mas não ama esse pecado.



Uma igreja, para ser cristã, precisa crer na Bíblia, se ela não dá crédito ao que a Bíblia diz, então ela não é cristã ou evangélica. Então, não é possível existir uma igreja cristã ou evangélica homossexual.

Eu sei que o que é “politicamente correto” nem sempre tem a ver com o que é justo, honesto ou moral, mas, muitas vezes, com o que nos é imposto por uma sociedade hedonista. Muita besteira já foi feita e dita em nome do que é “politicamente correto”. Poucos dias atrás, vimos a declaração de Elton John: “Acho que Jesus era um gay compassivo, superinteligente, que entendia os problemas humanos”. Essa declaração é, no mínimo, blasfema. É possível haver amor entre homens sem que haja sexo envolvido nisso? Sem dúvida que sim, mas, a malícia de um coração embrutecido pelo pecado pode considerar qualquer manifestação de carinho entre homens como homo afeição. Assim, a afeição de Jesus para com João é interpretada, erroneamente, como homossexualismo como também a relação de amor fraternal entre Davi e Jônatas. Que Deus nos livre de tamanha cegueira espiritual.


VIA GRITOS DE ALERTA

A MATÉRIA É TÃO BOA QUANTO O NOME DA IGREJA CONTIDA NELA - FBI impede Barack Obama de testemunhar sua conversão no Brasil

O Presidente Evangélico Barack Obama foi impedido pelo FBI de dar seu testemunho de conversão no Rio de Janeiro. O serviço secreto americano possui consultores evangélicos brasileiros que informaram que o “Amarelinho”, lugar em que Obama discursaria não seria um teatro e sim um Boteco na Cinelândia.

O Apóstolo Itamar Rado da Igreja Suco de Uva de Cristo

 deu orientações claras sobre essa coisa de Presidente Crente ser visto numa choperia aqui no Brasil: “Lá na América do Norte pode ser normal dar testemunho em boteco. Aqui é escândalo!” – teria dito o Apóstolo. “Já pensou se Jesus estivesse aqui? O que ele diria de um servo dele se misturando com bêbados, prostitutas e pecadores? Quer se salvar? Vai pra Igreja!”.
Itamar também zombou do prejuízo do Bar. O “Amarelinho” contratou pessoal extra, aumentou o estoque e a logística por conta da visita de Obama. “Bem feito! Lugar de pecador é assim mesmo: Não dá dinheiro na Igreja, o Devorador cai em cima mesmo!

VIA GRITOS DE ALERTA

Uma mensagem a todos os membros de Evangeliza Brasil

 


Saudações em Cristo
A AMME Evangelizar tem feito um grande esforço para envolver adolescentes e jovens como alvos e como agentes da evangelização. Eles foram o principal grupo de conversão no extraordinário crescimento da Igreja Evangélica Brasileira. Infelizmente o número dos que se enfraquecem e desviam é muito alto. Por isso faremos uma Escola de Liderança especialmente para fortalecer a fé deles e prepará-los para ajudarem seus colegas na escola, na universidade, na vizinhança e na igreja. Por favor, copie a mensagem abaixo e envie para os adolescentes e jovens que você conhece (14 a 24 anos). Vamos lutar pela perseverança de jovens e adolescentes no Reino do Senhor.
...
Tem muito crente sem noção, achando que a vida é um parque de diversão, achando que o inimigo vai pegar leve só porque é adolescentes ou jovem. Se ligaaaaa! Essa vida é um campo de batalha, e é melhor você estar preparado para vencer essa luta. Se você já percebeu isso, venha para a Escola de Liderança para Adolescentes e Jovens - PACIFICADORES.

O programa da Escola é interessante, inovador, desafiador, especialmente desenvolvido para equipar adolescentes e jovens, e também leva a batalha espiritual muito a sério. Nosso propósito é fortalecer a sua vida e preparar você para ajudar seus colegas, na igreja e na escola. Veja: [www.pacificadores.org]

Visite Evangeliza Brasil em: http://evangelizabrasil.ning.com/?xg_source=msg_mes_network

Independência ou corrupção -MARCHANDO CONTRA A CORRUPÇÃO

Os tradicionais desfiles das Forças Armadas em homenagem à Indepen­dência do Brasil deste Sete de Setembro terão como concorrentes as Marchas Contra a Corrup­­­ção. Elas devem acontecer em todo o país. É uma mudança radical. Do desfile institucional em que predomina a estética das aparências, passa a existir uma marcha popular, em que predomina a ética repu­­blicana.
Em Brasília, um grupo de cidadãos conseguiu a adesão de mais de 20 mil internautas, via Face­­book, para a manifestação que ocorre depois de amanhã, a partir das 10 horas na Esplanada dos Ministérios. Na página do evento Marcha Contra a Corrupção, no Facebook, o texto explicativo dá o tom do evento. Lá, encontram-se frases como: “Gente! Essa Marcha é do povo. Não temos patrocínio nem apoio de nenhum político, sindicato ou empresário. Por isso precisamos de ajuda para fazer e acontecer (…). E você? vai continuar com o seu trazeiro  no sofá achando que acabar com os corruptos não é problema seu? (…) Não temos nada a festejar no dia 7 de setembro!”

De fato, não há como festejar instituições que vêm ao longo dos anos sendo rapinadas pelos eleitos sem jamais serem punidos.
Um dos organizadores, o em­­­pre­­­sário Walter Magalhães, afirma que a organização da marcha começou há pouco mais de duas semanas, mas teve seu ponto de virada a partir da absolvição de Jaqueline Roriz (PMN-DF) pelo plenário da Câmara dos Deputados, no processo de cassação por quebra de decoro parlamentar. “Em um dia e meio, tivemos a adesão de mais de 5 mil pessoas no Facebook, que confirmaram presença na marcha.” Segundo ele, esse número surpreendeu porque o que levava uma semana para acontecer, ocorreu em um dia.
Dos temas na pauta da Marcha contra a Corrupção está a defesa de votação aberta no Congresso Nacional, tese que ficou fortalecida após a absolvição de Jaqueline Roriz, que se deu por voto secreto. Os manifestantes vão defender também constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa. Há temores que a regra seja considerada inválida pelo Supremo Tribunal Federal. Parte dos ministros do STF já se manifestou dizendo que a lei fere o princípio da presunção de inocência, por entender que somente com condenação transitada em julgado (sem possibilidade de recurso) políticos poderiam ser inelegíveis.
Muitas cidades estão se mobilizando com o apoio das igrejas e grupos para a realização da mesma, pois ano que vem teremos eleições e devemos nos unir contra tudo o que é errado.
Se a marcha tiver a adesão que merece, ela estará a mudar o sentido tradicionalmente dado ao Dia da Independência. Da comemoração oficial organizada pelo estado, indivíduos – de livre e espontânea vontade – estarão a criar uma celebração popular. Os indivíduos deixariam de ser observadores de um desfile e passariam a ser atores sociais. Sairiam de cena os discursos bonitos e vazios das “autoridades” que assistem à parada militar em “camarotes reservados” no Sete de setembro. E entrariam no palco público os cidadãos demonstrando que o Estado não pertence aos “eleitos” protegidos no “cercadinho” em que veem os desfiles, mas a todos os indivíduos.
Se isso acontecesse o feriado do Dia da Independência do Brasil poderia significar o dia da independência do indivíduo. Signi­­ficaria o dia em que os cidadãos decidiram se libertar de dirigentes corruptos e de governantes coniventes com a corrupção.
Sinceramente, eu gostaria de ver isso acontecer.
Na Região que esta localizado tambem a cidade de Jaguariúna estamos vendo a possibilidade de nos mobilizarmos para tambem fazermos a nossa. Passeata contra a Corrupção.
A mesma será Organizada pela ONG CIDADES EM ALERTA.
Ong essa que conta com o apoio e a participação de um numero muito grande de admiradores .
Esperamos mais mainifestações de apoio para JUNTOS MARCHARMOS CONTRA A CORRUPÇÃO.
São mais de 19 Cidades em nossa região e um numero muito grande de moradores que estão tristes com que estão fazendo em nossas cidades.

Bispo Roberto Torrecilhas
Via Gritos de Alerta.
com informações de Gazeta do Povo Livre.

Dia da Independência da Corrupção


 

Nossa querida Ficha Limpa está em perigo -- o STF pode julgar a lei inconstitucional e dar margem para que centenas de políticos condenados se candidatem às eleições. Mas a Presidente Dilma pode salvar a lei escolhendo um novo Ministro que seja contra a corrupção.

A corte está dividida, mas esse novo Ministro vai ter o voto decisório. Políticos corruptos estão fazendo pressão por um Ministro que seja contra a Ficha Limpa. Mas nós já derrotamos esses políticos sujos uma vez -- nosso movimento, que vem do povo, forçou o Congresso a aprovar a Ficha Limpa contra sua vontade. Podemos fazer isso novamente esta semana se nos mobilizarmos em massa e fizermos um apelo à Dilma para que ela escolha um candidato forte.

A Presidente Dilma se comprometeu em lutar contra a corrupção. Vamos fazer desse dia 7 de setembro o Dia da Independência da Corrupção. Assine essa petição urgente e, em seguida, encaminhe para todos -- a petição será entregue diretamente aos conselheiros da Dilma, e apoiadores da Ficha Limpa serão representados em banners nas marchas que acontecerão no Dia da Independência em São Paulo e Brasília.
 
VIA GRITOS DE ALERTA

Ataque a Igreja deixa 23 feridos após explosão de carro bomba

Ataque a Igreja deixa 23 feridos após explosão de carro bombaEmbora as forças de segurança tenham descoberto e desativado dois carros cheios de explosivos no dia 2 de agosto, no norte do Iraque, um terceiro explodiu do lado de fora de uma igreja cristã, ferindo 23 pessoas no começo do mês de Agosto.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Os ataques coordenados começaram às 6h00, quando o primeiro carro explodiu do lado de fora da Igreja Católica Síria, causando sérios danos ao prédio e a casas próximas, onde estava a maioria dos que foram feridos, de acordo com a polícia de Kirkuk.
“Os terroristas querem nos fazer fugir do Iraque, mas não conseguirão”, disse o Rev. Haithem Akram, um sacerdote de uma das igrejas alvejadas. “Permaneceremos em nosso país. Os cristãos iraquianos são alvos fáceis, porque não têm milícias para protegê-los. Os terroristas querem nos aterrorizar, mas não conseguirão”.
Em seguida à explosão da Igreja Católica Síria, a polícia descobriu mais carros-bombas estacionados do lado de fora da Igreja Anglicana Cristã e da Igreja Mar Gourgis, todas no centro de Kirkuk. As três bombas foram dirigidas contra os cristãos nativos do Iraque, dos quais quase um milhão já fugiu do país, desde o início da Operação Iraque Freedom.
No ano passado, a violência contra os cristãos culminou com o cerco à catedral católica, no centro de Bagdá, na véspera do dia de Todos os Santos. Sessenta e oito paroquianos morreram e dezenas deles ficaram feridos, quando homens-bomba da Al-Qaeda mantiveram-nos reféns por horas, antes de detonar seus cinturões explosivos.
Desde então, o Vaticano e o Congresso dos EUA têm pedido ao governo do Iraque para proteger mais sua população cristã, no entanto, de uma população cristã pré-guerra de 1,4 milhão, estima-se que somente metade ainda permaneça no Iraque.

Fonte: Portas Abertas
VIA GRITOS DE ALERTA

DENUNCIA - Cristãos são brutalmente espancados por não negar a Jesus


Foto Ilustrativa.
Dois homens ficaram gravemente feridos após ser atacados por jovens muçulmanos em Karachi, Paquistão, quando se recusaram a se converter ao Islã, segundo relato de um membro da família de um dos jovens à Compass.

Liaqat Munawar disse à Compass, por telefone, que seu irmão, Ishfaq Munawar, e outro jovem cristão, Naeem Masih, estavam voltando de um culto de oração de uma igreja em Sohrab Goth, em 14 de agosto, quando jovens muçulmanos os perseguiram e os atacaram.

“Ishfaq e Naeem foram andar de moto, quando seis jovens sinalizaram para eles pararem”, disse Liaqat. “Eles pediram aos dois para se identificarem. Ishfaq disse que eles eram cristãos e estavam voltando de um culto de oração na igreja.”

Os muçulmanos lhes perguntaram por que eles estavam na região e eles responderam que só passaram por ali para participar das celebrações do Dia da Independência na praia.

“Os jovens muçulmanos, então, começaram a questionar a fé deles e, posteriormente, tentaram forçá-los a se converterem ao islamismo, dizendo que essa era a única maneira para eles poderem viver em paz na cidade”, disse Munawar Liaqat.

“Eles também ofereceram incentivos financeiros e proteção a Ishfaq e Naeem, mas ambos se recusaram a negar a Jesus Cristo e à sua fé nele.”

Depois de questioná-los por algum tempo, os jovens entraram em um carro branco e foram embora. Ishfaq e Naeem subiram na moto e estavam prestes a ir embora também, quando os jovens muçulmanos deram meia volta no carro e os atacaram.

“Os muçulmanos saíram do carro armados com barras de ferro e atacaram Ishfaq e Naeem, gritando que eles deveriam se converter ao Islã ou morreriam”, disse Munawar Liaqat.

Ele disse ainda que os jovens espancaram os dois cristãos, fraturando a mandíbula de Ishfaq Munawar e quebrando-lhe cinco dentes, além de ferir gravemente Naeem. Ele acrescentou que os dois cristãos caíram inconscientes e os jovens os deixaram ali, pensando que tivessem morrido.

Liaqat Munawar disse que a família não tinha registrado nada na delegacia, temendo que os muçulmanos viessem com represálias contra eles, mas agora estavam considerando a possibilidade de apresentar uma queixa formal.

Tradução: Portas Abertas

Fonte: Compass Direct
VIA GRITOS DE ALERTA

PERSEGUIÇÃO CONTRA CRISTÃOS -E SINAL DOS FINAIS DOS TEMPOS - Cristão Despedido Pelo Banco Por Escrever Livro Sobre Casamento Anti-Gay

Apenas alguns meses depois de ser demitido da Cisco Systems na Califórnia por causa de um livro de casamento anti-gay, o consultor cristão Dr. Frank Turek também foi demitido do Bank of America.
"Eu recebo um monte de críticas por apenas realmente concordar com o que a maioria dos americanos concorda e que o casamento é entre um homem e uma mulher", disse Turek na semana passada na Rádio American Family.
Turek estava fazendo um trabalho dentro e fora do Bank of America por cerca de 15 anos, principalmente a realização de programas de liderança e formação de equipe, disse ele. Outros clientes incluem Coca Cola, Home Depot e CIGNA, entre outros.
O veterano da Marinha dos EUA foi contratado em maio, para fazer uma apresentação em uma reunião da equipe de Gestão de Negócios Globais e Análise do Bank of America dentro do Global Wealth e Investment Management.
Ele estava agendado para fazer uma apresentação - chamado "Por que você não pode ser normal como eu?" - Sobre como se adaptar a diversas personalidades para melhorar a produtividade e relacionamentos.
Três dias antes de sua apresentação em junho, no entanto, Turek soube por um gerente de RH que ele havia sido demitido.
"Eu recebi um telefonema de um dos gerentes de RH lá que disse que acabamos de saber de alguém que pesquisou sobre você e descobriu que você escreveu um livro chamado Correto, Não Politicamente Correto: Como o Casamento Homossexual Prejudica a Todos e por isso não podemos mais ter você aqui para ensinar", contou Turek à Rádio American Family.
Em uma carta que enviou ao CEO Brian Moynihan, Turek argumentou que o casamento não foi o tema de sua apresentação, nem nunca esteve em todos os seus anos de trabalho com o banco.
"O que a atividade sexual, preferência sexual de uma pessoa têm a ver com a produtividade do trabalho?" Ele disse no programa de rádio, ponderando por que que o departamento de RH ainda trouxe à tona isso.
Seu livro também provocou sua demissão como consultor da Cisco no início deste ano.
Um gerente da empresa se ofendeu com o livro após buscar o nome de Turek e reclamou com o diretor de inclusão e diversidade da Cisco.
Enquanto o Bank of America também promove a "inclusão" e "diversidade", Turek queixou-se ao CEO que estava sendo excluído por seu ponto de vista político e religioso.
Ele pediu ao Moynihan para considerar o que teria acontecido se ele tivesse escrito um livro a favor do casamento gay e um empregado conservador reclamasse.
"Eles provavelmente já teriam demitido o funcionário conservador", conjecturou Turek.
Ele também deixou claro em sua carta que ele respeita todas as pessoas e concorda com o banco sobre o valor de "inclusão" para garantir que as pessoas trabalhem juntas cordial e profissionalmente, apesar dos diversos pontos de vista político, moral ou religioso.
O consultor observou na AFR que ele detém uma visão casamento tradicional "não por causa de ódio ou fanatismo, mas por causa dos fatos biológicos da natureza que a única relação que pode procriar e trazer a próxima geração e melhor nutrir a próxima geração é quando um homem e uma mulher ficam juntos".
Turek se reunirá com o chefe de inclusão e diversidade do Bank of America na próxima semana, disse ele.
"Para seu crédito, eles me ligaram e disseram 'Acho que cometemos um erro aqui", disse ele no programa de rádio.
"Pelo menos algumas pessoas lá estão me dizendo que eles percebem a hipocrisia, mas vamos ver onde isto vai".
Em última instância, Turek disse que quer que todas as corporações "parem de tentar doutrinar os funcionários a aceitar certos comportamentos sexuais, principalmente a homossexualidade".
"Acho que eles devem ensinar às pessoas que elas devem respeitar as outras pessoas, porque eles são seres humanos, não porque eles dormem com uma certa pessoa", acrescentou.


CRISTIAN POST.
VIA GRITOS DE ALERTA

POLICIA COVARDE - PM vai apurar caso de cão morto com tiro dado por policial no DF - ATITUDES DE UM POLICIAL COVARDE .

Filhote de rottweiler morreu após ser atingido com um tiro na cabeça. (Foto: Arquivo pessoal)A Polícia Militar anunciou nesta terça-feira (6) que vai investigar a morte de um cachorro em Taguatinga, no Distrito Federal. O rottweiler de cinco meses, que estava sem focinheira e passeava com o dono, foi morto com um tiro na cabeça, disparado por um policial militar, na noite do dia 28 de agosto.

O proprietário do cão, Willian Campos, afirma que conversava com um colega em uma praça quando um carro de polícia parou. Um dos policiais teria alertado sobre a necessidade da focinheira, mas o dono alegou que o filhote não oferecia riscos. Então, segundo Campos, o policial disse que se ele não se retirasse do local mataria o cachorro.

“Disseram que se me encontrassem com ele na rua de novo iam atirar no cachorro e que se pegasse em mim não teria problema nenhum”, diz. Campos conta que, após perguntar se estava sendo ameaçado, o policial desceu da viatura e atirou contra o cachorro, que apenas latiu. O policial nega que tenha feito ameaças.

Filhote de rottweiler morto após ser atingido por tiro
disparado por policial (Foto: Arquivo pessoal)

Transtornado, o dono afirma que começou a chorar e a ofender os policiais, que o conduziram à delegacia por desacato. No local, Campos diz que também agrediu verbalmente outros policiais. “Eu tinha o cachorro como filho, falei para eles que eles estavam matando não o meu cachorro e sim o meu filho.”

De acordo com o delegado Josué Silva, o boletim de ocorrência traz outra versão da situação. "O rapaz teria começado a fazer um 'teatro' dizendo que foi ameaçado de prisão quando foi abordado. Quando o policial desceu para explicar, o cachorro latiu e avançou e ele atirou".

Por causa das informações conflitantes, Silva afirma que a polícia pretende ouvir novas testemunhas para identificar se o animal representou risco à integridade física do policial. “Estamos tentando ouvir testemunhas isentas, que não sejam nem militares nem familiares do rapaz, para saber se houve excesso do policial, se havia realmente necessidade de abater o animal.”

A PM disse em nota que não é possível precisar o que realmente aconteceu, porque ouviu apenas uma das partes envolvidas. Por meio de um procedimento apuratório, a polícia disse que pretende avaliar melhor os fatos e que, se necessário, os responsáveis podem ser punidos.

Ainda segundo a PM, a lei determina que cachorros de raças agressivas ou sem raça definida em vias públicas e parques devem usar enforcadeira e focinheira, ficando sob responsabilidade do dono qualquer eventual acidente em função da falta dos equipamentos de contenção.

VIA GRITOS DE ALERTA

MEDITAÇÃO DO DIA

Fique Longe da Zona Proibida

Estejam alerta e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. 1 Pedro 5:8


Na revista Seleções, Jim Grant conta a história de um homem de negócios com excesso de peso que decidiu que estava na hora de perder uns bons quilos. Levava a sério sua dieta, chegando mesmo a mudar de rota para evitar a doceria favorita. Certa manhã, entretanto, ele apareceu no trabalho com um bolo gigante de chocolate. Os colegas de escritório começaram a zombar dele, mas ele permanecia impassível com seu sorriso. “Este é um bolo especial”, disse. “Acidentalmente, tive que passar em frente à doceria nesta manhã e ali, na vitrine, havia grande quantidade de bolos. Senti que não era tão acidental assim, e orei: ‘Senhor, se é de Tua vontade que eu compre um destes bolos de chocolate, que haja um lugar para estacionar em frente da porta da doceria’. Depois de oito voltas na quadra, apareceu o lugar.”


A tentação vem. Não importa se é um pedaço de bolo, ou alguma coisa que você não deve ter, algo que você não deve fazer, ou um lugar aonde não deve ir.


O aviso é: “Fique longe da zona de perigo!” Paulo diz: “Fujam da imoralidade” (1Co 6:18). Quer dizer, corra na direção contrária. Se você tem problemas com bebida alcoólica, não passe em frente ao bar. Se gosta de dançar, não vá aonde possa escutar o som da “balada”. Em outras palavras, não fique nadando nem brincando ao redor da isca, muito menos olhando para ela.


Quão perto posso me aproximar do fogo e não me queimar? E se eu sair quando sentir cheiro de fumaça? A preocupação deve ser: Como posso ficar o mais longe possível do pecado?


O diabo pode dizer: “Tire uma folga espiritual neste fim de semana. Só hoje à noite. Só uma hora. Afinal, é só uma visita à zona proibida. Você é maduro e sabe que não vai ficar lá.”


Por ocasião do lançamento do filme A Paixão de Cristo, Mel Gibson esteve presente a uma grande concentração de pastores na cidade de Chicago. Perguntaram-lhe por que tinha colocado uma mulher com véu para representar o mal. “O mal toma a forma de beleza, é quase bonito... ele se disfarça e se mascara, mas se as antenas de vocês estiverem ligadas, vão identificá-lo.”


Pedro adverte: “Cuidado, há um gato predador pronto para saltar sobre a presa. Nada de cochilar!” Através do poder da graça de Deus, você experimentará vitória sobre a tentação.

Bispo Edir Macedo publica critica sobre forma das Igrejas Pentencostais de receberem o Espírito Santo

Bispo Edir Macedo publica critica sobre forma das Igrejas Pentencostais de receberem o Espírito SantoO Bispo Edir Macedo, líder máximo da Igreja Universal do Reino de Deus, publicou uma mensagem em seu blog pessoal criticando a doutrina de diversas igrejas pentencostas. A mensagem seria o relato de um outro Bispo da denominação que teria vivido uma experiência inusitada na Austrália, ele teria sido surpreendido ao assinar contrato com uma empresa seguradora, pois o corretor lhe teria perguntado a respeito da prática da doutrina do Espírito Santo, questionando se eles costumavam ‘cair no Espírito’.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Comunidades pentecostais têm como parte de sua doutrina o que seria o recebimento da presença do Espírito Santo de uma forma expressiva, às vezes causando ataques de risos, choro e muitas delas caem e rolam no chão tomadas pela manifestação dos sinais do Espírito.
Há uma lei outorgada na Austrália, na qual qualquer lugar privado que dá acesso a circulação de pessoas - inclusive igrejas -precisa ter posse de uma Apólice de Seguro, que recebe o nome de “Liability Insurance”, esta que serve pra dar suporte caso alguém sofra algum acidente no local, eles em quaisquer que seja o nível.
O Bispo Marcelo Cardoso, líder da Igreja Universal australiana, ao fazer o cumprimento judicial para a mesma foi surpreendido com uma pergunta feito pelo corretor enviado pela Seguradora que os atende (segundo ele a maior da Austrália). O corretor lhes perguntou se eles incentivavam as pessoas a “caírem pelo Espírito” (“slaying in the spirit”) e apontou para a ficha de de informações para obtenção de seguro da seguradora que deveria ser preenchida por eles. No documento cadastral estava impresso uma pergunta se eles eram praticantes da doutrina de ‘cair no espírito’, contendo opções para marcar um ‘x’ de sim ou não.
A explicação para esta segmentação das seguradoras australianas – empresas sem qualquer vínculo religioso – surgiu a partir do próprio corretor ao informar que costuma adotar de um critério um pouco diferente de seguro para as igrejas que adotam esta doutrina.
Segundo o que o Bispo da Igreja Universal disse, muitos dos crentes freqüentadores dessas igrejas que aderem as manifestações visíveis do poder do Espírito Santo, ao caírem na unção acabam por algumas vezes quebrando algum braço, ferindo a cabeça e caindo sobre outros. Quando não se machucam, sem intenção alguma atingem a outros. Ele ainda afirma existem batalhas judiciais por danos causados às pessoas e por pessoas que “caíram no espírito”.
O Bispo Marcelo afirmou que é contra essa doutrina porque sua “inteligência não concebia o fato de ver a minha esposa lavando e passando a minha roupa, com tanto carinho e sacrifício, para depois de vesti-la, ficar rolando e sujando pelo chão, destruindo todo o trabalho dela”. O líder da Igreja Universal na Austrália disse em mensagem publicada pelo Bispo Edir Macedo em seu blog que “este é um exemplo típico de desgraça causada aos incautos, por desconhecerem o verdadeiro batismo do Espírito Santo. O Espírito Santo não machuca as pessoas, mas cura as feridas! O Espírito Santo não nos joga no chão, mas nos levanta! O Espírito Santo não ensina religião, mas ensina toda a verdade! O Espírito Santo não causa confusão, mas conserta e consola”, afirma.


Fonte: Gospel+
VIA GRITOS DE ALERTA