domingo, 20 de maio de 2012

OS COVARDES TEM UM LUGAR CERTO , O INFERNO


Fico pensando , quando Deus o Pai , em contacto com Jesus , seu Filho , comunica sobre os planos de salvação para o homem.
Mostra que os mesmos( homens e mulheres) , se nada fosse feito naquele momento  iriam perecer no fogo eterno , na perdição eternal.
É coisa maravilhosa a disposição dos que sem covardia se lançam em crer que Deus fará o impossível.
Jesus Cristo , naquele momento se lança , mesmo sabendo que não seria nada fácil.
Muitos querem servir em um evangelho fácil , sem lutas , pois os covardes não gostam de lutas.
Os covardes gostam de coisas fáceis , de pedir oração , de lembrar para serem lembrados nos jejuns da igreja , covardes são despresives e reprovados por Deus.
Até uma afirmativa do Próprio Deus falando que no céu não entra os covardes.
Vejo tantos covardes que se dizendo cristãos sujam e maculam o sacrifico de Cristo , pois são mensageiros de Satanás infiltrados no meio da Verdadeira Igreja.
Muitos que são desafiados pela fé a doarem seus recursos em favor do evangelho da Salvação  e se recusam ,colocando sua vida a favor das coisas terrenas , e se esquecendo que tudo isso aqui passa.
Pessoas que tem prazer nas coisas canais , pessoas que tem prazer nas coisas da terra , amam a corrupção , a prostituição , o roubo , a lacivia , a hipocrisia etc.
Esses covardes não querem compromisso com o Reino de Deus e sim querem compromisso com o sistema corrupto , que lesa as pessoas de bem e fazem das mal dosas acções um meio de vida.

Covardes não gostam de desafios , covarde gosta de prato feito.
Covardes não fala alto , covarde murmura.
Covardes vivem se escondendo quando são cobrados a terem mais responsabilidade para com as coisas de Deus.
Covardes são cruéis e mentirosos ,pois vivem uma vida de engano para si e para os que estão ao seu redor .
Covardes serão banidos , não entrarão no céu.
Covarde não gosta de pescar , mas gosta de saborear um peixe pronto.
Desafios não são para os covardes , pois eles correm quando avistam um.

É como esse refrão da musica do grupo  Apocalipse 16

Guerreiro é guerreiro, lutador é lutador.
Covarde é covarde, perdedor é perdedor.
O mundo é o ringue e você é o gladiador.
Firmeza na rocha e fé no Redentor.
Só mesmo um sofredor pra entender a dor de outro sofredor.
Deixa na mão de Deus e confia no senhor.

Pior de tudo é que nas igrejas tem um bando de covardes em cima de puptos , com medo de falarem a verdade , pois a verdade liberta e a mentira mantém o erro em destaque .
E muitas igrejas estão erradas a começar dos puptos.
Muitas igrejas pregando um evangelho leve , onde você faz o que quiser , pois os covardes não assumem a responsabilidade que nosso Deus deixou para os lideres, e ainda mais nesses finais de tempos , onde muitos estão se acovardando e colocando as suas ovelhas a mercê dos lobos destruidores.






Me recordo da passagem onde Deus mostra ao seu servo que dos 30 mil homens 22 mil eram covardes.
DEUS REJEITA OS QUE FICAM EM CIMA DO MURO , MAS CAPACITA OS QUE VERDADEIRAMENTE SE LANÇAM NA PELEJA.

Chegou o dia da grande batalha (Juízes 7). Gideão conduziu seu exército de 32.000 israelitas para o campo de conflito contra 135.000 midianitas. Sua desvantagem militar era de 4 contra 1! Deus não deixou Gideão entrar na batalha com este número de soldados. Em duas etapas, ele diminuiu a força militar de Israel. Primeiro, 22.000 voltaram para casa, e os midianitas ficaram com uma vantagem de 13,5 contra 1. Na segunda etapa, Deus mandou embora mais 9.700 israelitas, deixando Gideão com apenas 300 soldados. Para vencer o inimigo, cada soldado israelita teria que vencer 450 do inimigo!
Deus capacita os valentes , mas exclui os covardes.
Gideão será lembrado eternamente como exemplo de fé ( Hebreus 11:32). A grandeza desse homem não se encontra na sua força física, nem na sua inteligência, nem na sua auto-confiança. A Bíblia não comenta sobre sua aparência física nem sobre seu jeito de falar. Gideão se destacou na História, não por ser um grande homem, mas por ter um grande Deus. Deus é capaz de transformar os fracos, os tímidos e os abatidos para dar grandes vitórias ao seu povo. Como Gideão disse: "O Senhor vos dominará" (Juízes 8:23).
Os covardes nunca tem espaço em boas lembranças , mas são lançados no esquecimento , pois no CÉU , tem lugar preparado somente para os valentes.

AFINAL , VOCÊ TEM SIDO VALENTE DO SENHOR OU UM COVARDE PRONTO PARA IR AO INFERNO ?

Bispo Roberto Torrecilhas
www.gritosdealerta.blogspot.com
www.gritosdealerta.com
ubpes@yahoo.com.br 

TRÊS ISRAELITAS DETIDOS POR ORAR NO MONTE DO TEMPLO


Três soldados israelitas foram hoje detidos por fazerem orações no Monte do Templo, em Jerusalém, que eles e outros estavam visitando junto com vários membros do Knesset (parlamento) em comemoração ao Dia de Jerusalém.
O Dia de Jerusalém assinala a reunificação da Cidade em 1967 sob a governação judaica. Um dos aspectos mais significativos e importantes da reunificação é que o Monte do Templo voltou às mãos dos judeus pela primeira vez desde que os romanos arrasaram o local sagrado no ano 70 d.C.
Com os comandantes israelitas declarando "o Monte do Templo está nas nossas mãos", os judeus de todo o mundo acreditaram que poderiam novamente adorar no local mais sagrado do seu povo. Mas o "politicamente correcto" e o medo do islamismo fizeram desmoronar estas esperanças, e Israel - ainda que reluntantemente - colocou uma proibição a todas as orações de judeus e cristãos feitas no cimo do Monte do Templo, actualmente ocupado pelos muçulmanos.

Todos os anos pequenos grupos de judeus e cristãos desafiam o status quo ao tentarem orar no Monte do Templo. E foi isso que mais uma vez aconteceu hoje, quando um grupo de israelitas da direita visitaram o local juntamente com os membros do Knesset Michael Ben Ari e Uri Ariel, do partido da União Nacional. A certa altura da visita, Ben Ari juntou-se a três outros visitantes judeus na recitação em voz alta de uma oração judaica.
Isso foi o suficiente para que representantes islâmicos (que vigiam de perto os visitantes judeus e cristãos) se irassem e para que a policia israelita se apresentasse e exigisse que os judeus parassem com as orações. Quando os visitantes judeus recusaram parar as orações, três deles acabaram detidos (Ben Ari escapou à detenção devido à sua imunidade parlamentar).

O deputado Ariel publicou mais tarde uma declaração insistindo que o Monte do Templo "está sob soberania israelita e portanto o governo israelita tem de permitir a cada judeu de poder cumprir os seus direitos e poder subir e orar no Monte do Templo."
Qualquer dia, mais tarde ou mais cedo, esse direito vai-se concretizar, pois que o espaço pertence por direito histórico ao povo de Israel, tendo sido comprado pelo próprio rei David há 3 mil anos atrás.
Shalom, Israel!

Minissérie “Rei Davi”, exibida pela Record, foi sucesso também fora do Brasil

Minissérie “Rei Davi”, exibida pela Record, foi sucesso também fora do Brasil
O sucesso da minissérie “Rei Davi”, exibida pela Rede Record, ultrapassou a barreira nacional e se espalhou por ouros países, onde foi exibida pela pelo braço internacional da emissora.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Além do Brasil, “Rei Davi” foi exibido, no Japão, nos Estados Unidos e em vários países da Europa, como Portugal, pela Record Internacional. O sucesso internacional da trama foi constatado pelos atores João Vitti, que viveu Joabe (braço direito de Davi), e Paulo Figueiredo, que viveu Aitofel, que em viajem para Portugal descobriram que a minissérie também conquistou o público português.
De acordo com o R7, os atores falaram do assédio do público no país, em decorrência do sucesso da série: “Estive em Portugal e foi uma loucura o assédio do público comigo. A minissérie é um grande sucesso por lá também”, explicou Vitti. Já Figueiredo afirmou: “’Rei Davi’ tem um público imenso em Portugal, é sucesso mesmo. Em toda parte a gente é reconhecido e o nosso trabalho elogiado com sinceridade pelo público português. Nossa minissérie é vista com grande admiração pela qualidade técnica e artística”.
Fonte: Gospel+

Silas Malafaia devolve parte da verba destinada à Marcha para Jesus

Silas Malafaia devolve parte da verba destinada à Marcha para Jesus
Durante a concentração da Marcha para Jesus do Rio de Janeiro, o pastor Silas Malafaia, que comandava o evento, comunicou que devolveria parte do dinheiro recebido pela prefeitura para a realização do ato religioso que reuniu cerca de 300 mil pessoas no último sábado (19).
A Prefeitura do Rio, por meio da Riotur, destinou R$2,48 milhões para a organização da Marcha, mas deste valor o pastor assembleiano se comprometeu a devolver R$410 mil que não foram utilizados porque a Associação Vitória em Cristo, presidida por ele, também colaborou financeiramente com o evento.
“Pela primeira vez tivemos o apoio da prefeitura na organização, mas comunico que devolvo parte do dinheiro que a prefeitura nos deu para organizar. O povo de Deus é correto”, disse Malafaia que estava ao lado do prefeito Eduardo Paes e do senador Lindberg Faria.
A Marcha para Jesus do Rio começou às 14h40 saindo da Central do Brasil rumo a Praça da Cinelândia, sete trios elétricos guiaram as centenas de milhares de pessoas que saíram pelas ruas declarando que Jesus Cristo é o Senhor.
Aproveitando a reunião, Malafaia usou o espaço para explicar os motivos que o levam a ser contra ao PL 122 que criminaliza a homofobia. “Nós, evangélicos, podemos criticar a conduta dos homossexuais, porque a constituição garante liberdade de expressão. Não discriminamos os homossexuais, mas condenamos o homossexualismo”, disse ele.
Sobre o dinheiro dado pela prefeitura para eventos como a Parada Gay, o líder religioso não se mostrou contrário. “Acho que o papel da prefeitura é apoiar todos eventos, manifestação católica ou parada gay. Sou contra qualquer tipo de descriminação, qualquer tipo de preconceito. Tenho amigos gays”.
Mas Malafaia também ironizou sobre a verba gasta com esses eventos. “Quero ver parada gay devolver algum dinheiro de evento”. Silas Malafaia é considerado um dos maiores inimigos do movimento LGBT por se posicionar contra leis que, segundo ele, geram privilégios para os homossexuais, como psicólogo ele afirma que é um comportamento e não uma característica do ser.
Com informações O Globo


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/silas-malafaia-devolve-verba-da-riotur-para-realizao-da-marcha-para-jesus/#ixzz1vRXKvzEr

Ricardo Gondim reclama das críticas que recebe de outros líderes evangélicos

Ricardo Gondim reclama das críticas que recebe de outros líderes evangélicos
Em um texto de seu blog, o pastor Ricardo Gondim reclama de não ter direito de resposta diante das críticas constantes que recebe de outros pastores. Por diversas vezes suas opiniões sobre temas importantes do cristianismo geraram polêmicas e foram bastantes criticadas.
“Já me xingaram com todos os predicados que a piedosa linguagem gospel permite”, escreveu Gondim em um breve texto encerrado com um poema de Cecília Meireles.
Durante essa semana uma fala dita por ele em 2008 voltou a ser comentada por pastores.
Em um vídeo postado no Youtube, Gondim afirmou que em sua opinião a salvação não é exclusiva do cristianismo e que outras religiões também podem oferecê-la. “Essa expressão salvação está muito desgastada”, disse o líder da Igreja Betesda que considera o tema de ser salvo – ir para o Céu e ficar livre de sofrer no inferno – é uma tese medieval.
“O conceito que nós precisamos rever é quando Jesus diz que veio para trazer vida e vida em abundância”, disse ele que considera que o cristianismo é uma fonte para ter essa vida em abundância, mas não é a única.
Em seu blog o pastor Renato Vargens citou o que R.C. Sproul diz sobre o tema em seu livro “Verdades Essenciais da Fé Cristã” e ainda dá sua opinião sobre a fala de Ricardo Gondim dizendo: “Acredito também, por intermédio das Escrituras que a salvação vem por Jesus, através de Jesus e mediante Jesus e que não se é possível ser salvo, fora de Cristo, portanto, o budismo, o espiritismo, e qualquer outro ismo não possuem poder para redimir o homem de seus delitos e pecados”.
Apesar de antiga, a declaração de um dos líderes evangélicos mais polêmicos da atualidade fez com que outro líder tocasse no assunto desabafando contra quem acredita que há salvação longe fora do cristianismo. “Quando sacerdotes “cristãos” afirmam que há outros caminhos para a salvação que não seja Jesus, só há um veredito: Apostasia. #Trágico”, escreveu em seu Twitter o bispo Walter McAlister.
Assista o vídeo:


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/ricardo-gondim-reclama-das-crticas-que-tem-sofrido/#ixzz1vRWx1XPm

DIREITOS IGUAIS A TODAS RELIGIÕES ?

O livre exercício de crenças e cultos religiosos, com total igualdade de direitos, conforme projeto de lei do deputado George Hilton (PRB-MG), será tema de audiência pública na Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

Requerimento com esse objetivo, apresentado pelo relator da matéria na CAS, senador Eduardo Suplicy (PT-SP), foi aprovado nesta quarta-feira (16) pela comissão.

Suplicy explicou que o projeto de Lei da Câmara (PLC 160/2009) trata dos direitos e garantias fundamentais ao livre exercício da crença e dos cultos religiosos.

A proposta, destacou, visa estender a todas as demais religiões os direitos usufruídos pela Igreja Católica, como representações nas capelanias das Forças Armadas, criação e administração de universidades e prestação de serviços em hospitais e entidades de assistência social.

O senador disse que é preciso discutir dispositivos do projeto, considerado por ele “polêmico”. Entre os questionamentos do senador estão a interferência do projeto na condição laica do Estado brasileiro, a obrigatoriedade de o Estado oferecer ensino religioso e o interesse das religiões na aprovação do projeto.

- Para responder a esses questionamentos é que sugiro a audiência com especialistas – disse Suplicy, ao declarar que o debate foi recomendado pela assessoria jurídica e estudiosos da área de religião.

A proposta já foi aprovada pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) e após aprovação na CAS ainda será examinada pelas comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Fonte: Agência Senado

SUJEIRA NOS VENTILADORES DO VATICANO.

Em nota, o Vaticano afirma que o vazamento violou os direitos pessoais de privacidade e liberdade de correspondência do papa Bento 16.

O Vaticano anunciou neste sábado que levará à Justiça os autores do vazamento de documentos reservados e cartas confidenciais ao papa Bento 16 e outras autoridades da Santa Sé, cuja publicação classificou como "ato criminoso".

"A nova publicação de documentos privados do Santo Padre e da Santa Sé não é somente difamatória, mas assume claramente o caráter de um ato criminoso", informa o Escritório de Imprensa vaticana em comunicado, após o lançamento na Itália do livro "Sua Santità" (Vossa Santidade), do jornalista Gianluigi Nuzzi, com novos textos que revelam tramas e intrigas no Vaticano.

Na nota, o Vaticano afirma que o vazamento violou os direitos pessoais de privacidade e liberdade de correspondência de Bento 16, seus colaboradores e as pessoas que lhe enviaram as mensagens.

O comunicado indica ainda que a Santa Sé continuará investigando "sobre esses atos de violação da privacidade" do pontífice, como pessoa e também como Autoridade Suprema da Igreja Católica e do Estado da Cidade do Vaticano.

"A Santa Sé dará os passos oportunos para que os autores do roubo, da chantagem e da divulgação de notícias secretas, assim como do uso comercial de documentos privados, ilegitimamente obtidos, respondam seus atos na Justiça", ressalta. O Vaticano não descarta, "se necessário", pedir a colaboração internacional para investigar o incidente.

LIVRO

O livro "Sua Santità" compila uma centena de documentos reservados e cartas confidenciais ao papa e a seu secretário sobre temas como a cessação da violência anunciada pela organização terrorista ETA em outubro de 2011 e a cobertura que se deu no Vaticano ao fundador dos Legionários de Cristo, o falecido sacerdote mexicano Marcial Maciel, afastado de suas funções por Bento 16 devido ao escândalo que o envolveu por pedofilia.

Outros documentos se referem a "notas reservadas" sobre o presidente italiano, Giorgio Napolitano, prévias a um encontro que o líder manteve com o papa, e relatórios confidenciais relativos à defesa do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi no caso Ruby sobre suposta prostituição de menores.

O livro chega a revelar inclusive o número de conta aberta por Bento 16 no IOR, o banco vaticano, no dia 10 de outubro de 2007.

Estes novos documentos se somam aos publicados recentemente pela imprensa italiana, entre eles uma carta enviada ao papa pelo atual núncio apostólico nos EUA, arcebispo Carlo Maria Vigano, que alertava sobre a "corrupção, prevaricação e má gestão" na administração vaticana.

Fonte: Tribuna Hoje

Silas Malafaia explica “rompimento” com Edir Macedo e Valdemiro Santiago

Silas Malafaia explica “rompimento” com Edir Macedo e Valdemiro Santiago
O pastor Silas Malafaia 53 anos, não teme polêmicas. Neste sábado (19) ele foi um dos líderes da Marcha para Jesus no Rio de Janeiro, que reuniu mais de 300 mil pessoas. Há 30 anos pregando na televisão, seu programa “Vitória em Cristo” é exibido todos os sábados na Band, Rede TV e CNT. Durante a semana apenas na CNT. Mensalmente paga R$ 900 mil para a Rede TV, R$ 450 mil para a CNT, e um valor não divulgado para a Rede Bandeirantes. Tem ainda uma versão dublada de seus programas exibida em mais de 200 países via satélite.
Seu pai foi militar da Aeronáutica e mãe, educadora, ambos eram evangélicos. Casado com Elizete, que conheceu aos 14 anos, Silas tem três filhos com ela.
Em entrevista publicada pelo portal IG neste sábado, ele respondeu várias perguntas, sem fugir das polêmicas a que está acostumado.
Ele ressaltou que a Marcha para Jesus do Rio este ano é baseada em quatro princípios: em favor da liberdade de expressão, da vida, da liberdade religiosa e da família tradicional composta por homem, mulher e seus filhos.
Malafaia mais uma vez afirmou porque é contra a união de homossexuais, mas negou ser homofóbico. E foi mais além. “Homofobia é falácia de ativista gay para manter verbas para suas ONGs para fazer propaganda de que o Brasil é um país homofóbico. Homofóbico uma vírgula, amigo”.
Enfatizou que “Os grupos ativistas gays passam de usuários da liberdade de expressão para censores. Essa lei, como está aqui no Brasil, não existe em nenhum lugar do planeta Terra. Ela fere frontalmente a Constituição, é uma piada. A Constituição diz que ninguém pode ser cerceado por convicção religiosa, política ou filosófica. É uma lei do privilégio”,.
Perguntado o que faria se o seu filho fosse gay, o pastor foi categórico: “Amaria 100% e condenaria sua prática 100%. Não deixaria de amá-lo, mas garanto que ia condenar. Há uma ideia na sociedade de que amar é ser tolerante e encobrir o erro do outro. Pelo contrário, amar é dizer a verdade e confrontar o outro para ajudá-lo a ser melhor”.
Ao falar sobre outra de suas bandeiras, o aborto, declarou: “sou contra qualquer tipo de aborto e te explico o motivo. Na gestação, o agente passivo é a mãe. O agente ativo é o feto, ele não é prolongamento do corpo da mãe. É o bebê que regula a estação da mãe, o líquido amniótico. Se não estivesse protegido por aquela capa, ele era expulso do corpo da mulher como um corpo estranho. Doa essa criança!”
Embora muitas vezes seja comparado com o bispo Edir Macedo e o apóstolo Valdemiro Santiago, diz que embora tenha defendido ambos, hoje eles não têm boas relações. “Mantenho distância dos dois por causa das posturas desleais que ambos tiveram comigo. O Valdemiro comprou o meu horário na TV, oferecendo uma quantia maior. Defendo o cara no meu programa quando outros descem o pau nele e ele vai por trás e compra o meu horário? (Indignado) Tenho princípio de caráter e moral, amigo.
O Macedo eu defendi, sem ter me pedido, quando ele foi preso. Marquei minha posição. Aí, ele aumentou quase dez vezes o valor do horário que eu tinha na emissora dele para me colocar para fora porque não quis participar de um esquema político… Ele queria que eu me candidatasse em 1998 a deputado federal e neguei. Se ele tivesse caráter e falasse que não me queria mais na emissora dele, eu o teria respeitado. Sua atitude não foi só deselegante, como também faltou ética”.
Silas Malafaia também foi questionado sobre suas campanhas que pedem doações financeiras e que muitas vezes são criticadas. Sua resposta foi “Não posso prometer aquilo que não tenho poder para dar. Uma coisa é dizer (eleva o tom de voz): me dê uma oferta que você vai comprar a sua casa própria. Outra coisa é dizer (abaixa o tom de voz): meus irmãos, quero fazer uma campanha de fé para quem desejar. Se você não crê, não faça.
Quer ir à minha igreja para ver os testemunhos de quantas pessoas que moravam de aluguel compraram a casa própria? Irmão, com todo respeito, não sou um pastor analfabeto. Tenho formação. Não sou um mané e nem minha igreja é de idiotas. Se chego na minha igreja e digo que, se o cara der uma oferta, ele ganha aquilo, sou colocado pra fora”.
Ele explica que seu sustento vem dos seus negócios: “Sou dono da editora Central Gospel… segunda maior editora gospel do País. Ela fatura mais de R$ 50 milhões por ano… Sou o pastor que mais vende palestras em DVD e livros no País. No ano passado, só a Avon comprou mais de 500 mil livros meus. Nos últimos cinco anos, vendi em cada ano mais de um milhão de livros. Como tenho outro meio de renda, abri mão do salário da igreja”.
Mas fez uma ressalva: “Meu amigo, o único animal que tenho é um cachorro, não tenho gado, fazenda nem sítio. Moro em uma boa casa em um condomínio no Recreio dos Bandeirantes (zona oeste do Rio), que adquiri a cinco ou seis anos. Tenho minha consciência limpa”.
Por fim, explicou quanto ganham os pastores de sua denominação, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo: “Tenho pastores que ganham entre R$ 4 mil e R$ 22 mil. Pastores que mando para outro estado, pago casa, água, luz, escola dos filhos, gasolina. Dou dignidade aos caras. Não trabalho com zé bobão. Tinha dois pastores que eram advogados e possuíam escritórios de advocacia.
Cheguei e perguntei: amigo, o que você quer ser? Pastor ou advogado? Qual é teu chamado? Pastor? Então fecha essa porcaria e vem comigo. Não tenho gente que não ia ser nada na vida e virou pastor”.


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/silas-malafaia-explica-rompimento-com-edir-macedo-e-valdemiro-santiago/#ixzz1vPOg1GEO

Falsa profetiza é desmascarada durante culto

Falsa profetiza é desmascarada durante culto
A pastora Dayna Muldoon define-se como “evangelista e cantora”, mas costumeiramente conduz cultos caracterizados por profecias e milagres. A breve biografia que postou em uma rede social traz o seguinte relato “Uma noite, aos quinze anos de idade, ela estava orando em seu quarto e derramou seu coração, pedindo que Deus desse direção à sua vida. Foi nesse momento que ela teve uma visitação do Senhor que lhe deu um chamado”.
Esta semana, foi postado um vídeo no Youtube que tem chamado a atenção de centenas de pessoas. Em um dos cultos que ela conduzia numa “tenda de avivamento” em frente à igreja Calvary Chapel em Saint Pestersburg, Florida. O pastor Scott Rodriguez, que estava presente no local, pediu para falar e, julgando ser um testemunho, a pastora Dayna permitiu.
Surpreendentemente, ele pediu que as pessoas orassem pela pastora, pois a mensagem que ela estava trazendo não era o evangelho. “A mensagem de Deus não é milagres, mas compartilhar o sangue de Jesus Cristo que limpa pecadores humilhados. E quando milagres são enfatizados, Jesus é negado!”, disse Scott. Imediatamente alguns dos presentes começaram a protestar e ele foi cercado por algumas mulheres que sentiram-se ofendidas. A pastora Dayana, visivelmente constrangida, pediu que o pasto Scott saísse da tenda para evitar uma confusão.
Mais tarde, ele postou em seu blog a sua versão dos fatos. “A senhora Muldoon montou uma tenda para sua cruzada de sete dias do outro lado da rua, exatamente em frente à nossa igreja. Ela ficará lá até o próximo domingo (20/5)… Algumas pessoas que estavam presentes nos primeiros cultos que ela ministrou pediram minha opinião sobre o teor de suas mensagens… No sábado passado, decidi falar com ela e seu empresário (Dennis) depois do culto… Eles sentiram que as pessoas de nossa igreja que estavam presentes os estavam criticando…
Eu perguntei o que eles estavam pregando para ter uma ideia melhor sobre o seu ministério, e explique nossa igreja prega apenas o Evangelho e os membros iriam estranhar se ouvissem algo diferente… Ela alegou estar pregando a mesma mensagem que eu descrevi: Cristo veio em carne para morrer numa cruz pelos pecados do homem, foi sepultado e ressuscitou 3 dias depois, e Deus Pai deseja que as pessoas abandonem o pecado e coloquem sua fé na obra consumada do Seu Filho na cruz, para serem salvos e que não há outro caminho para a salvação. Ela concordou que esta era a sua mensagem básica, mas que também acreditava em milagres… Voltei na noite seguinte… Durante cerca de uma hora ouvi o que classifico como pregação pentecostal normal, nada de muito chocante.
No entanto, após a sua mensagem ela começou com atitudes fraudulentas, de “ministrar no Espírito Santo”. Ela começou a impor as mãos sobre as pessoas que respondiam girando, gritando, temendo o corpo, agitando os braços, batendo nas cadeiras, atirando-se (não caindo) no chão. Ela profetizou para 3 mulheres, dizendo que elas estavam sentadas onde o Pai, Filho e Espírito Santo também estavam e que iriam se casar em junho. Embora agisse como se não soubesse nada sobre suas vidas pessoais, eu reconheci uma, que era a advogada do ministério… e as outras duas também eram conhecidas da pastora.
Ela disse que os anjos estavam lá e que poderia haver vozes de anjos cantando a sua música, porque eles a seguiram por toda parte… Finalmente, achei que tinha acabado, mas ela veio até onde eu estava, sentado na primeira fila, e começou a entregar uma “profecia”…. Eu me levantei (mas provavelmente deveria ter apenas saído)… Ela começou a dizer que eu estava lá porque Deus tinha… algo para me entregar através dela.
Então ela continuou falando muitas coisas… Mas eu sabia que era mentira… Naquele momento senti que precisava deixar claro que não concordava com a mensagem nem com o ministério dela, e foi isso que tentei fazer.
Infelizmente eu acho que parece no vídeo que sou um cara que entrou na fila para receber oração e, em seguida, aproveitou a oportunidade para dizer tudo aquilo… Não é verdade… Peço perdão ao Senhor e aos meus irmãos se pareceu que eu estava querendo me exibir ou que tentei substituir o Espírito Santo… Saibam que eu não sou o homem corajoso que alguns pensam que eu sou. Sou um homem falho, que teme a opinião dos outros como todo mundo, mas todos nós precisamos desesperadamente da Cruz. Principalmente eu”.
Assista:


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/falsa-profetiza-e-desmascarada-durante-culto/#ixzz1vPOGQvh5