quarta-feira, 30 de abril de 2014

COMUNISMO X CRISTIANISMO




A família é a base da sociedade, o matrimônio é uma instituição indissolúvel. A família e o matrimônio são princípios firmados na sociologia, no código de leis dos antigos hebreus e no ensino de Jesus Cristo e seus discipulos. Do mesmo modo é o princípio do direito à propriedade, o respeito às instituições e o respeito ao poder democrático constituido, tudo isso como condição primaz de paz e prosperidade das Nações.


O autor de Hebreus diz: "Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros". A família é o embrião da pátria, foi o que disse Jesus Cristo: "Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem". O casamento é um belo retrato que simboliza a união de Jesus cristo com a sua igreja: "As mulheres sejam submissas ao seu próprio marido, como ao Senhor; porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da Igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo". (Efésios 5: 22, 23).

A Bíblia Sagrada, Palavra de Deus, tem a resposta certa para cada assunto da vida Social. O apóstolo Paulo ordena também que se obedeça as autoridades, diz ele: “Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; sejam obedientes, estejam prontos para toda boa obra”. Ainda em Romanos 13: 1-2, diz: “Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação”.

Enquanto o comunismo alega uma igualdade total entre os homens, nivelando a todos por baixo, colocando o Estado como superior a todos, a Bíblia nos diz que há desigualdade relativa entre os homens. Fala da relação entre patrões e empregados servos e livres e ricos e pobres.

Rico e pobre, para Deus é diferente do que é para nós. A Bíblia regula as relações e as obrigações entre as classes. Para Deus o rico é apenas um mordomo, administrador dos bens que possui em seu favor e em favor aos outros. A Bíblia ensina que o rico não deve reter o salário do pobre, mas diz que o pobre deve se contentar com o seu soldo.

Aos empregados e aos patrões, a Bíblia ensina: “Quanto a vós outros, servos, obedecei a vosso senhor segundo a carne com temor e tremor, na sinceridade do vosso coração, como a Cristo, não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo, de coração, a vontade de Deus; servindo de boa vontade, como ao Senhor e não como a homens, certos de que cada um, se fizer alguma cousa boa, receberá isso outra vez do Senhor, quer seja servo, quer livre. E vós, senhores, de igual modo procedei para com eles, deixando as ameaças, sabendo que o Senhor, tanto deles como vosso, está nos céus e que para com ele não há acepção de pessoas”.

Jesus Cristo reconheceu a desigualdade de ordem econômica entre as pessoas. Jesus Cristo disse que aos pobres se anuncia o Evangelho (Lucas 7:22). “Os pobres tendes sempre convosco” (João 12: 8).

Os políticos “comunistas” dizem que Jesus Cristo era um “comunista” e que os seus discípulos também eram. Lêdo engano. A comunhão de bens entre os discípulos, conforme diz Atos 4:32 – 5:10, foi uma medida transitória, era uma medida emergencial nos dias em que a igreja estava perseguida pelo Império Romano. Logo desapareceu. Não era obrigatório e nem mandamento. Barnabé entregou voluntariamente. O apóstolo Pedro reconheceu o direito de Ananias e Safira de ficarem com o dinheiro da venda do campo deles. O pecado de Ananias foi mentir sobre o valor da venda do terreno.

Quando o diaconato foi instituído, tinha como objetivo primordial, o auxílio às viúvas pobres (Atos 6: 1-7). O apóstolo Paulo organizou entre as Igrejas uma coleta que tinha como objetivo auxílio aos pobres (I Cor. 16: 1-4).

O cristianismo é benevolente. A despeito de muitos pilantras que usam a religião e o nome de Deus para se locupletarem, o cristianismo auxilia e recupera a vida das pessoas e da sociedade. O cristianismo é a religião do amor, que inclusive é uma das três virtudes do cristianismo. O amor que o cristianismo propaga, não trata apenas de beneficiar aqueles que tem fome ou os que estão desnudos. Tem a sua finalidade espiritual (a mais importante para o homem), ao lado das questões materiais. É portanto do espírito do cristianismo que haja desigualdade de condições e de recursos entre os homens, para que se pratique a Lei sublime do amor.

O “comunismo” como sistema político e ideológico contrapõem-se à pratica evangélica do amor. A lei da Nova Aliança forma um conjunto harmonioso com a legislação de Moisés sobre o proletariado. Os Mandamentos de Deus dados no Sinai, pressupõem a desigualdade econômica entre os homens, quando ordena: “Não furtarás”...”Não cobiçarás cousa alguma do teu próximo”. (ex. 20: 15, 17).

A ordem de Deus é que os ricos fizessem provisão para os pobres nas Searas, deixando o canto e as espigas caídas na colheita regular (Lev. 19: 9-10, 33: 22; Deut. 24: 19-22). Deus institui o ano sabático, como uma sábia disposição legal a favor do pobre. A terra repousava, e o que produzisse era exclusivamente para o pobre (Êx. 23: 19-21; Lev. 25: 2-7).

Uma outra saída justa era o Ano do Jubileu, onde toda propriedade vendida seria revertida ao seu dono original e aos seus herdeiros. Assim o valor da propriedade vendida pelo judeu pobre, dependia dos anos até o Ano Jubileu (Lev. 25: 8-16).

O profeta Amós repreendeu severamente os que humilhavam e oprimiam os pobres. Como conseqüência da injustiça, Samaria foi destruída e seus habitantes foram escravizados por Sargão II em 722 A.C.

A conclusão que se chega é que:
1 – O conflito entre as classes sociais, entre a ambição e a pobreza, coexiste com o pecado;

2 – O dinheiro é um bom empregado, mas é um péssimo patrão;

3 - Não é pecado ser rico. Pecado é deixar-se possuir pela ganância exacerbada. Pecado é quebrar os mandamentos de Deus nesse particular, pecado é enriquecer-se ilicitamente;

4 – Existe um limite para se amealhar riquezas;

5 – Quando a Lei Divina torna-se o Código das nações, não existe miséria;

6 – O AMOR ao dinheiro é a raiz de todos os males;

7 – No coração onde o ouro é entronizado, não sobra espaço pra Deus;

8 – A ambição pecaminosa leva o homem a ser desumano;

9 – Os juízos de Deus cumprem-se contra a Avareza, tanto aqui como na eternidade;

10 – Deus é a Justiça que eliminará as diferenças de classe social.

O ensino claro da Bíblia é que as pessoas não possuem igual capacidade de administrar e de governar. Um recebe 5 talentos, outro recebe 2 e um outro, apenas 1 (Mateus 25: 15-18). Este princípio de Justiça Divina harmoniza-se com a desigualdade de vocação, de inteligência e de capacidade profissional, tudo resultado da queda pelo pecado.

Nem mesmo a Rússia bolchevique, nem a Cuba castrista, a China de Mao, a Coréia do Norte, comunista e tantas outras nações que adotam esse sistema diabólico, conseguiram vencer o imperativo dessa lei suprema de igualdade relativa à desigualdade dos indivíduos humanos. Nos países comunistas há os que governam e os que são governados, os que ganham milhares de dólares e os que ganham apenas algumas poucas dezenas, os que se regalam em banquetes e os que comem só pra sobreviver. É que os comunistas também são humanos e por isso desiguais na inteligência, nas vocações, e na capacidade profissional.

A doutrina comunista não se enquadra com a Bíblia. Não será o comunismo-socialista que resolverá os problemas econômicos e sociais do Brasil ou dos EUA, ou que trará a felicidade para o proletário. O nosso regime republicano é imperfeito, não podemos negar, mas é melhor do que o melhor dos sistemas socialistas-comunista, que é essencialmente anti-Deus e anti-cristão.

O ensino cristão está consorciado com o sistema democrático econômico tanto quanto com o sistema político democrático. O ensino do cristianismo, nem de longe consorcia-se com o comunismo ou com a ditadura vermelha.

A humanidade precisa da Religião (religare) do Amor. Esse vendaval socialista de paixões tresloucadas que convulsiona a sociedade latino-americana no momento, e que também açoita a mente de jovens, de homens e mulheres inadvertidos de nossa amada pátria brasileira, tem raiz no materialismo, na ausência da fé e do temor de Deus. É o resultado da doutrina de Voltaire, Renan, Strauss, Spinosa, Charles Darwin, Haeckel e Spencer que foi importado por professores universitários desprovidos de dignidade cristã. É o ateísmo europeu que tem sido importado já a bastante tempo.

Cabe aos brasileiros refundar a pátria nos princípios democráticos e cristãos de nossos pais. Cabe a todos nós dar pão ao faminto, visitarmos o doente e o encarcerado, vestirmos o nu e ampararmos o trabalhador. É preciso mudar o país, tirar do poder os governantes ateus, corruptos, enganadores e velhacos. É preciso dar emprego compensador de sua alta função civilizadora. Bons salários relativos à capacidade profissional. É preciso dar escola para o camponês para a sua educação moral e cívica. É preciso exorcizar o demônio comunista-lulista.

Precisamos aperfeiçoar os nossos costumes sociais, dentro da ordem e da justiça de Jesus Cristo. Precisamos aprender o que ele ensinou sobre justiça quando disse: “à César o que é de César, a Deus o que é de Deus”.

O Socialismo-comunista destrói a liberdade fundamental à dignidade humana; a família que é o alicerce da pátria e da sociedade, e a religião cristã, que é o vínculo de relação da criatura com o Criador. O socialismo-comunista é portanto, incompatível com o cristianismo.



http://joaodeca.blogspot.com.br/2010/01/comunismo-x-cristianismo.html

Fiéis da Igreja Universal bancam até série bíblica da Record


A série bíblica "Milagres de Jesus", com orçamento oficial de R$ 16 milhões, teve seus 18 episódios custeados pelos fiéis da Igreja Universal.

Em dificuldades financeiras, a Record teve de pedir ajuda à Igreja Universal do Reino de Deus para colocar no ar a série bíblica Milagres de Jesus, uma das maiores audiências da emissora. Com orçamento oficial de R$ 16 milhões, a série teve seus 18 episódios custeados pelos fiéis da igreja .

Segundo uma alta fonte na emissora, a Igreja Universal teve de aumentar o aporte de dinheiro na Record de R$ 500 milhões para R$ 520 milhões por ano. O acréscimo foi para pagar a produção de Milagres de Jesus, exibida todas as quartas-feiras.

A Record atravessou em 2013 seu pior ano, com a demissão de mais de 2.000 funcionários e cortes na produção de teledramaturgia. No ano passado, a emissora faturou no mercado publicitário R$ 1,280 bilhão. Com o dinheiro da igreja, chegou a R$ 1,8 bilhão. As afiliadas faturaram mais R$ 400 milhões. Ou seja, a igreja é responsável por 24% das receitas de todas as 106 emissoras da rede Record.

A Igreja Universal do Reino de Deus colocava dinheiro na Record de forma legal, comprando a madrugada da emissora. Agora, também financia a produção de programas de seu interesse, como o Escola do Amor, apresentado por Cristiane Cardoso, filha de Edir Macedo, e séries bíblicas.

O financiamento de uma série de dramaturgia compromete o discurso da Record de que a igreja é um cliente "como outro qualquer". A igreja é mais do que apenas uma compradora de horários. É "sócia" da programação.

Procurada desde a última sexta-feira, a Record não se pronunciou.

Fonte: Notícias da TV - UOL

“Guerrilhas” cristãs querem impedir avanço do Islã na Europa

Quando se houve falar de “jihad” (guerra santa) e imposição da “sharia” (lei religiosa muçulmana) o cenário mais provável é algum país do Oriente Médio ou África, onde isso parece sempre estar na ordem do dia.
Contudo, uma guerra religiosa está ocorrendo no século 21 nas ruas de grandes cidades europeias. Depois de vários conflitos na França e na Alemanha, onde os governos tiveram de estabelecer novas leis para agradar os cidadãos muçulmanos, agora o cenário se repete no Reino Unido.
Existem registros de conflito nas ruas de cidades como Londres, onde verdadeiras “guerrilhas” religiosas lutam pelo direito de dizer como as pessoas devem se comportar. São vários os casos de pessoas embriagadas e mulheres usando roupas curtas que foram abordadas por esta espécie de polícia religiosa muçulmana.
Os defensores do fundamentalismo, que usam o nome de Patrulha Islâmica, lutam politicamente pela adoção da sharia no Reino Unido. Do outro lado, o grupo conhecido como Britain First afirma que vai lutar para “retomar o país” da influência islâmica, causada na maioria das vezes por imigrantes.
As cenas do documentário “London’s Holy Turf War” lançado recentemente, mostram o embate desses grupos cristãos e muçulmanos que decidiram patrulhar as mesmas áreas. Os muçulmanos querem que todos os ingleses sigam a lei islâmica, independentemente de sua religião. Já os cristãos querem impedir que eles tenham sucesso. Muitas vezes a polícia é chamada para intervir nas brigas que em alguns casos acabam em mortes.
Os membros do Britain First alegam que o governo tem se calado e sido conivente com os avanços dos muçulmanos. Nas últimas décadas compraram igrejas que estavam fechando e as transformaram em mesquitas. Elegeram alguns políticos que vem tentando influenciar o governo. Usaram verdadeiras fortunas para comprar empresas e vem investindo no patrocínio de times de futebol para melhorarem sua imagem.
No documentário, são mostrados três membros da patrulha religiosa muçulmana sendo presos em dezembro de 2013. Jordan Horner, 19 anos, que desde sua conversão ao Islã chama-se Jamaal Uddin. Ricardo MacFarlane, 36 anos, e mais um jovem de 23 anos, cujo nome não pode ser revelado por razões legais. Eles cumprirão penas por agressão e ameaças a pedestres.
No documentário é possível ver claramente as opiniões de Anjem Choudary, líder da Patrulha Islâmica e de Paul Golding, que comando o Britain First.
Choudary é investigado por seu envolvimento com diversas organizações que estariam envolvidas com atividades terroristas. Seu depoimento é incisivo “É inevitável que os muçulmanos em breve serão a maioria na Grã-Bretanha e alguma forma de sharia será estabelecida. O Islã não é uma religião de paz. É uma religião de submissão. Precisamos nos submeter à vontade de Alá”.
Do outro lado, Golding afirma que o Reino Unido deve permanecer cristão e que os envolvidos com o radicalismo muçulmano deveriam ser enforcados. Explica que sua organização está “fazendo o trabalho que o governo se recusa a fazer, que é reprimir o extremismo muçulmano”. Afirma ainda que se algo não mudar em 10 anos haverá uma verdadeira guerra religiosa pelo território na Europa. Seu pessoal continuamente distribui materiais anti-islâmicos para os pedestres.
Enquanto isso, a Igreja Anglicana, maior grupo cristão do Reino Unido, não se manifesta. Passa mais tempodebatendo sobre o “fim” do pecado, e a “aposentadoria” do diabo e segue nomeando pastores e bispos gaysCom informações Daily Mail.

Israel acusa ONU de exacerbar tensão com cristãos


Autoridades israelenses acusaram coordenador das Nações Unidas de exacerbar a tensão entre o Estado de Israel e os cristãos.

Autoridades israelenses acusaram nesta terça-feira o coordenador das Nações Unidas para o processo de paz no Oriente Médio, Robert Serry, de exacerbar a tensão entre o Estado de Israel e os cristãos durante a Páscoa.

Em uma carta ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, o embaixador de Israel nas Nações Unidas, Ron Proser, considerou que Serry "abusou de sua posição e seu mandato da ONU" ao registrar incidentes durante a cerimônia do "fogo sagrado" da Páscoa ortodoxa em Jerusalém.

Em 19 de abril, milhares de peregrinos participaram, sob vigilância rigorosa da polícia israelense, desta cerimônia na Basílica do Santo Sepulcro, em Jerusalém, onde, segundo a tradição cristã, Jesus foi crucificado e enterrado antes de ressuscitar.

Serry, que participou da procissão, denunciou um "incidente" durante a mesma.

"Apesar das garantias dadas à comunidade cristã palestina", a polícia israelense "se recusou a permitir sua entrada" na igreja. "Após esse tenso encontro, a multidão enfurecida abriu passagem", indicou Serry.

O ministério das Relações Exteriores israelense havia assegurado que as cerimônias de Páscoa haviam ocorrido "pacificamente" graça ao trabalho da polícia em Jerusalém.

Em sua carta divulgada nesta terça-feira, Proser afirma que "ao invés de tomar medidas construtivas para ajudar a aliviar uma situação sensível, Robert Serry tomou iniciativas perturbadoras que exacerbaram as tensões".


Fonte: AFP

Governo da China ordena demolição de igreja cristã


A destruição da igreja foi ordenada pelo secretário local do Partido Comunista da China após ver a grande cruz que se destaca no templo.

Nessa segunda feira (28), autoridades chinesas ordenaram a demolição da igreja protestante Sanjiang, localizada na cidade de Wenzhou. A destruição do templo cristão aconteceu apesar de semanas de protestos dos fiéis e de uma promessa das autoridades do país de que a igreja não seria demolida.

Segundo informações do The Telegraph, uma associação de defesa à liberdade religiosa no país detalhou que a destruição da igreja foi ordenada pelo secretário local do Partido Comunista da China, que teria manifestado seu desagrado após ver a grande cruz que se destaca no templo, durante uma visita ao local.

Wenzhou é uma cidade costeira rica conhecida como a “Jerusalém do Oriente” e, no início do mês ganhou as manchetes do país quando milhares de cristãos formaram um escudo humano em torno da entrada da igreja, depois que os planos para a sua demolição foram anunciados. Durante quarto dias centenas de fiéis permaneceram no local para proteger o templo e, após acordo com as autoridades, obtiveram a promessa de que a igreja não seria demolida.

Porém, apesar da promessa, os preparativos da demolição foram anunciados e nessa segunda feira a imagem que ganhou os meios de comunicação e as redes sociais foi a de vários tratores e escavadeiras destruindo parte da fachada da igreja.

Bob Fu, presidente da Associação de Ajuda à China, com sede nos EUA, comentou o caso afirmando que a atitude do governo faz com que ele caia ainda mais em descrédito com os cristãos.

- A demolição vai danificar a confiança, já escassa, de milhões de cristãos chineses diante do governo – afirmou.

O governo justificou a demolição do templo alegando não haver autorização para se construir uma igreja protestante naquele local, e também que foram violados alguns códigos da construção e que a estrutura estava insegura.


Fonte: Gospel+

Gideões desmentem cancelamento da presença de Marco Feliciano após entrevista à Playboy


A presença do pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC) em Camboriú para o congresso dos Gideões Missionários da Última Hora tem sido alvo de especulação no meio evangélico.

O motivo é a entrevista que ele concedeu à revista Playboy que está nas bancas, em que revelou já ter usado cocaína e disse que que quem faz sexo anal “não volta mais”.

O boato é que a polêmica entrevista teria feito a organização do tradicional congresso _ anunciado como o maior encontro missionário do mundo _ cancelar a visita do pastor-deputado.

Foi um mal entendido, de acordo com o coordenador do encontro, Heron Macelai. Segundo ele, a presença de Feliciano em Camboriú está confirmada e ocorre neste domingo à noite. No ano passado, envolvido em polêmicas na presidência da Comissão de Direitos Humanos, Feliciano chorou e reclamou da imprensa aos fiéis durante sua participação no encontro.

As aparições de Feliciano no Congresso dos Gideões já ocasionaram polêmicas. Um vídeo que circula na internet gerou repercussão nacional ao mostrar o pastor dizendo que um fiel deixou o cartão de crédito para prestar doações, mas não deixou a senha. Embora a gravação tenha repercutido no ano passado, quando Feliciano assumiu a Comissão de Direitos Humanos no Congresso, o vídeo é 2009. Em sua página oficial, o deputado afirmou que foi tudo uma brincadeira.


Fonte: Clic RBS

Pastor é preso por suspeita de tráfico de drogas


Um pastor de uma igreja evangélica de Hortolândia (114 km de São Paulo) e mais duas mulheres foram detidos em flagrante nesta segunda-feira (28) por suspeita de tráfico de drogas.

Além de ser pastor, Felipe Nikolaos Tetradis, 34, organiza casamentos comunitários no município. Com o trio, foram apreendidos 45 pinos de cocaína, 128 pinos de crack e seis quilos de maconha.

De acordo com a comandante da Guarda Municipal, Luzanira Nascimento, os guardas municipais abordaram Tetradis, a mulher dele, Sara da Silva Andrade, 24, que está grávida de 4 meses, e a ajudante de cozinha Monik Pardim Rodrigues, 21, enquanto o trio entrava no carro, no Jardim Amanda 1, na frente da casa da mãe de Sara.

"O local onde eles foram abordados fica perto de um ponto de venda de drogas e já é conhecido dos GMs", disse Luzanira.

Com o religioso, os GMs encontraram um tubo de cocaína e R$ 130 em dinheiro. Já com Monik, que estava sentada no banco traseiro do carro, os guardas apreenderam 28 embalagens de crack, cocaína e maconha e mais R$ 150 em dinheiro.

Dentro do veículo, foram encontrados mais porções de droga. A mulher do pastor não estava com nenhum entorpecente.

O pastor alegou que havia comprado a droga por ser usuário, mas a ajudante contou que ele era o chefe do tráfico e que ela vendia as drogas para ele. Já em relação à Sara, eles disseram que ela não tinha envolvimento com o tráfico e que eles foram apenas buscá-la na casa de sua mãe.

Entretanto, os guardas foram até a casa do casal no Jardim Santa Fé e localizaram o restante das drogas, além de embalagens, balança, martelo, marreta, luvas, bacias, fitas e tesoura.

O pastor foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisório (CDP) da cidade. Já as mulheres foram encaminhadas à Cadeia Pública de Santa Bárbara d`Oeste. Os suspeitos ainda não têm advogados constituídos.


Fonte: UOL

Evento evangélico espera 100 mil pessoas na Prainha de Vila Velha, ES


Apóstolo Valdemiro Santiago e Bispa Franciléia estão confirmados. Prefeitura fará interdições no trânsito nas proximidades da Prainha.

A Prainha, em Vila Velha, vai receber o evento 'Concentrações de Milagres', com o Apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, na próxima quinta-feira (1), a partir das 15h. Além do apóstolo e da banda, a presença da Bispa Franciléia também foi confirmada.

Segundo a Prefeitura de Vila Velha, as ruas próximas ao local onde o apóstolo vai se apresentar serão interditadas. Somente moradores devidamente credenciados poderão entrar e sair utilizando as vias. Os demais motoristas não poderão circular pela região.

No caso dos ônibus e vans trazendo caravanas, o desembarque de passageiros poderá ser feito na Praça Duque de Caxias e nas proximidades da rua Sete de Setembro. Os condutores desses veículos deverão estacionar na rua Luciano das Neves para não comprometer o fluxo. Equipes da Guarda Municipal serão disponibilizadas para ajudar na organização do trânsito.

Ainda de acordo com a prefeitura, o Parque da Prainha foi escolhido por possuir uma área com espaço amplo que pode acomodar uma quantidade significativa de pessoas. Está sendo esperado um público entre 60 mil e 100 mil pessoas, e a previsão é que o evento seja encerrado até as 22 horas.


Fonte: G1

Site petista-dilmista propõe luta contra a Igreja Católica, como Chávez fez na Venezuela


Um site petista-dilmista chamado “PT 20 anos no poder” está propondo uma mobilização contra a Igreja Católica. E dá a receita:
“Precisamos salvar o Brasil do atraso, e fazer a defesa enfática de um Estado laico, que só será possível com a eleição de Dilma Rousseff. A Igreja é que deve se submeter ao Estado, e não o contrário. Este caminho já foi traçado pelo companheiro Hugo Chávez na Venezuela: depois de sofrer uma campanha sórdida como a que estamos sofrendo agora, decretou a laicidade do Estado, e agora é o governo venezuelano que controla sua própria Igreja.”
O texto expõe a sua noção de liberdade religiosa:
“Nós acreditamos na liberdade religiosa, desde que a fé não seja usado como instrumento de dominação da vontade do povo por parte do Vaticano, como vemos acontecer desde as Cruzadas. Pesquisem o histórico dos chamados sacerdotes que se opõem ao PT e tentam manipular a opinião pública contra nós.”
Nem Dom Paulo Evaristo Arns escapa:
“Está claro que D. Paulo já não tem mais a capacidade de liderar sua Igreja, e uma intervenção se mostra cada vez mais necessária.”
Não adianta tirar a porcaria do ar. Já fiz um PDF.

REINALDO AZEVEDO

“Não chame meninas de princesas”, diz campanha da Avon

Uma campanha da Avon tem gerado polêmica nas redes sociais por pedir aos pais que não chamem suas filhas de “princesas”, dizendo que o elo...