sexta-feira, 14 de março de 2014

ALERTA - Lavagem cerebral infantil: Escolas de São Paulo começam “diversidade sexual” entre meninos e meninas



Por que os chamados educadores e pedagogos estão tão interessados em que crianças de 3 e 4 anos estejam longe dos pais e perto deles nas escolas? Por que o governo está tão ansioso de obrigar crianças de 4 anos a ir para a escola?
Essa e outras perguntas são respondidas por uma matéria do jornal Estado de S. Paulo, que teve todo o cuidado de não criticar o intervencionismo abusivo de professores infantis que se julgam deuses. A matéria diz:
No salão de cabeleireiro de mentirinha, João Pontes, de quatro anos, penteia a professora, usa o secador no cabelo de uma coleguinha e maquia a outra, concentradíssimo na função. Menos de cinco minutos depois, João está do outro lado da sala, em um round de luta com o colega Artur Bomfim, de cinco anos, que há pouco brincava de casinha.
Nos cantos da brincadeira do Colégio Equipe, na zona oeste de São Paulo, não há brinquedo de menino ou de menina. Todos os alunos da educação infantil — com idade entre três e cinco anos — transitam da boneca ao carrinho sem nenhuma cerimônia.
A coordenadora pedagógica de Educação Infantil do Equipe, Luciana Gamero, explica: “Acreditamos que, ao não fazer essa distinção de gênero, ajudamos a derrubar essa dicotomia entre o que é tarefa de mulher e o que é atividade de homem.”
Essa atividade curricular da educação infantil é adotada por um grupo de escolas que acredita que a escola é o espaço apropriado para quebrar os papéis tradicionais de homem e mulher. Eles promovem uma infância sem o que eles chamam de “estereótipos de gênero” — masculino e feminino —, a fim de construir uma nova sociedade onde é fundamental a total desconstrução do papel tradicional do homem.
A diretora pedagógica do Colégio Sidarta, Claudia Cristina Siqueira Silva, afirma:
—Temos uma civilização ainda muito firmada na questão do gênero e isso se manifesta de forma sutil. Quando uma mulher está grávida, se ela não sabe o sexo da criança, compra tudo amarelinho ou verde. Nesse contexto, a tendência é de que a criança, desde pequena, reproduza a visão de que menino não usa cor-de-rosa e menina não gosta de azul.
No Colégio Santa Maria, num jogo de futebol, os meninos estavam brincando apenas entre eles. Nesse momento, os pedagogos interviram, para introduzir as meninas no jogo. Orientadora da pré-escola da instituição, Cássia Aparecida José Oliveira, conta: “Explicamos que não deveria ser assim e começamos a propor, por exemplo, que os meninos fossem os cozinheiros de uma das brincadeiras.”
Na oficina de pintura, todos foram convidados a usar só lápis cor-de-rosa — convite recusado por alguns.
A pedagoga afirmou que nesse ponto muitos meninos dizem: “Eu não vou brincar disso porque meu pai diz que não é coisa de menino.”
A medida da pedagoga é convocar os pais para mostrar que eles não devem ficar chocados, mas aceitar meninos no balé e meninas no futebol. Se eles não aceitam, a pedagoga explica que se todos não combatemos os preconceitos, “criamos uma sociedade machista e homofóbica.”
Estado de S. Paulo, sem criticar em nenhum momento o abuso psicológico contra as crianças, diz que essas escolas enfrentam um embate árduo e precisam de “perseverança.” Sua matéria termina mencionando o Colégio Equipe, onde meninos e meninas brincam todos de cabeleireiro e o escritório — tudo para desconstruir um mundo chamado pelos pedagogos de “machista” e “homofóbico.”
Anos atrás, vi fotos de um menino vestido de menina e brincando de boneca. A mãe, provavelmente ansiando muito ter uma menina, colocou o garoto contra a natureza. Ele acabou se tornando o principal ativista gay do Brasil e se gaba de ter dormido com mais de 500 homens.
É isso o que os pedagogos e novas escolas querem para os meninos do Brasil?
Com informações do Estado de S. Paulo.
Fonte: www.juliosevero.com

PETRALHAS DOS INFERNOS- Filho de Lula afirma: “Quem manda nesse país é o meu pai, eu sento onde quiser, e mando minha turma bater em você…”

lulinha-hg-20100110_0c6eee38536f8d1bef0155432338d25a
“Quem manda nesse país é o meu pai, eu sento onde quiser, e mando minha turma bater em você, porque descubro onde você mora”. De Luiz Claudio, filho de Lula, bêbado e arrogante
Isso foi dito acintosa e arrogantemente por esse Luiz Claudio Lula da Silva, que comprou entradas para o Cirque Du Soleil, mas queria sentar em lugares que pertenciam a outras pessoas.
Tudo o que vem a seguir, rigorosamente verdadeiro, está publicado em diversos sites, entre eles o do Movimento Ordem e Vigília contra a Corrupção (clique para ler)
A seguir, o texto na íntegra, para meditação e reflexão geral do povo:
“Você sabe com quem está falando?”
Em uma viagem tomei conhecimento sobre um episódio deprimente, ocorrido durante uma apresentação do Cirque du Soleil. Foi relatado por um dos organizadores.
A cena foi protagonizada pelo filho do filho do Brasil, aquele que quer ser técnico de futebol. Exaltado e bêbado, Luiz Cláudio Lula da Silva teve que ser retirado pelos seguranças do Cirque du Soleil, porque ele acredita ser o dono de tudo, até mesmo de um espetáculo estrangeiro que tem as garantias legais para atuar em qualquer lugar do mundo, sob a proteção das leis de seu país originário, no caso, do Canadá.
Aos fatos: O filho de Lula, o mais novo, no Cirque du Soleil
“Quem manda nesse país é o meu pai, eu sento onde eu quiser e mando minha turma bater em você, porque descubro onde você mora”.
E repetia mil vezes: “Você sabe com quem está falando? Também, posso fazer você perder seu emprego.”
É assim que os “Silvas” pensam: o Brasil é deles. Esse cretino tomou o assento de três senhoras que haviam pagado seus ingressos, e não queria sair do lugar delas de jeito nenhum. Ele estava acompanhado de duas garotas.
O coordenador chamou o segurança e o fez sair. O cafajeste estava bêbado e se recusava a tomar o assento que ele havia comprado, queria aquele lugar porque ele era o filho do Lula.
Pois bem, ele pediu para chamar o presidente do Cirque du Soleil. O canadense veio atendê-lo. Ele dizia ao coordenador : “Duvido que você conte a ele, que mandou o segurança retirar o filho do presidente do Brasil, que manda em tudo”.
Isto ele dizia aos berros e intercalado com palavrões. O funcionário respondeu: “Eu falo sete idiomas e vou traduzir do jeito que você falar, mesmo falando mal de mim…” Bom, uma das amiguinhas dele falava inglês, e foi ouvindo o coordenador traduzir literalmente a conversa do imbecil.
Resumindo: O diretor canadense, disse: “Aqui mando eu, e meu funcionário obedeceu rigorosamente as leis que regem o Cirque du Soleil, portanto, você se dirija ao seu lugar ou retire-se”.
Ele se retirou, e tornou a voltar porque as moças estavam chorando e queriam ver o show.
Muitos da platéia diziam: Ele é igual ao pai, vejam como está bêbado. Palhaço!!!
Lógico que foi solicitado ao público que parasse com as manifestações. Mas o vagabundo-juniorzinho da Silva é baixo igual ao PAI. (não é o ex-funcionário de zoológico, Lulinha Jr., é o anão que quer ser técnico de futebol, sem talento para a coisa!)
Lembrei-me dos filhos de Saddam Hussein!
Observação importante:
Para os dirigentes do Cirque du Soleil, a montagem do espetáculo, seja em qualquer país, obedece as leis canadenses.
Para facilitar o entendimento: é como a nossa Embaixada em Honduras. Lá, manda o governo brasileiro, que deve obedecer as regras diplomáticas; por sinal, coisa que o Lula não fez, pois transformou aquele “território” na Casa da Mãe Joana.
O ocorrido, relatado acima, foi no Brasil e a história nos foi contada por um dos organizadores do Cirque. O filho do filho do Brasil teria pago R$ 700 pelo ingresso, e sua fileira era bem melhor que a fileira onde estavam as três senhoras, pois oferecia uma visão mais ampla para o espetáculo. Porém, ele invocou que queria o lugar delas.
O organizador nos explicou que nem com uma liminar ele poderia quebrar as regras du Cirque. E confessou-nos, que pela arrogância e violência do “neto” do Brasil, ele tremeu nas bases quando foi ameaçado, justamente porque sua família reside no Brasil.
* * *
PS – Há tempos publiquei a nota me foi enviada da Suíça por um brasileiro, catedrático, que mora lá. Me telefonou, nem quis mandar correio eletrônico. Publiquei como ele me disse de forma textual: “Helio, estou vendo um filho de Lula sair do maior Banco da Suíça. O que pode fazer nesse banco? Só você pode publicar”.
PS2 – Ninguém desmentiu, não sei se o filho é o mesmo. São tantos e tão ávidos.
(FONTE: Tribuna da Imprensa)

Thalles Roberto se apresenta em Houston, nos Estados Unidos


No último domingo (9) o cantor Thalles Roberto se apresentou na Lakewood Church, em Houston (Estados Unidos), uma igreja com mais de 43 mil membros.

A apresentação foi apenas com voz e violão e o repertório mostrado ao público são as canções que farão parte do seu projeto em inglês e espanhol que será lançado pela Motown Gospel.

Thalles estava no país exatamente para iniciar as gravações deste projeto que o colocou em um patamar nunca alcançado por um artista evangélico brasileiro que é esta parceria com a Motown.

A participação do artista foi muito comentada nas redes sociais, já que o culto é transmitido pela internet. O pastor Danilo Montero, que já se apresentou com Thalles no Brasil e em outros países da América Latina, chegou a comentar da admiração que sente pelo brasileiro e que estava muito feliz por tê-lo em sua igreja.

Alguns trechos da apresentação na Likewood, que estava lotada, foram postados no Instagram do cantor que comentou usando palavras como “poder” e agradecendo a Deus pela oportunidade em três idiomas, espanhol, inglês e português.





Fonte: Gospel Prime

Homem é acusado de se passar por padre para furtar casas de idosas


De acordo com a Polícia Civil de São Paulo, boletins de ocorrência foram registrados em Tupi Paulista, Dracena e Osvaldo Cruz somente nesta quinta-feira (13).

Três idosas foram vítimas de um suposto golpista que se passa por padre para furtar.

O homem, de acordo com as vítimas, chegava até os imóveis, se apresentava como o novo pároco da cidade e pedia para benzer a casa. Já dentro, aproveitando a fé das vítimas, ele pedia joias e dinheiro também para serem abençoados.

Ainda de acordo com a polícia, em seguida ele pedia que as idosas buscassem um copo com água. Aproveitando a distração das vítimas, ele fugia com os bens de valor.

A Polícia Civil acredita que o golpista tenha visitado mais casas na Nova Alta Paulista, mas apenas estes três casos foram comunicados até o momento. A orientação é que alguém que tenha sido vítima do golpe registrem um boletim de ocorrência, pois, só assim, as investigações poderão começar.

O vigário da Igreja Matriz Nossa Senhora, frei Cláudio Moraes Messias, alerta para que os fiéis católicos fiquem atentos, já que os verdadeiros padres só vão às casas com autorização da igreja e quando o fiel solicita.

Além disso, segundo ele, os religiosos oficiais não costumam benzer joias. “Se alguém chegar para abençoar a casa, não deixe entrar”, afirma o frei.

Fonte: G1

Valdemiro Santiago visita o Programa Silvio Santos


O SBT exibe no próximo domingo (16) edição do Programa Silvio Santos, gravada em dezembro, que tem a participação do apóstolo Valdemiro Santiago, rival de Edir Macedo, dono da Record.

O evangélico participará do Jogo das Três Pistas, em que duas pessoas tentam descobrir palavras-chaves a partir de pistas fornecidas pelo apresentador.

Na competição, Santiago enfrentará o humorista Pedro Manso, que imita 215 personagens, inclusive o próprio líder da Igreja Mundial do Poder de Deus. Santiago aprovará a imitação que Manso fará dele, mas não esboçará nenhuma reação nem fará comentários ao ver o humorista interpretando Edir Macedo e os também neopentecostais Silas Malafaia e Davi Miranda, além do papa Francisco.

A Igreja Mundial de Santiago é tida hoje como a maior concorrente da Igreja Unversal de Edir Macedo. Atribui-se ao crescimento da Mundial o declínio da Universal e consequente crise na Record, que culminou com centenas de demissões em 2013.

No segundo semestre do ano passado, a Igreja Universal contratacou: comprou espaços que Santiago ocupava em emissoras pequenas pelo país e o desalojou de seus principais púlpitos eletrônicos, a Rede 21 e as madrugadas da Band, devido a atrasos em pagamentos.

O SBT de Silvio Santos abriu espaço a Santiago ao convidá-lo para o Domingo Legal, em dezembro, e para o Programa Silvio Santos.

A participação de Valdemiro Santiago no Programa Silvio Santos será marcada por um tom respeitoso. Silvio Santos não fará nenhuma pergunta indiscreta. Receberá de Santiago um livro e travará o seguinte diálogo, em que endossa supostos milagres:

Silvio Santos: Você sempre quis ser pastor?

Santiago: Eu morava na roça e tinha medo de gente. Jamais poderia imaginar que iria pregar a palavra para multidões.

Silvio Santos: Quando você sentiu que era necessário pregar a palavra? Isso é uma coisa que vem de dentro?

Santiago: É, vem de dentro. A primeira coisa é a transformação que Deus faz na sua vida. Isso faz você ter um sentimento que é importante, é nobre. Você entende que Deus te chamou e Ele começa a te usar para socorrer pessoas.

Silvio Santos: De vez em quando aparece alguém, não só com você mas também com outros pastores, que recupera o andar ou então enxerga melhor... A que você atribui isso? É um poder do pastor ou o pastor é apenas um intermediário de Jesus?

Santiago: Ah, é apenas um intermediário, porque o pastor não tem poder, aliás, homem nenhum tem poder. O poder só vem de Deus.

Fonte: Aquidauana news

Página Inicial » Política 14/03/2014 - 9:03 PSC se declara independente do governo e Feliciano pede rompimento total

Nesta quarta-feira (12) o líder do Partido Social Cristão (PSC) na Câmara, André Moura (SE), anunciou que a sigla passaria a votar as matérias de maneira “independente”. A decisão do PSC não significa que o partido esteja rompendo com o Governo. “Não estamos rompendo nem aderindo à oposição”, disse Moura.
Apesar de não ter um número expressivo na Câmara dos Deputados, o PSC tem forte influencia na bancada evangélica, que representa um público estratégico para a presidente Dilma Rousseff.
“Vamos agir com independência e encaminhar as matérias da maneira que for melhor para o país”, afirmou Moura. “Vamos dizer ‘sim’ quando entendermos que for melhor e ‘não’ quando acharmos que não será melhor”, disse o parlamentar.
Logo após anunciar sua decisão um dos nomes mais influentes no partido, pastor Marco Feliciano (SP), usou o Twitter para pedir que o PSC rompa em definitivo com o Governo.
“Peço ao PSC Nacional na pessoa do líder André Moura e ao Presidente Everaldo que de uma vez por todas rompam com esse Governo arrogante!”, disse o deputado.
A bancada evangélica é composta por 70 parlamentares de 15 partidos. A Câmara dos Deputados tem um total de 513 deputados federais. Caso se confirme o rompimento do PSC com o governo Dilma, a presidente pode perder os principais aliados para a conquista do segmento evangélico.
A bancada do PMDB também havia decidido votar as matérias de forma independente e chegou a defender que a aliança nacional com o PT, firmada nas eleições de 2010, seja rediscutida pela Executiva Nacional do partido.

GP

Fred é um crente fervoroso, dizem fiéis da Comunidade Internacional da Zona Sul

O jogador Fred, do Fluminense, foi flagrado assistindo ao culto da Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul (CEIZS), no Rio de Janeiro, na noite da última segunda-feira (10) pela equipe do Globo Esporte.
Vestido de calça, camiseta e sapatos, o jogador carregava uma Bíblia na mão e, de acordo com o jornalista Hector Werlang, não foi assediado por nenhum dos membros da igreja.
O repórter ficou analisando a forma como o atleta se comporta dentro do templo e viu um evangélico que canta, presta atenção na pregação, ora e no final do culto fica mais um tempo conversando com o pastor.
“Ele andou meio sumido nos últimos tempos, mas desde janeiro passou a frequentar de novo. Sempre vem sozinho. Senta na primeira fila. É um irmão exemplar: vem com Bíblia em mãos, canta e faz as orações”, revelou uma das frequentadoras da igreja.
Em fevereiro a imprensa começou a comentar as aparições do atleta na igreja. Ele foi evangelizado pelo pastor Gilmar Santos, esposo da cantora Aline Barros, e chegou a frequentar a CEIZS por um tempo, parou e agora voltou a ser visto no templo.
Especulações da mídia dizem que a má fase no futebol fez Fred se aproximar da religião. Se esse foi o motivo que o fez se firmar na igreja está surgindo resultados, pois depois de um período lesionado ele voltou a marcar gols e até foi convocado para a Seleção Brasileira.
Na semana passada ele apareceu no treino do Fluminense vestindo uma camiseta com a frase: “Alegria verdadeira só com Jesus”, em português e inglês.

ALERTA - Leite adulterado das marcas LÍDER e PARMALAT são vendido em São Paulo e Paraná.

Quase 300 mil litros de leite das marcas Líder e Parmalat adulterados com formol estão sendo comercializados em cidades do Paraná e de São Paulo, de acordo com o Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS).
Promotores d  deflagraram nesta sexta-feira (14) uma nova fase de uma operação contra fraudes na fabricação do produto no interior gaúcho. Ações de busca e apreensão ocorreram em oito municípios. Uma pessoa foi presa.
Vigilância Sanitária do PR analisará marcas de leite adulterado
A operação do MP-RS que revelou que parte dos 300 mil litros de leite adulterado no Rio Grande do Sul eram distribuídos no Paraná ainda não foi notificada à Vigilância Sanitária paranaense, de acordo com a Secretaria do Estado de Saúde.
Por meio da assessoria de imprensa, a Vigilância informou que ainda não se sabe quais foram os lotes adulterados, mas que a partir desta sexta o órgão irá coletar amostras das duas marcas para análise no Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen).
O superintendente da Associação Paranaense de Supermercados (Apras), Valmor Rovaris, disse que a entidade também não foi oficialmente comunicada do caso. Portanto, ela aguardará a notificação da Vigilância Sanitária para emitir uma recomendação para que os mercadistas retirem os produtos imediatamente das prateleiras.
A coordenador do Procon-PR, Claudia Silvano, afirmou que o órgão também não foi informado, mas que a entidade recomenda para que os consumidores evitem as marcas investigadas.
Fábio Cherubini
Cooperativas e transportadoras são suspeitas de aplicar formol, uma substância cancerígena, no leite como maneira de aumentar o volume do produto.
A LBR, empresa que comercializa as marcas Parmalat e Líder no país, adquiriu uma carga adulterada, segundo a Promotoria. Caixas da marca Líder foram enviadas para Lobato (PR), e da Parmalat, para Guaratinguetá (SP).
Autoridades pediram à empresa LBR que recolhesse o produto com suspeita de fraude dos mercados, o que não foi feito, ainda segundo a Promotoria.
O Ministério Público calculou o volume adulterado com base em documentos das empresas, mas não soube informar os números dos lotes com problemas.
Análises feitas em 12 amostras coletadas em fevereiro em uma unidade de resfriamento emCondor (a 380 km de Porto Alegre) apontaram a presença de formol na matéria-prima, segundo a Promotoria. Por isso, foram pedidos mandados de busca e apreensão contra uma série de intermediários que atuam no processamento do produto.
Nesta sexta foram apreendidos caminhões de empresas suspeitas e mais matéria-prima. Em Condor, foi encontrada soda cáustica em uma unidade de processamento, mas não há confirmação de que a substância tenha sido usada no leite.
Desde o ano passado, os promotores gaúchos e a regional do Ministério da Agricultura vêm fazendo ações contra irregularidades no produto. Já há processos tramitando na Justiça do Estado contra suspeitos de fraudes.
Por meio de nota, a LBR Lácteos Brasil, responsável pelas marcas Líder e Parmalat, informa que assim que tomou conhecimento da possível contaminação da matéria-prima utilizada na fabricação de seus produtos, no dia 25 de fevereiro, recolheu preventivamente os lotes de leite UHT do mercado, mesmo sem ter identificado anormalidades "em sucessivos testes realizados".
"A empresa considera, assim, que cumpriu com todos os procedimentos exigidos pela legislação e observou as cautelas aplicáveis ao caso", diz a nota. A LBR afirma ainda que realiza permanente controle no recebimento de matéria-prima e em todo o processo produtivo, "seguindo os mais altos padrões de qualidade".
Males à saúde
O formol pode provocar danos no aparelho gastrointestinal, e a exposição frequente à substância tem efeito cancerígeno. O Instituto Nacional do Câncer afirma que não há níveis seguros de exposição ao formol, que é associado ao câncer de nasofaringe e leucemia.
Segundo o Ministério da Agricultura, quem bebe leite adulterado não passa mal na hora - os malefícios surgem a longo prazo.


http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?id=1454252