Postagens

Mostrando postagens de Junho 4, 2009

SATANISMO

O satanismo é a religião que divulga a Satanás, os satanistas reverenciam a satanás, fazem culto ao mesmo, oram ao diabo como se orassem a Deus. O objetivo do satanismo é acabar com os cristãos, acabar com o cristianismo e com as pessoas, esse é o objetivo do diabo; eles procuram fazer isso de diversas formas, uma delas é destruir as crianças; com nintendos, desenhos e brinquedos, incluindo outras coisas mais, eles tentam destruir as crianças dentro de suas próprias casas, se o diabo conseguir destruir as crianças, no futuro não haverá cristianismo. O missionário Dr. Josué Yrion pesquisou sobre os desenhos da Disney, que é um império satânico; para você ter idéia, Yrion conta que no final de um culto no qual ele pregou sobre a Disney, uma moça veio até ele e disse que ela havia trabalhado lá e que em cada fita há uma vela acesa, todos os vídeos são consagrados ao diabo. No desenho "A Pequena Sereia 1", a torre do castelo, na verdade, é o pênis ereto de um homem; este é só um…

O vermelho e o negro

Tenho tentado evitar escrever sobre as asneiras e idéias criminosas da esquerda e da versão gospel de seus cúmplices: os tais "evangélicos progressistas", "cristão de esquerda", "socialistas cristãos" e afins. Quem se alinha com terroristas, narcotraficantes, teóricos e escritores que legitimam o uso da violência, da falsificação histórica, da segregação classista, do aborto e das matanças institucionalizadas que alguns paspalhos ainda teimam em dizer que "aquilo não é o socialismo real", será o quê, senão cúmplice?

Pois bem, novamente vou eu escrever sobre essa gente. A resenha do romance Le Rouge et le Noir, de Stendhal, fica para outro dia, até porque, ao contrário de muitos de nossos sabidões da nossa mídia anticristã, não escrevo sobre o que desconheço. Mas conheço bem esquerdistas e politicamente corretos, e alguns desses agora me aparecem afirmando que "os negros evangélicos" (sim, eles gostam de falar por todos, pelo povo, por …

Para avaliar a crítica à Igreja

Todo cristão sabe que viver o Evangelho não é tão simples. Tudo que é real, verdadeiro, é complexo, como complexa é a realidade, já observava C. S. Lewis. É só com a presença do Espírito Santo em sua vida, que o homem pode viver segundo os preceitos de Cristo, e perfeição, só com a Redenção plena consumada. Mesmo assim, estou pra ver um esporte tão irresponsavelmente praticado, algo ser feito de forma tão leviana quanto a crítica à Igreja. E aí estão as grandes publicações evangélicas, com gente séria, sim, disposta a exortar e a servir a seus irmãos, repartindo conhecimento, mas também com batalhões de pitaqueiros e suas colunas fixas, que não me deixam mentir.

Sem querer repetir o ar professoral dos textos insossos de muitos desses presunçosos, apresento aqui algumas perguntas que faço quando busco avaliar a qualidade do trabalho de alguns destes auto-nomeados guias da igreja brasileira. Algumas óbvias, algumas difíceis. Necessárias, mas não sei se suficientes. Mas que valem também …