sábado, 30 de julho de 2016

Feminilidade Bíblica X Feminismo


INSTAGRAM: REGIMARINO




Hoje quero falar um pouquinho sobre um assunto que dá muito pano pra manga, muitos comentários, tanta a favor como contra: A Feminilidade Bíblica X Feminismo.
Algum tempo aqui no blog postei alguma coisa sobre feminismo como sendo o lado oposto do machismo. Em minha opinião, nenhum dos dois são benéficos para nossa sociedade. Alías, nada que a nossa sociedade faz por si só é benéfico.
O machismo trouxe opressão contra as mulheres, desigualdade entre os sexos e violência doméstica.
E como forma de revidar a esse desmando machista, nasce o feminismo levantando bandeiras reivindicando divisão do trabalho doméstico, igualdade salarial, combate à violência doméstica, creches e escolas para crianças e legalização do aborto.
Já falei também aqui  no blog que o feminismo não é o patinho feio, não é de todo ruim, ou seja algumas reivindicações fazem sentido: lutas contra a violência doméstica, lutas do direito ao voto feminino, direito de estudar e trabalhar, independência financeira e  etc. Mas nós, mulheres cristãs, temos que saber separar o joio do trigo. Quando as lutas femininas vão sendo direcionadas contra o que diz a Palavra do Senhor, temos que ficar antenadas.
Os preceitos feministas adentraram nossas famílias e nossas igrejas. Perdemos  a noção do certo e do errado. A bíblia passou a ser obsoleta. Uma coisa velha, sem sentido, machista, pois agora demos uma rasteira em Deus, passando na frente dEle quando descobrimos a solução contra o desmando machista: o feminismo.
A liberdade sexual foi nos imposta pelo feminismo. É regra não casar virgem, é regra ter filho se quiser, pois o aborto é real, mesmo não sendo legal, e a conquista do mercado de trabalho pode ser muito mais emocionante do que ficar em casa cuidando do lar. Tudo isso é defendido pelo feminismo.

Como se vê, em uma sociedade sem Deus onde o machismo dominante não atendeu às suas demandas, vem então agora, o feminismo que com suas posturas também antibíblica não atendeu a nossa sociedade. Resultado: nós, como sociedade, com manhismo ou feminismo, tanto faz, continuamos perdidos dentro de nós mesmos.
Não escondo de ninguém que tenho uma cosmivisão bíblica. Para mim, nada que não venha da Palavra de Deus trás benefícios para ninguém. Assim, sendo, no tocante homem x mulher tenho que ir à Bíblia para saber.
A palavra de Deus é clara, tanto para homens como para mulheres, cada um tem seu papel na sociedade, com direitos e deveres. É certo que durante muito tempo, aproveitando-se da fragilidade feminina, os homens fecharam os olhos para seus deveres: “Vós, maridos, amai a vossas mulheres, e não vos irriteis contra elas.” (Colossenses 3:19),   “Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações.” (1 Pedro 3:7 ), etc, e requeraram, à força, somente seus direitos de homem.
Infelizmente, como sempre, a humanidade longe de Deus se perde. Hoje temos homens perdidos nos seus papeis, não sabem mais qual sua função dentro da sociedade, rapazes se comportanto e  se vestindo como mulheres, é a feminilização da sociedade, enquanto que as mulheres também perdidas, se debatem dentro da guerra dos sexos, sem noção do seu papel como mulher na sociedade.
Todas as instituições da sociedade se vêem perdidas, até mesmo nossas igrejas absorveram os preceitos e lutas feministas quando mulheres assumem  lideranças como pastoras, coisa que de acordo com a palavra de Deus não é permitido: “A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão.” (1 Timóteo 2:11-14).
Se temos cosmivisão bíblica, esta tem que ser total, pra tudo. Nosso papel de mulher virtuosa (provérbios 31) e adujadora “ E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele.” (Gêneses 2:18) não pode ser esquecido pelo que nossa sociedade sem Deus prega. Pois se confiamos no Senhor tempos que aceitar que sua vontade é boa, agradável e perfeita “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”(Romanos 12:2).
Então, se uma mulher com pensamentos diferentes do feminismo, da mesmice, quer viver sua vida dentro dos preceitos bíblicos, é encarada como se fosse ET. Ou seja a nossa “sábia” sociedade, independente de Deus e de moral, com visões diferentes (leia-se contrária) da Palavra de Deus, não a entenderá. Será criticada e ridicularizada, somente porque sua visão do mundo não está de acordo com  todos.
Vamos lutar por nossos direitos em sermos femininas conforme a Palavra do Nosso Senhor e não de acordo com o que a nossa sociedade “acha” que devemos ser.



http://eumulhermoderna.blogspot.com.br/2012/07/feminilidade-biblica-x-feminismo.html

Nenhum comentário:

Exposição que mostra pedofilia e zoofilia provoca bate boca entre deputados

Não foi só nas redes sociais que a mostra “QueerMuseu” gerou debates e bate boca. Na noite desta terça-feira (12) o assunto foi amplam...