Pesquisa revela que 63% dos franceses não se identificam com nenhuma religião



Os ataques em janeiro levantaram a questão do lugar da religião na França. As estatísticas étnicas ou sobre a pertença religiosa foram altamente regulamentados na França, o número exato de pessoas sem religião é desconhecido. Mas várias pesquisas a nível mundial e europeu oferecem uma boa estimativa da questão religiosa na França.

A maioria dos franceses considera-se ateu
Segundo uma sondagem do Instituto de pesquisas WIN / Gallup International, especialista em questão religiosa, um terço dos franceses afirma ser "não religioso" e quase outro terço afirma ser "ateu".

Assim, 63% dos franceses não se identificam com nenhuma religião, contra apenas 37% dos que se dizem religioso. O estudo foi realizado em 2012, num universo de 50 000 pessoas.

Em 2010, a pesquisa do ‘Eurobarètre’ encomendada por uma Comissão Europeia, confirmou as respostas da primeira pesquisa: 40% dos franceses se declaram ateus e cerca de um terço diz "acreditar em um espírito ou um poder superior".

Quase 70% dos franceses ouvidos, portanto, não pertencem a nenhuma religião específica. Mesmo que um terço deles acredite em alguma forma de divindade, a resposta é enquadrada no item "sem religião".

Os muçulmanos são mais praticantes que os católicos
Mas ter fé e praticar sua religião são duas coisas distintas. De acordo com o estudo da Gallup, uma parte significativa dos entrevistados declarou pertencer a uma religião, mas não praticá-la. De fato, a pesquisa do IFOP revela que a percentagem de praticantes franceses está em grande diminuição. Assim, somente 4,5% frequentam semanalmente a Santa Missa.

Além disso, mesmo que cerca de 70% da população francesa seja batizada, as novas gerações não querem batizar seus filhos: em comparação com os 472.000 batismos em 1990, foram realizados não mais de 303.000 em 2010, num universo de 800.000 nascimentos.

Em relação ao Islã, a prática religiosa é mais regular. De acordo com uma pesquisa IFOP encomendada pelo La Croix, 41% das pessoas de “origem muçulmana” se dizem "crentes e praticantes" (contra 16% entre os católicos), e 34% "crentes, mas não praticantes" (57% Católica), 25% se dizem "sem religião ou somente de origem muçulmana" (27% dos católicos). Apenas 25% dos entrevistados dizem ir "geralmente à mesquita na sexta-feira".

A França é um dos países mais ateus do mundo
A tendência ao ateísmo é mundial, segundo critérios estabelecidos pelo estudo Gallup. Entre os cinco países mais ateus, dos 50 pesquisados, a França ocupa o 4º lugar, atrás da China, do Japão e da República Checa.

O estudo correlaciona os resultados com a riqueza do país. Grande parte dos países mais religiosos também têm o menor rendimento nacional bruto: Gana, Nigéria, Romênia, Quênia, Afeganistão. Pelo contrário, os menos religiosos são muitas vezes os mais ricos, como a França, Japão, Suécia , Hong Kong, Austrália, Alemanha e Holanda.

Fonte: Rádio Vaticano

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ILLUMINATIS , QUEM SERIA O LIDER DELES NO BRASIL ?

ENTENDA MAIS SOBRE LO-DEBAR “Lo-Debar, nunca mais” (II Samuel 9: 1-13) nos links

COMO FAZER UM ESBOÇO PARA PREGAÇÃO - Aprendendo a fazer um esboço de pregação.