quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Irã anuncia a chegada do messias islâmico e 3º guerra mundial


Nas últimas semanas, foi divulgado um comercial sobre a preparação do Irã para a Terceira guerra mundial.
IRÃ – O governo iraniano considera que a atual instabilidade no Oriente Médio é um sinal da chegada de Mahdi (o messias islâmico). Uma de suas principais tarefas, é unir os povos e trazer paz. Mas antes, ele destruirá os inimigos de Alá.
Desde 2012, Teherán vem produzindo material político e religioso para fazer com que a população se lembre das profecias sobre o fim dos tempos.
Para a população ocidental, o que parecia um trailer de um filme de super-heróis muçulmanos, era um comercial sobre a preparação do Irã para a terceira guerra mundial, e explicava a antiga crença dos sunitas.
No vídeo, um homem de aspecto normal, assume a liderança do exército popular que sem armas, com poder sobrenatural, derrota os inimigos do Islã, representado pela bandeira americana, o qual é queimada no final.
Essa tradição islâmica e as várias profecias sobre o grande líder que se levantará nos últimos dias, é seguida por muçulmanos sunas e hadiths.
O líder de grande poder, reinará durante 7 anos, e instituirá o islamismo como a única religião mundial. Curiosamente, a tradição diz que ao seu lado estará Jesus para sua assessoria. Condenará judeus e cristãos por não entenderem seus ensinamentos e rejeitar o islã. Juntos, lutarão e ganharão a última guerra, que para o ocidente é a 3º guerra mundial
EXPECTATIVA CRESCENTE
Mais de 2/3 dos muçulmanos esperam que Mahdi chegará em breve e indicam o novo Pew Research.
Mais da metade dos muçulmanos que estão no Oriente médio, África do Norte, no sul e sudeste da Ásia, creem que viverão para ver Mahdi chegar. Esta expectativa é bem maior no Afeganistão (83%), Iraque (72%), Tunísia (67%), Turquia (68%) e Malásia (62%).
O general Mohammad Ali Jafari, comandante da Guarda Revolucionária Islâmica, disse que Irã já está preparado para a chegada de Mahdi com 200.000 homens.
Para os muçulmanos, este homem será um grande líder que dará início à justiça do “Día do Juízo”.
Em entrevista com Turkish Daily Sabah, da Turquia, Jafari disse que a recente onda de violência na região, incluindo o surgimento do Estado Islâmico e outros grupos extremistas, são sinais de que a chegada do messias muçulmano está próxima.
“Os acontecimentos dos últimos anos, é a preparação do terreno para a aparição de Mahdi” de acordo com o Monitor do Oriente Médio. O exército une as pessoas mais jovens na Síria, Iraque, Afeganistão, Paquistão e Iêmen.
A profecia de Maomé, feita no século VII sobre tudo isso, recebe diferentes interpretações. Os muçulmanos xiitas argumentam que o líder Mahdi, chegará depois de um período de violência generalizada e instabilidade.
Tradução: Jonara Gonçalves
Com informações Turkish Daily Sabah e ANC

Nenhum comentário: