sexta-feira, 23 de junho de 2017

Novelas bíblicas da Record quebram hegemonia da Globo nos Estados Unidos

Imagem redimensionada

Não é apenas no Brasil que a aposta da Record em tramas bíblicas fez a audiência das tramas da Globo balançar. Nos Estados Unidos, principal mercado televisivo do mundo, as conhecidas histórias de Moisés, Ramsés, Josué e companhia têm feito sucesso com o público hispânico e deixado as novelas da Globo (que até então reinavam absolutas entre as produções brasileiras no país) comendo poeira.

Principal emissora voltada para o público latino dos EUA, a Univisión estreou na segunda-feira (19) a José do Egito (2013). O primeiro capítulo foi visto por 1,8 milhão de pessoas, de acordo com o instituto Nielsen, que mede a audiência norte-americana. Exibida no mesmo horário pela UniMás, Totalmente Demais foi vista por 461 mil pessoas. Ou seja, a novela estrelada Marina Ruy Barbosa teve apenas um quarto do público da minissérie bíblica.

Curiosamente, não é a primeira vez que José do Egito é exibida para o público hispânico dos Estados Unidos: em 2013, a produção estava na grade do MundoFox, canal pago do grupo Fox voltado para o público que falava espanhol e que saiu do ar em 2016. A repercussão da obra na Univisión, no entanto, é muito maior do que na exibição original.

O bom desempenho de histórias bíblicas fez o grupo que controla a Univisión "promover" as tramas da Record. Moisés y los Diez Mandamientos estreou em julho do ano passado na UniMás, segunda rede hispânica do grupo. Conseguiu média de 1,2 milhão por capítulo, índices que superavam os da vice-líder Telemundo.

As novelas bíblicas, então, migraram da UniMás para a Univisión, líder absoluta no mercado hispânico norte-americano, enquanto as da Globo fizeram o caminho inverso. No lugar de Os Dez Mandamentos, Totalmente Demais fez a UniMás voltar à terceira posição entre as emissoras latinas.

O carinho da Univisión por histórias religiosas não se limita a José do Egito: desde o dia 11, a emissora exibe aos domingos, no horário nobre, dois episódios seguidos da série Milagres de Jesus (2014-2015). Ou seja, a Record tem produtos seus exibidos todas as noites da semana na líder do mercado hispânico nos EUA.

Fenômeno similar foi registrado por Os Dez Mandamentos na Argentina no ano passado: para o esperado capítulo da abertura do Mar Vermelho, a emissora Telefe chegou a montar um telão no Luna Park, em Buenos Aires, e os atores Guilherme Winter, Sérgio Marone, Camila Rodrigues, Petrônio Gontijo e Gisele Itié foram tratados como astros. Enquanto a trama bíblica ocupava o horário nobre da emissora líder, Império era exibida à tarde.

Fonte: UOL

Nenhum comentário:

ISRAEL SE PREPARA PARA A GUERRA NA PALESTINA: 'NOSSA RESPOSTA SERÁ DURA'

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, responsabilizará o Hamas em caso de um ataque vindo da Faixa de Gaza. Neste domingo, ...