sábado, 21 de março de 2015

Cruzada de 40 dias de oração mobiliza as mídias sociais


Cruzada de 40 dias de oração mobiliza as mídias sociais
Lançada no dia 1º de março (2015) pelo deputado federal e pastor Roberto de Lucena, a Cruzada de 40 dias de oração pela igreja perseguida em todo o mundo ganhou força nas mídias sociais.
A iniciativa ganhou a legenda “Povo da Cruz”, em razão de um dos vídeos publicados pelo Estado Islâmico, no qual 21 cristãos coptas eram decapitados em uma praia da Líbia. Além das fortes imagens, a inscrição “O Povo da Cruz: Seguidores de uma igreja egípcia hostil” também gerou revolta e comoção em cristãos de todo o mundo.
Em sua página oficial do Facebook, o pastor tem compartilhado todos os dias, informações sobre países nos quais há forte perseguição religiosa, como Sudão, Irã, Paquistão, Eritreia e tantos outros, pedindo que a Igreja se una em oração por estas regiões.
Chegando a milhares de compartilhamentos e curtidas em mídias como Twitter e Facebook, a cada postagem de Lucena, a campanha alcança mais adeptos. “Estaremos orando pela Líbia”, comentou um internauta.
Já outro usuário do Facebook lembrou que a campanha pode ser aderida por pessoas de qualquer lugar. “Boa, todos somos cristãos irmãos não importa o lugar vamos orar”, postou.
“Oremos! Nossos irmãos em Cristo estão sendo violentamente perseguidos. Hoje mais até do que nos tempos da igreja primitiva…”, escreveu outro internauta ao compartilhar uma postagem de Lucena sobre a Líbia.
Já em uma postagem sobre o Paquistão, outra internauta declarou apoiar a campanha. “Eu levanto essa bandeira. Oremos pelo Paquistão”, escreveu ao compartilhar a imagem.
A Cruzada continua até o dia 10 de abril, com o uso da hashtag “?#‎opovodacruz?”, mas o que se espera é que a campanha seja apenas o despertar da Igreja de Cristo que clama e intercede pelos seus.

Nenhum comentário:

Exposição que mostra pedofilia e zoofilia provoca bate boca entre deputados

Não foi só nas redes sociais que a mostra “QueerMuseu” gerou debates e bate boca. Na noite desta terça-feira (12) o assunto foi amplam...