segunda-feira, 25 de maio de 2015

Magno Malta se irrita com declarações de Lula sobre pastores

O senador Magno Malta (PR-ES) resolveu gravar um vídeo para mostrar sua indignação com as palavras proferidas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que debochou de evangélicos durante uma reunião com sindicalistas.
Esta semana o ex-presidente falou de forma irônica contra o povo evangélico ao dizer que os pastores culpam o diabo por tudo e oferecem a “cura” para quem aceita dar dinheiro, por isso o senador capixaba que agiu em apoio ao PT nas eleições de 2002, 2006 e 2010 “desatanizando” os candidatos Lula e Dilma diante do público religioso, se irritou.
“Sabe quem são esses evangélicos de quem você está debochando? São milhares que votaram em você. Pessoas que estavam cegas, e eu não vou dizer que foi o diabo que fez isso [as pessoas votarem em Lula], porque eu também fiz isso e desatanizei você que era chamado de satanás”.
Mas hoje, segundo o senador, os olhos dos evangélicos foram abertos para enxergar a verdade. “Tem uma ação de Deus nisso, Deus abriu nossos olhos e nós descobrimos que se o diabo é o pai da mentira, vocês, do seu partido, vocês são a mãe da mentira”.
Magno Malta acusa o PT de mentir para implantar no país um governo aparelhado. Os casos de corrupção do mensalão e petrolão também foram citados pelo senador que lembrou que a corrupção é do diabo, assim como os governos dos amigos de Lula: Fidel Castro, ex-presidente de Cuba e Mahmoud Ahmadinejad, ex-presidente do Irã.
A vida íntima do ex-presidente também foi citada no vídeo quando o senador lembrou que o consumo exagerado de álcool “desgraça a vida”, falando que os vícios são obras do diabo. “Eu não vou pedir para você lavar a boca com álcool, porque de álcool você gosta, mas respeite a gente”.

Nenhum comentário:

“Não chame meninas de princesas”, diz campanha da Avon

Uma campanha da Avon tem gerado polêmica nas redes sociais por pedir aos pais que não chamem suas filhas de “princesas”, dizendo que o elo...