segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Depois de perder no Ibope para Record, Globo faz matéria envolvendo a Igreja Universal

Imagem redimensionada
Terá sido o prenúncio de uma guerra (nada) santa entre as duas maiores redes de TV do país?

No domingo (20), a Globo exibiu uma matéria com citação negativa de um membro importante da Igreja Universal do Reino de Deus, liderada pelo bispo Edir Macedo, dono da Record.

Minutos antes, a emissora vinculada a IURD levou ao ar, no Domingo Espetacular, uma reportagem na qual exaltou o sucesso da novela bíblica Os Dez Mandamentos, que na semana passada realizou a façanha de vencer no Ibope A Regra do Jogo, folhetim das 21h da Globo.

O Fantástico denunciou a empresa de comércio eletrônico Pank, acusada de aplicar golpes em mais de 80 mil consumidores, gerando prejuízo acima de 200 milhões de reais.

A matéria informou que o dono da Pank, Michel Pierre Cintra, atualmente foragido da Justiça, é ligado ao deputado estadual (PSD-SP) e pastor da Igreja Universal Milton Vieira.

Ele foi mostrado pregando num templo, e a fachada da igreja, com o letreiro e o símbolo da Universal, apareceram algumas vezes.

Questionado pelo repórter João Carlos Borda, o promotor do caso, Aroldo Costa Filho, comentou sobre o político: “Esse deputado é de uma igreja. Uma pessoa ligada ao casal investigado e ele teria recebido doações para sua campanha”.

O jornalista quis confirmar se o deputado visitou a mulher e sócia de Michel, Viviane Emílio, na cadeia. O delegado ratificou a informação.

A matéria informou ainda que o Ministério Público quer descobrir por que Michel e Viviane doaram carros no valor de 700 mil reais a uma igreja da Universal localizada no centro de Ribeirão Preto (SP).

“Se houve indício de que esse dinheiro, dos golpes praticados, foram depositados em contas da igreja, os seus dirigentes serão processados por lavagem de dinheiro”, explicou o promotor.

“O Michel é um fiel da Igreja Universal. Então nada mais normal que ele ter contato com pastor. Aconteceram as doações, sim, perfeitamente legais”, argumentou o advogado Ismar de Freitas Júnior, defensor do empresário.

O repórter disse que o deputado Milton Vieira e a igreja Universal do Reino de Deus não quiseram se manifestar.

A prisão de Viviane Emílio aconteceu no dia 1 de setembro e foi amplamente divulgada na imprensa regional, inclusive pela EPTV, afiliada da Globo em Ribeirão Preto. Porém só agora, vinte dias depois, o caso ganhou destaque no Fantástico.

Coincidência ou não, a denúncia envolvendo a Igreja Universal surge no momento em que Globo e Record digladiam por audiência no horário nobre.


Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Pastor é sequestrado e queimado vivo com as mãos amarradas, na África

Martin Beneke, de 45 anos, era pastor sênior e fundador da Life in Christ Network. O corpo de um pastor sul-africano foi encontrado tot...