Deputados evangélicos estão na campanha pelo Impeachment


Deputados evangélicos estão na campanha pelo Impeachment
Quando milhões de pessoas vão às ruas clamar por mudanças, uma minoria dos políticos parece escutar. Afinal, eles são os alvos da maioria dessas reclamações.
Porém, mais de 50 deputados e senadores de diferentes partidos, tanto da base do governo quanto da oposição lançaram o “Movimento Parlamentar Pró-Impeachment” de Dilma Rousseff.
O ato realizado nesta quinta (10), no Salão Verde da Câmara contou com a presença de membros da Bancada Evangélica. O deputado Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ), declarou ao Gospel Prime: “Estamos num momento de crise política, moral e econômica e a junção de todas essas crises nos fazem entender que precisamos de um governo que nos dê respostas. O Governo do PT é ao contrário, as respostas são imprecisas e lentas”.
Para o parlamentar, o Brasil não vai suportar mais 3 anos desse “desgoverno” e “não resta outra alternativa senão apoiar o impeachment”. Só assim, reitera, será possível “salvarmos o Brasil do caos”.
Além de Sóstenes, marcaram presença Fábio Souza (PSDB/GO), Ezequiel Teixeira (SD/RJ) e o presidente da Bancada Evangélica João Campos (PSDB-GO). Alguns funcionários dos gabinetes que estavam presentes exibiam “Pixulecos”, bonecos infláveis do ex-presidente Lula com roupa de presidiário, e balões pretos com referências à Operação Lava-Jato.
O local escolhido para o evento foi o mesmo onde pedido de impeachment de Collor foi apresentado e aceito pelos deputados em 1992. Para que o processo de impeachment seja aberto são necessários os votos de 342 deputados.
O movimento lançou um site para coletar assinaturas em defesa do impeachment (www.proimpeachment.com.br).
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ) que é membro da bancada evangélica e até recentemente liderava um movimento contra Dilma não estava presente. Ele tem se mantido longe dos holofotes enquanto prepara sua defesa para uma série de acusações contra ele feitas por pessoas ligadas ao PT e investigadas na Lava-Jato.
Embora para muitos cristãos possa parecer errado se opor a um governante, teólogos defendem que é essa é uma questão legítima.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ILLUMINATIS , QUEM SERIA O LIDER DELES NO BRASIL ?

ENTENDA MAIS SOBRE LO-DEBAR “Lo-Debar, nunca mais” (II Samuel 9: 1-13) nos links

COMO FAZER UM ESBOÇO PARA PREGAÇÃO - Aprendendo a fazer um esboço de pregação.