quarta-feira, 27 de abril de 2016

Bispo Macedo recebe pastores de outras igrejas em evento realizado no Templo de Salomão



A Igreja Universal do Reino de Deus promoveu, no último sábado, 23 de abril, o “4º Encontro Interdenominacional” no Templo de Salomão, em São Paulo, com a presença de diversos pastores evangélicos de outras denominações.

A reunião, dirigida pelo bispo Edir Macedo, foi apreciada por membros de igrejas pentecostais, como a Assembleia de Deus, Fonte dos Milagres, entre outras, de acordo com o site da Universal.

“Fomos chamados para levar a disciplina do Reino de Deus aos povos. Mas para isso devemos viver na prática dessa disciplina”, afirmou Macedo, que baseou seu sermão no Salmo 73.

Destacando que muitos pastores e membros, de um modo geral, não têm desenvolvido o seu chamado, o líder neopentecostal falou sobre as angústias do ministério: “Por vezes exercem o seu ministério com fidelidade, porém, os seus olhos observam a prosperidade, não vivem em comunhão com Deus, e isso os amargura. Quem escreveu esse Salmo foi o levita Asafe, um homem santo, que servia a Deus no Templo, mas, mesmo assim, ele diz que quase se desviou da fé, porque sentia inveja dos ímpios. Mesmo servindo no Templo, invejava os que estavam fora do Templo. Sabe lá o que é servir ao Altíssimo, o mais alto privilégio, e ter inveja dos que não O servem?”, questionou.

A obreira Neuselir Sodré, 40 anos, da Assembleia de Deus, foi ao Templo de Salomão em uma caravana de Niterói (RJ): “Toda a pregação despertou o meu entendimento. Foi como se fosse diretamente para mim”, afirmou.

O bispo José Renato Rocha e sua esposa, bispa Regina Rocha, da igreja Fonte dos Milagres, participaram do encontro pela primeira vez: “Meu sonho era pisar aqui [no Templo de Salomão]. Fizemos até pedido em oração no início do ano porque queríamos realizar esse sonho. Não acreditei quando vi acontecer tão rápido”, afirmou Regina. “A Universal é a nossa referência. Nos espelhamos no trabalho realizado aqui. Vejo o bispo Macedo como um grande líder, que no meio evangélico faz a diferença”, acrescentou Renato.

Por fim, o bispo Inaldo Silva, responsável pelo relacionamento interdenominacional da Igreja Universal, afirmou que o interesse é aproximar as igrejas: “O bispo Macedo está distribuindo aquilo que Deus deu para ele para os outros, para que não somente a Igreja cresça, mas todo o corpo, todos os outros ministérios. Se placa de Igreja fosse importante, não ficava do lado de fora, pegando sol, chuva e poeira. A gente sabe que o Reino não é da Universal, da Assembleia ou da Batista, o Reino é de Deus”.

Fonte: Gospel Mais

Nenhum comentário:

Pastor é sequestrado e queimado vivo com as mãos amarradas, na África

Martin Beneke, de 45 anos, era pastor sênior e fundador da Life in Christ Network. O corpo de um pastor sul-africano foi encontrado tot...