sábado, 23 de abril de 2016

Pastor é assassinado com um tiro no peito, no Jacarezinho

Policiais estão no local do crime
Policiais estão no local do crime Foto: Foto do leitor
Um dia depois de bandidos atirarem contra a Cidade da Polícia, durante um arrastão, um homem foi morto na manhã deste sábado, na Favela do Jacarezinho, Zona Norte do Rio. Moradores da comunidade postam em redes sociais que Vagner Honório Lopes, de 47 anos, teria sido assassinado por traficantes após ser confundido com um PM - a Polícia Civil ainda não confirma essa versão. Segundo os relatos, a vítima era membro de uma igreja evangélica local e seu terno cinza teria sido confundido com uma farda. Pelo Facebook, internautas afirmam que ele estava voltando para a casa depois de um culto. A morte aconteceu Rua Darcy Vargas, proximo a uma localidade conhecida como Beco do Corrimão.
"Traficantes do Jacarezinho executam um homem de Deus, pai de família. A vítima voltava da igreja para casa, quando entrou no beco que dá acesso, foi atingido com um tiro no peito e não resistiu e veio a falecer. Ele teria sido confundido com um policial", diz um relato numa rede social.
Procuradas, as policias Civil e Militar ainda não se pronunciaram sobre o caso.
Tiros na Cidade da Polícia
Cidade da Polícia com o portão fechado após tiroteio
Cidade da Polícia com o portão fechado após tiroteio Foto: Rafael Soares / Extra / Rafael Soares / Extra
Por volta das 10h desta sexta-feira, policiais civis que estavam na Cidade da Polícia trocaram tiros com um grupo de cerca de 15 bandidos armados em frente ao complexo de delegacias, no Jacarezinho. Segundo policiais, o bando havia saído do Jacarezinho para roubar veículos na Avenida Dom Hélder Câmara, onde fica a Cidade da Polícia. O portão do local foi fechado e policiais de delegacias de todo o estado estão reforçando a segurança.
Os bandidos conseguiram roubar dois carros, entre eles um Saveiro cor prata modelo 2016, e fugir em direção ao Morro da Mangueira, também na Zona Norte. Quando foram informados sobre os roubos, policiais que estavam de plantão na Cidade da Polícia foram em direção ao portão principal e trocaram tiros com os bandidos, que atiraram em direção ao complexo de delegacias.
Em nota, a Polícia Civil alega que "foi instaurado um procedimento para apurar o roubo sofrido por uma mulher ocorrido nesta sexta-feira, dia 22 de abril, por volta das 10 horas, na Av. Dom Helder Câmara". Ainda de acordo com a nota, "a vítima relatou que havia parado seu veículo no sinal de trânsito quando um grupo armado saiu da comunidade do Jacaré e a abordou, roubando o carro". A polícia diz não descartar que "outras pessoas também teriam sido abordadas", na ação.


Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/pastor-assassinado-com-um-tiro-no-peito-no-jacarezinho-19151795.html#ixzz46fQvExgu

Nenhum comentário: