sexta-feira, 20 de maio de 2016

Jovem é morta a tiros durante culto em igreja na Grande BH


Um crime chocou os fiéis que participavam de um culto em uma igreja do bairro Industrial, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, na noite de ontem (19). Taís Maia, de 17 anos, foi morta a tiros por Jonas Moreira de Carvalho, 40 anos. O suspeito alegou que teve um relacionamento amoroso com a menina e que ficou sabendo que ela queria apenas "destruir seu casamento".
A jovem foi surpreendida por Carvalho no momento em que saiu para beber água. Ela se assustou com a presença do suspeito e tentou correr de volta para a parte interna na igreja, mas foi atingida pelos disparos. Segundo testemunhas, era a primeira vez que o suspeito ia ao local. Ele chegou a sentar próximo aos parentes da vítima.
Carvalho fugiu, mas foi detido pouco depois tentando matar outra pessoa, em Ribeirão das Neves, também na Grande BH. Ele explicou que pretendia matar a ex-mulher e o atual marido dela, mas acabou atirando contra o concunhado que, segundo o suspeito, teria tentado estuprar sua filha. Carvalho alegou ainda que pretendia se matar após o crime.
Com ele, a polícia apreendeu o carro usado no crime e um revólver calibre 38. O suspeito deu aulas de música para a adolescente quando ela tinha dez anos. A vítima estava no primeiro período da faculdade de Direito e tinha planos de abrir um escritório de advocacia com o pai.

RECORD MG

Nenhum comentário:

Pastor é sequestrado e queimado vivo com as mãos amarradas, na África

Martin Beneke, de 45 anos, era pastor sênior e fundador da Life in Christ Network. O corpo de um pastor sul-africano foi encontrado tot...