sexta-feira, 3 de junho de 2016

É PRECISO SER CASADO PARA SER CONSAGRADO AO MINISTÉRIO ?



Essa é uma pergunta que a tempos vemos nos bastidores de certos ministérios , que limitam a consagração ao casamento.
De certo é que muitos querem evitar certos problemas como já conhecemos .
Como o de obreiros que em pleno crescimento ministerial se lançam ao ato de fornicação , prostituição , desvio etc.
Com alguns anos de ministério , posso afirmar que casamento não é condição para santidade , casamento não é passaporte para consagração .
Afirmo que a melhor condição é quando o obreiro tem caráter .


CARÁTER E  CONSAGRAÇÃO .

Os frutos do Espírito Santo devem ser encontrados na vida de um obreiro para que ele seja aprovado. A ausência de qualquer um destes frutos poderá implicar em sua desqualificação. O obreiro, portanto, deve buscar ser "vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra" (2 Tm. 2:21). Em outras palavras, ele deve buscar se qualificar, santificando-se para estar preparado para ser usado na obra de Deus. 

E quais são os frutos que devem ser manifestos (encontrados) na vida de um obreiro aprovado? Vamos encontrá-los na lista apresentada pelo Apóstolo Paulo. Esses frutos que devem ser encontrados não apenas na vida dos obreiros, mas de todos os membros do Corpo de Cristo. São eles: Amor, Alegria, Paz, Longanimidade, Benignidade, Bondade, Fidelidade, Mansidão e Domínio Próprio (Gl.5:22-23). 


Um belo exemplo é Tímoteo , Foi um jovem cheio do Espírito Santo, que morava na cidade asiática de Listra, era filho de uma judia crente chamada Eunice, seu pai não foi nominado, mas que era grego e sua avó chamava-se Lóide (At 16:1). É provável que Timóteo e sua mãefossem convertidos pela pregação do Apóstolo Paulo durante sua primeira viagem missionária  (At 14).

Quando visitou a cidade de Listra durante a sua segunda viagem missionária, o Apóstolo Paulo ouviu os irmãos falarem do bom astorado de Timóteo. Diante disso, o Apóstolo Paulo resolveu levá-lo consigo, para o trabalho da pregação do evangelho (At 16:2-3). Como o que o pai de Timóteo não era cristão, Paulo logo se tornou como um "pai", não somente carnal, mas espiritual do discípulo. O apóstolo Paulo demonstrou grande respeito, confiança e amor por Timóteo, mencionando seu discípulo com muita afeição em 8 das 13 cartas que escreveu.

Muitas vezes a imagem que fazemos de Timóteo, é a de um jovem fraco e enfermiço, por causa das declarações do Apóstolo Paulo, que disse: "por causa do teu estômago e das tuas freqüentes enfermidades" (1Tm 5.23). Mas era o contrário, já que ele possuía características de um jovem servo, leal ao ministério e amante da obra do senhor.  

Vejamos algumas características desse discípulo: 
1) Timóteo era o braço direito de Paulo: Paulo não o ganhou para Cristo, pois ele era um cristão de terceira geração, pelo que o mencionou assim: Trazendo à memória a fé não fingida que em ti há, a qual habitou primeiro em tua avó Lóide, e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também habita em ti.  (2Tm 1.5). Mas o discipulou e confiou em Timóteo na dura experiência de Tessalônica. Quando Paulo por três sábados disputou com os judeus em sua sinagoga, ganhando alguns para Cristo, Timóteo estava com Paulo, conforme esta escrito em Atos: “ E passando por Anfípolis e Apolônia, chegaram a Tessalônica, onde havia uma sinagoga de judeus. E Paulo, como tinha por costume, foi ter com eles; e por três sábados disputou com eles sobre as Escrituras,Expondo e demonstrando que convinha que o Cristo padecesse e ressuscitasse dentre os mortos. E este Jesus, que vos anuncio, dizia ele, é o Cristo.E alguns deles creram, e ajuntaram-se com Paulo e Silas; e também uma grande multidão de gregos religiosos, e não poucas mulheres principais”. (At 17.1-4).  Timóteo foi provado e aprovado pelo Apóstolo Paulo: Mas, mesmo depois de termos antes padecido, e sido agravados em Filipos, como sabeis, tornamo-nos ousados em nosso Deus, para vos falar o evangelho de Deus com grande combate (1Ts 2.2). Esteve também com o Apóstolo Paulo na culto em Atenas: ” Por isso, não podendo esperar mais, achamos por bem ficar sozinhos em Atenas; E enviamos Timóteo, nosso irmão, e ministro de Deus, e nosso cooperador no evangelho de Cristo, para vos confortar e vos exortar acerca da vossa fé” (1Ts 3.1-2) e acabou sendo uma figura respeitada no seio da Igreja. 

2) O apóstolo o enviou em missões especiais: ”E enviamos Timóteo, nosso irmão, e ministro de Deus, e nosso cooperador no evangelho de Cristo, para vos confortar e vos exortar acerca da vossa fé (1Ts 3.2) e conforme:“Por esta causa vos mandei Timóteo, que é meu filho amado, e fiel no Senhor, o qual vos lembrará os meus caminhos em Cristo, como por toda a parte ensino em cada igreja” (1Co 4.17). 

3) Foi companheiro do Apóstolo Paulo em viagens missionárias, como relatos em At 20.4: “E acompanhou-o, até à Ásia, Sópater, de Beréia, e, dos de Tessalônica, Aristarco, e Segundo, e Gaio de Derbe, e Timóteo, e, dos da Ásia, Tíquico e Trófimo”. 

4) Num momento crítico da vida do grande apóstolo Paulo, na prisão em Roma, Timóteo esteve com ele. As cartas chamadas de "epístolas da prisão" mostram isso:

Paulo, prisioneiro de Jesus Cristo, e o irmão Timóteo, ao amado Filemom, nosso cooperador” (Fm 1); 

- “Paulo e Timóteo, servos de Jesus Cristo, a todos os santos em Cristo Jesus, que estão em Filipos, com os bispos e diáconos” (Fl 1.1);

- “E espero no Senhor Jesus que em breve vos mandarei Timóteo, para que também eu esteja de bom ânimo, sabendo dos vossos negócios.Porque a ninguém tenho de igual sentimento, que sinceramente cuide do vosso estado;Porque todos buscam o que é seu, e não o que é de Cristo Jesus.Mas bem sabeis qual a sua experiência, e que serviu comigo no evangelho, como filho ao pai.De sorte que espero vo-lo enviar logo que tenha provido a meus negócios.Mas confio no Senhor, que também eu mesmo em breve irei ter convosco” (Fl 2.19-24); 

“Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, e o irmão Timóteo” (Cl 1.1).  

5) Timóteo também esteve preso, como nos mostra o autor de Hebreus: Sabei que já está solto o irmão Timóteo, com o qual, se ele vier depressa, vos verei” (Hb 13.23). Timóteo era um servo engajado na obra do Senhor Jesus. 

6) Timóteo tinha uma missão, uma posição de responsabilidade ou quase gerenciamento dos pastores que liderava, missão recebida do Apóstolo Paulo, mas confiada por Deus: Os presbíteros que governam bem sejam estimados por dignos de duplicada honra, principalmente os que trabalham na palavra e na doutrina; Porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: Digno é o obreiro do seu salário.Não aceites acusação contra o presbítero, senão com duas ou três testemunhas.Aos que pecarem, repreende-os na presença de todos, para que também os outros tenham temor.Conjuro-te diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, e dos anjos eleitos, que sem prevenção guardes estas coisas, nada fazendo por parcialidade. A ninguém imponhas precipitadamente as mãos, nem participes dos pecados alheios; conserva-te a ti mesmo puro” (1Timóteo 5.17-22). 

7) Paulo o cita em oito das suas cartas, escreveu-lhe pelo menos duas que a nós são muito úteis e por isso, o tinha em alta estima: A Timóteo, meu amado filho: Graça, misericórdia, e paz da parte de Deus Pai, e da de Cristo Jesus, Senhor nosso”(2Tm 1.2).  

8) Timóteo, como discípulo fiel, de igual modo, estimava o Apóstolo Paulo: “Desejando muito ver-te, lembrando-me das tuas lágrimas, para me encher de gozo” (2Tm 1.4). 

CARACTERÍSTICAS ESPECIAIS DE TIMÓTEO
 1) A FÉ NÃO FINGIDA É COMPROMISSADA E NÃO INTERESSEIRA. A vida de Timóteo é de compromisso e de serviço. Uma fé autêntica, não fingida, mas serviu com desprendimento. Arriscou a própria vida. Sua fé que subsistiu a crises e enfermidades. Obteve vantagens espirituais, e alcançou suas metas. Gastou-se na obra de Deus, sim, essa foi a principal marca de Timóteo. 

2) NÃO SE DESINCUMBIA DAS TAREFAS QUE LHE ERAM CONFIADAS. Ser grande não era sua meta. Ser fiel e obediente foi sua principal convicção. 

3) ACEITA SOFRER PELO EVANGELHO - Jesus disse: E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me” (Lc 9.23). Timóteo também provou a cadeia pessoalmente. Conforme relatos de Atos dos Apóstolos (onde foram presos, açoitados e soltos) por serem achados dignos de sofrer por amor a Cristo, e isso demonstrado como honra o sofrer por Cristo: Retiraram-se, pois, da presença do conselho, regozijando-se de terem sido julgados dignos de padecer afronta pelo nome de Jesus” (At 5.41). Não se diz "bem-aventurados os que sempre triunfam", mas "bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça" (Mt 5.10). 

4) NÃO ERA AUTO-SUFICIENTE, mas aceitou orientação para crescer. Há muita gente que já sabe tudo, ou pelo mesmo acha isso. Timóteo aceitou as orientações de Paulo e aceitava ser comandado como fiel discípulo, compreendendo as verdades de Deus. 

5) ATUAVA NO CORPO No momento crítico de Paulo, Timóteo estava com ele. “CHORAR COM OS QUE CHORAM”. 

6) CARÁTER PROVADO E APROVADO: "Sabei que provas deu ele de si". A igreja de Filipos sabia o que o Apóstolo Paulo estava falando. Ele não entra em detalhes sobre estas provas mas, sem dúvida, era seu testemunho da absoluta integridade de caráter do Pastor Timóteo, seu filho na fé e companheiro na obra do Senhor. Timóteo é apresentado por Paulo como "fiel no Senhor", quando enviado à igreja de Corinto: Por esta causa vos mandei Timóteo, que é meu filho amado, e fiel no Senhor, o qual vos lembrará os meus caminhos em Cristo, como por toda a parte ensino em cada igreja” (I Cor. 4:17). 


E ai , precisa estar casado ou não ?

Deus os abençoe em Cristo Jesus Nosso Salvador, o qual dará a cada um a sua recompensa e coroa a todos aqueles que por Ele sofreram ou sofrem as tribulações de ser um homem ou mulher fiel a Deus.


PODE COPIAR E POSTAR EM OUTROS CANAIS .
CITE FONTE .

GRITOS DE ALERTA .

Nenhum comentário: