"Maldito o homem que confia no homem" Jeremias 17. 5

    Vamos a um esboço sobre este versículo bíblico tão conhecido e importante para nós.
 
   "Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR!"  Jm. 17. 5.

    Agora o que seria este "confiar" que a Bíblia se refere? A continuação do verso nos explica, mas vamos por partes.
    Se não existir da nossa parte "certa" confiança com as pessoas nenhuma relação subsistiria, por exemplo: Se não houver nenhuma confiança do marido para com a esposa ou vice - versa, você acha que essa relação vai muito longe? Não!
    Se não houver "certa" confiança entre o patrão e o empregado você acha que essa parceria vai dar certo? Não!

    O que Deus nos adverte nesse verso é a respeito de fazer da carne mortal o nosso braço, a nossa força, a nossa fonte de recursos, por que quando isto acontece automaticamente a pessoa aparta o seu coração do Senhor.

    E hoje eu te convido a ver este verso por outra ótica pois sempre que lemos tendemos a interpreta-lo
somente com relação aos outros seres humanos (homens) e parece que nos esquecemos que o somos . Por que como o outro está sujeito ao erro eu também estou, como o outro pode pecar eu também posso, e neste aspecto podemos dizer que estamos todos no mesmo nível, quer dizer, todos na condição de seres humanos.

    Então poderíamos dizer: Maldito o homem que confia em si mesmo, e faz da carne mortal o seu braço... 
    
    A realidade é que devemos ter um "pé atrás" com nós mesmos, afinal veja o que diz Jeremias 17. 9:  "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?" Este coração não é o orgão que bombeia o sangue para o nosso corpo, mas sim o nosso pensamento, a vontade humana, os sentimentos... Então como confiar plenamente em si mesmo? Não dá!

    Não sou eu que devo guiar, direcionar por mim mesmo a minha vida, mas permitir que Deus o faça!

    Quantos pensam ser auto-suficientes e no seu orgulho estão se afundando cada vez mais, quantos pensam que Deus é opcional e não essencial.

    "Assim, por ti mesmo te privarás da tua herança que te dei, e far-te-ei servir os teus inimigos, na terra que não conheces; porque o fogo que acendeste na minha ira arderá para sempre." Jm. 17.4.

    "Porque será como o arbusto solitário no deserto e não verá quando vier o bem; antes, morará nos lugares secos do deserto, na terra salgada e inabitável." Jm. 17. 6.

    O homem destrói a si mesmo pelo seu comportamento, suas escolhas. A semente por si só não chega a lugar nenhum, mas se plantada na terra, e regada adequadamente, brota, nasce, cresce, e dá seu devido fruto. Ou seja, ela precisa disso, e o ser humano precisa de Deus!

    "Bendito o homem que confia no SENHOR e cuja esperança é o SENHOR. Porque ele é como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e, no ano de sequidão, não se perturba, nem deixa de dar fruto." Jm. 17. 7-8.

    Todos os recursos que precisamos vem de Deus e não de nós mesmos. Reconheçamos que não podemos fazer da carne mortal nosso braço, nem em relação a nós e nem em relação aos outros! Nunca aparte seu coração de Deus pois só Ele é digno de toda confiança. Aquele que é onipresente, onipotente e onisciente!

                             Paz do Senhor! 






http://focadoemdeus.blogspot.com.br/2014/07/maldito-o-homem-que-confia-no-homem.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ILLUMINATIS , QUEM SERIA O LIDER DELES NO BRASIL ?

ENTENDA MAIS SOBRE LO-DEBAR “Lo-Debar, nunca mais” (II Samuel 9: 1-13) nos links

COMO FAZER UM ESBOÇO PARA PREGAÇÃO - Aprendendo a fazer um esboço de pregação.