segunda-feira, 10 de julho de 2017

SE APROXIMA A VINDA DE JESUS . Bíblia deve chegar a 98% da população mundial em 18 anos, diz tradutor

A boa notícia é que a mensagem bíblica escrita (Bíblia completa, Novos Testamentos, etc) já está disponível em línguas faladas por 90% da população mundial. A notícia ainda melhor é que este percentual ainda deve aumentar, chegando a até 98% até 2035, de acordo com Alexander Schweitzer, coordenador de tradução da Bíblia para a União das Sociedades Bíblicas (UBS).

Imagem redimensionadaSchweitzer esteve em Sydney (Austrália) esta semana para um encontro de líderes das Sociedades Bíblicas. O evento reuniu representantes das 148 sociedades bíblicas se unem para montar grandes parcerias em seus projetos e aumento do alcance da tradução das Escrituras, logicamente, acaba sendo o principal objetivo.

É muito comum ouvir sobre o número de línguas em que a Bíblia foi traduzida - cerca de metade das 7.000 línguas do mundo tem alguma Escritura. Desses idiomas, 648 têm uma Bíblia completa, e outros 1.432 têm o Novo Testamento inteiro. Mas o grupo de línguas que tem a "Bíblia completa" é falado por 5,16 bilhões de pessoas.

Em comparação, as línguas (idiomas e dialetos) falados por 252 milhões de pessoas ainda estão sem qualquer Escritura traduzida. Sendo assim, ssim, Schweitzer, um homem bastante cauteloso e preciso, está feliz em dizer que já é possível que 98% da população mundial tenha uma Bíblia ou alguma parte das Escrituras já traduzidas em sua língua materna ou "linguagem do coração" até 2035.

O chefe dele, Michael Perreau, é ainda mais otimista. Ele disse à agência 'Eternity News' no início deste ano: "Até 2033, se mantivermos o impulso, poderíamos ver todas as línguas com as Escrituras completas ou em partes já traduzidas".

A UBS está trabalhando em 403 projetos de tradução, sendo 177 deles, a primeira tradução da Bíblia para um novo idioma. Há também 116 novas traduções para locais onde a Bíblia já existe, mas precisa de novas versões, devido à evolução destes idiomas e dialetos.

Schweitzer propôs uma grande meta aos participantes do encontro de Sydney: aumentar o acesso às Escrituras em 50 por cento nos próximos 20 anos. O que isso significa é duplicar o número de idiomas com Bíblias completas e isso exigirá a conclusão de 291 projetos de tradução atuais - para dar início a novos projtos.

Ele também destacou que a importância do treinamento de mais e mais tradutores que é a chave para atingir os objetivos ambiciosos. A UBS está aumentando o treinamento, projetando que mais 313 tradutores trabalharão até 2022.

Mas não são apenas os trabalhadores da Sociedade Bíblica que estarão envolvidos. A tradução da Bíblia é cada vez mais feita por "tradutores locais" que são falantes nativos; Eles podem ser pastores, anciãos ou outros cidadãos locais.

Schweitzer descreve esta mudança de cenário: "Há o antigo modelo missionário, que consiste em enviar um casal cristão para fazer o trabalho no campo. Algumas pessoas ainda fazem isso, mas a UBS seguiu em frente. O método antigo levaria décadas para traduzir a Bíblia. Agora há um guia que estipula em quanto tempo se traduz um essa Escritura: quatro anos para um Novo Testamento, sete anos para o Antigo Testamento, mas algumas línguas e situações são mais difíceis do que outras".

Às vezes, a chave para ir mais rápido é tão simples como uma bicicleta para um tradutor local ou melhorar a conexão com a internet, então um tradutor pode usar o sofisticado software desenvolvido em conjunto pela UBS e a Wycliffe.

À medida que mais idiomas se traduziram, surgiram alguns casos muito especiais. Existem mais de 400 idiomas de sinais no mundo com 22 projetos em andamento.

Fonte: Guiame

Nenhum comentário:

ISRAEL SE PREPARA PARA A GUERRA NA PALESTINA: 'NOSSA RESPOSTA SERÁ DURA'

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, responsabilizará o Hamas em caso de um ataque vindo da Faixa de Gaza. Neste domingo, ...