sábado, 8 de novembro de 2014

COMO REFUTAR AS DOUTRINAS DOS MÓRMONS

REFUTANDO OS ARGUMENTOS MÓRMONS PARA A DEFESA DE SUAS DOUTRINAS
Quando os mórmons chegam  até você ,logo eles vem com uma grande mentira chamada livro dos mórmons , que dizem ser  “O Livro de Mórmon – Outro Testamento de Jesus Cristo”. A começar pela capa; um prenúncio de maldição! Vejamos o que é dito sobre esta pretensão de Joseph Smith e seus missionários. ATENÇÃO!


Decisivo: Ap 22:18-19; Dt 4:2; Is 8:20. Leiam:
“Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro” (Ap 22:18-19). 

 O apóstolo Paulo ensina em: Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja ANÁTEMA – [maldição] (Gl 1:8-9).

A que igreja eles se referem, já que a Bíblia Sagrada não cita nenhuma organização formalmente constituída com o fim de divulgar os ensinamentos de Jesus Cristo, nem tampouco, congregar pessoas para um culto? Como, e baseado em que, Joseph Smith declarou: "Eu disse aos irmãos que o Livro de Mórmon era o mais correto de todos os livros da Terra” – inclusive a Bíblia Sagrada (grifo nosso)? Relegar a Bíblia Sagrada a um "segundo lugar" na formação da fé genuína das pessoas? Como podem? Isto pra mim parece um tipo de teologia da substituição, onde, a igreja mórmon quer assumir o lugar de Israel como povo escolhido de DEUS, substituindo inclusive o Tanach (Antigo testamento) e a B'rit Hadasha (Novo Testamento) pelo livro deles; é maldição (Gl 1:8-9). Sem contar que Joseph Smith para eles, dá continuidade ao ministério terreno de Jesus Cristo em nossos dias, papel este, personalíssimo, do Espírito Santo, conforme está escrito em João 14:15-18: “Se vocês Me amam, guardareis os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai e Ele vos dará outro Consolador, para estar com vocês para sempre, o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque Ele habita em vocês e estará convosco”.

Autoridade é outro tema recorrente entre os mórmons. Creêm que este poder é transmitido por "profetas" ainda hoje. O que dizer de Atos 1:8: “Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da Terra”. No versículo 5, está escrito o que Jesus Cristo ressuscitado em visita aos Apóstolos disse: "Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias". Avançando em Atos 2:16-21, bem se vê que o batismo com o Espírito Santo não precisou de nenhum homem (natural), ainda que tivesse especial e reconhecido caráter e fé genuína, com uma "autoridade profética ou sacerdotal" para batizar pessoas com o Espírito Santo; mas DEUS próprio o faz, quando esquadrinhando corações sinceros e devotados, visitando os santos, os batiza e habita neles, tornando-se instrumentos (servos) poderosos ante os desafios desta vida e diante de nosso maior inimigo, satanás; pois assim disse Jesus Cristo em Marcos 16:15-18: “...Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes e; se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão”. Este último trecho citado das Sagradas Escrituras, introduz outro tema polêmico na doutrina mórmon: o batismo. Mas sobre isto, e sobre o sacerdócio, falaremos outro dia. Por agora, se puderem, assitam o vídeo que postamos aqui. Shalom!


ENTÃO ,NÃO RECEBAM  ESSE  GRUPO ,POIS SÃO OS QUE NEGAM JESUS CRISTO E  ACEITAM JOSEP SMITH COMO O ENVIADO .


GRITOS DE  ALERTA

Nenhum comentário:

“Não chame meninas de princesas”, diz campanha da Avon

Uma campanha da Avon tem gerado polêmica nas redes sociais por pedir aos pais que não chamem suas filhas de “princesas”, dizendo que o elo...