quinta-feira, 19 de março de 2015

REDE GLOBO IMORAL .

Open in new windowFazendo referência à nova novela "Babilônia", o pastor escreveu sobre o apelo à imoralidade: "Espero que, como a antiga Babilônia, eles se autodestruam."

A novela 'Babilônia', nova atração do horário nobre da Globo, estreou nesta segunda-feira (16). No site Verdade Gospel, o pastor Silas Malafaia publicou um comentário a respeito da novela, lamentando a apologia à homossexualidade e à perversão moral.

"Não tenho nenhuma dúvida que a Rede Globo é a maior patrocinadora da imoralidade e do homossexualismo no Brasil. Uma vergonha", exclama Malafaia.

No texto, o pastor cita a TV nos Estados Unidos, em que, segundo ele, não há programação que mostre imoralidade no horário entre 21 e 22 horas.

"O Brasil está confundindo liberdade com libertinagem. Toda sociedade que não tem limites se autodestroi", pondera.

Silas Malafaia destaca o papel fundamental da mídia na construção de valores e modo de vida das pessoas. "A Rede Globo tem contribuído para a destruição de valores morais fundamentais para o bem-estar da sociedade, isso é uma afronta a família, uma afronta as crianças e aos adolescentes, a imoralidade que esse veículo de comunicação tem propagado para a sociedade."

Para o pastor, o nome da novela representa o que tem sido a emissora, e conclui: "Espero que, como a antiga Babilônia, eles se autodestruam."

Confira a íntegra do comentário abaixo retirado do site Verdade Gospel:
Nesta segunda-feira à noite, dia 16, a Rede Globo mais uma vez estreou uma novela que é bem peculiar ao que ela vem fazendo há anos. Entra novela e sai novela é uma verdadeira apologia ao homossexualismo e a todo o tipo de perversão moral.

Não tenho nenhuma dúvida que a Rede Globo é: A MAIOR PATROCINADORA DA IMORALIDADE E DO HOMOSSEXUALISMO NO BRASIL. UMA VERGONHA!

Nos EUA, que é o país mais democrático do mundo, não existe nenhuma possibilidade que entre às 21h e 22h horas, quando ainda muitas crianças e adolescente estão acordados, a televisão mostre a imoralidade como a TV brasileira mostra. O Brasil está confundindo liberdade com libertinagem. Toda sociedade que não tem limites se autodestroi.

A mídia tem um papel fundamental na construção de valores e na maneira que um grupo social vive. O ser humano vive de modelos de imitação, por isso quando nascemos somos a criatura mais ignorante, para nos tornarmos a mais inteligente, e isso só é possível através das relações sociais. A Rede Globo tem contribuído para a destruição de valores morais fundamentais para o bem-estar da sociedade, isso é uma afronta a família, uma afronta as crianças e aos adolescentes, a imoralidade que esse veículo de comunicação tem propagado para a sociedade.

O nome da novela – Babilônia – representa muito bem o que tem sido a Rede Globo, um instrumento de podridão moral. E espero, que como a antiga Babilônia, que eles se autodestruam.


Fonte: Guia-me e Verdade Gospel

Nenhum comentário:

“Não chame meninas de princesas”, diz campanha da Avon

Uma campanha da Avon tem gerado polêmica nas redes sociais por pedir aos pais que não chamem suas filhas de “princesas”, dizendo que o elo...