sábado, 30 de maio de 2015

BISPO GÊ DA RENASCER EM CRISTO EXPLICA - "Desafio Charlie Charlie" - O que precisamos saber?

 
Nos últimos dias, o “desafio Charlie Charlie” tomou as redes sociais e invadiu as escolas. O ritual consiste em colocar dois lápis, um em cima do outro em forma de cruz, e escrever as palavras “sim” e “não” nos quadrados formados por eles.
 
O “invocador” então pergunta: "Charlie Charlie, você está aí?". Se um dos lápis indicar a palavra “sim”, significa que o suposto espírito mexicano está presente.
 
O desafio, que é similar às brincadeiras do copo e do compasso, também virou motivo de chacota na internet e ganhou várias versões.
 
De acordo com o site e-farsas, que tem parceria com o portal de notícias R7, "apesar de muitas pessoas acreditarem que trata-se de um fenômeno paranormal é óbvio que trata-se de apenas mais uma brincadeira que usa a gravidade para assustar o povo!". O site ainda explica que "como a base de contato entre os lápis é pequena e o atrito entre as peças é mínimo (aliado ao fato da ponta do lápis ser mais leve do que a outra extremidade), basta apenas um assopro no lápis ou uma pequena vibração na mesa para que ele se mova.". 
 
Segundo o perfil “Você Sabia?” do Instagram, que tem mais de um milhão de seguidores, o “desafio Charlie Charlie” não passa de uma campanha de marketing viral do filme “A Forca”, que estreia nos Estados Unidos em Junho. A BBC confirmou a informação. 
 
Independente de ser uma estratégia de divulgação ou apenas mais uma lenda urbana, muitos adolescentes levaram o desafio a sério. O jogo causou tumulto na Escola de Tempo Integral José Carlos Mestrinho, localizada na Zona Sul de Manaus.
 
Em entrevista ao g1, alguns estudantes afirmaram que passaram mal após “invocação”. Nesta quinta-feira (28), a direção da unidade convocou uma reunião com pais de alunos e com o Conselho Tutelar da área. Os familiares dos adolescentes envolvidos afirmaram que eles estão traumatizados e que não querem mais voltar para a escola (clique aqui e confira a reportagem completa). 
 
Nas redes sociais, ainda existe a discussão se de fato o tal desafio pode trazer algum comprometimento espiritual ou se não passa de uma brincadeira. 
 
Confira, a seguir, a explicação do Geraldo Tenuta Filho, Bispo Nacional da Igreja Renascer em Cristo e apresentador do programa "CEA de Profetas", da Rede Gospel de Televisão:
 
 
 IGOSPEL

Nenhum comentário: